"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sábado, abril 30, 2005

ESCANDALOSO!

Sobre o jogo que há pouco terminou entre Belenenses e lampiões, e em face da roubalheira a que todos assistimos, proponho que se entregue já o título aos de vermelho, porque assim poupam-se os outros clubes a serem "gozados" nas próximas 3 jornadas.
E ainda tem a vantagem de poupar o nosso SPORTING a um desgaste de 3 jogos por forma a que se possa concentrar na UEFA.

Em face do que acabei de ver - grande penalidade inexistente contra o Belenenses, grande penalidade cometida sobre o Lourenço mas que não é assinalada, cartões a intimidar os jogadores azuis, livres directos assinalados perto da área dos homens do Restelo - fica inequivocamente provado aquilo que se assiste há várias jornadas:

ESTÃO A SER ESCANDALOSAMENTE LEVADOS AO COLO!

Quando a qualidade dos seus jogadores não é suficiente para ganhar os jogos existe sempre a generosidade do homem do apito para resolver os seus problemas...

quinta-feira, abril 28, 2005

VAMOS ACREDITAR!




Fotos: UEFA

PINIGOL!



Jogo da primeira mão da meia-final da Taça UEFA, esta noite frente a um adversário bem complicado.

Uma equipa holandesa muito táctica, bem arrumada em campo, com jogadores seguros e certinhos, sem vedetas, mas muito bem orientada pelo provável próximo técnico do FC Porto.

Quanto às opções tácticas de Peseiro para este jogo, nem sequer as vou discutir, porque ele melhor que ninguém, nesta fase conhecerá o estado físico e anímico de cada jogador.

Mais uma vez se viu como a nossa equipa tem dificuldade em jogar contra equipas que se fecham muito bem e que levam os nossos jogadores a lateralizar muitos passes e a não conseguir furar a barreira defensiva.

Tudo isso se viu esta noite, tendo-se também acabado por ver um golo fortuito dos holandeses na única jogada de ataque até aí por eles feita.

Felizmente que a igualdade foi reposta no minuto imediato por Douala o que permitiu sossegar os nosso jogadores; seria terrível ver estes holandeses a defenderem o 1-0...

Muitos jogadores desinspirados ( por quê tanta tremideira Polga? ), algum cansaço físico fruto de uma época muito desgastante e em algumas fases do jogo, um conjunto sem ideias.

Momento crucial do jogo: a entrada do mal-amado Pinilla! Muita garra, muito empenhamento e um grande, grande golo que poderá fazer TODA a diferença! Então se ele tivesse feito o 3º como quase acontecia, seria sem dúvida o nosso herói...

Já agora: Liedson, por onde andas?

Quanto ao jogo da próxima semana: é difícil, sem dúvida, frente a uns holandeses muito bons, mas será melhor ir com vantagem de 1 golo do que com um empate na bagagem.

Dessa forma eles terão de se abrir à procura do golo e em situações idênticas, o SPORTING já mostrou que pode perfeitamente vir com a vitória e com o carimbo no passaporte para a final, no nosso estádio.

Vamos acreditar!

Já agora: no outro jogo, Parma e CSKA Moscovo empataram a zero!

SPORTING, 2 - AZ ALKMAAR, 1



Ficha do jogo:

Estádio José de Alvalade

Árbitro: Massimo de Santis (Itália)

SPORTING
Ricardo; Rogério (Pinilla, 68), Polga, Enakarhire e Rui Jorge; Rochemback (Hugo Viana, 60), Custódio e Pedro Barbosa (João Moutinho, 45); Sá Pinto, Douala e Liedson
Treinador: José Peseiro

AZ ALKMAAR
Timmer; Jaliens, Buskermolen, Vlaar, De Cler; Landzaat, Lindenbergh, Ramzi, Van Galen (Sektioui, 78); Perez e Nelisse (Huysegems, 71)
Treinador: Co Adriaanse

Cartões amarelos: Vlaar (57), Buskermolen (70), Lindenbergh (74), Polga (77) e Pinilla (80)
Golos: Landzaat (35), Douala (36) e Pinilla (79)

quarta-feira, abril 27, 2005

QUEM POR LÁ PASSA...

Quem por lá passa nunca esquece!

Eis o que diz Sir Bobby Robson, ao jornal O JOGO:

"Depois de eliminarem o Newcastle, têm todas as hipóteses de ultrapassar qualquer equipa que lhes surja pela frente"

"Em Alvalade foi um jogo assombroso. Estive mesmo para viajar para Lisboa a fim de assistir a essa partida, mas acabou por não ser possível. Foi fantástico, não foi? Que grande exibição do Sporting. Depois de eliminarem o Newcastle, que era um dos "grandes candidatos à vitória nessa competição, passam a ser o grande candidato à vitória final, e têm legitimidade para acreditar no sucesso. Confio que o "meu" Sporting vai vencer a Taça UEFA."

"Vou ser mais um adepto do Sporting. O meu coração estará com eles e faço votos para que consigam ultrapassar estas meias-finais para estarem presentes na final. Será um momento único para eles. Mas, antes, devem vencer o AZ Alkmaar e eu, como antigo treinador do Sporting, quero que eles vençam e acredito que vão ter sucesso."

ÁGUIA DE OURO


vermelhices.com

segunda-feira, abril 25, 2005

E TU, PÁ?

Afirmações de um tal de José Veiga:

“Litos é um técnico jovem, ainda há pouco tempo treinava as escolinhas do Estoril. Está a dar os primeiros passos e não o devemos levar a sério.”

E tu, pá? Ainda há pouco tempo andavas "aos beijos na boca" com o Pinto da Costa e eras presidente da Casa do FCP no Luxemburgo. Achas que te devemos levar a sério?

Devemos dar desconto a animais em extinção, como é o teu caso: OS CAMALEÕES!

Peço desculpa se com esta afirmação ofendi...os camaleões!

OS MEIOS...

Giovanni Trapattoni, após o Estoril-benfica:

"o importante era ganhar o jogo e ganhámos!”

Para este senhor não interessa como...os meios justificam os fins!

MAFIA!

Carlos Xavier, treinador-adjunto do Estoril:

"José Veiga ameaçou o técnico do Estoril com despedimento no final do jogo frente ao Benfica (2-1)"

"Ouvi ele dizer a Litos que ia para o desemprego no final do jogo"

"Parecia que estávamos a jogar numa partida de apresentação do Benfica, tendo inclusive o árbitro ficado com umas botas do Benfica. Só faltou ele tirar a camisola por baixo. Depois o fiscal de linha esteve sempre a olhar para o nosso lado a ver se nós reagíamos. Até que chegou a uma altura em que fui embora porque estava enojado."

"Existiu um sujeito que trabalhou no Estoril e que agora está no Benfica, que já na primeira volta bateu na porta, durante a confusão registada no intervalo, tendo agora o descaramento de aparecer no Estoril a falar com os jogadores e a convida-los para almoçar."

domingo, abril 24, 2005

À SOLTA!



Este apito vermelho andou hoje à solta no Algarve!

PALHAÇADA!

VERGONHA e PALHAÇADA no Algarve!

Bem estão a tentar levá-los ao colo: mudança do local da partida para o Algarve, expulsões dos adversários...

Toda a minha solidariedade e simpatia para com os jogadores e equipa técnica do Estoril Praia, que foram vergonhosamente ROUBADOS nos 2 jogos que fizeram com os lampiões nesta Superliga!

RUMO AO TÍTULO!

Eu acredito que continuamos rumo ao título e que nada nem ninguém nos vai afastar desse objectivo nas 4 jornadas que faltam cumprir!

Queremos:

4 jogos 4 vitórias
FORÇA SPORTING!

sábado, abril 23, 2005

SPORTING, O - ACADÉMICA, 0



Hoje assisti a uma lição dada pelo professor (Vingada) ao aluno (Peseiro) sobre como defender bem e como explanar tacticamente uma equipa.

Em relação à exibição da nossa equipa, viu-se uma primeira parte apagadíssima, jogadores em poupança de esforço, pouca clarividência ofensiva e tendência para complicar jogadas, passes, afunilando jogo.

Não entendi a opção de Peseiro em deixar no banco Paíto e entregar todo o corredor esquerdo a Tello, jogador claramente pouco rodado e sem estofo para cobrir toda essa ala.

No segundo tempo a coisa lá melhorou um pouco, as substituições foram acertadas mas acredito que teria sido melhor opção Hugo Viana ter ficado nos balneários ao intervalo, e entrado para o seu lugar Carlos Martins, como sucedeu, mas mais cedo.

Barbosa veio dar outro rendimento, segurar melhor a bola, mas a verdade é que hoje vi em Alvalade uma lição sobre como defender eficazmente por parte dos homens da Briosa. Verdadeiramente intransponíveis e imbatíveis no jogo aéreo, por onde o Sporting insistia inexplicavelmente em atacar mas sem qualquer resultado prático.

Já agora: Liedson, por onde andou? Alguém o viu?

Em suma, continuo a acreditar que tudo é possível e hoje este resultado deu-me razão quanto ao facto de achar que nesta fase da liga, é pior jogar contra equipas que lutam pela manutenção do que contra equipas que estão já descansadas ou que jogam para o título ou para um lugar europeu. A nossa equipa e as características dos nossos jogadores adaptam-se muito melhor a um futebol aberto por parte do adversário (Benfica, Boavista, Porto, Newscastle, Middlesbrough, Feyenoord, Rio Ave, etc) do que frente a quem faz do jogo defensivo a sua principal arma (Académica, Beira Mar, Setubal, Penafiel, etc).

Perdemos 2 pontos em casa num fase crucial, mas creio que devemos elogiar esta equipa da Académica, que luta pela manutenção e que não perde há DEZ jogos, e que se tivesse sido mais ousada, teriamos tido uma noite bem mais amarga!

quinta-feira, abril 21, 2005

AFINAL DE QUE LADO ESTAVA A RAZÃO?



Sobre os incidentes ocorrridos aquando do último Boavista-SPORTING, eis o que relata o comunicado da Comissão Disciplinar da Liga:

O director axadrezado, João Freitas, desferiu um pontapé na perna esquerda de Sá Pinto quando passava por este, tendo o avançado do Sporting respondido à agressão.

Num ambiente muito tenso, Rui Jorge, ao tentar acudir o companheiro de equipa, agarrou João Freitas pelo pescoço, enquanto William – que em campo já se tinha pegado com o avançado leonino - trocou palavras menos agradáveis com o dez de Alvalade.

Tudo fazem para evitar que cheguemos ao título, mas contra tudo e contra todos SEREMOS CAMPEÕES!

PANELINHA

Ainda bem que os trauliteiros e caceteiros do Boavista não se apuraram para a final da Taça de Portugal.
Já imaginaram a panelinha que se faria com o Benfica?
Recordo que na Superliga, o último jogo dos lampiões será precisamente no estádio do Bessa, logo, se os encarnados precisassem de pontuar nessa última jornada para serem campeões, está bom de ver qual seria o negócio entre esses dois clubes, não está?

INACREDITÁVEL!

António Figueiredo, administrador da SAD do Estoril, a propósito do próximo jogo com o Benfica:

«Espero que não impeça Benfica de ser campeão»

Se conseguirmos ser campeões no final desta Superliga, como acredito e confio, seremos também campeões contra estes truques e manobras sinuosas que os nossos rivais encontram para nos tentar derrotar!

quarta-feira, abril 20, 2005

VERGONHA!



Marcar o jogo Estoril-Benfica, referente à próxima jornada da SuperLiga, para o Estádio do Algarve atesta bem o estado do futebol português.
Aquele sr. Vieira que diz ter muito para contar no final desta liga, se calhar vai fazer nessa altura a expiação de todos os seus pecados, como é o caso deste.
Por que motivo não jogam no Estádio da Luz? Ficava mais perto a ambos os clubes e poupavam despesas...já que desportivamente o resultado deverá ser o mesmo!
Isto é o que acontece quando temos clubes-satélite a jogar com quem os financia...

Parece que marcaram o jogo para o Algarve porque os jogadores do Benfica ouviram alguém chamar-lhes "brinca na areia"!

segunda-feira, abril 18, 2005

ESTOFO DE CAMPEÃO!



No estádio onde fomos vergonhosamente espoliados na época passada, quiçá devido a uns "rebuçadinhos", provámos esta noite que temos estofo de campeão.

Após o nosso primeiro golo, descurámos o controlo do jogo a meio-campo, entregámos a iniciativa ao adversário, sofremos o golo do empate de forma estranha, mas acabámos por dar a volta!

Iniciou-se então a nossa cavalgada rumo a uma vitória indiscutível, e em poucos minutos arrumámos com a partida!

Após o esforço de 5ª feira, os nossos jogadores voltaram a mostrar garra, empenhamento e frescura anímica, motivados pelo apoio fantástico da massa adepta presente em Moreira de Cónegos e seguramente pelos deslizes recentes do SLB.

Assim estamos cada vez mais perto do almejado objectivo: Superliga e UEFA!

Agora , venha a Briosa!

MOREIRENSE, 1 - SPORTING, 3

Ficha do Jogo

Estádio: Comendador Joaquim de Almeida Freitas

Árbitro: Mário Mendes (Coimbra)

MOREIRENSE João Ricardo; Primo, Ricardo Fernandes, Orlando (Demétrios, 76), Sérgio Lomba, Tito; Jorge Duarte, Fernando, Afonso Martins (Luís Vouzela, 60), Lito (Bruno Mestre, 86) e Manoel
Treinador: Jorge Jesus

SPORTING Ricardo; Rogério, Miguel Garcia, Polga e Rui Jorge; Sá Pinto (Niculae, 84), João Moutinho, Rochemback e Hugo Viana (Custódio, 79) ; Douala (Pedro Barbosa, 45) e Liedson Treinador: José Peseiro

Cartóes Amarelos: Ricardo Fernandes, 35; Sá Pinto, 74; Miguel Garcia, 77

GOLOS: Douala, 32; Fernando, 68; Sá Pinto, 71; Liedson, 74

sábado, abril 16, 2005

OS MELHORES ADEPTOS SOMOS NÓS!



Fábio Rochemback:
"Vamos buscar o título, porque a torcida merece. Apoiaram-nos o jogo todo. Fiquei impressionado: estou no Sporting há dois anos e nunca tinha visto os adeptos agirem desta maneira. Foi óptimo."



Rogério:
"os nossos torcedores foram essenciais, incentivando-nos do princípio ao fim. Viram-nos motivados e buscando os golos que nos dessem o apuramento."

"REAGI COMO UM ADEPTO"



Vale a pena ler esta entrevista a Hugo Viana.
Mais um leão dos pés à cabeça!

UM DOS NOSSOS!



LUÍS FIGO em discurso directo:

«Vá lá, Sporting, falta um pequeno caminho. A 18 de Maio, faço questão de estar presente no Estádio de Alvalade para assistir à final. Apoiando o Sporting»

«Parabéns pela magnífica vitória, parabéns pela excelente época. Fico feliz, especialmente pelas pessoas com quem mantenho mais contactos e de quem estou mais próximo, mas também pelos sportinguistas em geral. Julgo que os portugueses sentem orgulho nesta qualificação da equipa do Sporting»


Um dos nossos que faz questão de não esconder o seu amor pelo clube do coração!

sexta-feira, abril 15, 2005

NOITE DOS LEÕES!





Fotos: site UEFA

quinta-feira, abril 14, 2005

DECISIVO!



Para mim este foi o momento decisivo da noite:

O golo do empate de MARIUS NICULAE que relançou o jogo e a eliminatória!

JUSTÍSSIMO!



Voltando ao SPORTING-Newcastle desta noite eis o que a exigente imprensa inglesa escreve:

The Guardian:
Kieron Dyer put the Toon ahead but a second half rally gave the Portuguese a deserved victory.

Telegraph:
A day that began acrimoniously for Newcastle thanks to a feud between manager Graeme Souness and outspoken winger Laurent Robert ended in bitter disappointment.

Times:
Sporting Lisbon ended Newcastle's hopes of UEFA Cup glory as they produced a stunning fightback to book their place in the semi-finals. Graeme Souness' men led 2-0 on aggregate when Kieron Dyer put them ahead on the night against the run of play with 20 minutes gone. However, Romanian striker Marius Niculae equalised after 44 minutes and Sa Pinto made it 2-1 after 71 minutes before Beto edged them in front with 13 minutes remaining to leave Fabio Rochemback to seal a 4-2 aggregate victory in injury-time.

Independent:
Graeme Souness did not have the happiest of memories of his last time in Lisbon on football business. His 18-month spell as coach of Benfica came to an end in May 1999 with his dismissal and a bitter legal dispute. His return to the Portuguese capital last night was no sweeter.

BBC:
Newcastle crashed out of the Uefa Cup after Sporting Lisbon overturned a 1-0 deficit from the first leg to win 4-2 on aggregate in a thrilling game.

Em suma: ninguém questiona a justiça do resultado e da eliminatória. Bem pelo contrário!

AZ ALKMAAR



Os senhores que se seguem:

AZ ALKMAAR ( Holanda )

SPORTING-AZ ( 28 de Abril )
AZ-SPORTING ( 5 de Maio )

A cidade do AZ, Alkmaar, é conhecida como a capital dos queijos na Holanda. No verão, em todas as sextas-feiras, a cidade pára para festejar seu produto mais famoso. As ruas de Alkmaar são transformadas em verdadeiras lojas a céu aberto, com queijos e mais queijos expostos para comercialização. Holandeses e holandesas em trajes típicos dão um ar mais típico e turístico à festa.
O município é vizinho de Amsterdão e tem pouco mais de 100 mil habitantes - pouco, se comparado a Roterdão, com cerca de 1 milhão de habitantes, Amsterdão, com 740 mil moradores e Eindhoven, que tem 200 mil.

O retorno à divisão principal a partir de 1998 foi definitivo. De lá pra cá, o AZ não mais esteve entre os piores da Holanda. E o principal motivo para esse sucesso foi a presença cada vez mais frequente dos dólares do milionário Dirk Scheringa, que na década de 90 'adoptou' a equipa.
O resultado da política de Scheringa foi um AZ que, se não chegou a ser excelente, pelo menos foi combativo. Não passou perto do rebaixamento e ainda conseguiu vagas nas taças europeias.
Na actual temporada, o clube tem todas as condições de levantar a taça do campeonato holandês .
Mesmo que fique sem títulos, se conseguir uma vaga na próxima Liga dos Campeões já terá alcançado um feito extraordinário. O curioso é que, se figurar entre os maiores da Europa, o AZ terá que remodelar seu estádio ou jogar fora de Alkmaar, já que seu actual estádio, o Alkmaarderhout, comporta apenas 8 mil adeptos. São reflexos de um clube que pode estar mostrando resultados de grande, mas mantém ainda uma gostosa aura de clube pequeno.

DESTAQUE!



Sendo quase injusto destacar alguém na nossa equipa nesta noite inolvidável, quero no entanto salientar a exibição altamente personalizada e o trabalho desenvolvido pelo puto JOÃO MOUTINHO, um senhor jogador!

Bravo, miúdo!

GRANDE NOITE!



Uma grande noite europeia oferecida pela nossa equipa a toda uma nação verde e branca.

Estofo de campeão, classe e personalidade, sobretudo a reagir a um golo prematuro infantilmente concedido.

Posicionamento correcto no terreno, empenhamento nos lances, troca rápida de bola, tudo isso permitiu que na segunda parte a nossa equipa desse a volta merecida ao resultado e à eliminatória, expondo a grande diferença qualitativa entre as duas equipas.



José Peseiro - a verdade deve ser escrita - esteve muito bem nas substituições, no timing em que as fez e na mudança de flancos que ordenou a Douala por forma a explorar a debilidade física do defesa Babayaro, quando os ingleses tinham esgotado as substituições. A presença de líder de Pedro Barbosa em campo foi verdadeiramente decisiva para a reviravolta, com toda a serenidade e maturidade que transmitiu!

Com este estofo, com esta fibra, com esta garra, com esta postura competitiva - recordo que o nosso goleador Liedson não jogou - quem nos impedirá de chegar, pelo menos à final da UEFA e de conquistar a Superliga?



Quanto ao público: FANTÁSTICO!
No entanto devo fazer um reparo: por que razão se calou aquela imensa massa humana quando os ingleses fizeram o 0-1? Temos de apoiar sempre! Não podemos calar as nossas vozes quando o resultado é desfavorável. É nesses momentos que a equipa mais necessita do nosso apoio!

VAMOS LÁ, LEÕES!
QUANDO QUEREMOS SOMOS GRANDES!
SPOOOOOORTING!

SPORTING, 4 - NEWCASTLE, 1



Jogo da 2ª mão dos quartos-de-final - Taça UEFA

Ficha de Jogo:

Estádio José de Alvalade

Árbitro: Peter Frojdfeldt (Suécia)

SPORTING Ricardo; Rogério, Beto, Polga e Rui Jorge; Rochemback, João Moutinho, Carlos Martins (Pedro Barbosa, 67) e Douala; Sá Pinto (Custódio, 89) e Marius Niculae (Pinilla, 74). Treinador: José Peseiro

NEWCASTLE Given; Carr, Taylor, Bramble (O´Brien, 56) e Babayaro; Dyer (Kluivert, 59), Faye, Jenas (Milner, 45), Bowyer e N´zogbia; Shearer
Treinador: Graeme Souness

Cartões amarelos: Bowyer (22), Beto (38), Sá Pinto (60), Polga (66) e Taylor (84)

Golos: Dyer (19), Niculae (40), Sá Pinto (71), Beto (76) e Rochemback (90)

BYE, BYE!



Bye bye, Newcastle United!
Bye bye, Mr Souness!

terça-feira, abril 12, 2005

ALARVIDADES!

Continuam a ser debitadas alarvidades oriundas das mesmas bandas de sempre. Agora é a vez deste:

«Não temos nenhum técnico a abraçar árbitros»

LF Vieira

segunda-feira, abril 11, 2005

FUTURO PRESIDENTE DO BENFICA!



Com tamanho dom da palavra, com tão rara inteligência e com tanta educação, eis o futuro presidente do SLB!

PALERMICES!

Que quererá o bronco Petit dizer com isto?

"O Rio Ave estava muito moralizado com coisas que vinham de trás. Se estou a falar de incentivos de terceiros? Se calhar estou. Parecia que eles estavam a jogar uma final, acho que deviam averiguar."

Deixe-se de desculpas esfarradas e jogue mais futebol!

domingo, abril 10, 2005

UFF!



SPORTING, 1 - Beira Mar, 0

Mas que vitória tão suada e completamente arrancada a ferros!

Num fim-de-semana em que lampiões e andrades escorregaram e bem ( falta a escorregadela do Braga amanhã no Estoril ), aproximámo-nos do 1º lugar e neste momento só dependemos de nós próprios nesta caminhada rumo ao título.

Um SPORTING nervoso acusou muito a pressão de ter que ganhar, depois de saber o resultado de Vila do Conde, mas acreditando sempre até ao fim, a nossa rapaziada conseguiu através do inevitável Liedson que se fizesse justiça. Muito suada, mas foi feita justiça!

José Peseiro talvez tenha tentado gerir o plantel da melhor forma possível, tendo em vista o embate da próxima semana com o Newcastle, mas face às dificuldades criadas por um Beira Mar que só quase defendeu, lá teve que fazer as substituições adequadas e pôr a artilharia pesada em campo.

Um reparo para o nosso grande Ricardo: ilegal ou não, ele não pode continuar a sofrer golos como aquele que foi invalidado aos aveirenses. Mais atenção a essas bolas aéreas, rapaz!

Quanto a Mota: valeu o esforço mas falta o golito!



Estamos a 6 ( SEIS ) jogos de voltar ao topo do futebol português: em qualidade de jogo já lá estamos, falta reflectir tal na tabela classificativa final!

VAMOS ACREDITAR E DAR TODO O APOIO À NOSSA EQUIPA RUMO AO(S) SONHO(S): UEFA E LIGA!



Ficha do jogo:

Estádio: José de Alvalade

Árbitro: Elmano Santos (Madeira)

SPORTING Ricardo; Rogério, Polga,Beto, Paíto; Rochemback, Carlos Martins (Douala, 72), Hugo Viana, João Moutinho (Barbosa, 63); Mota (Niculae, 67) e Liedson
Treinador: José Peseiro

BEIRA-MAR Srnicek; Ricardo, Ricardo Silva, Alcaráz, Mário Loja (Filipe, 81); Tininho, Sandro, Beto, Rui Lima, Ahamada (Marcelinho, 73) e McPhee (Kingsley, 59)
Treinador: Augusto Inácio

Cartões amarelos: Mário Loja, 3; Beto (Beira-Mar), 26; Beto (Sporting-de fora no próximo jogo), 43; Mota, 61

GOLOS: Liedson, 85

sexta-feira, abril 08, 2005

PROFISSIONALISMO!



Um grande exemplo de espírito de sacrifício e de profissionalismo.

Se alguém ainda tinha dúvidas sobre a raça e a garra de RICARDO, elas ficaram ontem desfeitas em Newscastle!

quinta-feira, abril 07, 2005

NÃO FOI MAU DE TODO!

Newcastle, 1 - SPORTING, 0

Após ver este jogo da primeira mão dos quartos-de-final da Taça UEFA, concluo que este resultado não é, de todo, inultrapassável.

Jogando ao seu melhor nível, o SPORTING poderá eliminar estes ingleses, que sinceramente não me convenceram pese a derrota da nossa equipa.

Se os nossos jogadores tivessem trocado a bola como o fizeram no Bessa, outro "galo" teria cantado esta noite em Newcastle. Aliás, um árbitro menos parcial também teria dado jeito: que teria Ameobi que fazer para ver pelo menos um cartão amarelo? Partir uma perna a alguém?

Com Douala, Enaka e Viana na nossa equipa, este Newcastle esta noite teria terminado a partida com as orelhas caídas...

Uma má notícia adicional é o facto de não podermos contar com Liedson no jogo de Alvalade devido ao amarelo visto hoje. Liedson que andou perfeitamente perdido entre os defesas ingleses...

Ficha de Jogo:
Estádio: St. James Park,
Árbitro: Youri Basbakov (Rússia)

NEWCASTLE
Given (Harper, 45); Carr, Taylor, O´Brien e Hughes; Dyer (Bowyer, 62), Jenas, Faye e Robert (Milner, 57); Shearer e Ameobi
Treinador: Graem Souness

SPORTING
Ricardo; Rogério, Polga, Beto e Rui Jorge; João Moutinho, Carlos Martins(Mota, 67), Rochemback, Pedro Barbosa (Tello, 62); Sá Pinto e Liedson
Treinador: José Peseiro

Cartões amarelos: Liedson (33), Hughes (34) e Bowyer (69)

Golos: Shearer (36)

quarta-feira, abril 06, 2005

QUE DIFERENÇA!

Atentem a estas declarações de Rui Costa e às de Sá Pinto, no post anterior, e reparem bem na forma diferente como SPORTING e Benfica "marcam" os jogadores que por lá passam:

Encerrarei a minha carreira no Milan. Mal a ‘società’ me propôs a renovação, aceitei. Estou muito feliz, também porque a assinatura significa que terminarei a carreira aqui.

Bye, bye Benfica!

FALAR À LEÃO!

Ricardo Sá Pinto em entrevista ao jornal RECORD:

A minha vida de adulto está intimamente ligada ao Sporting. Foi aqui que nasceram as minhas filhas, foi aqui que me licenciei e doutorei como jogador de futebol.

A minha lealdade ao clube será eterna. Sou sócio, sou um pequeno accionista e tenho um camarote no estádio. A minha história ficará ligada ao clube para sempre, independentemente do que se passe no final da época.

Com todo o respeito que me merece a instituição, um grande clube, sem dúvida, mas nunca vestiria a camisola do Benfica. Por dinheiro nenhum no Mundo. Tenho uma relação demasiado forte com o Sporting para poder fazer isso. E é preciso deixar isso claro, não existe nada nesse sentido. Nada mesmo. Mas eu nunca poderia tomar uma opção dessas. Gosto demasiado deste clube.

domingo, abril 03, 2005

A VERGONHA DO COSTUME!

No JOGO:

As confusões no túnel do Bessa, no fim do encontro, levaram o árbitro Lucílio Baptista a expulsar os sportinguistas Rui Jorge e Sá Pinto, e ainda o boavisteiro William.
Os conflitos foram presenciados pela equipa de arbitragem e pela própria polícia e não terão passado em claro. O relatório disciplinar do jogo, da responsabilidade do juiz do encontro, já estava disponível no sítio oficial da Liga na Internet ao início desta madrugada, tendo o mesmo confirmado as exclusões dos citados jogadores.

Os responsáveis do Boavista acusam Sá Pinto de ter agredido o director-executivo João Freitas com uma cotovelada no peito e um murro na cara, já no túnel de acesso ao relvado, no final do jogo que o Sporting venceu por 4-0, e já depois de, alegadamente, o ter insultado ao intervalo.

Na BOLA:

«Trata-se de uma situação muito grave. Houve uma agressão ao nosso director executivo, João Freitas, no túnel de acesso aos balneários. Não podemos admitir, seja quem for, que venha aqui tratar as pessoas de quem gostamos desta maneira», atirou João Loureiro, alto e em bom som.

Por que será que nesse estádio existe sempre confusão deste género? Não são inteligentes ao ponto de descobrir outra forma de estar no futebol?

Por será sr. Loureiro jr, que o nosso Sá Pinto agrediu ( se agrediu ) esse seu "colaborador"? Por que ele se portou como um anjinho e queria dar os parabéns ao Sá Pinto pela vitória?
Foi pena só terem encaixado 4, é que mereciam ter encaixado muitos mais...Aliás, em dois jogos, nesta liga, de nós levaram eles apenas 10 ( DEZ)!

sábado, abril 02, 2005

UMA SENHORA EQUIPA!



Boavista, 0 - SPORTING, 4

Mas que fantástica exibição no Bessa, por parte da nossa equipa! Depois dos 6-1 em Alvalade quem diria que sairíamos do estádio do Boavista com a sensação de que com um Sá Pinto mais inspirado teriam sido uns 6 ou 7?

Troca de bola fantástica, posicionamento no terreno correcto, compensações bem feitas, transição defesa-ataque eficaz, entrega exemplar ao jogo, camisolas suadas com muito profissionalismo, deram um robusto e justíssimo triunfo, apesar dos queixumes do sr. João Loureiro, porventura com saudades de outros tempos em que imperavam uns apitos dourados...

Que dizer de uma noite em que todos justificaram nota máxima? O "velhote" Barbosa inspiradíssimo, Liedson eficaz, um sector defensivo seguro e concentrado, um meio-campo com uns "senhores" jogadores, onde se destaca um puto "muito crescido" - Moutinho, e um Sá Pinto de parabéns pelo seu 200º jogo na liga mas a precisar de botas mais calibradas para melhorar a pontaria.

Não posso deixar de destacar o enorme apoio de uma claque que esta noite esteve incansável, quase parecendo que o SPORTING estava a jogar em casa, já que abafou por completo os adeptos boavisteiros.

A nossa equipa é indiscutivelmente, independentemente do desfecho desta liga, a que melhor futebol pratica, mas que peca na irregularidade, caso contrário, já estaríamos no primeiro lugar destacadíssimos...

Agora, vamos atacar Newcastle visando a final da Taça UEFA no nosso maravilhoso estádio!

Ficha de Jogo:

Estádio: do Bessa, no Porto

Árbitro: Lucílio Baptista (Setúbal)

BOAVISTA William; Nélson, Cadú, Eder e Milhazes (Cafú, 59); Tiago, Lucas e Toñito (João Vieira Pinto, 65); José Manuel, Hugo Almeida e Diogo Valente (Martelinho, 45)
Treinador: Jaime Pacheco


SPORTING Ricardo; Rogério, Beto, Polga e Rui Jorge (Tello, 78); Rochemback; Pedro Barbosa (Carlos Martins, 71), João Moutinho e Hugo Viana; Sá Pinto e Liedson (Mota, 83)
Treinador: José Peseiro


Golos: Liedson (19 e 69 m), Beto (28 m) e Carlos Martins (81 m)

Cartões: amarelo para Barbosa (37 m), Éder (37 m), Toñito (45 m), Rui Jorge (60 m), Cadú (73 m), Hugo Viana (76 m), Beto (79 m); vermelho para Éder (68 m, por acumulação) e Jaime Pacheco (74 m).

Uma palavra de pesar pela morte de Sua Santidade o Papa João Paulo II.

BYE, BYE BENFICA!

SPORTING, 23 – Benfica, 21

O Sporting venceu o Benfica por 23-21 e consolidou a liderança na classificação. O resultado foi construído principalmente no primeiro tempo.
Na segunda parte os “leões” estiveram mal, tanto a nível defensivo como ofensivo.

FICHA DE JOGO

Local: Pavilhão do Casal Vistoso
Árbitros: António Marreiros e Dário Ramos

SPORTING: Miguel Fernandes e João Ferreirinho; Milan Stohr (4), Pedro Gama, Armando Pires (1), Luís Gomes, Ricardo Dias (1), Pedro Jerónimo (4), Inácio Carmo (3), Álvaro Martins (8) e Rui Silva (2)
Treinador: Fran Teixeira