"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sexta-feira, março 30, 2007

"Coentratação" falhada

Caro Leonino e leitores do Sangue Leonino:

Percebo e partilho a decepção que sentem. Ontem, ao fim do dia, quando ouvi a notícia, nem queria acreditar, e quase me tirou o apetite. A noticia ainda não foi confirmada oficialmente mas tudo leva a crer a sua inevitabilidade.

Partilho da paixão quase inexplicável pelo SCP com muitos de vós e sofro com reveses como este parece ser. Não me considero melhor sportinguista do que ninguém, mas não deve haver quem sofra mais com as derrotas, ao ponto de passar noites em branco quando elas acontecem. No entanto neste comentário vou fazer o mesmo esforço que Leonino faz, ao tentar trazer a objectividade à análise. Para isso, e com a devia vénia ao Leonino, acrescento este post, juntando os seguintes pontos, que, se fossem esclarecidos, muito nos ajudaria a compreender o que se terá passado:

1. A primeira questão é essencialmente técnica. Penso que não se compram jogadores no SCP sem o aval técnico de PBento. Esse aval foi dado? Não me custaria admitir que não, tendo em conta que, como bem sabemos, que PBento despachou todos os jogadores com características idênticas às de Coentrão: os extremos.

2. Se existiu o aval técnico houve de facto negociações? Tudo leva a crer que sim porque a postura do jogador em recente entrevista aqui referenciada isso parecia indicar. Ou a entrevista serviu apenas como estratégia para subir a parada? O interesse do Rio Ave e do empresário era esse… Se existiram negociações elas foram terminadas por impossibilidade de acordo financeiro ou servimos apenas de isco? A SAD deveria esclarecer com urgência o que se passou.

3. Faz sentido, num clube formador como o SCP, pagar 1 milhão de € por um jogador de 19 anos, quando temos na nossa cantera jogadores igualmente promissores e de talento inegável? Coentrão não é um jogador feito e por isso é um investimento de risco. Quantos Coentrões podemos descobrir com o investimento dessa quantia na formação?

4. Sem querer beliscar a categoria do jogador em questão, seria ele titular de caras? Se sim quem sairia da actual equipa?

5. Como reagiriam os jogadores da nossa cantera que ganham bem menos do que teríamos de pagar a Coentrão para poder competir com o vencimento oferecido pelos galináceos?

Não deixo de ficar triste, sobretudo por ver um sportinguista assumido assinar pelo slb. Uma andorinha não faz a primavera, é certo, mas também é verdade que nos últimos tempos vemos muitas preferir outras paragens que não o nosso quintal ou então somos nós que as servimos de bandeja: Pepe, Adriano, Paulo Assunção, Quaresma, Simão, Nuno Assis, etc. A Fábio Coentrão só lhe lembraria aquilo que ele já sabe: a nossa camisola ficava-lhe muito melhor.

A vida não é perfeita, ser sportinguista não é fácil, mas poderíamos ser outra coisa Leonino?


Verdão

Coentrão por um canudo













Fábio Coentrão, 19 anos, é um jovem jogador do Rio Ave, senhor de um inegável talento, presença assídua nas selecções jovens e um assumidíssimo sportinguista.

Há pouco a Sport TV noticiou o acordo do mesmo com os lampiões, num contrato que vai durar pelo menos 5 anos, depois deste ter assumido publicamente que queria muito representar o Sporting.

Em relação a tudo isto acabo por ficar com bastantes dúvidas:

Se o Sporting recusou o atleta, o qual praticamente se ofereceu, provavelmente deve-se ao facto do Rio Ave pedir bastante dinheiro. Mas se foi isso que aconteceu como é possível que um clube que tem um passivo superior ao nosso consiga superar essa dificuldade? Em que ficamos? Será que tem dirigentes mais irresponsáveis ou mais competentes que os nossos?

Se a não vinda para Alvalade se deve ao facto do atleta pretender um ordenado acima daquilo que o Sporting pretendia pagar, será que era uma verba assim tão alta que criasse desequilíbrios na folha salarial? Com a margem de progressão que Coentrão denota, terá mais lógica andarmos a pagar o que pagamos mensalmente a Alecsandro ou a Farnerud, por exemplo, em vez de se fazer um esforço pelo jovem português?

É um facto que o futebol está transformado num negócio onde os euros e os dólares parecem falar mesmo mais alto, mas não será já demasiada coincidência que percamos constantemente a possibilidade de contratar (ou recontratar) futebolistas que em determinado momento assumem ser sportinguistas e que não escondem querer vir (ou voltar) para Alvalade - Simão Sabrosa, Quaresma, Hugo Viana, agora Coentrão... e que depois nos vejamos na contingência de recorrer a atletas de qualidade dúbia?

Sinceramente não sei o que se passou, desconheço em absoluto os contornos deste processo, por isso - correndo o risco de ser injusto - limito-me a levantar a questão e a duvidar dos critérios que presidem às escolhas feitas pelos responsáveis da gestão do nosso futebol profissional.

O que sei é que:
Gostaria de ver um sportinguista ferrenho a jogar pelo Sporting? Sim!
Acho que o miúdo tem talento? Sim!
Acredito que seria um investimento com retorno garantido? Sim!
A sua contratação justificaria um esforço financeiro, enquadrado nos limites do razoável? Sim!
Fico triste por ele ir parar ao nosso grande rival? Sim!

Conclusão: a vida não é perfeita e ser sportinguista não é um mar de rosas.

Leonino

quinta-feira, março 29, 2007

Ricardo, Leão!

Ricardo completou ontem a 64ª internacionalização ao serviço da selecção, ultapassando assim Manuel Bento, recentemente falecido. Está neste momento no top ten dos mais internacionais de sempre. A sua carreira na selecção está associada ao melhor momento de sempre do nosso futebol sénior, com a obtenção do vice-campeonato europeu e o recente 4º lugar no Mundial da Alemanha. As suas actuações memoráveis, especialmente contra a Inglaterra em ambos os certames, ficam para sempre na história do futebol nacional.

Enquanto a história se escreve diante dos nossos olhos nem sempre somos os melhores juízes dos seus protagonistas. Ricardo tem demonstrado um enorme carácter ao saber ultrapassar a hedionda campanha de que foi vítima, e pela forma com ultrapassa os momentos menos felizes, comuns em todos os grandes jogadores da sua posição. Creio que o seu percurso ainda está longe do fim e a sua posição na tabela de internacionais só pode mesmo subir. Ao deixar-lhe aqui os meus parabéns desejo-lhe também que em breve deixe o seu nome escrito no lote dos campeões do Sporting.
Verdão

segunda-feira, março 26, 2007

A não perder

A partir de amanhã nas bancas:



Parece que ao contrário de uns quantos senhores formados no nosso clube, e que jogam em emblemas rivais, este é grato à casa que fez dele jogador e que soube trabalhar todo o seu talento!

ACTUALIZAÇÃO

Excertos da entrevista:

«Vejo, sempre que posso, os jogos da Liga portuguesa e, em especial, os do Sporting. Vibrei coma vitória sobre o F.C. Porto, não só por ser sportinguista, mas também por ter dado maior emoção ao campeonato português, pois o Sporting voltou outra vez à luta, depois da vitória importante no Dragão»

«Não escondo a minha ligação emotiva ao Sporting. Foram sete anos muito importantes na minha vida e admiro bastante o clube e as pessoas»

«Não fecharei as portas. Quando se é bem tratado fica sempre uma marca positiva. O Sporting foi fundamental no meu crescimento em todos os aspectos dando-me tudo para poder ser o jogador que hoje todos conhecem. Ninguém conhece o futuro e quem sabe se, um dia, poderei voltar a jogar no Sporting?»

É impressão minha ou nunca li ou ouvi palavras tão fortes, carregadas de puro sportinguismo, vindas de Luís Figo, após a sua saída do Sporting?

Enquanto Cristiano Ronaldo é filho e irmão de sportinguistas, Figo nasceu numa família benfiquista, tendo sido ele próprio lampião em pequenino. Não é má-vontade minha mas creio que se impõe esta comparação...

Leonino

Ecos do fim-do-semana

O fim-de-semana decorreu sem jogos da nossa equipa principal de futebol mas nem por isso deixamos de ter o nosso clube em destaque.

O jogo da nossa selecção confirmou, para os que têm dúvidas ou para os piores cegos (não os invisuais, mas os que não querem ver), que somos o clube que melhores resultados obtém da formação de jogadores. Além dos idos Quaresma e Ronaldo deliciei-me com a exibição personalizada de João Moutinho. O jogo permitiu evidenciar que Moutinho é sistematicamente prejudicado no Sporting ao jogar 1 jogo na direita, outro na esquerda e às vezes ao centro. E prejudicada acaba por ser a equipa porque perde eficácia com a menorização da preponderância de Moutinho. Chamaria também à atenção a exibição tranquila de Ricardo e a bela entrada de Nani.

Tomás Morais conseguiu a proeza de qualificar a selecção de râguebi, formada por jogadores amadores, para o mundial da modalidade que decorrerá em França. Já várias vezes ouvi chamar-lhe o Mourinho do râguebi. Ora a partir de agora este epíteto deixa de ter justificação porque a proeza de Tomais Morais equivaleria em futebol que Mourinho tivesse conseguido apurar a selecção de S. Marino para o Mundial ou o clube lá do bairro para a Champions League. Ora isso que me conste Mourinho nunca fez e dificilmente fará. Mesmo reconhecendo toda a categoria do palmarés de Mourinho, além do seu anti-sportinguismo primário. Tomás Morais é sportinguista de coração e um exemplo de que a perseverança e a dedicação ao trabalho compensam.
Verdão

quarta-feira, março 21, 2007

É destes que nós precisamos !

São destes jogadores que nós precisamos: jogadores que aliam a qualidade futebolistica ao amor à nossa camisola. Fábio Coentrão, jogador nascido nas Caxinas, bairro piscatório de Vila do Conde, "ninho" de grandes jogadores e de homens de rija têmpera. A entrevista pode ser lida no JOGO .
Verdão

segunda-feira, março 19, 2007

Para que serve esta vitória?

Agora já refeito das emoções a que me dei ao luxo de assistir em pleno estádio dos andrades, julgo ser necessário reflectir sobre o significado desta vitória.

1. É pouco importante saber que, em caso de vitória na Amadora, o slb fica a apenas 1 ponto do fcp e a depender apenas de si próprio “por nossa causa”. Nós temos que fazer o nosso papel que é o de procurar ganhar todos os jogos em que participamos.

2. Fica provado que esta equipa tem categoria para se bater com qualquer adversário e em qualquer campo, desde os que os jogadores se empenhem e o treinador ponha os melhores nos seus devidos lugares. Por exemplo Veloso é, neste momento pelo menos, melhor que Custódio. Abel e Tello dão maior “comprimento” ao nosso futebol e nem por isso defendem pior do que Caneira quando este joga a lateral. Caneira é um óptimo central e um sofrível lateral. Fica igualmente provado que não somos uma equipa de tesos ou pobrezinhos, independentemente de termos a politica salarial e de formação de talentos mais adequada à realidade do futebol nacional.

3. Ainda sem termos jogado com o slb arrisco-me a dizer que entregamos o campeonato nos jogos com as chamadas equipas pequenas e ainda por cima em casa, e não pelos jogos entre os “grandes”, à priori os que nos poderiam causar mais dificuldades. Isto deve ser objecto de séria reflexão, sobretudo ao nível do Departamento de Futebol. O mesmo aconteceu na época transacta e também com Peseiro. Esta vitória não deixa de ter um sabor estranho ao deixar claro que, mais do que o mérito dos nossos adversários em conquistar mais pontos do que nós, existe muito demérito nosso, ao entregarmos pontos a equipas menos cotadas de forma quase sistemática.

4. Na situação que nos encontramos e 8 jornadas do fim, não é crível que consigamos passar 2 adversários, embora tenhamos a obrigação de lutar por isso.

5. As vitórias servem sempre para unir e espero que muitas mais venham a caminho, porque união é uma coisa que falta muito e há muito tempo no nosso clube. A vitória na Taça servirá mais como consolação do que como prémio mas espero que venha para Alvalade. Infelizmente, como muitas vezes digo entre amigos, o nosso clube corre o risco de se transformar num clube tipo Timor ou tipo CDS-PP: muitos grupinhos, muita oposição e muita a gente á procura de portagonismo e poucos a remar para o mesmo lado. Sucede com frequência e até se pode observar nas opiniões postadas neste Blog, os ataques mais ferozes dos sportinguistas são para dentro do clube e particularmente para a nossa Direcção. Esta parece ser sempre culpada do pior e nunca vê reconhecido o trabalho difícil e corajoso que tem feito e ainda tem pela frente. Não confundir união com unanimismo.

P.S.- Para o nosso leitor assíduo Gnitrops especiais saudações leoninas por este fim de semana inesquecível. A si, futura mamã e ao seu rebento desejo muita saúde e sorte para esse campeonato maravilhoso que agora se inicia. Se puderem juntar a isso mais um sportinguista tanto melhor!
Verdão

domingo, março 18, 2007

Mas que belo acordar de Domingo...





Leonino

sábado, março 17, 2007

Inteligência



FC Porto, 0 - Sporting, 1

Está provado: esta gente nova que temos na nossa equipa é mesmo capaz do melhor e do pior. E mais uma vez, mostrámos que jogamos bem melhor fora porque estamos talhados para o contra-ataque. O pior é mesmo jogar em Alvalade...

A vitória desta noite, absolutamente inequívoca, teve um segredo: inteligência.

Jogámos com muita 'cabeça', soubemos ocupar bem os espaços em campo, trocar a bola com eficácia e enervar o adversário, tapando muito bem os caminhos para a nossa baliza.

A partir do momento em que isso foi conseguido, com Miguel Veloso a ter um trabalho valiosíssimo a preencher o espaço à frente da defesa e a lançar os endiabrados Nani e Djaló, passámos a mandar no jogo e a estar sempre mais perto da baliza de Helton.

Ao contrário do que Jesualdo disse antes da partida, a pressão estava do lado deles, pelo que esta estratégia de Paulo Bento resultou, já que o nervosismo apoderou-se do FC Porto, e exceptuando Quaresma, não se viu ninguém a assumir o jogo portista.

Aliás, não foi com surpresa que os andrades foram para o intervalo com assobios provenientes da bancada dos seus adeptos. Sintomático...

No segundo tempo, e apesar do FC Porto ter assumido algum domínio, a verdade é que não perdemos o discernimento, a miudagem continuou a jogar de forma muito adulta, pelo que o nosso golo surgiu naturalmente. Um golaço de Tello, com um muito competente remate à baliza de Helton.

Desde esse momento, o FC Porto tentou chegar ao empate, mas seríamos nós a falhar o 2-0, num remate de Djaló em que - após defesa de Helton a remate de Nani - a bola foi bater na trave.

Na noite em que os tais 6 milhões foram sportinguistas, estamos de volta à luta pelo título!
Não podemos é continuar a oferecer pontos em casa a Aves e afins...

Uma palavra final para dedicar esta vitória, por motivos diferentes, ao nosso 'Pinto Azul' de estimação e ao The Best One e ao seu filho, assim como a todos os sportinguistas que sofrem pelo nosso clube, espalhados por esse Mundo fora.

Leonino

“Homem” de coragem!

Vivo num País (UK) onde o Racismo é uma lei, que sentimos na pele diariamente.

Para nós Portugueses, esse racismo é mais acentuado pelo facto de nos últimos anos Portugal ter sempre levado a melhor sobre a Inglaterra, situação que me deixa “louco” de alegria e cheio de medo do que vem a seguir.

No dia seguinte à última vitória de Portugal sobre a Inglaterra os meus filhos foram alvo de vários comentários racistas na escola, até hoje são diferenciados por serem portugueses.

Ontem, (16.03.2007), foi dia de NO SCHOOL UNIFORM, um dia em que os miúdos não precisam de levar a habitual farda, basta para isso que contribuam com algum dinheiro para caridade.

O meu filho disse desde logo orgulhosamente que queria levar a camisola do Sporting, eu disse que isso podia trazer-lhe problemas onde a resposta foi, NÃO FAZ MAL PAI, EU AMO AQUELA CAMISOLA.

Moral da História: SPORTING, mais que uma paixão, uma forma de viver.

The Best One

quinta-feira, março 15, 2007

Homenagem aos Capitães do Centenário do Sporting Clube de Portugal

Será no dia 22 de Março que se irá realizar mais um Sportinguíssimo, no Estádio José Alvalade, mais concretamente na Casa XXI.

Este encontro tem as presenças confirmadas e asseguradas de Ricardo Sá Pinto e Beto, a primeira vez em Alvalade após a saída de ambos e que virão propositadamente a este encontro; Oceano, Carlos Xavier, Venâncio, Ana Damas (filha de Vítor Damas) e os Campeões Europeus na Taça das Taças: Fernando Mendes, Hilário, José Carlos, Carvalho.

O Eterno Capitão Manuel Fernandes, independentemente de estar em Angola, irá ter uma participação neste IIº. Sportinguíssimo.

Yordanov será uma presença ainda a confirmar, podendo vir expressamente de Sofia, Bulgária.

Ainda durante este encontro será exibido um Tributo aos Capitães do Centenário: De Francisco Stromp a Ricardo Sá Pinto, Resumo de Jogos de 1981 a 2006 e a Homenagem ao Eterno Nº 1, Vítor Damas.

Este IIº. Sportinguíssimo será gravado para posterior entrega aos capitães de equipa dos escalões mais jovens, de futebol, do Sporting Clube de Portugal.

Mas para este encontro ser Sportinguíssimo necessita da vossa presença, da vossa colaboração e da vossa promoção.

Contamos convosco.

Ofensiva 1906 – Sportinguíssimo


































quarta-feira, março 14, 2007

200.000 visitas!

Muito obrigado a todos aqueles que nos têm dado a honra da sua visita e muitos parabéns à equipa de editores do Sangue LEONINO

Soares Franco na SIC Noticias


O Presidente do nosso clube deu ontem uma entrevista ao canal SIC Noticias onde abordou os principais temas que marcam a actualidade do SCP. Com a devida vénia ao site Maisfutebol ficam aqui os tópicos mais importantes:

«O Sporting pode chegar a um resultado corrente entre 11 e 13 milhões de euros. Assim, podemos amortizar uma dívida a rondar os 150 milhões de euros num prazo de 20 anos. Sporting não tem debilidade financeira, porque gera e ganha dinheiro. Sporting não vai alienar mais património, só alienou aquele que era fundamental.»

«Sporting tem 77 ou 78 por cento do capital da SAD e não precisa de tanto para ter a maioria, basta 51 por cento. Mas vamos ficar com a percentagem que os sócios quiserem.»

«O Sporting tem viabilidade financeira desde que tenha uma dívida inferior a 200 milhões de euros.»

«Não vamos vender o Estádio nem a Academia. Podem é passar para dentro da SAD.»

«Academia custa à volta de 1 milhão de euros por ano.»

«Tudo farei para que o Sporting continue a conservar os seus talentos.»

«Há vários jogadores de 16 ou 17 anos, da formação, que ganham dois mil ou cinco mil euros. Para jogadores desta idade, já são valores que merecem atenção.»

«Queremos renovar com o Nani. O diferendo entre empresários também está a atrasar o processo. Penso que a disponibilidade do jogador também é boa. Como presidente, não interfiro nos pormenores do processo. Só dou o sim ou não final.»

«A excepção confirma a regra. Temos um tecto de 75 mil euros, mas a situação de Liedson é uma excepção.»

«Paulo Bento é para continuar. Tem feito um trabalho notável, a equipa técnica é óptima e queremos continuar com eles. É uma lógica empresarial. Gostava que o Sporting tivesse com o treinador o mesmo relacionamento que o Manchester United tem com Alex Ferguson.»

«Vamos ser mais fortes no próximo ano e nos seguintes, se continuarmos com esta política de mantermos a base da equipa com valores dos escalões de formação.»

«Sporting não tem nenhum dos seus dirigentes envolvidos no Apito Dourados nem nenhum dos seus jogos sob investigação no processo. Mas entendi que o Sporting não devia estar constantemente a falar sobre isso, só para se pôr em bicos de pé.»
Verdão

terça-feira, março 13, 2007

Avançado sul-americano de 17 anos no Juniores do Sporting

Luis Páez é internacional sub-20 do Paraguai, e veio para reforçar o nosso sector atacante num futuro proximo digo eu! Com as possiveis saidas de Bueno e Alecsandro do Sporting, vejo com bons olhos esta aquisição, agora falta saber se vai corresponder as espectativas Leoninas!

Luis Páez, Liedson, Djálo e para mim tambem Pinilla (ou outro avançado da nossa cantera) e Fábio Coentrão do Rio Ave, ficariamos com a proxima epoca, com um lote de avançados que nos poderá dar hipoteses de lutar pelos nossos objectivos.

Este cenario corresponde a nossa dificil situação financeira como é claro!!


Saudações Leoninas
GreenPower

sábado, março 10, 2007

Bom ensaio



Sporting, 3 - Estrela da Amadora, 1

Polémicas de divulgação de folha salarial à parte, quebrámos o jejum de vitórias e os nossos "meninos" garantiram-nos os 3 pontinhos.

Antes de mais, uma nota de regozijo: é bem mais interessante estar em Alvalade com mais público feminino do que o habitual, não é?

Motivados por isso, ou não, os nossos jogadores - com o Levezinho na bancada - jogaram com mais garra, empenhamento e inteligência, pelo que, quando esses ingredientes se reúnem dificilmente as vitórias nos fogem. O problema é que nem sempre esses tais ingredientes têm aparecido...

O Sporting entrou bem no jogo, e mesmo defrontando um Estrela afoito, acabou por criar inúmeras oportunidades antes do 1º golo, com Romagnoli a ser o mais azarado com 2 bolas no poste. Merecia um golo o argentino.

João Moutinho - quem mais? - aos 33 minutos, inaugurou o marcador e deu inteira justiça no marcador ao que se vinha verificando no relvado.

Na segunda parte, o domínio foi total, tal como a inspiração de Yannick, que com 2 excelentes iniciativas matou o jogo e qualquer esperança que os nossos adversários ainda tivessem.

Uma nota para o golo do Estrela, devendo haver mais cuidado nos brindes que se dão por parte da defesa, mas a verdade é que Moses, o autor do golo, já nem devia estar em campo, tão generoso foi a distribuir pancada pelos nossos jogadores. Mas como o árbitro era um senhor que gosta muito de calçar chuteiras oferecidas pelos lampiões...

Um bom ensaio para o Dragão, restando agora mostrar-lhes que não somos inferiores e, de uma vez por todas, provar que há qualidade no nosso plantel, apesar de por vezes andar escondida.

Sobre o público: quando se sua a camisola e se mostra trabalho no relvado, os assobios na bancada são um fenómeno raro... Por isso - mesmo que eu não seja daqueles que assobia por uma questão de princípio - espero que os nossos jogadores entendam o recado!

Leonino

quinta-feira, março 08, 2007

Palavra à nossa Direcção

É verdadeiramente lamentável e sujo o modo como o site Sportugal, e alguns "amigos" do nosso Sporting, estão a tentar prejudicar o nosso clube, criando desestabilização no grupo de trabalho e intoxicando a opinião pública.

Apesar disso tudo, enquanto sócio e adepto do Sporting Clube de Portugal, e uma vez que os ordenados pagos aos nossos jogadores "transpiraram" cá para fora, gostaria que os responsáveis do nosso clube nos dessem umas quantas explicações, nomeadamente esta "estória" dos emprestados, ou talvez "o barato sai caro", como há pouco também se veio a saber àcerca da tal transferência a custo zero de João Pinto.

Como já foram tornados públicos os tais salários, gostaria sinceramente de ser elucidado.

Como é isto possível? Que critérios de política salarial são estes, nomeadamente em relação aos jogadores a amarelo? Levemos em linha de conta a sua produção, a sua qualidade e aquilo que ganham...

Por muito que amemos o nosso clube, não podemos fechar os olhos a isto, nem deixar de exigir explicações a quem de direito.

Liedson - 110 mil euros brutos mensais
Ricardo - 75 mil euros
Bueno - 73 mil euros
Caneira - 68 mil euros
Romagnoli - 66 mil euros
Paredes - 54 mil euros
Polga - 54 mil euros
Alecsandro - 52 mil euros
Farnerud - 44 mil euros
Moutinho - 32 mil euros

Já agora, fico também a aguardar que o site Sportugal, divulgue a folha salarial dos atletas do SLB e do FCP, se se reger por padrões de isenção e imparcialidade.

Leonino

Que me desculpem os verdadeiros porcos

Na sequência do julgamento que opõe a empresária Ana Almeida a Nani, o nosso jogador terá afirmado que era dos piores pagos no plantel. O advogado da empresária solicitou a apresentação da folha salarial da totalidade do plantel do nosso clube, para verificação da veracidade da afirmação. Logo na altura vi que isto mais não era que uma manobra de diversão, sabendo como sabia, que o advogado em causa é nem mais nem menos do que Pragal Colaço, conhecido benfiquista. O que estava em causa no julgamento era apenas quem o Nani quer para representar os seus interesses.

Foi por isso sem espanto que vejo hoje publicado na íntegra os salários dos jogadores do SCP. Ora quem fez isto é porco e quem o publica – o site sportugal – uma verdadeira pocilga. Este site é conhecido, desde a sua triste e curta existência, pelos ataques ao nosso clube e pelas embrulhadas com a justiça, com a publicação do despacho da Drª. Maria José Morgado.

As minhas desculpas aos que são os verdadeiros porcos e a todos aqueles que trabalham em pocilgas verdadeiras.
Verdão

quarta-feira, março 07, 2007

Será desta?

Terminou ontem uma batalha muito importante da guerra pela credibilização do futebol português. Com a acusação deduzida vejo com ingénua esperança que pode ser desta que o polvo instalado veja os seus tentáculos cortados. Lembro que com o episódio do roubo de Futre ao nosso clube, e do corte de relações com a direcção de João Rocha, Pinto da Costa jurou que enquanto ele fosse presidente do fcp o SCP não voltaria a ser campeão. Felizmente que esta promessa teve já 2 excepções que, afinal só vieram confirmar a regra. Como é evidente PCosta ao fazer tão solene promessa sabia que não a alicerçava nas vantagens exclusivamente desportivas. Começou aí o declínio do nosso futebol, auxiliado quase sempre pela inépcia, ignorância e ingenuidade dos nossos dirigentes e pela cada vez maior desunião e desinteresse dos nossos associados, que persistem em se degladiarem entre si, esquecendo os nossos verdadeiros inimigos.
Estou convencido que se houver finalmente justiça o futebol português conhecerá a era do antes e do post – apito-dourado. Espero que esta última se instale quanto antes. Para isso era preciso que estes senhores fossem finalmente para o lugar que merecem: atrás das grades!
verdão

"É uma coincidência"

Foi exactamente assim que o comentador da TSF reagiu ao vermelho directo mostrado ao Liedson. Mas alguém de boa saúde mental tem dúvidas da trapalhada que foi este lance? É que nem se deram ao trabalho de disfarçar. Mas então os jogadores agora vêem o cartão amarelo quando levam porrada? O próprio Rossato deve ter ficado a bater mal, e a fazer contas de cabeça. Só no final do jogo lhe devem ter explicado os interesses superiores que regeram a amostragem do vermelho ao Liedson.
Portanto, se o Rossato leva amarelo é porque fez falta. Se fez falta, era penalty. Podiam pôr o Liedson na rua, desde que marcassem o diabo da grande penalidade!
O que mais me enerva é que mais uma vez passamos por coitadinhos, que se viram aos árbitros quando perdem pontos. O que mais me enerva é ver lampiões e tripeiros a esfregar as mãos, piscando o olho uns aos outros, sabendo-se sozinhos na luta.
Depois do Porto, só falta que o benfica também seja corrido da Europa. A ver se têm um "reality check" e se colocam no seu lugar. Não se aguenta.

Gia

terça-feira, março 06, 2007

O caldinho estava preparado

Confirma-se:

A Comissão Disciplinar da Liga aplicou um castigo de dois jogos a Liedson, o que o afasta dos encontros com Estrela da Amadora e F. C. Porto, para a Liga.

Muito bem, sr. Paulo Costa, o servicinho está feito!

Com a eliminação dos andrades, esta noite, ainda mais sentido faz a leitura que todos nós, sportinguistas, temos feito, e seguramente que situações tão ou mais sinistras como esta vão ainda ocorrer.

Definitivamente, não há coincidências!

Leonino

segunda-feira, março 05, 2007

É preciso ter paciência...

No dia em que ficámos a saber que vamos defrontar em Alvalade o Beira Mar, na meia-final da Taça de Portugal, no próximo dia 25 de Março, Domingos Paciência, essa frágil, pura e nobre figura que exerce actualmente o cargo de treinador do Leiria, vem com estas brilhantes declarações:

«As pessoas estão a criar uma imagem que parece que eu ando a defender os interesse de um outro clube. Mas estão enganadas porque eu defendo os interesses da União.

Com o FC Porto eu estava a olhar para a bola, já com o Sporting vi o lance e tenho inclusive uma ideia diferente: quem começa a falta é o Liedson sobre o Rossato.

Não gostei das declarações de Paulo Bento. Sou um treinador profissional.»

Não sei se Paulo Bento vai dar continuidade ao assunto, mas quanto a mim a resposta ontem dada pelo nosso treinador foi excelente, sendo que o modesto conselho que deixo ao sr. Paciência é que "à mulher de César não basta ser séria, é preciso parecê-lo!"

Leonino

Foi você que encomendou... um Paulo Costa?
























A velha arbitragem à portuguesa...

Leonino

domingo, março 04, 2007

Roubo em Leiria... Encomendado senhor Costa?

Dois Penaltys por marcar, Liedson sofre agressão e responde, acaba espulso ele próprio ficando um penalty por marcar nesse lance a favor do Sporting, tendo em conta o que se passou em lances parecidos, se for encarado como uma agressão, levará Liedson 2 jogos de castigo?

Não apanhando assim Liedson o porto, então senhor FSF? Nada fará? Incrivel...

GreenPower

Melhores que Ajax



É muito bom que alguém credível - no caso, a BBC - constate que temos infra-estruturas superiores às de um clube sobejamente conhecido por ser especialista na formação de jovens talentos, como é inegavelmente o caso dos holandeses do Ajax.

A única coisa que questiono, apesar de me orgulhar, e muito, da formação que fazemos, é o retorno que tanto Sporting como Ajax têm tido nos últimos anos, a nível de êxitos desportivos das suas equipas principais.

É que esses clubes têm-se sobretudo afirmado como fornecedores de jogadores para outros grandes da Europa e a verdade é que, tanto Sporting como Ajax pouca ou nenhuma presença têm tido nos grandes palcos das finais das competições europeias, exceptuando a nossa final de há 2 anos.

Se a isso juntarmos o facto de, nem Sporting nem Ajax serem sequer os actuais dominadores a nível interno dos seus países, ainda mais fico na dúvida se não faltará algo, tanto num caso como no outro, que capitalize em proveito próprio, sobretudo em termos de vitórias desportivas, essa evidente excelência na formação.

Leonino

sábado, março 03, 2007

Grande campeã!




















A nossa Naide Gomes sagrou-se hoje campeã da Europa do salto em comprimento em pista coberta, ao vencer o concurso em Birmingham com um salto de 6,89 metros, revalidando o título obtido em Madrid 2005.

Muitos parabéns, grande campeã!

Felizmente que sempre tivemos o atletismo para dar enormes alegrias à nação sportinguista. Carlos Lopes, Fernando Mamede, Dionísio e Domingos Castro, Francis Obikwelu, Aniceto Simões, e tantos outros. Que saudades...

Leonino

sexta-feira, março 02, 2007

Fuga de talentos

Podemos ler aqui o reflexo da triste sina que reina em Alvalade de formar grandes talentos, mas ao mesmo tempo de não ter capacidade para os reter no clube ou mesmo para saber definir nos contratos celebrados com os clubes estrangeiros - aos quais vendem os seus passes - a impossibilidade de irem parar aos nossos principais rivais.

Querem apostar que daqui a pouco tempo vai passar-se o mesmo com Nani? É fácil de imaginar: pela mão de Jorge Mendes há-de ir parar a um Lyon, onde não se afirmará plenamente, para depois regressar a Portugal, mas para... o Dragão ou Luz!

Nada que venhamos a estranhar... infelizmente.

Leonino

quinta-feira, março 01, 2007

Bento


(Golegã, 25 de Junho de 1948, Barreiro - 1 de Março de 2007)

Na vida, por mais convictos que sejamos na defesa das cores do clube do nosso coração, também devemos ter a capacidade de reconhecer o valor do adversário e sobretudo, saber respeitá-lo.

Aprendi a ver futebol e cresci com Bento como senhor da baliza do Benfica e da Selecção Nacional, deliciei-me ao assistir aos seus maravilhosos duelos com Manuel Fernandes e Jordão, tendo sempre lamentado que nunca tivesse ingressado no nosso Sporting, onde chegou a estar com um pé

Bento foi sem sombra de dúvidas um dos melhores guarda-redes portugueses de todos os tempos.

Por tudo isso, e por muito mais que nestas alturas fica sempre por dizer, a partir de hoje o futebol português está mais pobre.

Sentidas condolências à nação benfiquista e à família de Manuel Galrinho Bento.

Leonino