"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, julho 31, 2007

Aos críticos.

Saudações Leoninas

Ao ler as várias opiniões constato que são quase sempre os mesmos a dizer mal, então aqui vai, será que para os críticos de hoje, tanto dos Jogadores como os da Equipa Técnica, alguma vez gostaram do Sporting que tiveram, se sim digam o ano em que ficaram satisfeitos. Curiosidade!! Dizer mal é muito fácil, mas está a ficar difícil perceber se algum dia o Sporting os vai satisfazer, senão, fico a pensar que são só do contra. Repito, há coisas que podiam estar bem melhor, como por EXEMPLO termos uma pista para o ATLETISMO, mas isso ninguém se lembra!!! Não, secalhar era melhor ter cá um GAJO qualquer, e pago a peso de ouro, a passear a nossa camisola para nós aplaudirmos no estádio, não, isso para mim é "BALELA", se ficarmos assim corremos o risco de apanharmos a GRIPE da PRESUNÇÃO.Quando o Balakov chegou toda a gente sabia quem ele era, não?? O De Franceschi, também não? Temos de críticar o que é críticavel e mais nada. Porque não críticam esta maneira de ser em que tudo está mal e que o dos outros é que é bom!? Temos de mudar certas atitudes, os nossos é que são os melhores e mais nada, é esta energia que temos de passar, positiva, temos de ser mais positivos. Nós teriamos um estádio novo mesmo que o EURO não se tivesse realizado, FOMOS NÓS, não precisamos da ajuda de ninguém. É a isto que nós temos de olhar e acreditar nas pessoas que estão à frente do SPORTING. ORGULHO LEONINO, temos de PUXAR POR "ELE", seja o "ELE" o Sporting, um Jogador, um Treinador ou Dirigente.


J_Cris

segunda-feira, julho 30, 2007

Alguns novos jogadores vistos de fora

Duas razões me levaram a procurar informação independente disponível sobre as nossas aquisições:

1- Por, na sua maioria, se tratarem de jogadores jovens oriundos de países cujo futebol os nossos média costumam ignorar.

2- Por estar habituado a ver jogadores considerados bons passarem a pernas-de-pau mal assinam pelo SCP.

Para tal socorri-me de Luís Freitas Lobo, comentador RTP, que explana no Planeta Futebol as suas prospecções de mercado, revelando um conhecimento abrangente. As apreciações vão desde 2005 até hoje. A título pessoal poderei acrescentar que vi os 2 primeiros jogar no Euro-sub20 e demonstraram então qualidade acima da média. Diz então Freitas Lobo:

Purovic:
Avançado elegante, com grande capacidade atlética e um remate potente e colocado, com o pé direito. Busca espaços, fora ou dentro da área, escapa aos seus marcadores, e remata muito bem. Não é muito veloz mas, agressivo, movimenta-se com grande inteligência. Destaca-se também a cabecear. Pode jogar sozinho no ataque ou com outro avançado a seu lado (fez dupla com Zigic). O seu futebol cresce quando se aproxima da área.

Stojkovic:
Fantástico guarda-redes do novo futebol sérvio. Agilidade, defesas impossíveis e grande carácter a orientar as defesas. Por vezes parece demasiado temperamental, mas não é de sair da baliza em aventuras perigosas. A sua personalidade emerge nas bolas mais complicadas e, fora dos postes, nunca hesita e transmite grande segurança à equipa. Fisicamente imponente (1.95m e 92kg.), ataca cada bola com grande confiança e rapidez de reflexos. Chegou está época ao Estrela Vermelha vindo do Zemun.

Izmailov:
Com apenas 21 anos, simboliza a nova geração do futebol russo, algo distante do ideal colectivista de outrora. Médio criativo, dois pés, imaginação e técnica refinada. É um talento que, só de tocar na bola, aquece a atmosfera e faz derreter a neve em torno dos relvados de Moscovo. No seu horizonte, estará, certamente, o salto para um gigante europeu. Para triunfar entre as duas marcações do Velho Continente, o seu futebol necessita, porém, de ganhar maior consistência física e competitiva.

Vukcevic:
19 anos de técnica, agressividade e bom futebol, lutando por cada bola com alma e, depois, iluminando o jogo ofensivo do onze com excelentes passes ou entradas de trás. Este é o projecto exibicional de um dos mais talentosos médios do novo futebol eslavo: Simon Vukcevic, esquerdino, carácter de nº10 que joga com o nº1 nas costas na condução do jogo do Partizan. Por ser canhoto tem tendência a cair para o lado esquerdo. O seu estilo é, porém o de um típico organizador de jogo. Já é internacional «A» pela Sérvia.

(…)Também pensei nesta dicotomia talento-temperamento a propósito de dois novos reforços do Sporting. Izmailov e Vukcevic. Sigo ambos com especial devoção desde as camadas jovens porque vi logo neles um talento imenso. Tanto que pensava por esta altura já estarem na elite dos melhores jogadores europeus da actualidade, apesar de ainda novos.

Gladstone:
Revelou-se, nos sub-20, pela sua personalidade, força no jogo aéreo e classe. Dois anos depois, mantêm esses traços, mas o último ano, no Cruzeiro, após o regresso de Itália, mesclou grandes exibições com outras menos brilhantes. (…) O mais importante, neste momento, para Gladstone, é conhecer os segredos do futebol português. A experiência em Itália, apesar de ter jogando pouco, será importante. Aos 22 anos está num ponto decisivo da sua carreira. Muitos ainda o vêem como o garoto dos Sub-20m, mas Gladstone já é hoje um jogador adulto. Se controlar as suas quebras de forma, pode ser uma das referências do futuro do futebol brasileiro nessa posição. Não é fácil.

verdão

domingo, julho 29, 2007

Assobiar

Saudações Leoninas

Assobiem os ARBITROS e NUNCA OS NOSSOS JOGADORES.

Os assobios condicionam!

Assim, mais vale a pena condicionar os arbritos do que os nossos jogadores.

J_Cris.

Eu acredito neste grupo de trabalho!

Em plena preparação para mais uma época que todos nós queremos seja coroada de grandes êxitos e enormes alegrias para a nossa massa associativa e adepta, ouvem-se já algumas vozes divergentes. Nada que surpreenda.

Como em qualquer clube há sempre aqueles que são mais pessimistas ou mais intolerantes, mas a verdade é que todos nós - optimistas ou pessimistas - ambicionamos o melhor para o nosso SPORTING. Pelo menos eu quero acreditar que sim.

Atendendo a tudo o que tenho visto ou lido, desde que foi dado o pontapé de saída para esta fase de preparação, não acho que estejamos no mau caminho. Vejamos:

Saiu Nani que nos rendeu bom dinheiro e cujo contributo a época passada se saldou por boas exibições no princípio... e no final da liga. A sua cabeça há muito que já não estava em Alvalade. É um facto.

Saiu Ricardo, confesso apreciador de euros, e sinceramente - tendo sido um dos adeptos que o defendeu com unhas e dentes - creio que a sua partida não será nenhuma tragédia até porque veio um substituto que, embora menos experiente (onde andava Ricardo há 8 anos?) apresenta um enorme potencial. Confesso que não gostei de ver um Ricardo demasiado "puxa-saco" na sua apresentação oficial em Sevilha. Pelos vistos também ansiava por partir há algum tempo.

Saiu Caneira, e aí sim, lamento a sua saída porque é um grande profissional, cuja polivalência e regularidade são os seus maiores trunfos. Mas a verdade é que alguns dos que agora choram o seu regresso a Valência foram os mesmos que há 2 anos não o queriam em Alvalade, devido a umas questões antigas mal resolvidas.

Saiu Tello, que depois de várias épocas em Alvalade, podemos com alguma certeza afirmar que apenas fez algo de jeito na última. Se somarmos a isso os contornos da sua saída, bye bye, até nunca mais.

Ficámos com jogadores-nucleares como sejam Polga, Veloso, Romagnoli, Moutinho e Liedson. Defesa, meio-campo e ataque.

Vieram reforços de qualidade comprovada (Vukcevic, Izmailov, Stoijkovic e Gladstone), sendo que apenas torço o nariz a Purovic (não o conhecia mas seguramente que não será pior que Bueno, Alecsandro, Koke ou Motta), Pedro Silva (a sua passagem por Coimbra não deixou saudades) e Derlei.
Mas sobre este último mantenho a esperança que aproveite esta época para voltar ao seu melhor nível e dê uma bofetada de luva branca a quem o crucificou antecipadamente, muito ao jeito do que se passou no outro lado da segunda circular.

Quanto ao recém-chegado Marián Had, confesso que não o conheço, mas vem de uma boa escola, pelo que é melhor aguardar para ver o que vale do que "deitar abaixo" antes de tempo.

Quanto ao resto: as equipas técnica e directiva mantêm-se, o que é logo uma garantia de estabilidade e de consolidação de uma filosofia de trabalho. Quanto à gamebox, parece-me que está tudo a correr bem, as vendas são boas, estão a atingir níveis interessantes e o processo de venda das mesmas é eficaz (pela primeira vez tratei de tudo através da linha telefónica de apoio, já que estava no Algarve e a verdade é que tudo funcionou às mil maravilhas).

Por último, causa-me algum espanto algumas coisas que aqui tenho lido, porque a verdade é que em conversa com outros sportinguistas, e mesmo ontem nas bancadas, o que constatei é que a grande maioria confia na equipa e acredita que vamos assistir a uma época excelente.

Pessimistas hão-de sempre existir...

Leonino

Marián Had no Sporting!

Saudações Leoninas



Foto: George Herringshaw

Nasceu a 16 de Setembro de 1982, 8 internacionalizações pela seleção da Eslováquia e tem 1,89m.

ESLOVÁQUIA 1:1 PORTUGAL (entrou aos 37 minutos de jogo)
PORTUGAL 2:0 ESLOVÁQUIA (Jogou de inicio e jogou os 90 minutos)
LUXEMBURGO 0:4 ESLOVÁQUIA (Jogou de inicio e saiu aos 46 minutos)
LIECHTENSTEIN 0:0 ESLOVÁQUIA (Jogou de inicio e jogou os 90 minutos)
LETÓNIA 1:1 ESLOVÁQUIA (Jogou de inicio e jogou os 90 minutos)
ESLOVÁQUIA 1:0 ESTÓNIA (Jogou de inicio e saiu aos 70 minutos)
ESLOVÁQUIA 0:0 RÚSSIA (Jogou de inicio e jogou os 90 minutos)

Play-Off - ESPANHA 5:1 ESLOVÁQUIA (Jogou de inicio e foi expulso(originou o 3:1))

J_Cris

Pouco a pouco

Gostei bastante do jogo, não tanto pelo resultado mas por ter visto todos os jogos de preparação do Sporting e ver que há refoços de qualidade e que os entrosamentos estão a ser (bem) trabalhados.

Ontém vi jogadas ao primeiro toque, vi Simon e Izmailov a dar um cheirinho do que podem fazer quando tiverem a 100%.

Quem mais me impressionou foi o Liedson, pois se a memória não me falha, Liedson tem muitos poucos golos marcados com remates de fora da area! Há aí um trabalho extra que foi feito, porque o Levezinho tem-se destacado com autênticos misséis de 20 metros tanto do pé esquerdo como de pé direito. O Levezinho mostra como se faz e ficou a ser um jogador aínda mais completo!

Foi pena não ter visto o Adrien Silva neste jogo, mas sabendo que os jogos de apresentação do Sporting são algo ''perigosos'' (o C. Ronaldo que o diga) foi preferivél não jogar! ;-)

O Huelva foi um excelente teste e foi bom ver o Varela em acção! Quanto ao Carlos Martins, também tive imensa pena de o ver saír mas para estar no plantel não basta dizer que se gosta do Sporting é preciso deixar a pele em campo e o Carlos levanta o pé demasiadas vezes e refugiava-se atrás de lesões fantasmas.

Agora vem aí o torneio da Guadiana aonde vamos defrontar o Bétis do Ricardo (que já mamou 5 golos em 2 jogos e 4 golos frente a uma equipa do 2o escalão) e os Village People.

A defesa leonina foi segurissima durante todo o jogo mesmo com as alterações, só um precalço do puto é que permitiu que o resultado nos fugisse.

Carlos Paredes parece estar determinado em complicar as contas ao P.Bento mas no meu ver continua a ser 3a opção atrás de Veloso e A. Silva.

Gostei de Izmailov, penso que foi preciso ter cojones para envergar a camisola 7 leonina mas o homem mostrou não se deixar impressionar.

Não gostei dos assobios ao Derlei! Também não gostei quando o Sporting foi buscar o Caneira depois da maneira com que o Caneira deixou o Sporting, não foi por isso que assobiei o jogaodor no jogo de apresentação. Ás tantas essas mesmas pessoas vão aplaudir-lo como o fizeram com o Acosta.

O Acosta foi insultado e vaiado na sua primeira época após ter chegado a Alvalade nas malas de Aldo Duscher e depois foi o que se viu! Não quero dizer que sou fã do Derlei, mas é jogador do Sporting e merece uma oportunidade de demonstrar o que vale.

Pouco a pouco a equipa vai crescendo e tenho fé que no dia da final da Supertaça a equipa vai estar pronta e que iremos ereguer a primeira taça da época!

Saudações leoninas


Mindo

Podia ter sido melhor...



Sporting, 1 - Huelva, 1

Fim de férias e regresso antecipado a Lisboa para matar a "fome de bola" e ver o nosso Sporting, versão 2007/08, numa esplêndida noite de Verão.

Gostei muito de ver as bancadas de Alvalade repletas de "lagartos" a puxarem pela equipa e a mostrarem esperanças renovadas numa época de grandes feitos. Parece que o sucesso de vendas da gamebox é mesmo um dado adquirido.

Com um onze próximo daquele que deverá ser a base da nova época assisti a momentos interessantes, já com algumas rotinas de jogo mas faltou obviamente um pouco mais de velocidade e discernimento, algo que nesta fase é perfeitamente natural.

Stojkovic parece-me corresponder àquilo que já conhecia dele: seguro e com grande presença na baliza. Polga continua em grande: um verdadeiro senhor. Tonel vai ter que se haver com a forte concorrência de Gladstone (para mim um grande reforço!) e o lado esquerdo da nossa defesa continua orfão. Ronny não está (ainda) à altura. Na direita, Abel tem titularidade assegurada. Não creio que Pereirinha e Pedro Silva ameacem o seu lugar.

Moutinho, Veloso e Romagnoli estão a caminho de mais uma grande época e Simon Vukcevic promete. Há ali talento e o número 10 não engana.

Derlei e Liedson prometem grande entendimento, e ao esforço e empenhamento do Ninja corresponde a magia e a classe do Levezinho. Esperemos que façam grandes estragos nas redes adversárias.

Frente a um Huelva bem organizado defensivamente, com batuta do maestro Carlos Martins e com Varela na frente, foi evidente que só nos faltaram os golinhos para premiar uma agradável exibição na primeira parte.

No segundo tempo as substituições influenciaram muito a dinâmica de jogo e apesar de haver entrega de parte a parte, só destaco mesmo os golos.

Em suma: não achei que fosse um mau ensaio, mas ainda há muito trabalhinho a fazer até ao jogo da supertaça com o Porto e ao arranque da liga. Entretanto vamos lá ver se lampiões e Bétis já vão sentir na pele as garras de um leão mais feroz.

Leonino

quinta-feira, julho 26, 2007

Nós e o Apito Dourado*

Ao longo dos tempos a estratégia do nosso clube, tem sido algo dúbia e ziguezagueante no que diz respeito à corrupção que grassa no futebol português. Entre os avanços e recuos, seguidos de alianças desastrosas de Dias da Cunha e a espera, quase silenciosa, de Soares Franco é muito difícil de escolher. E nem vale a pena recuar mais porque o panorama é idêntico.

Este processo decorre a 2 níveis: ao nível judicial e ao nível desportivo. Ao primeiro nível Sporting não pode intervir, pelo menos nesta fase do processo. Em sede de julgamento poderá ser diferente. Até ao momento é na justiça comum que se têm registado maiores desenvolvimentos, apesar da máquina judicial ser acusada de lentidão, e, normalmente, com razão.

Ao nível desportivo o SCP pode e deve exigir maior rigor e celeridade nos processos. Sei que Lfv o tem feito, para mim apenas como cortina de fumo para ocultar a má gestão e os maus resultados desportivos, e, como se pode ler nas escutas, sem legitimidade. As instâncias disciplinares, quer da Liga quer da Federação, revelam uma lentidão suspeita, que começa a cheirar a conluio.

Os argumentos que irão ser esgrimidos sobre a validade das escutas terão uma importância decisiva na condenação ou absolvição dos arguidos pela justiça comum, mas a justiça desportiva não pode fazer de conta que as conversas que todo o país conhece nunca ocorreram. Quer a Federação quer a Liga têm jogado a favor dos implicados, assobiando para o ar. Não agem, apenas reagem retoricamente, quando muito pressionados. E estamos conversados quando ouvimos o responsável pela disciplina da Liga dizer, em entrevista televisiva, num discurso mais oco que o túnel do Marquês, que a haver decisões disciplinares, estas nunca ocorreriam antes do final da época que se apresta a começar. Só lhe faltou dizer que já sabia o resultado.

Convém assinalar o silêncio cúmplice de alguma imprensa e, em particular, da classe politica. O Sec. Estado do Desporto, permanece calado. PCosta até já foi recebido no Parlamento, já depois da eclosão do escândalo, ficando claro que também não podemos nos nossos eleitos, como quase sempre. Com tantos portugueses eméritos, opta-se por receber o ícone da batota, da xico-espertice, enfim, do principal agente infeccioso que contamina , há 3 decadas, o futebol português. Mais: PC conseguiu aquilo que o interesse nacional não consegue: juntar os esforços de todos para o receber.

Afinal PC é ideólogo, arquitecto e presidente-executivo do grupo que melhor tem funcionado em Portugal, resistente a OPA´s mais ou menos hostis que Lfv agora, e outros antes, têm tentado. E funciona tão bem que, ao contrário do que acontece até nas mais reputadas famílias mafiosas, não se conhece até hoje nenhum dissidente que profira o mais pequeno assobio ou interjeição sobre o que se passa no seu interior. PC parece que consegue iludir muito boa gente, com citações de Régio e apelos à justiça divina.

Depois do “Caso Guímaro”, do que (não) aconteceu aos manos Calheiros e a quem lhes pagou as férias no Brasil, enfim, de 30 anos de trapaças e chitos, está na altura de todos os que temos memória marcarmos uma posição de protesto e indignação. Como não confiamos na justiça comum - foi assim que PC fugiu quando soube que ia ser preso - nem confiamos na justiça desportiva - nunca o pudemos fazer - temos que ser nós a fazê-lo. Aqui, em todos os blogs, mas sobretudo em Alvalade. Faço este apelo em especial às claques e aos adeptos em geral. Não podemos aceitar que, mais uma vez, se mude alguma coisa para que… tudo fique na mesma. Quer a direcção queira, ou não, liderar este processo.

*Este post é uma compilação de comentários meus efectuados na Centuria Leonina a propósito deste tema

verdão

quarta-feira, julho 25, 2007

Pedro Silva a melhor opção??

Não é este jogador que sai dos clubes que representa sempre em conflito? Tem 26 anos e jogou apenas uma época fora do Brasil, tendo o seu destino sido a Académica.

É este o lateral escolhido por Paulo Bento para fazer o lugar de Abel? Espera-se confirmação...

GreenPower

Treino em Alvalade aberto aos adeptos e sócios!

Segundo está no jornal "abola" o treino desta quarta-feira, poderá ser acompanhado pelos sócios e adeptos que queiram assim apoiar a equipa no seu treino de preparação para o jogo que vai ser realizado no próximo sábado em Alvalade contra os espanhóis do Recreativo de Huelva onde jogam agora 3 ex-Leões, Beto, Carlos Martins e Varela!

Treino começa as 18, estão portanto convidados a me fazer companhia!

GreenPower

domingo, julho 22, 2007

Muita pedra para partir (II)

Lamentavelmente fui um dos muitos que faltou ontem ao jogo em Alvalade. Pelas mais variadas razões, essa é uma situação que se irá repetir ao longo da época, infelizmente para mim. Relativamente ao jogo de ontem, alguns dos assuntos que ficaram pendentes da observação anterior já estão mais claras para mim:

- Temos ainda um longo caminho a percorrer até funcionarmos colectivamente em níveis aceitáveis. A integração dos novos elementos carece de mais tempo e alguns dos pilares do ano passado, Moutinho e Veloso têm apenas 5 dias de preparação.

- Resulta do ponto anterior que o número de jogos de preparação agendados deveria ser maior e abranger um leque mais diversificados de adversários, que nos testassem em condições semelhantes aos que vamos encontrar nas diferentes provas em que participaremos. Jogar com o Bayern não é o mesmo que jogar com o Aves, nem jogar com o Guimarães fora é o mesmo que jogar com a Naval em casa.

- A infeliz decisão dos números a preto nos equipamentos foi rectificada e a nossa camisola voltou a ganhar o brilho perdido.

Analisando a equipa por sectores parece-me que:

- Estamos muito bem servidos de guarda-redes. Stojkovic caminha para a titularidade, conquistou os adeptos, mas não pode facilitar. Patrício estará à altura caso seja chamado.

- A defesa revela ainda falta de ligação, apesar de a ausência de golos sofridos o poder disfarçar. Essa ligação só será conseguida com muita “estrada”. Tenho dúvidas se não voltaremos a tremer nos lances de cabeça. É indiscutível que as soluções actuais para o lado esquerdo não oferecem garantias e Abel é de menos na direita. Ao centro a luta vai ser grande para jogar ao lado de Polga, o único indiscutível. Gladstone parece levar a dianteira, mas Tonel não lhe estenderá nenhuma passadeira. Grande parte dos adeptos gosta do estilo e eficácia de Gladstone.

- Na linha média estão os nossos maiores problemas. Além da já citada entrada tardia de Veloso e Moutinho lesões alternadas nos principais candidatos aos lugares em aberto fazem com que seja o sector que funciona pior, com elevados custos para equipa. Não defende mal de todo mas não consegue criar ofensivas com consistência. Parece-me óbvio que não será a linha média que ontem iniciou o jogo que será titular. Julgo que a maior parte dos sportinguistas ainda não percebeu a insistência de PB em Pereirinha, que Romagnoli tem este ano outra concorrência, que Paredes está atrás de Adrien e ficará atrás de Veloso quando a preparação deste estiver adiantada e Farnerud é apenas um 2ª linha de qualidade.

- O ataque, em qualquer equipa, está demasiado dependente do que se faz nas suas costas e enquanto a produção global não melhorar a dos avançados também não acontecerá. No entanto parece que Liedson veio melhor do que foi o que, a confirmar-se, é melhor para nós que uma certificação ISO 9002. Purovic esteve mais apagado do que em Albufeira e está em clara desvantagem em relação aos demais no nosso 4-4-2 habitual. Tem menos mobilidade, é o que menos conhece a equipa e parece ser um jogador que ganharia muito com a delimitação da sua acção às imediações da área. Claramente melhor para um 4-3-3. Derlei parece ser o parceiro de Liedson mas precisa de bolas mais redondas nos pés e nas demarcações. Djaló poderá ser útil à equipa, desde que perceba que não dribla tão bem como Ronaldo ou Nani, nem tem que o fazer.

Como apontamento final diria que se no futebol não imperasse a ditadura dos resultados e os cenários não fossem tão instáveis, afirmaria que temos uma equipa com um futuro extremamente promissor. Pelas seguintes razões:

1. Temos uma equipa técnica qualificada para a função;

2. Em termos individuais possuímos um número elevadíssimo de jogadores de qualidade superior;

3. A maior parte desses jogadores são sub-23.

PS(I)- A foto de Cherbakov foi-me gentilmente enviada por André Figueiredo. Se nome não vos diz nada visitem http://lusofootball.blogspot.com. Aí poderão observar o fabuloso trabalho que é realizado sobre a formação em geral, com particular enfoque sobre as escolas do nosso clube. Obrigatório. Obrigado André.

PS(II)- Chamo a atenção para os comentários de Tadeia na RTP1. Aos 7 minutos de jogo atreveu-se a dizer que a nossa equipa era “fraquinha”. Permaneceu neste tom o resto do jogo. Os comentários sobre M. Veloso, com cinco dias de preparação, foram inqualificáveis. Revelou ignorância inadmissível num comentador profissional em diversas ocasiões. P. ex: quando PB colocou Gladstone à esquerda, após a saída de Polga, serviu-se da rábula de Anderson no slb, para inventar 1 fantasma. Ignora ele que Gladstone se estreou no jogo de atribuição do titulo brasileiro, com apenas 18 anos, pelo Cruzeiro, jogando no lado esquerdo. Lamentável.

verdão

sexta-feira, julho 20, 2007

Treino em Alvalade esta manhã!

Inicio do treino e 5 ex-Juniores do Sporting na foto a dar toques na bola juntos!

Deixo-vos algumas imagens do treino de hoje em Alvalade, o que qual eu assisti por completo! De realçar o empenho de todos os jogadores, mas realço o empenho dos guarda-redes, de Abel, André Marques, o Vukcevic, Derlei e Purovic foram os que mais me chamaram a atenção neste treino!Derlei de Djálo marcaram os golos da peladinha


Cherbakov esteve hoje em Alvalade, acompanhou o treino todo, esteve à conversa com Pedro Barbosa e Paulo Bento e no final do treino, Abel e Moutinho levaram-no ate ao relvado para que fosse tirada uma foto de grupo com Cherbakov bem no centro, sendo muito aplaudido no final, depois muitos adeptos tiveram a hipótese de lhe pedirem um autógrafo quando este já se encaminhava para o seu carro acompanhado pela sua mulher!


O nosso novo e belo autocarro da marca Scania foi hoje apresentado à comunicação social! Suas principais características são: motor de 420cv e no interior estofos de pele, ar condicionado com saídas individuais, luz de leitura, circuito interno de DVD, minibar, WC e uma sala de reuniões com DVD independente, no transporte os nossos jogadores não se podem queixar!


GreenPower


quinta-feira, julho 19, 2007

Muita pedra para partir...

Bem sei que se tratou de apenas o 2º jogo da época, o 1º "a sério", se considerarmos as circunstâncias do jogo com o Sintrense, em Alcochete. Nada do que ontem aconteceu pode trazer conclusões definitivas ou perspectivas seguras sobre o que será a época 2007-2008, mas importa reflectir e analisar o que se viu e o que não se viu ontem em Albufeira, porque, tendo em conta o que aí vem, fiquei preocupado:

- Confirmaram-se os meus receios, já aqui anteriormente expressos, sobre as consequências da inesperada sangria que se verificou na equipa titular, sobretudo se olharmos para a equipa que venceu a Taça. O mesmo não é dizer que os novos jogadores serão menos úteis que os que saíram. Ainda é cedo para fazer essa análise com rigor. O que me parece indiscutível é que a nossa produção colectiva é inferior à que apresentamos o ano passado, na pré-época, e muito trabalho terá Paulo Bento pela frente. Tendo em conta este facto, parece-me desde já desajustado o número reduzido de jogos nesta pré-época. Ainda estamos a tempo de resolver esta questão.

- Em termos individuais parece-me, nesta primeira análise, que os reforços nos trazem qualidade acrescida ou pelo menos equivalente. Se a adaptação ao novo meio, a integração no colectivo e a assimilação de novos conceitos e processos serão bem sucedidas, só mais adiante perceberemos. Vejamos então:

Stojkovic: é guarda-redes sem dúvida, tem presença e escola. Não me parece que tenhamos ficado a perder no imediato e suspeito que no curto médio prazo o saldo nos será favorável. Se perdemos experiência e segurança na ligação com os defesas, ganhamos autoridade e presença na pequena área. Para a comparação, sempre inevitável, com o seu antecessor ser justa, temos que nos lembrar quem era Ricardo com 23 anos e qual era o seu curriculum.

Gladstone: Deixou bem claro, nos 45 minutos que esteve em campo, o que devemos esperar dele: simplicidade de processos, sem medo de aliviar para a Av. Padre Cruz ou até para Telheiras.

Izmailov: A aquisição que parece com entrada mais facilitada, além do guarda-redes. Jogador de quem a bola não foge das botas aos gritos, revela cultura colectiva juntamente com superior capacidade técnica. Boa aquisição.

Derlei: Dada a fraca produção colectiva os avançados ficam em desvantagem. A bola ou não chegou ou chegou cheia de arame farpado. Mais do que uma certeza fica-me o feeling de que não iremos chorar a sua aquisição.

Purovic: Deixou-me uma boa impressão, afinal a confirmação do que lhe conhecia do Euro sub-21 do ano passado. Para um jogador com a sua envergadura física trata muito bem a bola e tem uma velocidade de execução interessante. A vantagem de contratar jogadores europeus é esta: sabem que no Velho Continente não há tempo para beber um mate ou para adornos quando a redonda está nas imediações.

A crónica já vai longa por isso deixo algumas notas soltas:

- Adrien voltará aos juniores?

- O equívoco de Pereirinha a lateral é para manter?

- André Marques não é uma carta fora do baralho mas poderá, deverá ficar com Ronny?

- Farnerud vai a caminho de repetir o ano passado e Paredes no caminho inverso?

- Alguém poderá mostar o vídeo dos penaltys ao Tiago e perguntar-lhe se valia a pena ter lá alguém para fazer aquela figura. É que o homem já estava no chão antes da bola partir. Se ficasse no seu sítio, sem se mexer, pelo menos ficaria melhor no filme e até se arriscaria a ver-lhe bater uma bola ou outra na testa…

verdão

quarta-feira, julho 18, 2007

Gamebox 2007/2008


Pois é a Gamebox está ai para mais um ano de emoções em Alvalade, para quem ainda está com dúvidas se a deve ou não comprar, apenas tem de se lembrar do ultimo momento em Alvalade contra o Belenenses e talvez a sua incerteza se desvaneça por completo!

Para alem do mais, o nosso Sporting esta época na minha opinião ate se reforçou melhor que nas épocas transactas. Com 2 jogadores a empréstimo (Gladstone, Izmailov) e com mais 5, com contrato firmado com o Sporting (Vukcevic, Purovic, Stojkovic, Derlei e Romagnoli), com estes reforços o Sporting, conseguiu não gastar muito e ir buscar qualidade, são jovens, têm experiência e vêm dar ao Sporting altura no seu futebol, em todos os sectores o que é muito importantes, Stojkovic nas redes, Gladstone na defesa, Vukcevic no meio campo e Purovic na área!


Para quem não for sócio, tem a Gamebox Adepto por 150 euros!

GreenPower

segunda-feira, julho 16, 2007

Memoria Leonina!

Primeiro jogo do Sporting com o equipamento listado na horizontal, 1928 foi o ano do jogo!

Jogo entre o Sporting e o Fluminense no Rio de Janeiro!

Fonte http://alvalaxia.blogspot.com/

GreenPower

Por uma boa causa!


No âmbito do Sporting Solidário, um projecto da Direcção Geral de Comunicação e Relações Públicas do Clube, realiza-se na quarta-feira, das 9h00 às 13h00, no Hall VIP do Estádio José Alvalade, uma sessão de colheita de sangue, aberta a todos quantos queiram dar um pouco do seu sangue, para que menos sangue falte a quem dele tanto precisa.

Sob o lema "Dê Sangue, seja Herói por uma Vida", esta é uma iniciativa conjunta do Sporting Clube de Portugal e do Instituto Português do Sangue.

Quem não é dador oficial, deverá apresentar um elemento de identificação, e recomenda-se, igualmente, que o dador não deverá ir em jejum. "www.sporting.pt"

Porque nunca saberemos quando seremos nós a precisar de tal ajuda, adere a iniciativa do nosso clube e participa!



GreenPower

Evolução do nosso equipamento

Saudações Leoninas



Evolução dos equipamentos de Futebol



Evolução dos equipamentos de Raguebi

Ps:Temos aqui muitas hipoteses para alternativos, sem nunca desvirtuar a verdadeira identidade Sportinguista, mas nunca riscas verticais, a meu ver.

SCP

J_Cris

domingo, julho 15, 2007

Ainda o tema dos equipamentos!








Aqui estão mais hipóteses a ter em conta, alguns já usados pelo Sporting no passado! Eu na minha opinião, como alternativo gosto mesmo muito do que o nosso grande defesa Stan Valckx usou na imagem, simplesmente muito bom!

GreenPower

sábado, julho 14, 2007

Apresentação dos novos equipamentos em Alvalade!

GreenPower

Equipamentos Alternativos! Quais e como? A eterna discussão!





Imagens retiradas do Fórum Leonino, pertencente ao membro Luisito!

Pois é a questão dos alternativos da muito que falar, fiz umas pesquisas e encontrei estes dois modelos para alternativos a imagem de baixo com um patrocínio que fique bem, e com o nosso símbolo ficaria muito bom na minha opinião!

Deixem a vossa opinião, e já agora que acharam do método de apresentação dos equipamentos? Eu achei fenomenal!

Saudações Leoninas!

GreenPower
Saudações Leoninas





Bem sei que os Patrocínios são o "ganha pão" do Clube, mas o logotipo da PT fica muito mal nas nossas camisolas, Digam lá se assim não ficava melhor??? Sei que nestes tempos não é possível dispensar este patrocínio, mas a PT não terá um Logo que se possa encaixar melhor nas nossas cores?? Temos de arranjar maneira de conseguir patrocínios que tenham isso em conta, a imagem é o Primado de um Clube, e nós temos de começar a ter cuidado com isso, se tivessemos um Patrocínio tipo Carlsberg era o Ideal.

J_Cris

sexta-feira, julho 13, 2007

Vejam o nosso novo numero 7 em alguns bons momentos

E digam-me, se não promete este miúdo fazer esquecer Nani?

GreenPower

Fechado !?

Saudações Leoninas

Guarda Redes
-Vladimir Stojkovic
-Tiago
-Rui Patrício

Defesa Direito
-Abel
-João Gonçalves ?

Defesa Esquerdo
-Ronny
-André Marques
-Marco Lança ?
-Tiago Pinto ?

Defesa Centro
-Polga
-Tonel
-Gladstone
-Paulo Renato
-Miguel Veloso ( Joga tambem no meio Campo )

Meio Campo
-Miguel Veloso ( Joga tambem no centro da Defesa )
-João Moutinho
-Paredes
-Pereirinha
-Marat Izmailov
-Simon Vukcevic
-Pontus Farnerud
-Romagnoli
-Yannick Pupo ?
-Adrien Silva ?

Avançado
-Liedson
-Yannick Djaló
-Derlei
-Milan Purovic

A um mês do 1º jogo Oficial em teoria não nos falta nada, mas acho que falta apenas um Defesa direito, até porque apesar de ter também um jovem das nossas escolas, não tem várias possibilidades o que acontece no lado Esquerdo. Ideal seria mesmo um defesa polivalente ou seja, o Caneira!!

J_Cris

quinta-feira, julho 12, 2007

O avançado que tardava por aparecer, Purovic!





GreenPower

quarta-feira, julho 11, 2007

(Indi)gestão de activos

Dizia Paulo Bento, à entrada para último curso de treinadores em Rio Maior, que a época que entretanto começa estava ser preparada. Na altura a maior parte dos sportinguistas até acreditaram porque, além do mais, era indesculpável que assim não fosse.

Hoje, com a agitação vivida em volta das saídas e entradas anunciadas, e já com o plantel (ou o que resta dele…) em Alcochete, a dúvida está instalada na mente de muitos sócios e adeptos: estaria mesmo a ser preparada convenientemente? Senão vejamos:

1- É boa politica deixar as renovações de jogadores titulares para as calendas, deixando-os ganhar poder negocial por um lado, e por outro à mercê de quem tem muito dinheiro para os aliciar e pouco para nos pagar? Foi assim com Polga e Liedson o ano passado, com Tello, Nani, Moutinho e até Ricardo este ano.

2- Independentemente da qualidade de Stojkovic (pedigree não lhe falta…) não é demasiado tarde para entrosar um sérvio com um quarteto defensivo que fala como Camões, e alguns com “sotaqui”?

3- São Ronny e Abel suficientes para assegurar qualidade e consistência nas laterais do nosso sector recuado?

4- O nosso meio-campo, coração da equipa, tem um índice físico-atlético adequado a uma equipa com a ambição que a nossa deve ter? É que à excepção de Veloso, anda tudo um bocadinho acima e um pouco abaixo do 1.70m. Basta lembrarmo-nos das dificuldades que sentimos para impor o nosso jogo com o Bayern, Inter e até com os russos para sabermos a resposta.

5- O ponta-de-lança chegará antes do apito inicial para a Supertaça? A vir, seja lá em que data for, espero que seja um concorrente directo de Liedson no que diz respeito à eficácia goleadora. Não patrocino nem aceito que basta ser um tipo “alto e loiro, ruivo ou moreno”. E se Liedson se lesiona? Se isso acontecer, e apesar de estar em boa forma, escusam de me fazer propostas nessa altura… :)

6- Por falar em Supertaça, que será daqui a mais ou menos um mês, com que potencial real nos apresentaremos, quando vemos em estágio apenas 15 jogadores? (Nem sequer ponho a questão da ambição porque essa, para qualquer sportinguista, tem que ser sempre inquestionável, independentemente das circunstâncias).

Por tudo isto e por algumas coisas mais começo a duvidar que a época que aí vem tenha sido bem preparada.

verdão

terça-feira, julho 10, 2007

Assim vai o nosso onze titular...


Este ano jogaremos com pelo menos 5 caras novas no plantel principal! Isto não quer dizer que faremos pior que na ultima época, eu ate acho o contrário, e quero desde já deixar o meu apoio há nova equipa que Paulo Bento está a construir!

A pré-época será muito importante para que os novos jogadores se entendam e criem fio de jogo, estou convicto no sucesso e mesmo que a pré-época não nos corra tão bem como a ultima, acredito nos novos jogadores e no trabalho de Paulo Bento ate aqui! Vejamos o caso do nosso rival corrupto, também ele perdeu peças chaves da equipa inicial e ainda não se sabe se perderá mais algum jogador, por isso na minha maneira de ver perder Tello, Caneira, Ricardo e Nani e complicado, mas nada que nos faça perder a fé ate porque os reforços que chegaram tem todas as condições para se sentirem felizes e ambiciosos no Sporting!

Saudações Leoninas!

GreenPower

Sucessor de Ricardo?




O jovem internacional da Sérvia e Montenegro, Vladimir Stojkovic, do Nantes, é uma das hipóteses para ocupar o lugar de Ricardo se o guardião sair para os espanhóis do Bétis.

Stojkovic, de 23 anos, esteve no Europeu de sub-21 que decorreu em Portugal e defrontou a Selecção Nacional. É um guarda-redes de estatura elevada, 1,95 m, e considerado com um futuro promissor no futebol europeu.

Rui Patrício tem o meu voto de confiança! Mas que temos de arranjar mais um guarda-redes isso é indiscutível, a ver vamos como vai ser, ate porque o Sporting ultimamente não tem tido muita sorte com os guarda-redes!

GreenPower

sábado, julho 07, 2007

SPORTING

Saudações Leoninas



Após estes últimos posts interrogo-me se estou perante um Blog do Sporting, o Assunto aqui é SPORTING, o resto é Paisagem!
Qual é a dúvida disto? Há assuntos bem mais importantes que as coisa que passam para as outras bandas! Por exemplo, porquê as palavras de Ricardo sobre os Impostos, já se interrogaram?? Será que vamos mesmo renovar o Contrato com o agora Capitão do Sporting? Se temos de pagar mais impostos pelos nossos jogadores, então, quando a selecção leva os nossos jogadores tem de pagar, sem falar nos nossos atletas do atletismo, isto é tudo muito bonito mas se querem que levemos o nome de Portugal ao pódio têm de pagar! É certo que estamos em crise e temos todos de pagar, os Jogadores de futebol têm (tinham) regalias nos descontos para a segurança social, e o estado quer justiça, certo, tudo certo, tem é de haver regras então para todos, todos os Clubes EUROPEUS (para que as armas de uma indústria global que é o Futebol sejam o mais iguais possíveis, bem basta as desparidades do nível de vida de cada país).
Assim o mais certo para os Clubes Portugueses, com o agravamento da carga físcal, é o caminho descendente ou seja vão pelo cano abaixo, se é que já não lá estamos. O Futebol Português fez e faz muito pelo País! O certo com isto tudo é que Moutinho, Veloso, Djalo, Pereirinha, Paim, Renato, e qualquer outro jogador Português com cabeça vai embora deste TRISTE PAÍS. O estado tem de ajudar aquilo que da prestígio ao País ,e o Futebol dá. Já agora, o Maxi só não está confirmado por causa da nova tributação para a próxima época. E o caneira? Com os últimos acontecimentos relativos a este assunto (Impostos) será que voltará? Agora o mais importante na contratação de um jogador não é o seu passe, mas sim o Salário que ele aufere.

J_Cris

Bimbo da Costa vs Pito Dourado





Não sou adepto do Sportugal.com que no meu ver demostrou muitas vezes um anti-Sportinguismo primário mas não posso deixar de dar relevo a um artigo de opinião para qual me renderam atento e que de facto é muito elucidativo da vergonha do apito dourado em Portugal.


Poderia contantar-me com um link, mas conhecendo o que se tem passado nos últimos meses na imprensa tuga e especialemente no Sportugal optei por reproduzir o texte na integra, peço desculpa pelo volume mas o que lá vem escrito parece-me importantissimo!


Saudações orgulhosamente leoninas apito free

Mindo


3+4 = 7 jogos fatais


As reacções públicas de Pinto da Costa às graves acusações de corrupção desportiva, de que foi alvo nas últimas semanas, levaram-me a confirmar aquilo que penso sobre o Presidente do FC Porto há alguns anos – acha-se mais esperto do que todos os outros e adora tomar-nos por parvos.Pinto da Costa já percebeu o óbvio, mas continua a fingir que não percebeu – os seus dias como dirigente desportivo aproximam-se do fim. É impossível qualquer dirigente sair bem tratado depois de três acusações de corrupção desportiva. Pinto da Costa pode conseguir salvar-se nos três processos, provando a sua inocência.


O que ele não pode nem conseguirá apagar são as conversas que foram legalmente gravadas pela Polícia Judiciária e confirmadas por uma juíza, nem conseguirá nunca explicar a razão por que recebeu em sua casa, na antevéspera de um jogo decisivo da Superliga, o árbitro de um jogo do FC Porto. Não há razão nenhuma no mundo que justifique esta “visita”. Pinto da Costa não se encontrou casualmente com o árbitro Augusto Duarte dois dias antes do Beira-Mar/FC Porto. Nada disso. Pinto da Costa recebeu em sua casa o referido árbitro, que lhe foi levado por um dos empresários predilectos do FC Porto – o misterioso e sempre presente António Araújo. Pinto da Costa e António Araújo têm uma coisa em comum – ambos são acusados de corrupção desportiva exactamente nos mesmos processos. É demais para ser uma simples coincidência.


Pinto da Costa tem todo o direito de clamar a sua inocência. Mas vai ter de explicar muito bem explicadinho a que título é que duas entidades oficiais insuspeitas - a Polícia Judiciária, que investigou os casos; e o Ministério Público, que deduziu as respectivas acusações – resolveram, como ele agora teve a ousadia de dizer em público, caluniar o FC Porto e os seus jogadores e treinadores. O Presidente do FC Porto desafiou as televisões a transmitirem integralmente os três jogos sob suspeita: FC Porto 2 / Estrela da Amadora 0 (19ª Jornada); Nacional 3 / Benfica 2 (23ª Jornada); e Beira-Mar 0 / FC Porto 0 (31ª Jornada).


Como Pinto da Costa só pode estar a brincar com a nossa cara, já agora sugiro que se acrescente à sua listinha mais quatro jogos: Moreirense 1 / Sporting 0 (5ª Jornada); Vitória de Guimarães 1 / FC Porto 2 (6ª Jornada); Boavista 0 / FC Porto 1 (9ª Jornada); Boavista 2 / Sporting 1(31ª Jornada). Todos relativos à época 2003/2004, claro! É verdade que poderia acrescentar outros tantos jogos, mas estes são bem elucidativos das várias anormalidades ocorridas nessa temporada, que está sob suspeita.


Talvez as televisões não tenham espaço para tantos jogos estranhos, mas todos os canais podiam juntar-se e combinar um calendário, utilizando o critério da ordem cronológica das partidas.Além dos três jogos sob suspeita e que valeram ao Presidente do FC Porto outras tantas gravíssimas acusações, advirto, desde já, que os quatro que escolhi são bem escaldantes e provam que a arbitragem portuguesa é medíocre. O Moreirense (1) / Sporting (0) foi arbitrado pelo mesmo senhor que o FC Porto, passados dois meses, convidou para o jogo de inauguração do Estádio do Dragão (16/11/03), um tal Martins dos Santos, que é suspeito em vários inquéritos no âmbito do Apito Dourado, e que, felizmente, já se reformou da arbitragem. Martins dos Santos prejudicou, claramente, o Sporting, perdoando um penalty ao Moreirense no lance anterior ao golo da equipa de Moreira de Cónegos, golo esse precedido de uma falta clara de um jogador do Moreirense.


Como estávamos na 5ª jornada, ninguém ligou muito. O FC Porto, que na jornada anterior tinha apenas um ponto de vantagem sobre o Sporting, graças a esta derrota, aumentou a sua vantagem para 4 pontos. O Vitória de Guimarães (1) / FC Porto (2) ficou marcado por uma decisão errada de António Costa, outro árbitro que, felizmente, também já se reformou, e que foi o único a vislumbrar uma falta de João Tomás sobre Jorge Costa. O jogo estava empatado (1-1) e nesse lance capital o Guimarães faria o 2-1. António Costa descortinou uma falta do agora jogador do Braga sobre o actual treinador dos bracarenses e anulou o golo. O FC Porto acabaria por ganhar o jogo. Como estávamos na 6ª jornada, ninguém ligou muito a este facto.O Boavista (0) / FC Porto (1) foi outro belo jogo que ficou marcado por um erro do tamanho da Torre dos Clérigos – o extremo e rápido boavisteiro Duda isola-se e face a Vítor Baía faz aquele que seria o 1-0.


Estranhamente, Paulo Paraty, um dos árbitros que, infelizmente, ainda não se reformou, anulou o golo e o FC Porto acabou por ganhar o jogo. Estávamos na 9ª jornada e ninguém ligou.E aqui vão três casos!O jogo que se segue – Boavista (2) Sporting (1) - foi dos mais graves que há memória no futebol português e levou um jornalista que muito prezo e admiro – José Manuel Freitas – a sentenciar, nas páginas da “Bíblia” (A Bola) de 18/4/04: “Queremos continuar a acreditar que não há sistema, mas depois daquilo que vimos no Bessa… O Sporting tem todas as razões para dizer que foi espoliado”.


O jogo ocorreu a 17 de Abril de 2004, na véspera do famigerado Beira-Mar (0) / FC Porto (0), o tal em que na antevéspera do mesmo o Presidente do FC Porto recebeu em sua casa uma visita especial – o árbitro do jogo, o senhor Augusto Duarte, outro que, infelizmente, continua no activo. No Boavista / Sporting, segundo os relatos dos jornais desportivos da época, nomeadamente A Bola, aos 73 minutos de jogo, quando o Sporting já ganhava por 1-0 (golo de Liedson aos 59 minutos), o avançado brasileiro usa uma das suas armas conhecidas – a velocidade – e arranca do meio-campo leonino, ou seja bem antes da linha do meio campo, ficando isolado, apenas com o guarda-redes do Boavista pela frente. Face à iminência de fazer o 2-0 e sentenciar ali o jogo, Liedson é travado por um fora de jogo impossível. Toda a gente minimamente informada sobre as leis do futebol sabe que antes da linha de meio-campo não existe fora de jogo. Apesar disso, a equipa de arbitragem, liderada por Bruno Paixão, outro árbitro que, infelizmente, ainda não se reformou e vai andar pelos relvados durante vários anos, auxiliado por Luís Salgado e Paulo Ramos, sancionou o lance daquela forma. Passados 10 minutos (83), o Boavista empata, através de Frechaut, e passados quatro minutos Fary dá a vitória aos boavisteiros. Este jogo ocorreu na véspera do célebre Beira-Mar / FC Porto, ficou marcado por factos, no mínimo, estranhos e já não se pode dizer que ninguém ligou, pois estávamos na 31ª jornada e foi aqui que o FC Porto ficou com o título numa das mãos, ou seja com mais 6 pontos do que o Sporting e apenas a três jornadas do fim da prova. Além deste fora de jogo nunca visto, Rui Jorge (Sporting) viu dois cartões amarelos num curto espaço de tempo(70 e 77 minutos) e acabou expulso, tal como Pedro Barbosa.


Fernando Santos treinava o Sporting e no final do jogo, ele que costuma ser tão contido, perdeu as estribeiras: “Depois surgiu um senhor que já conheço bem desde os tempos de Campo Maior, aliás, tinha dito ao intervalo aos meus jogadores que alguma coisa de menos bom iria acontecer, mas isso nada tem a ver com o Boavista”. O caso foi de tal forma escandaloso que Filipe Soares Franco, então vice-presidente do Sporting e presidente substituto, declarou A Bola de 19/4/04 o que lhe ia na alma: “Os jogadores e dirigentes ficaram indignados, eu também fiquei verdadeiramente indignado com aquela arbitragem.

Acho que aquele árbitro, de facto, não tem condições para arbitrar mais nenhum encontro do Sporting e, se calhar, não tem condições para apitar mais nenhum jogo da Super Liga”. Na página seguinte d´A Bola, pode ler-se uma notícia bem curiosa e que hoje, passados mais de três anos, tem de ser lida com redobrada atenção. Trata-se da história de um cartão de Bruno Paixão que gerou desconfiança. Não, não se tratava de um cartão amarelo, se bem que o árbitro de Setúbal tenha mostrado nove deles, mas sim de um cartão pessoal que o árbitro fez questão de mandar entregar a Manolo Vidal, o então Director do Futebol leonino, antes do início do encontro, com o enigmático recado: «Telefonem-me, eu explico». Pelos vistos, tratava-se da reacção do árbitro à rubrica que o site oficial do Sporting criou na semana antes do jogo, com o sugestivo título «Bola quadrada – o futebol nos tempos da pedra lascada» e no qual um autor anónimo revelava que o árbitro Bruno Paixão, na véspera do jogo, apesar de viver em Coina, no distrito de Setúbal, foi visto no Porto.

Uma presença justificada por um simpático convite da Associação de Futebol do Porto para dirigir jogos de um torneio local, tendo estado presente nesse evento António Garrido, ex-árbitro que trabalha actualmente para o FC Porto e que teria estado nesse torneio a convite da Associação de Futebol do Porto. Bem… quanto à relação entre o FC Porto e António Garrido não tenho quaisquer dúvidas – assisti com os meus próprios olhos à sua presença e da respectiva mulher no Académica (1) / FC Porto (2)da última Bwin Liga, jogo no qual o FC Porto foi beneficiado por mais uma actuação medíocre de Carlos Xistra, outro que, infelizmente, vai demorar muitos anos a reformar-se. António Garrido, que era, e não sei se ainda é, assessor de árbitros da Federação Portuguesa de Futebol, apareceu nos camarotes do Estádio Municipal de Coimbra integrado na comitiva portista, juntamente com Pinto da Costa, Reinaldo Teles, Fernando Póvoas, Joaquim Pinheiro – agora mais conhecido por JP - e as respectivas mulheres. Garrido também levou a sua e as mulheres conviveram antes do início do jogo e no intervalo do mesmo.

Durante o jogo, António Garrido não só comemorou vivamente os dois golos do FC Porto, como ficou danado com a sua mulher por esta ter festejado o golo da Académica, mandando-a calar. Ninguém me contou, eu vi - Garrido sofreu a bem sofrer até ao final da partida, insurgindo-se sempre contra as decisões do árbitro que implicavam a marcação de faltas contra o FC Porto, nomeadamente um dos penalties assinalados. É verdade que de dois penalties cometidos por jogadores portistas, Xistra só assinalou um, prejudicando claramente a Académica. Mas nem mesmo assim António Garrido deixou de criticar duramente o árbitro. Um espanto! Claro que Garrido tem todo o direito a vibrar e torcer pelo FC Porto. O que não é normal é a sua presença junto das equipas de arbitragem. Não nos esqueçamos daquele pequeno pormenor que foi descoberto na investigação do FC Porto / Estrela da Amadora – a PJ apurou que nessa noite, após o jogo, António Garrido estava a jantar no mesmo restaurante em que Reinaldo Teles jantou com a equipa de arbitragem e no qual Pinto da Costa foi visto junto da mesa. Numa outra mesa, Garrido e a sua esposa jantavam com a equipa de arbitragem do Taipas / FC Porto B, jogo que se iria realizar no dia seguinte. Aliás, os dois árbitros assistentes (Vítor Andrade e Filipe Pereira) desta equipa de arbitragem liderada por Paulo Silva(Algarve)testemunharam no processo a presença dos altos dirigentes portistas na marisqueira de Matosinhos e confessaram que tinham conhecimento desses factos porque nessa mesma noite, após terem ido assistir ao FC Porto / Estrela da Amadora, jantaram com António Garrido e a sua esposa. Factos são factos.


Quanto à questão da justiça divina invocada por Pinto da Costa, será que o presidente do FC Porto estava a sugerir que o canal de televisão ideal para transmitir os tais jogos é a Sky News?


Pedro Guerra
Já o pessoal sabe, e de que maneira, que o RAP é um benfiquista assumido.
Quanto ao equipamento alternativo do seu clube, para a época 2007/2008, ser cor de rosa, ele diz não tem nada contra o equipamento (aqui).

Engraçado ele gostar do equipamento rosinha do Benfica.

Ele esquece é desta rábula dos Gatos (aqui).

José Castelo Branco, outro dos assumidos, disse que ia já comprar uma comprar uma camisola.

Pedro

quinta-feira, julho 05, 2007

Novas caras no arranque para uma época de glória


Vukcevic, Derlei e Izmailov.

Gladstone e Adrien Silva.

Leonino

quarta-feira, julho 04, 2007

Nem nas marchas populares...

CLASSIFICAÇÃO DAS MARCHAS POPULARES EM LISBOA:

1º Alfama
2º Marvila
3º Campolide
4º Castelo e Mouraria
5º Alcântara
6º Lumiar
7º Bica
8º São Vicente
9º Madragoa
10º Olivais, Bairro Alto
11º Alto do Pina
12º Graça
13º Carnide
14º Bela Flor
15º Santa Engrácia
16º Beato
17º Ajuda
18º Benfica

verdão

terça-feira, julho 03, 2007

Mais um arroto mental de MST



Excerto de uma crónica hoje publicada no jornal A Bola, da autoria de um tal de Miguel Sousa Tavares:

Por exemplo, só há dias e pela mão dos Rolling Stones, tive ocasião de conhecer por dentro o Alvalade XXI - que, por fora, já achava a coisa mais feia feita em Lisboa, nos últimos 30 anos. Pois, meu Deus, por dentro aquilo é absolutamente indescritível!
Não apenas é horrendo, deprimente, como também tem um ar sujo, prematuramente degradado, parece um palácio de congressos africano construído por chineses.
Coitados dos sportinguistas, tão chiques e com um estádio daqueles! Que inveja, que depressão devem sentir quando vão ao Dragão!

Pergunto agora eu:

Esta crónica foi escrita antes ou depois de almoço? Não será que este "senhor" está mais habituado a admirar a arquitectura do Elefante Branco ou do Calor da Noite?

Nem merece mais comentários...

Leonino