"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Paraty nomeado para o Sporting - Benfica

Foi nomeado para arbitrar o dérbi lisboeta Sporting - Benfica o árbitro Paulo Paraty (AF Porto) sendo o trio de arbitragem completo por José Cardinal e Alexandre Freitas (AF Porto).

Achando que a arbitragem portuguesa não tem actualmente demonstrado categoria, não sendo por acaso que só temos um árbitro nomeado para 4º árbitro no próximo Europeu, parece-me e tendo em conta os antecedentes de um passado negativamente infeliz deste árbitro para com o Sporting, particularmente no jogo do título Benfica-Sporting em 2004/2005 onde para uma boa parte dos sportinguistas o golo do título encarnado foi marcado em falta sobre o nosso guarda-redes, opinião aliás veiculada por esse guru da arbitragem mundial Pierluigi Collina e até pelo conhecido grande árbitro espanhol Diáz Vega, parece-me de todo dejasustada e descabida esta nomeação, mas não me surpreende, tendo em conta o que tem sido a performance da Comissão de Arbitragem da Liga, sendo exemplo disso aquela rábula da alteração dos regulamentos internacionais aquando do lance decisivo do jogo Porto - Sporting, da 2ª jornada do Campeonato.

Quer-me parecer que apesar de eu não acreditar na qualidade da arbitragem demonstrada por performances más que internamente os homens do apito têm exibido regularmente, acho que haveria quem tivesse condições melhores para arbitrar este jogo, mas foi Paulo Paraty em fim de carreira o escolhido. Estando em fim de carreira, espero que Paulo Paraty esteja à altura do jogo, pois será o último ou um dos últimos grandes jogos que irá apitar. Espero que estando em fim de carreira, Paulo Paraty premeie a causa onde andou quase 3 décadas, com uma arbitragem boa, onde não se dê por ele, pois seria um final feliz que ele certamente deseja.

Lion King

Palavras para quê !
























Frontal, com Alvalade sempre no horizonte, Manuel Fernandes, actual técnico do ASA de Luanda, "anuncia" para breve o regresso à casa que lhe enche o coração... para desempenhar funções na estrutura do futebol .

"Vou deixar de treinar e voltar ao Sporting!"



É impossível falar consigo sem começar pelo óbvio: regressar ao seu clube do coração continua a ser um objectivo?…

Voltarei ao Sporting mais tarde ou mais cedo. Não é uma obsessão, mas sim uma grande ambição, que nunca escondi. Tenho a certeza de que ainda tenho muito para dar ao clube. Posso vir a trabalhar em conjunto com esta Direcção ou até com uma outra, com o devido respeito por quem neste momento lá está, assume responsabilidades e dá o seu melhor.

Fala de forma apaixonada. Acredita que esse desejo será realidade em breve?

Claro que falo com paixão. Ninguém adora mais o Sporting do que eu! Pode haver quem goste tanto, mas mais é que não! Tenho mantido alguns contactos no sentido de voltar, já conversei com algumas pessoas, cujos nomes obviamente não citarei, e creio que se trata apenas de uma questão de tempo. Tenho mais um ano de contrato com o ASA, e o Girabola [n.d.r.: campeonato angolano] só termina em Novembro, mas veremos como as coisas evoluem. Tudo na sua devida altura.

Admite assumir outro tipo de competências que não as de treinador, é isso?

Planeio deixar de ser treinador e voltar para o meu clube com outras funções. Além da experiência acumulada como jogador e treinador, esta aventura em Angola também me está a ensinar muito no que ao lançamento de jovens diz respeito, e aqui, naturalmente, as condições são outras. No entanto, está a ser uma grande experiência.

Saiu de Alvalade pela porta pequena como jogador, depois como técnico-adjunto e, mais tarde, quando era treinador principal... São muitas feridas. O Sporting está em dívida para consigo?

Nunca! Isso nem sequer se coloca. Eu é que devo tudo ao Sporting. Posso ter sido alvo de algumas decisões injustas no passado, mas foram atitudes que partiram de pessoas, não da instituição. O meu amor pelo Sporting é tal que jamais poderia confundir as coisas. Costumo dizer, na brincadeira, que às vezes parece que vejo o mundo às riscas verdes e brancas. Sou um apaixonado pelo Sporting desde que me conheço, muito com o incentivo da minha mãe, que infelizmente me deixou quando eu só tinha dez anos. Ganhei títulos, vivi muitas alegrias e algumas tristezas, mas nunca me esquecerei de que o meu melhor momento foi quando vesti pela primeira vez aquela camisola. O meu objectivo sempre foi servir o clube, sem magoar ninguém. Continua a sê-lo, e creio que ninguém me pode levar isso a mal.


( Entrevista de Manuel Fernandes , ao Jornal " O Jogo " )


Estes são os símbolos vivos que fazem a grandeza do Sporting Clube de Portugal , a par de outros que já nos deixaram , mas que perdurarão para sempre na nossa memória e no nosso coração.

Precisamos de congregar de novo em Alvalade estes mitos vivos e prestar homenagem aos que infelizmente pereceram , mas que contribuíram de sobremaneira para o engrandecimento desta nobre instituição que é o Sporting Clube de Portugal.


Verde CDV

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

O orçamento justifica tudo?

O jornalista de economia Camilo Lourenço referiu há pouco algo num programa televisivo que deve merecer a reflexão dos sportinguistas.


Tem sido muitas vezes referida como explicação para a carreira menos positiva da nossa equipa a diferença entre o nosso orçamento e os dos principais rivais.

Mas se pararmos para fazer uma comparação entre aquilo que dispendemos esta época e aquilo que, por exemplo, o Vitória de Setúbal disponibilizou para investir na sua equipa profissional de futebol, chegamos a isto:

Sporting -> 22 milhões de euros
Setúbal -> 5 milhões de euros

Carreira na Liga Bwin (após 20 jornadas):

4.º Sporting 33 pontos
5.º Setúbal 31 pontos

Sporting -> 27 golos marcados, 17 sofridos
Setúbal -> 27 golos marcados, 20 sofridos

Sporting -> 9 vitórias, 5 derrotas
Setúba -> 7 vitórias, 3 derrotas

Carreira na Taça da Liga:

Sporting -> finalista
Setúbal -> finalista

Carreira na Taça de Portugal:

Sporting -> apurado para as meias-finais
Setúbal -> apurado para as meias-finais

Jogos entre ambos:

Sporting-Setúbal, 2-2 (liga bwin)
Setúbal-Sporting, 1-0 (taça liga)
Setúbal-Sporting 1-0 (liga bwin)

Melhores marcadores na liga bwin:

(...)
7.º Edinho (Setúbal) -> 6 golos
8.º Vukcevic (Sporting) -> 6 golos
12.º Liedson (Sporting) -> 5 golos

Creio que após vermos estes dados nem vale a pena falar na diferença do número de sócios e adeptos entre ambos os clubes, da diferença abismal de infraestruturas, da existência de ordenados em atraso no Setúbal, etc.

Deixo apenas esta pista para reflexão: se gostamos de nos comparar com os que gastam mais do que nós para justificar os insucessos, então porque motivo nos esquecemos de fazer idêntica análise com quem gasta bem menos e tem idênticos desempenhos desportivos?

O que faz a diferença: o treinador, o profissionalismo dos jogadores, o apoio dos adeptos, a competência da Direcção?

Responda quem quiser ou quem souber. É que para mim a história do orçamento baixo, da imaturidade e inexperiência dos nossos jogadores, do azar, e mais umas quantas balelas que apenas servem para deitar areia para os nossos olhos já não colam.

Saudações leoninas,

Via VERDE

5 pontos para análise

O SCP será aquilo que todos quereremos fazer dele.

Fico expectante com a resposta que daremos nós sportinguistas à campanha de angariação e recuperação de sócios que vai ser levada a efeito. O nosso presidente, sempre tão criticado, esteve bem ao fazer a provocação que fez: afinal passamos o tempo a dizermo-nos diferentes dos outros, para melhor claro, na forma como vivemos o clube. Está na hora de provarmos de forma prática que amamos o nosso Sporting Clube de Portugal, agora que todos somos poucos para lhe dar a dimensão grande que eternamente apregoamos, mas que por vezes parecemos descrer.

A hora do patinho feio.

Purovic é um caso paradigmático no nosso plantel. Tem 22 anos, é montenegrino, não fala outra coisa que não seja servo-croata. É internacional do seu país e tinha, até chegar ao nosso clube, um cartel razoável a nível europeu, para os jogadores da sua idade. E o seu caso é o exemplo perfeito do que tem sido o deficiente aproveitamento das características e qualidades de alguns dos nossos jogadores. Pôr um jogador destes a fazer outra coisa que não seja estar na grande área a ser servido pela equipa é desperdiçar um elemento que até nos podia ser útil. Pode-se colocar a questão se estas características se encaixam na forma de jogar da equipa. Mas para quê que o contrataram então? Não foi ele que se veio oferecer, pois não? Em Setúbal jogou mas quase não se viu. E alguém viu algum jogador da equipa fazer-lhe um passe de jeito? Ontem na única vez que isso aconteceu fez um golo, com sorte é certo, mas com o indiscutível mérito de estar no lugar certo, na hora certa, como cabe ao ponta-de-lança. Quanto valeu o golo de ontem? Quantos golos já fez Purovic, mesmo jogando pouco? A merecer uma meditação séria por parte dos adeptos e, sobretudo, de Paulo Bento.

Correria para psicanalista analisar.

A correria de Purovic para os braços de Stojkovic é merecedora de reflexão. Acredito que não aconteceu apenas porque é o único que verdadeiramente o entende, por falarem a mesma língua. Mas também e sobretudo por isso. Ambos vivem um momento de alguma forma inesperado das suas carreiras. Fizeram uma aposta num momento que habitualmente define a carreira de um futebolista, apostando num clube que os podia lançar, à semelhança do que aconteceu com muitos jovens futebolistas, na ribalta do futebol europeu. Com a época irregular da equipa, medíocre em alguns casos, e com a fraca aposta que Paulo Bento neles fez, devem-se estar a interrogar se valeu a pena. E Stojkovic, sozinho a um canto no banco, é a imagem perfeita do desenquadramento e quiçá o exemplo vivo do tal “grupo em cacos” que falava Bettencourt.

Comentários para quê?

Vi o jogo longe de Alvalade, pela SIC. A dada altura tive que desligar o som tal a inenarrável falta de qualidade dos comentários. No final voltei a ligar mas arrependi-me. O labrego que tinha a cargo os comentários merecia uma tomada de posição por parte do clube, tal o tom jocoso que usou para se referir ao nosso clube, atletas e treinador. Não aprovo barrotadas mas estou capaz de abrir excepções para alguns casos.

Solidariedade precisa-se.

Fica difícil ser solidário com uma equipa que nos leva ao desespero. Mas que outra coisa podemos fazer? Vociferar, insultar, descrer, virar as costas, desistir num momento difícil como este? Não creio que seja esse o caminho. Afinal o meu amor pelo SCP nunca foi racional, porque senão seria dos que Globetrotters, que ganham sempre. Se a equipa for ao fundo das nossas desilusões eu irei com eles. E se isso acontecer o clube sairá mais depressa de uma situação difícil se souber aprender com os erros e se estivermos juntos.

verdão

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Valeu a passagem às meias-finais













Taça de Portugal – quartos-de-final
27 de Fevereiro de 2008

Estádio José Alvalade

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa)
Árbitros assistentes: José Lima e Pedro Garcia
4º árbitro: Hélder Malheiro

Ao intervalo: 0-0

SPORTING: Rui Patrício; Abel (Izmailov, 50 m), Tonel, Polga, Ronny (Grimi, 76 m), Miguel Veloso, Pereirinha, João Moutinho, Romagnoli, Tiuí e Liedson (Purovic, 53 m).
Treinador: Paulo Bento

Suplentes não utilizados: Stojkovic; Adrien Silva e Gladstone.
Disciplina: Cartão amarelo para Tiuí (57 m) e Miguel Veloso (58 m).

Golo: Purovic (90+ 1 m).

E. AMADORA: Pedro Alves; Rui Duarte, Hugo Carreira, Maurício, Hélder Cabral (Pedro Pereira, 36 m), Fernando, Celestino, Mateus (Marco Paulo, 74 m), Nuno Viveiros (Giancarlo, 64 m), Mendonça e Moreno.
Treinador: Dauto Faquirá

Suplentes não utilizados: Filipe Mendes; Adul, Goianira e Wagnão.
Disciplina: Cartão amarelo para Hélder Cabral (25 m), Celestino (54 m) e Rui Duarte (67 m).


Com uma exibição muito descolorida o Sporting consegiu atingir as meias-finais , contra uma equipa do Estrela da Amadora remetida essêncialmente à sua defesa.

Quando já todos esperavam o prolongamento num golpe de sorte Purovic desfez o nulo.

Esperemos que esta contenção de esforço se venha a reflectir no próximo domingo.

Verde CDV

Agarrem mais esta Taça










Depois de conseguir atingir a final da Taça Carlsberg , onde irá defrontar o Vitória de Setúbal no dia 22 de Março pelas 20h 30 m , no estádio do Algarve , esperemos que logo consigamos prosseguir na Taça de Portugal.

O Sporting Clube de Portugal como detentor do troféu tem legitimas aspirações a chegar à final da Taça de Portugal.

Esperemos que depois de ultrapassar o Estrela da Amadora, logo pelas 20h e 45m (com transmissão na SIC), sigamos rumo á Final do Jamor.

Assim nos deixem os senhores do apito, pois não estão esquecidas as eliminações aos pés do Benfica e do Porto em duas meias-finais muito recentes.

Parece que Paulo Bento vai proceder a novas alterações na equipa e prometeu não fazer poupanças com vista ao derbi, assim espera-se que desta vez joguem os melhores e os que estiverem mais em forma, afim de ultrapassar mais este obstáculo rumo ao Jamor.

Viva a festa do futebol, viva a Taça de Portugal, vivam as finais no Jamor.


Verde CDV

terça-feira, fevereiro 26, 2008

Cresçam e tenham juízo!

Deixo aqui o apelo a uns meninos muito valentões, especialmente quando andam em matilha, que tenham juízo e que o prometido duelo para domingo entre claques dos dois grandes rivais de Lisboa seja mera conversa de chacha e fanfarronice. Se querem mostrar que são melhores que o façam nas bancadas, mostrando quem tem vozes mais fortes e mais imaginação na coreografia.



Se têm contas a acertar entre eles que o façam bem longe de Alvalade, local onde a maioria das pessoas que lá vão, vão com o intuito de se divertirem (muitas vezes em família), confraternizar e passar uns momentos agradáveis.

Gentinha desta anda a mais nos estádios portugueses.

Via VERDE

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Rumo aos 150.000 sócios!

Cartão de sócio 3ª Geração:




O Cartão de Sócio é o elemento que o identifica como membro da Família Sportinguista e que lhe permite exercer todos os seus direitos enquanto Sócio do Clube. Surge pela primeira vez com uma distinção clara de imagem por anos de Filiação ao Clube.

O novo Cartão de Sócio permite-lhe, a qualquer altura, activar funcionalidades bancárias em condições exclusivas para os Sócios SCP.
De acordo com a sua preferência, o seu novo cartão poderá ser utilizado como cartão de crédito - VISA (mediante a aceitação por parte do Banco; excepto nos Cartões de SUB-11 e SUB-17) ou como cartão pré-pago (excepto Cartão dos SUB-11).
Em ambos os casos, não é obrigatória a abertura de conta no Banco Espírito Santo.

A partir de agora, o seu novo Cartão de Sócio dar-lhe-á acesso a um Mundo de Vantagens concebidas especialmente para si.
Seja através da atribuição de pontos ou de descontos directos no momento da transacção, temos uma vasta rede de grandes parceiros com ofertas exclusivas.


Quem são os parceiros?

Como funcionará o novo cartão?

Leonino

Agressões



Podemos não concordar com aquilo que Rui Santos diz, nem subscrever as suas motivações, e muito menos as suas preferências clubísticas, mas não se pode deixar passar em claro situações que fariam inveja à mais genuína Camorra!

Com um futebol português descredibilizado, vítima de uma classe dirigente inqualificável, com guardas pretorianas lideradas por delinquentes, era o que faltava que neste país futebolístico não se pudesse emitir toda e qualquer opinião, de modo livre e democrático.

O meu abraço solidário para Rui Santos. Benfiquista, ou não, não merece isto.

Saudações leoninas,

Via VERDE

Dava para rir, se não fosse tão sério

Estava eu sentado no meu sofá a assistir ao Vitória de Setúbal – Sporting Clube de Portugal na TVI e ouço esta pérola do comentário desportivo: Farnerud não fez o overlapping com Grimi.
Eu, um simples adepto de futebol fiquei literalmente esmagado com mais esta expressão que deve estar a entrar no vocabulário futebolístico não tarda.
Esta é mais uma expressão descoberta pelos brilhantes comentadores futebolísticos que pululam pelas nossas televisões.

Por ora deve ser o overlapping que está na moda. Expressões como pressão alta, pressão baixa, transição ofensiva, transição defensiva, devem já ter caído em desuso.
Confesso que ainda existem outras mais interessantes mas que neste momento não me ocorrem.

Havia um treinador que quando lhe falavam em pressão alta e pressão baixa, dizia que pressão só conhecia a pressão atmosférica. Eu confesso que de pressão só conheço a panela de pressão ( bem o futebol português parece cada vez mais uma panela de pressão , verdade seja dita).
Eu como saudosista gostava mais daquela expressão: a força da técnica, contra a técnica da força; isto sim eram expressões dignas de verdadeiros compêndios de futebol.

Que saudades eu tenho de Gabriel Alves, Rui Tovar; Ribeiro Cristóvão, etc.
Estes novos comentadores como : Joaquim Rita, João Rosado, João Querido Manha, Tadeia, são o supra sumo do comentário futebolístico.
Já não falando do Mestre Rui Santos, porque não lhe dou importância nenhuma, nem lhe quero dar publicidade como fizeram certas pessoas no Sporting.
Um homem que tem uma hora para falar de futebol , através das mais modernas tecnologias informáticas , é digno de registo, mas com mais publicidade passará a ter uma hora diária. E eu não quero contribuir para mais um fenómeno televisivo.

Bem esta conversa serviu sobretudo para não introduzir o tema principal de chofre.
Eu bem queria fugir ao tema ( é verdade amigo 8 , ontem consegui , mas hoje tenho de desabafar tudo ) e entreter-vos com coisas colaterais, mas…
Então lá vai, ontem assisti a mais um “ erro grosseiro “ de arbitragem , perpetrado por um Fiscal de Linha , pois nem categoria tem para arbitro auxiliar.
Como é possível um fiscal de linha anular um golo limpo, que poderia ter mudado o rumo do jogo , isso nunca saberemos, mas...

Invalidar um golo ao nosso jogador Tonel que parte de posição legal; podia ser duvidoso , agora quando o jogador parte 2 metros antes do penúltimo defesa , já configura “ erro grosseiro “, para não lhe chamar outra coisa.
Não lhe chamo auxiliar porque para auxiliar o Srº Olegário Benquerença a prejudicar o Sporting não são precisas ajudas.
Eu não sei o nome do Srº nem me interessa , mas alguém ontem disse que ele é de Leiria, ora eu que moro no Cadaval , não muito distante , pensei em ir ter com ele e “atropela-lo “; no sentido figurado lá está, mas que lhe dizia das boas , dizia; de incompetente para cima.
Agora já estou a ouvir alguns a dizer: mas do PB não falas, da equipa não dizes nada, meus amigos no post abaixo( post do Leonino ) está a análise perfeita ao jogo de ontem, não tenho mais nada a acrescentar.

PS: Eu que sou fã do futebol inglês, para mim o mais “ puro “ que conheço, fiquei arrepiado com o lance do jogo Birmingham – Arsenal, em que o jogador Martin Taylor, fez uma entrada “ assassina “ sobre o jogador do Arsenal Eduardo da Silva , partindo-lhe uma perna.
Cuidado com as entradas ao João Moutinho , um dia destes vai-lhe acontecer o mesmo.


Verde CDV

Regresso à normalidade

Chega de insultar a memória Vítor Damas.
Há jogadores que nascem com uma estrelinha especial. Contam com o beneplácito dos treinadores, que lhes oferecem a titularidade de mão beijada. Contam com a benevolência dos sócios que lhes perdoam quando a outros tudo cobram, os jornalistas são condescendentes, e contam até com a bênção inesperada do seleccionador nacional. Tem sido assim a época de Rui Patrício. Apesar de as suas desastradas actuações nos terem roubado pontos decisivos - que nos colocariam neste momento num segundo lugar confortável para os jogos que se avizinham (slb/Vitória Guimarães) - não creio que Paulo Bento lhe retire a titularidade, conhecendo como conheço a sua teimosia, mesmo que esta seja em prejuízo da equipa e do clube. O que diriam de Tiago ou de Stojkovic se estes tivessem comprometido resultados como o tem feito o agora titular da nossa baliza? Se razões de ordem disciplinar, nunca negadas oficialmente, contribuiram para o afastamento de Stojkovic, pergunto se os consecutivos erros técnicos de Patricio não mereciam igual tratamento? Ainda se não houvesse alternativa...
Não aceito que em nome do futuro de Rui Patrício (com a evidente conivência de Scolari) se hipoteque o presente do clube. E muito menos aceito comparações extemporâneas com Vítor Damas. Neste momento soam mais a um insulto à memória do melhor guarda-redes que eu vi jogar nos muitos anos em que vejo futebol. Rui Patrício tem o futuro à sua frente mas o presente diz-lhe que não se deve iludir: neste momento é apenas um guarda-redes grande. É que os grandes da sua posição também dão frangos, mas não com esta “regularidade” e têm normalmente a sorte ou o mérito de estes raras vezes serem decisivos.

Realismo precisa-se.
Chega a ser confrangedor o discurso de Paulo Bento no fim dos jogos, tal como têm sido as exibições para o campeonato. Dizer que se luta para o segundo lugar quando estamos em quarto lugar, com o quinto a 2 pontos e em vantagem em caso de desempate, é usar de óculos muito especiais para ver a realidade dura e crua que se nos apresentam. Dizer que a vitória do Vitória foi injusta é admitir que a nossa vitória frente ao fcp foi imerecida.

Parabéns!
Tenho estado ausente nas últimas semanas mas tenho acompanhado o blog sem comentar. Espero ainda estar em tempo certo de dar os parabéns ao Leonino por mais um aniversário. E fazer o mesmo a todos que contribuem com a elevada participação neste blog, que constitui um fenómeno impar na blogosfera.

Para quando a contabilidade a sério?
Nesta jornada assistimos a mais um golo limpo anulado ao nosso clube, enquanto no dragão assistíamos a mais um golo em fora-de-jogo. A superioridade do fcp este ano também tem nascido muitas vezes de golos precedidos de fora-de-jogo. Mas ninguém parece interessado em fazer esta contabilidade. Nem os nosso dirigentes.
verdão

domingo, fevereiro 24, 2008

Do oitenta... para o oito!



Setúbal, 1 - Sporting, 0

Mais um jogo da liga nacional em terreno alheio, mais uma derrota. O habitual na corrente época...

Olarápio Benquerença começou cedo a fazer das suas, anulando um golo limpo a Tonel, numa boa entrada da nossa equipa no jogo. Nunca se saberá qual seria o decurso da partida se esse tento tivesse sido validado, mas a verdade é que o facto de Rui Patrício ter, de seguida, decidido abrir a porta da capoeira também em nada ajudou à prestação da equipa esta noite.

Ainda esta semana aqui escrevi, após a vitória em Basileia, que "Quer-me no entanto parecer que embora esta rapaziada faça tudo para mostrar o seu valor nos palcos europeus – como também se viu na Champions League – continua a pecar nos jogos cá do burgo e não revela ainda a mesma qualidade e consistência. Como é possível esta equipa balançar tanto entre o 8 e o 80?"

Hoje voltou a ver-se um Sporting fraquinho, pouco esclarecido na hora de criar lances e de finalizar, e mesmo frente a um Vitória desfalcado de alguns dos seus melhores elementos, a nossa equipa foi de uma inoperância aflitiva.

O Sporting da liga nacional arrasta-se em campo, joga sem alegria, mostra pouco empenhamento e fraca entrega ao jogo, e à primeira contrariedade deita a toalha ao chão.

Não percebo nada de treino, não tenho qualquer curso de treinador, e muito menos domino os meandros do grupo de trabalho orientado por Paulo Bento, mas quer-me cá parecer que após a bela exibição na Suíça, mandaria a lógica que hoje optasse pelo mesmo onze.

Em vez disso, colocou Pedro Silva (pouco rodado), Purovic (com a confiança em níveis baixos) e Farnerud (o jogador mais contestado pela massa associativa) na equipa que iniciou a partida. E logo no terreno de um opositor complicado.

Eu digo que seria mais sensato aproveitar a carga de confiança do onze de Basileia, e se o cansaço ou um mau desempenho hoje se verificassem , então refrescaria a equipa, ao longo dos 90 minutos. Paulo Bento fez o contrário, e a coisa correu-lhe muito mal. Mas também é um facto que agora é fácil criticar, só que...

Enfim, uma época para esquecer na liga nacional, voltamos agora para o nosso 4.º lugar, sofremos mais uma derrota em Setúbal e a seguir vêm Benfica e Guimarães. Só!

Leonino

Mediatismo 'oblige'

Não o conheço pessoalmente, apenas comecei a ouvir falar dele quando foi eleito bastonário da ordem dos advogados, mas a pergunta que faço é esta: que pretende e para onde caminha Rogério Alves?



Até ser eleito representante da sua classe profissional, nunca Rogério Alves tinha tido qualquer protagonismo, tanto na sociedade portuguesa como no seio do nosso clube. A partir do momento em que passou a ser presença assídua nas televisões (sobretudo, SIC e RTP) e jornais, e a partir da fase em que começou a debitar opiniões sobre tudo e todos, logo apareceu o convite de Soares Franco para ser presidente da mesa da assembleia geral do Sporting Clube de Portugal.

De um puto que nasceu e foi criado no bairro dos Olivais (dizem-me que nessa época nem sequer vibrava muito com o futebol), que acabou por se licenciar em Direito, nunca se havia ouvido uma opinião sobre o Sporting, uma ideia, uma proposta ou intervenção de fundo que fosse.

De repente, passa a assinar crónicas de opinião em jornais desportivos, a emitir pareceres no sítio oficial do clube e a intervir em blogs.

O protagonismo da ordem dos advogados já se foi (com a eleição do ruidoso Marinho Pinto), a visibilidade do caso Maddie (onde é advogado dos pais) foi chão que já deu uvas, e agora aparece com discursos muito inflamados, querendo dar a ideia de que transpira sportinguismo por todos os poros, aproveitando frequentemente para dar umas 'populistas' bicadas nos nossos rivais, sabendo que isso colhe sempre frutos.

Desde a sua eleição para presidente da mesa da assembleia geral andou sempre alinhado com Soares Franco e seus pares, quando a coisa começou a ficar 'preta', graças ao crescente questionamento dos sócios sobre o rumo do clube, começou muito subtilmente a 'descolar' do actual presidente posicionando-se conforme o vento.

Sem querer entrar em grandes polémicas, eu que nunca me candidatarei a qualquer orgão social do meu Sporting (bastou-me ter sido futebolista nas camadas jovens e ser agora um ferrenho adepto), deixo esta pergunta: que fez, que faz e que mérito tem Rogério Alves, para já ser apontado como possível próximo presidente de uma instituição como a nossa? Nesta absurda era do mediatismo e dos fáceis sound-bytes, se o mérito tem correlação directa com o número de vezes que se aparece nas televisões, então o sportinguista Jorge Gabriel já estava eleito!

Saudações leoninas,

Via VERDE

Mais um Recorde Nacional para o Atletismo do Sporting !













Ultimamente o Atletismo do Sporting Clube de Portugal tem proporcionado muitas alegrias aos seus adeptos , desta vez foi a atleta Elisabete Tavares que esteve em grande destaque, ontem na primeira jornada dos Campeonatos de Portugal de pista coberta em Pombal, ao bater o recorde nacional do salto com vara, registo que lhe dá também o passaporte para os Mundiais da especialidade, que decorrem a 7 , 8 e 9 de Março em Valência (Espanha).

A sportinguista passou a fasquia na marca dos 4,40 metros, superando o anterior máximo nacional (4,35) que lhe pertencia desde Janeiro.

A saltadora, que já tinha mínimos B para Pequim - registo que permite a apenas um atleta por país em cada disciplina -, acredita ser possível saltar 4,45 metros e garantir o passaporte definitivo para os JO.

No primeiro dia dos Campeonatos de Portugal de pista coberta em Pombal ( ontem dia 23 ) , verificaram-se várias vitórias de atletas do Sporting Clube de Portugal:Francis Obikwelu venceu os 60metros, Naide Gomes o comprimento, Tiago Rodrigues os 1.500 metros e Maria Antónia Borges o peso. Destaque ainda para os três lugares do pódio nos 60 metros planos e nos 1500 metros masculinos.

Destaque ainda para os 6,66 segundos conseguidos pelo velocista Francis Obikwelu na meia-final dos 60 metros, que lhe proporcionaram mínimos para os Mundiais de Valência.


Verde CDV

sábado, fevereiro 23, 2008

....and I will be there!

Desde há muito que "rezo" para que o Sporting apanhe uma equipa Inglesa na caminhada Europeia para poder matar saudades daquelas camisolas verde e brancas e vê-las perto de mim outra vez.

Na fase de grupos tivemos o Manchester United mas aí nao se pode chegar, os bilhetes disponíveis sao muito poucos o que os faz serem só para milionários, por isso desta vez vou estar lá sem dúvida a gritar " VIVA O SPORTING"


Daquilo que conheço e vejo sempre que tenho oportunidade, o Bolton é uma equipa tipicamente Inglesa, não brinca em serviço, tem um futebol bastante directo, sem muitos rendilhados, o que lhes interessa e fazer chegar a bola à baliza do adversário o mais fácil possível.

Tem um meio campo forte onde Stelios, Nolan e Campo fazem a diferença, mas para mim as duas estrelas da companhia são Diouf e Davies.

Sem dúvida que o nosso Sporting tem mais equipa que o Bolton assim como um maior nome europeu, se tivermos nos nossos dias, espero que se resolva tudo aqui em Inglaterra.

Força Sporting!

The Best One

Joaquim Agostinho - Homenagem a um Grande Campeão

















Foi um gigante do ciclismo mundial. Uma força da natureza que levava os seus opositores à exaustão. Vitórias nas etapas de montanha, como a de L’Alpe-d’Huez, deram a Joaquim Agostinho um estatuto quase mítico. Em 1968 entrou no Sporting Clube de Portugal, dando início a uma carreira triunfante. Venceu três vezes a Volta a Portugal e foi duas vezes 3.º classificado na Volta à França. “Um fenómeno”.

Joaquim Francisco Agostinho nasceu em Brejenjas, concelho de Torres Vedras, no dia 7 de Abril de 1943. Foi o quarto filho de uma família de camponeses. No início, a sua vida foi igual à de muitos outros. Trabalhou no campo e casou com uma rapariga da terra, Ana Maria, com quem teve um filho. Fez o serviço militar em Moçambique. Foi em África que começou a dar as primeiras pedaladas. Participava em corridas de amadores - e ganhava-as. Um dia, a passar férias em Portugal e entusiasmado com as vitórias conquistadas em Moçambique, pediu emprestado o equipamento de ciclista. Participou numa prova popular e ganhou com uma volta de avanço sobre o segundo classificado. A actuação impressionou João Roque, vencedor da Volta a Portugal de 1963. Convidou-o a entrar para a equipa do Sporting, corria o ano de 1968. Logo nesse ano, foi Campeão Nacional de Estrada e participou, pela primeira vez, na Volta a Portugal em Bicicleta. Tinha 25 anos. Vermelho e ofegante do esforço, agarrou o 2.º lugar. Um feito espantoso para um estreante. Era a confirmação da sua fibra de campeão.

Depois da prova rainha do ciclismo português, participou na Volta ao Estado de São Paulo. Venceu a corrida brasileira, após luta renhida com um ciclista italiano. O desempenho de Agostinho foi seguido com atenção por Jean de Gribaldy, patrão da equipa francesa Frimatic, que acabou por contratá-lo. Tinha chegado a vez de participar na prova mais famosa do ciclismo à escala planetária: a Volta à França.

Joaquim Agostinho não sabia falar francês mas, como bom português, lá se foi desembaraçando, com ajuda de um dicionário de bolso. O Tour não era parecido com as provas nacionais. Tinha concorrentes de grande qualidade e enorme impacto mediático. Começou bem, tornando-se o primeiro português a ganhar uma etapa. Não satisfeito, venceu outra, para delírio dos emigrantes. Joaquim Agostinho terminou o Tour em 8.º lugar. Um resultado extraordinário, que, no entanto, poderia ter sido melhor, não fosse uma queda.

De 1970 a 1973 dominou, por completo, a Volta a Portugal. Não tinha adversários. Ciente de que Agostinho só evoluiria se competisse com os melhores, o técnico Raphael Geminani aconselhou-o a não participar nas provas portuguesas. Tinha de escolher entre ser um campeão português ou um campeão mundial.

Em 1973 Agostinho defendeu as cores da equipa espanhola BIC, no Tour, vencendo várias etapas. Participou na Volta a Portugal, onde acabou por ser desclassificado, mais uma vez por causa de “doping”. Sentiu-se injustiçado e tomou a decisão de correr apenas no estrangeiro. No ano seguinte pedalou na Volta à Espanha, uma das provas mais frustrantes da sua vida. Chegou a ser anunciado como o vencedor, mas viu a vitória ser-lhe retirada. Apesar de terem sido invocados erros de cronometragem, ficou a sensação de que houve manobras de bastidores para dar a vitória a um espanhol.

Depois de prestações pouco entusiasmantes, em 1978 regressou em força à Volta à França. Como tinha 35 anos, foi olhado de lado pelos concorrentes, na maior parte dos casos mais novos. Não faziam ideia do que tinham pela frente. Alcançou o 3.º posto e foi aplaudido entusiasticamente pelos portugueses que assistiram à subida ao pódio. No ano seguinte repetiu a façanha e venceu a etapa mais difícil do Tour: a L’Alpe-d’Huez, com uma subida de cerca de 13 km. Em 1980, concorreu pela última vez na Volta à França. Ficou no 11.º lugar.

Joaquim Agostinho regressou a Portugal, para acabar a carreira no Sporting, clube que lhe tinha aberto as portas do ciclismo. Participava na Volta ao Algarve quando viu um cão à sua frente. Ao tentar desviar-se, caiu e bateu com a cabeça no asfalto. Sofreu um traumatismo craniano. Mesmo assim, quis terminar a prova e vencê-la. No Hospital de Loulé, decidiram enviá-lo para Lisboa. Em vez de o transportarem de avião, fizeram-no de ambulância. Quando chegou à capital, estava em coma. Morreu em 10 de Maio de 1984.

Joaquim Agostinho, foi homenageado com o descerramento de uma lápide no Alpe d`Huez, local de chegada de uma das mais míticas etapas de montanha da Volta a França em bicicleta, cuja curva 14 passou a ostentar orgulhosamente o seu nome.
Esta cerimónia decorreu durante a 15.ª etapa da Volta a França, em 18 de Julho de 2006, no âmbito do centenário do Sporting.
A estátua é comemorativa da sua vitória na mítica etapa com chegada ao Alpe d'Huez e contém uma placa em mármore que na base ostenta os dizeres "à memória de Joaquim Agostinho, homenagem do Sporting no seu centenário"
Esta foi a primeira vez que um atleta português ficou imortalizado em monumento no estrangeiro, embora Joaquim Agostinho já estivesse presente no Alpe d`Huez cedendo o seu nome à curva 17.


Verde CDV

quinta-feira, fevereiro 21, 2008

Grande noite!



Basileia, 0 Sporting, 3

Muito obrigado, Sporting!

Em dia de aniversário quero agradecer aos jogadores do Sporting a bela prenda que me deram!

Um exibição personalizada, cheia de classe, jogando como um verdadeiro bloco, onde todos defenderam e todos se envolveram em jogadas de ataque, deram um triunfo justíssimo no terreno da melhor equipa suíça da actualidade.

Consistência defensiva, um meio-campo trabalhador e um ataque mortífero numa noite de luxo...
É caso ainda para dizer que aqueles relvados lastimáveis que tivemos no nosso estádio foram um bom treino para que esta noite a adaptação fosse perfeita ao péssimo estado do terreno.

Rui Patrício começa a ser uma aposta ganha, revela cada vez maior confiança, Grimi é mesmo reforço, sendo a solução de que necessitávamos para o lado esquerdo – onde estão os que criticaram a sua chegada ao nosso clube? – e Tiuí ainda vai fazer calar uns quantos que parodiaram com o seu nome e com a sua pretensa falta de qualidade.

Pereirinha começa finalmente a mostrar todo o valor que revelou nas camadas jovens, sendo uma evidência que alguma da teimosia e persistência de Paulo Bento em algumas opções tinham todo o sentido.

Quer-me no entanto parecer que embora esta rapaziada faça tudo para mostrar o seu valor nos palcos europeus – como também se viu na Champions League – continua a pecar nos jogos cá do burgo e não revela ainda a mesma qualidade e consistência. Como é possível esta equipa balançar tanto entre o 8 e o 80?

No entanto, o Sporting mostra que está em crescendo de forma, deixa bons sinais para o resto da época, e nisto tudo só é pena estarmos quase arredados da luta pelo título.

Uma palavra de grande elogio para o apoio que a nossa equipa esta noite teve nas bancadas.

Agora venha o Bolton nos oitavos-de-final.

Leonino

quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Eu não teria dito melhor!

Christian Gross (treinador do FC Basileia):

"O Sporting é uma equipa que pertence à Champions e não à UEFA."



Vamos a isto, Sporting! Boa sorte, leões!

Leonino

O Prémio do Azar



















Numa altura crucial da época em que se avizinham jogos decisivos para aquilatar do real sucesso da equipa de futebol do Sporting, Derlei teve de ser operado uma vez mais e ficará afastado pelo menos 4 semanas.

Nesta altura afigurava-se como o sucessor natural do também azarado Vukcevic.

Iria novamente formar dupla com Liedson, como já aconteceu no inicio da época, com os excelentes resultados que se conhecem.

Com esta lesão algumas dúvidas se colocam quanto a uma renovação do contrato de Derlei para a próxima época.

De um profissional com a estirpe e carácter como Derlei, só se espera que recupere mais uma vez e que ainda venha a tempo de ajudar o Sporting a conquistar titulos e a calar os arautos da desgraça.

Força Ninja, que regresses em forma para poderes dar continuidade ao que prometeste no dealbar da época.


Verde CDV

terça-feira, fevereiro 19, 2008

O Nosso Capitão




O nosso capitão é um jogador impar que atingiu muito novo esse estatuto.
Houve quem contestasse esta opção, mas por tudo o que representa, acho que a braçadeira lhe assenta na perfeição.

Não é tão rápido como outros, não tem tanta técnica como alguns, mas compensa tudo isso com a inteligência e com a entrega sem limites ao jogo.

É um jogador que sacrifica o plano individual em prol do colectivo e por isso arrisca-se a não sobressair tanto como outros.

Contudo na sua infinita inteligência, proporciona-nos momentos mágicos como o golo marcado ao Estrela da Amadora.

Tu personificas tudo aquilo que deve ser um desportista profissional: humildade, inteligência, equilibrio, etc.

Tu que és sincero e que não nascestes verde, transpiras hoje a mística do Sporting por todos os poros: Esforço, Dedicação, Devoção e Glória.

Viva o Nosso Capitão!!!


Verde CDV

domingo, fevereiro 17, 2008

O mais importante foi alcançado!



Sporting, 2 – Estrela da Amadora, 0

Conseguimos aquilo que era o mais importante – os 3 pontos – quatro dias depois de termos jogado muito bem com o Basileia. Pedia-se mais frente a uma equipa que acabou a jogar com nove? Sim, mas a verdade é que os três pontinhos já cá cantam.

Contra nós esteve o mau estado do terreno devido à chuva, pouco público nas bancadas – que raio de hora para se marcar este jogo! – e o cansaço mostrado pelos jogadores, mesmo que Paulo Bento tenha feito algumas alterações no onze inicial.

Valeu o belo golo de Moutinho, o frango de Pedro Alves, bem aproveitado pelo Levezinho, duas expulsões no Estrela – desculpa lá qualquer coisinha, Nelson! – e fica mais uma vez evidente que em Alcochete não se treinam grandes penalidades. Como é possível falhar tantas?

Temos um ciclo de jogos difíceis pela frente – Setúbal, Basileia, Benfica, Guimarães – mas os novos jogadores estão a dar conta do recado – sobretudo, Grimi – com Tiuí e Celsinho a mostrarem que não são maus de todo.

Ainda desta noite ficam uma vez mais os dispensáveis assobios a Farnerud. Deixem lá o rapaz em paz! Não é a assobiar que se ajuda quem quer que seja a jogar melhor.

Nota ainda para o regresso de Pedro Silva – valeu, vizinho! – e a certeza de que Derlei também está prestes a voltar.

Parece-me que podemos fazer um bom resto de época mas arbitragens como a de hoje, na Figueira da Foz, vão complicar o nosso objectivo de – pelo menos – chegarmos ao 2º lugar.

Leonino

Será desta que a equipa mantém o nível exibicional?

Logo no nosso estádio quero ver uma equipa eficaz e sólida nas suas ambições, temos equipa para hoje vencer e vencer bem, esta ideia ficou patente várias vezes ao longo desta época.
Jogos como o da Super Taça contra o Porto, ou na Liga dos Campeões contra o Kiev, Roma ou Manchester, agora contra o Basel...

Porquê tanta dificuldade em ultrapassar equipas que em Alvalade ou fora, ao montarem um estilo de jogo defensivo, prejudicam tanto o Sporting? Chegou mais que o momento para que a nossa equipa sinta que deve jogar sempre como jogou contra o Basel ou contra o Roma por exemplo! Tem-se notado muito esta época que certos jogadores estão em baixo de forma, Liedson, Veloso, Moutinho, agora Abel ou mesmo Romagnoli o problema é que nos jogos ditos grande e complicados têm se mostrado concentrados e motivados para que com isso ter um nível considerado de rendimento, por isso eu e muitos não nos conformamos com o facto de contra equipas com menor valor que a do Sporting, estes mesmos jogadores terem rendimentos tão aquém das suas capacidades.

Hoje vou estar em Alvalade, mesmo estando um dia chuvoso, acredito que o clima em Alvalade poderá ser fantástico!

Convocados:
Guarda-redes: Rui Patrício e Stojkovic;
Defesas: Abel, Pedro Silva, Tonel, Polga, Paulo Renato, Gladstone, Ronny e Grimi;

Médios: Miguel Veloso, Pereirinha, Farnerud, João Moutinho, Romagnoli, Izmailov e Celsinho;
Avançados: Purovic, Tiuí e Liedson.



Uma nota:
Alguém viu o maravilhoso jogo de Nani ontem? 3 assistências e um golo, Saudades? eu tenho...

Saudações Leoninas!
GreenPower

sábado, fevereiro 16, 2008

Fórum - Sangue LEONINO

Devido ao crescente interesse dos amigos que visitam o Sangue LEONINO em debaterem ideias, propostas e opiniões relativas à vida do nosso clube, está criado um espaço de debate:

http://forum-sangueleonino.blogspot.com/

Link directo pode ser encontrado na coluna da esquerda, logo a seguir à ligação ao Site Oficial.

Uma tarde má. Só isso.

O próximo campeão nacional de futsal sofreu esta tarde uma inesperada e muito pesada derrota frente ao Alpendorada (1-8) na 17.ª jornada do campeonato.

Estando certo que Paulo Fernandes e seus rapazes vão dar a volta por cima e aprender com os erros hoje cometidos, desde já garanto que estarei no próximo jogo, no Restelo, a apoiar a equipa.




Os adeptos estão convosco. Força rapazes! No pasa nada!

Via VERDE

sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Marian Had de saída

Foi noticiado o término do empréstimo de Marian Had ao Sporting, por opção do Sporting, que entendeu que o melhor para o jogador seria regressar ao clube que nos tinha emprestado o Marian, o Lokomotiv de Moscovo.
Certamente que a chegada de Grimi, reduziu o espaço de manobra de Marian Had em termos de possibilidades de jogar do eslovaco, sendo que foi esta a melhor opção tomada.
Em relação à prestação de Had, após uma primeira boa impressão no jogo contra o Benfica no Torneio do Guadiana, onde se lesionou - o que o condicionou no arranque da época - o jogador que veio da Rússia nunca foi muitas vezes utilizado por Paulo Bento, sendo que o melhor jogo que fez acabou por ser contra o Manchester United em Old Trafford onde apesar da boa exibição, foi infeliz, pois terá sido ele a marcar na própria baliza o 1º golo dos red devils.
Em suma, foi um jogador que não atingiu o nível que seria expectável e penso que terá sido a melhor decisão para todas as partes, até porque Grimi é agora o dono do lado esquerdo da defesa.

Lion King

Notas Soltas

Em primeiro lugar o destaque para uma iniciativa louvável para ajudar a Associação de Solidariedade Social do Sporting. Para tal basta doar 0,5% do imposto retido pelo Estado aos Leões de Portugal.

Hoje estão de parabéns mais dois jovens jogadores do SCP: Fábio Paim e Rui Patricio fazem hoje 20 anos. São mais duas grandes promessas que sairam da Academia de Alcochete.
O primeiro está a desenvolver o seu futebol ao serviço do Paços de Ferreira por empréstimo do Sporting. O Segundo defende as redes do Sporting Clube de Portugal , com somente 20 anos.
Foi distinguido pelo Sindicato de Jogadores de Futebol Profissional com o prémio de " Jogador Jovem do mês de Janeiro ".

Uma curiosidade adicional faz também hoje 39 anos o Costa Marfinense, Ahmed Ouattara que jogou no SCP e que acabou a carreira no Extremadura de Espanha.

Para quem reclama mais atenção ao mercado africano , ai está a chegada de mais uma jovem promessa oriunda de África. O lateral direito senegalês Victor Bindia ( 18 anos ) vem treinar-se á experiência na Academia de Alcochete.
Foi considerado o melhor jogador do campeonato do Senegal.

No passado fim de semana o jovem talento Edi Maia estabeleceu um novo recorde nacional de sub-23 , com 5,16 metros no salto com vara ( Campeonato Nacional de su-23 em pista coberta).

A formação de Hoquei em Patins do SCP já está a dar frutos, com a chamada do jovem Gonçalo Alves ao estágio da Selecção Nacional, com vista ao Campeonato da Europa.

Por último a questão Iordanov/Sporting, não será já tempo das partes chegarem a um acordo antes que esta situação se torne irreversível, com claro prejuizo para a imagem do clube perante os seus adeptos.


Verde CDV

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Vuk, Vuk, Vukcevic! Vuk, Vuk, Vukcevic!

SPORTING 2-0 BASILEIA



Ficha de Jogo: Estádio Alvalade XXI Árbitro: Kevin Blom (Holanda)
Equipas:
SPORTING - Rui Patrício; Abel, Tonel, Polga e Grimi; Miguel Veloso; João Moutinho, Romagnoli e Izmailov (Pereirinha, 72m); Liedson e Vukcevic (Rodrigo Tiuí, 71m).
BASILEIA – Costanzo (Crayton, 44m); Malick Ba, Majstorovic, Marque e Hodel; Carlitos, Ergic, Huggel, e Deggen (Cabral, 64m); Eduardo e Derdiok.
Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0, Vukcevic (8); 2-0, Vukcevic (56)
Acção disciplinar: cartão amarelo a Carlitos
Fim da partida: 2-0

Via VERDE

219º Jogo nas Competições Europeias

Antes de mais uma referência prévia , venho expressar a indignação do nosso amigo Mário que ontem aqui no blog deixou um comentário sobre o branqueamento feito pela UEFA ao não contabilizar 19 jogos efectuados ( 4 participações ) pelo Sporting Clube de Portugal na extinta Taça das Cidades com Feira.

A Taça UEFA nasceu a partir da Taça das Cidades com Feira, criada a 18 de Abril de 1955. Esta competição envolvia equipas representantes de cidades onde decorriam feiras de comércio. Em 1971, rompeu a ligação com as feiras de comércio internacionais e passou para a égide da UEFA.

Assim a UEFA ao arrepio dos vários clubes participantes nesta Taça decidiu não homologar estes jogos e respectivos vencedores ( Barcelona; Valência; Roma ; Arsenal, etc...).

Assim em vários sites internacinais de Estatísticas de futebol está indicado:Sporting - 218 Jogos (90v /48e /80d); (352/279 golos) em 48 participações ( 3º Clube atrás R.Madrid-51 ; FC Barcelona-50 ; a par de Anderlecht-48).

A UEFA pode organizar competições mas não é dententora da história e estatistica do futebol , logo não tem o direito de homologar ou não jogos de competições que não foram organizadas por si.

Logo Paulo Bento vai estrear-se , frente ao Basileia, como treinador na Taça UEFA , não no jogo 200º como todos dizem, mas sim no jogo 219º nas competições europeias.

Aliás o Sporting Clube de Portugal foi o único clube português que nunca falhou as competições europeias.
Mais o Sporting Clube de Portugal teve o privilégio de inaugurar as competições europeias no ano de 1955, na Taça dos Clubes Campeões Europeus contra o Partizan de Belgrado.

Depois deste esclarecimento , que se impunha e que vem restabelecer a verdade dos factos, esperemos que mais logo a nossa equipa esteja à altura dos pergaminhos e que faça juz ao prestígio granjeado por essa europa fora.

FORÇA SPORTING, SPORTING SEMPRE!!!


Verde CDV

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Taça de Portugal: Sporting recebe Amadora

SPORTING - Est. Amadora
FC Porto - Gil Vicente
Benfica - Moreirense
Naval - V. Setúbal

Os jogos estão agendados para 27 de Fevereiro.

Leonino

segunda-feira, fevereiro 11, 2008

Mas que vergonha é esta???????????

"Vá lá! Isto hoje correu bem…" palavras proferidas pelo locutor José Augusto Marques, no final do jogo entre o Benfica e o Paços de Ferreira, quando o mesmo pensava estar em OFF.

Já antes, o mesmo lampião tinha dito e "bem": "gostei desta arbitragem". Acredito que tenha gostado, tal a inclinação do campo. Gostou ele e gostou o saltitante Hiper Pimba Roberto Leal, um dos 14315 crentes hoje na Luz.

Depois de todo o país ter ouvido o mês passado a equipa de comentadores da TVI (todos benfiquistas) em situação idêntica num intervalo de um jogo, hoje foi a vez da SIC tirar as dúvidas ao mais céptico quanto à cor e parcialidade dos mesmos.

Tenho cada vez mais vergonha deste Portugal!

Para quando um jornalismo isento?

http://bola-na-trave.blogspot.com/




Via VERDE

domingo, fevereiro 10, 2008

Atletismo do Sporting em grande !

No passado dia 3 de Fevereiro, as equipas masculina e feminina de atletismo do Sporting sagraram-se, novamente, campeãs nacionais de pista coberta. A formação masculina venceu o 13.º título consecutivo, enquanto que a feminina sagrou-se campeã nacional pela 14.ª vez consecutiva.

No dia de ontem , foi a vez do lançador do peso português Marco Fortes bater o recorde nacional da especialidade ao lançar 20.08 metros e da atleta Naide Gomes bater o record nacional do salto em comprimento de pista coberta, ao saltar 6,90 metros, ambos no Grande Prémio Internacional de Valência.
De salientar que com este resultado, Marco Fortes garantiu a presença nos Mundiais de Valência, que se vão realizar de 7 a 9 de Março, bem como os mínimos olímpicos para Pequim.

Pelos vistos há mais vida para além do futebol e por sinal ganham muitos titulos e batem muitos recordes , para alegria dos muitos sportinguistas espalhados por esse mundo fora.

A minha homenagem para um para um grande sportinguista e uma figura impar no desporto português , um grande viva a esse ícone vivo que é o Professor: Mário Moniz Pereira.


Verde CDV

sábado, fevereiro 09, 2008

O mais importante foi alcançado!



Sporting, 2 – Marítimo, 1

Vitória magra, exibição sofrível e apuramento garantido para os quartos-de-final da Taça de Portugal... onde vamos receber porto ou Benfica (digo eu).

Na noite da estreia de Grimi, Celsinho, Tiuí e Adrien Silva como titulares, ficam as boas indicações dos quatro, mas sobretudo do primeiro e do último, este no entanto bastante azarado já que teve de saír mais cedo devido a lesão. Nota ainda de destaque para (finalmente!) mais um golinho de Liedson (por sinal, decisivo).

Nota negativa para o pouco público presente nas bancadas e para a pouca ambição da nossa equipa, a qual deu em largos períodos do jogo o domínio ao adversário, correndo assim riscos desnecessários, algo que tem de ser rectificado nos próximos jogos. Tivesse havido mais acutilância e mais empenhamento e não teríamos perdido uma oportunidade óptima de conseguir uma vitória mais dilatada, a qual daria seguramente outro ânimo à equipa... e ao adeptos. Ficámos uma vez mais no "quanto baste".

Confesso que saí bem antes do jogo acabar, porque não acreditei que o Sporting chegasse ao 3º golo, nem vi na recta final o Marítimo com grande capacidade para chegar ao empate. Aliás, o jogo já era um bocejo.

Mas como o Basileia não é o Marítimo há que ter muito cuidado na partida que aí vem...

Estádio José Alvalade, em Lisboa

Árbitro: Bruno Paixão (AF Setúbal)

Sporting: Rui Patrício; Abel, Tonel, Polga e Grimi; Adrien (Miguel Veloso, 32m), João Moutinho e Vukcevic; Celsinho (Pereirinha, 60m), Tiuí (Romagnoli, 80m) e Liedson

Suplentes não utilizados: Stojkovic, Ronny, Farnerud e Purovic

Marítimo: Marcos; Ricardo Esteves (Briguel, 48m), Ediglê, Van der Linden e Evaldo; João Luiz, Bruno e Mossoró, Marcinho e Fábio Felício (Djalma, 46m); André Pinto (Anderson, 70m)

Suplentes não utilizados: Marcelo, Wenio, Gregory e Tito

Ao intervalo: 2-1

Disciplina: Cartão amarelo para Liedson (16m), André Pinto (24m), Vukcevic (46m), Mossoró (64m), Anderson (74m) e Van der Linden (75m)

Marcadores: 1-0, Tonel (5m); 1-1, Van der Linden (38m); 2-1, Liedson, (43m)

Resultado final: 2-1



Leonino

sexta-feira, fevereiro 08, 2008

O Presente e Futuro

Taças: As tábuas de salvação?
Afastados quase desde as primeiras jornadas do campeonato são as taças que nos permitirão salvar a face: A taça da Liga, a taça de Portugal e a taça UEFA. A conquista da primeira tornou-se quase “obrigatória” porque, não menosprezando o clube adversário nem a equipa que o representa, defrontaremos um oponente ao nosso alcance. A mesma análise faço para os adversários que se seguem nas outras duas competições. Quero dizer que espero, por isso, a passagem à eliminatória seguinte em ambas as competições. Será que o melhor é esperar sentado?

Estofo precisa-se.
Não é por acaso que temos tido, no consolado de Paulo Bento, maior sucesso em provas a eliminar. È que para ganhar um campeonato exige-se regularidade de exibições e resultados. Noutras palavras, estofo e categoria, qualidades que têm faltado de forma evidente à nossa equipa. Numa competição a eliminar conta o momento da eliminatória, mesmo que no jogo anterior, como aconteceu no Restelo, a EQUIPA não tenha feito nada que lhe fizesse merecer esse nome.

Preparar o futuro
O futuro, isto é, a próxima época, é já ali, ao virar da esquina. Por isso estranho que, pelo menos aparentemente, continue por preencher o vazio deixado com a saída de um administrador, logo o que detinha o pelouro do futebol. O ciclo que agora começa, com a recepção ao Marítimo, vai definir a época. Segue-se a eliminatória com o Basileia termina com a recepção ao slb. Muitos são os cenários possíveis. Mas, se ficarmos arredados de todos os objectivos, sobretudo fora da luta pelo 2º lugar e fora da Taça de Portugal, creio que não seria necessário esperar pelo fim da época para fazer balanços, porque os seus resultados serão já evidentes. Ou seja, se esses desaires ocorrerem seria demasiado penoso e até perigoso para o clube incluir Paulo Bento na estratégia para a próxima época. A sua margem de manobra estaria de tal forma limitada que cairia ao primeiro desaire. Foi por isso que advoguei a saída de Peseiro depois de ter perdido o campeonato e UEFA em 4 dias. Foi o que se viu.

Paulo Bento: parte da solução ou do problema?
Ao contrário do que muitos advogam eu penso que a origem dos nossos problemas está nas más decisões de ordem técnica e táctica ou, se preferirem, Paulo Bento não tem sabido ou não tem conseguido resolver as questões que são da sua exclusiva competência: a equipa não consegue interpretar devidamente as instruções que recebe. Ou por incompreensão, ou por inadquação dos seus elementos ao pretendido, por pouco empenhamento ou por um pouco disto tudo. E alguns desses problemas tem sido o próprio a criar. Paulo Bento reúne qualidades técnicas e humanas que nos convêm e que não são comuns encontrar na mesma pessoa. Gostaria portanto que ele conseguisse virar, com sucesso, este Cabo das Tormentas que tem sido esta época. Ganharia o clube, nós portanto, e ganharia ele.

Os Pais e os Filhos
Muito se tem falado dos assobios à equipa e a alguns jogadores em particular. Acho inqualificáveis os assobios a um jogador que vai entrar, que falha um passe, um remate. Já imaginaram o que é estar a trabalhar e ouvir o chefe gritar a cada erro ou falha? Isto é como os pais e os filhos. Há alguns pais que ainda usam a pancada e a gritaria como método para educar os filhos. No entanto um bom correctivo, no momento certo, é sempre necessário. Uma enorme pateada no fim do jogo do Restelo foi mais que merecida.
Verdão(SL)

quinta-feira, fevereiro 07, 2008

Porquê?!??

Este meu post vem a propósito do artigo de ontem no jornal ABOLA e a defesa do SPORTING pelos adeptos e simpatizantes na comunicação social.

Eu fico com a sensação que nós, os SPORTINGUISTAS, estamos cada vez mais conformados com a belenensização do nos clube, deixamos passar e nem pedimos satisfação do que vem acontecendo, nem fazemos barulho nenhum para se apurar a verdade ou as verdades do que se passa realmente dentro do SPORTING.

Há dias, ao ver o telejornal e o que se passou em MOÇAMBIQUE em relação aos aumentos dos bem essenciais, dei por mim a pensar que em PORTUGAL todos os dias sobe um bem, sobe o custo de vida e ninguem, eu incluído, fazemos nada para lutar contra este estado de coisas.

E o mesmo se passa como nosso SPORTING CLUBE DE PORTUGAL: um jornal faz um trabalho a propósito do nosso clube com acusações GRAVES e INSINUAÇÕES de problemas bem graves; o clube, a sad ou quem lá manda dizem serem falsidades mas não dizem o que é falso ou em que mentem os jornalistas. Hoje dizem que as motivações do jornal passam por denegrir ou prejudicar o clube; dentro de dias vamos ver os mesmos dirigentes ou jogadores a darem grandes entrevistas ao mesmo jornal, uns a desculparem outros a tentarem caír nas boas graças dos adeptos.

Vem a propósito deste tema a revolta que sinto em relação aos supostos comentadores que se vêem nos jornais ou tv sobre o nosso clube serem ou terem comportamentos quase como se fossem membros da direcção do clube.

Nem o mais fervoroso defensor dentro do clube teria o papel que vejo nos tais ditos adeptos ,a defesa do nossos pontos de vista. Quando vemos o programa "trio de ataque"o ínico que mais parece membro da direcçao é o sócio do SPORTING e que se diz sindicalista o que me custa a digerir porque só defende a direcção e os seus pontos de vista. Os outros discordam, dizem o que pensam, o que sentem ou até verdades que são contra aquilo que as direcções querem fazer crer aos seus, o nosso NÃO. E eu me pergunto se quando se lê um MEC na BOLA contra o próprio jornal ou dizer verdades sobre o que toda gente vê sobre o PORTO não esta a fazer um favor aos portistas,levando a direçao a tomar outros rumos ?

O nosso amigo ADELINO deu-se ao trabalho de pesquisar e trazer cá uns links para vermos as negociatas dentro do clube porque não começarmos aqui um abaixo assinado (DEU PARA TIRAR A MINISTRA DA CULTURA e chamar atenção sobre asae) para se pedir um auditoria ao clube ou mesmo para fazer chegar estas informações ao PJ?

Eu cá estou diposto, mesmo estando fora a assinar tal petição, e dizer BASTA AOS NOTÁVEIS OU A ESTES senhores QUE SE JULGAM DONOS DO CLUBE. Um dia destes estaremos a lutar com os adeptos do Belenenses, Boavista, V.Guimarães e Braga pelo título do 3º clube. Acho que nos devamos revoltar porque ver o MÁXIMO dirigente do futebol do clube dizer que está tudo bem ou que as opções tomadas são as mais correctas dá cá uma GRANDE REVOLTA por dentro.

ismas

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

Algo vai mal no reino do Leão



Dando o devido desconto ao orgão oficial dos lampiões, será mera manobra de desestabilização de quem vê que o Sporting pode chegar ao 2º lugar, e roubá-lo uma vez mais aos lampiões, ou na realidade há uma paz podre dentro do clube com evidentes consequências no desempenho no relvado?

Via VERDE

terça-feira, fevereiro 05, 2008

Recados atrás de recados



João Moutinho:

"Se há desmotivação, há que motivar. Temos de continuar a trabalhar para dar a volta a este desaire. Infelizmente, a série de bons resultados terminou em Belém, mas vamos tentar ganhar já o próximo jogo frente ao Marítimo, até porque somos os detentores da Taça"

Num dia em que se noticia que Soares Franco e Ribeiro Telles foram ao balneário da Academia puxar as orelhas aos jogadores, João Moutinho profere umas afirmações dúbias, não se percebendo quem é que as mesmas visam.

Posso, no entanto, inferir que vão direitinhas na direcção de Paulo Bento e da Administração, pois se há alguém que deve motivar é quem está no comando, seja técnico ou directivo.

Num balneário onde reinam os grupos dos portugueses, brasileiros e eslavos, começa-se a perceber que algo vai mal no seio do grupo, com recados de parte a parte. Resta saber se alguém vai ter mão nisto tudo.

O curioso e irónico é que Paulo Bento quis depurar o balneário, forçando a saída de clássicos da casa - Beto, Custódio, Sá Pinto, Carlos Martins, Nelson - tendo sido claramente pior a emenda que o soneto.

Leonino

Trafulhices em tons de verde?

Porque este blogue não faz parte da facção, A, B ou C, e porque aqui fazemos questão de dar voz a quem opina sobre o nosso Sporting, aqui fica um texto que o nosso consócio Adelino nos deixou em forma de comentário a um artigo aqui publicado:

Como prometido aqui ficam alguns links com as noticias e pesquisas sobre as "trafulhices" para os menos atentos terem umas leituras interessantes...

Amadeu Lima de Carvalho o senhor que negociou a venda do nosso património...

quanto à pessoa...

e uma "pequena" pesquisa com todos os factos sobre a referida venda...


Godinho Lopes vice de Dias da Cunha para o património, aquele que dava muito prejuízo...

CM

Diogo Gaspar Ferreira, o homem que negociou a venda dos nossos terrenos à MDC e que curiosamente passado uns tempos para lá foi trabalhar, sendo quase unânime, aliás afirmado pelo ex-Presidente João Rocha, que os terrenos foram vendidos por metade ou quase do que valiam...

CM

Corporações

Centúria leonina

Depois o problema são os bancos e os adeptos...
adelino



Leonino

segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Triste, Frustrado e Desiludido !!!


Costumo fazer um rascunho antes de escrever os meus posts , mas hoje vai de improviso.
Portanto se detectarem alguma falha no texto , peço desde já desculpa.

Ontem como todos os sportinguistas fiquei triste e desiludido com a prestação do MEU SPORTING, e fiquei tão triste que nem quis ir ao meu computador comentar o jogo e refugiei-me na leitura de um bom livro.
Mas pensei para comigo, amanhã abro o meu computador e estará lá o post do meu amigo Leonino sobre a péssima prestação do Sporting e terá de certeza dezenas de comentários.
Comentários contra os jogadores , contra Paulo Bento , contra a direcção , enfim contra tudo...

Mas a minha desilusão foi ainda maior, pois além do post do meu amigo Leonino, estavam lá vários posts sobre o mesmo assunto...
E interroguei-me porque será que quando o Sporting passa por momentos menos bons , aparecem todos a " botar discurso " , será que as pessoas só aparecem ou têm tempo quando o clube passa por maus momentos ou será que é mais fácil arranjar assunto.

Estou triste, frustrado e desiludido com a equipa do Sporting e com a sua falta de agressividade,com Paulo Bento que não consegue fazer passar a sua mensagem e não consegue motivar a equipa para outro tipo de jogos,com a direcção do Sporting que não consegue cativar a imensa massa associativa do nosso clube.
Estou triste, frustrado e desiludido porque como tinha prognosticado este era o jogo mais importante da época e a minha equipa mostrou a sua real valia ou seja dificilmente conseguiremos chegar ao 2º lugar.

Eu que sofro por este clube desde que me conheço estou deveras triste e angustiado , mas mais triste estou quando observo certas posturas.

Mas apesar desta frustração enorme , amanhã será de certeza um novo dia e espero que todos vós pensem em ajudar este clube a sair do estado abúlico em que se encontra.
Unamo-nos e ajudemos o SPORTING a erguer-se novamente, pois o clube somos nós.
Os que estão a favor os que estão contra dêm todos as mãos e procuremos conjuntamente soluções para os problemas do nosso clube.

Não sei se as soluções serão encontradas através de manifestos , reuniões, colóquios , foruns , mas por favor mobilizemo-nos e não percamos mais tempo.
Que fique claro que este apelo não é a favor nem contra ninguém é simplesmente a favor do clube do meu coração.

PS: O SPORTING SERÁ SEMPRE UMA DAS MINHAS PAIXÕES.




Verde CDV

Estou Triste!

Estou Triste, porque sinto que o meu Sporting ja nao e o mesmo!

Estou Triste, porque cada vez que chego ao computador para saber o resultado do meu clube e sempre o mesmo.

Estou Triste, por sentir que cada vez me sinto mais longe de um clube que me habituei de acompanhar desde crianca.

Estou Triste, por neste momento nao ter argumentos para com os meus amigos.


Para alem de estar longe de Portugal acompanho o meu Sporting como ninguem, as vezes todas as horas venho procurar por novidades, mas para que? sao sempre as mesmas, nada de bom.
Nos ultimos tempos gostei de saber da vitoria sobre o Porto, mas quando li que fomos dominados 70% do tempo e o que se safou foi o resultado pensei logo, "sol de pouca dura", pois bem ai esta a resposta que temia, outra derrota.
Quando isto vai acabar?
Sera o Paulo Bento assim tao bom para continuar a enterrar o meu Sporting?
Estou mesmo Triste.
Nota: O meu descontentamento para com um clube (Belenenses) que todos simpatizamos e que e da mesma cidade, qual a razao daquela musica no final do jogo?????
The Best One

Tudo normal

Paulo Bento atribuiu a derrota ante o Belenenses a uma velha pecha dos leões: "MAIS UMA VEZ concedemos 45 minutos ao adversário.Durante a 1.ª parte, não houve agressividade defensiva e registaram-se demasiados erros na circulação de bola e na transição para o ataque. Além disso, sofremos um golo num tipo de lance emq ue já sabíamos que o Belenenses é muito forte. Mas a falta de agressividade permitiu que o jogador aparecesse sem problemas em zona de finalização".

Na 2.ª parte, segundo o treinador do Sporting, "a equipa melhorou, pois, mesmo não jogando bem em alguns períodos, conseguiu instalar-se no meio-campo adversário e mandou duas bolas ao poste".A finalizar, o técnico enviou um recado claramente para dentro do balneário: "Parece que estamos cansados de ir à Liga dos Campeões... Mas eu sou o responsável.
SOU EU QUE COMANDO OS JOGADORES, POR ISSO TENHO DE ENCONTRAR SOLUCOES. AINDA NAO AS TENHO MAS VOU PROCURA-LAS"

Palavras do treinador do SPORTING a 18 jornada da segunda VOLTA no jornal RECORD.
TALVEZ na ULTIMA JORNADA descubra .

Para quem gosta tanto dele e descubra no treinador do SPORTING tantas qualidades um dia destes tenhamos que comecar a fazer nova contagem na maneira de contar os campeonatos ganhos pelo nosso clube.MEUS CAROS AMIGOS antes do PAULO BENTO era slb 31,fcp 21,SPORTING CLUBE DE PORTUGAL 19.

Agora slb 31, fcp 21 a caminho do 22 e o nosso SPORTING 19 e mais 2 segundos lugares que deram direito a champion , como se estas idas valessem de muita coisa,ja que pelo prestigio nao vi o ganho de la ter ido.Agora estamos a lutar para o segundo em JANEIRO,hummm temos FUTURO.Mas como habitual esta semana o nosso clube tera dividas, nao tera banco,nao sera culpa de ninguem ser sempre o RONNY a marcar os livres,ter o ROMAGNOLI a jogar que leva um engosto e cai que nao corre so atrapalha.Nao sera culpa de ninguem que toda gente saiba como vamos jogar e basta apertar o MIGUEL VELOSO que esta em baixo de forma para se ver a equipa abanar toda,o JOAO MOUTINHO fazer quinhentos lugares no mesmo jogo e desde do inicio da epoca uns tres mil,e agora qnd podia ser preservado com penafieis e outros nao tem que jogar sempre.O ADRIEN nem no banco tem lugar porque ainda e junior e o RUI PATRICIO pode jogar porque temos de fazer ver ao melhor que temos quem manda na EQUIPA.Como sempre voltaremos a ver desculpas e mais desculpas para erros tacticos e mal preparacao dos jogos e levar bailes tacticos dos outros treinadores.A algumas semanas o LEONINO perguntava o que faria com esta equipa um JORGE JESUS?Com jogadores piores ou supostamente piores tirou muito deles e ganhou o jogo e deu mostras que sabe da poda.
Mas antes que o PAULO BENTO fique "FARTO" de mim tambem vou assobiar para o lado e nao a ele pessoalmente.



ISMAS

Descubra as diferenças

Depois de tanto ter sido discutida a justiça do resultado do Sporting-Porto, veja-se a forma como as duas equipas se apresentaram na jornada seguinte.

Uma(Porto), entrou em campo com grande vontade de provar que aquilo que tinham dito os jogadores e treinador no final do jogo de Alvalade era de facto verdade, e conseguiu mesmo prová-lo! Mesmo depois do 2º e 3º golo, a equipa não tirou o pé do acelerador, mantendo a dinâmica ofensiva e não deixando respirar o adversário, era visível que a intenção era mostrar claramente que aquilo que tinha sido dito sobre o jogo de Alvalade não eram apenas palavras de circunstância.

A outra, entrou com a apatia do costume no jogo, na esperança de que algo de positivo caído do céu acontecesse, a única coisa que caía eram remates, mas do Belenenses! Alguns deles disferidos sem qualquer oposição tanto por Zé Pedro como por Ruben Amorim, até que um deles caiu mesmo dentro da baliza de Rui Patrício. Reacção? Duas bolas nos ferros na baliza de Costinha na sequência de 2 livres directos (a 2ª já nos descontos), e por aqui nos ficámos nos restantes 51 minutos após o golo. Em suma, as palavras que foram proferidas na semana anterior não tiveram qualquer tipo de sequência ou confirmação, ficando quase a sensação de estarmos a falar de 2 equipas distintas.

Quantas vezes Paulo Bento já disse esta época que o Sporting "concedeu 45min ao adversário"? Quantas mais vezes o irá dizer? Muitos dos jogadores que constituem o plantel até são estrangeiros, mas também há portugueses, será que ninguém percebe o que o treinador diz? Ou será que este já não consegue fazer chegar o que pretende aos jogadores? Quanto tempo mais continuará Ronny a jogar? Pereirinha não devia ter mantido a titularidade?

Lampard_1906

domingo, fevereiro 03, 2008

Mais uma

Confirma-se: não há maneira de ganhar fora de casa. Apatia, falta de vontade, tudo a pensar no Carnaval. A minha teoria para que não ganhemos um campeonato há seis anos, já agora caros Adelino e Ana, é esta: não há estaleca. Para ganhar é preciso ter estômago.

Gia

Gatinhos em vez de leões



Belenenses, 1 – Sporting, 0

Final de tarde tristonho, cinzentão, pouco público num estádio que tradicionalmente está às moscas... e mais uma derrota.

Jogámos muito pouco, sobretudo na primeira parte, faltou-nos agressividade, nunca conseguimos superar o colete de forças que Jesus montou e que os jogadores azuis bem implementaram.

No lance do golo de Zé Pedro todo aquele flanco estava destapado, em mais uma falha do nosso sector defensivo, onde hoje faltava Polga.
Na segunda parte, a novidade foi a estreia de Tiuí que entrou para o lugar de um Izmailov demasiado apagado, tal como o resto da equipa. Houve mais rapidez, houve bolas no poste do Belenenses, mas a equipa esteve mal na finalização dos lances.

João Moutinho revela cansaço, Veloso não rende, Romagnoli é muito "brinca na areia", Vukcevic esteve em noite não, Liedson teima em não facturar, pelo que se torna tudo mais difícil, como se viu na recta final do jogo de hoje, onde empurrámos o Belenenses para a sua área, mas sem resultado prático. Foi aliás um domínio consentido com os nossos jogadores a terem que optar pelos cruzamentos rasteiros, já que em centímetros os jogadores azuis superavam largamente os nossos.

Voltámos à angústia das derrotas, caímos para o quarto lugar e receio bem que quando defrontarmos os lampiões em Alvalade (depois de Amadora em casa e Setúbal fora), estejamos a uma distância superior a 3 pontos. Neste momento, não dependemos de nós nem sequer para o 2º lugar.

Vida de sportinguista não é fácil...

Leonino

Direito de resposta

Bem imaginem a minha surpresa quando abro o blog e vejo as minhas palavras citadas... Infelizmente, e pelos comentários, parece que é mesmo o que o Helder diz, isto parece mais o bate no adelino...
Não sei se a minha resposta vai merecer um aditamento ao post se não mas cá vai...


Por achar que a equipa é capaz de muito mais é que eu acho que o treinador não a sabe aproveitar, e não é de agora, a época passada foi o mesmo, e presumo que continuará a ser nas próximas: 1ª metade do campeonato oferece o título ao Porto com os seus erros e na 2ª metade luta pelo Campeonato da 2ª Circular...

O Paulo Bento é um treinador em formação e inexperiente não o queiram fazer um Mourinho!

Nunca teve um grande treinador na sua carreira, está a aprender por si e o Sporting é que está a pagar... Ah mas conquistou uma Taça? Vejam objectivamente os adversários que lhe calharam e com os jogadores que teve se não era exigivel? Ou o Pampilhosa ou o Belenenses têm um Nani, um Caneira, um Veloso, um Liedson, etc?

Este ano vai ganhar a Taça da Liga, mas como lá chegou? Guimarães em penaltys, Fátima da 2ªB empatou 4-4, e perdeu com o Setúbal e ganhou os outros dois da 2ª divisão em casa, para muita gente isto já é razão para estar mais dois anos no Clube, para mim não... Simples, não?

E, mais uma vez, repito, eu nunca assobiei, nem assobiarei um jogador! Não serve de nada assobiar um jogador, só o desmotiva e irrita! Mas não foi isso que aconteceu com o Penafiel e foi isso que eu defendi, que foi um protesto com uma opção do treinador, que se os adeptos não estivessem já "escaldados" com o Paulo Bento provavelmente não aconteceria, mas foi ele que provocou esta situação com os seus erros, e no caso particular do Farnerud também já expliquei o meu ponto de vista, em muitos jogos podia dar tempo a um jogador que foi o melhor da pré-temporada a par do Liédson para evoluir:Adrien Silva, mas não prefere sempre o Farnerud, no caso especifico, foi uma situação de espetáculo porque o jogo já estava resolvido e um empate bastava, as pessoas queriam ver o novo reforço e se tivesse cabeça o Paulo Bento tinha dado o braço a torcer e feito a vontade...

E também já o disse, o Paulo Bento com a vitória sobre o Porto ganhou o direito moral de permanecer até ao fim da temporada...E também mais uma vez digo, não é por criticar a Direcção que deixo de apoiar a equipa, os onze que entram em campo, meta lá isso na sua cabeça duma vez por todas! Ou é por andarem aí em reuniões e manifestos por acharem que alguma coisa está mal, que estão contra a equipa?!

Se a ana é tão Sportinguista como diz devia estar preocupada e tentar saber o porquê de o Sporting estar sem ganhar um campeonato há 6 anos: o segundo maior jejum da História do Sporting a seguir aos 18 anos! E não meter a cabeça dentro da areia como se nada fosse! Já oiço promessas e promessas há 12 anos das pessoas que lá estão! Primeiro, iamos ganhar 3 campeonatos de 5 em 5 anos e o património ia ser pago por si próprio, hoje afinal temos que vender tudo mas os "talentos" depois já ficam e vão fazer uma "equipa europeia"... Só demagogia e populismo!

Olhe para o seu Clube que ama! Olhe bem! E compare com os outros! O Porto e o Benfica têm passivos tão grandes como nós, no entanto, quantas modalidades competitivas têm? E já nem falo do pavilhão!E no futebol? Será que estão sentados numa mina de ouro, ou encontraram formas de aumentar as receitas? Nós todos os anos é camionetas de jogadores que vêm e vão, só dão despesas! E as empresas a que entregam os serviços do Clube? A Sportinveste que faz o site dos 3 grandes, já comparou o site do Benfica com o do Sporting? Não fica revoltada com a diferença de tratamento? E a TBZ que compra produtos dos "trezentos" em verde, mete o simbolo do Sporting e vende por 15E ou mais? Não merecemos melhor? Ex. produtos vintage,Dvds de grandes conquistas como a Taça das Taças? Tanta coisa melhor! Se eu criticar isto tudo estou contra a equipa?

E deixo mais uma vez o desafio ao Leonino, para quando um post sobre as trafulhices dentro do Clube? Lima de Carvalho, Godinho Lopes, Gaspar Ferreira, Rui Meireles, Carlos Freitas... Ainda se admiram do passivo que temos?Isto não é ser bota-abaixo, é preocuparmo-nos com o Clube, vocês quando criticam o governo querem mal ao País? Não pelo contrário, querem é o melhor! Deixem de ser tão acomodados! Se vocês andam com um sorriso na cara por perder o campeonato desde o Natal, então têm o Clube que merecem!

Mas isto não é o Belenenses, com todo o respeito, isto é o Sporting Clube de Portugal!

Os seus fundadores queriam que fosse tão grande como os maiores da Europa! Mas os seus herdeiros parece que ficam contentes em serem só os maiores da 2ª Circular! É triste! Acordem! É por conformismo desses que os que lá andam pensam que podem fazer o que querem, ou nada no caso!Não há mais ninguém? Então critiquem e exijam mais! Pelo Clube!Ainda há mais frentes? Há, e eu quero ganhar todas!

Viva o Sporting!
Obrigado!
adelino


Leonino

sábado, fevereiro 02, 2008

Merece ser publicado!

"Instalou-se no nosso Clube um sentimento de resignação e de conformismo, as desculpas são sempre as mesmas: os bancos, o azar, o Sistema, os maus momentos, nunca de quem manda!
A direcção não tem dinheiro, o treinador não tem jogadores, os jogadores não sabem mais, a culpa morre sempre solteira... As pessoas até acham normal que o Presidente diga que só dedica uma hora ao Clube, mas não, os adeptos coitados esses é que são a fonte de todos os problemas..." adelino, dixit

O problema, adelino, é que você e meia dúzia só querem DISCUTIR e muitos de nós que aqui andam querem FAZER alguma coisa.

RESIGNADO é você quando diz que a equipa não dá mais. Nós acreditamos que a equipa é CAPAZ DE MUITO MAIS. Pelos vistos, não acredita no Sistema, que não sendo de agora, deixou as suas marcas e estabeleceu grandes diferenças entre certas equipas.

Se quer que o Sporting tenha dinheiro, não pode desvalorizar os activos que têm, mandando-os constantemente abaixo, assobiando, desmoralizando.

Como já lhe disse, isso de o presidente só lá estar uma hora por dia não quer dizer nada: o orelhas passa horas no slb e não é por isso que anda a ganhar taças (como nós temos ganho), campeonatos (de há 8 anos para cá já ganhámos mais do que eles, e o que eles ganharam a gente sabe como foi) e a pôr a equipa a empolgar os adeptos com excelentes exibições (como no tempo do Peseiro e agora, quando não se está em baixo de forma).

Não estou a defender o fsf nem defendo qualquer presidente que lá esteja. Quero é defender e apoiar quem luta no(s) campo(s) para engrandecer o nome do Sporting, seja em que modalidade for.

Meti-me nisto de escrever neste blog há pouco tempo, não sei há quanto o adelino cá anda, mas tinha curiosidade em saber se quando o Sporting não está em crise, o senhor é assim tão crítico... estou desejosa de ver os seus comentários depois de termos ganho algumas das 4 FRENTES em que estamos e em que mais nenhuma equipa portuguesa está.

E não vá buscar a história dos 11 pontos, porque já foram 14, e o senhor devia ser daqueles que torciam para que nesta altura fossem 17!

Sporting sempre!!
ana


Leonino

Reina a tranquilidade


Estive há pouco a presenciar o treino da nossa equipa em Alvalade e constatei com agrado que há alegria no seio do grupo de trabalho, que os jogadores se empenham e que a massa adepta está com a equipa.
Por tudo isto e também por saber que grande parte das crises no nosso clube são criadas e empoladas nos (e através dos) jornais, estou optimista que vamos fazer uma boa recta final de época, onde a vitória do passado fim-de-semana funcionará como um excelente tónico.
Amanhã lá estarei no Restelo a apoiar a nossa equipa, até porque é sempre saboroso ganhar no reduto dos rivais de Lisboa.

Leonino

sexta-feira, fevereiro 01, 2008

UNIÃO DE BLOGS LEONINOS


Foi aprovada por unanimidade no passado Domingo dia 27 de Janeiro, no
espírito da Missão 2008, a criação da União de Blogs Leoninos, vulgo UBL.

Os seus fundadores são:
- Sangue Leonino http://www.osangueleonino.blogspot.com/
- Centúria Leonina http://centuria-leonina.blogspot.com/
- King Lizards http://kinglizards.blogspot.com/
- A Última Roulote http://ultimaroulote.blogspot.com/

A ideia principal subjacente a este projecto prende-se com a promoção de
ideias/projectos que, uma vez discutidas e aprovadas no seio da UBL,
permitam uma exposição simultânea em todos os blogs aderentes. O know-how
resultante dessa mediatização será aproveitado e incorporado na solução
final a apresentar ao Sporting, quando caso disso.
Os documentos aprovados pela UBL serão publicados em todos os blogs que dela façam parte.

Esta iniciativa é aberta a todos os participantes da blogosfera que queiram
aderir. Como requisitos para participação nas reuniões da UBL, deverão ter
espírito Democrático e como único interesse elevar o nome do Sporting Clube
de Portugal.

Inscrições em:
Pelo Sangue Leonino: luisferreirahenrique@sapo.pt
Pela Centúria Leonina: verdao@netcabo.pt
Pelos King Lizards: raul.ph@netcabo.pt
Pela Última Roulotte: ultimaroulote@gmail.com


Verde CDV