"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quarta-feira, dezembro 31, 2008

Que 2009 seja o ano do Leão!















São os votos da equipa de editores do Sangue LEONINO

terça-feira, dezembro 30, 2008

Formação de atletas e de homens
















Rui Patrício, em declarações ao Jornal do Sporting:

”Sinto-me feliz por estar no Sporting e na equipa principal. É lógico que passei por muitas etapas, algumas não foram fáceis, tive momentos bons e menos bons.”

“Com sacrifício e com querer ultrapassei todos esses momentos e aqui estou, a crescer, com um dos meus sonhos concretizados.”

Sobre o departamento de formação: “não faz só um trabalho de excelência na formação de jogadores, mas também na formação de homens.”


Está aqui o exemplo de um jogador modelo da formação do Sporting que aproveitou a sua oportunidade para singrar a nível profissional.
Com todas as vicissitudes da juventude cometeu alguns erros, mas soube sempre dar a volta por cima e mostrar a todos que tinha excelentes qualidades.
Alguns apontam-lhe um futuro brilhante, como aqui se pode constatar.

Faz uma afirmação digna de registo não somente pela sua juventude, mas porque toca num ponto muito sensível e discutido ultimamente.
Tenho para mim que a formação do Sporting é excelente e tem pessoas de excelência que formam não só grandes talentos, mas também formam homens de carácter. Contudo existem muitos factores exógenos e muitos interesses que gravitam em torno desses talentos e que tentam a todo o custo corrompe-los.
Existem aqueles mais pressionáveis que se deixam tentar, mas existem alguns que demonstra um carácter digno de leão.




Verde CDV

segunda-feira, dezembro 29, 2008

"A prioridade do grupo é ser campeão!"



Liedson, em delarações ao Record:

«[Sobre os supostos casos no plantel] Não quero comentar essas polémicas dos meus companheiros, prefiro fazer a minha parte. Somos uma família e todos temos de ajudar. Isso está a acontecer e tudo se vai resolver da melhor maneira possível»

“[Em relação a Djaló não festejar os golos] O melhor é perguntarem-lhe. Não sei porque isso acontece, porque ele não falou com ninguém. Deve ter os seus motivos, que entenderemos, mas o que devemos fazer é dar o nosso apoio, não só a ele mas a qualquer outro jogador que esteja a passar por uma situação assim.
Também temos de apoiar o treinador, ele sabe o que faz, ele é que manda e temos de respeitar as suas decisões, independentemente de qualquer coisa.»

«O maior objectivo e a prioridade do grupo é ser campeão (...) ficámos satisfeitos pelo empate sofrido pelo Benfica, frente ao Nacional (...) É bom para todos, porque a distância não se alargou muito e agora temos de ganhar pontos e fazer as contas no final do campeonato.»

«[Sobre o alegado interesse do Shaktar Donetsk em contratá-lo, por troca com Brandão] Não conhecia a proposta. Quero apenas fazer o meu trabalho e não me preocupar se vou ou não sair. Estou feliz aqui, já deixei isso bem claro.
Tenho contrato até 2010 e logo se vê o que vai acontecer depois.»


Um dos melhores avançados de sempre do nosso clube mostra a cada ano que passa uma notável evolução e uma maior maturidade, não só na forma de jogar e de estar em campo, mas também no modo prudente e sensato como profere declarações aquando das entrevistas.

Liedson contorna bem os temas que a comunicação social tanto gosta de abordar a nível de pretensos casos e insatisfações no seio do nosso plantel, tal como o faz em relação à sua suposta saída de Alvalade.

Levezinho: um verdadeiro símbolo do nosso clube que deixa bem vincada a certeza de que a liderança de um grupo não se faz apenas envergando a braçadeira de capitão.

Leonino

sábado, dezembro 27, 2008

Só com paz e união se pode ter um Sporting campeão.

O Sporting voltou este sábado ao trabalho com muitas ausências. Entretanto o mercado continua muito agitado para os lados de Alvalade, nada a que não estejamos habituados.
A nossa equipa não está em 1º lugar nem pratica um futebol vistoso, mas os seus jogadores estão profundamente na moda.
Há os descontentes por não jogarem e por isso até podem sair por empréstimo. Existem aqueles que nem dão entrevistas, mas depois aparecem citados na imprensa. Os jovens que jogaram poucos minutos, mas até têm mercado em Inglaterra e por fim o eterno caso Stojkovic. Com tantas saída é natural que se registem algumas entradas e assim já teremos um possível substituto no jogador Costinha.
Não consta que o Sporting esteja em saldos e por outro lado a crise não deve assolar somente o nosso país. Já agora a imprensa poderia não ser tão redutora e alargar o espectro do mercado.


Falando de uma coisa verdadeiramente interessante parece que o Sporting depende somente de si para ser campeão, pese embora o seu 4º lugar.
Contudo como sublinha o sportinguista Ernesto Ferreira da Silva: “ É preciso que todos contribuam para a tranquilidade da equipa, até porque os primeiros a tirar vantagem disso serão sempre os próprios jogadores.”


Destaque para este comentário do jornalista Mário Duarte no Jornal “ O Jogo “:

“É um mal nacional – ou um bem, se quiserem. A par do nacionalporreirismo, o botabaixismo congénito, por vezes – a maior parte – incoerente é, braços dados com Velhos do Restelo e outros ícones nacionais, a mais portuguesa das formas de encarar a vida. O futebol do Sporting não entusiasma. Adormece. Chateia. No entanto, e com recursos bem mais parcos que a concorrência – nunca é demais frisar, porque é verdade – os leões conquistaram quatro troféus nos últimos anos, participaram por três inéditas vezes consecutivas na Champions, prova em que chegaram pela primeira vez aos oitavos. É certo que com jogadores como Rochemback, Izmailov, Vukcevic, Veloso, Moutinho, Liedson, Derlei, Postiga e Djaló será sempre, sem medo, aposta alta. Mas os primeiros a bocejar agora com o futebol do Sporting, foram os primeiros a criticar o entusiasmante mas inconsequente – em termos de sucessos competitivos – futebol do tempo de Peseiro. É a vã vontade de dizer mal. Porque sim.”




Verde CDV

sexta-feira, dezembro 26, 2008

No país do despudor



Continua a farta vilanagem a favor dos lampiões. Como não chegava o 'colinho' que têm tido da comunicação social, beneficiam ainda dos favores das instituições e da classe política deste país, onde a desfaçatez, falta de vergonha e completa ausência de moralidade reinam a seu bel-prazer.

Ainda um dia haveremos de saber exactamente como se conseguem os verdadeiros milagres de pagar grandes ordenados e gastar enormes verbas na contratação de jogadores, vendo que as receitas não andam - nem de perto, nem de longe - ao mesmo nível.

Se nos lembrarmos da vergonha que rodeou todo o processo de licenciamento da operação de loteamento dos terrenos de Alvalade, ainda maior é revolta face a esta nojenta diferença de tratamento. É o país que temos... e que se calhar merecemos.

Leonino

quarta-feira, dezembro 24, 2008

Boas Festas



A equipa de editores do Sangue LEONINO deseja a todos os seus amigos um Excelente Natal, com muita paz, saúde e alegria!

terça-feira, dezembro 23, 2008

Espírito natalício paira no ar...



Anda um belo pandemónio na casa dos nossos directos rivais: enquanto uns voltam ao modis operandi de há uns anos, outros - tradicionalmente levados ao colo por imprensa e árbitros - desesperam por lhes ter sido anulado um golo limpo, ameaçando histericamente com a justiça!

Mas como a nossa casa não podia passar incólume a esta imprensa sequiosa de casos, hoje anuncia-se a ruptura total entre os dois compadres e amigalhaços e o nosso Sporting.

Sobretudo no último caso, que é o que verdadeiramente me importa, vamos ver no que dá, após os imbróglios Stojkovic, Moutinho e Vukcevic. Como os dois 'meninos' em questão até sugerem serem emprestados, se calhar não seria má ideia acabarem a época no Estrela da Amadora ou no caso de um deles regressar ao Olivais e Moscavide, onde também há atraso no pagamento dos ordenados, para ver se de uma vez por todas dão valor àquilo que lhes é proporcionado em Alvalade.

Confesso que estou a ficar farto de atitudes de birra por parte de meninos egoístas, mimados e mal-educados, cuja única preocupação é o dinheirinho na conta bancária e ter em cada dia um penteado mais exótico do que o do dia anterior.

Leonino

segunda-feira, dezembro 22, 2008

Eles acreditam. E vocês?





















Pedro Barbosa:
“O campeonato continua a ser o nosso principal objectivo.”
“Acreditamos que podemos ser campeões.”


Hélder Postiga:
“Há muitos jogos pelas frente e não podemos esquecer que o futebol é feito de altos e baixos. Espero que consigamos atingir o grande objectivo da época. Vamos trabalhar imenso para sermos campeões.”

Marat Izmailov:
“Na Liga dos Campeões o Sporting chegou aos oitavos-de-final e estamos nos lugares cimeiros do campeonato português, com boas hipóteses de conquistar o título.”

Adrien Silva:
“O meu desejo é ser campeão. Esse é um desejo individual e colectivo. Todos queremos chegar ao título no final da temporada.”


Congresso Leonino:

- Quem esperou tantos anos também poderia esperar mais três meses.
- Claro que o Congresso vai servir para contar espingardas.
- Mal estaríamos nós se as pessoas não conseguissem explicar o seu modelo.



Verde CDV

domingo, dezembro 21, 2008

Imprensa sempre ávida de sangue



Eu sei que se torna difícil não reagir perante as críticas e palpites que constantemente chegam de fora, mas Paulo Bento deveria resguardar-se mais e deixar que fossem outras figuras da estrutura do clube a responder à letra:

(Jornal O JOGO) O dia de ontem ficou marcado pelas declarações de António Veloso, antigo jogador do Benfica e pai de Miguel Veloso, médio leonino. Horas antes do confronto entre Sporting e Académica, o antigo internacional português acusou duramente Paulo Bento de "fazer a vida negra ao Miguel", seu filho, repudiando as afirmações do técnico, seu ex-companheiro na formação encarnada: "Não percebo porque o Miguel tem sido alvo destas situações. Nunca o ouviram dizer que quer sair, ao contrário de outros. Não estou a falar do Sporting, mas sim do treinador. Não quero conflitos mas tudo tem limites. Se não o querem deixem-no ir embora."
Paulo Bento respondeu, logo após o encontro: "Há situações que penalizam muito mais o Miguel que o Sporting. Não me parece que haja razões para dizer isso. A entrevista é um ataque mais pessoal, não ao Sporting. Ainda por cima o pai foi jogador e polivalente e devia ser melhor exemplo para o filho."


Em relação a outra situação, fico satisfeito que o nosso clube e os nossos jogadores comecem a dar sinais que estão a aprender, como foi ontem o caso:

(Jornal O JOGO) A zona de entrevistas rápidas do final do desafio, ontem da responsabilidade do canal Sport TV, não contou com qualquer jogador do Sporting, por recusa dos mesmos. Foram solicitados Miguel Veloso, Yannick Djaló e Vukcevic, mas nenhum dos três aceitou o "convite", pelo que o clube será multado pela ausência de jogadores no "flash-interview". Com o Estrela e com o Marítimo, últimos dois jogos, os mesmos jogadores recusaram-se a falar.

Por que motivo quererá tanto a 'inocente' e 'bem-intencionada' Sport TV entrevistar especificamente estes três jogadores nos nossos três mais recentes jogos, e não qualquer outro do nosso plantel?

Leonino

sábado, dezembro 20, 2008

Apesar da pálida primeira parte, merecíamos ganhar



Sporting, 0 - Académica, 0

Primeira parte pouco convincente por parte da nossa equipa, alguma falta de acutilância e 45 minutos desperdiçados. Nota ainda para a dualidade de critérios: exactamente no mesmo local onde sofremos aquele golo na sequência do livre directo prontamente marcado pelo Barcelona, foi-nos hoje negado o 1-0 em lance exactamente igual. Seria interessante que o International Board definisse de uma vez por todas um critério e não deixasse as coisas ao sabor do livre arbítrio...

Nos segundos 45 minutos a coisa melhorou, houve mais atitude, uma busca mais empenhada do golo, menos desacerto nos passes, Vukcevic deu cor ao nosso futebol, e só não marcámos porque aquele tipo vestido de rosa fez o jogo da vida dele, defendendo tudo o que lhe aparecia à frente, e também porque a equipa de arbitragem transformava cantos a nosso favor em pontapés de baliza para o adversário.

Corremos agora o risco de deixar de depender apenas de nós, perdemos pontos em mais um daqueles jogos onde não o devemos fazer (3 com o Leixões e 2 hoje), mas nada está perdido. Ainda há tanto para jogar e muitos pontos para serem amealhados. Haja ambição, competência e profissionalismo que poderemos lá chegar.

Por último, uma palavra para esta Académica que foi tão dócil frente a Benfica e Porto, mas que hoje parecia fazer o jogo da sua vida. Curioso...

Leonino

¿Y por qué no se callan?



Parece sina do nosso clube que nos momentos de maior acalmia interna no grupo de trabalho e de melhor consistência de resultados desportivos apareçam sempre os 'papagaios' externos, ávidos do seu momento de protagonismo, acabando inevitavelmente por criar alguma desestabilização.

Ora Vladan Stojkovic, ora Paulo Barbosa, ora Gilmar Veloz, ora António Veloso, ora outro qualquer, existe sempre alguém que se acha no direito de interferir no rumo do clube ou na gestão do grupo de trabalho feita pelo treinador.

Há já algum tempo que o peso dos empresários se tornou excessivo no mundo do futebol, levando-o para zonas mais sinistras, mas como se isso não bastasse, pelos vistos a moda de declarações extemporâneas e inconvenientes dos familiares dos jogadores - pais, irmãos, primos, sogros e afins - veio para ficar, não havendo mesmo quem os cale!

O curioso nisto tudo é que não vejo o empresário de Carlos Martins queixar-se pela perda de titularidade do seu representado, não oiço o pai de Lisandro lamentar que o filho é mal pago nem o irmão de Quim criticar Quique Flores pelo facto do irmão não ser convocado.

Como sempre na nossa comunicação social, em tudo o que tenha a ver com a vida do nosso Sporting: dois pesos, duas medidas!

Leonino

sexta-feira, dezembro 19, 2008

Complicado













O Sporting ficou a conhecer o seu adversário no sorteio dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.
Irá defrontar o Bayern de Munique actual campeão alemão,primeiro em Alvalade e depois no Allianz Arena.
Os jogos da primeira mão realizam-se a 24 e 25 de Fevereiro de 2009, com o jogo de volta a ser nos dias 10 e 11 de Março do mesmo ano.

Este não é um adversário desconhecido pois defrontámo-lo recentemente e depois de uma derrota em Alvalade fomos á Alemanha empatar. Desta vez podermos fazer o mesmo resultado na Alemanha e ganhar em casa.
A tarefa não se afigura fácil mas é nestes momentos que os jogadores se agigantam e se vêm as grandes equipas.


Sorteio:
Chelsea - Juventus
Villarreal - Panathinaikos
Sporting - Bayern Munique
Atl. Madrid - FC Porto
Ol. Lyon - FC Barcelona
Real Madrid - Liverpool
Arsenal - Roma
Inter - Manchester United



Verde CDV

quinta-feira, dezembro 18, 2008

Movimentações























Treinador e presidente vieram dizer que a equipa não se iria reforçar em Janeiro, contudo parece que o mercado já mexe para os lados de Alvalade.
Para além da já esperada saída de Stojkovic fala-se de outros nomes que não têm tido muitas oportunidades de jogar.
Stojkovic poderá ser emprestado ou vendido para a Alemanha ou até para a Sérvia seu país natal onde é desejado pelo Estrela Vermelha.
Surgem também os nomes de Ronny para o Herta de Berlim onde joga o seu irmão Rafael Araújo ou para o Steaua de Bucareste e Tiuí para o Brasil ou Japão.
A par destas movimentações o Sporting pretende comprar os restantes 50% do passe de Vukcevic. Uma excelente aposta num jogador jovem e promissor.

A verificarem-se estas saídas o clube terá de as colmatar e aqui podemos ter dois tipos de cenários. Se houver a realização de mais-valias significativas existe a possibilidade real de reforçar o plantel com um jogador de categoria confirmada.
Se esse encaixe não for significativo poder-se-á recorrer aos vários jogadores que estão emprestados. Não podemos esquecer o caso de Pereirinha que viu reconhecida a sua aplicação e evolução e foi repescado no mercado de Inverno.
Temos alguns jovens jogadores a evoluir noutros clubes que talvez merecessem essa mesma oportunidade. Sendo o caso mais evidente o do defesa esquerdo Tiago Pinto que vem evoluindo muito bem no Trofense.

Os sportinguistas que tiverem disponibilidade podem passar hoje pela Fan Lab do Alvaláxia pelas 18h para receberem um autógrafo dos futebolistas Rui Patrício e Romagnoli ou dos futsalistas Paulinho e Deo.
Amanhã pelas 17h haverá uma nova sessão de autógrafos com outros atletas.



Verde CDV

quarta-feira, dezembro 17, 2008

Parabéns Liedshow!




















Muito haveria para dizer sobre Liedson que hoje festeja 31 anos, exactamente o mesmo numero que utiliza na sua camisola.
Este jogador é um verdadeiro 31 em toda a acepção da palavra. O empenho, genica e garra colocados em campo falam por si.
Os recordes que vai batendo ao longo das épocas ficarão para a história do Sporting.
Onde teria chegado este caixa de supermercado se não tivesse começado a sua carreira profissional somente aos 21 anos.
Os restantes predicados e adjectivos que podem classificar este fenómeno deixo á vossa consideração.

Contudo não queria deixar de destacar algumas das suas frases ao jornal O Jogo:

“Sermos tudo o que sonhámos e mais ainda justifica toda a nossa existência.”

“Não há limites para os sonhos, e, após cinco anos e meio no Sporting, sou reconhecido. Sonhar, trabalhar e lutar é o meu lema, sem esquecer de onde vim. Sem isso, eu nunca seria 'o cara'.”

“Toda a vez que folheio o jornal e vejo essas tabelas de golos e goleadores, emociono-me. Ver o meu nome entre tantas glórias de um clube centenário, somente cinco anos depois de ter chegado, é um grande incentivo para trabalhar ainda mais. Mas é como disse, não estou aqui para bater recordes, mas sim para fazer o melhor possível para o Sporting. Estes cinco anos e meio que levo no clube têm sido maravilhosos.”

“Já ganhei outros, inclusivamente individuais, mas só me vou sentir completo quando for campeão. Na minha opinião, é algo que está perto. Ser campeão na época em que faço 31 anos? Quem me dera, seria inesquecível. O Sporting é o clube que mais me marcou na carreira, sem desprimor para os outros, e quero conquistar muitas coisas aqui.”

“O presente que mais me marcou foi o que recebi ontem [anteontem] de um amigo meu, o senhor Zé. Ele foi a minha casa e ofereceu-me uma camisola da Selecção Nacional com o meu nome estampado. Fiquei muito feliz. Já recebi muita coisa curiosa, mas por esta não esperava! Se calhar, foi um desafio...”



Verde CDV

terça-feira, dezembro 16, 2008

Optimismo vs Pessimismo

Caros comentadores e leitores deste blogue peço-vos desde já desculpa mas vou ter de desabafar convosco. Como a maioria de vós costumo ler vários blogues de cariz sportinguista e ultimamente tenho notado que começa a alastrar um grande sentimento negativo sobre tudo o que diga respeito ao nosso clube.
Não considero que seja uma onda de bota abaixo mas uma onda de pessimismo. Houve momentos em que se colocava em causa o treinador ou a direcção, actualmente noto que quase tudo é colocado em causa.
São dias e dias de artigos carregados de acusações e insinuações mais ou menos veladas que começam a minar cada vez mais a já de si depauperada onda verde de esperança.
Podem pensar que estou a fazer todo este discurso contra alguém ou algum blogue em particular, mas podem ficar cientes que não é isso que pretendo com este post.

O que me fez escrever num blogue sobre o Sporting foi a minha enorme paixão pelo clube e a possibilidade de a poder exprimir todos os dias. Contudo esta paixão não me cega a vista nem me tolda o raciocínio. Prezo-me de pensar pela minha cabeça e saber fazer analises minimamente coerentes. Assim também sei ver e reconhecer que existem muitas coisas que não correm bem no reino do leão.
Ao nível da direcção podem-se apontar várias falhas que têm prejudicado o clube gravemente. A começar pela deficiente politica de aproximação do clube aos sócios e adeptos, que culminou na célebre falta de militância reconhecida pelo próprio presidente. Outra falha bastante grave consiste no abandono a que foram votados os Núcleos Sportinguista que deverão ser sempre a maior força do sportinguismo. Graves deficiências ao nível do Marketing e Expansão. A falta de um homem forte para dirigir o futebol profissional do Sporting a quem se possam assacar culpas ou os louros e que possa fazer a defesa intransigente do clube perante terceiros. Permitindo ao treinador assumir unicamente o papel de líder de uma equipa.
As lacunas são várias e permitem-nos questionar se esta será a equipa ideal para comandar o nosso clube. O projecto tinha algumas virtudes, sobretudo económicas, mas ao longo deste mandato foram-se detectando graves deficiências.

Também ao nível do futebol se podem apontar algumas falhas. Apesar de se ter conseguido alguns êxitos a qualidade do futebol praticado ao longo desta época tem sido fraco e pouco atractivo. Quando seria de esperar exactamente o contrario.
O treinador tem cometido alguns erros ao longo da sua curta carreira. Alguns desculpáveis outros nem tanto. O seu estilo bastante disciplinador tem causado alguma perturbação junto de alguns jogadores. A sua frontalidade e sinceridade têm causado algum incómodo aos adeptos e têm custado algumas “guerras” com vários agentes desportivos que podem vir a prejudicar o clube. Alguns jogadores têm falado demais e nas horas mais inconvenientes.

Assim sendo não me custa nada reconhecer que existem muitas coisas más e que foram cometidos muitos erros. Compreendo que os nossos erros sejam sobrevalorizados perante outros de igual dimensão por todos aqueles que querem deliberadamente prejudicar e causticar o Sporting. Que do exterior se queira fomentar este tipo de politica tentando criar um mar de dúvidas e incertezas quanto ao futuro do clube será espectável. O que não considero curial é os da casa andarem todos os dias a repisar os defeitos tentando menosprezar sempre o que de positivo é alcançado.
Espero estar redondamente enganado sobre esta minha visão dos acontecimentos. Mas se a minha análise estiver correcta só me resta desejar que esta onda de negativismo e pessimismo não alastre para dentro do clube e para a respectiva equipa de futebol.
Pela minha parte haverá sempre optimismo, esperança e uma palavra de incentivo sem nunca perder a capacidade de criticar.



Verde CDV

domingo, dezembro 14, 2008

Entrada com o pé direito na taça da liga



Sporting, 3 - Marítimo, 0

Taça da Liga – Carlsberg Cup – 3ª fase – 1ª jornada

Estádio José Alvalade
Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco)

Ao intervalo: 1-0

Sporting:
Tiago; Abel (Caneira, 71 m), Daniel Carriço, Polga, Miguel Veloso, Adrien (Romagnoli, 75 m), Izmailov, Vukcevic (Rochemback, 59 m), João Moutinho, Yannick Djaló e Liedson.
Treinador: Paulo Bento
Suplentes não utilizados: Rui Patrício; Ronny, Tiuí e Hélder Postiga.

Disciplina: Cartão amarelo para Caneira (85 m).
Golo: Yannick Djaló (37 m), Liedson (70 m) e Romagnoli (90+2 m).

Marítimo:
Marcelo Boeck; Paulo Jorge (Víto Júnior, 49 m), Fernando Cardozo, Van der Linden, João Guilherme, Bruno, Olberdam, Miguelito, Marcinho (Pedro Moutinho, 73 m), Babá e Manú.
Suplentes não utilizados: Bruno Grassi; Bruno Fogaça, Luís Olim, João Luiz e Briguel.

Disciplina: Cartão amarelo para Manú (41 m) e João Guilherme (78 m).


Leonino

14 de Dezembro de 1986: Sporting, 7 - Benfica, 1




centenariosporting.com

Leonino

sábado, dezembro 13, 2008

Alternativas precisam-se!

Filipe Soares Franco afirmou que a realização do Congresso seria uma oportunidade única para o aparecimento de candidatos à presidência do Sporting. Posteriormente veio afirmar que salvou o clube e acusar alguns de falta de solidariedade.
Goste-se ou deteste-se este presidente foi eleito com base num projecto apresentado e sufragado por uma maioria.
Contudo parece que começa a sentir o desgaste e a contestação crescente a esse mesmo projecto. Com estas suas declarações polémicas veio convidar ao aparecimento de novos projectos e novas lideranças.
O repto está lançado a todos aqueles que colocam sistematicamente em causa esta liderança e este projecto. A pouco mais de seis meses das eleições seria de esperar que já houvesse algum esboço de candidato ou futuro projecto.
Alguns estarão porventura a aguardar a decisão de Soares Franco em relação á sua possível recandidatura ou até mesmo a guardar-se para o Congresso Leonino.
Num universo tão grande de sportinguista de certeza que surgirão alguns candidatos e projectos inovadores. Os actos eleitorais neste clube sempre foram muito disputados e concorridos excepção feita ao período das famosas cooptações.
Não devemos colocar nenhuma espécie de reticências em relação a qualquer futuro candidato, nem deveremos excluir ninguém porque já fez parte desta ou daquela direcção. Todos aqueles que cumprirem os requisitos devem apresentar-se munidos de vontade e coragem para continuar a fazer deste clube um dos maiores do mundo.
Na certeza porém e para lá do projecto inovador têm que ter em atenção uma premissa ainda mais fulcral que é restaurar a união entre todos os sportinguistas, pois sem este factor primordial nada fará sentido.



Verde CDV

sexta-feira, dezembro 12, 2008

Soares Franco em discurso directo
















“O mercado de Janeiro tem provado, salvo uma ou outra excepção que não confirma a regra, não ser muito apelativo para comprar nem para vender, por isso não nos devemos reforçar.”

“O Sporting não é solidário. Não é possível construir um projecto grande ou pequeno se não houver manifestação de solidariedade.”

“Tenho consciência de que salvei o Sporting, de que demos estabilidade mantendo activos da equipa de futebol, e tudo isso foi feito por amor à causa do Sporting, para provar que podemos ser um projecto desportivo. Tenho o maior orgulho e vaidade em tê-lo feito. Estamos em campo com oito atletas saídos da formação, o que é um grande orgulho.”

“Num Mundo competitivo, temos de ser melhores e mais eficientes, mais incisivos. O Sporting tem de ser melhor e, num mercado de dez milhões, tem de competir com maiores, e para isso é preciso inovar. Não podemos ficar amarrados àquilo que foi um sonho de um fundador. O Sporting é aquilo que o fundador sonhou e aquilo que temos o direito de sonhar aliando-o à realidade do presente. Se assim não for, morre. Peço a todos a maior das adesões.”



Verde CDV

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Coisas que nos deviam deixar orgulhosos!

Neste tempo de paz e concórdia o que se procura é a felicidade. O meu maior desejo era ver todos os sportinguistas felizes e orgulhosos pelo seu clube.
Ultimamente não faltam motivos para nos sentirmos orgulhosos do nosso Sporting.
Conseguimos uma passagem inédita aos oitavos de final da Champions League com 12 pontos em quatro vitórias. Ficámos em 2º lugar atrás do colosso Barcelona.
Reconheço que poderíamos ter feito mais nos confrontos directos; mas verdade seja dita, depois do sorteio ninguém pensaria passar em 1º lugar do grupo.
Portanto o objectivo foi cabalmente cumprido com o precioso acréscimo de 10 milhões de Euros.
Agora ficamos a pensar no sorteio de dia 19 e nos possíveis adversários que nos podem caber em sorte: Manchester United, Liverpool, Juventus, Bayern de Munique, Roma e Panathinaikos. Seria de evitar os primeiros quatro tubarões, depois entre Roma e Panathinaikos escolheria o primeiro.
Porque não fiquei convencido nos confrontos da época passada e porque é a equipa italiana com um estilo de jogo mais aberto.

Devíamos estar orgulhosos por apresentar uma equipa com cada vez mais portugueses e muitos deles jovens provenientes da nossa formação. Ultimamente acabamos os jogos com 6/7 jovens formados nas nossas escolas.
Podemos falar de Pereirinha que contrariamente a muitos vaticínios se está a afirmar como o futuro dono da lateral direita.
Daniel Carriço que está a passar de promessa a certeza com exibições personalizadas.
Que viu reconhecido o seu valor e por isso foi convidado a renovar contrato por mais cinco anos. Mesmo jogando pouco o jovem Adrien não deixa de demonstrar a sua qualidade. Para não falar dos já consagrados Moutinho, Veloso e Djaló.
Contrariando o mar de duvidas que se levantam á volta desta equipa tenho a nítida sensação que ainda podemos esperar grandes feitos.

As lesões que apoquentam alguns dos jogadores chave deste plantel andam a preocupar os sportinguistas. Vive-se com alguma ansiedade para saber ao certo o que se passa com o joelho do Liedson, o tendão de Aquiles do Vukcevic e com a mialgia do Pereirinha.
Actualmente são três peças bastante importantes na manobra da equipa e seria bom que não faltassem a muitas partidas.
Portanto como não percebo de medicina desportiva e como não dou credito a dissertações vou directo á fonte e procuro informações fidedignas. Espero que façam o mesmo.


O Sporting é sempre um motivo de orgulho!



Verde CDV

terça-feira, dezembro 09, 2008

Quatro vitórias, duas derrotas: excelente campanha!



Basileia, 0 - Sporting, 1

St. Jakob-Park, Basileia
Árbitro: Paul Allaerts (Bélgica)

BASILEIA
Costanzo; Morganella, Ferati, Marque e Safari; Carlitos, Huggel, Ergic, Frei e Chipperfield; Streller

Suplentes: Stöckli, Perovic, Stocker, Almerares, Mustafi, Derdiyok, Eduardo
Treinador: Christian Gross

SPORTING
Tiago; Pereirinha (Adrien), Daniel Carriço, Polga e Caneira; Rochemback (Veloso), João Moutinho, Izmailov e Vukcevic (Abel); Yannick Djaló e Derlei

Suplentes não utilizados: Ricardo Batista, Ronny, Postiga e Tiuí
Treinador: Paulo Bento

Golo: Yannick Djaló (19')


Grupo C - classificação final

1.º Barcelona - 13 pontos
2.º SPORTING - 12
3.º Shakhtar - 9
4.º Basileia - 1



Leonino

Prestígio e milhões

























O Sporting disputa hoje pelas 19h 45m (RTP1) o derradeiro jogo da fase de grupos da Champions League contra o Basileia, último classificado do grupo.
Não existe pressão de qualquer espécie pois a classificação deste grupo já está definida.
Contudo o Sporting tem o seu prestígio a defender e alguns milhões a arrecadar, mais precisamente 600 mil Euros em caso de vitória.
Os grandes ausentes serão Liedson por lesão e Rui Patrício por castigo. Apesar das mexidas que deverão acontecer na equipa titular existe a obrigação de apagar a má imagem deixada perante o Barcelona.
Já estando apurados e com o 2º lugar garantido ficaremos á espera de saber quais os vencedores dos outros grupos que nos podem calhar no sorteio de dia 19 de Dezembro pelas 11h na sede da UEFA em Nyon.


Lista de convocados:

Guarda-redes: Tiago, Stojkovic, e Ricardo Batista.

Defesas: Abel, Daniel Carriço, Anderson Polga, Pedro Mendes, Caneira e Ronny.

Médios: Adrien, Pereirinha, Miguel Veloso, Rochemback, João Moutinho, Vukcevic e Izmailov.

Avançados: Rodrigo Tiuí, Yannick Djaló, Hélder Postiga e Derlei.



Verde CDV

segunda-feira, dezembro 08, 2008

Prenda ou redenção?
























Parece-me que nem uma coisa nem outra. Alinho mais pela coerência de Paulo Bento.
Não me parece que o aproximar da quadra natalícia tenha feito o treinador do Sporting mudar radicalmente de convicções. Também não consta que Stojkovic tenha pedido a redenção.
Até porque os actos e palavras proferidas por si foram de uma gravidade sem precedentes neste grupo de trabalho.
Não podemos fazer comparações entre este caso e o de Vukcevic porque este sempre contou, enquanto Stojkovic sempre foi carta fora do baralho.
Derivado ao castigo de Rui Patrício o treinador não quis correr nenhum risco e chamou-o para a convocatória. Não querendo dizer que vá sequer ficar no banco.
Treina e recebe como os outros jogadores do plantel logo deve estar disponível para qualquer necessidade.

Quem não se lembra de Paíto e daquele golo na Taça de Portugal em que galgou todo o flanco esquerdo fez um túnel a Luisão e concretizou.
Paíto joga na Suiça ao serviço do Sion e deixou palavras simpáticas para o Sporting: "A equipa reforçou-se com jogadores experientes, como Rochemback e Hélder Postiga, e está mais forte. Acredito que pode ir ainda mais além na competição, e as meias-finais não são impossíveis. Com o Liedson na frente, é meio caminho andado para o sucesso".


PS: Hoje por volta das 17h disputa-se o jogo de Futsal Sporting – Freixieiro e pode ser visionado aqui.



Verde CDV

domingo, dezembro 07, 2008

Basta acreditar... e trabalhar!



Miguel Veloso:

«Com esta atitude chegamos ao título»

Espero que o nosso médio se esteja a referir à segunda parte do jogo da Amadora, aos primeiros minutos da segunda parte frente ao Barcelona e aos jogos com Naval e Guimarães. Se for esse o caso, se for esse o espírito que reina no grupo de trabalho e se houver convicção de vitória por parte de toda a família leonina, então acredito que podemos lá chegar.

É fundamental capitalizar a actual acalmia no seio do clube, a aparente redução das tentativas de desestabilização por parte da comunicação social, sendo também necessário que haja uma reconciliação entre a massa adepta e a equipa, fazendo com que a primeira volte a encher as bancadas do reino do leão.

Se tudo isso se conjugar, e atendendo à actual classificação da primeira liga, à nossa presença nos oitavos da Champions e ainda à taça da liga, então este poderá mesmo ser o ano do Leão!

1.º Leixões -> 23 (10 jogos)
2.º Benfica -> 22 (10 jogos)
3.º SPORTING -> 22 (11 jogos)
4.º FC Porto -> 20 (10 jogos)


Leonino

sexta-feira, dezembro 05, 2008

Terceiro triunfo consecutivo



E.Amadora, 1 - Sporting, 3

O Sporting hoje desafiou a lógica e fez o inverso daquilo que se esperava: em vez de resolver a partida no primeiro tempo, fruto da sua maior qualidade, optou antes por dar a iniciativa do jogo ao adversário, guardando a estocada final para os segundos 45 minutos.

O golo prematuro do Estrela contribuiu para algum nervosismo e apatia da equipa, mesmo que a igualdade surgisse pouco depois.

A uma boa exibição do nosso adversário no primeiro tempo, onde as oportunidades e os motivos de interesse escassearam, tudo mudou após o intervalo: os nossos jogadores apareceram mais determinados, empenhados em chegar ao triunfo, conseguindo a vantagem pelo inevitável Liedson e a tranquilidade da vantagem por 2 golos com o ressurgido - e aparentemente motivado - Vukcevic.

Como não podia deixar de ser, mais uma vez houve asneira da equipa de arbitragem naquele lance em que a bola entra na baliza através de Liedson, mas que o senhor Paulo Costa anula, assinalando pontapé de baliza, quando na realidade ou era fora-de-jogo (que o fiscal de linha não assinalou) ou canto, já que o defesa amadorense atirou para fora. O habitual nesse senhor do apito...

Terceiro triunfo consecutivo, um Vukcevic recuperado (será desta?) e a certeza que vamos estar mesmo na luta pelo título, havendo uma nítida subida de confiança da equipa e dos níveis exibicionais dos nossos jogadores.

Venha agora um triunfo em Basileia para apagar a derrota caseira perante o Barça e para manter em alta os níveis de motivação.

Leonino

Prémios Stromp



Queria deixar aqui umas palavras de felicitações dirigidas sobretudo aos nossos dois futebolistas Rui Patrício e Tonel, agora distinguidos com o Prémio Stromp, respectivamente revelação e futebolista do ano.

Sendo da mais elementar justiça destacar o facto do jovem guarda-redes ter passado incólume ao coro de críticas que recebeu - eu próprio as fiz por entender ainda ser prematuro dar-lhe a titularidade - e por ter sido atirado para a titularidade num momento difícil da equipa, quando esta jogava sobre brasas, creio que também Tonel está de parabéns, pelo empenho, garra e profissionalismo com que tem representado as nossas cores; aliás, aproveito para reiterar o que há muito venho defendendo: o defesa-central tem o perfil ideal para ser o detentor da braçadeira de capitão.

Não querendo deixar de felicitar os demais contemplados com o prestigiado prémio da nossa família leonina, aqui ficam também os seus nomes:

Marco Fortes (o atleta do ano)
Sofia Santos (a atleta do ano)
Maria Júlia Sobral (seccionista/coordenadora do ano)
Chen Shi Chao (técnico do ano)
Diogo Amado (Academia Sporting)
Rui Ascenção (dirigente do ano)
Francisco Araújo (dedicação)
Mário Cunha (saudade)
Jorge Salcedo (especial)
Carlos Pereira (especial)
Carlos Conceição Lopes (especial carreira)
Pedro Kol ( europeu)
Gonçalo Alves (europeu)
Rui Silva (europeu)
Rodrigo Gallego (mundial)

Muitos parabéns a todos e muito obrigado por tão bem representarem as nossas cores!

Leonino

quinta-feira, dezembro 04, 2008

Peyroteo: O melhor de todos os tempos
























Fernando Peyroteo é para muitos o melhor jogador que alguma vez actuou no campeonato português.
Não tive o privilégio de ver em acção a melhor máquina de fazer golos, mas quem viu diz que numa comparação directa com Eusébio este ultimo ficava a perder.
Este é um facto que pode ser constatado (aqui, aqui e aqui) e corroborado pelos números.
Fez parte da melhor equipa de sempre do Sporting Clube de Portugal os famosos cinco violinos. Esta autentica orquestra era composta por: Fernando Peyroteo, Albano, Jesus Correia, José Travassos e Vasques.
Talvez tenha feito parte da melhor equipa que alguma vez actuou no nosso campeonato.
Os seus feitos não são devidamente reconhecidos e enaltecidos assim como a celebre equipa dos cinco violinos.

Peyroteo e esta equipa tiveram o azar supremo de evoluir antes do aparecimento do fenómeno televisivo no futebol e assim nunca tiveram a devida e justa projecção internacional.
Eles são verdadeiros mitos, contudo alguns não querem reconhecer esse facto.
Outros tornaram-se mitos graças á exposição dos seus feitos via televisão e nunca conseguiram alcançar os recordes deste autêntico mito leonino.
A nível nacional esta equipa pede meças ás equipas dos anos 60 e só não ficou mais vincada nos anais da história do futebol mundial porque no seu tempo ainda não havia a Taça dos Clubes Campeões Europeus.
Jurou amor eterno ao Sporting quando a palavra dada valia de compromisso e nunca trocou o nosso clube por nenhum outro mesmo com ofertas generosas.

Por tudo isto o que peço é mais respeito e imparcialidade á imprensa manipuladora e criadora de mitos com pés de barro.
A mesma imprensa que reproduz estas palavras. Pode ser um ídolo para muitos (pelo menos 6 milhões?) mas se quer ser tratado com respeito tem de saber merece-lo.
Já todos tínhamos notado que o português não é o seu ponto forte mas desta vez exagerou. Talvez tenha tido alguma alucinação ao falar do passado pois parece que para aqueles lados ainda se vive noutra era.
Eu também não gosto nada do teu clube e os sportinguistas retribuem-te em dobro.



Verde CDV

quarta-feira, dezembro 03, 2008

Presentes de Natal







Está a chegar a quadra natalícia e começa a azáfama de procurar o presentinho da ordem para ofertar aos nossos amigos e familiares.
O Sporting resolveu dar-nos uma ajuda e lançou o presente ideal para oferecer pelo Natal. Assim temos uma Gamebox 2ª volta para sócios por apenas 85€ (10 jogos da Liga + Champions) e para adeptos por 95€ (10 jogos da Liga).
Além da Fan Lab estará à venda nas lojas Fnac dos centros comerciais Colombo, Almada Fórum e Fórum Montijo.

O objectivo é restaurar a militância e fazer com que mais sportinguistas voltem ao estádio. A meta cifra-se na venda de mais quatro a cinco mil gameboxs para se atingir a marca das 32.000.
Em tempo de crise esta é uma oportunidade de ouro que não pode ser desperdiçada até porque a direcção do Sporting deu uma resposta cabal ao excessivo preço dos bilhetes.
Esperemos que os sportinguistas saibam dar também eles a resposta afirmativa.

Parece que Paulo Bento não vai ter mais nenhuma prenda no sapatinho pois o Sporting não deve ir contratar mais nenhum jogador na abertura do mercado.
Os reforços podem estar dentro do próprio clube, como no caso de Vukcevic que se pode tornar bastante útil para o que falta percorrer.
Ou ainda ir repescar este miúdo que prometia bastante mas que tarda em explodir.

O que eu queria de presente era um estádio de Alvalade sempre cheio e uma equipa de futebol mais regular que nos proporcionasse sempre grandes espectáculos.


PS: Hoje podemos assistir ao derbi da Liga Intercalar na RTPN pelas 19h.



Verde CDV

terça-feira, dezembro 02, 2008

Esperança
























Existem muitas palavras que poderiam ligar os três futebolistas de que vou falar como: destreza, qualidade, categoria e Sporting. Contudo neste momento a palavra que para mim os liga é esperança.

Começo por falar do homem da fotografia que foi formado nas nossas escolas mas que fez o tirocínio na terra de sua majestade. A sua evolução foi contínua e hoje em dia é considerado por muitos como o melhor jogador do mundo.
Um conceito bastante discutível porque os jogadores têm variações de forma durante as épocas. Se falarmos da época de 2007/2008 em que marcou 42 golos e em que conquistou inúmeros troféus entre eles a Champions League parece justo que ganhe o título de melhor do mundo atribuído pela FIFA.
Agora que lhe foi atribuída a Bola de Ouro pela revista francesa France Football a esperança em que venha a ser distinguido pela FIFA é bastante grande e seria um enorme orgulho para todos os sportinguistas.

Daniel Carriço é um nome que estamos habituados a ouvir de alguns anos a esta parte seja através das selecções jovens ou das equipas de formação e em quem se depositavam enormes esperanças, pois já há bastantes anos que não sai da nossa formação um central de categoria extra.
Agarrou com ambas as mãos a oportunidade e começa a demonstrar que o futuro lhe pertence. Com qualidades acima da média e com grande capacidade de liderança podemos esperar que seja o patrão da defensiva leonina a médio prazo.
Não deixem de ler a entrevista deste jovem ao jornal do clube onde afirma a sua paixão pelo clube e elogia a formação. Numa altura em que a lei do vil metal fala mais alto pode ser esta a excepção que todos gostaríamos de observar.

Hoje é o primeiro dia do resto da época de Vukcevic pois vai ser o seu primeiro treino com todo o plantel depois do seu afastamento por motivos disciplinares.
Também neste caso a minha esperança é bastante alta pois creio estarem sanadas todas as divergências existentes.
Como bem salientou o treinador não é preciso pedir desculpas mas sim treinar com responsabilidade e profissionalismo para merecer a chamada aos convocados.
Com a sua inclusão a equipa ganha raça, agressividade, técnica e espontaneidade predicados que são muito bem-vindos numa altura de muitas lesões e em que é necessário um novo impulso para chegar ao topo.



Verde CDV