"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sábado, janeiro 31, 2009

Antes de um ciclo muito complicado... inoportuno empate num batatal!



Trofense, 0 - Sporting, 0

Estádio do Trofense, na Trofa
Árbitro: João Ferreira (Setúbal) - substituído por Nuno Campos.

TROFENSE - Paulo Lopes; Varela, Miguel Ângelo, Valdomiro, Areias; Delfim, Milton do Ó, Hugo Leal, Tiago Pinto; Reguila e Hélder Barbosa.

Treinador: Manuel Tulipa.

Suplentes: Marco, Zamorano, Pinheiro, David Caiado, Charles Chad, Edu Souza e Dagil.

SPORTING - Rui Patrício; Abel, Carriço (Romagnoli), Polga e Caneira; Izmailov, Rochemback, João Moutinho e Vukcevic; Derlei e Liedson (Postiga).

Treinador: Paulo Bento.

Suplentes não utilizados: Tiago, Pedro Silva, Tonel e Grimi.



Leonino

sexta-feira, janeiro 30, 2009

O futuro dono da baliza nacional




















Rui Patrício vem-se afirmando cada vez mais no panorama nacional e não será o golo sofrido na Madeira; onde teve uma quota-parte da culpa, que lhe irá ensombrar o futuro.
Paulatinamente e sem atropelos vai trilhando o caminho para o sucesso.
Mostra-se cada vez mais maduro e confiante nas suas capacidades, conseguindo transmitir um sentimento de segurança à restante equipa.
Mercê da sua afirmação e titularidade no Sporting já tinha sido chamado por Scolari para integrar os trabalhos da Selecção A de Portugal. Nessa altura com o estatuto de terceiro guarda-redes.
Nesta fase decisiva e crucial apresta-se para ser chamado novamente e com estatuto de numero dois.
Com mais jogos disputados e com mais tarimba confirma a evolução já aqui prognosticada.
Desta vez é o novo seleccionador a ver nele uma aposta cabal para a baliza nacional.
Quem sabe se daqui a um ano e meio não estará a disputar o Campeonato do Mundo na África do Sul e ai já com o estatuto de titular da baliza lusa.

Fiz sempre a defesa intransigente do atleta porque lhe reconhecia enorme potencial. Talvez um dia tenha o privilégio de o ver atingir ou quem sabe ultrapassar este enorme guarda-redes que já fez um percurso semelhante ao que ele está a trilhar.
Também foi contestado, mas teve a capacidade psicológica de resistir e progredir para se tornar um dos melhores do mundo.
Além de capacidades técnicas acima da média também vislumbro uma força psicológica tremenda no Rui Patrício. Para este posto especifico não são precisas somente capacidades físicas, mas sobretudo mentais.
A sua actuação na Madeira foi prova cabal do que acabei de dizer. Outro qualquer teria ficado destroçado depois daquele golo. Contudo, soube ultrapassar e ir a tempo de ajudar a equipa a não sair derrotada.
O futuro está literalmente nas suas mãos e afigura-se brilhante.

A propósito de guarda-redes, parece que a transferência de Stoijkovic para o Getafe esteve comprometida.Desta vez o atleta não teve culpa nenhuma no acontecido.



Verde CDV

quinta-feira, janeiro 29, 2009

Mais vale tarde que nunca
















Alguns podem dizer que o homem acordou tarde de demais. Prefiro pensar que andou atarefado a resolver outros problemas urgentes e foi descurando outras áreas tão ou mais importantes que a financeira.
Outros virão dizer que está em pré campanha e ainda sonha concorrer à presidência num volte face acrobático. Sinceramente essa não é a abordagem que me interessa fazer neste post.
Interessa destacar esta nova abordagem no que diz respeito aos sócios e ecletismo.
Antes do anúncio da sua não candidatura, já FSF tinha iniciado este périplo pelos núcleos. Na altura foi apelidado de oportunista.
Verificamos agora que os seus intentos eram genuínos e visavam de facto uma aproximação entre o clube e o seu bem mais precioso.

Nesta deslocação ao Norte vai aproveitar para visitar alguns núcleos e conviver com os sportinguistas genuínos e sofredores.
Porque os sportinguistas que estão longe do clube e não podem participar activamente na vida diária do clube sofrem tanto ou mais que os outros.
Não somos conhecidos e não queremos protagonismos de nenhuma espécie mas pelo clube do coração fazemos os sacrifícios mais incríveis que se fossem públicos fariam calar fundo muitos dos notáveis e aspirantes a notáveis.

Com o anúncio de hoje parece que o Sporting vai ficar mais eclético. O clube vai aderir a uma modalidade em verdadeira expansão.
O futebol de praia é uma modalidade em implementação a nível mundial e tem cada vez mais adeptos e prestigio.
Iniciar uma modalidade é sempre um motivo de satisfação, mas inicia-la com o melhor jogador do mundo e ainda por cima sportinguista convicto é ainda mais saboroso. O jogador recentemente consagrado pela FIFA; Madjer e o jovem sportinguista Belchior vão ser os rostos mais visíveis desta nova equipa.
Além de apostar nesta modalidade em expansão; tal como o Rugby, talvez seja tempo de tentar restaurar outras que fizeram historia no clube.

Não gostaria de terminar sem deixar de endereçar os parabéns a Vukcevic pelo seu aniversário e felicita-lo por este gesto magnifico.
São gestos como este que me comovem e fazem acreditar cada vez mais que se quisermos podemos fazer os outros felizes com muito pouco.
Se isso for conseguido através do desporto e do Sporting em particular fico ainda mais feliz.




Verde CDV

quarta-feira, janeiro 28, 2009

Um clube: duas visões.

Neste blogue gostamos de comentar todas as notícias que digam respeito ao nosso clube, tal com esta ou esta. Mas também gostamos de estimular o debate de ideias sobre o Sporting.
Assim o que vós proponho é uma troca de ideias sobre qual o melhor modelo a adoptar para o futuro do Sporting Clube de Portugal.
Como está implícito no título do post apresento-vos duas visões que foram defendidas por dois participantes do blogue.
Tenho de fazer uma ressalva, para que não possa haver algum mal entendido por parte de nenhum dos dois amigos.
Esta troca de opiniões deu azo a vários comentários num dos posts anteriores (AG Extraordinária) e só trouxe para a colação o que me pareceu mais importante.
O que se debate nestes comentários entronca na última entrevista dada por FSF ao jornal Record e diz respeito ao modelo a seguir pelo Sporting.
Para quem não leu ou quer voltar a ler deixo aqui e aqui a entrevista gentilmente cedida pelo nosso amigo Leão de Alvalade.
Não obstante estarem aqui espelhadas duas visões do nosso clube não se coíbam de deixar a vossa.


Leaoconselheiro:

Vamos restringir-nos aos factos. O que Soares Franco propõe é isto, que não tira o poder aos sócios, pelo contrário torna-o mais extensível a todos os sócios e não a apenas aqueles que se organizam para fazer passar as suas moções em AG. Para além disto, propõe um modelo mais organizado e ao serviço da progressão do próprio clube. Dizer que o modelo de Soares Franco é outro não faz sentido porque é isto que ele propõe e não outra coisa qualquer.

Quanto às AG, SF tem alguma razão e a prova disso mesmo é o que aconteceu depois do anúncio da sua não recandidatura. Ou seja, chegamos à conclusão que as discussões trazidas a publico por movimentos alegadamente pró Sporting não passam de uma série de questões que têm como fundo uma suspeita pessoal dirigida a quem está à frente do clube, passando a suspeita de que há dinheiros escondidos e que há interesses pessoais por trás das decisões. Ao abdicar da sua recandidatura, SF esvazia um discurso que devia ser sobretudo ideológico e não sobre questões pessoais.

De resto, creio que o modelo pode ser discutido, mas não podemos estar baseados permanentemente na suspeita. 200 ou 250 sócios representantes são o garante de uma grande pluralidade de opiniões. Outra coisa que não pode acontecer é contra informação. Se SF não propõe retirar o clube dos sócios, antes sim, torná-lo mais democrático e organizado, é isso que deve ser dito e não o contrário.



JG:

Conceptualmente, a visão de Soares franco é de um clube sem sócios, nem amadoras! Ele assumiu essa posição repetidamente e o que ele diz sobre a AG pedida pelo LdV só confirma esse facto. Se leu essa passagem da entrevista, repara certamente que ele não aceita o direito dos sócios em pedir uma AG deste tipo, nem que os sócios façam exigências de qualquer tipo á gestão!

Por isso, o Sporting de Soares Franco é um Sporting que eu não desejo!

Quanto á passagem que transcreve, também a mim me parece que o modelo de hoje é ineficaz. Já o escrevi noutros fóruns. Parece-me que o modelo apontado pode ser discutido. Não me choca. Com 2 salvaguardas:

1) Ser mantido o direito de os sócios requerem AG extraordinárias, mediante certos requisitos. E facilitar a realização dessas AG com mecanismos que impeçam que uma Direcção ou Presidente da AG possam reter essas propostas 7 meses numa gaveta...

2) A nomeação dos sócios representativos deveria ser feita em eleição desligada da dos corpos dirigentes e com mandato que não coincida com os mesmos (a meio de cada mandato) para desligar a Direcção desse órgão e ele ser de facto representativo dos sócios. A eleição deveria ser nominal e não por listas, também para assegurar essa representatividade!



Verde CDV

terça-feira, janeiro 27, 2009

Fica Liedson!
























Ontem no programa “Resultado Final” da Sport TV1; onde Liedson foi o convidado principal, o nosso capitão Manel fez o apelo que eu gostaria de ter feito e que está espelhado no titulo do post.
Qual director desportivo apelou ao coração do Levezinho para terminar a carreira ao serviço do nosso clube e ainda fez votos para que conseguisse bater o seu numero de golos. Esta verdadeira lenda viva transpira sportinguismo por todos os poros.
O Sporting precisa de homens com esta mística e carisma na sua estrutura dirigente.
Desta vez sou eu que lanço um repto à actual ou futura direcção do meu clube:
“Contrato vitalício para o capitão Manel, já!”
O Manel não é vaidoso ou pretensioso, portanto aceita qualquer cargo desde que esteja ligado ao clube do seu coração.

Esta foi a resposta de Liedson:
"Aceito o desafio de terminar a carreira aqui no clube que me deu tanto. Já o disse antes. Estou tranquilo, com a cabeça boa e muita vontade de continuar a trabalhar aqui. Todos sabem que o meu pensamento é ficar no Sporting por muito mais tempo. Sou profissional, mas não me vejo com outras cores."

Liedson está na esteira dos avançados míticos que já passaram pelo Sporting e vai com toda a certeza figurar na categoria das lendas leoninas.
A propósito deste tema vejam a resposta humilde que proferiu:
"Tenho consciência da minha importância e fico muito feliz. Sei que, mais tarde, poderei vir a ser uma lenda, mas tenho de continuar a retribuir tudo isso com mais golos. É algo que devo a todos os companheiros e técnicos que tive."


Obrigado Liedson! por todas as alegrias que já nos deste e vais continuar a dar.



Verde CDV

segunda-feira, janeiro 26, 2009

Se tu dizes!













As palavras são de Vukcevic e será que merecem a concordância de todos os sportinguistas.

"…se no final de Fevereiro estivermos no primeiro lugar, acho que vamos ganhar o título."

"Trabalho muito para ajudar a equipa e ganhar o campeonato."

"Dou sempre o máximo e quero ganhar. Faço tudo, às vezes mais que o que posso para ajudar a ganhar."


Continuo a acreditar que esta equipa tem potencialidades para se sagrar campeã.
Tenhamos a sorte de não ter lesões graves em pedras chave e lutaremos pelo título até final.

Esperemos é que a vergonha que já aqui foi denunciada e que agora se repetiu com outras cores não continue.
Não queremos benefícios, mas também não admitimos que em momentos cruciais do campeonato se nomeiem árbitros para favorecer determinados clubes escamoteando a verdade desportiva.
Não existe a menor dúvida de que nestes últimos anos o FCP tem sido empurrado em momentos decisivos.
Basta atentar que até agora o erro mais crasso em nosso benefício foi num jogo que nada decidia e numa competição menor. Mas tem servido para tapar outros ainda mais graves e determinantes na classificação da prova mais importante do calendário nacional.



Verde CDV

sábado, janeiro 24, 2009

Era para ganhar... mas faltou eficácia!



Nacional, 1 - Sporting, 1

Como dizia o Verde CDV num texto anterior era mesmo para ganhar, visando aproveitar o empate dos encarnados no Restelo, podendo o nosso Sporting saltar assim para a liderança isolada desta liga.

O problema é que falhámos esse objectivo, saímos da Choupana com apenas 1 ponto e arriscamo-nos a ser ultrapassados pelo FC Porto, e pelo que se está a ver em Braga com o colinho do artista Paulo Costa. Havendo um presidente bracarense que até é portista e com vários jogadores ex-FC Porto na equipa da casa, até parece que está tudo a ser jogado 'em família'...

Na Madeira o golo inicial traiu a estratégia da equipa, esta demorou a encontrar-se e raramente chegou com verdadeiro perigo à área nacionalista. O problema esteve aliás em conseguir rápidas transições e em fazer chegar a bola em condições a Postiga e Liedson. Uma vez mais o senhor de apito na boca também fez das suas - no caso, Artur Soares Dias - e só ele descortinou uma grande penalidade contra nós, mas que felizmente Rui Patríco defendeu, confirmando que 'Deus escreve direito por linhas tortas'. Com 2-0 seria bem mais complicado.

Curiosamente, a partir daí, o Sporting passou a ser mais acutilante, ganhou outra confiança e começou a criar mais perigo, culminando no golo do empate, obtido num belo lance construído por Liedson e finalizado por Vukcevic, dando assim maior justiça ao marcador.

No segundo tempo vimo-nos privados de Vukcevic, por lesão, e isso limitou a nossa ofensiva em busca do segundo golo, mesmo que Pereirinha até tenha - uma vez mais - entrado bem no jogo. Dominámos a segunda parte, o Nacional limitou-se a defender e a procurar algumas brechas através de contra-ataque, mas o jogo acabou mesmo numa lógica de parada e resposta, com João Moutinho num último lance a falhar a oportunidade de sentenciar o jogo.

Perdemos dois pontos, não descolamos de lampiões, arriscamo-nos a ser ultrapassados pelos portistas, mas ainda há uma segunda volta inteira para se disputar.

Leonino

É pra ganhar!









Paulo Bento:
"Estamos focalizados nessa partida, até porque o objectivo é terminar a primeira volta em primeiro lugar."
"O Sporting tem de ser equilibrado e na transição defensiva tem de estar ao melhor nível. Se o fizermos temos mais capacidade para vencermos na Madeira."


O Sporting tem hoje a possibilidade de dobrar a 1ª volta do campeonato em 1º lugar, tal como aconteceu da última vez que se sagrou campeão.
Para isso conta com o apoio incondicional dos adeptos madeirenses que acreditam na equipa e que fazem da militância um ponto de ordem.
Os mais entendidos no desporto dizem que os ataques ganham jogos e as defesas campeonatos.
Sendo o nosso treinador um apologista desta teoria esperemos que esta se venha a confirmar na plenitude.


Lista de convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago

Defesas: Abel, Polga, Tonel, Carriço, Grimi e Pedro Silva

Médios: Adrien, Pereirinha, Rochemback, Moutinho, Izmailov e Vukcevic

Avançados: Derlei, Tiuí, Postiga e Liedson.




Verde CDV

sexta-feira, janeiro 23, 2009

Conselhos sábios



















O jogador Custódio que representou o Sporting e que regressou a Portugal para jogar no Vitória de Guimarães deu uma entrevista ao Jornal Diário de Noticias.
O tema Sporting não podia deixar de ser abordado e a dado passo; como seria expectável, surgiu a inevitável pergunta sobre as polémicas com os jogadores.
Atentem na resposta lapidar de Custódio:

“Apenas sugiro a toda a gente que representa o Sporting que dê o máximo pelo clube. Que se lembre do que o clube faz por eles e que sejam profissionais.”

Não deixem de ler esta entrevista, não só por abordar outros temas relacionados com o Sporting, mas porque evidência o carácter humilde dum jogador extremamente correcto.


Na antítese deste conselho surge também hoje esta notícia. Para mim a vontade do jogador nem é muito relevante, pois quem terá a ultima palavra é sempre o clube.
Contudo, confesso que começo a ficar um pouco enjoado com toda esta novela e com os aproveitamentos cíclicos deste jornal.
Porque já todos percebemos que nas alturas cruciais dá sempre jeito fazer renascer certas polémicas. O que eles ainda não entenderam é que o jogador não sairá e que no final do campeonato terá motivos para festejar.



Verde CDV

quinta-feira, janeiro 22, 2009

O Sporting necessita do apoio sportinguista!




Esta época tem ficado marcada por assistências em Alvalade, aquém da real grandeza do Sporting. É algo que temos que inverter, é no apoio ao Sporting que a massa adepta tem que mostrar a sua garra!

Recentemente foi criada uma nova versão da Gamebox, para a 2ª metade da época tendo sido assumido como objectivo atingir as 32 mil gameboxes vendidas. Constato no entanto no site do Sporting, que foram vendidas cerca de 500 Gamebox 2, embora ainda esperando que aumentemos este número.

Aquilo que gostaria era que os sportinguistas, esta grande família sportinguista que já mostrou ser muito forte, voltasse a apoiar o Sporting em grande número, com um apoio que já mostramos anteriormente que pode ser galvanizador, motivador e de grande força para a nossa equipa principal de futebol que pode esta época dar-nos grandes alegrias e festa no final da temporada!
O mesmo gostava de ver em relação às modalidades, sendo que no futsal e no andebol esse apoio pode fazer com que a recuperação a que temos assistido possa ser frutuosa, um incessante apoio necessita-se de forma a chegarmos aos ambicionados títulos nas modalidades!

Fazendo um paralelismo deste apelo, é como na selva um leão a rugir sabendo que existem muitos outros leões nesta mesma selva e chamando-os para que todos em conjunto consigam conquistas, porque o Sporting com todos os sportinguistas juntos e em grande apoio à equipa será mais forte rumo à glória desejada!

Vamos a isto, Sportinguistas!


Vamos vencer, Sporting!!!


Lion King

quarta-feira, janeiro 21, 2009

Expulsão directa!












Vítor Pereira:
"Se as pessoas não acreditam no futebol, não vão ao futebol."

São frases como esta que afastam os adeptos e trazem descrédito ao futebol português ainda para mais proferidas por um alto responsável da arbitragem.
Nós acreditamos no futebol e nos verdadeiros artistas, não naqueles que querem fazer deste desporto um espectáculo triste e cinzento.
Ainda vamos porque somos todos um pouco malucos e apaixonados pelos nossos clubes, porque se fossemos mais racionais nem lá púnhamos os pés.
Quando existem homens de negro que confundem autoridade com autoritarismo estamos conversados.

Bruno Paixão:
"Se não defendermos o nosso espectáculo, vamos destruí-lo. Os árbitros trabalham todos os dias, treinam a nível mental, físico e técnico, para terem menos erros, mas o erro faz parte do nosso espectáculo."

Estas são as palavras dum arbitro que não tem as aptidões mínimas para desempenhar as suas funções e que já destruiu mais o espectáculo que todos nós juntos.
Quando um indivíduo da sua craveira técnica chega a árbitro de 1ª categoria e depois a internacional está tudo dito.


Para perceberem melhor do que estamos a falar consultem este artigo com as remunerações dos árbitros da 1ª categoria. Depois de lerem vão ficar a compreender porque razão os árbitros não querem a profissionalização.
A remuneração até poderia subir, mas os castigos não seriam tão ridículos e no final alguns teriam de indemnizar a Liga.
Destaco o último parágrafo do texto porque concordo em absoluto com a ideia e porque pode representar o futuro do futebol.




Verde CDV

terça-feira, janeiro 20, 2009

Alma Sportinguista!














David Carlos é fã do Sporting. Na foto com a mulher, Tara, e o filho, Cristiano, em homenagem ao jogador.

Fã do Sporting, David Carlos é filho de portugueses. Nasceu em Holoky, Massachusetts. A mãe é de Peniche e o pai de Alcobaça, onde têm um apartamento. Os pais vêm a Portugal todos os anos e ele não passa mais de dois anos sem cá vir. O luso-descendente acredita que foi um milagre que evitou a tragédia. Sempre que vem a Portugal a família costuma ir a Fátima. Quando voltar cá, lá irá agradecer a Nossa Senhora por ainda estar vivo.

Alertado pelo amigo 8, fui ler a notícia deste português que sobreviveu à queda do avião nos Estados Unidos da América. Confesso que não sou leitor do jornal Correio da Manhã, portanto passar-me-ia totalmente ao lado.
Dei de caras com um indivíduo vestido com a camisola do nosso querido clube. Despertou-me a atenção e li avidamente ainda mais sendo um conterrâneo do Oeste.
Podia ter colocado uma camisola qualquer para esta entrevista, mas o seu sentimento e alma sportinguista falaram mais alto e lá está ele com a camisola mais bonita do mundo.
Num momento em que se fala de falta de militância e de esmorecimento da alma sportinguista ai está um exemplo de como o Sporting não só tem alma, como está viva. O Sporting não é somente um clube de Portugal mas do mundo.



PS: O sorteio das meias finais da Taça da Liga ditou um Sporting - Porto, que será jogado no dia 4 de Fevereiro.




Verde CDV

domingo, janeiro 18, 2009

Têm sido muitas!

Decorrida meia temporada da nossa equipa de futebol tenho constatado um número muito elevado de lesões musculares. Têm sido muitas!

Não sendo especialista em Medicina Desportiva, Ortopedia, Fisiologia do Esforço ou outra Ciência parecida, não será por isso que deixo de partilhar convosco estas minhas preocupações.

Estranhamente a comunicação social não se tem debruçado sobre o assunto.

Não vou aqui falar sobre outras mazelas, mais ou menos traumáticas, ou fruto de entorces ou mialgias, como seriam os casos Tiuí, Izmailov, Romagnoli ou Derlei, que os deixaram de fora naquele ou noutro jogo. Mais importante e grave são os casos de lesões musculares reconhecidas pelo Departamento Médico, de Setembro até agora.

De memória, isto é, sem recorrer a algum arquivo, cito os casos de Abel, Polga, Tonel, Caneira, Pereirinha, Rochemback, Miguel Veloso e Yannick. E poderão haver mais, que agora não me ocorrem.

Parem-me casos a mais em tão pouco tempo.

Que acham os amigos Sportinguistas?

Um Abraço Sportinguista dum Sportinguista do Norte,

Gabriel Almeida

Objectivo cumprido!



Sporting, 5 - Paços de Ferreira, 1

Na noite chuvosa e fria em que apenas seis mil e tal espectadores estiveram em Alvalade, fica o apuramento para as meias-finais da taça da liga - frente a V. Guimarães ou FC Porto - fica ainda uma exibição agradável, os três golos do 'capitão' Liedson e o golão magistral de Marat Izmailov. Objectivo cumprido!

3ª jornada da III Fase da Taça da Liga
Estádio José Alvalade
Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).
Árbitros auxiliares: Pedro Garcia e José Lima.Resultado ao intervalo: 1-0.

SPORTING
Ricardo Baptista; Pedro Silva (Abel, 67 m), Daniel Carriço, Marco Caneira e Ronny; João Moutinho (Bruno Pereirinha, 45 m), Rochemback, Romagnoli (Adrien Silva, 45 m), Marat Izmailov, Simon Vukcevic, Liedson.

Treinador: Paulo Bento.

Suplentes não utilizados: Tiago, Hélder Postiga e Tonel.

Disciplina: cartão amarelo a Caneira (76 m).

Golos: Liedson (45, 47 e 87 m), Marat Izmailov (65 m) e Simon Vukcevic (74 m).

PAÇOS DE FERREIRA
Cássio; Filipe Anunciação, Ricardo, Kiko e Chico Silva (Cristiano, 24 m); Paulo Sousa (Rui Miguel, 17 m), Dedé, Pedrinha, Kelly, André Pinto (Ferreira, 45 m) e Edson.

Treinador: Paulo Sérgio.

Suplentes não utilizados: Coelho, Filipe Gonçalves, Tiago Valente e Carlos Carneiro.

Disciplina: cartão amarelo a Kiko (39 m). Golo: Cristiano (54 m).


Leonino

sábado, janeiro 17, 2009

"Boa vontade... de todos"

Tenho andado muto ausente devido a motivos pessoais mas nunca perdendo pitada do que se passa na vida do nosso clube e daquilo que se vai escrevendo nos jornais e nos blogs, e ouvindo na comunicação social.
A propósito de críticas à equipa, ao treinador, aos dirigentes, a putativos candidatos e tantas outras situações que retiram a serenidade e a tranquilidade à família sportinguista, gostaria de deixar aqui umas palavras da autoria de Júlio de Araújo, na altura presidente da direcção e proferidas no longínquo ano de 1922:

"Se o Sporting é hoje um grande Clube, isso não se deve bastar àqueles que por ele se interessam e se honram sendo seus associados.
Nós devemos procurar torná-lo maior; torná-lo tão grande que possamos um dia ter a justa vaidade de considerar o nosso Clube, não como um grande clube, mas como um Clube tão grande que não seja possível excedê-lo (...)"

Estas palavras foram dirigidas em forma de elogio ao modo como o então associado leonino José Pontes havia escrito no Livro de Visitantes do Sporting a suposta receita para se ter sucesso:

"Boa vontade... de todos
Iniciativa... de muitos
Trabalho persistente... de bastantes
Camaradagem... sempre
Avie na farmácia esta mistura do Sporting Clube de Portugal e não há mal que resista!"


Será que esta tradição recente de lavar roupa suja em público, parecendo que às vezes nos esquecemos da grandiosidade do clube que amamos, presta justa homenagem a estas palavras ditas há mais de oitenta anos? Reflictamos sobre isso.

Via VERDE

sexta-feira, janeiro 16, 2009

Reforço vindo do Norte



Depois de três contratações recentes de peso para a equipa de editores do Sangue LEONINO, tenho muito prazer em anunciar - após um árduo e exigente processo de negociação - a chegada ao nosso seio do amigo Gabriel Almeida, indefectível leão do Norte, mais concretamente da Senhora da Hora.

O nosso novo colega é um leão de sempre, contando ainda com participações televisivas no programa 'A Bola é Redonda', no Porto Canal, onde a par dos consócios Paulo Ferreira do Amaral e Fernando Machado, defende com unhas e dentes esta causa que a todos nos apaixona e move: o Sporting Clube de Portugal.

Estamos certos que o contributo do nosso novo reforço será muito interessante e enriquecedor, sobretudo por nos permitir ler a forma como se vivencia noutra região o sportinguismo e tudo aquilo que ele representa. Passo a passo, também neste blogue vamos tendo a globalização do nosso Sporting, com editores do Norte, Centro, Sul, Açores, Canadá, Reino Unido e Luxemburgo.

Que seja muito bem-vindo!

Leonino

AG Extraordinária

Depois de muito porfiar o Movimento que lhe deu origem acabou por abdicar da mesma. Contudo o Presidente da Mesa da Assembleia-Geral; Rogério Alves convocou-a para o próximo dia 25, às 15 horas, no Pavilhão Paz e Amizade em Loures.
A convocatória tinha 318 subscritores e fica por esclarecer se algum deles deu continuidade ao processo ou se foi por vontade dos órgãos dirigentes.
Pois segundo esta notícia será o clube a suportar todos os custos do evento.

Mesmo ficando a aguardar futuros esclarecimentos, não posso deixar de tecer algumas considerações.
Compreendo algumas das razões evocadas, mas parece-me que seria uma altura pertinente para colocar algumas questões. Quem tanto porfiou deveria tentar alcançar algo mais mesmo sabendo que algumas premissas se tinham alterado.

A vida do clube não pode parar mesmo depois do anúncio de FSF e será sempre importante debater o passado para encarar o futuro com mais acuidade.
Espero que a AG Extraordinária se realize e sirva para esclarecer alguns pontos menos claros. Também pugno pela transparência dentro do Sporting, logo só posso estar de acordo com uma auditoria credível que ajude a mostrar quem realmente salvou ou afundou o clube.



Verde CDV

quinta-feira, janeiro 15, 2009

Homens à Sporting!



















Tonel:
“ Eu ficar mais contente ou mais triste não é importante para os sportinguistas. Importante é se a equipa ganha. Se for comigo, melhor, se for sem mim, não há problema.”

Este tipo de discurso define um verdadeiro jogador de equipa, que coloca os interesses do colectivo sempre acima dos seus.
São jogadores com este carácter e humildade que contribuem decisivamente para tornar as suas equipas campeãs.
Não foi formado na escola do Sporting mas encarna na perfeição o espírito sportinguista. Um dia a braçadeira de capitão ser-lhe-á entregue.


Izmailov:
“ Actualmente, todos os meus pensamentos estão centrados no Sporting. Pessoalmente, é no Sporting que me sinto bem, tanto no aspecto desportivo, como na vida diária.”

Representou um investimento avultado, mas tem justificado cada Euro que foi investido. É um jogador versátil, rápido, com técnica apurada e com um sentido posicional invulgar. Consta que é um profissional humilde e bastante regrado.
Por ser um jogador calmo, nada exuberante ou espalhafatoso tem passado despercebido e talvez ainda não tenha sido devidamente reconhecido pela imprensa.


Paulo Bento:
“O golo é em fora-de-jogo. Alcançámos uma vitória com um golo irregular.”

Nós quando somos beneficiados assumimo-lo sem problemas e sem falsos moralismos.
Enquanto outros preferem enterrar a cabeça na areia e fingir que é tudo normal, mesmo quando são beneficiados descaradamente. Esta é a diferença entre homens com e sem coluna vertebral.
A postura e idoneidade de Paulo bento permitem-me uma admiração crescente.
Se fosse estrangeiro seria bajulado por todos, infelizmente é português e não merece os elogios de ninguém. Depois queixam-se que os melhores treinadores portugueses imigram.



Verde CDV

quarta-feira, janeiro 14, 2009

Com o apuramento à vista



O Sporting venceu hoje o Rio Ave por 1-0 em Vila do Conde, onde somou 3 pontos que colocam a nossa equipa quase apurada para as meias-finais da Taça da Liga.
Fizemos um jogo aceitável, onde na primeira parte criamos poucas ocasiões de golo, devido a alguma lentidão, e falta de entrosamento de certa forma natural devido às substanciais alterações que a equipa sofreu. No 2º tempo, o jogo ofensivamente melhorou um pouco, tendo a nossa equipa atacado melhor, e tido mais lances de perigo do que na primeira parte, nomeadamente por Postiga que esteve perto de marcar e também por Tonel que regressou bem. O golo acabaria por surgir a poucos minutos do fim por Vukcevic, num lance onde o nº 10 do Sporting estava em posição de fora-de-jogo, mas em termos de arbitragem tivemos que levar com uma permissividade do árbitro - que foi o mesmo do jogo do Campeonato - em termos disciplinares tendo permitido que o Rio Ave na primeira parte não ficasse reduzido a 10 quando deveria ter expulso Tarantini, o que teria facilitado mais a nossa tarefa em campo. Também no período de compensação deu tempo a mais e valeu Tiago ter feito uma grande defesa num livre.
Lion King

O Convite dizia que era aqui



Foi com honra que aceitei o convite para assumir um lugar numa estrutura que, segundo dizem os entendidos, tem mais poder do que a SAD leonina quando não estão presentes os irmãos Oliveira. Com umas eleições a aproximarem-se, dou os parabéns ao Sangue Leonino pelo timming escolhido para trazer opiniões sérias para as páginas deste blog.
Como é meu hábito: venho apelar à calma. Aconteça o que acontecer, o Sporting é indestrutível. E para o provar está o facto de ainda hoje existir, mesmo tendo tido Santana Lopes como presidente por um período significativo de tempo. Querem mais provas?
Há um momento que nunca esqueci, porque foi nesse momento que tive a noção deste nosso lado indestrutível; mesmo remando (quase) sempre contra a maré. O momento é este e a história; em versão curta, é esta: transpondo os acessos, ainda em obras, do nosso actual estádio, depois de trepar a um muro e dizer adeus a um baço (que me fazia falta e estava comigo desde pequeno), que ficou de mão dada com um pedaço de arame farpado; que indicava o melhor caminho, eis que contemplo: o que resta do nosso saudoso estádio… O que vi foi isto - o relvado estava todo levantado (mas naquela altura eram vários bulldozer, e não efeitos de estufa mal calculados, os responsáveis) e apenas restava uma pequena parte da já esventrada bancada central. Tudo o resto era pó, pedra, terra e ferros retorcidos (como se o Ronaldo tivesse espetado trinta e seis Ferrari, verdes). No meio do caos, a única recordação que se mantinha intacta era: a pala. A famosa pala, que estava mesmo, mesmo, mesmo a cair, ao ponto do estádio ter de ser interditado; porque estava mesmo, mesmo, mesmo a cair. tinha acabado de assistir a seis tremores de terra, de grau 8 com epicentro na bandeirinha de canto, e lá estava pronta para abrigar os trabalhadores da chuva; que “afinal não é ácida como a da Ucrânia”.
Fecho com um novo apelo à calma. Eu estou certo que FSF já tem um candidato e penso que até já terá telefonado a convidá-lo. Só ainda não o anunciou porque, quando o nosso presidente telefona, do seu telemóvel, para o número do telemóvel do seu candidato, estranhamente, dá sempre sinal de ocupado.
JQuadros

PS: Tive de desistir da minha campanha por falta de apoios. A minha campanha era muito centrada no meu carisma e, acima de tudo, na minha sensualidade, e a minha mulher revelou, ontem, que acha o Doutor Abrantes Mendes mais sexy que eu. Com esta falta de apoio sinto que não posso ir mais longe.

terça-feira, janeiro 13, 2009

Assumam-se!

As palavras são duras e podem chocar mas o sentimento é profundo.
Assumam-se de uma vez por todas e deixem-se de jogos palacianos. Deixem-se de tretas e de se arvorarem em donos da verdade e da sapiência eterna.
Não tentem promover-se à custa do Sporting ou sequer capitalizar os feitos e virtudes do clube. Ao não irem a jogo só estão a promover a discórdia e desconfiança entre sportinguistas.

É triste quando alguns opinam livremente; sem subterfúgios e depois outros ficam irritados por lhes estarem a colocar entraves.
Damos a nossa opinião descomprometida sem mensagens subliminares. Não nos escondemos sobre nenhuma capa ou outro adereço qualquer.
Não temos pretensões a nada nem queremos ter nenhum papel relevante. Queremos contribuir unicamente para o futuro do nosso clube. Somos sportinguistas humildes e militantes e assim queremos continuar.

Podemos não ser tão inteligentes e perspicazes como alguns, não ter os seus conhecimentos ou relações privilegiadas. De certeza que não temos tanta visibilidade como outros, mas duma coisa podem estar cientes, nunca nos tentaremos promover à custa do Sporting Clube de Portugal.
Do meu clube não quero mais nada que vitorias, de resto serei sempre eu a dar-lhe todo o que estiver ao meu alcance.

É por causa destas intrigas e traições frequentes que o clube vive tumultuado nestes últimos anos. Não frequento os corredores de Alvalade, mas os relatos não são dignificantes.
A feira de vaidades é constante e por incrível que pareça com os corredores desimpedidos muitos estão com vergonha de inaugurar o desfile.

Não sou grande jogador de poker mas parece-me que FSF fez a jogada correcta e colocou a parada bastante alta. Veremos quem vai a jogo e se apresenta ases, duques ou simplesmente uma mão cheia de nada.
A ironia suprema seria FSF ter de voltar atrás porque os putativos candidatos se recusavam a ir a jogo ou porque simplesmente a sua mão era tão fraquinha que seria derrotada com um pequeno bluff.



Verde CDV

segunda-feira, janeiro 12, 2009

Melhores do mundo... made in Alvalade!



Que têm ambos em comum? São talentosos, já foram eleitos os melhores jogadores do mundo... e são produto da nossa fabulosa escola de futebol.

Cristiano Ronaldo e Luís Figo, os dois melhores jogadores portugueses de todos os tempos - sim, porque o outro nem sequer nasceu cá - são sportinguistas e nasceram para o futebol no Sporting Clube de Portugal.

Muitos parabéns, Ronaldo!

Leonino

Vergonha!!!
























Este fim-de-semana ficou marcado pela pior arbitragem deste campeonato.
Quem me costuma ler sabe que não tenho admiração particular por nenhum árbitro.
Os árbitros portugueses têm todos um traço característico: A mediocridade.
Como bem diz Paulo Abreu ao Jornal Record: “Os investimentos na arbitragem e nalguma comunicação social começam a dar frutos”.

Após um pretenso erro grosseiro de Pedro Henriques levantou-se o Carmo e a Trindade e aqui D’el-rei que tinha sido um roubo de igreja. Até deu para o impoluto Quique Flores se vir queixar que não iria conseguir dormir.
Até deu para grandes parangonas a publicitar frases do presidente a queixar-se que não os deixavam ganhar o campeonato.
Agora assistimos simplesmente a um roubo de catedral. Desta vez deve ter dormido que nem um anjinho. Eles podem ter umas ajudas extra, mas mesmo assim vai ser difícil ganharem o campeonato.

A pressão e o choradinho foram compensados na medida exacta das suas pretensões e resultaram em duas vitórias fabricadas. Servindo para disfarçar muita coisa que está podre.
Se no primeiro caso não houve grande alarido e até se assistiu a um branqueamento por parte da imprensa, desta vez foi impossível esconder as evidências.
Em Guimarães tinha ficado por marcar uma grande penalidade cometida por Maxi Pereira. Agora o escândalo assumiu proporções gigantescas, pois além de duas grandes penalidades obvias o golo da vitória é obtido em claro fora de jogo.
Num lance de bola parada e com o arbitro auxiliar no enfiamento da jogada.
Os árbitros auxiliares interferem cada vez mais nos resultados fruto das suas decisões erróneas. Esperamos pela nota de Paulo Batista para tirarmos as nossas conclusões.
Bastando lembrar a nota atribuída a Pedro Henriques numa arbitragem que comparada com esta foi coisa de somenos.

Para não pensarem que somos só nós a julgar assim e a tirar estas conclusões, deixo aqui algumas reacções a esta autentica vergonha.
Desta vez até o órgão oficial não conseguiu branquear o acontecido como se pode ver no topo deste post. Também o tribunal do Jogo que é constituído por antigos árbitros é unânime na apreciação.
E por fim um jornalista que não costuma abordar esta temática mas perante tamanha vilanagem abriu uma excepção.


Para terminar quero deixar esta mensagem: “No campeonato da verdade desportiva somos líderes isolados”.



Verde CDV

domingo, janeiro 11, 2009

Porque será?

Estranho o timing da comunicação da décisão do nosso Prosidente em não se recandidatar. Estranho aínda mais por esta acontecer num momento décisivo do campeonato aonde a nossa equipa luta pelo primeiro lugar e aonde as campanhas de destabilisação de uma certa falange da comunicação social se intesifica dia após dia.

Até nos diversos flashes interviewes, as principais perguntas têm a haver com as permanências de Liedson, Moutinho, Veloso ou Vukcevic...até mete dó.

Ao contrário do tratamento que é feito ao benfas aonde as informações têm como objectivo de galvanizar a equipa...são anúncios de declarações de amor eterno ao clube (LOL) ou de prolongação de contratos dando uma nega a um tubarão europeú qualquer que queria investir milhões numa aquisição fantasma (re-LOL).

Estranho também o timing pelo facto do FSF ter negociado um novo project finance com o bancos e depois...não se recandidata, deixando ao seu sucessor a obrigação de cumprir o que foi acordado???
Trabalho num grande banco luxemburguês, precisamente na area dos créditos e para que haja um acordo de financiamento tem de haver estabilidade éconómica ou garantias suficientes; pelos vistos a estabilidade no foi o critério principal visto que o próprio presidente que negociou o contrato não se comprometeu em cumprir-lo.

Logo pergunto-me quais foram as garantias e neste contexto penso que o comunicado da A.A.S publicado no site dos nossos colegas do blog 1906 luta e resiste explica o que são as VMOCs (Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis) e dá uma ideia do que se passa.

Estranho também que certos candidatos tão virulentos como o Abrantes Mendes, calmaram muito depressa a sua euforia quando souberam que o FSF já não era candidato (será o medo de ser eleito e ter de assumir o grandioso cargo de Presidente do Sporting Clube de Portugal).

Nunca foi apoiante do Filipe Soares Franco, mas a verdade é que não têm aparecido alternativas realistas ao seu projecto, mesmo não concordando com o mesmo.

Espero agora ver candidatos a sério (não é amigo Dias Ferreira ou Luis Duque) e uma campanha digna do Grande Sporting com um projecto que salve o essencial: O Sporting Clube de Portugal, o seu prestigio e os seus sócios e adeptos.

Saudações orgulhosamente leoninas
Mindo

P.S: Amigos leoninos, ninguém tenha dúvidas que o FSF será candidato à Presidência do Grande Sporting! Tudo isto não passa de uma manobra de auto-promoção que tem como objectivo criar um movimento de apoio baseado sobre o medo de ver o Sporting retomar o caminho do endividamento descontrolado.
Para sustentar a minha afirmação gostaria de salientar os factos seguintes:
  • FSF tem de ser coerente: Então o homem não renova com Paulo Bento para deixar o seu sucessor tomar a decisão, e por outro lado assina um project finance cujas clausulas tem de ser respeitadas pelo mesmo sucessor incluíndo as consequências de um eventual não cumprimento...penso que todos concordam que é mais fácil despedir um treinador, do que renegociar com os bancos....

  • FSF realizou uma autêntica maratona auto-promocional, desdobrou-se em entrevistas na comunicação social explicando que tinha conseguido cumprir mais de 85% do seu programa....e que só por causa dos sócios não acreditar no seu projecto ''inovador'' é que não se recandidata...

  • Alguém acredita que os bancos negociaram um project finance com uma instituição como o Sporting sem ter pelo menos a garantia moral do que o projecto iniciado por Soares Franco continuará a ser seguido pela próxima direcção leonina ou idealmente (para eles) pelo próprio Soares Franco?

P.P.S: Na minha humilde opinião o futuro do Sporting passa pelo fim da SAD! Gerir um Clube de Futebol da maneira como se gere uma sociedade cotada na bolsa não faz sentido.

Fazer com que o Clube deixe de ser maioritário na SAD fará que o Sporting possa vir a ser comprado por um investidor estrangeiro (e até aposto na Angola...porque será FSF?) expropriando os sócios.

Espero estar enganado e muito enganado! Deus queira que sim!

sábado, janeiro 10, 2009

Por agora a liderança é nossa!



Sporting, 2 - Marítimo, 0

Estádio José Alvalade, em Lisboa
Árbitro: Lucílio Baptista (Setúbal)

SPORTING
Rui Patrício; Abel (Pedro Silva), Caneira, Polga e Grimi; Miguel Veloso (Rochemback); João Moutinho, Izmailov e Vukcevic (Pererinha); Liedson e Postiga

Suplentes não utilizados: Tiago, Romagnoli e Derlei

Treinador: Paulo Bento

MARÍTIMO
Marcos; Fernando, João Guilherme e Van der Linden; Paulo Jorge, Olberdam, Bruno, Miguelito e Marcinho; Djalma e Baba

Suplentes: Marcelo Boeck, Briguel, Luís Olim, João Luiz, Vítor Júnior, Manu e Bruno Fogaça

Treinador: Lori Sandri

Golos: 1-0 Vukcevic, 2-0 Liedson.



Leonino

Contratações de Inverno

O amigo Verde CDV vai seguramente perdoar-me a sobreposição de artigos mas em dia de jogo com o Marítimo, e em plena época de contratações de Inverno, tenho o enorme prazer em anunciar os seguintes reforços para a equipa de editores do Sangue LEONINO:

- JG, indefectível sportinguista que conheço há muitos anos, comentador frequente no nosso espaço e ainda editor no Rugido Leonino;

- João Quadros, verdadeiro craque do humor cá do burgo, 'painelista' no saudoso 'Biqueirada' da também saudosa SIC Comédia, e sportinguista até ao tutano;

- Verdão, nome já mítico da blogosfera leonina, participante no Centúria Leonina e leão ferrenho.

A juntar a estes nomes de grande qualidade, espero em breve poder anunciar mais uma contratação de um leão do norte, homem que também apresenta no seu currículo participações televisivas.

Aos primeiros três que sejam muito bem-vindos e que façam parte desta família por muitos e bons anos!

Leonino

Nós, eles e o Sporting

















Depois da bomba largada por Filipe Soares Franco; pelo menos para alguns, seria de esperar que viesse trazer á colação esse tema candente.
Podia vir armar ao pingarelho e dizer: “Vocês não quiseram acreditar. Eu tinha dito” e nem tenho nenhuma bola de cristal, quando muito um descodificador.
Até podia tentar fazer uma grande parangona, tipo primeira página de jornal desportivo.
Falar do Franco que se vai embora; do Alves que agora se remete ao silêncio; do Abrantes que pondera candidatar-se mais uma vez ou até do Andrade.
Quem sabe falar dos VMOCS, do Project-Finance, dos activos e até do enorme passivo.
Após mais uma brilhante e participada troca de opiniões ocorrida neste blogue acho que é tempo de virar a página.
Não que o assunto esteja encerrado; longe disso, mas não podemos estar sempre a batalhar no mesmo sob pena de esquecer o importante.

E o importante somos nós, pois sem nós eles simplesmente não existiam ou eram insignificantes no mundo desportivo.
Ainda temos um grande peso e importância mesmo que alguns pensem ou queiram aligeirar isso. O ocorrido é a prova mais cabal possível em como somos e seremos o fiel da balança, assim nós queiramos.
Eles podem ter o trono mas nós temos o poder democrático do voto. Sem eles o clube sobreviverá, agora sem nós acabará por definhar.
O Sporting será sempre aquilo que quisermos e desejarmos, sob o lema mais bonito do mundo: Esforço, Dedicação, Devoção e Glória.

Acima de todos nós existe o bem supremo que nos une: O Sporting Clube de Portugal.
Instituição centenária, prestigiada em Portugal e no mundo. Que muitas alegrias e momentos de felicidade suprema nos proporcionou ao longo destes anos.
A nossa amiga Ana perguntava: “… Mas se a SAD falir, acabar, o Sporting Clube de Portugal não desaparece, pois não?”
Claro que não! Nós nunca deixaremos isso acontecer, só por cima dos nossos cadáveres.
Este clube já completou cem anos e fará muitos mais. Ficará para os nosso filhos, netos, bisnetos e assim sucessivamente.
E um dia será notícia de abertura de todas as televisões internacionais, talvez já não esteja presente mas o meu espírito leonino observará tal feito embevecidamente.


Da profusa troca de opiniões ocorrida nos últimos dias neste blogue existem frases e comentários que nos marcam:

Amigo Juvenal Carvalho:

"O Sporting está acima de tudo, porque os homens passam e o clube fica."

Amigo 8:

"Fui durante anos militante activo do Sporting praticamente sem saber quem era o Presidente do Clube.O Sporting viveu 99 anos sem o Sr. Filipe Soares Franco Salvador em Presidente e com menos ou mais dificuldades com mais ou menos glórias desportivas sempre foi singrando.Há uma frase proferida por um portista assumido, que diz qualquer coisa do género:“Por cada leão que cair outro se levantará”Desdramatizemos: Outros candidatos se levantarão. Só teremos nós, os sócios, porque felizmente ainda não nos tiraram esse direito, de saber escolher acertadamente.Ainda falta muito para as eleições. Os Sportinguistas têm agora um assunto muito mais premente para tratar:"

UNIRMO-NOS NO APOIO À EQUIPA.

SABADO VAMOS TER UM JOGO IMPORTANTISSIMO, QUE É NECESSÁRIO GANHAR.

TODOS A ALVALADE, SABADO!



PS: Caro Henrique não me esqueceu da tua mensagem. Peço desculpa por fazer este apelo tão em cima do dia do jogo. Não deixem de marcar presença em Alvalade pois existem bilhetes a somente 5€ para os Núcleos.



Verde CDV

sexta-feira, janeiro 09, 2009

Candidatos por encomenda



Leio os jornais desta manhã e naturalmente todos escrevem sobre o anúncio da não recandidatura por parte de Filipe Soares Franco. Especula-se sobre possíveis cenários alternativos e todos apontam para o actual presidente da AG - Rogério Alves.

Inclusivamente um dos diários desportivos refere que Alves é muito querido no seio leonino e que será mesmo o nome adiantado até pela própria oposição para avançar. Estranho. Pelos vistos há quem consiga o milagre de 'se dar bem com deus e com o diabo'.

Um advogado sem qualquer experiência de gestão, conhecido por há uns anos ter passado de figura secundária de José Miguel Júdice na Ordem dos advogados a bastonário, segundo este, atropelando tudo e todos - e através de meios pouco claros - sem qualquer visibilidade, peso ou opinião na vida do clube até se ter tornado conhecido do público em geral pelo simples facto de garantir presença constante nas televisões nacionais, comentando sobre tudo e sobre nada, aparece agora como figura consensual. Por quê, pergunto eu?

Num clube histórico tão grande, com tantas figuras ilustres e competentes na sua massa adepta e associativa, e apenas se fala neste nome - e logo com tanta insistência - como o provável sucessor de Franco. Leio o Record: Alves. Leio a Bola: Alves. Leio o Jogo: Alves. Oiço Rui Santos: Alves.

Não será estranho? Será que a lógica das imposições através das sociedades que tanto adoram usar o avental já chegou ao futebol? Será que a transversalidade tão poderosa que esses grupos de 'irmãos' se gabam de ter na sociedade conseguirá escolher candidatos?

Fica a pergunta, porque a minha opinião sobre esse personagem é mais do que sabida. E falo com conhecimento próprio. Não sigo nebulosas' correntes de opinião; é que tenho por hábito comprar produtos pelo conteúdo e não pela embalagem.

Leonino

quinta-feira, janeiro 08, 2009

Dia de anúncios



No dia em que o país acorda debaixo de uma vaga de frio, mas mais de metade dele saído de uma depressão, visto que a colectividade do bairro de Benfica conseguiu esse feito fabuloso de voltar a ganhar um jogo, fazendo assim as delícias da servil comunicação social que lhe dedica babadas páginas encarnadas, o jornal O JOGO publica um interessante artigo sobre o futuro próximo do nosso clube.

Ainda no dia em que provavelmente Filipe Soares Franco vai aproveitar a sua presença no programa 'Grande Entrevista' - da RTP 1 - para anunciar a sua recandidatura, é noticiado que caso garanta a reeleição Paulo Bento permanecerá em Alvalade.

Entrando nós num claro e evidente efervescente período pré-eleitoral faço votos e apelo para que tenhamos todos a capacidade e a sensatez de apresentar as nossas ideias, opiniões e visões sobre o futuro do nosso clube mas que também saibamos respeitar quem legitimamente defende caminhos divergentes dos nossos, não entrando no insulto e no desrespeito, porque a história grandiosa do nosso SPORTING a isso nos obriga. Saibamos ser dignos na hora da discussão. Como o amigo Juvenal Carvalho num comentário recente aqui escrevia: 'os homens passam, o clube fica'.

Leonino

quarta-feira, janeiro 07, 2009

Movimentações Presidenciais













Segundo algumas notícias Filipe Soares Franco vai apresentar a sua candidatura no programa “Grande Entrevista” da RTP1, que terá lugar amanhã pelas 21h.
Devo esclarecer que durante todo o ano de 2008 tinha ficado com a convicção de que não se voltaria a candidatar.
Porque nas várias entrevistas que concedeu percebia-se um grande desgaste em virtude das críticas e uma desilusão enorme com a falta de militância.
Todavia mudou de opinião ou alguém o fez retroceder na sua vontade.
Talvez sinta ter deixado algumas promessas por cumprir; como a do pavilhão e pretenda acabar o que iniciou.


Após tantas criticas e depois de várias movimentações seria de esperar que se perfilassem alguns candidatos. Ao que parece alguns ainda contam espingardas ou quem sabe esperam ouvir o sim definitivo para avançarem.
Entretanto surge uma vez mais o nome do eterno opositor: Sérgio Abrantes Mendes.
Pode ler aqui a reacção do actual presidente quanto a este possível opositor.


Não quero acreditar e não concebo que depois de tanto alarido em volta dos actuais corpos sociais os candidatos a esta eleição sejam exactamente os mesmo das anteriores.
Com alguma sorte ainda aparece o Guilherme Lemos a dizer que também se candidata.
O Sporting é um clube de elite; não das elites, com muita massa critica no seu seio.
Portanto seria de supor que numa altura difícil muitos desses quadros se disponibilizariam para ajudar o clube a passar esta tormenta. Muitos falam, outros opinam mas ninguém se disponibiliza.
Assim sendo só temos um projecto e um candidato conhecidos, esperemos que não seja só isto… Pessoalmente seria uma desilusão colossal depois de ter escrito isto e isto.



Verde CDV

terça-feira, janeiro 06, 2009

Desabafo de um Leão!

Bom dia e antes demais gostava de desejar um Bom Ano para todos.


Este meu desabafo destina-se a tentar perceber o que se passa por dentro da Administração do nosso Sporting, pois tenho a certeza que com alguns dos vossos comentários irei ficar melhor elucidado do que com as respostas que recebo da parte do Clube do meu coração.

Como é do conhecimento de alguns de vocês eu residia no Estrangeiro (UK), mas regressei á três meses a traz para Portugal, este Natal tive a melhor prenda que se pode dar a um Sportinguista, a minha mulher inscreveu-me a mim e ao meu filho como Sócios do Sporting (um sonho antigo).

O registo e o pagamento oficial foram feitos no inicio de Dezembro, neste momento ainda não recebi nenhuma informação referente aos meus cartões, vários e-mail's foram enviados, chamadas feitas e ninguém me esclarece com o que se passa, do outro lado da linha só me dizem que "vou registar a sua chamada para ser contactado por alguém do Departamento" e nada!

Todo se torna mais incomodo e triste para mim quando o meu irmão Sócio do SLB, me diz que recebeu o seu cartão em dois dias (Grrrrrrrrrrrr), é com este tratamento que querem que o Sporting tenha mais Sócios Ano após Ano??

Vem ai um jogo em casa com o Marítimo e mais uma vez vou ficar de fora, caro Sporting estou muito triste contigo!

Desculpem o desabafo

SL
The Best One

Boas notícias na casa leonina



Coincidência, ou não, pelo facto de estarmos em ano de eleições na nossa casa leonina, Filipe Soares Franco deu-nos a boa notícia que se exigia de que a sustentação e o equilíbrio económicos-financeiros do clube estão assegurados, sem prejuízo de uma política desportiva ambiciosa, através de um novo desenho de reestruturação financeira.

Não há segredos, pelo que há muito se apontava que a única forma de conciliar um controlo do deficit e do passivo com uma maior ambição a nível da equipa profissional de futebol, passava por esbater o estrangulamento que a banca (BES e BCP) nos impunha, coarctando a possibilidade de ombrearmos com os orçamentos dos directos rivais, levando-nos a alienar talentos e a adoptar políticas de contratações modestas.

Notas de destaque do anúncio feito por Soares Franco:

«O Sporting terminou com todos os seus financiamentos, passando a ter um único contrato – agrupado – que irá alargar o prazo de financiamento até 2025, conseguindo também uma redução de 25% nos spreads dos juros aplicados (de uma média de 2,3%, passa-se para 1,5%) e ficando com a liberdade de adequar as responsabilidades financeiras de cada empresa do grupo Sporting à sua capacidade de gerar recursos necessários para o pagamento do respectivo financiamento.
Com isto, o grupo Sporting fica sustentável em despesas e receitas correntes, sem necessitar de vender jogadores (como estava previsto no Project Finance)».

Quer isso dizer que a redução do actual passivo - avaliado em 245 milhões de euros (238 bancário + 7 a fornecedores) - poderia ser reduzido em seis meses para 141 milhões de euros.

Soares Franco referiu ainda que o contrato com a MDC, relativo à venda dos terrenos do antigo Estádio, renderá mais 25 milhões de euros, enquanto que o contrato com a autarquia lisboeta, em resultado da recente resolução do Tribunal Arbitral, representarão mais 24 milhões (provavelmente em activos que poderão ser convertidos em liquidez).

Também a emissão de VMOC'S (valores imobiliários obrigatoriamente convertidos) no valor 55 milhões - os quais serão utilizados para adquirir os direitos televisivos dos jogos à Sporting Comércio e Serviços - terá impacto na redução do passivo para os tais 141 milhões.

As medidas propostas vão também permitir rever os pressupostos do Banking Case e rever os custos salariais para 25 milhões de euro/ano.

Soares Franco terminou assumindo que estas medidas impõem que as assembleias gerais da SAD e do Clube aprovem a emissão das VMOC'S e que os direitos televisivos passem para a SAD. Ainda segundo ele, se estas condições não forem cumpridas até final do próximo mês de Junho, os contratos feitos com a MDC e com os bancos serão dados como vencidos.

Se dúvidas havia sobre a intenção de Soares Franco em se recandidatar, creio que as mesmas estão esclarecidas. No que a mim diz respeito, terá o meu apoio no plebiscito destas medidas propostas porque não vejo outra alternativa e porque as mesmas vão de encontro àquilo que há muito defendo.

A somar a tudo isto, ainda a boa notícia de que o Sporting continua a dar passos seguros rumo à sua globalização, dado que vai criar uma joint venture para construir e implementar uma Academia de futebol na África do Sul.

Leonino

segunda-feira, janeiro 05, 2009

Anda tudo doido!

Após o triunfo que nos permitiu subir na classificação e aproximar do primeiro lugar, esperaria assistir a alguma alegria e júbilo.
Contudo existem algumas pessoas que nem na hora da vitória conseguem disfarçar os seus ódios de estimação. Tentando transformar a vitória alheia na sua própria vitória, não se coibindo de alardear a sua convicta razão aos quatro ventos. Como que querendo dizer: “Tinha toda a razão do mundo. Aquele burro mudou e até conseguiu ganhar.” *
Se têm problemas ou questiúnculas a resolver, não tenham pejo e assumam-se de uma vez por todas. Deixem é de mandar recados misteriosos.
Por falar em mistério, parece que circula pela Internet uma campanha de apoio a um candidato a presidente do Sporting.
Ainda não existem candidatos assumidos, mas alguns já se perfilam ou escondem atrás de um logótipo sensacionalista.


Chateia-me e enoja-me que jornalistas sem calibre e ética moral escrevam coisas como esta, tentando achincalhar o bom-nome dos sportinguistas da maneira mais reles e desprezível possível, para depois deixar passar em claro o caso do jogador Leo ou branquear as agressões de Bruno Alves.
Os sportinguistas já estão habituados a isso e a muito pior, portanto tudo o que venha desse lado não nos afecta grandemente.


Agora o que custa mais a engolir são as coisas lamentáveis que se vão lendo ultimamente.
E verificar que numa hora que deveria ser de UNIÃO e de apoio incondicional, alguns resolvem desenterrar velhos fantasmas e tentar capitalizar as vitorias em proveito próprio ou em favor de um candidato. Sem sequer perceber se estão a hipotecar o futuro desportivo do clube.


Deixem-se dessas coisas!!!

- Se querem ser Sporting, sejam humildes e não promovam a desunião.
- Se querem ser Sporting, apoiem incondicionalmente até ao fim.
- Se querem ser Sporting, pelo menos vibrem com as vitórias do clube.


* Ah é verdade! Registou-se uma pequena mudança no losango que lhe deu mais dinâmica. A simples colocação de João Moutinho a nº10.



Verde CDV

domingo, janeiro 04, 2009

Um lugar nada levezinho na história do Sporting




Liedson da Silva Muniz: 6ª época de leão ao peito, 126 golos marcados pelo nosso clube, igualando assim a marca do mítico Yazalde.



Um pequeno grande jogador de puro talento que garante assim um lugar de merecidíssimo destaque na brilhante história do nosso maravilhoso clube, ele próprio feliz com o feito alcançado:

«É uma honra entrar na história de um clube que eu amo!»


Leonino

sábado, janeiro 03, 2009

Chegar à vantagem e saber geri-la bem



V.Setúbal, 0 - Sporting, 2

O nosso Sporting acabou há pouco de conseguir aquilo que era o mais importante, ou seja, entrou a vencer no novo ano em Setúbal por 2-0.

Frente a um Vitória de Setúbal mais fraco do que o da época passada, mas que ainda há pouco tempo havia empatado na Luz, Paulo Bento apresentou um onze titular muito próximo daquele que para mim é o nosso melhor: apenas faltava Tonel no lugar de Carriço.

Curiosamente o Vitória até entrou melhor, mais acutilante, mas sem criar grande perigo, pelo que o nosso primeiro golo, logo aos 16 minutos, por intermédio do inevitável Liedson - que aproveitou uma bola solta após lance de insistência de Abel - perturbou nitidamente a equipa da casa.

Fazendo esta noite da frieza, do pragmatismo e da eficácia as suas maiores armas, a nossa equipa chegou ao segundo por João Moutinho. E foi com essas mesmas armas que na segunda parte prosseguiu a nossa segura estratégia de manutenção da vantagem, e mesmo com dez elementos - por exagerado segundo cartão amarelo a Carriço - o resultado permaneceu inalterado até final.

Continuamos a depender apenas de nós, esta vitória no primeiro jogo de 2009 pode servir de estímulo, pelo que não há qualquer motivo para baixar os braços e 'entregar o ouro ao(s) bandido(s)', nem para fazer o jogo dos nossos adversários.

Queremos ser campeões porque esse é o nosso maior objectivo, já que a glória e o prestígio do nosso clube foram fundados e alicerçados numca cultura de vitórias desportivas, e não pelo facto de estarmos a acumular empréstimos obrigacionistas sobre empréstimos obrigacionistas, numa estratégia suicidária adoptada por outros, onde é imperioso vencer, nem que seja com meios sinistros e sujos ou com histéricos queixumes promovidos e propagandeados pela subserviente comunicação social.

Leonino

Rola a bola










Depois deste longo interregno temos de novo a bola a rolar nos relvados de Portugal. O primeiro jogo do ano não foi muito auspicioso, pois redundou num empate sem golos.
Esperemos que não seja um mau prenúncio para o resto do campeonato porque a média de golos marcados tem vindo a decrescer progressivamente.

Mais logo por volta das 20h45m, o Sporting tem uma deslocação curta mas sempre difícil. Basta recordar que no ano passado não conseguimos derrotar o Vitória de Setúbal em nenhuma ocasião e perdemos mesmo a Taça da Liga. Contudo as estatísticas valem o que valem e cada jogo encerra uma história diferente.
Portanto o Sporting tem de partir para mais este duelo com o pensamento único de vitória para chegar ao topo da classificação.

Pode começar por aproveitar a escorregadela do Leixões e colocar os dois rivais sobre pressão. Este novo ciclo que se inicia é fundamental e não pode haver deslizes de nenhuma ordem.
Com a primeira volta a chegar ao fim e com o aproximar dos confrontos directos entre os candidatos ao título quem sair em primeiro desta fase vai com certeza assumir o papel de favorito para o que restar do campeonato.

Paulo Bento:
“O Sporting entrará em campo motivado até porque precisa de vencer para continuar a depender de si para a chegada ao primeiro lugar da Liga. De uma coisa estamos certos: Queremos ser campeões".



Lista de convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago;

Defesas: Daniel Carriço, Anderson Polga, Pedro Silva, Marco Caneira e Abel;

Médios: Adrien Silva, Izmailov, Vukcevic, Miguel Veloso, Bruno Pereirinha, Rochemback, João Moutinho e Romagnoli;

Avançados: Derlei, Yannick, Rodrigo Tiuí, Hélder Postiga e Liedson.



Verde CDV

sexta-feira, janeiro 02, 2009

O Delfim
























Entrevista de Rogério Alves à Antena 1:


Quanto ao futuro do seu clube:
“Há um ciclo que se fecha, outros ciclos se abrirão e o que interessa é que sejam ciclos de glória para o Sporting, Não nos atemorizemos, alguma solução se vai encontrar, só espero que seja a melhor”.

Sobre a continuidade de Soares Franco:
"Há vários cenários possíveis que se vão desenvolver num futuro muito próximo. Não entro em especulações sobre quem se candidata, ou se recandidata. As pessoas têm maturidade e idoneidade para decidirem o que acharem melhor”.

Quando questionado sobre o equilíbrio financeiro de que o Sporting necessita:
“É necessário que esta preocupação sistemática com a vida financeira do clube seja posta para trás das costas e passemos a viver com uma gestão mais serena e menos aflitiva”.


Não me lembro de nenhum anterior Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting que tenha dado tantas entrevistas como Rogério Alves.
Até posso estar bastante equivocado mas parece-me que se podem fazer algumas interpretações dúbias. Ao contrário de outros dirigentes, este parece que escolhe sempre as palavras certas para atingir o coração dos sportinguistas.
Tem um discurso fluido, coerente, simples e afirmativo que cativa os seus consócios.
Contudo nas várias entrevistas que vai dando aos vários órgão de comunicação social não se coíbe de deixar algumas pistas sobre o futuro do clube.
Desta entrevista especifica podemos influir que estão a ser equacionados vários projectos para o futuro do clube. Não creio que hajam assim tantos projectos na calha e parece-me que mais uma vez vamos assistir a uma possível sucessão dinástica.
Nada tenho contra sucessões; ainda para mais se forem sufragadas por maioria, contudo gostava de ver surgir um projecto inovador e arrojado que fosse liderado por uma equipa mais jovem, dinâmica e descomprometida.



PS: Por sugestão do meu colega editor Mindo deixo este link da Gazzetta dello Sport, onde está a decorrer uma votação para encontrar o melhor sub-21 a actuar na Europa.Vamos ajudar a eleger o nosso guarda-redes Rui Patrício.



Verde CDV