"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, março 31, 2009

Justiça Sportinguista














Na história de Portugal existem várias figuras que foram brindadas com um cognome.
Por tudo o que se passou na final da Taça da Liga o cognome de Pedro Silva só poderia ser: O Injustiçado.
Numa campanha sem precedentes, lançada na blogosfera, os sportinguistas conseguiram reparar alguma da injustiça cometida contra o atleta.
Pedro Silva foi eleito o melhor jogador da prova com 14.777 votos; Liedson ficou em segundo com 8.500 votos e Moutinho fechou o pódio com 6.224 votos.
Ainda no decurso desta votação ocorreu uma história hilariante – Tempestade no Galinheiro – que me foi dada a conhecer através do blogue do amigo Armando Silva.
Não deixem de ler, pois vão perceber até que ponto chega a ignorância de certas pessoas.

Na minha visita diária a alguns dos meus blogues favoritos, dei de caras com uma informação deveras preciosa, pelo menos para mim que não estive presente no Congresso.
Através do blogue Sectorb32 fiquei a conhecer a lista das 141 recomendações que foram discutidas no Congresso.Por agora aconselho a leitura deste documento, posteriormente poderemos fazer uma discussão mais aprofundada deste tema.



Verde CDV

Los Cinco Violines


Perante tempos complicados para o Clube, aparece esta linda homenagem ao futebol leonino aquí no país vizinho. Espero que no futuro o Sporting passe mais vezes pela boca do mundo futebolístico por motivos positivos como este...



"La historia de todo club se alimenta de leyendas, de mitos que el paso del tiempo hace cada vez más grandes. Igual que se dice que Carlos Gardel canta cada día mejor, hay futbolistas que aunque lleven décadas retirados juegan cada día mejor. La memoria sublima las virtudes y disimula los defectos. Se venera al pasado, convertido en juez del presente. Y los futbolistas actuales pocas veces resisten la comparación con aquellas estrellas en blanco y negro..." as.com


http://blogs.as.com/futblogging/2009/03/los-cinco-violines.html


Saudações Leoninas
Luso

segunda-feira, março 30, 2009

O pós congresso

O Congresso terminou e pelo que se vai lendo foi um momento marcante na vida do clube e veio demonstrar que a vitalidade não está perdida.
Apesar de não haver unanimidade em relação a alguns pontos, parece que saíram dali recomendações muito importantes para o futuro do clube.
Ainda não são vinculativas e só se tornarão directrizes validas após serem aprovadas na Assembleia-Geral de 17 de Abril.

No pós congresso o que se assiste é a mais do mesmo e passo a explicar.
A reboque da expressão utilizada por Dias da Cunha vêm agora alguns opositores dizer cobras e lagartos deste evento. Que foram “manipulados”; que foi tudo uma “palhaçada” e outro tipo de acusações.
Se desconfiavam sequer que iria ser tudo isto porque motivo marcaram presença e legitimaram tais actos.
Se como dizem existe uma maioria manipulada e instrumentalizada e se sabiam de antemão o que se iria passar, nunca deveriam ter ido ao beija-mão real.
Para serem coerentes deveriam ter seguido o caminho traçado por Dias da Cunha.
Também existe outra leitura possível para a sua ida a este congresso. Foram lá para contar espingardas e auscultar o sentir dos sportinguistas.
O problema maior é que todos eles abominam esta direcção, mas não têm coragem e frontalidade para se assumirem como verdadeira opção.
Quando confrontados com a pergunta sacramental: Vai candidatar-se a Presidente do Sporting? Escudam-se nos nims e no vou pensar.
Estamos todos fartos desta lengalenga, primeiro esperavam pelo congresso para avançar, agora já protelaram para depois das AG’s e da próxima qual será a desculpa.
Talvez estejam à espera de saber qual o candidato da continuidade para depois avançar, contudo uma oposição forte e estável já deveria ter uma opção.
Assim tenho de concordar com aqueles que defendem que a oposição é minoritária e está espartilhada. Ao longo de meses não conseguiram lançar um nome credível, nem um projecto alternativo.

Se o pior dos cenários se colocar não duvidem que virei aqui pedir explicações aos que durante meses e meses foram criticando e injuriando a actual direcção, mas que na hora H se escondem. Devo dizer que temo mesmo que este cenário venha a acontecer.
Seria muito triste ter de adiar as eleições ou assistir ao recuo de Filipe Soares Franco.
Também seria humilhante para o universo sportinguista assistir a novo embate entre o homem da continuidade e o eterno candidato Abrantes Mendes.
Este senhor ainda não percebeu que ao longo destes anos tem servido como arma de arremesso. Numa linguagem nua e crua este homem é descartável e é sempre lançado como “carne para canhão”.
Subtil de Sousa outrora sempre solicito na crítica a esta direcção, absteve-se de aparecer ultimamente, talvez percebendo que não devia alinhar em certos jogos palacianos.
Muitos querem dirigir este grande navio, mas poucos têm qualificações mínimas para tal desiderato. Existem muitos icebergues capazes de afundar este navio e só um comandante experiente e sagaz pode indicar o melhor caminho.
Para que não restem grande duvidas, devo esclarecer que não gostaria de assistir à continuidade de Filipe Soares Franco, mas antes um Soares Franco que um Abrantes Mendes.

Tinha prometido que até ao período pré-eleitoral não me pronunciaria sobre qual o meu candidato favorito. Contudo a circunstâncias alteraram-se radicalmente e hoje posso assumir isso sem problemas.
O homem que gostaria de ver ao leme deste clube seria o sportinguista José Eduardo Bettencourt. Não vislumbro muitos sportinguistas que conseguissem ser tão carismáticos e aglutinadores como ele.
O seu anúncio foi para mim uma tremenda desilusão, pois apesar de ser um homem do aparelho tinha capacidades suficientes para fazer rupturas, dando uma nova alma e dinâmica a este clube.
Por mais estima e consideração que tenha por todos os consócios e pelas suas capacidades vou ouvindo nomes que me deixam arrepiado.
O Sporting estará porventura a atravessar um dos momentos mais delicados da sua centenária existência, assim faço um apelo aos putativos candidatos que não avance contra este ou contra aquele, mas sim a favor de um ideal maior que se chama Sporting Clube de Portugal.



Verde CDV

domingo, março 29, 2009

Congresso Leonino - Primeiras Impressões

Chegado do Congresso há algumas horas, deixo aqui as minhas primeiras impressões.

Antes de mais, há que realçar o clima pacífico e de entendimento em que decorreram os trabalhos e o modo como, pelo menos na secção "Socios e Adeptos", em que participei, as pessoas falaram, discordaram, mas souberam sempre manter o civismo e clima construtivo.

O dia de sabado foi passado na discussão das recomendações nas várias Secções. A manhã de hoje foi dedicada à votação, alargada a todos os delegados, das recomendações que resultaram dos trabalhos efetuados no sabado.

No que se refere ao dia de hoje, penso que muito há a melhorar num futuro Congresso. Foram aprovadas diversas recomendações contraditórias (por exemplo a da venda de participações do clube na SAD vs. recomendação 9 saída da Secção "Socios e Adeptos") e em muitos casos deu-me a impressão que as pessoas não estavam minimamente cientes daquilo que estavam a votar (só por isso compreendo o chumbo da recomendação do João Pedro Silva e do Frederico Abreu, no sentido de a gestão do Clube dever estar focada no Sócio). O modo como é feita a votação das recomendações é certamente aspecto a melhorar num futuro Congresso...De qualquer modo, isso não é necessariamente negativo, porque perfeição é coisa que não existe!

Outro facto que destaco é o de muitas das recomendações aprovadas terem mais caracter operacional do que estratégico, ao contrario do que se esperaria deste Congresso!

No que se refere à discussão das recomendações no sábado, na Secção em que participei, "Socios e Adeptos", realço a excelente condução dos trabalhos pelo João Pedro Varandas e as intervenções brilhantes do João Pedro Silva, nomeadamente quando aos 2 pontos mais polemicos: a questão das Assembleias Gerais Delegadas e a das referendárias.

Basicamente, a serem consagradas as recomendações aprovadas, isso significará que os socios passarão a ter participação directa nas AG eleitorais e nas referendarias e indirecta nas restantes, em que estariam representados por socios a eleger pelo metodo de Hondt (200 a 250), socios esses que seriam eleitos a partir das listas apresentadas na eleições. Deixaria de haver debate em AG com esta metodologia!

As AG referendarias seriam efectuadas para temas fracturantes como alienações de património e participações sociais ou alterações de estatutos. Seriam precedidas de debate previo e de divulgação das varias posições no jornal do clube!

Concordo com a questão das AG referendarias, mas...a experiencia diz-me que a ser consagrada, deve ficar claramente definido nos novos estatutos o timing e metodologia dos esclarecimentos a efectuar e a garantia e de que quem é a favor e contra tem espaço para publicar e discutir as suas ideias. Se o modus operandi que for adoptado nos estatutos garantir estas questões, votarei a favor, na AG que for marcada para o efeito. Caso contrario, votarei contra!

Quanto ás AG Delegadas, sou absolutamente contra. Representam o afastar dos socios da vida clube e não trazem qualquer valor acrescentado. Alias, nem sequer simplificam a realização das Assembleias, dado que hoje já são normalmente muito pouco concorridas. Alem disso, a adoptar-se esta metodologia, então os socios deveriam poder autonomamente apresentar candidaturas á AG delegada em vez de serem eleitos em listas ligadas ao acto eleitoral, já que quem hoje tem o poder executivo vai também ficar na mão com o poder de controlo sob si proprio. Votarei contra alterações estatutárias que prevejam esta disposição, como já votei contra ela no Congresso!

Quanto ao resto, temos o reforço do poder dos Nucleos e dos direitos dos socios correpondentes (com pequenas nuances, estou de acordo), o fim dos Socios atletas (não me parece bem), recomendação que os jogos de futebol se joguem á tarde (acham mesmo que Olivedesportos vai deixar?), fim implicito do Conselho Leonino (não há nenhum recomendação nesse sentido, mas com as AGs referendarias e Delegadas, qual será o papel do CL?), entre varias outras recomendações aprovadas de teores diversos.

Pelo que ouvi, nas secções relacionadas com o modelo do futebol e com o ecletismo, as coisas terão também genericamente corrido bastante bem!

No que refere à Secção "Sustentabilidade Financeira", lamento o modo como o João Mineiro terá sido tratado, por ter uma opinião diferente do "politicamente correcto", a acreditar em vários testemunhos que fui ouvindo... Ter uma opinião diferente não é facil, principalmente quando se lida com massas instrumentalizadas que não querem sequer ouvir...

Realço ainda o forte papel que o Congresso achou que as Modalidades Amadoras devem ter no Sporting do futuro. Lamento o ar de enfado e gozo com que o Presidente esteve aquando da aprovação de recomendações deste teor (também o fez para algumas recomendações da secção "Socios e Adeptos"). Deploravel!

Também me pareceu que seria mais ético a Direcção apresentar as suas próprias propostas em ver de usar os "proponentes" Oliveira e Costa e Dias Ferreira, como fez nalgumas situações!

Em breve, deixarei aqui outros testemunhas da minha passagem pelo congresso! De qualquer modo foi bastante positivo, apesar de achar que esteve longe de atingir os objectivos que eu pessoalmente esperava da sua realização.

JG

Encerramento










Terminou hoje o VIII Congresso Leonino que decorreu na cidade de Santarém.
Foram a votos as 141 propostas e recomendações que foram aprovadas pelos quatro grupos de trabalho, assim divididas: Sócios e Adeptos, com 81 das 95 recomendações, Modelo de Sustentabilidade financeira, com 15 das 34 recomendações, Desafios do Eclectismo, com 30 das 38 recomendações e o Modelo Estratégico do futebol, com 15 das 25 recomendações. Em plenários os sócios aprovaram 133 propostas e rejeitaram 8.
Algumas recomendações como: um reforço do financiamento das modalidades derivado de 50 por cento de quotização do Clube; a redução do preço dos ingressos na bancada superior, tendo em conta a maior distância do relvado e questões de espaços para que todas as claques ficassem situadas na bancada sul do Estádio, foram aprovadas por ligeira maioria.
A única proposta que gerou unanimidade foi a construção de um novo Pavilhão.


Recomendações em destaque:

Sócios e Adeptos

- Assembleia-Geral referendária
- Voto à distância

Modelo Estratégico para o Futebol

- Expansão do projecto Academia
- Maior intervenção do Director do futebol

Desafios do Ecletismo

- Construção de um Polidesportivo


Rogério Alves destacou a aprovação da sugestão que defende a valorização do papel dos sócios no Clube:"É uma proposta que tem como finalidade cumprir a necessidade de cativar as dezenas e centenas de milhares de adeptos do Sporting, que não são sócios e deveriam sê-lo."

Menezes Rodrigues exaltou a aprovação de uma recomendação que defende:"O aumento do suporte de apoio do clube, com sócios, no sentido que os sócios correspondentes participem na vida do clube."



Após este VIII Congresso Leonino só posso plagiar as palavras de José Eduardo Bettencourt e dizer que o Sporting está vivíssimo.
Num clube onde proliferam as ideias e os ideais é legitimo que se pense em fazer pelo menos um Congresso por mandato.
A vitalidade está mais presente que nunca e as muitas recomendações que emanaram deste encontro leonino não o deixam desmentir.
Lamento que uma personalidade como José Eduardo Bettencourt não tenha disponibilidade para se candidatar, mas ainda lamento mais que a dois meses das eleições não se vislumbrem um único projecto.



Verde CDV

sábado, março 28, 2009

Dia Verde











Não só porque hoje decorre uma iniciativa que foi baptizada com esse nome e que junta 2 mil crianças provenientes das Escolas Academia Sporting em Alcochete, mas sobretudo pelo arranque do VIII Congresso Leonino em Santarém.

Os trabalhos iniciaram-se pela manhã e prosseguiram em cada uma das quatro secções: Sócios e Adeptos – Menezes Rodrigues; Desafios do Ecletismo – Moniz Pereira e Mário Patrício; Sustentabilidade Financeira – José Nobre Guedes e Modelo Estratégico para o Futebol – Miguel Ribeiro Telles.

Os 414 delegados inscritos irão debater e votar as 210 recomendações ao longo deste sábado. As propostas que forem aprovadas nas respectivas secções serão votadas amanhã na generalidade e em plenário, por todos os congressistas, para depois serem submetidas a Assembleia-Geral pelo Conselho Directivo.

Palavras de Filipe Soares Franco no discurso de Abertura:

"Nós estamos aqui todos para dar as mãos e criar uma organização mais forte. É para isso que serve o nosso contributo, o nosso trabalho no dia-a-dia e o nosso entusiasmo como sportinguistas e a adesão às iniciativas do nosso Sporting e a este Congresso".

Sobre Inovação: “remuneração dos elementos do Conselho Directivo do clube”.

Sobre Sustentabilidade: “construir um modelo competitivo e duradouro, para ganhar, se não sempre, quase sempre".

Sobre a reestruturação do Capital da SAD: "na próxima proposta, o Sporting não perde a maioria do capital da SAD".

Sobre Dirigismo: “ Não se pode dirigir o Sporting das 18 às 20 horas apenas duas vezes por semana. Por isso os membros do Conselho Directivo têm de ser remunerados”.


Durante a manhã já se aprovaram algumas recomendações importantes. Ressaltando a autorização para que o clube passe a ter uma Assembleia delegada e outra referendária.


Rogério Alves: " Bettencourt tem grande valor e se quisesse poderia ser candidato"

Abrantes Mendes: " Não acredito que Bettencourt avance. Se avançar sozinho, também serei candidato"

José Eduardo Bettencourt sobre possível candidatura: " Sinto uma emoção tremenda e vontade de ajudar, mas não criei esse cenário e hoje é impossível satisfazer essa pretensão"

José Eduardo Bettencourt: " Sporting precisa de um presidente disponível 24 horas por dia. A pessoa mais indicada para o cargo seria Miguel Ribeiro Telles"

Existe uma possibilidade bastante forte de implementar mais uma Academia no continente Africano e desta vez será em Angola.

O primeio dia do VIII Congresso Leonino está encerrado. Amanhã os trabalhos começarão às 9h e 30m e a sessão de encerramento acontecerá por volta das 13h.



PS: Ao longo do dia tentaremos trazer actualizações sobre o Congresso.


Verde CDV

sexta-feira, março 27, 2009

Congresso Leonino


Começa amanhã o VIII Congresso Leonino onde serei um dos mais de 400 delegados. Inscrevi-me na secção "Modelo Estratégico para o Futebol" não porque a considero a mais importante (esse papel cabe sem dúvida à secção sócios e adeptos) mas porque um bom trabalho nesta área, irá sempre alavancar todas as outras.
Dito isto não podia deixar de dar voz ao Sangue Leonino, a todos os que nos visitam e queiram de uma forma ou de outra contribuir para o sucesso do Congresso, convidar-vos a participar. Apesar de ser apenas uma voz no meio de centenas de Leões, exorto a todos aqueles que queiram dar o seu contributo, a sua sugestão, a fazê-lo até às 24 horas de hoje.
Sem promessas, tentarei fazer o melhor para que também vocês sejam ouvidos.
Abraço de Leão.
Verdão.

Leva lá a taça

"Quando o padroeiro dos oftalmologistas, São Lucílio Baptista (SLB para os amigos), viu que Pedro Silva tinha um braço no meio do peito e uns pés meio metro à frente do lugar onde realmente estavam confesso que fiquei, por assim dizer, com azia. Quando o jogador de três braços e pés gigantes mostrou os seus dotes de atirador de medalhas senti-me um pouco vingado. Quando vi a alegria com que os jogadores benfiquistas seguravam na taça Carlsberg, provavelmente a mais roubada do Mundo, fiquei incomodado. Quando, uns dias depois, Lucílio veio explicar que tinha a certeza que tinha visto o que não aconteceu já comecei a achar graça."

Autor: DANIEL OLIVEIRA
Fonte: Record

Pedro

quinta-feira, março 26, 2009

Homens com cultura sportinguista























"Desejo que o meu clube de sempre continue a lutar com todas as forças para acreditar que é possível ser campeão esta época. Se não conseguir, que fique à frente do Benfica. Esta é a melhor resposta que pode dar ao seu rival e à infelicidade que aconteceu no Algarve, com episódios tristes e lamentáveis. Nesse jogo, o Sporting foi o justo vencedor e voltou a provar que tem mais capacidade para ficar à frente do Benfica. Além disso, tem mais equipa, tem melhor técnico e massa associativa".

Manuel Fernandes, no Record.





















“José Eduardo Bettencourt, antigo administrador-executivo da SAD verde e branca, perfila-se, sabe O JOGO, como candidato à presidência do Sporting no próximo acto eleitoral do clube, que está agendado para dia 5 de Junho e irá determinar quem sucede ao actual líder leonino, Filipe Soares Franco.”

“Neste momento, José Eduardo Bettencourt ainda está a amadurecer a ideia, não tendo por isso tomado uma decisão que se considere definitiva, algo que só fará em princípios de Abril, depois do Congresso do clube, que se realiza precisamente este fim-de-semana, em Santarém, mas é desde já um nome que ganha cada vez mais força, sobretudo por ser credível e potencialmente gerador de consensos.”

“Administrador-executivo da SAD verde e branca durante cerca de três anos - de 1 de Abril de 2001 até final de Junho de 2004, esteve directamente ligado ao último título de campeão nacional do Sporting, obtido em 2001/02. Bettencourt reúne, assim, um conjunto de palavras-chave que certamente o colocaria como favorito, ou pelo menos como nome fortíssimo, à disputa pela cadeira presidencial dos leões: a credibilidade, rigor e consenso junta-se... campeão.”

Jornal, O Jogo.


Verde CDV

Meio Milhão

Esta semana atingimos o bonito número de meio milhão de visitas.
Primeiro quero agradecer ao Leonino por ter tido a ousadia de saber criar e manter um espaço de convívio sportinguista.
Em segundo quero confessar que me sinto um privilegiado por poder escrever num blogue que transpira sportinguismo.
Uma palavra de apreço para todos os colegas editores que ao longo dos anos colaboraram no blogue.
Para finalizar fica o agradecimento eterno a todos vós que fazeis deste espaço um lugar especial. Este blogue não é nosso, é vosso.

Obrigado do fundo do coração!

Viva o Sporting!


Verde CDV

quarta-feira, março 25, 2009

Surpreendente

Quanto mais ouço mais perplexa fico. Todo este lamentável episódio da Taça da Liga é como um enorme tapete em que a porcaria não cessa de aparecer. Resumindo:

- assistimos às desculpas mais patéticas de sempre no futebol. Lucílio Baptista tinha a certeza, mas foi consultar os fiscais, o que estava mais perto não viu, o que estava a 50 metros e por acaso é benfiquista assumido viu, ficamos assim então marcamos penálti por intuição.
- quando se achava que não era possível ultrapassar este nível de ridículo, o director de comunicação do benfica descobre a teoria da conspiração e diz que tudo não passa de uma estratégia para condicionar as arbitragens até ao final da época e açambarcar o segundo lugar. (mas alguém deu estupefacientes a este senhor????!!!)
- ainda mal refeitos de tanta estupidez, ouvimos uns energúmenos desse outro lado da 2ª circular dizer que o Sporting nem merecia estar na final porque venceu o Rio Ave com um golo ilegal. (helloooo! O Sporting não precisava de ganhar para se apurar para a final!!!)
- a cereja em cima do bolo aparece com a mão da comissão disciplinar a dar umas palmadas nos meninos que se portaram mal. Sim, porque é muito mais grave fazer o gesto do gamanço do que realmente roubar a Taça ao seu legítimo vencedor.

É atirá-los para um balde de petróleo e enchê-los de penas.

Gia

Nem pense nisso Presidente!





















No programa “O Dia Seguinte” da SIC Noticias, Filipe Soares Franco colocou a possibilidade de Pedro Silva ser castigado internamente.
Nem pense nisso Presidente! Os heróis não se castigam, veneram-se.
De acordo com o cargo por si ocupado podemos perceber a sua postura politicamente correcta e entender frases como esta: “ Não devemos devolver as medalhas porque pertencem aos jogadores.”
Não sendo hipócrita devo dizer que aquele gesto me satisfez profundamente, pois representou toda a ira que me ia na alma.
Este jogador não pode ser duplamente penalizado, pois o castigo da Liga vai ser pesado.
Até porque o atleta já se penitenciou pelo acto e porque lhe assistem muitas atenuantes.
Por outro lado um castigo interno só iria enfraquecer a coesão readquirida pelo grupo.


A figurinha nacional do momento não esteve presente no programa “prolongamento” da TVI 24, porque recebeu ameaças de morte.
Anteriormente tinha falado na SIC e noutros órgãos de comunicação social. Na própria SIC admitiu que não tinha tido receio de sair de casa.
Depois da sua única aparição televisiva e da explicação surreal, nunca mais se ouviu a sua voz. O problema é outro e nada tem que ver com supostas ameaças de morte.
Por mais voltas que dê o caminho leva-me sempre para Vítor Pereira.
Ou Lucílio falou sem ordem dele e agora foi silenciado ou teve ordem para falar e envergonhou o chefe.
É no mínimo estranho que do trio de arbitragem o único que ainda não se pronunciou foi José Cardinal. Seria muito interessante ouvir a sua versão dos factos, pois pode ajudar a esclarecer todo este imbróglio.
- Quem não deixa José Cardinal falar?
- Quem não quer o apuramento de toda a verdade?


Anteontem á noite assistiu-se ao regresso do “Papagaio”, consubstanciado na pessoa de João Gabriel. Ao melhor estilo trauliteiro conseguindo superar o inenarrável João Malheiro.
Nunca pensei assistir a uma coisa tão ignóbil e abjecta.
Dou de barato aquela coisa da taça, pois se fossem sérios tinham-na oferecido ao Lucílio.
A explicação de Sílvio Cervan para esta conferência de imprensa é sublime: “não foi para atacar o Sporting, mas para dar satisfações aos adeptos.”
O Sporting numa postura superior nunca se pronunciou sobre as pressões exercidas antes do jogo ou sequer sobre o pedido de controlo anti doping. Após o jogo dirigiu toda a sua revolta para o trio de arbitragem e para a Liga e fiel à sua postura nunca envolveu o nome do adversário. Mas estes com complexos de narcisismo não aguentaram calados e destilaram pestilência pela boca fora.
É triste ver um símbolo do futebol nacional como foi Rui Costa envolvido em atitudes vis e torpes. Veremos se no final do campeonato não precisarão de vir esclarecer os adeptos novamente.
Depois de todas estas afrontas só existe um caminho a seguir, o corte de relações.


A comissão disciplinar da Liga instaurou processos contra Soares Franco, Paulo Bento, João Moutinho e Pedro Silva. Veremos se a celeridade e veemência com que vão aplicar os castigos será equivalente à candura com que estão a tratar o árbitro.
Entretanto o presidente da Liga resolveu quebrar o silêncio; finalmente, e veio dizer um monte de trivialidades. Obviamente defendeu a continuidade de Vítor Pereira à frente da comissão de arbitragem da Liga.
Este; covardemente, diz que aguarda um momento mais oportuno para se pronunciar. Não precisamos de palavras para nada, queremos é acções. Façam um grande favor ao futebol português e demitam-se.



PS: Continuem a votar em Pedro Silva. Não deixem acontecer nenhuma surpresa.



Verde CDV

O erro de Lucílio

"Parecia uma comédia: Lucílio Baptista pediu a opinião aos dois fiscais de linha sobre o penálti que marcou contra o Sporting. Se pediu a opinião, é porque não tinha certeza nenhuma. É porque, em duas palavras, não tinha visto com os seus olhos nenhuma irregularidade. Dos dois fiscais de linha, o que estava mais perto do lance disse não se ter apercebido de qualquer falta. E o que estava mais longe afirmou que lhe "parecia" ter havido falta, tendo em conta a "trajetória da bola". E, como havia uma maioria de 2 para 1 que se inclinava para a falta, o árbitro marcou penálti."

Autor: JOSÉ ANTÓNIO SARAIVA
fonte: Record

Pedro

Como disse?

"A "podridão", de que se queixa Paulo Bento, dá pois muito jeito. O clube exorcizou os seus demónios e uniu-se à volta do presidente, que até já admite recandidatar-se. Happy ending? Sim, mas só se esquecermos um delicioso pormenor, que ontem se descobriu: o golo do Sporting é precedido de uma falta sportinguista. E esta, hem?"

Autor: Domingos Amaral, Director da ‘GQ’

fonte: Correio da Manhã

Pedro

E depois é o Sporting...

Depois de o que aconteceu no Algarve, onde toda a gente viu, eis que, segundo o jornal A Bola, Pedro Silva e João Moutinho arriscam-se à punição de um a quatro jogos só por causa das declarações prestadas tendo, como base, o artº. 126 do Regulamento Disciplinar.

Será que é o Sporting que está a querer montar «campanha» para condicionar dirigentes da arbitragem?
Palavras para quê, não é???

Continuem a votar no Pedro Silva como melhor jogador da final da Carlsberg Cup.

Pedro

terça-feira, março 24, 2009

Votemos em massa no PEDRO SILVA




Votem no Pedro Silva e espalhem a palavra!

Melhor jogador CARLSBERG CUP



Via VERDE

Há...

Gente que pensa:

"A verdadeira verdade é que não vencemos o jogo à custa daquele erro, mas sim devido ao magnífico desempenho do Quim nos penáltis. Mas a ideia que ficou foi que o árbitro nos deu a taça, e o que mais me irrita é a forte sensação que me fica que o próprio Benfica contribuiu para essa ideia…"

E gente que não pensa:

"Benfica considera que Sporting montou «campanha» para condicionar dirigentes da arbitragem"

Pedro

Provavelmente a taça mais feia do mundo - parte I





Estou de volta ao vosso estimado convívio. Este é um momento que eu não podia perder. A minha vida anda transtornada desde a final do Algarve. De um leque de decisões pouco ponderadas, destaco uma em cores de corar: ando a mentir aos meus filhos. Disse ao meu mais novo, que ele se chamava Pedro, em homenagem àquele senhor de boné de marca e camisola do Sporting que estava a atirar uma coisa que pertencia ao Maxi para o relvado. Disse à minha filha que a castigava, se ela se dirigisse a mim, e a mãe, como “pais”, porque esse era o nome do fiscal de linha que, infelizmente, estava vivo e de serviço nesse triste dia. Vamos lá por ordem: a taça é um merda. é feia. e não pode valer grande coisa, senão não a emprestavam àquele careca para ele ir com ela para um conferência de imprensa (aliás, só a emprestaram ao João Gabriel porque ele é o único que tem tão pouca vergonha que não se importa de ser visto com a taça). Aparecer em público ao lado daquilo é um pouco como ser o advogado do Fritzl, se houvesse taças feias com cursos de advocacia... Bem, fez o Luís Filipe Vieira, que não viu o jogo por conselho médico, com o receio que o seu coração; que galopa perante a falta de justiça desportiva, não resistisse a tamanha blasfémia. Esta taça está amaldiçoada; bem como tudo o que o Di Maria meta a boca até fazer trinta, e mesmo em termos de de patrocinadores é um rotundo fracasso porque: a Carlsberg é que pagou tudo e a ERA é que fica com os louros. Nada melhor que o nosso clube optar por nunca mais lá pôr os pés, e fazer tudo para acabar com esta fantochada inventada pelo Porky Pig e com este enorme feito no palmarés dos Vale Tudo, que, a curto prazo, fica reduzido à importância de uma Garraiada de Verão. Com a agravante de: servir para salvar a vida ao Quim, prolongar artificialmente a do Quique Flores e assegurar que o Silly Cervan nasceu parvo e aprimorou a técnica.
(to be continued)

João Quadros

A mais recente aquisição do...

... Sport LUCILIO e Benfica
Pedro

segunda-feira, março 23, 2009

Ainda o roubo.

São coisas naturais, não são?
Leiam só esta notícia do Record.

Pedro

Silêncios comprometedores

Esta final começou com entrevistas por parte dos jogadores, treinadores e até por parte do árbitro que quase nunca se pronuncia.
Após o apito final assistiu-se a um mar de silêncios comprometedores.

A começar pelo mentor desta competição que por acaso é o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. Ainda não teve tempo para se pronunciar sobre toda esta palhaçada.
A edição deste ano da Taça da Liga estava destinada a terminar de uma maneira triste.
Basta recordar as arbitragens anteriores e o episodio do goal-average.
Este presidente até pode ter muito boa vontade, mas não tem perfil para este cargo.
Por favor Srº Hermínio Loureiro demita-se!

Outra personalidade que já deveria ter vindo a terreiro falar era o Presidente da Comissão de Arbitragem da Liga, o Srº Vítor Pereira.
Mais uma vez não mostra clarividência e coragem necessárias para o cargo.
Deve estar a elaborar um comunicado sobre esta arbitragem nojenta. De certo a tentar arranjar alguma explicação minimamente convincente para aquele penalty fantasma ou quem sabe a pedir pesados castigos para os jogadores e treinador sportinguista.
Depois de ter estado ao serviço da UEFA veio para revolucionar a arbitragem, mas os seus critérios têm redundado numa desilusão tremenda com um prejuízo nefasto para o futebol português.
Por favor Srº Vítor Pereira demita-se!

O Srº Lucílio Baptista foi muito solícito a dar entrevistas antes do jogo, onde disse que esta nomeação tinha sido um prémio de final de carreira.
Já todos percebemos quem lhe deu a prenda e como foi solícito a retribuir.
Depois do roubo que perpetrou não foi capaz de falar para os jornalistas como prometido e saiu pela porta dos fundos.
Qual covarde não foi capaz de enfrentar os jornalistas num directo e preferiu dar uma entrevista gravada para a estação de televisão SIC no dia seguinte ao jogo.
Com o ar mais sofrido deste mundo deu explicações surreais para o sucedido.
Diz que marcou penalty porque o auxiliar (nº2 – Pais António) que estava mais distante lhe confirmou a existência de um braço na bola. Já o auxiliar (nº1 – José Cardinal) que acompanhava a jogada disse-lhe que não tinha visto nada.
Covardemente aproveitou para sacudir as responsabilidades para terceiros.
Se foi tudo tão claro porque razão teve de ir conferenciar com o seu auxiliar e demorou tanto tempo a concretizar a decisão.
Será que teve medo de emendar a primeira decisão e não teve a humildade de reconsiderar. Vamos ter de averiguar quem está a mentir.
Afirmou ainda que não tinha visto o gesto de Paulo Bento e não se apercebeu da gravidade da “peitada” de Pedro Silva e por isso não mencionou os factos no relatório.
Isto é tudo mentira e mais uma vez fica patente a sua covardia.
Por favor Srº Lucílio Baptista ponha fim à sua carreira!

Rui Costa pode ter sido um grande jogador de futebol, mas como dirigente mostrou não valer nada. Estando na esteira do seu presidente, um dos dirigentes mais medíocres que passou pelo futebol português.
Alguém ouviu uma palavra da sua boca até este momento. Era de elementar bom senso que pedisse desculpa ao seu homologo Pedro Barbosa ou até ao seu antigo colega Paulo Bento.
Acho que é nestas alturas que os verdadeiros desportistas se revelam e Rui Costa começa a revelar-se em todo o seu esplendor.
Por favor Srº Rui Costa seja mais honesto e tenha fair play!

O presidente Filipe Soares Franco disse que fomos roubados e pediu desculpas por parte de todos os agentes desportivos envolvidos.
Já é um começo, mas temos de ser mais assertivos e um mero pedido de desculpas é insuficiente para reparar o mal que esta arbitragem nos causou.
O Sporting tem de ir mais longe e exigir à Liga que esclareça este penalty e todo o que se passou antes e depois.
Refiro-me às palavras do auxiliar, José Cardinal; que segundo os jogadores do Sporting e um câmara da SIC, disse explicitamente e mais de uma vez que não era penalty.
Palavras essas que foram agora desmentidas pelo arbitro.
Assim terá de haver uma acareação na sede da Liga para esclarecer de uma vez por todas quem disse o quê. Então ficaremos a saber se os covardes se protegem uns aos outros.
Sendo verdadeira a versão dos jogadores do Sporting e do tal trabalhador da estação de televisão SIC, o Sporting só tem um caminho a seguir.
Deve pedir a irradiação do árbitro Lucílio Baptista.


PS: O Inocêncio Calabote ao pé do Lucílio Baptista vai passar a ser um menino de coro.
Daqui a 50 anos ninguém se lembrará de quem ganhou esta final, mas ainda estaremos recordados deste monumental roubo.


Verde CDV

....e não pediu desculpas!

Final da taça de Portugal 2004, já nessa altura Mourinho avisava.

The Best One

Inquérito da Liga, exige-se!

Fiquei perplexo ao ouvir as palavras de Lucílio Baptista na SIC, a sensação que tive foi que estava a ser entrevistado o filho de Gepeto. Vejamos:
Como é possível afirmar que no campo não tem dúvidas de que é grande penalidade se confessa que não vê o lance? Ora bem, das duas uma, se vê algo que não existe é porque erra propositadamente, se não vê, não pode ajuizar. Não é assim?
Quando afirma "no ângulo onde eu estou fico com a certeza de que ela é desviada com o braço, ahhhmm, esse, esse... não tive a menor dúvida". Comecei a notar as primeiras alterações no seu nariz.
Prossegue então a afirmar que há um pormenor que o chocou em que dizem que o 1º assistente dele (não, não é o Di Maria) que diz que não é penalty ao qual afirma que "é totalmente falso". Logo de seguida a jornalista pergunta-lhe "então naquela conversa que está a ter pela intercomunicação, foi nessa altura que teve uma dúvida, é isso?" Surge a resposta: EXACTAMENTE.
Paremos aqui um bocadinho para analisar isto.
1º - O Sr. Lucílio apita inicialmente um lance que diz não ter dúvidas nenhumas.
2º - O Sr. Lucílio conversa com o 1º assistente para o ajudar porque, segundo o próprio, teve uma dúvida.
??
Como apareceu então essa dúvida a quem não tinha inicialmente dúvidas nenhumas, Sr. Lucílio?
Vamos, com a ajuda do próprio, tentar descobrir.
Segundo se percebe nas imagens a dúvida surge com a interferência do tal 1º assistente que com um ligeiro mas bastante perceptível abanar de cabeça, parece indicar que não há lugar a grande penalidade. Apesar do tapar de lábios tipicos de uma classe que se pretende transparente e impoluta, é notório que pelo menos uma mensagem está a ser transmitida ao chefe de equipa e que é essa mesma mensagem que gera a tal dúvida que Lucílio reconheceu existir.
É aqui que a bota não bate com a perdigota.
Lucílio Baptista afirma que "do sítio onde ele se encontrava o 1º assistente, não vê o lance e quando estava a dialogar com ele recebeu a informação do assistente nº 2 a confirmar a decisão de penalidade".
Recapitulemos, então:
1º- Lucílio não tinha inicialmente dúvidas;
2º- Segundo o próprio, o 1º assistente não viu o lance por causa do ângulo pelo que não estaria em condições de emitir juízo;
3º- O 2º assistente confirmou a grande penalidade.
Então pergunto:
QUANDO E COMO SURGIU A DÚVIDA?
Não terá surgido porque na verdade recebeu indicações do assistente mais bem colocado a afirmar que não havia lugar a grande penalidade?
Não terá sido isso que o levou a deslocar-se junto do 1º assistente que lhe deu indicações contrárias às por si já tomadas?
Não terá optado pela decisão mais fácil que seria prosseguir com a opção inicial por ver a sua tese corroborada por um assistente que, ainda assim, se encontrava pior colocado?
Assim concluo:
a) É para mim notório que a dúvida surgiu em Lucílio Baptista após a conversa que está a ter pela intercomunicação (como aliás o próprio reconheceu).
b) Nenhuma indicação tornada pública por Lucílio Baptista é geradora ou motivo de criação de dúvidas visto que, segundo o próprio, um assistente não vê o lance por falta de ângulo e o outro corrobora que é penalty.
Pela impossibilidade de b) ser gerador da dúvida de a), e à falta de mais dados revelados por Lucílio Baptista, não me resta outra hipótese como cidadão e adepto do futebol transparente que não seja formar opinião que este Sr. a está a mentir, ou no mínimo, a omitir dados importantes. Não há outra leitura.
Exigir assim às entidades competentes, nomeadamente à Liga Portuguesa de Futebol Profissional a abertura imediata de um inquérito.
Apure-se a verdade dos factos que terão levado ao assinalar desta grande penalidade que manchou, uma vez mais, o futebol português.
Abraço de Leão.
Verdão.

domingo, março 22, 2009

Sem comentários...

+
=

Pedro

Primeiras páginas da vergonha!



A BOLA: 'Penalty' fantasma afasta Sporting de uma vitória previsível

O JOGO: Lucílio Baptista assinalou penalti inexistente

RECORD: Penalti fantasma ensombra final da taça da liga


Que estas páginas fiquem na História como marca de um episódio muito negro e sujo do futebol português - que nunca mais se deveria repetir - e que se sobreponham à frieza da estatística que um dia dirá que um clube que veste de vermelho ganhou uma final no Algarve!

Leonino

Palavras e atitude dignas de um verdadeiro LEÃO



Pedro Silva:
«Para que quero a medalha? Dêem-na a ele, a esse ladrão.
Toda a gente viu o que aconteceu. Em todos os jogos há polémica, em todos os jogos os árbitros erram e ninguém faz nada.
Acho que alguém tem que tomar medidas. Perguntei-lhe quem assinalou e ele diz que não sabe? Então se ele é o árbitro por que assinalou? Isto é uma brincadeira.
Não foi penálti. Que o meu filho morra se foi penálti.»

Via VERDE

Devolver as tralhas

Devolver as medalhas à Liga é o minimo que se exige.
Parabéns ao Sporting Clube de Portugal, ao Paulo Bento pela forma como nos defendeu e um abraço especial ao Pedro Silva pela injustiça que foi alvo.
Abraço de Leão.
Verdão.

sábado, março 21, 2009

Vergonha, batota, roubo, indecência!!!!!!!



Uma final estragada pela acção de um árbitro e de um auxiliar que nos ROUBARAM de um modo vergonhoso!

Sempre que há jogos de grandes decisões entre o nosso clube e esta 'gentalha' aparece sempre a ajuda milagrosa baseada na batota para fazer a diferença.

É por isto que não gosto desse clube, que acho nojenta a forma como se situam e posicionam desde sempre no desporto português e talvez seja por isso mesmo que tanto ódio despertam no nosso país.

Uma palavra de compreensão e de solidariedade para os nossos jogadores, treinadores mas sobretudo para o Pedro Silva: apesar da peitaça que fez ao batoteiro do apito, soube a pouco. Eu teria feito pior, porque não há sabor mais amargo e revoltante que o da injustiça!

Por último, o senhor José Augusto Marques não sabe claramente separar a sua função profissional na SIC da sua condição de adepto: uma vergonha os gritos orgásmicos e os comentários feitos ao longo de todo o jogo, sempre a favor do seu triste clube!

Faço aqui uma sugestão aos responsáveis do nosso clube: que em forma de protesto por este NOJO, na próxima época não participem na edição desta taça e que devolvam as medalhas recebidas esta noite!




















Leonino

Nota: vamos deixar AQUI uma mensagem na opção 'SUGESTÕES' a pedir a devolução das medalhas e o boicote a esta competição na próxima época!

Vamos a eles!

Espera-se hoje que a nossa equipa nos de uma boa razão para a continuar-mos a apoiar incondicionalmente.

Paulo Bento disse ontem em Conferencia de Imprensa que se fala mais na equipa que vai perder este jogo do que da que vai ganhar e é claro que existe uma razão para isso estão as duas "praticamente" arredadas do titulo e este jogo dará a possibilidade de ganhar o único troféu da época por isso aquela que falhar estará de certeza em maus lençóis.



A minha critica:

A organização desta final.

Não existem bilhetes á venda no Algarve, tive que me deslocar a Lisboa (vindo do Algarve) para comprar 2 bilhetes pois foi me dito ao telefone que só podiam comprar os bilhetes os próprios mediante a apresentação do cartão de sócio, ora, 20 € cada bilhete, 30 € Gasóleo, 35€ de Portagens vejam bem por quanto eu vou fazer a festa mas lá estarei a apoiar o meu Sporting.

Tenho pena não me ter lembrado antes pois este seria o Jogo ideal para a tão falada faixa do Sangue Leonino, temos que avançar com isso pessoal já somos uma referencia do nosso Sporting.

E o tal almoço?? que é que vai avançar com essa excelente ideia?? se quiserem que seja feita no Algarve eu posso tratar de tudo mas fica chato para o pessoal do Norte.

Bom, vamos a eles e 1-0 é suficiente para trazer o "caneco".

Força Sporting

The Best One

sexta-feira, março 20, 2009

Desta vez não escapas!

























O ano passado disputamos a final da Taça da Liga contra o Setúbal e não conseguimos trazer o troféu para o nosso museu.
Desta vez será mais um derby contra o eterno rival e não iremos deixar escapar esta bonita taça.
Não serão as coincidências proporcionadas pelo árbitro Lucília Baptista que nos desviarão do rumo da vitória.
Amanhã faça chuva ou sol, com ou sem Izmailov tudo faremos para ganhar mais uma final e proporcionar uma grande alegria aos milhares de sportinguistas que estarão no estádio do Algarve.

Após a reunião do Conselho Directivo ficou a saber-se que as eleições devem ter lugar no dia 5 de Junho.
Já a Assembleia-Geral para aprovar a alteração dos estatutos ir-se-á realizar no dia 13 de Abril.
Esta alteração dos estatutos só será viável com o voto favorável de 75% dos participantes. Se for aprovada irá dar origem a uma Assembleia referendária para dizer sim ou não ao plano de reestruturação financeira, que deverá acontecer no dia 30 de Abril.

O sorteio dos quartos-de-final da Liga dos Campeões proporcionou os seguintes confrontos:

Quartos-de-final

Villarreal-ArsenalManchester
United-FC Porto
Liverpool-Chelsea
Barcelona-Bayern Munique

Meias-finais

Manchester United-FC Porto / Villarreal-Arsenal
Barcelona-Bayern Munique / Liverpool-Chelsea


Verde CDV

quinta-feira, março 19, 2009

Modalidades sempre!

Segundo este jornal os sportinguistas estão totalmente alheados no que diz respeito às modalidades amadoras. Esta opinião é consubstanciada neste estudo que foi encomendado pelo Sporting.
As conclusões a extrair não deviam servir de barómetro para tomar qualquer decisão, pois representam uma minoria muito escassa do universo leonino.
Contudo ressalta daqui que os sportinguistas anseiam pela construção de um pavilhão, se for perto do estádio ainda melhor.
A grande maioria quer a reactivação de algumas modalidades que muito prestigio trouxeram ao clube.

Voltando ao principio percebe-se que os sportinguistas não estão alheados no que às modalidades diz respeito. Estas foram-se alheando por culpa de vários presidentes.
Pois ninguém esquece os sucessivos cortes e extinção de várias modalidades em prol de um futebol mais ganhador.
Continuámos a investir mundos e fundos e não tivemos o retorno desejado e pelo caminho ficaram modalidades que eram históricas.
A machadada final foi dada com a construção do novo estádio e com o adiamento sucessivo da construção de um pavilhão.

Andamos com a casa às costas há alguns anos e isso potenciou o afastamento dos adeptos. Temos saudades daquelas tardes de sábado e domingo junto ao estádio de Alvalade a acompanhar todo o que era modalidade.
Alguém se esquece das fabulosas equipas de Basquetebol, Hóquei em Patins, Voleibol que nos proporcionaram tardes e noites majestosas.
Acreditem que a construção de um pavilhão junto ao estádio fará regressar essa febre.
A actual direcção e as vindouras terão de ter a consciência que isto é o Sporting.
Nenhum dirigente pense que algum dia terá o Sporting Clube de Futebol. Quando isso acontecer estarão a tentar apagar as nossas memórias e a matar o Sporting Clube de Portugal.

Porque este clube é muito mais que futebol aqui fica o meu agradecimento ao site por disponibilizar as biografias das grandes figuras que representaram este clube centenário.


Verde CDV

quarta-feira, março 18, 2009

Alternativas

Questionava-me ontem sobre o porquê de ainda não haver, além do referido programa "na blogosfera", qualquer vislumbre de alternativa à actual direcção. Ninguém se chega à frente, e eu não duvido que há muito boa gente capaz e competente, cujo sportinguismo é irrepreensível, que poderia fazê-lo. Aqui está o que penso, depois das duas conversas que tive com o Soares Franco e os números que me foram dados pelo Pedro Afra: é uma tarefa babilónica. Não é só preciso ter estofo e competência; é preciso também ter estômago, dinheiro e capacidade para lidar com uma estrutura organizativa em que a transparência não reina (apitos dourados & companhia).

Como sabem, os dirigentes do Sporting não recebem qualquer dinheiro pelo seu papel - o que logo aí explica porque é que todos são presidentes em part-time, não dedicando o tempo devido a arrumar os cantos à casa. Depois, é preciso conseguir rodear-se de pessoas que não queiram apenas promover-se, mas que queiram mesmo trabalhar para a evolução do clube. E por fim, é preciso que o candidato a presidente tenha uma almofada mental e emocional suficientemente poderosa para lidar com as várias facções de adeptos e sócios sportinguistas. Agradar a gregos e a troianos, portanto, o que normalmente dá asneira porque adia decisões.
É uma posição difícil, muito difícil. Nesta altura de guerrilha interna ainda mais.

Preocupa-me que nos vejamos limitados a um "mal menor" quando chegarem as eleições. E, ao contrário de algumas opiniões que me têm chegado, não sou favorável aos presidentes toscos mas "muito sportinguistas" tipo Sousa Cintra. Porque foi com esses presidentes que andámos 18 anos sem ganhar.

A maior ironia é esta: de facto, os últimos anos foram os melhores do Sporting. Alguma vez, nos anos noventa, ganhávamos assim taças e supertaças de rajada, já para não falar de campeonatos? Como é que nos desunimos tanto depois de começar a ganhar?

Gia

terça-feira, março 17, 2009

André Marques, Celestino e Saleiro

Não sei se terá sido a primeira vez que três valores formados nas nossas camadas jovens e emprestados a clubes da Liga principal, marcaram todos golos que valeram pontos. Inédito ou não, o feito é merecedor de destaques como este.
Confesso que sou um admirador da nossa formação. Não porque a realidade financeira do clube a isso obrigue mas porque admiro todo um "know-how" agora nos legado pelo chefe Manuel Petronilho. Cuidemos dele.
Quanto aos atletas:
ANDRÉ MARQUES
No iníco de época houve quem estranhasse a minha antipatia pela contratação de Grimi mas tal deveu-se a três factores: a histeria anti-Ronny que valorizava qualquer um que por lá passasse, o custo do passe do argentino face ao seu real valor e um miudo chamado... André Marques. Depois de um período conturbado de algumas lesões afirma-se agora no Vitória de Setúbal fazendo, por vezes, todo o corredor esquerdo. Cruza muito bem e tem como grande vantagem sobre Tiago Pinto (filho de João Pinto a actuar no Trofense) o facto de ser mais alto e mais forte. Foi chamado à Selecção B e marcou agora um golo olímpico.
CELESTINO
É uma força da natureza, joga e faz jogar o meio campo do Estrela mas ao contrário do seu ex-colega júnior tem forte concorrência no Sporting. Recupera muitas bolas, pessoalmente gosto de o ver a trinco mas funciona também na ala direita. Bate bem os livres e foi assim que chegou ao golo esta jornada.
SALEIRO
Carrega com ele o facto histórico de ter sido o primeiro bebé proveta nascido em Portugal. É um ponta de lança de pouca mobilidade mas ainda assim extremamente oportuno. Gosta de jogar dentro da área mas sabe vir buscar jogo e assistir os seus colegas como poucos. Tapado por Faquirá e a sua armada brasileira, tentou a sorte na Académica onde Domingos Paciência terá visto nele qualidades semelhantes às suas enquanto jogador. Marcou ao Braga um golo pleno de oportunidade e lesionou-se quando estava a ser o jogador mais perigoso.
Nota: Agradeço à cerca de centena de pessoas que já assinaram a petição por eleições antecipadas. Desde ontem que esta ferramenta está ao dispor de quem deseja que o Sporting não perca mais um dia numa paz podre em que ninguém se entende. Avancem os candidatos.
Abraço de Leão,
Verdão.

Vamos ajudar o Sporting!

Neste momento crucial da vida do clube temos a obrigação de ajuda-lo a encontrar as melhores soluções.
Muito se tem falado em eleições antecipadas, mas nada se conhece de candidatos ou projectos.
O único programa disponível está na blogosfera.
É um programa sem rosto, com algumas ideias interessantes contudo falta-lhe explicar a viabilidade de tais medidas.

O que vos peço não é uma mera opinião sobre este programa, mas um contributo mais vincado da vossa parte.
Gostaria de contar convosco para delinear um conjunto de medidas a implementar por uma futura administração.
Todos juntos podemos criar sinergias positivas e ideias bastante validas para o nosso clube. Quem sabe se a nossa voz não chega a algum dos futuros candidatos e assim poderemos estar a contribuir decisivamente para o futuro do Sporting.
Não queremos estabelecer um programa eleitoral, mas contribuir somente com as nossas visões estratégicas.


Verde CDV

segunda-feira, março 16, 2009

Congresso

Esqueci-me de lançar este tema no post anterior, visto que se aproxima a data: o que deve acontecer no Congresso do Sporting? A ebulição em que o clube se encontra vai prejudicar o debate ou torná-lo mais efectivo? Será um ponto de viragem? Valerá alguma coisa, sendo organizado por uma direcção que está de saída?

Gia
Eu, que andei anos sem ver um título que fosse - um segundo lugar que fosse; que cresci com o 'deserto' e o peso da humilhação pública, do "não chegas ao Natal" e do "já estás quase na maioridade"; que assisti a um 3-6 histórico arrasador frente ao benfica; que vi fugir a final da Taça Uefa em casa; que vi sair por tuta e meia jogadores tão importantes como Figo e Cristiano Ronaldo;

Sou a mesma que em jogos miseráveis e humilhantes, em Alvalade, deixei cair lágrimas para cima do cachecol e lamentei o fado de um clube que parece ter queda para o sofrimento, largando impropérios contra o guarda-redes ou contra a azelhice de um defesa.

Mas no fim-de-semana seguinte, lá ia outra vez.

Triste, para mim, é ouvir os mesmos adeptos que nestes anos todos gritaram "contigo em toda a parte" e "a ganhar ou perder, Sporting até morrer" insultarem tudo e todos, pedindo cabeças e revoluções. Na minha opinião - e friso que é uma opinião, um sentimento, uma posição - é nestas alturas que demonstramos de que fibra somos feitos. Jamais virarei as costas ao Sporting.

Gia

Eleições antecipadas não é crime.

Não é, de facto.

Diria mais, é o procedimento correcto para melhor encarar o futuro.
O Sporting actual sofre da ausência de um líder cuja missão é a de nos guiar por um caminho que se avizinha, muito provavelmente, como o mais complicado da história deste Grande clube nacional. Urge defini-lo. Entendo as preocupadas mas prudentes palavras do Dr. Rogério Alves. Dramatizar esta questão e não a encarar como a solução que melhor serve os interesses leoninos é não querer ver o óbvio.

O Sporting está demasiado fragilizado, desportiva e financeiramente, para estar refém de uma paz podre mascarada pelo nome de estabilidade. Repare-se, quando após a mais negra página do nosso historial europeu o melhor que se conseguiu foi atirar as principais responsabilidades para cima de um só jogador (por muitas que as tenha), é o confessar da falência de toda uma estrutura.

Foi por tudo isto que decidi criar esta petição a favor de eleições antecipadas no nosso clube. Apresento-a aqui apenas hoje porque não quis capitalizar a raiva de uma derrota mas sim aproveitar a serenidade de uma vitória, sem oportunismos. Precisamos de um Líder que nos traga um rumo e se com esta petição vier um dia mais cedo, é um dia ganho.

Abraço de Leão.
Verdão.

sábado, março 14, 2009

Fizeram a sua obrigação: ganhar!



Sporting, 2 - Rio Ave, 0

Estádio José Alvalade
Árbitro: Elmano Santos
Árbitros assistentes: Sérgio Serrão e José Oliveira

Ao intervalo: 2-0

Sporting – Rui Patrício, Pedro Silva, Carriço, Polga, Caneira, Izmailov (Pereirinha, 55 m), Rochemback, Moutinho, Vukcevic (Yannick, 72 m), Liedson e Derlei (Adrien, 89 m).

Treinador: Paulo Bento

Não utilizados: Tiago, Abel, Tonel, Adrien e Tiuí.

Rio Ave – Paiva, Bruno Mendes, Gaspar, Edson, Sílvio, Livramento (Evandro, 76 m), Niquinha, Delson, Fábio Coentrão, Chidi (Wires, 46 m) e Yazalde (Vítor Gomes, 60 m).

Treinador: Carlos Brito

Não utilizados: César, Rogério Matias, André Vilas Boas e Candeias.

Disciplina: cartão amarelo a Rochemback (30 m), Pedro Silva (81 m) e Caneira (84 m); Bruno Mendes (31 e 45 m).

Golos: João Moutinho (21 m) e Rochemback (45+1).


Leonino

Que seja um silêncio ensurdecedor



Logo à noite estarei em Alvalade, e obviamente que - ao contrário de alguns sportinguistas - desejo que o meu clube ganhe o jogo com o Rio Ave, mas reiterando aquilo que aqui escrevi após a humilhante derrota em Munique: tão cedo não perdoo tamanha vergonha aos nossos jogadores, sobretudo pela forma como desisitiram de honrar o nome do meu clube.

Por tudo isso mas também porque não alinho no fácil histerismo da via do insulto e do assobio, estarei em silêncio, porque este por vezes consegue ser bastante ensurdecedor. E espero que esta noite o seja para os nossos jogadores!

Como o grande capitão Manuel Fernandes sublinhava: "os jogadores é que têm de reconquistar os adeptos, não o contrário!"

Leonino

sexta-feira, março 13, 2009

Silêncio

Após mais uma hecatombe as vozes que mais se fizeram ouvir foram as dos adeptos para expressarem a sua vergonha e indignação.
Não fizeram mais que verbalizar o sentimento de raiva e frustração que lhes ia na alma dilacerada.
Do outro lado um silêncio sepulcral entrecortado por mais uma declaração esporádica e pejada de lugares comuns e que nada acrescentou proferida por Miguel Ribeiro Telles.
Muito do que hoje se passa no futebol do Sporting deriva da sua constante demissão e dos seus silêncios.
A voz que nós queríamos escutar, mais uma vez optou por um silêncio estrategicamente comprometedor. É nestas alturas delicadas que os líderes devem dar a cara e assumir as suas responsabilidades.
Todos sabemos que está de saída, mas enquanto titular do cargo para que foi eleito só tem assumir a sua quota-parte de culpa.
Mais uma vez optou por falar aos sportinguistas através dos jornais e deu uma extensa entrevista ao jornal o Jogo.
Não concordando com muitas das coisas que diz, não posso deixar de concordar com esta passagem: “…A haver eleições antecipadas teriam de ser antes do dia 1 de Maio, ou seja, daqui por mês e meio. Não conheço, até hoje, nenhum verdadeiro candidato a presidente. Mais: não acredito que em mês e meio se possa apresentar um projecto credível para quatro anos, sem conhecer a verdadeira realidade do clube. Por outro lado, o Congresso só se realiza no fim de Março. Não é possível, num mês, fazer-se um projecto, uma candidatura, e esclarecer-se a massa associativa. Fui muito criticado por no dia 8 de Janeiro ter dito que não me candidatava. Fi-lo, propositadamente, para dar condições aos sportinguistas elegíveis para avançarem. Até hoje não apareceu ninguém.”

Já existem várias ideias a correr pelo universo leonino para fazer vincar o protesto dos adeptos junto dos jogadores no próximo jogo. Há quem sugira uma greve ao jogo de amanhã.
Respeitando todas as formas de protesto tendo a concordar com esta ideia vincada neste comentário feito pela Ana: “ Eu sou mais a favor de uma enchente silenciosa... uma casa vazia é mais um golpe no Sporting, é menos uma receita para o clube. Uma assistência sem aplausos, sem incentivos, sem cânticos, sem bandeiras, sem chama. Ao fim e ao cabo, o mesmo que os nossos jogadores puseram ontem em campo.”
Não podemos fazer um boicote ao Sporting Clube de Portugal, mas devemos fazer um voto de silêncio para com os que nos deixaram ficar mal e mancharam a honra deste clube centenário.
Apelo para que amanhã todos se desloquem ao estádio de Alvalade e brindem os nossos jogadores com um silêncio ensurdecedor.
No final terão as nossas palmas se fizerem por merece-las.


Verde CDV

quinta-feira, março 12, 2009

Falta de vergonha na cara

«O Presidente do Sporting não se pode sentir envergonhado por sê-lo. O que se passou em Munique foi mau, muito mau, para a grandeza do clube, mas daí a sentir vergonha, não. Não considero que seja humilhação. Foi mau para a história do Sporting, mas humilhar é palavra que nego, porque acho que os Sportinguistas, passadas 48 horas, têm de avaliar o valor do plantel e da equipa técnica pela história de três anos e nunca por um jogo. Não se pode apagar o que há de bom»

Sr.filipe soares franco, de certeza que o sr. é SPORTINGUISTA ??!!!? O sr. será mesmo SPORTINGUISTA ??!?!?!

Se o senhor não acha que foi HUMILHAÇÃO o senhor não gosta do SPORTTING CLUBE DE PORTUGAL e mais, não GOSTA de futebol e não entende o que significa para milhões de nós.
Eu vivo fora de PORTUGAL e o senhor não sabe como é dificil explicar qual é o meu clube em PORTUGAL a muitos dos meus colegas e amigos; eu vivo numa cidade com pessoas de todo o mundo e antes de lhes falar do meu clube a referência que têm do nosso clube (se é mesmo o seu) é porque o Cristiano Ronaldo saiu do mesmo.
Da história e dos nossos feitos não sabem muito, e estes dias o senhor não imagina o que tem sido de gozo e vergonha na minha cara. E digo-lhe que gostaria de falar muito mais do meu clube e dar a conhecer mas a sua atitude relaxada de pouco caso e de falta de sangue, de falta de DEVOÇÃO, DEDICAÇÃO E ESFORÇO nos tem levado ao estado actual.

Estive calado a engolir tudo que me disseram até agora, mas as suas palavras fizeram-me sentir o jogo outra vez como se fosse hoje: QUE ENORME DESILUSÃO o senhor me saiu.

PS: E pensar que o BOBBY ROBSON foi despedido por um jogo em que tínhamos a eliminatória ganha e por um erro do árbitro ao expulsar o Dani e acabou mal; às vezes mais vale um demagogo ou aventureiro como chamam ao Sousa Cintra: pelo menos mostrava que se importava ou SENTIA PAIXÃO PELO CLUBE.

Ismas

E para terminar...

A actual direcção do Sporting vai-se embora, e Paulo Bento irá com ela. Os apelos à revolução e às consequências dos 12-1 dirigem-se a quem mesmo?

Gia

Devoção

Por algum motivo esta é a palavra que levo inscrita no cachecol que me aquece o pescoço todos os fins-de-semana. O Sporting é vida, e a vida não se põe em causa.

Quando as coisas correm bem é muito fácil apoiar o clube. Neste momento, o Sporting precisa de nós mais que nunca. Façam os boicotes que quiserem, eu com certeza estarei lá no meu lugar de sempre, a gritar e a bater palmas como sempre. Lamento, mas para deitar o Sporting abaixo já cá andam os outros todos. Catano, a minha dama defendo eu! Sim, foi uma vergonha. Sim, merecem dormir mal até ao final da época. Merecem redução de salários e corte de prémios. Merecem que nos revoltemos e engasguemos com tamanha barbaridade.

E também merecem, porque envergam a camisola de um clube maior que todos nós, que estejamos lá todos para começar de novo.

Fiz muita asneira quando era pequenina e levei algumas palmadas valentes, mas não me lembro de alguma vez os meus pais me terem ido deixar à porta da segurança social, para me boicotarem durante uns tempos.

Gia

Um grande leão 'made in Italy'



Entrevista do 'nosso' De Franceshi ao JOGO:

"O Sporting nunca, mas nunca pode perder assim, fazer esta figura! Ainda por cima na Europa, onde é muito respeitado, mas é fácil que se procurem culpados nestas alturas. O clube ganhou uma grande estabilidade nos últimos tempos e não a pode perder por causa de duas goleadas. Não são estes resultados que põem em causa o trabalho de uma época. Já aconteceu o mesmo na Champions ao Roma, sofrer sete golos, mas seguramente a 'societá' do Sporting vai superar isto."

"Os 'tifosi' sportinguistas são únicos, mas percebo a sua revolta. Não vale é a pena pedir-se a cabeça do treinador! Isso seria o mais fácil. É preciso ter calma e assentar ideias para ganhar o campeonato e a Taça da Liga."

"O Pedro Barbosa está a fazer um grande trabalho. Talvez não seja muito visível para o exterior, mas fá-lo. Já era um líder nos seus tempos de jogador e não me espanta que tenha tido futuro no clube noutras funções. Não o digo por ser seu amigo, sei que é competente."

"Procuro as pessoas do Sporting, porque gosto delas, não com outros interesses. Seria fantástico voltar ao clube, não o nego, mas agora quero regressar a Alvalade para apoiar a equipa, desde que o resultado seja outro."

"Escreva aí que eu sou sportinguista de verdade! Cresci como um adepto do Inter, a minha equipa em Itália, mas sofro pelo Sporting, estou sempre atento."

"Ser campeão no clube foi inesquecível, o maior título da minha carreira, mas a homenagem dos adeptos, quando joguei em Alvalade pelo Chievo Verona, foi das melhores coisas que vivi! Emocionei-me, cantaram o meu nome, dei voltas ao relvado. Não sabia que gostavam tanto de mim."

"O Sporting está em terceiro lugar e acredito que tem todas as chances de ser campeão. Eu fico por Pádua a torcer para que assim aconteça [risos]. Aquela vitória sobre o Benfica foi muito importante, uma vez que a 'squadra' não se afastou da corrida, mas é sempre perigoso, quando não dependemos de nós mesmos. Temos de ser fortes e ter paciência neste momento difícil. Espero que não seja tarde de mais, até porque o FC Porto raramente facilita."


Leonino

quarta-feira, março 11, 2009

Ombros

O botão foi para a posição 'off' mais cedo do que contava. Fechei os olhos; pedi para que me acordassem deste sonho mau. Desfilaram-me pela cabeça em murmúrio enraivecido todos os impropérios que gostaria de lhes gritar aos ouvidos, ali mesmo, dentro do campo, como uma vozinha irritante no ombro de cada jogador. Vergados, receosos, atrapalhados, uns autênticos farrapos. Deixei cair os cabelos sobre a cara, permitindo-me aceitar toda a dor desta humilhação. Mas desta vez não isolei os sentidos, como costumo fazer quando as derrotas doem demais; também eu acedi a um exercício masoquista, ouvindo os comentários desportivos e vendo hoje, nos noticiários da manhã e da hora de almoço, a reedição da desgraça.

Só nós é que conseguimos ser a equipa que leva 12 do Bayern e vai ao Dragão bater-se de igual para igual.

Só nós conseguimos ter a melhor escola de formação do país, e depois ter no banco miúdos mimados que insultam os fiscais de linha e são expulsos.

Só nós conseguimos ter um treinador capaz do melhor e do pior; jogadores que se empolam e fazem das tripas coração num dia, e no outro se comportam como meninos prestes a mijar-se pelos calções abaixo.

A única coisa em que não fomos diferentes ontem, para meu desagrado, foi na meia centena de adeptos que perseguiram a equipa à chegada a Portugal e andaram até às cinco da manhã a gritar "vocês são uma vergonha".

Meus caros, isso já eles sabiam. Sabemos todos. Hoje, vergada, trouxe a minha caneta do Sporting para o trabalho.

Gia

Ecos no mundo das nossas 'façanhas'

Peço desculpa pelo exercício de puro masoquismo mas aqui ficam os ecos que por esse mundo fora a 'brilhante' prestação europeia do nosso clube hoje suscita:



MARCA (Espanha)
Otro ridículo del Sporting de Portugal
El Bayern de Munich solventó el trámite con facilidad ante el Sporting de Lisboa, equipo que demostró de nuevo que los octavos de Final de la Liga de Campeones le viene muy grande.


BBC (Reino Unido)
Bayern Munich cruised into the quarter-finals of the Champions League after they annihilated sorry Sporting.
Few clubs will now relish the chance of meeting the German side, who became the first team to score 12 goals over two legs in a Champions League knock-out tie.


LE MONDE (França)
Le Bayern réduit le Sporting à néant (7-1).


LANCENET (Brasil)
O Bayern de Munique voltou a humilhar o Sporting - desta vez por 7 a 1, nesta terça-feira, em casa - e confirmou a vaga nas quartas-de-final da Liga dos Campeões. Os alemães já haviam vencido o jogo de ida, em Lisboa, por 5 a 0.
O massacre colocou o Bayern na História da competição. Foi a maior goleada aplicada em um jogo de mata-mata, igualando os 7 a 1 do Manchester United sobre a Roma, nas quartas da temporada 2006/2007.

RAI (Itália)
Sporting umiliato anche nel ritorno, il Bayern vince 7-1
Poco da dire sul tremendo 7-1 rifilato dal Bayern Monaco allo Sporting Lisbona. Imbarazzante la difesa dei lusitani, che già aveva incassato cinque gol all’andata: con i sette di oggi fanno dodici.



Leonino

terça-feira, março 10, 2009

Todos os recordes negativos são batidos esta época!



Bayern, 7 - Sporting, 1

Pela primeira vez desde que me conheço enquanto sportinguista tive profunda vergonha daquelas tristes figuras que representaram o meu clube esta noite em Munique!

Prefiro não me alongar porque iria escrever a quente algo de que mais tarde me possa arrepender, mas não queria deixar de partilhar que me sinto profundamente humilhado, envergonhado e traído por estes imitadores de jogadores profissionais que enxovalharam, sujaram e denegriram o bom nome do meu clube.

Tenho vergonha de vocês: não pedia muito, não pedia milagres, apenas pedia profissionalismo, brio e empenhamento!

Esta humilhação não vos perdoo!


Leonino

O sonho comanda a vida



Propostas de blackout à parte, birrinhas de meninos amuados com penteados de gosto duvidoso, empresários manipuladores também à parte, hoje quero ver os nossos jogadores apagarem a péssima imagem deixada há duas semanas a toda a Europa do futebol.

Num ambiente e num estádio fabuloso espero que todos aqueles que têm a honra e o privilégio de vestir a nossa camisola e de representar o nosso símbolo saibam ser sérios, profissionais e honrados!

O sonho comanda a vida... e o verde é - e será sempre - a cor da esperança!

Leonino

segunda-feira, março 09, 2009

Blackouts

Depois destas declarações o que me apraz dizer é que se decrete um blackout até final da época. Não podemos continuar a dar tiros nos pés e sermos nós próprios a promover a desestabilização na nossa casa.
Acho que os principais destinatários desta mensagem deveriam ser os que estão retractados neste post.

Uma breve nota para o fim-de-semana futebolístico.
Percebo a preocupação dos sportinguistas com as arbitragens, sobretudo a da Figueira da Foz, nada de novo…
Mas esse é um problema menor porque a capacidade futebolística apresentada é medíocre e nem dará para o segundo lugar, quanto mais para o primeiro.
O que deveria preocupar profundamente os meus consócios são os favores prestados em nome de um ideal.
Pelos vistos a politica dos empréstimos sai mais barata que comprar árbitros e é bastante eficaz como se pôde comprovar em Matosinhos.
Já aquela mão da Madeira me cheirou a esturro…
No futebol como na guerra vale tudo para conquistar a vitória, mesmo tirar olhos ou fazer dos outros ceguinhos…



Verde CDV

domingo, março 08, 2009

Parabéns Rui Silva























Numa corrida simplesmente brilhante Rui Silva conseguiu conquistar o título de Campeão da Europa de pista coberta em Turim nos 1.500 metros.
Nuns 1.500 metros bastante disputados o atleta do Sporting foi muito inteligente tacticamente e anulou por completo o jogo dos três atletas espanhóis que tentara arrecadar as três medalhas em disputa.

Com uma táctica muito arrojada foi para o comando da prova desde o seu início e apesar de várias tentativas espanholas aí se manteve até aos 1.000 metros.
Depois veio ao de cima o jogo da armada espanhola que assumiu a liderança.
Quando parecia que Rui Silva já não teria hipótese; pois estava encurralado, num golpe de mestre conseguiu passar à corda e tomar a dianteira novamente a 200 metros da meta para não mais largar.

Mais um feito para um atleta leonino amplamente medalhado mas que ultimamente se vinha debatendo com muitas lesões.
Contudo a fibra dos verdadeiros campeões vem sempre ao de cima nestas alturas e mais uma vez se viu que nos grandes momentos não costuma falhar.
Uma palavra para a jovem atleta portuguesa Sara Moreira que conseguiu alcançar a medalha de prata nos 3.000 metros.




Verde CDV

sábado, março 07, 2009

Ganhar com bastante 'tranquilidade'



Sporting, 2 - Paços de Ferreira, 0

Estádio José Alvalade
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto).

SPORTING – Rui Patrício; Pedro Silva, Daniel Carriço, Polga e Caneira; Izmailov (Vukcevic, 67 m), Adrien Silva, João Moutinho e Pereirinha; Derlei (Yannick Djaló, 81 m) e Liedson (Rodrigo Tiuí, 89 m).

Treinador: Paulo Bento.

Suplentes não utilizados: Tiago, Ronny, Tonel e Abel.

Golos: Liedson (7 m) e Derlei (34 m)

PAÇOS DE FERREIRA – Coelho; Danielson, Ricardo, Ozeia (Cristiano, 46 m), Kelly e Jorginho; Ferreira, Dedé (Paulo Sousa, 79 m) e Pedrinha; Edson e Leandro Tatu (Carlos Carneiro, 70 m).

Treinador: Paulo Sérgio.

Suplentes não utilizados: Cássio, Chico Silva, Kiko e Jorginho.

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Ricardo (48 m) e Pedrinha (75 m).


Leonino

sexta-feira, março 06, 2009

Reagir, com profissionalismo



João Moutinho, começou a época com um desejo de saída para o Everton, o que provocou desapontamento aos adeptos sportinguistas que viam neste jovem formado nas nossas escolas, o "modelo" do jogador formado no Sporting, portanto foi algo que desgostou quem via no capitão de equipa, uma referência.
No entanto, passada esta turbulência na relação entre o jogador e os adeptos, apraz registar-se que João Moutinho soube com profissionalismo, defender a camisola que enverga bem como a braçadeira dentro do campo, sendo que a sua manutenção como capitão foi, questionada, no período subsequente ao seu desejo de saída.

Amanhã, poderá chegar aos 200 jogos com a camisola leonina, o que fará com que seja o jogador mais jovem a poder atingir esta marca, para a qual contribuiram duas séries de 95 jogos consecutivos, fruto da sua regularidade e qualidade exibicional ao longo das épocas em que está na equipa principal.

No fundo, soube com profissionalismo manter a relação com os adeptos, apesar da natural desilusão que a massa adepta sentiu com as declarações que teve, ainda para mais vindas do seu capitão de equipa. Que possa continuar a contribuír para as vitórias do Sporting, é o que desejo para amanhã e para o tempo em que cá permanecer, não se esquecendo de quem nele apostou e lhe permitiu chegar ao nível de reconhecimento internacional que tem. Porque sem humildade, dificilmente se pode alcançar algo no futebol profissional!

Lion King

quinta-feira, março 05, 2009

Adrien pronto para assumir a posição 6



A posição de pivot defensivo que foi ocupada no último jogo por Rochemback, deverá ser ocupada por Adrien no próximo jogo contra o Paços de Ferreira.

Apesar de Miguel Veloso poder ser alternativa para o lugar, acho que Adrien merece a titularidade, pois tem jogado bem nos jogos em que tem sido chamado, onde tem demonstrado uma entrega grande à camisola que enverga. Acho que Adrien Silva pode dar à equipa neste momento uma dinâmica boa, pois é um jogador que sabe fazer jogar, de forma simples e fluida, podendo dar ao jogo a meio-campo, uma rotação mais alta que a que se tem verificado. Em função da continuidade de oportunidades que forem concedidas ao nosso internacional Sub-21, poderá ser um elemento importante para a equipa, numa fase da época onde vencer terá que ser o único pensamento do Sporting!

Adrien Silva, é um jovem valor das nossas escolas, que tem muito potencial e que poderá vir a ser uma referência no Sporting e na Selecção Nacional assim mantenha a sua vontade de trabalhar e de evoluír, acredito.

Lion King

quarta-feira, março 04, 2009

Conseguirá Ronny agarrar o espaço na equipa?

Do jogo com o Porto, saíu uma lesão grave para Grimi que num lance com Hulk viu o seu joelho sofrer uma torção, obrigando a que seja operado e perca o resto da época.

Assim sendo, o lugar de defesa-esquerdo passa a ter em Ronny uma alternativa natural, apesar de Caneira ser o candidato mais sólido de momento a ocupar o lugar, penso.
Ronny, é um jogador que tem jogado pouco esta época, mas tem potencialidades para poder discutir o lugar e conquistá-lo, sendo que Caneira não atravessa um momento de forma digno de especial registo.
Ronny, é um jogador que quando sente confiança é capaz de dar algo bem positivo à equipa, não sendo também de descartar o seu forte pontapé, que num momento como o actual onde - Rochemback também estará ausente nos próximos jogos em mais uma lesão contraída no jogo do Porto - pode fazer a diferença.

Acima de tudo, com o infortúnio de um seu colega poderá chegar a oportunidade para Ronny, caso ele suba o nível de rendimento, do pouco que tem apresentado esta época. Poderá ser um jogador importante e com quem a equipa deve contar, nesta fase final da temporada em que entramos.

Lion King

terça-feira, março 03, 2009

A boa resposta de Tiago



Tiago foi chamado à baliza do Sporting, após a lesão de Rui Patrício que fracturou um dedo, tendo estado à altura daquilo que lhe era exigível. Trouxe a sua experiência, tendo dado segurança à equipa e confiança à defesa.

Rui Patrício, está no momento recuperado da lesão e disponível para voltar a jogar, sendo que usará ainda a luva especial que lhe permite um maior à vontade para defender em função da lesão que teve.

Será uma incógnita perceber se Tiago manterá a titularidade ou se Rui Patrício a recupera. Penso que neste momento, Tiago dá uma segurança um pouco superior em relação ao R. Patrício, pois encontra-se motivado em função de ter cumprido com a exigência de defender a nossa baliza, sendo que não vinha sendo o titular. É o único jogador do plantel que sabe o que é ser Campeão pelo Sporting e à entrada para o último terço do Campeonato, pode ser um jogador que em termos de mística de balneário, saiba passar à equipa o tipo de atitude mentalmente forte que é preciso ter, especialmente nos momentos onde as coisas possam não estar a correr bem.

Que possamos voltar a festejar o título de Campeões, como em 2001/2002, sendo que para isso é muito importante que aquele fantástico apoio e crença no Sporting se façam sentir já no jogo com o Paços de Ferreira, em Alvalade. Todos são precisos a apoiar o Sporting!

Lion King

segunda-feira, março 02, 2009

Quem sois vós!

Este é o comunicado de uma "estrutura" que se denomina AAS (Associação de Adeptos Sportinguistas) e que nos últimos tempos tem tentado assumir algum protagonismo junto do universo leonino.
Não serão mais que duas centenas, logo não representam praticamente nada num universo de milhões de adeptos sportinguistas.
A sua primeira aparição pública e notória foi quando solicitaram uma homenagem; durante a final da Taça de Portugal, ao adepto sportinguista que tinha sucumbido durante a final de 1995/96.
Não deixa de ser uma atitude louvável, contudo resulta de um aproveitamento descarado de uma ideia que foi difundida na blogosfera sportinguista. Permitindo-lhes capitalizar atenções e noticias nos jornais.
Ao menos podiam ter tentado convidar o autor da ideia ou fazer difundir junto da comunicação social o seu mentor.


Comunicado Oficial - Bayern Munique e Sr. Paulo Bento

A Associação de Adeptos Sportinguistas, AAS decidiu não emitir qualquer opinião na sequência do sucedido no último jogo da Liga dos Campeões, no Estádio José Alvalade, por forma a preservar o máximo de estabilidade na equipa para um jogo no Estádio do Dragão onde só a vitória interessava.

Desnecessário será frisar a extrema gravidade do resultado obtido em casa no jogo contra o Bayern Munique, ainda mais crítica pela notória falta de atitude de diversos jogadores no decorrer da segunda parte. Num episódio já visto noutros jogos esta época – Barcelona, Real Madrid...

Perante tal facto e perante as provocatórias declarações do Sr. Paulo Bento após o jogo no Dragão, temos a informar que:

1-A Associação de Adeptos Sportinguistas não pretende qualquer pedido de desculpas por parte dos jogadores, por intermédio de palavras, mas sim através de acções. Queremos que demonstrem em campo, com atitude, empenho, esforço e a mesma dedicação que todos nós o respeito que têm que ter pela camisola que envergam;

2-O Sr. Paulo Bento achou que este era o momento ideal para voltar a insultar os adeptos leoninos, queixando-se de falta de apoio nos jogos e fazendo comparações com adeptos de outro clube de Lisboa - no caso o “seu” clube.

3-Exigimos a todos aqueles que envergam a camisola leonina respeito pelos valores que esta transporta e respeito por todos os adeptos deste clube.

4-Lembramos o Sr. Paulo Bento que estar em final de contrato não lhe dá liberdade para insultar os adeptos e que ainda o esperam mais 3 meses em Alvalade, que ainda podem ser longos...

5-Pedimos ao Sr. Paulo Bento para limitar, no decorrer destes meses, as suas intervenções públicas pois o clima de guerrilha interno que existe hoje no clube é, muitas vezes, alimentado pelo próprio – que faz questão de ter “problemas” via imprensa com jogadores e agora, até com adeptos.

6-Estamos, no momento, extremamente preocupados com a possibilidade da planificação da próxima época estar a ser prejudicada por um treinador demissionário e pelo período pré-eleitoral no clube, pelo que pedimos ao Conselho Directivo do clube clarificação sobre este assunto.

A todos os elementos da estrutura do futebol profissional do Sporting Clube de Portugal, entendemos igualmente endereçar a seguinte mensagem :

Dada a falta de simbiose entre adeptos e equipa, com muito raras excepções, o Sr. Paulo Bento e demais jogadores que durante a época entenderam criticar os adeptos devem, de uma vez por todas, perceber o seguinte :

-Os sportinguistas apoiam o seu clube e quem enverga a camisola verde e branca. Não apoiam individualmente A, B ou C.

-O culto da exigência deve ser sempre cultivado, em nome da “glória” que consta na principal alegoria do clube!

Por tudo isto e pelo que se passou na corrente época desportiva, entendemos que o Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal deve tomar uma posição pública perante este funcionário do clube, em defesa dos sócios e adeptos da instituição,
seguindo o exemplo de outros grandes clubes que costumam ser referência para outros assuntos.

Ao Presidente do clube, Dr. Soares Franco, perguntamos-lhe :

“Ainda tem dúvidas do que tem causado esta crise de militância?”

Não podemos, contudo, deixar de apelar a todos os adeptos sportinguistas a estarem presentes nos próximos jogos, apoiando como nunca a nossa equipa e o nosso clube, não confundindo intérpretes individuais de fraca qualidade com o clube que o representam : O NOSSO GRANDE SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!

Porque nós amanhã estamos cá...

Sporting Sempre!

Rumo ao título! Sporting Sempre!

Comité Executivo

Associação de Adeptos Sportinguistas, AAS


Devo esclarecer que não me revejo neste comunicado e acho lamentável este tipo de atitude. Normalmente os fogos não se extinguem deitando mais gasolina.

As partes que estão a negrito foram destacadas por mim e é sobre elas que vou tecer alguns comentários.

- Estar a dizer que houve falta de atitude de alguns jogadores e não especificar quais é estar a colocar o ónus sobre todos eles. Não façam igual a quem tanto criticam.
- Se todos sabemos qual é o clube da sua preferência, porque razão o “seu” vem entre comas. A mim interessa-me mais o seu profissionalismo que a cor do seu clube.
- Serão três longos meses, porque razão? È com este tipo de ameaças veladas que querem tranquilizar o ambiente em Alvalade.
- Que se saiba o treinador não está demissionário. Da sua boca só se escutou que termina contracto no final da época. Não existem estruturas para assegurar a planificação da próxima época?
- Então a falta de simbiose é entre os adeptos e Paulo Bento ou entre adeptos e jogadores. Quem serão as excepções? Os adeptos que levam tarjas a insultar e que assobiam a entrada da equipa num dos jogos mais importantes da época.
- Então esses grandes clubes não servem de referência para nada e agora devemos seguir o seu exemplo. Será que devemos todos adoptar um tom intimidador nos próximos tempos para espevitar o rendimento dos jogadores. Quem sabe começar a entrar por métodos menos ortodoxos e tentar ganhar a qualquer preço.
- É fácil arranjar bodes expiatórios para as incapacidades gritantes que se têm verificado a nível directivo no Sporting. A crise de militância tem raízes muito mais profundas e não devia ser analisada desta forma leviana.
- Mais uma vez falam em tom vago, não deixando perceber se a mensagem da fraca qualidade tem destinatário único ou se entronca nos jogadores também.
- Para finalizar em beleza terminam com uma frase provocatória e intimidadora.


Como a maioria dos sportinguistas não gosto de comparações com nenhum dos rivais; muito menos com o de Lisboa, sobretudo porque não lhe atribuo a importância que julga ter ou que já gozou noutros tempos.
Mas não consigo ver a gravidade gritante que muitos querem atribuir às palavras proferidas por Paulo Bento. Não foram nada felizes, mas dai a servirem para comunicados desta índole vai uma grande distância.
Será que não é importante preservar a estabilidade quando ainda estamos na luta pelo título.
Todos sabemos que o futebol é paixão e gera bastante irracionalidade, mas nunca pensei ler tamanhas barbaridades.



Verde CDV