"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quarta-feira, setembro 30, 2009

Escroques.....





* Significado de escroque

s.m. Indivíduo que age desonestamente, fraudulentamente, para apossar-se dos bens alheios.

SL

Miguel Damas

terça-feira, setembro 29, 2009

Para desanuviar.....



Tal como muitos dos treinadores de bancada tambem eu perco algum tempo a jogar FM.
Organizava eu e escolhia os jogadores que tinham subido dos juniores quando me deparei com este jogador....Por muito que possamos bater no homem como treinador. Como jogador foi um bom trinco e um excelente profissional. Tanto que quem produz o jogo e a sua base de dados , dá nos como uma referencia do futebol nacional. Muito engraçado! E agora sendo eu um critico.....vou apostar neste jogador? LOL
Para vossa informação o miudo já foi utilizado varias vezes.....e noto apenas um defeito....não dá voltinhas no campo! ;-)

SL

Miguel Damas

segunda-feira, setembro 28, 2009

Minimizar os estragos

Ignoramos os sinais que emanaram na pré-época. Achou-se que era normal. Primeiro pela preparação. Depois pelo entrosamento. Por fim porque começámos a época muito cedo.

Ao fim de 4 anos , há erros que não se deviam repetir. Ao fim de 4 anos é crível que quem dirige tenha capacidade de introspecção e seja capaz de analisar onde falha.

Mais uma vez e parecendo que é sempre a primeira vez , entramos muito mal na temporada. Ao fim de 6 jornadas estamos a 8 pontos de um supreendente líder, a 6 do SLB e a 3 do FCP. De permeio está o Rio Ave mas não creio que fique por ali muito tempo. Em 6 jornadas desbaratamos 8 pontos o que convenhamos é muita fruta para quem almeja ser campeão.

Como sempre ou talvez não , quem dirige simplesmente ignorou os sinais evidentes de desgaste e fraqueza. Sejamos francos , Paulo Bento foi um ótimo treinador para entrar da maneira que entrou. O SCP vinha de uma época em que podia ter atingido o Olimpo e perdeu tudo desgraçadamente. Um começo de época terrível e uma eliminação europeia aos pés do Halmstad criaram um ambiente impossível a Peseiro. A entrada de PB numa altura que a época parecia perdida deixou-o sem qualquer tipo de pressão. Não tendo entrado da melhor maneira , foi no entanto capaz de dar a volta ao texto e colocar a equipa na rota do titulo e fazendo um campeonato muito aceitável.

Na 2 epoca , a mais bem conseguida de todas , a equipa praticava um futebol alegre e objectivo e resolvendo normalmente os jogos com entradas verdadeiramente de leão. Não foi campeão por uma unha negra. O tal golo com a mão de Ronny mas como corolário de uma época bem conseguida , conquista a taça de Portugal frente ao Belenenses.

A partir dai Paulo Bento não mais conseguiu por a equipa a jogar futebol e no rumo do titulo. Se nessa 3 época ainda disfarçou com uma meia final de sonho frente ao SLB e a conquista da taça frente ao FCP , a incapacidade para analisar os jogos e os adversários tornou-se recorrente. Perdeu uma taça da liga por penalties com o Vitoria de Setubal num ano em que não consegui vencer nenhuma vez essa equipa.

A época passada fica marcada pelos mesmos erros e a tal final da taça da liga com o SLB. Creio que todos pensamos que devido ao as eleições e o pouco tempo que havia para preparar a época seria talvez mais crível de dar mais um ano a Paulo Bento. Ao olharmos para o que se nos depara verificamos que foi um logro. Por muita discussão que haja sobre melhoras esquece-se do essencial. Paulo Bento não chegou esta época ao clube. Tem 4 anos de ligação e por incrível que pareça de ano para ano ficamos pior quando devia ser completamente o contrario.

Confesso que me faz confusão certo tipo de analise e elogio. É certo que também é injusto “cascar” tanto em alguém que nos deu 2 taças e 2 supertaças. Mas o futebol não pode viver de passados mas sim de presente e futuro. Neste momento é evidente que por mais que se fale dos ovos e omoletes , Paulo Bento nem com o pouco que têm consegue potenciar e demonstrar um trabalho de fundo. Porque as coisas têm que ser analisadas a luz de 4 anos e não desde o começo desta temporada. A rábula das bolas paradas é sintomática dessa falta de trabalho que falo.

Depois acresce-se de um departamento de futebol que é parco de horizontes e apenas é capaz de navegar a vista. Sejamos francos qual é a politica do Sporting? Afinal apostamos nas camadas jovens por convicção ou por necessidade? É que faz me confusão ( e nada contra o jogador) que seja aposta um Angulo que não joga faz 8 meses e tem 32 anos e não se aposte num Diogo Rosado. Ou será que Diogo Rosado não encaixava neste plantel? Pelo menos no imediato? É que Angulo para alem do tempo de adaptação tem o óbice do interregno de competição…..

Somos demasiado reactivos. Não planeamos com tempo nem com visão de futuro. Há quanto tempo não compramos um jogador de 19-20 anos em que possamos apostar e obter retorno? Que dizer a miúdos das academias espalhadas por esse país fora que se for extremo não tem futuro no clube? Será que realmente potenciamos os miúdos que temos ? Será mesmo? Será que Paulo Bento é assim tão único nesse aspecto? Porque tirando Carriço e Veloso que valem pela qualidade que têm e mesmo este ultimo não é jogador para a posição que ocupa , o resto “ali anda” a fazer numero. A teimosia Rui Patricio que é um bom guarda redes mas não é um guarda redes de excelência e que nos custa vários pontos por ano. É o custo da aprendizagem? É um custo demasiado grande digo eu! Pereirinha e Adrien definham e perdem tempo de evolução. André Marques é uma aposta de recurso. Saleiro uma incógnita com uns bons 15 minutos em Coimbra.

Faz-se muita comparação mas por exemplo em Amesterdão não há o medo de lançar seja qual for a idade. O Sporting devia jogar de maneira a poder potenciar todo e qualquer jogador vindo das camadas jovens. Sejamos honestos , criamos dos melhores 5-6 extremos mundiais nos últimos 20 anos. 3 deles foram referencias mundiais! Futre , Figo e Ronaldo. De um momento para o outro fechamos a porta a esse tipo de jogador?

Acresce-se a isso a quantidade de jogadores dispensados sem qualquer retorno. Não vale a pena vir dizer que fariam jeito ou não. Há uma incapacidade gritante de potenciar os nossos jogadores seja em venda ou empréstimos para os podermos valorizar. Num clube que não vive desafogadamente ignorar isto é dar tiros no pé!

Temos que remediar todos estes erros e arregaçar as mangas até Dezembro. É bom que JEB perceba que não basta apenas mais treino. Faltam jogadores. Falta treinador. Mas se o treinador é forever convem dar-lhe mais opções e de preferência de qualidade. Se o problema é dinheiro vendam um jogador e re-invistam em 2 ou 3. O futebol é negocio. Haja engenho e inteligência. E capacidade de analisar os erros. É certo que nem tudo está mal. Mas é mais do que está bem.

Enquanto os sócios se degladiam em opiniões a favor ou contra são incapazes de olhar para o lado no estádio e perceberem que cada vez mais há menos caras conhecidas e mais lugares vagos…….

SL

Miguel Damas

PS-Pode seguir este texto tambem no site SportingApoio

domingo, setembro 27, 2009

Cura de YouTube

Deitei-me mal disposta e acordei com azia. Tenho uma parte da cabeça a lembrar-me que Patrício foi grande e que jogámos com dez como se fossem onze. Na outra parte, a noção de que as vitórias morais servem para os que se conformam.
Dói-me a alma, é só isto. Por isso hoje estou a fazer uma cura de YouTube, passando em rotação contínua o "Fogo de Leão".
Alguém tem mezinhas para recomendar?

Gia

É para continuar o ambiente de apoio !

Se houve coisa que ontem esteve bem durante os 90 minutos, foi sem dúvida o apoio que a equipa teve, das claques e dos adeptos que ontem deram no Dragão uma verdadeira amostra da grande massa adepta que suporta o clube!

Refiro-me só aos 90 minutos, pois o que se passou no minuto que antecedeu o jogo, foi demasiado lamentável!



video

Finalmente tivemos esta época um apoio digno de um clube como o Sporting, e espero que seja para continuar já na próxima 5ª feira frente ao Hertha, onde teremos mais um jogo que pode deixar-nos em boa posição na Liga Europa, para tomarmos a dianteira do nosso grupo e ir de encontro ao apuramento. Um clube com alguns milhões de adeptos tem que ter sempre e cada vez mais de fazer sentir a sua força, com o apoio e incentivo à equipa dando-lhe mais alma e vivacidade, fazer-lhes passar o sonho que nos acompanha!!!

Lion King

sábado, setembro 26, 2009

Num jogo fraquinho ganhou quem foi ligeiramente melhor



FC Porto, 1 - Sporting, 0

Estádio do Dragão (Porto)
Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa)

FC PORTO: Helton; Fucile, Rolando, Bruno Alves e Álvaro Pereira; Fernando, Raul Meireles (Valeri, 81) e Belluschi; Mariano (Tomás Costa, 70), Hulk e Falcao (Farias, 77)

SPORTING: Rui Patrício; Abel, Daniel Carriço, Polga e Grimi (Pereirinha, intervalo); Miguel Veloso, João Moutinho, Vukcevic e Matías Fernández (Tonel, 54); Hélder Postiga (Caicedo, 77) e Liedson

Cartão amarelo a Raul Meireles (11), Fucile (56), Bruno Alves (64), Tomás Costa (78); a Miguel Veloso (25 e 90+2, seguido de vermelho), Polga (33, 51, seguido de vermelho), Abel (35).
Paulo Bento, treinador do Sporting, expulso aos 90+2, por portestar contra expulsão de Miguel Veloso.


Golo: Falcao (3)


Leonino

sexta-feira, setembro 25, 2009

Antevisão do fc porto - Sporting

Sábado, 26 de Setembro de 2009
Estádio do Dragão (19h15)
5ª jornada da Liga
(Transmissão televisiva na Sport TV1)
Árbitro(s): Duarte Gomes (esse mesmo), auxiliado por Venâncio Tomé e José Lima

Este sábado o Sporting Clube de Portugal desloca-se ao estádio do Dragão em igualdade pontual para defrontar o campeão nacional em título, vindo de duas derrotas consecutivas (em Stanford Bridge e no Estádio Axa, frente ao líder Sporting de Braga. Em caso de vitória leonina (será a 5ª consecutiva, 4ª a contar para o campeonato) a equipa leonina ultrapassará o seu rival nortenho ascendendo ao lugar mais baixo do pódio do campeonato, atrás do Braga e do seu rival lisboeta, que defrontará em casa o Leixões poucos minutos após o final do clássico. Qualquer coisa que não a vitória pode colocar uma ou ambas as equipas bem afastadas da liderança do campeonato, principalmente se o invicto Braga vencer esta noite em Olhão a equipa local.

Com a defesa liderada por Rui Patrício, e a ausência de última hora de Caneira, a defesa deverá ser constituída por Abel, Carriço, Polga e Grimi. O meio-campo deverá destacar-se pelo regresso de Matias Fernandez à frente de Veloso, Moutinho e Vukcevic. A alternativa passará pela colocação de Miguel Veloso à esquerda, dado que Grimi vem de recuperar de uma longa lesão (curiosamente lesionou-se há cerca de 7 meses na última visita ao covil portista), com Moutinho na posição 6 e Pereirinha a ocupar a posição de interior direito. No ataque, se Liedson é intocável a outra posição pode ser ocupada por Djaló, dado a péssima exibição de Postiga frente à Olhanense, juntando-se o ex-dragão a Caicedo como alternativas de ataque vindas do banco.

A equipa de Jesualdo encontra-se habitualmente estruturada num 433, com Helton na baliza, Fucile na direita, Álvaro Pereira na esquerda, Bruno Alves e Rolando no centro. O meio-campo é entregue a Fernando, Raúl Meireles e (provavelmente) Belluchi, até porque Guarin foi titular em 2 jogos que se saldaram por outras tantas derrotas. No ataque, e face às ausências de Varela e Cristian Rodriguez, ambos lesionados, é possível que o treinador azul opte por um trio constituído por Falcão, Hulk e Mariano Gonzalez.

Convocados:
GR: Rui Patrício, Tiago.
DEF: Carriço, Polga, Grimi, Tonel, Abel.
MED: Pereirinha, Adrien, Matias Fernandez, Angulo, Miguel Veloso, João Moutinho, Vukcevic.
AV: Saleiro, Caicedo, Postiga, Yannick e Liedson.

Lesionados (Caneira, Pedro Silva, André Marques, Izmailov)

Historial de confrontos fc porto-Sporting:

90 Jogos, 18V 26E 46D (Golos: 93-151)
Média de golos marcados: 1,03/J Média de Golos Sofridos: 1,68/J
Apenas uma vitória leonina nos últimos 14 jogos.

Últimos 5 Jogos (1V, 3E, 1D):
28/02/2009 - Empate 0-0
26/08/2007 - Derrota 1-0; Raul Meireles (53´)
17/03/2007 - Vitória 0-1; Tello (71´)
22/03/2006 - Empate 0-0 (1-1 no prolongamento, Liedson (108’); McCarthy (115’) e derrota nas grandes penalidades por 5-4). Jogo das meias-finais da Taça de Portugal.
12/02/2005 – Empate 1-1; Deivid (48´); Jorginho (66´)*

PS: Lembra-me o Miguel Damas que o golo atribuído a Jorginho no empate de 12 de Fevereiro de 2005 é este, saído de um ressalto em Polga (a bola ia ao lado). Pelos vistos para certos jornalecos só os golos de Liedson em que a bola bata em alguém é que merecem ser auto-golos! Critérios!

Nelson Santos

De que fibra somos feitos? Que leões seremos hoje e sobretudo amanhã?




ESFORÇO DEDICAÇÃO DEVOÇÃO


GLÓRIA!!!

Somos SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!!!

Honrem os nossos avós.

Honrem quem sofre por vós.

Por quem chora com uma derrota ou exalta por uma vitória.

Por quem se sacrifica semana após semana para estar presente.

Lutem por cada palmo de terreno como se depende-se a própria vida.

Não se deixem abater ao primeiro contratempo e reajam.

São LEÕES RAMPANTES no coração.

No vosso e sobretudo no nosso, envoltos numa paixão imensa que se transcende centenariamente.

Sejam bravos e não virem a cara a luta. O LEÃO é rei e vamos provar isso mesmo.

VIVA O SPORTING!!!

SL

Miguel Damas

PS - Este post pode ser também acompanhado no site de apoio do Sporting

quinta-feira, setembro 24, 2009

Que a inspiração leonina apareça !

video

O meu agradecimento aos autores do vídeo. Saudações Leoninas!

Lion King

quarta-feira, setembro 23, 2009

O velho espírito, para ultrapassar as rasteiras

Ficou-se ontem a saber que o árbitro do próximo grande clássico Porto-Sporting, é Duarte Gomes. De todos os árbitros possíveis, foi escolhido aquele que tem um conflito com o Sporting, em virtude do caso da época passada onde Duarte Gomes empurrou o treinador de guarda-redes do Sporting, Ricardo Peres. Apesar de a Liga ter decidido que o árbitro não teve culpa no episódio ocorrido, o Sporting recorreu para a FPF e encontra-se a aguardar uma decisão. Como se não bastasse a nomeação, vem hoje Vítor Pereira declarar que:

"Para nós, é uma nomeação igual às outras, dentro dos parâmetros e dos critérios que temos definidos e decididos, não há nada a comentar. Para nós é tudo normal."


O ambiente em tons crispados que se vai vivendo entre os adeptos leoninos, não pode nunca ter razão de ser pois como vemos está fora do clube quem nos quer ir rasteirando, e só com união, força e puxando todos para o mesmo lado, poderemos derrotar os nossos adversários e partir rumo ao sucesso por todos ambicionado, leoninamente desejado!


video


Que o velho espírito leonino, a verdadeira garra leonina acompanhe em força o Sporting e os seus adeptos, no próximo sábado, pois a nossa força é imensa e vamos mostrá-la!!

Em frente, Sporting!!!


Lion King

terça-feira, setembro 22, 2009

A mão que embala o berço......

De semana para semana é crescente a clivagem que assalta os sócios e adeptos leoninos. Um rápido olhar pelas caixas de comentários de vários blogues e contastamos que há os pró e os anti treinador , os pró e contra presidente , os defensores do jogador X em detrimento do jogador Y. E tudo isso têm vindo a ter o efeito bola de neve.

Cada jogo que passa aumentam os insultos e o degladiar de opiniões. Se alguns conseguem manter a cabeça fria e analisar friamente ou pelo menos "ouvir" as opiniões contrarias , há os casos extremos que roçam o insulto e muitas vezes são mesmo insultos.

Porquê escrever sobre isto? Porque ontem no estádio senti-me e não é a primeira vez, que andamos sentados num barril de pólvora. Entre o 0-2 e o 1-2 , houve junto ao local onde estava a assistir o jogo varias altercações verbais que por pouco não passaram a vias de facto. Pessoas que até nem costumam ser extremistas envolveram-se em discussões tremendas sobre incidencias do jogo ou defendendo ou atacando o treinador.

Sou um critico é verdade. Basta ler algum post meu e sabe que não gosto nem do discurso nem do método do treinador. Mas enquanto adepto de bancada , há muito que me deixei de discussões estéreis e que no calor do jogo e com a adrenalina a mil em nada são benéficas e que estão sempre sujeitas a descambar para a violencia física para alêm da verbal.

Já não bastava o facto de muitos dos meus consoncios com lugar de leão terem deixado de renovar o seu lugar ou simplesmente raramente aparecerem aos jogos , teremos Alvalade transformado numa trincheira?

Certo é que os adeptos estão cansados de tão más exibições e do mesmo discurso de sempre. Mas no entanto o Sporting nunca poderá ser o veiculo para se degladiar fisica ou verbalmente.
Há gente que gosta de dar nas vistas , outras de imporem a sua visão sobre o estado actual do futebol leonino. Eu tambem opino e como assino com o meu nome proprio sei bem que tenho que ser ponderado naquilo que escrevo mesmo que as vezes o meu sangue leonino fervilhe de revolta.

A minha verdade nunca será a suprema. Ao escrever a minha opinião sei bem que haverá corrente contraria. Não sou daqueles que anda deprimido por olhar para o outro lado da 2ºcircular. Ando triste sim por ver erros cometidos que nunca são corrigidos. Acredito na equipa e parto sempre para Alvalade com a esperança na vitoria. Mas atentem bem nos que vos digo. Os adeptos andam adormecidos.

Há aqueles que já desistiram e os que não desistem e vão acumulando as incidencias dos jogos para um dia destes explodir. É triste cada vez ver menos gente no estádio. Mas que fazer? Teremos futebol para agradar os adeptos? O discurso será positivo? A mensagem de confiança? Em contraponto com o regressar de sócios temos cada vez menos gente em Alvalade. Porque será?
Devia-se analisar o porquê desse divorcio. E a resposta poderá ter que ser dada pela equipa de futebol e do seu treinador.

Por enquanto 24 mil Leões resistem a tudo. Discutem entre sim mas resistem. Até quando?

SL

Miguel Damas

segunda-feira, setembro 21, 2009

Este Sporting é impróprio para cardíacos!



Sporting, 3 - Olhanense, 2

Árbitro: Rui Costa
Estádio: José de Alvalade

Sporting: Rui Patrício; Abel, Daniel Carriço, Polga e Caneira (Matias Fernandez, 62); Miguel Veloso; Ângulo (Yannick, 27), João Moutinho e Vukcevic; Liedson e Hélder Postiga (Caicedo, 71).

Suplentes: Ricardo Batista, Tonel, Adrien, Pereirinha, Matias Fernandez, Yannick Djaló e Caicedo.

Olhanense: Ventura; Miguel Garcia, Sandro, Anselmo e Stephaner; Castro (Messi, 81), Tengarinha e Rui Duarte; Ukra, Rabiola (Paulo Sérgio, 74) e Toy (Nwokolo, 61).

Suplentes: Bruno Veríssimo, Éder Baiano, Pietravallo, Messi, Paulo Sérgio, Zequinha e Greg Nwokolo.

Acção disciplinar: Anselmo (41), Rui Duarte (52).

Marcadores: Rabiola (9), Castro (19), Carriço (35), Moutinho (42 gp), Vukcevic (87).


Leonino

Antevisão do Sporting-Olhanense

Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009
Estádio José Alvalade (20h15)
5ª jornada da Liga
(Transmissão televisiva na Sport TV1)
Árbitro: Rui Costa, auxiliado por Serafim Nogueira e António Vilaça

Hoje à noite o Sporting Clube de Portugal defronta em Alvalade a recém-chegada à 1ª Liga o seu homónimo Olhanense, treinado pelo ex-internacional português Jorge Costa (o treinador de guarda-redes é o nosso ex-keeper Rui Correia), e que alcançou a semana passada a sua 1ª vitória na competição frente à Académica, com uma vitória por 2-1 em casa (golos de Castro e Toy). Em caso de vitória (será a 4ª consecutiva, 3ª a contar para o campeonato) a equipa leonina ultrapassará o Rio Ave na classificação igualando o FC Porto na 3ª posição, precisamente uma semana antes de visitar o estádio do Dragão, mantendo também a diferença de 5 pontos para o líder Braga à entrada desta ronda.

Se Rui Patrício é indiscutível na baliza, com a ausência de 3 dos 4 laterais de raiz dos convocados, a defesa não deverá fugir ao quarteto formado por Abel, Carriço, Polga e Caneira. O meio-campo não deverá fugir muito ao apresentado na passada quinta-feira na Holanda, com Veloso, Moutinho, Vukcevic e Matias Fernandez. No ataque, e para alinhar ao lado do inevitável Liedson penso que o treinador optará hoje por Postiga.

A Olhanense alinha preferencialmente num sistema de 433 clássico, com Ventura na baliza, o herói de Alkmaar Miguel Garcia na direita, Carlos Fernandes na esquerda, Sandro e Anselmo no centro. O meio-campo é constituído por Castro, Rui Duarte e Rui Baião, e o ataque fica entregue ao internacional sub-21 Ukra, Rabiola e ao ponta-de-lança Toy. Como opções também muito utilizadas Jorge Costa conta com o defesa Tengarrinha e os avançado Zequinha e Messi (não é esse, felizmente). Dado as ausências de Rui Baião e Carlos Fernandes (ambos expulsos frente à Académica, é provável a entrada do lateral esquerdo Stépanhe e de Messi ou Paulo Sérgio - nosso ex-atleta - no 11 de Olhão).

Trata-se de uma equipa constituída na sua grande maioria por emprestados do FC Porto e por ex-jogadores dos grandes do futebol nacional (do provável 11 só os centrais e Rui Duarte não sabem o que é vestir a camisola de um dos principais clubes portugueses, mesmo que só nas camadas jovens).

Curiosamente a Olhanense ainda não perdeu esta temporada, com 3 empates e 1 vitória, tendo empatado os 2 jogos já feitos fora do Algarve, com igualdades na Figueira da Foz e na Choupana, sendo uma equipa que marca poucos golos mas também sofre poucos (3-2 no global), de modo que prevejo um daqueles desafios em que a obtenção do 1º golo será essencial para o decorrer do jogo. De qualquer forma, e nem que fosse por motivos históricos (16 vitórias em 17 confrontos em casa) o Sporting Clube de Portugal tem a obrigação de acabar com os 3 pontos e, se não for pedir muito, agradecíamos uma exibição agradável e um futebol mais próximo daquilo que a qualidade de boa parte dos seus intérpretes pode produzir.

Convocados:
GR:Rui Patrício, Ricardo Batista,
DEF: Carriço, Polga, Caneira, Tonel, Abel,
MED: Pereirinha, Adrien, Matias Fernandez, Angulo, Miguel Veloso, João Moutinho, Vukcevic,
AV: Caicedo, Postiga, Yannick e Liedson.


Lesionados (Pedro Silva, André Marques, Izmailov)

Historial de confrontos Sporting-Olhanense:

17 Jogos, 16V 1E 0D (Golos: 66-11)
Média de golos marcados: 3,88/J Média de Golos Sofridos: 0,65/J
Último Jogo: 1974 (Vitória por 7-0)
17 Jogos consecutivos a marcar golos
1 único empate, em 1963 (1-1)

PS: É incrível mas na busca de informações sobre a equipa algarvia descobri um site que, mesmo com algumas coisas ainda em construção, devia fazer corar de vergonha os responsáveis pelo do nosso clube (e não só)...

Nelson Santos

domingo, setembro 20, 2009

Sporting Clube de Portugal 37 slb 28 em imagens.




















SL

Miguel Damas

Andebol: Sporting esmaga benfica!



O Sporting derrotou há pouco o Benfica por 37-28 em jogo da 2.ª jornada do Andebol 1. Ao intervalo o nosso clube vencia por 17-15.

Uma grande tarde de andebol por parte da nossa equipa - comandada por Paulo Faria - em jogo realizado no Pavilhão do Casal Vistoso.


Leonino

sexta-feira, setembro 18, 2009

Já está!!!!



Não resisti em meter aqui este video porque numa altura em que se fala da falta de paixão , este golo em contraponto com os monocordicos relatos televisivos ( a não ser que seja o histérico Miguel Prates com os golos do nosso rival) são sempre uma bela seca. Na radio é outra emoção. Junte-se a imagem e o relato e até se fica com pele de galinha.

Bate leve, levemente,
como quem chama por mim...
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
e a chuva não bate assim...
Fui ver....
era o Liedshow !!!

SL

Miguel Damas


Lamber as feridas......

Ponto assente , não gosto dos métodos nem discurso de Paulo Bento. É irritante ver a quantidade de vezes que manda recadinhos pela comunicação social. Depois vêm a ladainha do costume da tranquilidade e a falta de maturidade. O jogo de ontem não fugiu a regra. Melhor que a exibição foi o resultado. É uma maxima e sem duvida inatacavel.

Devido ao facto de muita gente estar farta , fartinha do treinador , acaba-se por não retirar os pontos positivos do jogo ou ter clarividencia para analisar friamente os 90 minutos e as suas incidencias.

Os erros continuam todos lá e aparentemente vão continuar. A diferença é que o meio campo e o ataque já fizerem mais a diferença e um 31 de luxo contribuiu em muito para essa diferença. Se criticamos a falta de eficácia , teremos tambem de enaltecer uma maior capacidade de chegar a baliza.
Para alem das varias oportunidades normais de jogo , tivemos 6 claras oportunidades de golo. Que apesar de tudo e do oponente não deixa de ser positivo visto ser um jogo fora de casa.


O adversario foi capaz de por a nú as nossas fragilidades. É uma nulidade a nossa capacidade para anular os oponentes na bolas paradas. É uma tremideira total. A isto junte-se falta de confiança e uma incapacidade para o treinador perceber que seria bem melhor defender este tipo de jogada à zona em vez de HxH , ainda por cima acresce-se uma falta de explosão e velocidade nos nossos jogadores para chegar-mos sempre atrasados aos lances.


Não gostei que Tonel regressa-se ao banco. Polga cometeu 2 erros graves , num foi golo e no outro Patricio fez a sua melhor defesa. Patricio que demonstrou mais uma vez uma incapacidade de leitura de jogo gritante e falta de dialogo com a defesa. Acresce-se a isso mais um golo em que é mal batido....

A defesa foi exposta demasiadas vezes. Os vertices laterais do losango levaram sempre muito tempo a ajudar os laterais a defender e cometemos o erro de deixar o adversario fazer o jogo deles , que passava por cruzar todas e qualquer bolas para a cabeça de Sibon.

Apesar de tudo em contraponto com as bolas paradas a defesa em jogo jogado não claudicou tanto e foi capaz de ir desfazendo as jogadas que apareciam. No entanto penso que deveremos trabalhar esse aspecto porque já se sabe que os proximos adversarios irão aproveitar-se disso.


Gostei do meio campo. Esteve mais solto mas ainda sem capacidade de explosão. É triste ver Moutinho jogar tantas vezes para trás. Naquilo que ele tem de melhor , a qualidade de passe , ele evita utilizar jogando seguro de mais. Para se tirar dividendos têm que se arriscar um pouco mais....


Veloso e realmente um pendulo atacante. Têm é que ganhar um pouco de mais agressividade. Ontem foi "comido" na linha lateral , numa jogada que deu algum perigo , por ter entrado demasiado soft no lance.

Julgo que as 2 unidades menos foram Vuk e Yannick. Um porque está sem explosão e o outro por......incapacidade tecnica e mental. Yannick tinha tudo para ser um jogador de topo. Tem corpo e velocidade....mas falta-lhe todo o resto.

Gostei de Matias , esteve mais em jogo e tambem defendeu. É certo que ainda é demasiado intermitente mas em 4 anos o Sporting nunca conseguiu potenciar como deve ser o vertice mais avançado do losango....

Resta-nos o "levezinho" , mais uma vez um "problema" , nem tenho adjectivos para este jogador. Certo que realmente é terrivel que só ele marque golos , empurrando os colegas da frente para os conseguir. É realmente um problema.... é certo que ele tambem vai disfarçando as fragilidades tacticas do Sporting mas ok , eu odeio perder , não gosto mesmo nada. Mais do que qualquer outra coisa.

Olhando para o jogo o que interessa é que ao contrario do campeonato nacional , partimos já na frente e ganhando o 2 jogo em casa , ficamos bem lançados e com margem de manobra para qualquer um percalço. Ao Sporting pede-se que jogue um pouco mais. Ao treinador pede-se que em vez de apontar sempre os erros no final do jogo , que os trabalhe durante a semana para acabar-mos de vez com sempre o mesmo discurso. A nós pede-se que continuemos atentos mas sobretudo presentes , não esquecendo que segunda jogamos com o Porto B .



Só as vitorias calarão as péssimas exibições mas só exibições convicentes com vitorias farão os adeptos regressar em massa ao estadio. As pessoas estão desligadas e adormecidas. Falta elân. Há demasiado conformismo. Não me revejo nem na defesa histerica nem no afastamento cronico.

O Sporting merece mais. Sempre mais. E é esse amor que me move e faz me renovar os votos de paixão pela camisola , emblema e bandeira. Mas infelizmente para muitos é tambem esse amor que me faz desejar um clube maior como os maiores da Europa. Já tive perto de concretizar um sonho de infancia , que era ver o Sporting vencer uma competição europeia. Apesar de tudo e dos erros foi uma temporada positiva mesmo acabando por não se ganhar nada.

Não espero menos desta. Segunda lá estarei...e voçês?

SL

Miguel Damas

quinta-feira, setembro 17, 2009

Só Tri...Liedson nos dá alguma alegria



Heerenveen, 2 - Sporting, 3

Árbitro: Aleksei Nikolaev (Rússia)

Heerenveen – Lejsal, Bak Nielsen, Breuer, Dingsdag e Popov (Elm, 51 m); Grindhelm (Assaidi, 72 m), Svec e Losada; Beerens, Sibon (Papadoupolos, 85 m) e Paulo Henrique.

Suplentes: Vandenbussche, Djuric, Koning, Elm, Papadoupolos, Ingelsten e Assaidi.

Sporting – Rui Patrício; Abel, Anderson Polga, Daniel Carriço e Caneira; João Moutinho, Miguel Veloso, Matias Fernandez (Angulo, 82 m) e Vukcevic (Tonel, 89 m); Yannick (Hélder Postiga, 62 m) e Liedson.

Suplentes: Ricardo Batista, Tonel, Grimi, Adrien, Angulo, Hélder Postiga e Caicedo.

Disciplina: cartão amarelo a Miguel Veloso (65 m)

Marcador: 1-0 por Sibon (11 m); 1-1 por Liedson (17 m); 1-2 por Liedson (40 m); 2-2 por Dingsdag (76 m); 2-3 por Liedson (87 m).


Leonino

Vamos encher o pavilhão!!!
























Andebol: SPORTING-Benfica
No próximo domingo.
17 horas
Pavilhão do Casal Vistoso

Acendam a nossa ilusão e alimentem a nossa paixão!



SL

Miguel Damas

quarta-feira, setembro 16, 2009

Jogar bem não é importante , é uma condição!

Quem o diz é Pepe Guardiola. É certo que tem ao seu dispor , um plantel de grande qualidade mas e quando se fala de formação convem olhar para o 11 titular.
É curioso verificar que a espinha dorsal da equipa foi formada nas escolas blaugrana.

Valdes , Puyol , Xavi , Iniesta e Messi. Todos eles formados no Barcelona. Com valores emergentes como Bojan . Jeffren e Pedrito. Sinceramente gosto desta politica como gosto da nossa politica de aposta nos jovens vinda da cantera. Talvez a diferença esteja nos orçamentos? Possivelmente. Aos jogadores que formam juntam jogadores de qualidade e que podem fazer a diferença.

Ibra , Henry , Milito , Marquez , são apenas alguns dos nomes. Falha a nossa estrutura em não ter capacidade em ir buscar jogadores que ajudem a crescer os miudos.

Mas olhando apenas e unicamente para o nosso plantel e comparando. Será que Rui Patricio , Carriço , Veloso , Moutinho e Pereirinha não podiam ser em contraponto a nossa espinha dorsal , acrescentando depois a qualidade de Polga (em certos dias) , Liedson , Vuk , Izmailov e Matias?
Ajudando a crescer Yannick (ao fim de 4 anos não sabe dominar uma bola nem correr com ela) , Adrien e Saleiro? E Rosado , Amado e W.Eduardo num futuro proximo?

Não vou desancar em Paulo Bento. Estou cansado de o fazer. O intuito deste post é fazer a comparação (com as devidas distancias) em relação ao campeão Europeu e a sua filosofia de jogo e de clube. Talvez nos falte transferir fielmente aquilo que vi no organograma do papel para a vida real.
Se calhar, antes de começarem a falar de uma restruturação financeira num futuro proximo , talvez seja melhor fazerem uma restruturação ao nosso futebol.

É possivel fazer bem melhor. Desde que a exigencia seja uma premissa para os objectivos a que nos proposermos. Não podemos desejar conquistar sem antes planearmos. Haverá sempre as devidas distancias em relação ao Barça. Mas olhando para um e para o outro eu pergunto , é assim tão dificil jogar à bola?

SL

Miguel Damas

terça-feira, setembro 15, 2009

2008/2009: Leões com prejuízo de 13,349 milhões de euros

Que dizer desta noticia?

2008/2009: Leões com prejuízo de 13,349 milhões de euros in Record

Eu só gostava de fazer a seguinte pergunta.

Para onde caminhamos? Por muito que se fale e bem das modalidades amadoras e no novo impulso que JEB lhes têm dado e a promessa do pavilhão para breve , é o futebol que faz girar toda ou quase toda paixão do Sporting Clube de Portugal.

Porque sejamos claros. Há uma serie de factores que têm que ser tratados com pinças.

-Exercicios negativos mesmo com participação na Champions League.
-Incapacidade de adquirir jogadores e desinvestimento na equipa de futebol.
-Incacidade de criar um elan entre a equipa e adeptos.
-Treinador incapaz de perceber os valores do Sporting Clube de Portugal e de colocar a equipa a jogar de maneira que honre os pergaminhos do clube.
-Incapacidade de vender jogadores.
-Incapacidade de aproveitamento razoavel de jogadores vindos da cantera.
-Cada vez menos assistencias.

Resulta que e já que está na moda as analogias que estejamos a beira de uma nova "Idade do gelo"
É que de todo este exercicio é preciso contabilizar o seguinte.

-Passivo- 366M
-Patrimonio não desportivo inexistente. Apenas estadio e academia (que nem é nossa).
-Mais uma restruturação financeira quando há 4 anos nos foi prometido que era a ultima e que iriamos começar a abater o passivo. Uma mentira porque para alem de não termos abatido nada ainda subiu em 100 milhoes a nossa divida.
-Jogadores sub-valorizados pelo pessimo futebol apresentado.

Com este cenario eu gostava de perguntar.
Para onde caminhamos?

Percebem agora que é imperativo ter bom futebol e um treinador capaz? Teremos a partir de agora de potenciar tudo aquilo que temos para podermos voltar a re-investir. Agora digam-me qual será o jogador que neste momento nos seria oferecido aquilo que minimamente seria aceitavel receber?
Percebem a minha teimosia com o treinador?

Para onde caminhamos.....

SL

Miguel Damas

segunda-feira, setembro 14, 2009

Coincidências...

Como é sabido a Liga Portuguesa de Futebol Profissional decidiu recentemente punir o delegado ao jogo Benfica-Nacional, da época passada, por 18 meses, por "falsificação do relatório".

O acórdão que foi tornado público informava que João Pedro Simões Dias não tinha escrito no seu relatório factos que teria presenciado relacionados com uma "infracção disciplinar" (ordem de expulsão por parte do árbitro Pedro Henriques) de Nuno Gomes, após o jogo e já no túnel de acesso aos balneários.

O curioso disto tudo é que esse senhor João Dias tinha um blogue que há uns anos eu costumava ler - Polítika Pura, onde assinava os posts com o seu nome (algo que agora já não faz, e até nem sei se esse blogue ainda é seu...) e no qual orgulhosamente ostentava no espaço de links um emblema do Beira-Mar e outro do SL Benfica, assumindo-se como adepto desses dois clubes.

Coincidências, decerto...


Leonino

Um Zero....

Mais um jogo do Sporting e mais noventa minutos de banalidades a que chamam futebol. Enfadonho , entediante e atroz serão sem duvida alguma os melhores adjectivos para classificar o futebol do Sporting.
Só não foi um zero total porque a salvação de Paulo Bento (e nossa) lá apareceu a resolver , dando mais uma bolsa de oxigénio ao treinador. É angustiante verificar aquilo que o futebol leonino se tornou. A imagem é um vazio enorme sem nada para oferecer.

O dia de jogo é o espelho daquilo que se treina. Ao contrario de muitos , não acho que tenhamos tão má equipa que seja impossivel jogar bem. Pior que isso é ver que cada vez jogamos pior. Já não há desculpa.
Serão ovos ou omoletes? Ou será mesmo do chefe?

Ficamos a saber que o treinador Paulo Bento para alem de gostar de dramas que metem agua , aprecia tambem filmes de ficção. "Estivemos bem nos primeiros 25 minutos, dominámos e criámos situações de golo. Não deixámos o Paços de Ferreira sair em contra-ataque." Eu que na primeira parte apenas contabilizei 2 remates. Um de YD20 ao lado e uma cabeçada de Tonel na sequencia de um canto. Realmente ou estive no estadio errado ou os parametros de oportunidades para Paulo Bento são completamente diferentes dos meus.

Numa semana em que o presidente falou em Valores e Solidariedade é sem dúvida comico os valores futebolisticos pelo qual o treinador se rege. E seria muito mais comico se não estivessemos a falar de um clube centenario com varias conquistas e com historial em Portugal e no mundo. Alguem diga ao Forever Second que para se ter um estadio cheio é preciso muito mas muito mais que aquilo ou então que durante a semana se trabalhe ,coisa que ao ver-se um jogo se fica a duvidar muitissimo. Será do footvolley?

Caro Presidente José Eduardo Bettencourt. Que valores serão precisos para ser Sportinguista? Será um bom Sportinguista aquele que come e cala e bate palminhas? Se é não conte comigo. Mediocridade Forever não é comigo e duvido que Paulo Bento fosse seu subalterno muito tempo no Santander.
Futebol é paixão e não isto....
Quando fala de valores leoninos nos socios de 50 e 75 anos qual é o intuito? É que nos meus 38 anos ninguem poderá me ensinar o que é amar uma causa.

Amo o clube desde que nasci. Está me no sangue pelas razões que são conhecidas. Pertenço a uma familia que vive Sporting. Comunga Sporting . E eu tenho a paixão que fervilha dentro de mim. Tento transmitir valores aos que me rodeiam. A primeira coisa que quis mal a minha filha nasceu foi fazer-la socia e consegui. Aos 20 meses reconheçe o simbolo e a camisola dizendo " Portem!!!" Quer mais valores ? Varios filhos de colegas meus têm cachecois oferecidos por mim pela simples razão dos pais não ligarem ao futebol. Apesar de critico tenho quotas em dia , lugar de época , gamebox andebol e compro regularmente camisolas ou produtos oficiais.

Valores? Quer falar de valores? Que tal incutir-los no treinador? E quando fala de solidariedade , acho que ir ao estadio para assistir as vergonhosas exibições com que somos brindados ,mais que solidario demonstra um acto de fé ou um masoquismo leonino. Por enquanto mandou calar um. A continuar assim terá que mandar calar muitos mais. E a mim pode ter a certeza que enquanto os parametros forem aqueles que se viram ontem não me calarei.

E só ficarei descansado quando vir este pseudo treinador pelas costas. É um mata-paixão este futebol catatonico por ele preconizado. Mas não deixarei de lutar e puxar pelo Sporting , esse sim forever.....

SL

Miguel Damas

domingo, setembro 13, 2009

Valha-nos o habitual abono de família



Sporting, 1- Paços de Ferreira,0

Estádio José Alvalade, em Lisboa
Árbitro: Bruno Paixão (AF Setúbal)

Sporting – Rui Patrício; Abel, Tonel, Daniel Carriço e André Marques (Hélder Postiga, 46 m); Angulo (Matias Fernandez, 46 m), Miguel Veloso, João Moutinho e Vukcevic; Yannick (Caneira, 85 m) e Liedson.

Suplentes: Ricardo Batista, Caneira, Grimi, Matias Fernández, Adrien, Hélder Postiga e Saleiro.

P. Ferreira – Cássio; Filipe Anunciação (Pedrinha, 36 m), Danielson, Ozeia e Kelly (Carlitos, 10 m, depois Fábio Pacheco 63 m); Leonel Olímpio, Ricardo, Baiano e Jorginho; Ciel e Cristiano.

Suplentes: Coelho, Fábio Pacheco, Pedrinha, Manuel José, Leandrinho, Carlitos e William.

Disciplina: cartão amarelo a André Marques (17 m), Miguel Veloso (26 m), Vukcevic (30 m), Ozeia (30 m), Ricardo (35 m), Baiano (41 m), Ciel (43 m), Pedrinha (77 m), Fábio Pacheco (78 e 86 m), Cristiano (87 m); cartão vermelho por acumulação a Fábio Pacheco (86 m); cartão vermelho a Baiano (90+3 m)

Marcador: Liedson (81 m)



Leonino

Os idolos perduram na memoria.....

Faz hoje precisamente 6 anos que uma das bandeiras mais emblemáticas do Sporting Clube de Portugal partiu do nosso mundo. Em corpo porque na nossa memória estará sempre connosco. Vitor Damas povoou o imaginario de varias gerações de Sportinguistas e não só. Muitos de nós quiseram ser guarda-redes por uns momentos apenas e só para fazer uma defesa " À Damas!".

Fez historia pelos seus duelos com Eusebio e sobretudo pela sua elegância felina , coragem e arrojo. Ninguem no Sporting vestiu tantas vezes a camisola como ele. Viveu para a causa leonina e mesmo tendo saido de Alvalade em condições de divorcio com os adeptos nunca deixou de querer regressar.

Partiu cedo de mais. O seu sorriso e simpatia ainda é por todos recordado. Para mim o maior idolo e razão de ser Sportinguista. Parece que foi ontem mas a saudade está sempre presente. Fazes falta "Campeão" mas fica ciente que és eterno e aquela baliza que é tua terá sempre a tua presença e relembrando os nossos corações e imaginario das defesas mil que por ali fizes-te e o esforço , dedicação e devoção com que encontras te a gloria de leão ao peito!

Até sempre!















































SL

Miguel Damas

sábado, setembro 12, 2009

Ler Sporting

Ler uma ampla maioria dos textos que os bloggers/comentadores leoninos escrevem sobre o seu clube assemelha-se, actualmente, a um acto de masoquismo similar à leitura de uma crónica de Carlos Castro ou de um romance de Margarida Rebelo Pinto. O conteúdo resume-se a que o nosso clube está falido, podre, decadente, e uma série de outros adjectivos capazes de fazer corar de inveja o mais inveterado dos pessimistas.

Basicamente no nosso clube tudo está mal, tudo vai piorar, tudo está prestes a ruir... só mudando os alvos, se para uns a razão de tal se limita ao treinador (vermelho, teimoso, limitado...) para outros estende-se aos jogadores (chulos, coxos, vaidosos, acomodados...) e para outros ainda aos dirigentes actuais ou passados (betos, chupistas, traidores...). É a teoria do caos, versão XXL.
E ai de quem disser que se está a exagerar, que mesmo com alguns defeitos que a estrutura do clube tem (e isso é, penso eu, inquestionável), há pessoas a trabalhar para que isso mude, para que se diminuam os erros, para que se mudem as mentalidades e para se construa um clube melhor e, se possível, ainda maior. Porque esses sportinguistas são bananas, trouxas, teimosos e tudo aquilo que se consiga imaginar. São, no fundo, os responsáveis pelo "estado a que o clube chegou".

A opinião (aparentemente) maioritária, pelo menos na blogosfera leonina, pode resumir-se facilmente olhando para a posição nº. 1 da equipa de futebol, aliás tão bem ilustrada nas caixas de comentários dos últimos posts do Miguel.

Na minha opinião apesar de ainda ter muita margem de manobra, nomeadamente ao nível dos cruzamentos e de aprender a usar o seu corpanzil para intimidar nas saídas de postes, parece-me que o Rui Patrício actual não é o Rui Patrício que chegou à titularidade, e que acumulou, nesses 2 terços de época mais erros (nomeadamente daqueles que custam pontos) do que desde então até à data. E no entanto há quem prefira fazer crer que o nosso jovem guarda-redes continua a ser um frangueiro imberbe que nos tira não sei quantos pontos por época. Mas esses adeptos nunca são teimosos, nunca são adeptos do mal-dizer porque sim, são apenas convictos. Já um guarda-redes que fez uma dezena de jogos no nosso clube, com problemas disciplinares coleccionados por onde passa, que desrespeitou os colegas de posição no clube, que não consegue arranjar uma colocação num outro clube mesmo tratando-se do melhor guarda-redes do mundo e arredores...esse é tratado por alguns como se se tratasse da reencarnação de Lev Yashin. Tudo em nome da convicção e no melhor interesse das nossas cores.

Ora se há coisa com que não concordo em absoluto é que o pior defeito do plantel do Sporting 2009-2010 seja a baliza. Mas, e como por trás das convicções está sempre a vontade de bater à paulada no teimoso do treinador, o actual plantel do Sporting resume-se a isto:

- no Sporting actual quem joga é uma merda;
- quem estiver no banco é bom (ou pelo menos melhor que os titulares);
- quem ficar na bancada é ainda melhor que esses;
- melhor ainda, só os que tiverem sido dispensados ou não contratados.

Má-língua? Não...visão e lucidez!

PS: Amanhã estreio-me em Alvalade este ano, as saudades são muitas e espero que a equipa corresponda com um futebol mais atraente do que tem demonstrado na grande maioria dos jogos já efectuados. É necessário dar um salto qualitativo nos resultados e nas exibições (por esta ordem) o mais depressa possível, e espero que treinador e jogadores entendam isso, porque os primeiros (se calhar únicos) a poder calar as vozes críticas são eles. Que deixem tudo dentro do campo e no final cá estaremos para avaliar, como sempre.

Nelson Santos

Perseverança para construír um clube ainda mais forte



José Eduardo Bettencourt em discurso directo (jornal O JOGO):

"Não devemos admitir que outros nos queiram refundar com outros valores e com outros ideais. O Sporting Clube de Portugal tem uma história centenária, tem uma identidade e um conjunto de valores que não podem ser restritos, porque a isso nos sentimos obrigados"

"Sou daqueles que acham que, em algumas matérias, a antiguidade é um posto. Tivemos presentes [n.d.r. na referida cerimónia de entrega de emblemas de 50 e 75 anos de associado] pessoas que têm, de facto, uma grandeza e um posto enorme no Sporting. São pessoas que não desistiram, não amuaram nos momentos difíceis"

"Hoje é muito importante que estas pessoas mais antigas também saibam, nos momentos menos gloriosos, transmitir aos seus descendentes e amigos os valores da persistência e do combate pelas boas causas. Que tenhamos força, perseverança e fé na construção de um Sporting cada vez mais forte e unido para triunfar."

"A assunção da nossa identidade e dos nossos valores tem-nos trazido sacrifícios desportivos, e creio que entenderão bem o que digo. Isso não quer dizer que, em algum momento, baixemos a guarda, deixemos de lutar com a máxima ambição, mas com respeito profundíssimo por aqueles que são os ideais que nos fundaram."



Leonino

Portimão , o regresso e a final perdida....

Após 8 longos anos fora de Alvalade , Vítor Damas com 2 épocas brilhantes em Portimão começa a ser ventilado como novo (velho) guarda redes do Sporting. O tempo ajudou a curar as feridas com a massa associativa e este regresso vinha tambem ao encontro com os desejos dos adeptos leoninos e claro está ao proprio Vítor. Era portanto o regresso do filho pródigo.

A época 83-84 é em tudo brilhante , levando-o de novo a selecção de todos nós. A presença em França foi assegurada com varias exibições fantasticas com a camisola 1 do Portimonense. Mas mais que isso abre-lhe as portas de Alvalade. As mais desejadas....

Com a maturidade alcançada em Santander. Num campeonato duro como o Espanhol. Vítor Damas seria assim um guarda redes bem mais completo que aquele que saiu para Espanha. Os 8 anos fora de Alvalade , em equipas que não lutavam por titulos mas o jogo a jogo , dá-lhe outra perspectiva e outro estar na baliza. Torna-se menos espectacular mas mais eficaz. A critica elogia-lhe a nova postura mas desejando sempre aqui e ali uma defesa "á Damas".

Ao Sporting regressaria. Não correu bem a nivel de titulos. Apenas uma final perdida com o clube da luz. Mas uma meia final fabulosa nas Antas em que defendeu tudo o que havia a defender até ao golo de Mario no ultimo minuto do prolongamento nos dar o apuramento para o Jamor.

Eram anos conturbados no clube leonino mas que não apagam o brilhantismo e sobretudo a classe.
O eterno numero 1!














































































SL


Miguel Damas