"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, março 26, 2013

Chegou a hora!

As eleições de sábado passado, e que serviram para eleger o 42º Presidente da história do Sporting Clube de Portugal, marcaram de forma incontornável o início uma nova era no Sporting.

Depois de 18 anos assinalados por uma linha de que discordei muito, essencialmente por ter visto no projecto 'Roquette' uma descaracterização pura  e dura  daquele Sporting que conheci nos tempos de menino, já que a entrada nos 'entas' me permite dizer que sou da 'geração João Rocha', que será o meu sempiterno Presidente, aquilo que posso dizer é que vi esta mudança de paradigma com alguma satisfação, e não na totalidade porque não concordando com algumas pessoas que integravam a lista vencedora, acabei por estar com a lista de José Couceiro, a quem não achava de continuidade na sua verdadeira essência.

No entanto, desde sábado passado Bruno de Carvalho não só é o 'meu' Presidente, como é também o Presidente do Sporting Clube de Portugal. A partir de agora muito irá mudar. Sou a favor de uma mudança sustentada e sobretudo pensada. Acredito que não seja confundida uma mudança necessária com perseguições,  e que se acabem ainda de vez os epítetos de lambuças, entre outros ainda mais contundentes. Sou, sabem-no os que mais de perto comigo convivem, perfeitamente contra estes 18 anos. Combati até ao limite das minhas forças muito do que estava mal. Nunca entendi a criação de empresas atrás de empresas numa lógica que pouco tinha a ver com o ADN do Sporting, a prática desportiva. Vi com mágoa a machadada no ecletismo, com a extinção de modalidades. Abominei que tivessem anos a fio tratado os sócios na lógica do cliente. Enfim... nem tudo foi mau. Muito no entanto foi a roçar o medíocre e acima de tudo a componente paixão, tão necessária, foi-se esbatendo.

Os últimos anos foram catastróficos. Vivemos na actualidade a pior crise financeira e desportiva da nossa centenária História. Quero acreditar que o dia 23 de Março de 2013 trouxe com ele um incontornável virar de página. Aos 41 anos Bruno de Carvalho é o nosso novo Presidente. Terá nos ombros uma tarefa árdua e muito que fazer para levar esta imensa nau que é o Sporting Clube de Portugal a bom porto. A aposta no futebol, mesmo sabendo-se que os tempos são de vacas magras tem que passar pela continuidade da aposta na formação e na contratação assertiva de jogadores que acrescentem. Nas modalidades, que durante a campanha o novo presidente prometeu dar continuidade a todas, e com elas proceder à construção do pavilhão 'João Rocha' no seu mandato e ainda a promover os regressos do voleibol e do ciclismo ao clube, acreditamos que muito irá mudar para melhor.

Enfim, estarei atento e serei um 'fiscal' do trabalho da nova direcção. Quero no entanto muito, e acredito nisso de forma aberta, que o caminho do sucesso possa ser uma realidade incontornável. Deixo aqui uma palavra de conforto e de confiança ao novo Presidente.

Força, Bruno de Carvalho. Que sejas feliz na presidência do teu/nosso Sporting. Porque ele merece e porque é o nosso grande amor!

Juvenal Carvalho

domingo, março 24, 2013

Habemus Presidente


Apenas um desejo,

Que seja dada a tranquilidade necessária a esta direcção para trabalhar e nos voltemos a preocupar exclusivamente com o que as nossas equipas fazem em campo (todas elas)!!

União é uma obrigação de todos nós.

VIVÓ SPORTING

SL
ZenMan

sexta-feira, março 22, 2013

Que ganhe o melhor!

Amanhã é dia de eleições na casa leonina. Mais um exercício eleitoral, numa tradição que começa a ser infelizmente demasiado frequente em Alvalade.

Como antes o afirmei, não vou depositar os meus votos correspondentes a 29 anos de sócio, com quotas em dia, em qualquer dos candidatos porque nenhum me convenceu.

Li aquilo que os três defendem, assisti a dois debates (um na RTP e outro na SIC), mas fiquei desiludido porque nenhum dos argumentos apresentados, quer por Carvalho, Severino ou Couceiro, me convenceu a automobilizar-me para amanhã me deslocar a Alvalade.

Quero, no entanto, aplaudir a coragem dos três candidatos em avançarem, em darem a cara neste momento tão difícil e em se candidatarem após uma presidência horrível que durou quase dois anos.

Espero sinceramente que, qualquer que seja o vencedor, apure responsabilidades porque esta gestão cessante vai seguramente deixar feridas profundas no clube e muito difíceis de sarar nos próximos anos. Fazer pior era impossível!

Que ganhe o melhor, que não haja altercações e que o resultado final seja respeitado por todos, para que a partir do momento em que se apure o vencedor, esse passe a ser o presidente de todos os sportinguistas.

Basta de guerras fraticidas suicidárias!

Nuno M Almeida

quarta-feira, março 20, 2013

O meu olhar sobre as eleições

Analisando as três candidaturas à presidência do Sporting, concluo que as mesmas me parecem muito fracas  tendo em conta a grande responsabilidade que é dirigir um clube da dimensão do Sporting Clube de Portugal. Confesso que nenhuma delas me toca de forma particular.

Começando por Carlos Severino, acho que a parceria com uma empresa de Cruyff, representa passar um atestado de incompetência a uma das áreas onde o Sporting ainda vai trabalhando melhor: a formação! Penso que no entanto tem sido uma candidatura importante, pois a bipolarização da falta de ideias em que se caíria se só existissem os outros dois candidatos não seria bom para o Sporting.

Continuando, por Bruno de Carvalho, acho que é uma candidatura que ainda assim apresenta um programa mais elaborado para o futuro do Sporting. No entanto, existem medidas que me desagradam profundamente. Analisando a sua lista, acho um erro a escolha de Vicente de Moura para a vice-presidência das modalidades, é uma escolha numa pessoa que andou a pavonear-se nos últimos tempos à custa do bom nome do Sporting. As escolhas para o futebol de Virgílio e de Inácio, também não me convencem, agravado por declarações que Inácio fez à poucos meses atrás sobre o Sporting, diminuindo o clube.

Por último, analisando José Couceiro, entendo que é a última cartada do calamitoso "Roquettismo". É um candidato vaidoso - que usou o nome Peyroteo na campanha, pensando que seria suficiente para "enganar os tolos" (sócios). Não se tem visto ao longo da campanha a explicação de um plano financeiro que vise que o Sporting possa livrar-se  das dificuldades mais prementes por que o clube passa, tendo só o facto de falar em insolvência e refundação mostrado bem a falta de soluções para levar o Sporting para um futuro de viável e bem-sucedido!


No entanto, deixo aqui a minha posição sobre quem me parece que pode desempenhar a presidência do clube com mais garantias de fazer um bom trabalho, que será muito importante para o futuro do Sporting: Bruno de Carvalho!
Analisando tudo o que tenho visto, ouvido e lido, em comparação com as outras candidaturas acho que Bruno de Carvalho dá ao Sporting uma coisa muito importante: esperança! No entanto, é deveras importante que os sportinguistas se mobilizem em torno do clube, pois sem a força dos sportinguistas será difícil que o Sporting obtenha o sucesso que ambiciona!!!
VIVÓ SPORTING!

Lion King

sábado, março 16, 2013

Podia ter sido uma vitória tranquila

Creio que assistimos a um dos jogos mais conseguidos pelo Sporting nos últimos tempos, no jogo desta noite em que vencemos o Setúbal por 2-1 em Alvalade, com os golos leoninos a serem apontados por Amoreirinha na própria baliza e Labyad de grande penalidade.

Creio que no geral fizemos uma boa primeira parte, em que deveríamos ter saído para o intervalo a golear, onde tivemos oportunidades mais que suficientes para matar o jogo e tranquilizar a nossa equipa. Com uma vantagem magra, o adversário acabou por acreditar que poderia fazer um golo e isso causou-nos dificuldades na segunda parte. Nesta etapa complementar tivemos a hipótese de fazer o 3º golo, mas não fomos eficazes, nem felizes, pois enviamos a terceira bola ao ferro, e isso fez com que o Setúbal se mantivesse vivo no jogo e acabou por causar-nos alguns lances de grande perigo para a baliza de Rui Patrício, mas o Sporting viria a vencer justamente, pois fomos a melhor equipa em campo esta noite.

BONITA A HOMENAGEM FEITA EM ALVALADE AO ETERNO PRESIDENTE:
O SENHOR JOÃO ROCHA!

Lion King

quinta-feira, março 14, 2013

A MINHA HOMENAGEM AO PRESIDENTE!!!



A minha crónica de hoje no JORNAL SPORTING. Uma homenagem sentida ao PRESIDENTE!!!

O PRESIDENTE
João Rocha
(1930-2013)

Dizer que os Homens não choram foi um chavão que se criou mas que comprovadamente não é verdadeiro. Falo por mim. Na madrugada do dia 8 de Março de 2013, quando confrontado por um sms de um amigo de muitos anos a alertar-me para a morte de João Rocha confesso que li, reli e não ...queria acreditar ser verdade. Sim, era infelizmente verdade. Claro que lacrimejei. Entendo o Sporting como uma família. Na família desportiva que somos enquanto instituição grandiosa, ele foi o meu ‘pai’. Aquele que me marcou numa infância cheia de vitórias, que me fazia vibrar de alegrias e recordar tempos de muito menino que me deliciavam. Era o PRESIDENTE.

Recordo grandes equipas de futebol, dos tempos do Keita, Jordão, Manuel Fernandes, Vitor Damas, etc… mas não esqueço aquele velhinho pavilhão de Alvalade, invariavelmente a abarrotar. Olhava para o túnel de acesso aos jogos e lá estava ele… sempre ele. Um Presidente de todas as horas. Que chorava e ria com os jogadores mas que tinha cultura de exigência. Tempos imemoriais, em que tanto nos orgulhamos deles. Sim, já nesses tempos, embora idolatrado pela maioria, tinha oposição. Uma verdade, que a tinha. Mas existia um incomensurável respeito. Ele era o Sr. João Rocha. O Presidente que me ensinou a beber muitos dos ensinamentos que hoje tenho do nosso Sporting. Recordo os tempos em que lia os jornais de trás para a frente e lá via o Sporting em primeiro em todas as modalidades. Que lia as reportagens da Volta à França e lá estava o ‘nosso’ Joaquim Agostinho. Enfim, tantas tardes e noites de glória nos grandes tempos do Presidente… do ‘meu’ Presidente.
Partiu aos 82 anos de idade fisicamente. Estará no meu coração e de milhões de sportinguistas para a eternidade. Foram 13 anos de presidência com milhares de vitórias em todas as modalidades, em que fomos os pioneiros na formação de claques, com a criação da Juventude Leonina em 1976 com os seus filhos Gonçalo e João como fundadores, bem como com as então improváveis digressões a Angola e à China, etc... Que sempre esteve junto da diásporas ‘leonina’ espalhada pelo Mundo, e que enraizou a verdadeira mística e cultura sportinguista.
Que todos nós continuemos a honrar o seu nome. Que o novo Pavilhão ‘João Rocha’ seja mesmo uma realidade. Eu quero ver a sua inauguração e com isso prestar-lhe uma mais do que justa homenagem. Ele merece-a… nós queremos que isso aconteça.
Depois desta crónica que juro ter sido escrita com aquela lágrima marota no canto do olho, termino-a dizendo: Descanse em paz, Sr. João Rocha. Obrigado, PRESIDENTE!

Juvenal Carvalho

sábado, março 09, 2013

Poste trava vitória leonina em Coimbra

O Sporting empatou hoje a um golo, em Coimbra. O golo verde-e-branco foi marcado por Van Wolfswinkel.

Assistimos a uma primeira parte, onde o Sporting "não jogou". Demos 45 minutos de avanço à Académica, e isso, acabou por dificultar a tarefa para a segunda parte, onde pretendíamos virar o resultado.
Na segunda parte, apesar da Académica ter tido lances onde podia ter feito o 2º golo, assistimos a uma boa reacção por parte da nossa equipa, tendo chegado ao empate, e podendo ter feito o 1-2, com lances de golo criados na área academista, tendo inclusivé Labyad enviado uma bola ao poste num bom remate de fora da área. Foi pena, faltou-nos uma pontinha de sorte, mas este empate também penaliza a nossa inoperância nomeadamente na primeira parte do jogo.

Lion King

sexta-feira, março 08, 2013

In memoriam



Faleceu aquele que para mim foi o último grande presidente da nossa Instituição. Que descanse em paz!
Espero agora que o candidato que ganhar as próximas eleições - seja ele qual for - saiba estar à altura da enorme honra - e responsabilidade - em fazer parte de uma lista de presidentes onde consta o nome deste Senhor.

Um dos grandes Sporting's de João Rocha, enormes momentos que para sempre perdurarão na memória colectiva leonina:



Nuno M Almeida

sábado, março 02, 2013

Conseguimos anulá-los, faltou o golo!

Um clássico que acabou empatado a 0, foi um prémio para os nossos jovens leões, que hoje mostraram esforço, empenho e dedicação frente a uma equipa com argumentos superiores.

A primeira parte acabou por ser dominada ao nível da posse de bola pelo Porto, que criou as ocasiões mais perigosas, mas seria no entanto, o Sporting a ter a oportunidade de golo mais flagrante tendo Van Wolfswinkel rematado algo frouxo, quando se exigia outro tipo de finalização!
Na segunda parte, controlamos o Porto, que ainda assim nos criou dificuldades assinaláveis, mas a nossa equipa mostrou um bom espírito colectivo e uma boa mentalidade, tendo faltado a Wolfswinkel e também a Carrillo, mais lucidez e discernimento para concretizar dois lances em que surgiram isolados e em posição do Sporting poder matar o jogo!

Lion King