"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quinta-feira, junho 27, 2013

Sim!



Dada a situação que o Sporting vive, dada a encruzilhada a que chegámos, dada a necessidade extrema de sobrevivência que o clube enfrenta, encaro a assembleia do próximo domingo como verdadeiramente decisiva para o futuro do clube. E desta vez a sério... sem conversa fiada!

Durante anos a fio andámos a ouvir o discurso estafado das imperiosas reestruturações financeiras, de assembleias gerais decisivas para o futuro do clube, de autêntica chantagem psicológica exercida sobre os sócios, praticamente alimentando o lema ‘ou aprovam aquilo que apresentamos e propomos ou o clube cai inexoravelmente no abismo’. Andaram constantemente a acenar-nos com planos milagrosos e verdadeiras genialidades de gestão económico-financeira.

Pois bem, os sócios praticamente plebiscitaram tudo o que as direcções de inspiração roquettista lhes iam colocando a votação, e a verdade é que no final de tanta engenharia financeira nos vimos confrontados com uma situação deplorável, em risco de fecharmos portas e não honrarmos compromissos, uma vergonhosa página negra na história de um brilhante e exemplar clube centenário. Algo que seguramente nem o sportinguista mais pessimista previa...

Para além de acreditar que em muito se ultrapassou a barreira da mera incompetência, inépcia ou laxismo, estou cada vez mais convicto de que houve má-fé e abuso de confiança perante os sócios, lesando-se seriamente o clube, com a maquilhagem de pretensos brilhantes e experimentados gestores ao serviço do clube – 'imaculados e altruístas' sportinguistas - vendo-me obrigado a defender que muita dessa gente mereceria, no mínimo, a expulsão do clube e até a eventual instauração de processos-crime por gestão danosa!

Por tudo isto, e porque não quero ver o Sporting na 'lama' de uma fuga para uma refundação, a exemplo do que Nápoles ou Fiorentina recentemente fizeram, só vejo um caminho: dizer SIM no próximo domingo à reestruturação financeira que irá a sufrágio!

Não é evidentemente o melhor cenário, mas é realisticamente, e neste momento, o possível. É que sinceramente não vejo desta vez qualquer outra alternativa minimamente credível perante o mal que sem escrúpulos e pudor fizeram durante anos e anos ao clube que tantos de nós amamos.

Nuno M Almeida

quarta-feira, junho 26, 2013

"O Sporting será um clube apetecível"

Bruno Carvalho, hoje no Record:

 

«Criámos um plano que permitisse com sustentabilidade gerir o clube perante aquilo que são as necessidades do Sporting.

 

Rafa? Prefiro não particularizar.

 

Cissé? Na altura devida logo diremos tudo.

 

(Sobre o ponta-de-lança) Nós achamos que é um excelente ponta-de-lança. Temos a expectativa de trazer um jogador que  realmente a massa associativa goste e que traga ao Sporting mais do que marcar golos.

 

Nunca foi proposto pela SAD a nenhum jogador a redução salarial.

 

Admito que, caso não haja bom senso, os jogadores que o Sporting não conseguir colocar e que não tenham interessados, pura e simplesmente não joguem. Isto não é bom para ninguém.

 

Tem sido engraçado trabalharmos, eu, o Inácio, o Leonardo, o próprio Virgílio. Tem sido um grupo de trabalho muito bom. Todos a remarem para o mesmo lado.

 

(Orçamento) Isso é o que nós queremos fazer. Vinte milhões, sim.

 

(Jefferson) Nós temos 60% com possibilidade de compra de 20% mais 20%.

 

Não está iminente a saída de Capel.


O FC Porto tem direito a cinco milhões na venda do Miguel Lopes.

 

Irei sentar-me no banco de suplentes. Não pretendo intrometer-me em nada.

 

Havia dossiers muito complicados. O primeiro mês foi muito difícil. Muito mau.

 

Nunca abandonarei o Sporting pelo facto dos sócios não concordarem com a minha visão. Quando achar que não sou uma mais-valia para o Sporting, saio.

 

(A insolvência) é um caminho. Vamos imaginar que os sócios acham que esse caminho é lindíssimo. Eu especificamente não acho e nunca achei.

 

Posso dizer claramente que quando tudo aquilo que está programado estiver realizado, os 18 milhões entrarão no Sporting de imediato.

 

(Holdimo) Admito tudo desde que o Sporting mantenha a maioria, como sempre disse. Mais cedo ou mais tarde essa política vai dar frutos, financeiros e desportivos. E a partir daí o Sporting será um clube extremamente apetecível.

 

Não vamos à procura de mais investidores, para já.

 

(FC Porto) Não é uma guerra. É uma questão de educação. Não vim para o futebol aturar tudo.

 

O Sporting tem conseguido estar calmo no mercado e ter o respeito dos empresários. Valeu a pena.»


Nuno M Almeida


segunda-feira, junho 24, 2013

Silêncios de ouro

Acho curioso que hoje venha um cronista do Record pôr em causa o silêncio e a discrição com que o Sporting está a gerir a preparação da próxima temporada e a sempre suculenta questão das contratações, a tal que tanto ajuda a vender o papel dos pasquins.

Segundo o dito cronista faria mais sentido que tudo se soubesse, que todos os dias viessem escarrapachadas nos jornais notícias sobre pretensas contratações, naquele frenesim de praça pública a que o nosso clube tinha habituado os agentes desportivos, porque segundo o tal escriba só dessa forma se angaria o entusiasmo dos adeptos e sócios, e se motiva a aquisição/renovação de gameboxes. 

Há anos que oiço vozes indignadas manifestarem-se por maior blindagem na gestão dos dossiers desportivos do clube, por menos notícias internas atiradas cá para fora, em suma, por menos bandalheira traduzida em paredes  de vidro, rumo a um maior rigor e profissionalismo, pelo que no mínimo apelido de curiosa ou bizarra esta reivindicação de que agora se queira saber mais sobre os meandros de Alvalade.

Como adepto indefectível e sócio do clube, e pequeníssimo accionista da SAD, apenas me posso regozijar com estes novos métodos de trabalho assentes numa lógica de low profile onde seguramente muito poucos serão aqueles que têm acesso aos dossiers mais sensíveis em curso. 

Parece ter acabado a 'mama' que tanto alimentava jornalistas, jornaleiros, paineleiros e empresários, reforçando-se novamente a ideia de que outros ventos sopram para as bandas de Alvalade. Até para alguma surpresa (positiva) minha, devo confessar. Finalmente... acrescentaria eu!

Nuno M Almeida

domingo, junho 23, 2013

Futsal: CAMPEÕES!!!!!!!!!!!!!


Foto CM

Benfica, 1 - Sporting, 3

Quarto jogo da final, novamente na Luz, jogado com grande intensidade, mas com uma arbitragem muito macia em relação à dureza colocada na partida por parte dos encarnados. Diece e César Paulo podem até ter jeito para a modalidade mas seguramente que a sua maior vocação é para luta livre e golpes baixos...

Mostrámos uma vez mais que somos o melhor conjunto de Portugal, grandes jogadores, muita técnica, futsal mais bonito e elaborado. A equipa vencedora da fase regular é sem sombra de dúvida a mais forte. E em nenhum dos dois últimos jogos a equipa tremeu perante um ambiente adverso e arbitragens tendenciosas, facto bem revelador da classe, fibra e personalidade dos nossos jogadores.

Daria muito gozo festejar a conquista de mais um título na nossa casa (emprestada) com os nossos maravilhosos adeptos, mas ir à capoeira da Segunda Circular - uma vez mais - fazer a festa e sagrarmo-nos campeões nacionais é algo altamente recomendável para o nosso bem-estar e saúde!

Parabéns aos responsáveis da secção, a Nuno Dias, aos seus assistentes e aos nossos bravos jogadores por nos oferecerem mais um justíssimo título de campeões nacionais de futsal! Uma modalidade onde existe uma bela e saborosa tradição de vitórias leoninas!

SOMOS MESMO OS MAIORES E MELHORES DA MODALIDADE!!!!!!!

Nuno M Almeida


sábado, junho 22, 2013

Futsal: a um triunfo do título

Benfica, 2 - Sporting, 4

E ao terceiro jogo, a segunda vitória leonina, desta vez na Luz.

Apesar de termos estado em desvantagem por 1-0, fomos sempre superiores e uma vez mais demonstrámos que somos clara e indiscutivelmente a melhor equipa nacional.

Ficamos assim a uma vitória do título. Amanhã há quarto jogo, novamente na Luz (14.20h).

Nuno M Almeida



"Está tudo dado como garantia"



Fica-se hoje a saber que os passes de vários jovens, entre os quais Bruma e Ilori, tinham sido vendidos pela anterior Direcção à empresa Holdimo.

Esta será muito possivelmente a razão principal para esta entidade fazer agora a sua entrada no capital da SAD do Sporting, reavendo o clube os passes dos jogadores (vamos ver em que condições e com que custos).

Também assim se começa a perceber porque dizia Bruno de Carvalho na já célebre Conferência de Imprensa 10 de Abril passado ao dizer que tudo estava dado como garantia.

Relembrem-se as palavras nesse dia:
«Está tudo dado como garantia. Por isso, e por muito dinheiro que entre no Sporting, se as pessoas não quiserem, não há nenhum. Tem de reinar o consenso e entendermos de uma vez por todas que os sportinguistas votaram na mudança. A paciência dos sportinguistas é curta», acrescentou.
Relativamente aos investidores que teriam capacidade para injetar dinheiro imediatamente na SAD, Bruno de Carvalho diz que a entrada deles «está preparada», mas «acontece que nenhum investidor colocará um cêntimo que seja no Sporting Clube de Portugal sem a reestruturação estar feita», adiantou.
«Os investidores nunca foram problema nesta reestruturação. A reestruturação tem a ver no mínimo com os últimos 17 anos e não faz sentido que se queira que uma nova direção resolva problemas dos últimos 17 anos num par de meses. Mas temos soluções», acrescentou o presidente leonino.
In Maisfutebol

Realço sobretudo o discurso coerente do presidente entre 10/04 e 21/06.

Neste espaço de tempo quantas cambalhotas já teria dado o Godinho baseado na sua estratégia presidencial?
Quantas Holdimos já teriam entrado no Sporting?
Quantos jogadores do plantel já teriam sido vendidos ao desbarato em nome de uma estratégia à la Nobre Guedes, gastando o que não se tem?


"Os atos de gestão são praticados por quem cá está. Eu comprei 25 jogadores e alimentei os outros todos. Se tiver de vender quem comprei ou quem alimentei qual é o problema? A minha preocupação é honrar os compromissos do clube e sair de cabeça levantada"
Godinho Lopes, 15 de Março


Que dia 30 de Junho nos elucidem completamente sobre os contornos destes negócios escuros e se comece a levantar o véu sobre a mais que necessária auditoria de gestão.

SL
José

sexta-feira, junho 21, 2013

Reestruturação financeira

O Sporting convocou uma assembleia geral do clube para o dia 30 de Junho, data em que será apresentada aos sócios a situação económica-financeira e será debatida e votada a reestruturação societária e financeira do grupo Sporting.

Para já, e num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o clube “leonino” revela as linhas gerais do plano desenhado pela direcção presidida por Bruno de Carvalho.

Primeiro, os responsáveis do Sporting pretendem concretizar a fusão, por incorporação, da Sporting SAD (Sociedade Incorporante) e Sporting Património e Marketing, SA (Sociedade Incorporada).

Depois, irão proceder a um aumento do capital social da Sporting SAD por entrada em espécie, a realizar por subscrição particular pela sociedade Holdimo – Participações e Investimentos, SA, no montante de 20 milhões de euros, mediante a conversão de um crédito daquela entidade sobre a Sporting SAD, resultante de contrato de parceria de cooperação financeiro-desportiva, através de emissão de 20 milhões de novas acções com o valor nominal de um euro cada. Segundo avança o Jornal de Negócios, o empresário angolano Álvaro Sobrinho, dono da Newshold (accionista da Cofina), é um dos investidores ligados à empresa.

De seguida, haverá um outro aumento de capital da Sporting SAD num montante total de 18 milhões de euros, a realizar por novas entradas em dinheiro através de subscrição particular junto de investidor, ou investidores seleccionado(s) pela administração da SAD. Serão emitidas 18 milhões de novas acções, com o valor nominal de um euro cada.

O Sporting aceita ainda dar como hipoteca aos bancos credores o direito de superfície do Estádio José Alvalade e do Edifício Multidesportivo como garantia de pagamento dos valores em dívida.

Avança também a emissão de Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis em acções da Sociedade (“VMOC”), no montante de 80 milhões de euros, com prazo de 12 anos e obrigatoriamente convertíveis em acções ordinárias da Sporting SAD a um preço de um euro cada, com uma taxa de juro anual bruta condicionada de 4%, devida quando existam resultados distribuíveis pela Sporting SAD. Esta operação consiste na conversão de créditos detidos sobre a Sporting SAD pelo Banco Espírito Santo (24 milhões de euros) e Banco Comercial Português (56 milhões de euros).

Num comunicado publicado no seu site, o Sporting revela ainda que apresentará uma proposta à Assembleia Geral do clube de contrair um empréstimo bancário até ao montante global de 68 milhões de euros, “destinado a liquidar dívida do Sporting perante a Sporting SAD, bem como a liquidar dívida do Sporting e Sporting SAD perante os bancos”.

(Jornal Público)

quinta-feira, junho 20, 2013

Mais uma fornada da Academia no horizonte



Tem sido fantástica a época dos nossos jovens campeões Iniciados.
A qualidade que demonstram aliada aos resultados e domínio evidenciado sobre os seus adversários, leva-me a crer que estamos na presença de mais uma bela fornada de futuros craques.

Os números e conquistas desta época também não enganam.

Comecemos pela conquista do campeonato onde os números foram avassaladores:

1ª fase - 1º lugar com 18j 16v 1e 1d (69-8)
2ª fase - 1º lugar com 10j 10v 0e 0d (29-1)
Fase final - Campeão com 6j 5v 0e 1d (8-3)

Total - 34j 31v 1e 2d (106-12)

Este expressivo domínio teve continuidade este fim-de-semana a nível internacional, com a disputa e conquista da All Stars Cup, torneio internacional entre equipas sub-15 disputado em Praga.

Resultados:
1ª Fase - Bohemians Praga - V 3-0
1ª Fase - Dukla Praga - V 2-0
1ª Fase - Viktoria Plzen - V 1-0
1ª Fase - FC Brno - E 0-0
1ª Fase - Ajax - E 0-0
1/4 Final - Marselha - V 2-0
1/2 Final - Cska Moscovo - V 2-0
Final - Chivas Guadalajara - V 3-0

Foi a terceira vez que o Sporting conquistou este prestigiado torneio, sendo também vencedor pelo terceiro ano consecutivo (2011-2012-2013)

Parabéns leõezinhos!

SL
José

terça-feira, junho 18, 2013

Saga Rui Patrício, parte II

Continua a novela Rui Patrício...

Na semana passada estava a caminho da Luz, hoje é apontado para norte. 

Pelos vistos o nosso jogador mais 'vendável' e com mais mercado vai andar neste defeso a alimentar a imaginação e conjecturas dos pasquins cá do sítio.

Hoje até se noticia que sua Exa, o todo-poderoso Jorge Mendes, aliado ao Papa dos comprimidos azuis, está a montar o negócio, dando-se assim a entender que processo negocial onde o 'bota-de-ouro' dos empresários se envolve é coisa certa e inevitável, mesmo que o nosso clube queira resistir. São os chamados papões do pontapé na bola... Ainda por cima carregando várias vezes na tecla de que o Sporting está em fase de desesperadas 'rebajas'...

Acho bem que Patrício vá para o Dragão... apenas e só se Jackson Martinez fizer o caminho inverso.

Nuno M Almeida

segunda-feira, junho 17, 2013

Novo rumo?

Record

Jornal RECORD: "Bruma rompe com empresário (Pini Zahavi) e aposta na renovação."

Este tipo de notícias deixa-me satisfeito porque dá-me fundadas esperanças que o Sporting esteja finalmente a romper com lógicas recentes e a autonomizar-se face ao poder dos empresários que gravitam à volta dos jogadores e das instituições e que muitas vezes estão apenas a contribuír para matar o desporto-rei e a sustentabilidade dos clubes.

É certo que infeliz e frequentemente não se pode prescindir de negociar com esses intermediários mas Bruno Carvalho fez muito bem em esticar a corda com Pini Zahavi: é que uma coisa é considerá-los parte integrante de processos negociais, outra bem diferente é deixá-los liderar e controlar esses mesmos processos.

Parece chegado ao fim - espero sinceramente que sim - o colete de forças em que o nosso clube se deixou amarrar, onde empresários e comissionistas (sendo que infelizmente alguns desses até faziam parte dos quadros de colaboradores do clube e se fartaram de encher os bolsos aquando da passagem pelo Sporting, graças a contratações muitas delas falhadas e pelas quais nem sequer foram penalizados...) ditavam as leis, praticamente se sobrepunham a quaisquer políticas desportivas leoninas, ganhavam rios de dinheiro e ainda se davam ao luxo de arruinar carreiras desportivas de alguns dos seus representados.

Espero sinceramente que seja o virar definitivo de página e que muitos desses senhores, verdadeiros parasitas no futebol, entendam que Alvalade vai finalmente ter novas regras e que a sua influência e ditadura pode ter os dias contados!

Nuno M Almeida

domingo, junho 16, 2013

Futsal: tudo empatado



Sporting, 3 - Benfica, 3 (5-6)

Jogo impróprio para cardíacos no segundo embate da final. 

Ao contrário de ontem, uma exibição menos conseguida por nós numa partida onde o adversário quase ia ganhando no tempo regulamentar: a perdermos por 2-3 até 4 segundos do final Divanei levou então a decisão para prolongamento num lance de pura classe. Sobretudo depois de Leitão ter desperdiçado duas grandes oportunidades.

Nenhum golo marcado no prolongamento sentenciou o desfecho final para pontapés na marca dos 6 metros. E aí os encarnados foram mais felizes.

No próximo fim-de-semana, na Luz, poder-se-á decidir o nome do campeão nacional da presente temporada.  Com um triunfo para cada clube continua tudo em aberto.

Nota para mais uma tarde anedótica por parte dos comentadores RTP que não fazem sequer um esforço em disfarçar a sua cor, brindando-nos a cada transmissão com verdadeiras pérolas do género "esta tarde está aqui um super Benfica", e outras que tais. O wishful thinking é tramado...

Nuno M Almeida

sábado, junho 15, 2013

Futsal: entrada com o pé direito

Sporting, 5 - Benfica,1

No pavilhão de Odivelas tivemos há pouca uma grande entrada com o pé direito no primeiro jogo da final do campeonato nacional de futsal.

Depois de uma primeira parte relativamente equilibrada, que terminou empatada, no segundo tempo os nossos jogadores foram verdadeiramente avassaladores acabando por derrotar o Benfica por claríssimos 5-1. 

Dois golos de Divanei, dois de Caio Japa e um do Alex selaram o triunfo daquela que tem sido de longe a melhor equipa ao longo da época, e que hoje voltou a mostrar uma enorme superioridade perante o principal rival.

Grande apoio dos adeptos leoninos que seguramente terá continuação amanhã, aquando do segundo jogo.

Nuno M Almeida

Ficção ou realidade?



«Luís Filipe Vieira sondou dirigentes do Sporting sobre a possibilidade de Rui Patrício se mudar de Alvalade para a Luz. 
O CM sabe que aquilo que parecia impossível há bem pouco tempo se abre como uma excelente oportunidade, na perspetiva do presidente dos encarnados, que não esconde a sua admiração pelo internacional português, titularíssimo da baliza dos leões e da Seleção.»

Depois do corte de relações institucionais com o FC Porto, em perspectiva uma aliança táctica com o vizinho da Segunda Circular? 
Depois da ida de João Moutinho para os do norte, estaremos prestes a ver o nosso guarda-redes a caminho da Luz? 
Mesmo com Nolitos e afins a fazerem o caminho inverso, a ser verdade, custa-me muito ver a nossa academia transformada no viveiro dos nossos arqui-rivais. 
Tenho a esperança que seja mera especulação jornalística de um pasquim especialista no género e apenas mais um sintoma da silly season que se vive.

Nuno M Almeida

segunda-feira, junho 10, 2013

Repita lá outra vez...12Milhões?????


UM CHEQUE, UMA VASSOURA E 12 MILHÕES EM COMISSÕES

"São valores que estão a deixar o novo Conselho de Administração da SAD de boca aberta e que serão certamente alvo de estudo por parte da auditoria de gestão que foi prometida e será levada a cabo pela Direção presidida por Bruno de Carvalho. 

Além dos mais de 30 milhões gastos na reestruturação do plantel, a maior parte no ano de estreia de Godinho Lopes, Luís Duque e Carlos Freitas, os novos responsáveis pelo futebol e finanças da sociedade ficaram incrédulos quando apuraram que o Sporting, nestes dois anos de reforço do plantel, gastou qualquer coisa como 12 milhões de euros em comissões de intermediação de jogadores que chegaram ao Sporting. E este valor, ao que a A BOLA apurou, poderá ser ainda maior...

É certo que nestes 12 milhões de euros poderão estar também englobadas negociações tendo a vista a renovação contratual de jogadores ou mesmo a contratação de jovens para a equipa B. Mas atendendo à situação deficitária da SAD, os novos responsáveis não deixam de questionar como foi possível pagar tanto dinheiro a empresários que nestes dois anos se relacionaram profissionalmente com o Sporting na construção de uma nova equipa A e no reforço da equipa secundária."

in_http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=407719

SL


Dá para entender agora todo o antagonismo face aos empresários.

O Sporting de Godinho Lopes foi uma verdadeira instituição de caridade para gente como Pini Zahavi...


"São valores que estão a deixar o novo Conselho de Administração da SAD de boca aberta e que serão certamente alvo de estudo por parte da auditoria de gestão que foi prometida e será levada a cabo pela Direção presidida por Bruno de Carvalho.

Além dos mais de 30 milhões gastos na reestruturação do plantel, a maior parte no ano de estreia de Godinho Lopes, Luís Duque e Carlos Freitas, os novos responsáveis pelo futebol e finanças da sociedade ficaram incrédulos quando apuraram que o Sporting, nestes dois anos de reforço do plantel, gastou qualquer coisa como 12 milhões de euros em comissões de intermediação de jogadores que chegaram ao Sporting.

É certo que nestes 12 milhões de euros poderão estar também englobadas negociações tendo a vista a renovação contratual de jogadores ou mesmo a contratação de jovens para a equipa B. Mas atendendo à situação deficitária da SAD, os novos responsáveis não deixam de questionar como foi possível pagar tanto dinheiro a empresários que nestes dois anos se relacionaram profissionalmente com o Sporting na construção de uma nova equipa A e no reforço da equipa secundária."

 in_http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=407719
SL
José

domingo, junho 09, 2013

No próximo fim-de-semana é para ganhar duas vezes!



No próximo fim-de-semana temos derby duplo em Odivelas.
Pavilhão cheio e mais vitórias é o que se espera!

"Os ingressos para os jogos 1 e 2 da Final do Campeonato Nacional de Futsal, que se disputam nos próximos dias 15 e 16 de Junho, no Pavilhão Multiusos de Odivelas, ambos às 14h20, vão ser colocados à venda a partir das 15h00 da próxima terça-feira, 11 de Junho.
Os bilhetes podem ser adquiridos no Centro de Atendimento do Multidesportivo Sporting, no Estádio José Alvalade, até 14 de Junho, às 19h00.
Os ingressos terão um preço de 4€ para sócios e 6€ para não sócios."
In site do Sporting



No hóquei foi obtida uma milagrosa manutenção que enche de alegria todos os que gostam desta modalidade .
Foi mais uma meta alcançada pelo projecto liderado pelo Eng.º Gilberto Borges, esperando-se que a próxima época traga um Sporting capaz de lutar por outros resultados.


Mas para isso, nunca é demais dizer, é igualmente necessário o apoio da Direcção!

SL
José

sábado, junho 08, 2013

Novas Expressões do sportinguismo...

 
 
A Nova Expressão de Pedro Baltazar mudou radicalmente de discurso desde Dezembro de 2010 até hoje...
 
Das palavras "lindas" inseridas num comunicado de Dezembro de 2012 já poucos se lembrarão, mas não é demais relembrá-lo pois apenas dois anos e meio se passaram e serve para "exaltar" o grande "sportinguismo" do ex-candidato à presidência do Sporting.
 
Mais um assunto a analisar a fundo na futura auditoria de gestão que esta Direcção obrigatoriamente terá de fazer para colocar a nu todas as negociatas feitas à conta do clube.
 

“Constatamos que fizemos uma má avaliação da possibilidade de, no actual contexto, poder vingar um projecto empresarial que seja uma base sólida de sustentação para vitórias desportivas. Temos a firme intenção de voltar a investir no Sporting no futuro, reafirmando a nossa profunda convicção de que as SADs devem ser dirigidas por quem de facto investe e está disponível a participar de forma relevante na sua estrutura accionista, seguindo os melhores modelos das sociedades desportivas europeias”, confirma no documento.

"Após 13 anos de investimento contínuo, a Nova Expressão SGPS aceitou sair do capital da SAD unicamente para viabilizar o projecto de reestruturação financeira do Sporting, em nome dos interesses do Clube.
As menos valias que registamos são a demonstração do nosso sportinguismo", diz ainda o comunicado.

"Em resultado desta transacção, a Nova Expressão, SGPS, deixou de deter quaisquer acções no capital social da Sporting, SAD, e respectivos direitos de voto", confirma o comunicado do Sporting."

Ver artigo completo em:
http://www.publico.pt/noticia/maior-accionista-deixa-sporting-em-desacordo-com-actual-gestao-1469794

 
SL
José

quinta-feira, junho 06, 2013

Zakaria Labyad, tens tudo para brilhar em 2013!


“É verdade que o Sporting não pode me pagar.No meu contrato está escrito que na segunda temporada eu teria um aumento de salário.
 
Não estou pronto para deixar este clube. Ainda tenho de evoluir e provar o meu valor. Tenho apenas um ano no Sporting e quero dar algo de volta aos adeptos”.
 
 
Até iniciar a época, o mundo ainda pode dar a volta, mas são este tipo de palavras que fazem acreditar que o futuro terá de ser sempre melhor.
 
Está nas mãos de quem veste a nossa camisola, honrá-la e ser digno de a vestir.
Palavras destas, se acompanhadas de actos, levam-me a pensar que Labyad será um futuro herói em Alvalade!
 
Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting!

SL
José

quarta-feira, junho 05, 2013

Finalmente!

Há muito defendo total equidistância em relação a FC Porto e SL Benfica. Apesar de viver com particular intensidade a rivalidade em relação aos nossos vizinhos da segunda circular - e as suas derrotas me darem quase tanto prazer quanto as nossas vitórias - não creio que o nosso caminho se deva fazer encostados aos do norte, numa atitude por vezes vista como de subserviência.

Também há bastante tempo digo e escrevo que enquanto nos preocupamos há anos com os encarnados, a verdade é que nas últimas três décadas fomos ultrapassados pelos do norte, que têm acumulado campeonatos, taças, vitórias europeias e vendas milionárias. 

Em paralelo, o nosso clube tem definhado, desportiva, social, económica e financeiramente. 

Coincidência? Duvido... É que ainda me lembro dos campeonatos que nos foram espoliados, sobretudo na década de 80, em que mesmo com melhores plantéis, nas nossas barbas nos roubavam com a maior desfaçatez, com muita fruta e leite com chocolate à mistura.

O que um tal de Caldeira fez não foi ofender e desrespeitar o cidadão Bruno Carvalho, mas sim o representante máximo da nossa Instituição e o líder eleito através de um acto democrático, algo que se calhar por outras bandas mais a norte há muito não sabem o que é...

Enquanto sócio e adepto apenas peço total equidistância face aos principais rivais, o fim de actos de subserviência e vendas de atletas a saldo.

Quem quer respeito, dá-se ao respeito!


O comunicado integral:


«A Direcção do Sporting Clube de Portugal e a Administração da Sporting SAD sempre afirmaram que no âmbito dos cargos para que foram eleitos e das funções para que estão mandatados, pretendem manter relações institucionais com todos os clubes e com eles trabalhar em prol do bem comum, o desporto nacional.

Foi sempre deixado bem claro que nunca seriam toleradas posições de subserviência relativamente a nada, nem a ninguém. Foi igualmente reafirmado inúmeras vezes que todos aqueles que se relacionam ou queiram relacionar com o Sporting Clube de Portugal terão que o fazer numa base de entendimento, assente no respeito mútuo.

No passado dia 2 de Junho de 2013, nos momentos que antecederam a final da Taça de Portugal, em Andebol, no Pavilhão de Tavira, os responsáveis da organização promoveram um encontro institucional de apresentação de cumprimentos entre os membros das Direcções do Sporting Clube de Portugal, representado pelo seu Presidente Bruno de Carvalho e do Futebol Clube do Porto, pelo vice-presidente Adelino Caldeira.

Naquele encontro, quando o Presidente do Sporting Clube de Portugal, no âmbito institucional e por normais princípios de urbanidade se preparava para cumprimentar o representante máximo da delegação adversária, este assumiu uma conduta inqualificável de total desrespeito pela instituição Sporting Clube de Portugal, com cenas lamentáveis que de imediato mereceram o devido repúdio e uma resposta cabal por parte dos dirigentes do Sporting Clube de Portugal.

Face aos graves acontecimentos ocorridos, que se traduziram num total desrespeito pela Instituição Sporting Clube de Portugal e após ter decorrido o tempo suficiente para que os dirigentes do Futebol Clube do Porto se demarcassem e retratassem da inqualificável conduta do seu representante, vem a Direcção do Sporting Clube de Portugal comunicar que suspende todas as relações institucionais com o Futebol Clube do Porto até que fique claro o seu efectivo respeito pela nossa Instituição, e sua efectiva vontade de estabelecer relações normais e de respeito pela Instituição Sporting Clube de Portugal.

Lisboa, 05 Junho de 2013
A Direcção do Sporting Clube de Portugal»


Nuno M Almeida
Imprimir esta notícia

terça-feira, junho 04, 2013

Uma Herança Complicada

Eleito há pouco mais de dois meses, mais propriamente no passado dia 23 de Março, ao Presidente Bruno de Carvalho, ou a qualquer outra das duas candidaturas de então, esperavam-lhe uma árdua tarefa e não será de todo despropositado dizer que encontrariam o Clube na maior crise da sua centenária História.

Indubitavelmente os últimos 17 anos, mais propriamente a  nova era que se iniciou com o celebérrimo 'projecto Roquette', levaram-nos os anéis e os dedos, por troca apareceu um grupo de tecnocratas sem conhecimento, paixão, e até, aqui ou ali, não generalizando, com muita desonestidade intelectual, para não ser mais duro na apreciação.

Sabem os que me são mais próximos, pese ser um amante do futebol e de ter servido o Sporting nessa modalidade, que a minha paixão sempre foram as modalidades. Quiçá o defeito de pertencer à 'geração João Rocha', efeitos da entrada nos 'entas' que me proporcionaram grandes tardes/noites no pavilhão antigo e depois na Nave. Eramos um clube eclético, com chama, com interesse... ganhar era quase uma obsessão. Vergávamos os adversários com uma gula demolidora. Momentos inolvidáveis tiveram os que viveram esses tempos. Lamento pelos mais jovens leões, que se debatem com a falta de um pavilhão, por exemplo. Só um enorme amor ao Sporting os faz vibrar com as modalidades.

Esta entrada de texto, e estes tempos, servem para fazer um alerta a Bruno de Carvalho - sei que ele sabe disso, mas o coração manda-me escrever isto - para que consiga contornar estes tempos sem dizimar as modalidades. Sei que suportar a árdua tarefa de um passivo gigantesco, e com a reestruturação financeira a obrigar a fechar a torneira dos euros, levando o futebol para patamares inferiores aos que vivemos, com esses tecnocratas a desbaratarem então milhões em jogadores rudimentares e com uma redução enorme para parâmetros na ordem dos 20 milhões. Acredito que a formação de excelência do nosso Clube, complementada com a inclusão de jogadores que acrescentem qualidade e com a contratação de um jovem e arrojado 'leão' como Leonardo Jardim, nos vai levar a bom porto e dar paulatinamente a volta ao texto.

Mais me preocupa o que vou lendo e ouvindo sobre os cortes nas modalidades. Fala-se em 50 por cento, em debandada de jogadores para outros clubes, etc... Sei, e acredito que nos gabinetes de Alvalade se trabalhe para contrariar isto,  que se consiga fazer mais com menos. O pior que nos poderá acontecer é ter que assistir a um período sabático no futebol, em que claramente lutar pelo título no imediato parece pouco verosímel, e assistir ainda às modalidades sem capacidade de andar a lutar por títulos. Acabar com a tradição ganhadora nas modalidades é dar um 'tiro no coração' do Sporting. A culpa  não é dos órgãos sociais eleitos. Os culpados estão por mim bem identificados e sempre os combati. Quiseram fazer do Sporting um conjunto de empresas e julgavam que todos os anos vendiamos jogadores da Academia às carradas. Eram os da douta sapiência. Agora, por culpa desses, estamos a viver momentos complicados.

Por isso apenas peço: venda-se um 'cromo coxo' que ganha dois milhões ano e mantenham-se vivas as modalidades. Sei que não sou gestor e pouco percebo de finanças - não consegui ainda por exemplo entender o excel do Vitor Gaspar - mas façam um esforço e apostem na manutenção das modalidades a lutar pelos títulos. Era assim nos tempos de João Rocha, porque não pode ser agora?

Juvenal Carvalho

domingo, junho 02, 2013

Andebol: a taça é nossa!

Ganhámos há pouco - em Tavira - a taça de Portugal frente FC Porto, campeão nacional: 30-28.

Com uma grande exibição levámos o jogo para prolongamento onde fomos claramente mais fortes perante o clube que tem dominado o andebol português.

Grandes jogadores, notável exibição, acreditar até ao fim, mesmo quando os portistas chegaram a ter dois golos de vantagem. Uma equipa que honrou os pergaminhos que a nossa instituição tem nesta modalidade.

O Sporting eclético faz-se com estes triunfos!

Nuno M Almeida

sábado, junho 01, 2013

258 milhões de euros depois





 16 anos depois estes são os resultados:

       
 
Época
Resultado (M€)
Presidente
 
 
1997/98
-7,445
Roquette
 
 
1998/99
-2,546
Roquette
 
 
1999/00
-11,435
Roquette
 
 
2000/01
------21,445
Roquette e Dias da Cunha
 
 
2001/02
-22,715
Dias da Cunha
 
 
2002/03
-27,311
Dias da Cunha
 
 
2003/04
-9,222
Dias da Cunha
 
 
2004/05
--10,280
Dias da Cunha
 
 
2005/06
313
Dias da Cunha e Soares Franco
 
 
2006/07
14,480
Soares Franco
 
 
2007/08
597
Soares Franco
 
 
2008/09
-13,349
Soares Franco
 
 
2009/10
----28,187
Bettencourt
 
 
2010/11
-43,991
Bettencourt e Godinho Lopes
 
 
2011/12
-45,947
Godinho Lopes
 
 
2012/13*
-29,700
Godinho Lopes
 
         
  * primeiros 9 meses de resultados  
         
 
TOTAL
-258.183   

     
 
 
SL
José