"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, dezembro 30, 2013

Feliz 2014!

Aproveito este espaço para desejar a todos um Feliz 2014!
Que o Sporting possa em Abril, em Coimbra, trazer a primeira Taça da Liga para o Mundo Sporting!
Também no futebol, que o Sporting possa quebrar este segundo maior jejum da nossa história, onde há 12 anos não conseguimos festejar o título de Campeões Nacionais, são os meus votos!
Em relação às restantes modalidades, no andebol seria também muito bom para o Sporting quebrarmos outro largo jejum sem sermos Campeões, sendo que neste momento somos líderes! No futsal, é para revalidarmos o título também! Tal como no atletismo tanto em femininos (somos campeões em título), como em masculinos, onde temos que conseguir voltar a sagrarmo-nos campeões! No fundo este desejo é extensivo ao resto das modalidades e às competições em que estejamos envolvidos!
FELIZ 2014 PARA TODOS!

Lion King

Tudo em aberto

Empate a zero, foi o que se verificou esta noite em Alvalade no clássico. Um resultado negativo para as nossas cores, mas continua tudo em aberto em relação à qualificação para as meias-finais.

Creio que assistimos a um bom jogo por parte do Sporting, embora tivesse sido o adversário a criar a primeira de duas oportunidades de golo que teve em toda a partida. No resto do jogo, o Sporting foi a equipa que criou mais e melhores ocasiões para vencer, mas viria a ser Fabiano Freitas e a falta de eficácia a deixar a nossa equipa em branco. Na segunda parte fomos mesmo a equipa que dominou em todos os capítulos do jogo, mas faltou o golo.
Quanto à arbitragem, qualificaria a mesma de "habilidosa", pois permitiu ao rival distribuír "fruta" a torto e a direito sem as respectivas admoestações disciplinares, tendo ainda transformado no último minuto um livre perigoso por falta sobre Cédric, numa falta contra nós!

Lion King

sábado, dezembro 28, 2013

Observações à mensagem do Presidente


A Direcção do Sporting pela voz de Bruno de Carvalho, emitiu ontem um comunicado pelo qual faz o balanço da militância dos sportinguistas nestes primeiros 9 meses do seu mandato.

Ao contrário das principais observações feitas no comunicado, entendo que os resultados alcançados até são extremamente positivos face à actual conjuntura económica do país, face aos resultados dos últimos 4 anos deste clube, face à gestão efectuada e face à ausência de um pavilhão onde se possam dinamizar as principais modalidades colectivas do clube.

Quanto aos principais temas abordados no comunicado:
  • Sócios: "...tivemos apenas um acréscimo de cerca de 6000 novos sócios o que é manifestamente pouco para a grandeza do nosso Sporting Clube de Portugal."
Ao contrário do referido até julgo ser um excelente número em tão pouco tempo. Há que tentar manter este ritmo de crescimento e essa função não deve ser apenas do clube mas também dos núcleos.
  • Ecletismo/Pavilhão: "Sendo um Clube que privilegia o seu ecletismo e tendo a construção de um pavilhão próprio como objetivo, foi uma vez mais colocada à venda a Gamebox Modalidades, tendo apenas sido vendidas cerca de 200, o que é muito pouco para quem defende a manutenção de 35 modalidades e a construção de um pavilhão nosso."
Lamento, mas eu sou um dos entende que comprar uma gamebox modalidades que me obriga a vadiar por toda região da grande Lisboa para ver o meu clube jogar e não ter um pavilhão onde isso possa ser feito, é vergonhoso para um clube com a grandeza do Sporting.
Compreenderia e apoiaria de imediato que o dinheiro que se venha a receber do negócio Elias fosse utilizado na construção do pavilhão junto ao nosso estádio.
Se isso não acontecer, então não nos venham pedir para contribuir para um produto que não convence ninguém, e nem justifiquem a falta da construção do pavilhão com a fraca venda de gameboxes...
  • Gamebox futebol: "Faltando ainda vender cerca de 2000 Gamebox na presente época, estamos irremediavelmente afastados do objetivo de receita definido e necessário, colocando em perigo a reestruturação efetuada com os possíveis efeitos negativos que daqui podem advir e para os quais todos fomos alertados."
Apenas compreendo esta frase como mais uma jogada de marketing para conseguirmos de uma vez por todas vender  todas as gameboxes.
Tenho muitas dúvidas que venha a ser conseguido até porque o preço não é atractivo, bem pelo contrário.
Por outro lado, se faltam vender 2.000 gameboxes a um preço médio de 200€ dá um total de 400.000€. Não será com certeza este valor que irá colocar em risco a reestruturação.
A Direcção teria muito melhores resultados de bilheteira se o preço dos bilhetes para jogos como o próximo com o FCP, fossem vendidos a preços bem mais simpáticos que os 25€ solicitados aos adeptos.
  • Último jogo em Alvalade: "Para o último jogo em Alvalade existiu uma campanha com preço único para todas as bancadas, de 7 euros para os associados do Sporting. Apesar disto, apenas tivemos cerca de 38000 sportinguistas presentes, sendo que sem contabilizarmos as entradas com Gamebox, apenas 3.233 sócios compraram bilhetes para este jogo."
Aqui dou-lhe toda a razão, os preços com o Nacional eram atractivos e o que estava em jogo devia obrigar muitos mais sócios a estarem presente.
Mas de um jogo para o outro (Nacional para Porto), porque não manter o preço? Até estamos perante uma taça que a nós nada nos diz, bem pelo contrário...

Depois de tantos anos a matar o nosso sportinguismo, a Direcção devia ter noção que a recuperação do nosso orgulho será sempre lenta e terá de ser muito bem sustentada.
Todos juntos conseguiremos fazer melhor, mas para que mais sócios e adeptos contribuam para devolver o Sporting ao seu lugar, cabe também a esta Direcção ver que ainda há temas por tratar (pavilhão) e outros a melhorar para colher frutos num futuro próximo.

SL
José

sexta-feira, dezembro 27, 2013

O acto que define Olegário Benquerença!


Lion King

quinta-feira, dezembro 26, 2013

André Martins recuperado! E é para encher Alvalade!


Lion King

segunda-feira, dezembro 23, 2013

Feliz Natal

Se fosse o Pai Natal - na pele de Bruno Carvalho - que presente (contratações) colocaria no sapatinho de Leonardo Jardim, no mercado de Inverno?
Em que posições reforçaria a equipa?


Lion King

domingo, dezembro 22, 2013

"Nem chegaram ao Natal"

Foi o que li ontem à noite nas redes sociais, com este formato ou algo parecido. Raramente, muito raramente, justifico um desaire do Sporting com as arbitragens. Mas aquilo que vi ontem em Alvalade foi de tal forma escandaloso que fiz o que nunca faço: comentar este tipo de disparates vindos, obviamente, da lampionagem satisfeita. A noite que tinha tudo para ser perfeita - estádio quase cheio, claques em uníssono, cachecóis em punho e esperança que quase se conseguia respirar - foi transformada em duas horas amargas, daquelas que deixam um sentimento de injustiça tão fundo que não se consegue calar. Podíamos ter escorregado normalmente, mas fomos rasteirados. Não há dúvida nenhuma de que todos os erros foram deliberados - o golo invalidado, a dualidade de critérios disciplinares e a mensagem velada de que não nos vão deixar escalar até ao topo. Não vai ser fácil manter a liderança. Não porque Jardim seja incapaz, não porque esta equipa seja ineficiente, mas porque há demasiados interessados em que o Sporting não seja campeão. O meu desejo é que direcção, equipa técnica e jogadores usem esta força de bloqueio ao contrário: que, contra tudo, se superem a cada jogo e se mantenham na corrida até ao fim. Eu acredito. Veremos até onde o sangue leonino nos leva.

SL
Gia

Simplesmente roubados!

Olha-se hoje para as capas dos jornais desportivos e fica a imagem que o Sporting ser roubado num lance de golo decisivo é normal.

Mas se for o Sporting a ser beneficiado, aí já dá direito a tamanho de letra gigante ou chamada de atenção de tribunais do Jogo...

Com  Rio Ave e Nacional estivemos perante lances a que nenhum dos pasquins dá o destaque devido como deu no fim-de-semana passado ao lance de penalty com o Belenenses.

E são estas as decisões que nos impedem de ser líderes isolados do campeonato.

O Sporting é acusado de ser beneficiado com um penalty aos 30' de um jogo disputado em casa contra o Belenenses, onde não existindo esse lance ainda temos mais 60' para ganhar o jogo.
Na mesma jornada, os nossos adversários são beneficiados com golos ilegais bem mais decisivos face ao momento em que ocorrem e não se vê o mesmo histerismo jornalístico no dia seguinte.

Lances como os registados com o Rio Ave (penalty não assinalado aos 74´) e Nacional (golo anulado aos 65´) decidem jogos pois tiram concentração à equipa para o que ainda resta jogar e dão moral ao adversário que sente ser possível alcançar um bom resultado com a ajuda de quem apita.
Para quem como eu acompanhou o longo jejum leonino dos anos 80 e 90, tem a sensação de déja vu em prol do sistema montado...

À nossa equipa apenas posso pedir para continuarem a dar tudo o que têm e o que não têm pela melhor posição no campeonato, honrando a nossa camisola e o nosso lema.
Ninguém vos pede o título, apenas esforço, dedicação e devoção e pode ser que um dia nos deixem alcançar a glória com um orçamento bem inferior ao dos adversários.

Aos adeptos dos nossos rivais e em especial aos dos lampiões que bem se esforçam por tentar branquear o mau futebol e as constantes ajudas das arbitragens nas últimas jornadas, apenas lhes posso relembrar que teria vergonha dessas mesmas exibições e das ajudas do sistema a um plantel que custa mais 100 M€ e a um treinador que é o 11º mais bem pago do mundo (4 M€ ao ano).

Destaque neste fim-de-semana para o nosso andebol que assumiu a liderança isolada do campeonato. Em ano de restrição orçamental, que muitos advogaram como o final das pretensões em lutar pelo título, revela a nossa melhor campanha dos últimos anos.

Também no andebol se demonstra que com pouco se pode fazer muito.


SL
José

sábado, dezembro 21, 2013

"Campeão de Inverno" - um bom prenúncio para Maio?

Mau resultado o que averbamos hoje em Alvalade na recepção ao Nacional com um empate 0-0.

Creio que assistimos a um bom jogo tanto por parte do Sporting como do Nacional, tendo na primeira parte a nossa equipa sido a que mais jogo ofensivo criou, fundamentalmente com André Martins a assumir o comando do jogo e a criar desequilíbrios entre linhas que deixou a defesa nacionalista em apuros. Na segunda parte a alteração táctica para 4-4-2 fez com que o jogo apoiado que habitualmente praticamos e que muitas "dores de cabeça" causa aos adversários fosse descaracterizado com um jogo mais directo e que acabou por não criar os desequilíbrios habituais. Creio que a entrada de Vítor se justificava para ligar o jogo ofensivo e dar mais qualidade ao futebol colectivo que é apanágio na nossa equipa!

Quanto à arbitragem, creio que foi uma actuação cirúrgica de Manuel Mota e que impediu a nossa equipa de conseguir o que mais tem feito nesta época e que justificou em todos os jogos efectuados até agora, que é a justiça de vencer!

Lion King

Objectivo: Manter a liderança!


Este Nacional tem sido um osso duro de roer quando joga em Alvalade.
Este Nacional voltará certamente a ser este Sábado um osso duro de roer para o Sporting.

E para atestar estas ideias, nada melhor que recordar os jogos com este adversário nas últimas 3 épocas em Alvalade:

2012/13 - 27ª jornada
Vitória por 2-1 com golos de Capel aos 6' e de Rojo a 4 minutos do final da partida desfazendo o empate.

2011/12 - 1/2 final da Taça de Portugal, 1ª mão
Empate 2-2 com recuperação de um resultado de 0-2 até ao empate por Schaars aos 90' + 4, tendo o anterior golo pertencido a Elias aos 75'.

2011/12 - 12ª jornada
Vitória por 1-0 com golo de Onyewu aos 22'.

2010/11 - 6ª jornada
Empate 1-1 com golo do Sporting por Saleiro 63', chegando o empate para os insulares aos 79'.

Esta são razões mais que suficientes para não subestimar o adversário e pensar que para se conquistarem os 3 pontos é necessário voltar a dar tudo em campo!

Nós acreditamos em vocês!
Nós somos o 12º jogador!

SL
José

quinta-feira, dezembro 19, 2013

Macron?

Num clube em processo de regeneração e reconstrução a questão da marca dos equipamentos desportivos será seguramente uma das menos importantes. Prioridades bem mais sérias haverá.

No entanto, não podemos escamotear a importância do marketing e sobretudo das receitas que a venda de merchandising pode proporcionar. Nesse sentido, a questão da atractividade e qualidade das camisolas para os adeptos reveste-se de algum peso, porque, por mais que gostemos do nosso clube, se as ditas não forem bonitas correr-se-á o risco de ficarem a acumular pó nas prateleiras das loja.

Causa-me assim alguma estranheza que o Sporting possa optar pela Macron - marca italiana - para fornecedor dos seus equipamentos. Não que eu tenha o que quer que seja contra a referida empresa ou sequer questione a sobejamente conhecida vocação italiana para o design. Pelo contrário...

O que me parece é que havendo marcas desportivas com outros pergaminhos, como Nike ou Adidas, as quais equipam as grandes equipa europeias (Barcelona, Real Madrid, Arsenal, Chelsea, Man Utd, Bayern, Juventus...) faria mais sentido ver um clube histórico como o nosso ser equipado por uma destas. Que me lembre, o emblema europeu com nome mais sonante que a Macron actualmente fornece é o Nápoles, o qual tem esta época, na minha modesta opinião, uma segunda camisola das mais horriveis que alguma vi no mundo do futebol. Deixemos Macrons, Legeas, Lottos e afins para emblemas pequenos ou médios.

Mas enfim... a verdade é que também podia ser pior, podia ser, por exemplo, a Lacatoni.

Nuno M Almeida

terça-feira, dezembro 17, 2013

Sai um Kompensan para a mesa do canto!



Era tão bom quando o clube dele chegava ao final da primeira volta praticamente campeão...

Eram campeonatos tão competitivos quando a fruta e o leite com chocolate chegavam para garantir títulos de campeão...

Era tão bom quando o Papa do norte reinava a seu bel-prazer, não olhando a meios para atingir os fins...

Que bom que era quando o seu FCP abafava nos bastidores do futebol português tudo e todos...

O problema é que tudo na vida tem um fim e quando um ciclo está prestes a terminar outro se inicia.

Dói a muita gentinha - e se calhar até mesmo a alguns sportinguistas - que uma equipa de tostões esteja a liderar um campeonato de modo claro e incontestado, relegando para segundo e terceiro lugares dois clubes que investiram milhões nos seus plantéis, que têm dois treinadores doutorados em táctica e que se degladiam pelo poder dos órgãos que 'mandam' no pontapé-na-bola cá do burgo.

Mas é a vida, habituem-se! E deitar poeira para os olhos do povão, desvalorizando o excelente trabalho feito em Alvalade, dando a entender que apenas somos líderes porque esta liga é fraca, já não engana ninguém. Querem disfarçar a incompetência e as más opções dos seus clubes atacando profissionais briosos e sérios? Não vos fica nada bem.

Dava jeito um Sporting moribundo, à deriva, desunido e em constante clima de guerra civil, não dava? Pois, mas as coisas mudam.

Tudo isto revela apenas uma coisa: demasiada azia...

Solução? Kompensan! Muito!


Nuno M Almeida

O impensável acontece agora todas as semanas

No meio de um zapping televisivo passei pela SIC Notícias e dou de caras com o Dia Seguinte e com os três paineleiros a opinarem sobre o Sporting-Belenenses.

Não deixa de ser interessante e impensável até há bem pouco tempo, ver os representantes de corruptos e galinhas de braço dado no ataque ao Sporting. Diz o tripeiro que o Sporting tem sido muito protegido pelas arbitragens que não dão amarelos aos jogadores do Sporting (percebemos todos muito bem o que tu queres) enquanto o lampião,recordava o derby da 3ª jornada (!) e reclamava um suposto penalty sobre Cardozo que lhes daria a vitória e agora estariam 2 pontos à frente (devaneios habituais desta galinha paineleira).

A minha reacção imediata a esta "prosa" é a vontade de rir e mais uma vez pensar no orgulho que todos temos em ver este Sporting, olhado com condescendência pelos seus rivais no início da época, atacado agora com todas as armas pelos representantes do sistema dominante do futebol português.

Também hilariantes são os desejos do tripeiro de que chegue a chuva e os campos pesados para deixarmos de ter André Martins ou Montero e que venham muitos castigos, lesões, etc.
Desespero já?


Estes 2 paineleiros reflectem o estado de espirito de lampiões e tripeiros e os seus receios sobre o futuro. Pena é que também aqui o representante do clube seja um autêntico zero em sportinguismo ou em capacidade de argumentação, algo que o nosso anterior representante, Paulo Andrade, tão bem fazia.

SL
José

sábado, dezembro 14, 2013

Vitória incontestável

O Sporting venceu esta noite por 3-0 o dérbi lisboeta frente ao Belenenses. Os golos leoninos foram apontados por Adrien (g.p.), André Martins e Wilson Eduardo.

Tratou-se de um jogo onde fizemos uma boa exibição no cômputo geral. A partida começou equilibrada tendo o Sporting chegado à vantagem e criado mais um par de boas oportunidades de golo que não resultaram. Na segunda parte, o golo de André Martins deu-nos uma margem mais confortável, num período de tempo onde fomos mais constantes em termos de qualidade exibicional. O bom golo de Wilson Eduardo selaria a nossa incontestável vitória.

Quanto à arbitragem cometeu em erro ao assinalar penálti sobre Cédric, pois a falta pareceu-me fora da área, mas errou ao não assinalar penálti sobre Montero ainda na primeira parte sendo que o central do Belenenses que agarrou o colombiano teria que ser expulso.

Vitória incontestável que reforça a moral da equipa, dos adeptos, de toda a gente que tem contribuído, para um Campeonato, onde a nossa liderança é incontestável!

Lion King

Mister, pode contar comigo!


Hoje às 20h15 vais ficar em casa ou vais a Alvalade apoiar o líder do campeonato?












Já agora, 14 de Dezembro rima com sete a um.
Obrigado velho Manel!


quarta-feira, dezembro 11, 2013

Já em 90/91 incomodávamos muito + Uma palavra para o andebol

Dei comigo a revisitar 1990/91, ano em que pela última vez o Sporting liderou o campeonato isolado à 12ª jornada.

Na altura, para os que se recordam, aquela equipa de Marinho Peres fez-nos sonhar com o arranque de campeonato demolidor  que nos proporcionou, com 11 vitórias e 1 empate, 30 golos marcados e apenas 6 sofridos.

O Sporting conseguiria ainda somar mais um triunfo na jornada seguinte mantendo a liderança contra uma concorrência com outras armas que o nosso clube não possuía.

À 14ª jornada visitaríamos as Antas e relembrei no zerozero esse jogo onde somámos a primeira derrota (0-2) que nos arredou logo do 1º lugar por troca com os tripeiros.
E é esse mesmo jogo que vos convido a recordar através de imagens, para alguns certamente a primeira vez, e vejam como um artista do apito de nome José Pratas conseguiu evidenciar o que eram os anos dourados do sistema: http://www.zerozero.pt/video.php?id=205953

Há 22 anos, tal como agora, a nossa liderança incomoda os nossos rivais, incomoda os jornaleiros e paineleiros, mas sobretudo incomoda-os saber que o clube está com uma união e uma energia como não se via há largos anos.



ANDEBOL - Sorteio da EHF Cup

Com as atenções centradas no desempenho da principal equipa de futebol, pouco destaque tem sido dado a mais um feito do nosso andebol, o de ser a primeira equipa portuguesa a apurar-se para a fase de grupos daquela que é a segunda mais importante competição europeia.
Depois da conquista da Challenge Cup em 2010, mais um feito de registo para o nosso andebol!

Sobre o sorteio, este impôs-nos um grau de dificuldade muito elevado com adversários vindos dos países de top da modalidade, França, Dinamarca e Macedónia.
Há desde já garantia de andebol de alto nível!

Sobre os adversários:

Montpellier Agglomeration HB
 
Esta equipa francesa é já participante habitual da EHF Cup, tendo conquistado o troféu em 2002/03.
Aposta forte na sua conquista novamente, possuindo na sua equipa 3 internacionais franceses e 4 eslovenos.
É o único dos adversários que o Sporting já defrontou na longínqua época de 1996/97, nesta mesma competição, ganhando o Sporting em casa por 22-16, cedendo em França por 17-26.
O Montpellier foi 14 vezes campeão francês, treze das quais nas últimas 16 épocas e é actualmente 3º classificado no seu campeonato a 2 ponto dos líderes Paris e Dunkerque.
 
 
Skjern Handbold
 
O Skjern tem no seu currículo a conquista de 2 Taças Challenge em 2001/02 e 2002/03.
A equipa é 100% composta por jogadores dinamarqueses.
No único confronto com equipas portuguesas, afastou o Águas Santas da luta pelo troféu que viria a conquistar em 2001/02.
No campeonato, o Skjern é 2º classificado a 1 ponto do líder Kolding.
 
 
HC Zomimak-M
 
O nome com menor peso será certamente o dos macedónios.
Têm uma equipa também ela maioritariamente composta por jogadores desta nacionalidade e que participa este ano pela primeira vez nas competições europeias.
A sua limitada experiência nas competições europeias não os impediu de derrotar adversários israelitas e dinamarqueses no seu caminho até esta fase de grupos.

Força grande Sporting

SL
José

domingo, dezembro 08, 2013

Liderança mais reforçada!

O Sporting conseguiu hoje uma vitória justa em Barcelos, ao vencer o Gil Vicente por 2 golos sem resposta. O artilheiro-mor da Primeira Liga, Fredy Montero, foi o marcador de serviço!

Penso que acabamos por efectuar um bom jogo, começando a partida com ascendente sobre o Gil Vicente, fruto de uma boa circulação de bola com André Martins a servir de pivot ofensivo e a ser o jogador que mais se destacou na primeira parte. Chegaríamos ao golo pelo inevitável Montero com naturalidade, tendo o Gil Vicente reagido de forma positiva e criando situações também para marcar fruto do nosso desacerto defensivo. Também na cabeça de André Martins estiveram duas boas situações de golo para a nossa equipa ainda na primeira parte, mas as bolas saíram ao lado do alvo.
Na segunda parte entramos a mandar no jogo, tendo Wilson Eduardo perdido a oportunidade de "matar o jogo", de forma clamorosa. O Gil Vicente reagiu bem, foi sempre criando bom jogo ofensivo, tendo uma oportunidade clara para chegar ao empate, mas aí apareceu Rui Patrício a ser decisivo. Com a expulsão de um central gilista, tivemos mais espaços - sendo que deveríamos ter tido esses mesmos espaços mais cedo com uma agressão de Luan a André Martins a valer somente um amarelo, sendo que César Peixoto deveria também ter vindo para o banho mais cedo - e viria a ser Montero na recarga a um remate de Capel defendido por Adriano, a fechar o resultado. O Gil Vicente ainda teve uma bola no poste, mas demonstramos uma vez mais porque somos líderes incontestados!

Lion King

sábado, dezembro 07, 2013

Os nosso adversários a serem carregados ao colo pelos profissionais do apito


Começo com uma pergunta.

Vejam as imagens do lance de ontem e digam-me onde é que está o penalty?

http://videos.sapo.pt/CkVkSrkbtF5wS0IOsGqP

Depois de uma sinfonia à Capela a semana passada em Coimbra, eis que agora temos um tipo com nome de maestro, Rui Costa, que tal como o ex-jogador é um garante de pontos para os lampiões.

Não são os adeptos deste clube, os jornalistas manhosos, os paineleiros sem vergonha e os seus dirigentes que constantemente nos vêm dizer que o Sporting foi beneficiado pelas arbitragens?

Bem fez o Jornal do Sporting em trazer de novo à praça pública o Apito Dourado pois as arbitragens de Coimbra e de ontem revelam que o sistema está bem vivo e tudo faz para os manter na luta.

O Sporting vai ter de continuar a entrar em inferioridade numérica e amanhã em Barcelos não será excepção.

Sem querer cortar a informação do Gabriel no post anterior e porque todo o apoio é necessário para a nossa equipa, recoloco os dados essenciais para aqueles que pretendem ir a Barcelos engrossar a ONDA VERDE.

E querem um bom Programa?
Almoçar em Vila do Conde com o Presidente do Conselho Diretivo, Inácio e a equipa B ( entre outros), numa organização do Solar do Norte do SCP ( inscrições em www.solardonorte.org ) e a seguir viajar para Barcelos.

É o momento crucial!

quinta-feira, dezembro 05, 2013

Momento Crucial

Chegados a este ponto, 11 jogos, 26 pontos e o primeiro lugar na classificação, estamos no momento crucial do campeonato. Acresce ainda que o Sporting já defrontou, nestes 11 jogos decorridos, os 2 rivais e estes ainda terão de jogar entre si. Também já tivemos saídas difíceis como Braga ou Guimarães. Significa isto, que sem entrar em euforias desmedidas, o Sporting é mesmo candidato. Mais, estamos numa situação "simpática" para poder ganhar o campeonato.
O primeiro lugar mexe naturalmente com o estado emocional dos adeptos e do plantel. Esta motivação terá de ser dirigida para subir os níveis de adrenalina e para ganhar os jogos. Sem euforias...
É altura ideal para antecipar alguns ajustes no plantel (aquisições) que seriam feitos lá para maio ou junho. É o caso dum bom "nº 10" que tanta falta faz. Mas sem entrar em "loucuras", com os pés assentes no chão, para não estragar o que já está feito na vertente da recuperação económica e financeira. E sem "tapar" espaço à evolução da "prata da casa"!
Assim, lá para junho, já não seria (quase) necessário reforçar a equipa. E, desta forma, podíamos ter mais hipóteses de tirar partido da posição privilegiada na classificação atual, e ganhar.
Amigos, já vimos por Capelas, D. Gomes e outros, que o nosso percurso não será fácil, seja por ajudas aos outros, seja pelos habituais "erros" contra nós. 
No entanto para que mantenhamos a nossa posição classificativa temos de ir ganhar a Barcelos. E fica já aqui o apelo: que ninguém falte ao jogo contra o Gil Vicente.
E querem um bom Programa? Almoçar em Vila do Conde com o Presidente do Conselho Diretivo, Inácio e a equipa B ( entre outros), numa organização do Solar do Norte do SCP ( inscrições em www.solardonorte.org ) e a seguir viajar para Barcelos.
É o momento crucial!

Gabriel Almeida

quarta-feira, dezembro 04, 2013

Sobremesa para os manhosos!



"O Record nunca foi nem será um jornal seguidista ou acéfalo"
João Querido Manha in Record - segunda-feira, 2 dezembro de 2013

A sério????????

SL
José

domingo, dezembro 01, 2013

Nova goleada vale regresso à liderança da Liga!

O Sporting goleou esta noite em Alvalade o Paços Ferreira por 4-0, tendo os golos leoninos sido apontados por William Carvalho, Montero (2) e André Martins.

Fizemos uma boa primeira parte, tendo aos 14 minutos William Carvalho de cabeça inaugurado o marcador. Montero poderia ainda ter feito o segundo golo numa "oferta" de um central pacense - em jogada parecida à que aconteceu frente ao Setúbal - mas desta feita não conseguiu desfeitear o guarda-redes contrário.
Na segunda parte fomos dominadores. Chegamos com naturalidade ao segundo e terceiro golos pelo craque colombiano - que quebrou um jejum de 4 jogos sem marcar - e viria ainda a ser André Martins a selar uma goleda que vale a liderança na Liga.
Nota ainda para o ambiente brutal que se viveu em Alvalade e que vem empurrando a equipa para o lugar de maior destaque em termos classificativos e exibicionais. É para continuar!

Lion King