"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quinta-feira, dezembro 31, 2015

2015, da euforia à depressão e vice-versa

Da euforia à depressão. É assim que se olha o 2015 benfiquista e que tão bem vem hoje demonstrada na capa e entrevista do jornal A Bola.

À falta de capacidade para justificar o sentido descendente da euforia benfiquista, Vieira o que faz?
- Atira-se ao presidente do Sporting
- Aponta baterias a Proença quando ele é o principal responsável por não haver centralização da negociação dos direitos televisivos;
- Promete mais milhões aos adeptos para tentar justificar a incapacidade de ter o tal acordo que dizia ter de ser igual ao de Porto e Sporting juntos.
Pelo meio, a habitual soberba e arrogância lampiã.

Tiros de pólvora seca...e algo que muitos benfiquistas já começam claramente a olhar de lado.
Apesar das conquistas recentes, todos perceberam que Vieira vai de espalhanço em espalhanço, como nos casos de Jesus, escolha do novo treinador, desmantelar do plantel mais valioso da I Liga , avidez na negociação dos direitos televisivos, etc.

Tudo isto podia ser capitalizado e foi capitalizado pelo Sporting nesta segunda metade de 2015, beneficiando também o Porto, remetido para um segundo plano.

Se em Maio passado alguém perguntasse à maioria dos sportinguistas se sonhava ver esta época Jorge Jesus a treinar, responderiam como Gomes da Silva na altura, mas sem o tal riso de escárnio.
Mas JJ está cá e o Sporting cresceu, lutando hoje ombro a ombro com os seus adversários.
E isso correspondeu claramente ao primeiro tiro no porta-aviões benfiquista.

Se após aquele jogo em Alvalade, que terminou 1-1, alguém dissesse aos sportinguistas que neste mesmo ano de 2015 ainda veríamos o Sporting esmagar o adversário 3 vezes e passear classe contra o bicampeão,  diriam certamente todos que isso seria impossível.
Mas tal aconteceu, rendendo uma Supertaça para o nosso museu, relegando o bicampeão para um depressivo 3º lugar na Liga, descredibilizando a estrutura invencível e lançando suspeitas sobre a mais que visível incapacidade de Rui Vitória para conduzir o autocarro vermelho.
E isso correspondeu ao segundo tiro no porta-aviões benfiquista.

E se há apenas duas semanas atrás alguém dissesse que o Sporting conseguiria obter um negócio com a NOS/PPTV com números em tudo similares aos dos rivais, numa altura em que se anunciava que apenas teríamos direito às sobras que os rivais nos deixariam, certamente que a maioria de nós diria que isso não seria possível e que nos teríamos de resignar a um estatuto menor.
Mas o acordo foi assinado e a onda de impacto no universo vermelho foi quase igual à de um tsunami, obrigando mais uma vez um dos pasquins de serviço (A Bola), a prestar novo serviço de limpeza de imagem como a de hoje.
O terceiro tiro no porta-aviões foi conseguido e este está claramente em perigo de adornar.

O próximo tiro leonino tem de corresponder a uma vitória no próximo Sábado, com o consequente regresso à liderança no campeonato para não mais a largar.

Até Maio tivemos a euforia lampiã, a partir dessa data passámos a ter a alegria verde de ver um clube dar passos certos e seguros a caminho de um futuro risonho.

Assim espero que seja também o 2016 de todos os sportinguistas, seguro e risonho.


Bom ano novo a todos!

SL
José

quarta-feira, dezembro 30, 2015

Feliz 2016

Em primeiro lugar desejo a todos os que comungam a causa leonina um excelente ano de 2016.

Que seja um ano onde se possa ver o Sporting acabar este já longo jejum de 13 anos sem ser campeão, pois esta massa adepta incansável bem o merece. Temos todas as condições para o conseguirmos!
Em relação ao andebol o desejo é o mesmo apesar da oposição ser difícil, sendo que no futsal as perespectivas são as melhores para que o ceptro volte a ser nosso. Que o Sporting volte também em grande no hóquei, ténis de mesa, atletismo, judo, natação, ginástica, etc...

Feliz 2016, que seja o ano do regresso da festa que a imagem neste post demonstra!

Lion King

Venha a NOS um futuro bem mais risonho

A comparação entre os contratos de cada um dos 3 grandes dá origem a diversas leituras, mas uma coisa é certa, nos últimos dias, os Fernandos Guerras da nossa praça regozijavam com o caso Doyen e com as derrotas do Sporting para a Taça e Campeonato (mesmo que imerecidas), conjeturando um futuro negro para o clube, enquanto os nossos rivais se divertiam a fazer contas sobre qual o valor irrisório a que o Sporting teria direito nas sobras da divisão dos euros entre Porto e Benfica.


Este discurso de ataque, constante e bem engendrado, abalou a confiança de muitos sportinguistas e até os habituais detratores internos aproveitaram para voltar a aparecer no momento em que o clube mais precisava do apoio de todos.

A celebração do contrato com a NOS/PPTV, permite ao Sporting dar um enorme murro no estômago destas bestas facciosas, sejam elas paineleiros, jornalistas ou simplesmente "sportinguistas" interessados em recuperar o poder perdido dentro do clube.

Um contrato que ao mesmo tempo faz vibrar todo o universo sportinguista face aos valores anunciados e pela expectativa de ver muitos dos problemas financeiros mais urgentes poderem estar em vias de ser resolvidos.

E é esta a maior vitória que o Sporting poderá retirar deste negócio, o aliviar do garrote financeiro a que tem estado sujeito nos últimos anos.

O Sporting é desde o início do século um clube altamente comprometido do ponto de vista financeiro, com receitas muito menores que os seus principais rivais, com crónicos prejuízos que originaram reestruturações financeiras sucessivas e as já famosas VMOCs que condicionam o clube até 2026.

Toda esta teia contribui para a nossa incapacidade de investimento que resulta na incapacidade para lutar ombro a ombro com Porto e Benfica no futebol e nas demais modalidades.

Só a velha máxima do esforço, dedicação e devoção nos tem mantido vivos, aplicando-se esta tanto a dirigentes como a adeptos, a esperança que tal seja suficiente para se atingir as vitórias e glória, poucas, muito poucas nos últimos anos.

Este contrato permitirá ao Sporting entrar numa nova era, aquela em que se soubermos usar a cabeça (e aqui tenho plena confiança que a saberemos usar, ao contrário de anteriores dirigentes), conseguiremos ter dinheiro para equilibrar as contas entre investimento de valor nas mais diversas modalidades e cumprimento das nossas obrigações para com a banca e demais entidades.

Os milhões que agora entram no clube permitem-nos encarar o futuro com um sorriso e saber que quem nos dirige terá a sensatez para guiar o clube novamente aos tempos saudáveis e pujantes de João Rocha ou mesmo Sousa Cintra.

Se a isto associarmos a vontade férrea de todos os leões em afirmar-se novamente como grande entre os grandes, temos razões para estar optimistas em relação ao futuro, contrariando o destino traçado por cartazes e jornalistas aziados.

Talvez Sábado que vem os astros se alinhem novamente e façam desta semana uma das mais saborosas de sempre no reino do leão, num estádio que se espera cheio, a apoiar e a vibrar intensamente aquele que é o nosso grande amor.

SL
José

Hinos à estupidez humana

Sem dúvida que a estupidez humana continua a ser capaz de nos surpreender quando menos o esperamos...isto tudo no mesmo dia em que o Sporting faz o acordo histórico com a NOS que poderá ajudar a resolver muitos dos problemas financeiros com que o clube se debate por estes dias.

SL
José


terça-feira, dezembro 29, 2015

Só o poste impediu a liderança do grupo

Finalmente uma vitória sobre o Paços de Ferreira, com uma boa exibição e um resultado moralizador. Faltou mais eficácia, nomeadamente a Slimani para que o Sporting assumisse já a liderança do seu grupo, mas as perspectivas de que isso venha a acontecer a curto prazo são boas.
Destacaria a boa estreia de Schelotto com a camisola verde-e-branca, as também boas exibições de dois jovens que estão com muita confiança como são os casos de Gelson e Matheus Pereira e a subida de forma de Aquilani, um jogador de classe que tem tudo para ser titular de caras desta equipa.

Em relação à Taça da Liga e tendo em conta a vitória do Marítimo no Dragão, em princípio será com a equipa insular que jogaremos caso estejamos nas meias-finais, o que trará implicações no quadro actual de forma.

Lion King

Casamento Sporting/NOS à vista

É hoje amplamente noticiado que o Sporting e a NOS se preparam para fedhar um acordo próximo dos 500 milhōes de euros.

Terá a duração de dez euros, incluindo ainda a Sporting TV, o naming de Alvalade (estádio e pavilhão) e ainda a Academia.

Depois dos acordos 'milionários' de Benfica e Porto, respectivamente com NOS e Altice, perspectiva-se a nossa vez.

Estes acordos poderão revolucionar o futebol nacional e o seu rumo para a próxima década, mas sinceramente duvido que venham trazer maior competitividade ao campeonato: com os ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres seguramente que o fosso entre Grandes e Pequenos clubes se alargará. E como um campeonato não se disputa apenas com três equipas... Mais uma machadada na Liga de Clubes e na sua aflitiva inépcia...

Aspecto positivo: os Grandes não terão desculpa para não serem competitivos na Europa do futebol! Mesmo com valores bem abaixo dos maiores do Velho Continente uma média de 40 a 50 milhões de euros por temporada não é nada despicienda.

ACTUALIZAÇÃO:

A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, Futebol SAD informa, nos termos do art. 248.º, n.º 1 do Código de Valores Mobiliários, que chegou hoje aos seguintes acordos:

1) com NOS LUSOMUNDO AUDIOVISUAIS, S.A. um contrato para a cessão dos seguintes direitos:

(i) direito de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade pelo período de 10 épocas desportivas com início em 1 de Julho de 2018;

(ii) direito de transmissão e distribuição do Canal Sporting TV, pelo período de 12 Épocas desportivas, com início em 1 de Julho de 2017;

(iii) direito a ser o seu Principal Patrocinador, pelo período de 12 épocas e meia, com início a 1 de Janeiro de 2016.

2) com a PPTV – Publicidade de Portugal e televisão, S.A. um aditamento ao contrato atual pelo qual foram revistos os valores a pagar pelos direitos de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade para as épocas 2015-2016, 2016-2017 e 2017-2018.
  
As contrapartidas financeiras globais  resultantes do valor dos contratos, incluindo as épocas 2015-2016, 2016-2017 e 2017-2018, o referido no ponto 1 e o aditamento referido no ponto 2  ascendem ao montante de € 515.000.000.

Lisboa, 29 de dezembro de 2015


Grande negócio para o nosso clube, sobretudo atendendo a que não somos campeões nacionais há 13 anos e que infelizmente não temos tido presença assídua na Liga dos Campeões!

Já agora gostava de questionar porque motivo andámos durante tantos anos a receber apenas um terço da Olivesdesportos,  face ao valor anual que agora é anunciado, não é sr. Joaquim Oliveira? 

And last but not the least: haja agora cabecinha para não estoirar este dinheiro com contratações sonantes que apenas servem para encher os bolsos de empresários, jogadores... e dirigentes menos escrupulosos! Que se tenha aprendido alguma coisa com o passado. 


Nuno M Almeida

Tonel e o final esperado

Sem grande surpresa, foi noticiado esta segunda-feira que Tonel será dispensado do Belenenses no próximo mês de Janeiro.

O penalty cometido em Alvalade e que ditou a derrota do autocarro montado por Sá Pinto, promoveu o jogador a persona non grata entre os adeptos pasteis...mas também, e principalmente, dos adeptos lampiões.

Todo este triste processo ocorre sem grande surpresa porque de um clube satélite como o Belém dos nossos dias tudo é de esperar.
Um clube liderado por um projecto de dirigente desportivo, misto de lampião e tripeiro, completamente vendido aos interesses do benfica, e cuja massa adepta nada faz para o contrariar, apenas merece um destino, a descida de divisão.

Afinal é aí que merecem estar as equipas B dos grandes, e o Belenenses é neste momento uma assumida equipa B do benfica, não tendo lugar na 1ª divisão.

Por gostar do Belenenses é que espero que desçam de divisão e recuperem de uma vez por todas o orgulho há muito perdido em troca de uns míseros euros...

SL
José

segunda-feira, dezembro 28, 2015

Palavras para quê?

É sempre um "orgulho" para os adeptos de um clube, ver o seu presidente ser lembrado na crónica de um jornalista do Expresso pelas piores razões, figurando ao lado de gente de "respeito"...

"Mas não confundamos os políticos e o polícia com os bandidos, com os que levaram a banca portuguesa ao tapete. E para isso nada melhor do que ler o excelente texto que o Pedro Santos Guerreiro e a Isabel Vicente escreveram na revista do Expresso da semana passada com um título no limite mas que é um grito de alma: «O diabo que nos impariu» – ou como os bancos nacionais destruíram 40 mil milhões desde 2008. Aí se prova que houve seguramente muitos problemas, mas que a origem de tudo está no verdadeiro conúbio lunar que se viveu entre a banca e algumas empresas e alguns empresários do setor da construção. Perguntam os meus colegas: «Sabe quem é Emídio Catum? É um desses empresários da construção, que estava na lista de créditos do BES com empresas que entretanto faliram. Curiosamente, Catum estava também na lista dos maiores devedores ao BPN, com empresas de construção e imobiliário que também faliram». E como atuava Catum? «O padrão é o mesmo: empresas pedem crédito, não o pagam, vão à falência, têm administradores judiciais, não pagam nem têm mais ativos para pagar, o prejuízo fica no banco, o banco é intervencionado, o prejuízo passa para o Estado». Simples, não é, caro leitor?

A pergunta que se segue é: e o tal de Catum está preso? Não, claro que não. E assim, de Catum em Catum, ficámos nós que pagamos impostos com uma enorme dívida para pagar que um dia destes vai levar o Governo a aumentar de novo os impostos ou a cortar salários ou a baixar prestações sociais. Mas se fosse só o Catum… Infelizmente, não. Até as empresas de Luís Filipe Vieira deixaram uma dívida de 17 milhões do BPN à Parvalorem, do Estado, e tinham ainda por pagar 600 milhões de crédito do BES. O ex-líder da bancada parlamentar do PSD, Duarte Lima, deixou perdas tanto no Novo Banco como no BPN. Arlindo Carvalho, ex-ministro cavaquista, também está acusado por ilícitos relacionados com crédito concedido pelo BPN para compra de terrenos. E um dos homens fortes do cavaquismo, Dias Loureiro é arguido desde 2009 por compras de empresas em Porto Rico e Marrocos, suspeita de crimes fiscais e burlas. Mas seis anos depois, o Ministério Público ainda não acusou Dias Loureiro, nem o processo foi arquivado.".

Nicolau dos Santos
Expresso Opinião

sábado, dezembro 26, 2015

Pequena análise ao plantel leonino

Em véspera de se disputar, provavelmente, o jogo mais importante da época, será uma boa altura para avaliar o plantel que até aqui chegou e aquele que vai atacar a segunda parte da época.

Plantel esse que já conseguiu conquistar a Supertaça e que até ao momento regista apenas duas derrotas internas em 18 jogos disputados.

Face às limitações financeiras do Sporting, com um orçamento bem abaixo dos seus rivais e com pouco dinheiro disponível para atacar o mercado, tem-se feito o possível para dar a Jorge Jesus jogadores que possam vir a ser uma importante ajuda no objectivo principal, a conquista do título nacional.

Não será fácil, mas também já todos percebemos que a equipa do Sporting tem valor suficiente para lutar até final pelo título.

Olhemos então para o percurso deste plantel por sectores:

Defesa
É nas laterais da nossa defesa que mais temos abanado.
Há 2 titulares habituais, Jefferson e João Pereira.
Infelizmente, esta época ambos têm-se revelado muito irregulares, sobretudo do ponto de vista defensivo. Numa primeira fase foi João Pereira o elo mais fraco, hoje é claramente Jefferson.
As alternativas não vingam apesar de não lhes terem faltado oportunidades.
Esgaio continua a não se impor em nenhuma posição e Jonathan já vai a caminho da Argentina.
Há gente nova a chegar (Zeegelaar e Schelotto), mas será que conseguem chegar, ver e vencer?
Duvido seriamente que isso aconteça e prefiro esperar que o português e o brasileiro consigam elevar os seus índices físico e tragam regularidade ofensiva e defensiva às suas exibições.

No centro da defesa reside um dos melhores conjuntos de centrais que o Sporting conseguiu reunir nestes últimos anos e não vejo por aí necessidade de reforçar (apesar de JJ o ter solicitado).
Acho que há claramente outras zonas onde precisamos muito mais desse reforço.
Paulo Oliveira, Ewerton, Naldo e Tobias dão-nos garantias em quantidade e qualidade.

A esta defesa deve ainda juntar-se a época de excelência que Rui Patrício está a realizar, ao nível dos melhores guarda-redes que o Sporting viu passar pelas sua balizas.

Meio campo
Se no centro do meio campo parecemos estar bem servidos com diversas unidades de qualidade, aí  pontificando Ruiz, William, Adrien, João Mário e Aquilani, o mesmo não se pode dizer das alas.
Matheus e Gelson têm tentado esconder a saída do joker Carrillo. Conseguem-no em alguns momentos, mas continuam muito verdes e irregulares, não podendo ainda oferecer aquilo que uma equipa campeã precisa.
João Mário e Ruiz têm sido adaptado a alas com algum nível de sucesso, mas continuam a não ser a solução ideal.
Apesar de não ser ala, temos já garantido o reforço de Bruno César no miolo leonino. Traz consigo poder de fogo e profundidade ofensiva que por vezes parece faltar ao Sporting. É para mim o jogador com mais potencial para entrar na equipa, porque conhece bem o futebol desta Liga, porque jesus o conhece bem e sabe o que pode esperar dele, porque tem ainda vontade de mostrar trabalho e sede de vencer.
Mas conseguiremos colmatar o problema das alas?
Duvido, mas mesmo assim prefiro ver os nosso meninos crescerem e ter oportunidades, do que ir buscar mais um reforço de qualidade duvidosa para uma posição onde continuamos a ser uma escola formadora, alas de qualidade mundial

Ataque
Slimani e Teo têm formado uma dupla muito interessante no ataque leonino, complementando-se muito bem em grande parte dos jogos realizados.
Infelizmente, Teo tem registado diversos problemas físicos que o impedem de dar mais vezes o seu importante contributo e disso se tem ressentido muitas vezes o Sporting.
Fruto dessas ausências, temos visto jogar Montero mais vezes, mas...Montero não tem a raça dos seus companheiros nem fareja o golo como estes o fazem, é irregular em demasia para um clube campeão, tornando-se cada vez mais evidente esta será muito provavelmente a última época do avioncito em Alvalade.
Registe-se ainda o facto de Montero e Slimani serem uma dupla que não funciona.
Não combinam, ponto final.
Tanaka continua a surgir como última opção e assim se deverá manter.
Seria para a posição de ponta de lança que muito provavelmente poderia ainda vir a chegar algum reforço visto que todas as outras já foram reforçadas, sobretudo pela fragilidade de Teo e dificuldades de Montero e Tanaka para se imporem como alternativas credíveis.

É com este plantel que vamos abordar as próximas 20 jornadas. Apesar de ter algumas lacunas, é mesmo assim um excelente pantel, dos mais equilibrados que o Sporting tem nas últimas décadas e que nos permite ombrear com adversários que gastam milhões atrás de milhões.

Mas para que estes jogadores consigam o seu objectivo é essencial todo o nosso apoio no próximo dia 2. É essencial encher Alvalade e empurrar a equipa para a vitória.

SL
José

quarta-feira, dezembro 23, 2015

Feliz Natal, Sporting!

Aproveito este post para em primeiro lugar desejar um Feliz Natal à família sportinguista!

E porque de uma quadra de família se trata o período que estamos a viver, gostaria que o espírito de Natal não se fizesse apenas sentir nesta época festiva, mas o mesmo fosse replicado para o resto do ano. A dimensão do Sporting foi construída ao longo de várias gerações, por adeptos que estiveram presentes desde sempre, com Esforço, Dedicação, Devoção e Glória! Para o Sporting ter a dimensão que tem hoje, o mesmo só se tornou possível com uma massa adepta unida ao longo de mais de um século de existência! Temos todos a responsabilidade de estar à altura da nossa ímpar história!
É por tudo isto que temos que mostrar a alma desta família leonina, que é ímpar.
Porque a nossa família é sagrada!

Lion King

Vender é inevitável

A decisão do TAS e sua consequências

A partir do momento em que perdemos o processo para a Doyen junto do TAS, e sendo necessário disponibilizar esse dinheiro à ordem do Tribunal, é inevitável que o Sporting tenha de recorrer a todos os meios (leia-se euros) para obter os tais 12M€ necessários para assinar o cheque.

Aqui entra a velha máxima para os clubes portugueses, sem prémios monetários da Champions e com a banca a fechar a torneira, só sobra uma alternativa, vender jogadores.

É por isso que a notícia de hoje do "Jogo" tem um fundo de verdade, a cedência dos direitos de venda de William Carvalho à Gestifute de Jorge Mendes já estarão a ser negociadas e, muito provavelmente, já virão de há algumas semanas atrás tais negociações.

Porquê Jorge Mendes?

Independentemente de se gostar ou não do homem/empresário, a verdade é que continua a estar ligado aos grandes negócios e a relacionar-se com os magnatas e clubes com mais dinheiro no mundo do futebol.
Chelsea, PSG, Valência, Monaco, Zenit são clientes habituais.
Mourinho, Ronaldo, James Rodriguez, Di Maria, Diego Costa entre outros, são cartões de visita que abrem as portas dos gabinetes dos magnatas mundiais.

A Gestifute de Mendes foi objecto de análise pela Forbes, a qual concluiu que até Setembro de 2015, "O mercado europeu (...) com as suas comissões sem restrições e comissões de transferência que rapidamente aumentam de valor, permitiram a Mendes negociar mais de 950 milhões de dólares [848,5 milhões de euros] em transacções envolvendo jogadores, de que resultaram pelo menos 95 milhões de dólares [85 milhões de euros]", tornando Mendes no segundo agente desportivo mais "poderoso" do mundo, apenas ultrapassado pelo norte-americano Scott Boras, que averbou 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) com transacções de jogadores da "Major League Baseball" (MLB), a liga de beisebol norte-americano, alcançando 117 milhões de dólares em comissões (104,5 milhões de euros)."

Estando o Sporting numa posição difícil, há razões de sobra para se pensar que a aproximação a Jorge Mendes é inevitável e até aconselhável.
Nenhum outro empresário conseguirá ter melhores condições para fechar um negócio que envolva um valor que o Sporting considere justo por aquele que foi considerado o melhor jogador do último Europeu de sub-21.

Se conseguirmos que JM coloque William num dos grandes da Europa pelos valores que habitualmente consegue obter nos seus negócios (25 a 30 M€ para o clube serão sempre um valor excelente), e, se possível, conseguindo que o jogador fique por cá até final da época, não deixará de ser um excelente negócio para o Sporting.

O pagamento à Doyen ficará assegurado e a construção do pavilhão continuará a ser uma realidade.

Soluções alternativas à venda não vejo.

SL
José

terça-feira, dezembro 22, 2015

Hipocrisia

Noticia hoje a comunicação social que Bruno de Carvalho foi expulso de uma discoteca na Madeira às 5 da manhã na recente deslocação ao Funchal. Depressa vieram logo a terreiro as 'virgens ofendidas' criticar o presidente do Sporting por estar numa discoteca às 5 da manhã, algo comum e pelo qual quase toda a gente, já frequentou.

Não deixa de ser "curioso" que uma ida a uma discoteca seja vista como algo de quase hediondo, mas a frequência de certas personagens em casas de alterne seja visto como algo elogiável.
A hipocrisia no seu melhor... mas é o sinal que tudo o que acontece no Sporting é que mexe o País!

Lion King

segunda-feira, dezembro 21, 2015

Natal amargo

É saudável enfrentar poderes instalados, colocar em causa quem confortavelmente suga de forma parasita até ao tutano o futebol, mas para isso também é necessário ser-se inteligente a fazer as coisas, sobretudo de um modo sóbrio, discreto e fundamentado, e não de forma espalhafatosa e histriónica.

É que no final do dia quem acaba sempre por pagar a factura - one way or the other - é o clube e os seus sócios!

A coragem, os sinais de vida e o respeito afirmam-se e consolidam-se alcançando com frieza e eficácia os objectivos a que nos propomos, seja em campo, seja nas instâncias que regulam o futebol, seja nos tribunais, e não na praça pública, nos jornais ou nos canais televisivos! Sound bites podem ser apelativos às massas, empolgar o mais fanático dos adeptos, mas geralmente geram um retorno igual a zero.

Chegar à cidade pensando que se é o novo xerife que todos temem à força dos décibeis dos seus tiros, convicto de que todos os outros que já antes por lá andavam são meros figurantes que passam a vida a dormir é de uma ingenuidade demasiado perigosa!

Nenhum líder o deveria ser sem antes ler este livro:


Quando capaz, finja ser incapaz; quando pronto, finja estar despreparado; quando próximo, finja estar longe; quando longe, façam acreditar que está próximo.



 Nuno M Almeida

domingo, dezembro 20, 2015

Displicência, mas não só

Constatação n.º 1
O Sporting foi hoje uma equipa displicente na Madeira.
Jogou pouco, muito pouco nos primeiros 40 minutos.
A partir daí cresceu, dominou por completo com excepção de um único lance que se revelou fatal.
As falhas na finalização foram tantas que é difícil enumerá-las todas.
Tivemos sorte em alguns dos jogos anteriormente ganhos.
Hoje, essa mesma sorte não nos acompanhou.

Constatação n.º 2
Temos que fazer muito mais contra adversários fracos e defensivos.
Jesus tem que encontrar o antídoto contra autocarros e não o está a encontrar como já vimos com Boavista, Arouca, União, Nacional, etc.

Constatação n.º 3
O plantel é curto.
A falta de frescura física é evidente (William, Ruiz, Jefferson e até mesmo Slimani hoje).
Esta paragem vem no momento certo para colocarmos ordem na casa depois do louco ciclo de jogos que enfrentámos e que nos desgastaram imenso.
A sensação com que fico depois do final deste ciclo é que estamos já claramente a pagar pela nossa aposta em todas as frentes.
Não dá, estamos a cometer o mesmo erro do ano passado e a hipotecar as nossas hipóteses naquele que tem de ser o objectivo principal, o campeonato!

Nada está perdido mas claramente soou o alarme após duas derrotas que nos colocam fora da Taça e que deixam à disposição dos tripeiros uma liderança de mão beijada entre arbitragens amigas e a já falada falta de jeito do Sporting para o golo.

A tripla jornada do início de Janeiro ganha contornos ainda mais importantes, sobretudo o jogo de dia 2 janeiro, onde só a vitória nos pode voltar a fazer sorrir.

SL
José

Se vencermos hoje

Vencendo hoje, este Sporting coloca-se ao nível dos melhores de sempre e apenas será suplantado pela equipa de46/47, liderada na altura pelo inglês Robert Kelly que reunia em campo um quintento que faria história: Travaços, Jesus Correia, Albano, Vasques e Peyroteo, sobejamente conhecidos como os Cinco Violinos.

Essa famosa equipa leonina faria à 14ª jornada a excelente marca de 26 pontos, resultantes de 13 vitórias e apenas 1 derrota, o que convertido aos pontos dos dias de hoje resultaria em 39 pontos.
O Sporting de Jesus, vencendo hoje, atingirá os 38 pontos.

É verdade que hoje se joga mais vezes e com equipas mais fracas, enquanto nos anos 40 se jogava mais vezes frente aos rivais, mas não pode deixar de se realçar a excelente campanha que representam as 13 jornadas que decorreram até ao momento.

Não é assim de estranhar, que mesmo após a derrota em Braga para a Taça, os adeptos estejam com uma fé inabalável na sua equipa, esperando como resposta a essa derrota, uma equipa empenhada e humilde na procura dos 3 pontos.

O cansaço será o nosso principal adversário, e a perspectiva de um autocarro duplo dos madeirenses na sua defesa obrigará o Sporting a colocar em campo o seu melhor contra um sistema com o qual temos tido imensa dificuldade em lidar.

Mas a fé neste leão é única e todos sabemos como é importante a conquista destes 3 importantes pontos no final de um ciclo que tem sido terrível, que antecede a pausa natalícia e, sobretudo, antecede a complicada e decisiva tripla jornada numa semana, logo no início de 2016:
- Porto em casa
- Setúbal fora
- Braga em casa

Por isso, vamos a eles Sporting!

SL
José

quarta-feira, dezembro 16, 2015

O apito manhoso

Começa a ser uma constante nestes últimos tempos, falar da arbitragem antes de falar do que mais interessa, do futebol praticado.

O jogo desta noite merecia esse devido destaque, pelas excelentes equipas que jogaram na Pedreira, pelo futebol ofensivo praticado por ambas, pelos golos, muitos, que são o melhor que o futebol tem, mas...infelizmente não conseguimos dissociar o resultado final da péssima exibição da equipa de arbitragem liderada por Fábio Veríssimo, anulando um golo limpo a Slimani com o resultado em 3-3 e um outro por falta inexistente de William na última jogada do encontro e que daria o 4-4.
Se o jogo já era difícil, assim é impossível...

Não admira que a arbitragem não venha a ter ninguém no próximo Europeu, é sintomático da falta de qualidade que cada vez mais se nota na arbitragem portuguesa.
Basta olhar para os exemplos deste fim-de-semana, do fim-de-semana passado e por aí fora...

Uma nota de destaque para a nossa equipa pelo esforço que tiveram em mais 120 minutos de jogo intenso, e numa altura em que é evidente que começamos a pagar caro esse esforço.

Nota negativa para a nossa defesa que hoje facilitou demais, com destaque mesmo muito negativo para os laterais que mais uma vez revelaram ser o verdadeiro calcanhar de Aquiles da equipa neste momento.

Negativo também o facto de continuarmos muito verdinhos na gestão do resultado, algo que temos obrigatoriamente de melhorar e que já no passado nos custou a vitória em jogos decisivos (Sporting-Benfica da época passada é o maior exemplo).
Após o 2-3 era obrigatório controlar o jogo, pará-lo, perder tempo. O que o Sporting fez foi continuar a atacar e a permitir ao adversário jogar em contra golpe. Expusemo-nos ao risco e pagámos com o 3-3.

Agora, é centrar atenções no campeonato, o jogo na Madeira será muto difícil depois da desilusão desta noite e do esforço extra a que temos sido obrigados nas últimas semanas.
Esperemos que Jorge Jesus tenha o antídoto para contrariar este revés.

SL
José

terça-feira, dezembro 15, 2015

O futebol português é lindo não é?

Depois do Mota dos Talhos cumprir em Setúbal, eis que em dois dias consecutivos, o superdragão Jorge Sousa conseguiu assegurar aos portistas mais 3 pontos.

Dois jogos consecutivos de benefício claro das arbitragens a favor do Porto e que o mantêm a 2 pontos do líder Sporting.

Se para os mestres da corrupção isto já é normal, o que pensam os adversários?
O que pensa Manuel Machado?
Falou dos lances na conferência de imprensa, mas todos pudemos ver que não estava minimamente chateado com a situação, aliás, a forma como saiu de campo na galhofa com os adversários ilustra bem o quão melindrado estava com a situação...
Bem diferente, muito diferente mesmo das constantes queixas e reclamações de cada vez que joga com o Sporting.

O futebol português é lindo sem dúvida...




SL
José

segunda-feira, dezembro 14, 2015

Bayer Leverkusen, os senhores que se seguem!

O sorteio da Liga Europa ditou hoje um Sporting-Bayer Leverkusen nos 16 avos de final. Jogamos a primeira mão em casa a 18 de fevereiro, e visitamos Leverkusen a 25 do mesmo mês para o encontro da segunda mão.
Nuno M Almeida

domingo, dezembro 13, 2015

Mais um obstáculo ultrapassado

Mais uma vitória na Liga desta feita frente ao Moreirense e a continuação na liderança fruto de uma boa exibição que dá mais confiança à nossa equipa no trabalho de qualidade que está a efectuar!

Agora segue-se Braga como próxima paragem na Taça de Portugal e pede-se que esteja pintada de verde-e-branco na próxima quarta-feira. Todos a Braga!

Lion King

quinta-feira, dezembro 10, 2015

Águias turcas no caminho + O meu desacordo com os adeptos portistas

Para esta noite, em Alvalade, o mesmo desejo que manifestei antes do jogo em Moscovo há 2 semanas atrás, que honrem a camisola e que  nos proporcionem um belo jogo de futebol (cumpriram!)

Temos as nossas hipóteses de passar aos 1/16 de final, mas só lá chegaremos se houver o mesmo espírito que tem reinado na maior parte dos nossos jogos desta época.

Confesso que depois de saber os nomes dos que caíram da Champions para a Liga Europa,esta competição tornou-se bem mais forte e desperta certamente atenções a todos nós.
Talvez por saber que está lá o Olympiakos de Marco Silva, o Valência do Jorge Mendes ou o Manchester dos milhões (mal gastos).

Quem lá não estará mesmo são os nossos habituais inimigos de Moscovo (CSKA), que ficaram pelo caminho (que pena...).

Logo mais saberemos se temos que (ou se queremos) incluir-nos nesse lote de 32.



Discordo completamente dos adeptos tripeiros e quero deixar aqui a minha declaração de solidariedade para com o Lotopegui.

Confio em Pinto da Costa para manter este activo no clube e fazer com que o Sporting continue a ter forte possibilidade de quebrar o seu longo jejum de 13 anos sem vencer o campeonato.

O mais engraçado desta situação é ver os adeptos do clube da fruta em completo desacordo com os paineleiros que infestam as televisões e jornais deste país, gente como o Bernardino Barros, o Rodolfo, o Guilherme Aguiar, etc. etc, afirmando a pés juntos que este Porto joga muito à bola.

Assim continuem a pensar pois queremos todos que o Lotopegui se mantenha por muitos anos na bela cidade do Porto, com ZERO títulos ganhos como aconteceu até aqui.

SL
José



segunda-feira, dezembro 07, 2015

Frases soltas

A semana que se passou foi pródiga em celeuma futebolística, acompanhada por belas frases:
 
Comecemos por Rui Gomes da Silva: "Processo do Sporting? Só tenho uma palavra a dizer: Tonel"

Pois é, mais uma vez este palhaço a engolir as palavras, tal como já o tinha feito com a contratação de JJ pelo Sporting.
Menos de uma semana depois de dizer que Tonel, a quem todos reconhecem um profissionalismo exemplar pelos clubes onde passou, devia ser corrido do Belenenses, eis que o SLB vence um jogo frente à Académica com oferta de duas grandes penalidades totalmente escusadas por parte de dois jogadores de Coimbra.
Não ouvi este palhaço Gomes da Silva pedir aos de Coimbra para correrem com os dois jogadores.
Alguém ouviu?

Continuemos no vermelho com João Alves no Dia Seguinte da SIC: “O Tonel devia ter ido ao focinho ao Slimani” (repetindo depois vezes sem conta esta bela palavra).

Desconfio que o ROC não será o único a regar bem os jantares antes das suas participações nos programas de paineleiros.
Fazendo jus ao adepto do clube do garrafão, eis que João Bidon Aves resolve ser ainda mais reles que a espécie de proxeneta tripeiro que está à sua frente no programa e que dá pelo nome de Rodolfo, rena do Pai Natal.
Já agora, será que todos os comentadores do benfica, devem pesar mais de 100Kg para falar nestes programas?

E que dizer destas pérolas?
 
Marques Mendes: (sobre o negócio entre a NOS e o Benfica) “um negócio das arábias à dimensão portuguesa…(e sobre Luís Filipe Vieira) “ficará na história como o melhor presidente da história contemporânea do Benfica”.

Luís Filipe Vieira: “Reforços em janeiro não têm nada a ver com este acordo. Parte substancial será para reduzir o passivo. Vamos reforçar a nossa aposta no Caixa Futebol Campus: na formação…Os presidentes que me sucederem vão herdar um Benfica credível, mais português e sem dívida, ou com dívida residual.”

Vamos lá gravar mais estas lindas frases do Midas e dos adoradores do Midas para relembrar no futuro como tantas outras…
A ver quanto deste dinheiro vai efetivamente ser para reduzir passivo e quanto vai ser enterrado nos Jimenez desta vida e...nas empresas do Midas, claro.

E o nosso presidente não podia cá faltar!
Bruno de Carvalho: “Quero dedicar esta vitória ao Carlos Pereira

Com direito a resposta cheia de nível! Carlos Pereira: “Bruno de Carvalho é uma lagartixa que nunca chegará a jacaré…Acho que o Sporting teve uma grande vaca leiteira e ao intervalo podia estar a perder por 2-0. Num lapso momentâneo nosso fez um golo. Não foi um dia de São Jesus, mas se calhar de São Patrício".

Caro Bruno de Carvalho, o Sporting ganhou, trouxe os 3 pontos da Madeira e manteve a liderança no campeonato contra uma equipa que correu muito mais que contra qualquer outro adversário no presente campeonato.
Bastava ter-se ficado por um riso de esgar e um elogio aos nossos jogadores.
Entrar no bate-boca com o palhaço que dá pelo nome de Carlos Pereira é querer entrar por uma segunda via do já célebre confronto com o Pedro GordoBerra.
Dispensável, concentre-se no que é importante e dispense estas picardias que os jornais e rivais aproveitam de imediato para colocar nas capas por dias a fio…

Já agora, duas rodas com Vicente Moura: "Fomos surpreendidos pelo facto de o Nuno Ribeiro [diretor-desportivo da W52] ter feito um acordo com o FC Porto, mas isso deixou-me tranquilo. Colocam-se aqui as questões de palavra e de relacionamento entre as pessoas. Há mais equipas e há mais mar. Havia situações complicadas e que não estariam de acordo com a ética e o Sporting é um clube ético".

Mesmo depois do comunicado e das explicações à Sporting Tv, continua-me a parecer que este tema foi tratado de forma amadora pelo vice, Vicente Moura, e pelo presidente, Bruno de Carvalho.
Fomos habituados a ver temas como este, tratados com o devido sigilo e comunicados apenas no momento certo, sem que ninguém sonhe o que se está a passar.
Neste caso parece-me que nos expusemos em demasia ao engano, e claramente a W52 usou o nome do Sporting para obter o patrocínio junto dos corruptos do Norte, aproveitando o corrupto-mor para aparecer na foto como se de uma vitória se tratasse (tanta estupidez que vai na cabeça destes portistas…).
A meu ver, estamos claramente a querer meter a carroça à frente dos bois no ciclismo.
O exemplo de outra modalidades devia igualmente ser aqui aplicado, apostando-se de forma contida e sem necessidade de excessos de ordem financeira, mesmo que o dinheiro seja de terceiros como dizem.
O Sporting apenas precisa de fazer regressar o ciclismo se tiver condições financeiras para que isso aconteça e sempre numa base sustentável para o futuro, sem se envolver com equipas profissionais onde a velha máxima do “custe o que custar” é aplicada dia-a-dia, com vergonhosas repercussões para esta modalidade.
Se não houver condições, não regressa.
Existem outras modalidades que gostaria bem mais de ver regressar do que um ciclismo onde a atualidade e o futuro são uma grande incógnita.

E finalmente a frase da semana por Jorge Jesus: "Esperávamos estar atrás de Benfica e Porto”.

Também eles Mister!
Também eles!
Estamos lá na frente e merecidamente!
 
SL
José

domingo, dezembro 06, 2015

Mais um passo rumo ao título!

Conseguimos hoje nos Barreiros uma vitória muito importante na luta pelo título fruto de uma exibição onde os nossos jogadores tiveram uma grande capacidade de trabalho para conseguirem vencer num terreno normalmente difícil.

Tendo em conta o que se viu no jogo anterior do nosso rival que está mais próximo em termos classificativos, esta vitória frente ao Marítimo significou mais que três pontos, pois foi uma vitória contra as forças maliciosas que existem no futebol e no país e que tentam empurrar para baixo determinados alvos e puxar para cima outros. O exemplo da arbitragem da nossa recepção ao Paços de Ferreira comparada com a recepção ao Paços de Ferreira de hoje mostra bem o que tem sido o futebol português nas últimas décadas e como determinados clubes são campeões e outros não.

Agora segue-se o Besiktas em Alvalade na próxima quinta-feira e sabemos que poderemos seguir em frente na Liga Europa. É para encher Alvalade!!!

Lion King

quinta-feira, dezembro 03, 2015

Vamos todos ser Inácios!

Algumas ideias que surgem por esta altura relacionadas com o negócio televisivo dos 400M€:

- A campanha do "Não sejas Inácio" ainda está em vigor?
Tal como acontece com os adeptos dos outros clubes, os benfiquistas vão passar a ter de desembolsar 27€ mensais (ou mais?) para verem os jogos do seu clube na Sport Tv, quando actualmente pagam 10€ pela Btv.
Isto não está ao alcance de todos, logo, julgo que o número de Inácios vai aumentar exponencialmente...

- A Liga é patrocinada pela NOS.
A NOS passa a patrocinar um dos candidatos ao título.
Temos aqui uma espécie de Gazprom, take 2 :)

- Continuo curioso para saber se este negócio é o assumir da falha do Midas na sua aposta na Btv, a qual foi criada com o propósito de gerar mais lucro (e não facturação), que o valor proposto por Joaquim Oliveira.
Pelo sigilo que sempre houve nos R&C relativamente ao lucro gerado pela Btv, diria que Vieira nunca venceu esta aposta.

- Dizem que são 400M€ a 10 anos, para já num contrato inicial de 3 anos, o que leva esta ligação até final de 2018/19.
Os contratos da Sport Tv com Sporting e Porto estão em vigor até 2017/18 (mais 2 épocas).
Talvez esteja aqui a razão para se falar dos pagamentos anuais progressivos pois a NOS não pode ficar confinada a um casamento apenas com o benfica, no futuro próximo certamente que se revelará um péssimo negócio para a operadora e para Sport Tv.
A NOS terá obrigatoriamente de começar a abordar Sporting e Porto, propondo-lhes contratos com montantes muito superiores aos que estes clubes recebem actualmente.
Até porque a PT já terá acordado por esta altura...

Ao Sporting resta aguardar a sua vez para renegociar as condições, esperando-se que quando ocorrer, não tenhamos como presidente um qualquer Bettencourt, capaz de renegociar as condições por prazos absurdos e fazendo desaparecer o dinheiro de forma simplesmente estúpida (alô Pongolle!).

SL
José

Nuno Ribeiro, que foi suspenso por doping, é o director desportivo

Após o contentamento pelo facto do ciclismo estar de regresso ao Sporting já na próxima época desportiva, a sensação oposta surgiu quando soube que o director desportivo é Nuno Ribeiro, um ex-ciclista que chegou a vencer a Volta a Portugal que viria a ser retirada por ter sido apanhado com EPO.

A pergunta que deixo é a seguinte: será esta a melhor escolha para liderar uma equipa, onde o seu timoneiro tem este negro historial, numa modalidade fantástica mas ao mesmo tempo marcada actualmente por constantes casos de doping a nível mundial?

Lion King

quarta-feira, dezembro 02, 2015

Que as virgens maliciosas fiquem a falar sozinhas!

Continua a barulheira e o histerismo em torno de Tonel. "Quem por norma suspeita das intenções dos outros, pouco sério costuma ser..."





Nuno M Almeida