"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quinta-feira, março 17, 2011

Decisão tomada

Foto: DN Desporto


No próximo dia 26 os sportinguistas serão chamados a pronunciarem-se sobre o futuro, ainda com o confuso passado recente bem vincado na memória. O grau de importância destas eleições já nem é mesurável de tão determinante que se apresentam. A pouco mais de uma semana do acto eleitoral, muitas questões vão ficar por responder dado que a partir de agora o debate vai-se centrar no treinador e eventuais reforços, excepção às fontes de financiamento, quase tudo o resto será considerado acessório.

Como sabem os regulares visitantes desta casa, lutei arduamente nas últimas eleições para que não chegássemos aqui. Defendi a eleição de um Presidente que rompesse com um passado de má memória de forma a unificar todos os adeptos em torno do clube. Não foi possível, paciência. Um facto da vida é que esta nos trás (quase) sempre segundas oportunidades, estejamos nós atentos a elas.

Contactei e fui contactado por várias candidaturas, analisei e pensei pela minha cabeça não em função de amizades ou lugares com maior ou menor relevo, reflecti e tomei a decisão em função do que acredito, convictamente, ser o melhor para o Sporting. E essa decisão é apoiar o candidato Bruno de Carvalho.

Gostava de ressalvar alguns aspectos importantes.

Esta decisão não é tomada de ânimo leve, diria que foi mesmo a decisão política mais difícil enquanto sportinguista. Tenho muitos e bons amigos espalhados por várias candidaturas a quem reconheço valor e um sportinguismo militante, sendo a única que não conheço ninguém, precisamente, a de Bruno de Carvalho.

Tenho o maior dos respeitos por Dias Ferreira que corporiza o fervor clubístico e o lado emocional que nos une, por Godinho Lopes que acredita ser uma solução independente, por Baltazar que gostaria muito de nos mostrar as vantagens do seu modelo de clube ou por Sérgio Abrantes Mendes que vê nestas eleições uma oportunidade de provar aos sócios e talvez a si próprio, que ainda tem uma voz activa em relação ao futuro do clube.

Mas optei por Bruno de Carvalho e várias foram as razões. Concordem ou não, espero que compreendam o meu raciocínio:

i) A apresentação de um programa que não sendo perfeito é planeado segundo uma estratégia de crescimento
ii) A existência de um discurso claro, frontal e sem tabus, cumprindo tudo aquilo a que se impôs segundo o seu próprio "timing"
iii) A corporização de uma mudança assente nos rostos mas também na quebra de paradigma no modelo de financiamento do clube
iv) A ambição do discurso de grande clube, com um caminho próprio, devolvendo aos sócios e adeptos o orgulho de serem sportinguistas
v) O brio e a inteligência revelada face aos ataques de comunicação social e, mais lamentável, às injúrias pessoais de que foi alvo mantendo sempre o nível que se exige a um candidato Presidenciável.

Escolhi pela positiva. Não procurei ver os erros evidentes de outras candidaturas, lembro-me sempre que são sportinguistas que, tal como eu, querem apenas o melhor para o clube. Pelo menos é assim que gosto de pensar. Seja qual for a vossa escolha, dia 27 continuamos a ser do Sporting.

Abraço de Leão,
Verdão

Esclarecimentos dos candidatos:

Bruno Carvalho

Godinho Lopes

Abrantes Mendes