"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, abril 06, 2010

E 2010-2011 ainda tão longe... parte 1

Tenho evitado fazer grandes comentários relacionados com o final desta temporada e a preparação do início da próxima, nomeadamente os ligados à política de saídas/entradas no plantel e, claro, na questão do treinador. Além da falta de tempo tal deveu-se em grande parte à existência de demasiada poeira (levantada por jornalistas, comentadores, bloggers e - provavelmente - também do interior do clube). Agora, que alguma da mesma parece assentar, deixo de forma resumida a minha opinião sobre aqueles que me parecem ser os pontos essenciais relacionados com este assunto, ao longo dos próximos dias.

Final de temporada e Carlos Carvalhal:

Para falar sobre ambos, recupero o que tinha "pedido" ao ainda treinador leonino aquando da sua aquisição.

"Passado o impacto inicial e tentando pensar no que o futuro próximo nos traz, gostaria de dizer o que espero de Carlos Carvalhal, até ao final da temporada, até porque só cumprindo com aquilo que enunciarei de seguida, considero a hipótese de permanecer como técnico principal do Sporting Clube de Portugal para 2010-2011.

Antes de mais, e já o li em alguns comentários, penso ser uma utopia (como seria com qualquer outro treinador) pedir-lhe ou exigir-lhe o título nacional desta temporada. O atraso, tanto em termos de pontos como de qualidade futebolística e anímico, são demasiados para se enveredar por esse tipo de pedidos.

Peço-lhe antes que:

- coloque a equipa a jogar num sistema táctico mais adequado às características dos jogadores que compõem o plantel;
- dentro dessa alteração o futebol evolua para níveis bem mais elevados, tanto em termos de resultados como, se calhar tão ou mais importante, em termos exibicionais;
- reestabelecer os níveis de confiança dos jogadores e, consequentemente, dos adeptos e sócios, fazendo cair por terra os seguidores da teoria espatafúrdia de Oliveira e Costa. Com isso rentabilizar/recuperar igualmente o valor de mercado dos jogadores;
- colocar a equipa no melhor lugar possível no campeonato, sendo esse sempre um lugar europeu (4 primeiros);
- lutar condignamente pelas 3 competições em que podemos lutar em pé de igualdade com os demais concorrentes (UEFA, Taça de Portugal e Taça da Liga), tentando chegar o mais longe na 1ª e ganhar as outras 2."

Ou seja, analisando a 5 jornadas do fim e partindo do princípio que seguramos o 4º lugar no campeonato, verifico que Carvalhal conseguiu cumprir 4 das 5 alíneas, falhando rotundamente na última com eliminações bem pesadas frente aos nossos 2 maiores rivais.
Aliás, a ideia com que fiquei de Carvalhal é de que se trata de um treinador com boas ideias, sério e competente, capaz de colocar uma equipa a jogar futebol de qualidade mas com algumas dificuldades em pensar em "grande", embora admita que essa percepção possa ser influenciada por ter um contrato de muito curta duração e pelas convulsões internas que aconteceram já consigo no clube (nomeadamente a saída de Sá Pinto). De qualquer forma, fiquei com a sensação de que se lhe fosse dada a possibilidade de começar e preparar a próxima temporada, iríamos assistir a um futebol muito semelhante ao do tempo de Peseiro, com jogos de elevada qualidade futebolística e bons resultados e outros onde a equipa parece desligada e pouco confiante. Duvido que desse para lutar por um campeonato em que os outros candidatos perdessem poucos pontos, mas numa época mais atípica como foi a de 2004-2005 (precisamente com Peseiro), talvez desse para lutar de igual para igual com ambos. No entanto, e tendo em conta que é praticamente certo que os nossos habituais rivais se vão apresentar fortes no próximo ano (uns porque têm um excelente plantel e o elan da provável vitória este ano, e os outros porque raramente ficam 2 anos seguidos sem ser campeões). Ambos irão certamente usar de todas as cartas - dentro e fora dos relvados - para nos fazerem a vida negra.
Sinceramente não me parece que Carlos Carvalhal, apesar do respeito que nos merece, fosse treinador para lidar com este desafio. De qualquer forma não podia deixar de assinalar a melhoria qualitativa a que assistimos em alguns jogos e o retomar da vontade em assistir aos jogos do Sporting por parte de alguns sócios e adeptos divorciados da mesma.

Penso até que, raras excepções, a grande maioria dos sportinguistas agradece a Carvalhal ter tomado as rédeas de um barco muito fragilizado e, apesar da inconstância de resultados e exibições, nos ter mostrado algum futebol e que o plantel, devidamente corrigido, não é tão fraco como alguns, e muitos com responsabilidades, o pintaram. E apesar de lhe agradecer acredito que também ele ficou a ganhar muito com a curta estadia em Alvalade. Além do upgrade de CV, há que ver que era um treinador praticamente enterrado na opinião pública após a saída do Marítimo, tendo agora algum capital de confiança que acredito que o poderá colocar, se não num dos grandes de Portugal, num clube de 2ª linha, num futuro próximo. Da minha parte, como o fiz com Paulo Bento, que tenha muito sucesso e boa sorte à excepção dos confrontos com o nosso Sporting.

Nelson Santos
    Sangue LEONINO


21 comentários:

  • At 6/4/10 16:37, Anonymous Sei da Relva said…

    Parabéns, na minha opinião uma excelente análise sobre o valor e o potencial do Mister Carvalhal. Concordo em absoluto que não é (ainda?) um treinador de "top", com capacidade de vencer competições difíceis, e por isso mesmo não seria a escolha ideal.

    Mas por outro lado, a ter que escolher entre Carvalhal e a maioria dos nomes alternativos de que se fala - Villas Boas, Steve McLaren, Manuel Fernandes, treinador francês/belga (quem quer que seja) - não tenho dúvidas que ficaríamos melhor servidos com Carvalhal!

     
  • At 6/4/10 16:52, Blogger Cristiano Moreira said…

    Uma boa análise sobre o futebol do Sporting após a entrada de carvalhal, o futuro não será fácil, o próximo treinador terá que ser alguem com carisma, com personalidade forte que os jogadores respeitem a 100% sejam estes ou as futuras contratações, não acredito que seja necessário alterar radicalmente a actual estrutura de jogadores, alguns terão que sair, mas o núcleo duro deverá se manter e contratar três ou quatros bons reforços que sejam mesmo reforços e aumentem consideravelmente a qualidade do nosso futebol.

     
  • At 6/4/10 17:38, Anonymous Joey said…

    Totalmente de acordo, Nelson e Cristiano Moreira. Eu não preciso de acrescentar mais. Acima de tudo, que se comece já a preparar a próxima época, assegurando a dignidade do Sporting até ao final da época. Temos de começar a próxima época em força. E fazer uma despedida condigna a Carvalhal, visto que esta direcção nunca o apoiou, permitindo que todo o tipo de indignidades lhe tenham sido cometidas.

    Apesar de não ter comentado nos últimos dias, fiquei muito satisfeito com a exibição da última 6ª frente ao Rio Ave. Já estava com saudades de uma goleada, após a pífia exibição na Madeira. Fosse o Izmailov do clube corrupto azul ou do corrupto vermelho e nem falta era... até quando vamos permitir isto?
    Mas lá está: em terra de corruptos, mafiosos, chico-espertos, hipócritas, sonsos e conas-moles, quem não se dá ao respeito, não pode esperar ser respeitado por todos os acima descritos...
    Welcome to Tugaland!
    E ainda bem que o gajo-que-faz-cara-de-mau-e-por-isso-todos-acham-que-vai-ser-o-próximo-Mourinho-embora-nada-tenha-feito-por-isso-mas-tem-boa-imprensa não vem. Porra! O estágio dado ao risco ao meio não vos chegou? Ou sofrem de masoquismo crónico?
    E parem lá com essa obssessão de "assim o gajo vai para o porto".Vários foram para lá e foram campeões não por serem bons, mas porque o sistema funcionava bem. Alguns campeonatos até eu ganhava se lá estivesse.

    Saudações Leoninas

     
  • At 6/4/10 20:03, Anonymous prolixo cus faxos said…

    que trampa de posta, como quase sempre. andamos nós preocupados com o que ai vem e este ainda anda preocupado com o Carvalhal e o passado. enquanto for assim ninguem debate o futuro do clube, a necessidade de uma equipa vencedora totalmente nova (presidente direcção treinador e jogadores) e o xuto no rabo que o villas boas deu no jeb, com a ajuda do pinto da costa. nao admira que este bloge esteja a morrer aos poucos, entre o andebol o horsebal e noticias de á um mês passado.

    fora com bettencourt, fora com costinha, fora com os xulos que sugam o nosso clube. para a frente cristóvão e sua equipa.

     
  • At 6/4/10 20:07, Anonymous Algoncalves said…

    Plenamente de acordo com a analize caro Nelson, mas o que temo é que o substituto de CC nos faça sentir saudades de Carvalhal.

    Quando pensei que haveria um projecto delineado para o Sporting, cada vez mais parece que navegamos a vista. Esta história do treinador cada vez me convence mais disto, afinal o presidente não tinha uma visão estrategica para o futebol leonino e agora aposta as suas fichas em Costinha e Jorge Mendes. E se não der certo? É mais um bode expiatório?

    AVB sempre me pareceu que seria o treinador e via nessa situação uma forma de JEB impor as suas ideias, independente do valor de AVB, afinal não era o treinador escolhido e agora voltamo-nos para o mercado frances. E se não der certo lá vai aparecer alguem a dizer que não era a escolha do presidente, e sim, de Costinha. Não quero dizer que Costinha não possa ter boas ideias para o Sporting, o que quero dizer, é que se muda de estratégia(se é que ela existe) conforme a bola bata no poste ou não.

    Até a base na formação parece-me que irá ser um pouco abandonada. Quando se fala em valores exorbitantes para trazer o Quaresma até me arrepio. Não quero crer que ele virá por esses valores, mas como a mim ja nada me admira.

     
  • At 6/4/10 20:23, Blogger Refugee said…

    O Manuel Cajuda tá em funções?

     
  • At 6/4/10 20:52, Anonymous Anónimo said…

    2ª Parte 1minuto e 46 segundos: Barcelona 3 Arsenal 1
    Conclusão: a Equipa do Bercelona é fenomenal, é de outro Mundo

    1ª mão, fase de Grupos da Liga dos Campeões de 2008/2009: Barcelona 3 SCP 1
    Conclusão tirada por muita gente que só sabe criticar: Que vergonha! Joguem à Bola! Filhos Da P***!

     
  • At 6/4/10 21:39, Anonymous simpatizante said…

    O Carvalhal não é treinador para o Sporting.

    Assim como o bettencourt não é presidente para O Sporting.

    Penso eu de que.

     
  • At 6/4/10 21:43, Anonymous simpatizante said…

    Treinador: Gullit
    Presidente: com tomates, que seja "anti" lampiões, "anti" tripeiros e que invista em jogadores COM QUALIDADE.

    Sem Isto não vamos a lado nenhum. É mais um ano de anedotas.

     
  • At 6/4/10 22:17, Anonymous Leonino said…

    Mantenho o meu obrigado a Carlos Carvalhal, sobretudo pela sua postura honesta e profissionalismo, mas creio que não será o treinador de que necessitamos para o futuro próximo.

     
  • At 6/4/10 22:39, Blogger Pai da Leoa said…

    RD Slovan

    http://www.youtube.com/watch?v=X2M_au0HSYU

     
  • At 6/4/10 22:57, Blogger Gomez said…

    Oh Nelson

    Eu não pedia tanto, só pesso que ele ganhe na Luz!!!!

    ... e se assim for ... o Carvalhal seria o sucessor do... Carvalhal!!!!

     
  • At 6/4/10 23:29, Anonymous Jonhy Green said…

    Só sei que este ano mais do que nunca a época tem que ser preparada ao milimetro...já estamos a perder tempo para o Carnide e para os tripeiros. Temos o atraso de quem vai ter que preparar tudo do zero, seja pelos que partem seja pelos que ficam....

     
  • At 7/4/10 02:43, Anonymous Anónimo said…

    Caros amigos, desculpem discordar mas penso que Carvalhal seria sempre uma boa opção, senão a melhor. Tem a vantagem de já conhecer o plantel, de ter valorizado alguns atletas que gostariam de lhe retribuir a aposta com golos e vitórias, possibilitou o retorno de um futebol bonito e prático e com isso a esperança de produzir bons espectáculos e, claro está, títulos. Apresenta ainda uma margem de progressão enorme com a equipa a crescer de rendimento. Tirando a "pré-época", falhou apenas quando se viu privado do seu meio campo titular (Marítimo).

    Trazer nestas circunstâncias um novo técnico, irá apenas despoletar um sentimento de desinteresse e de revolta em jogadores e alguns adeptos que, com alguma razão, poderão argumentar que não se sabe o que se anda a fazer em Alvalade. Bastará uma sequência de maus resultados para tudo de novo se equacionar. Correr esse risco de uma forma consciente, exige o acatar de responsabilidades de todos os que promoverem tal situação. Da minha parte, não serei um deles.

    Abraço de Leão,
    Verdão.

     
  • At 7/4/10 03:53, Anonymous Mário-Oeiras said…

    Apontamento nocturno...

    Capa "Rascord" 4ª Feira:
    "Weldon fora de combate"...
    Pela enésima vez consecutiva..."vermelhão"!
    Se eu tivesse uma fábrica de tintas, enriquecia a vender aos jornais tinta vermelha!

    Mas o melhor mesmo é o subtítulo..."Cardozo é um fenómeno"!!!
    Ahahahaha...
    Quer dizer, depois da exibição do Messi ontem, vir com isto...só podem estar a gozar!
    Neste momento a cegueira clubística por parte dos jornais já não é doença, é loucura!

    Oxalá que não, mas se o "dito cujo" vencer o campeonato como tudo indica, que esses "jornaleiros",na euforia orgásmica, se atirem das janelas das redações...era um favor que faziam à nação!

     
  • At 7/4/10 04:16, Anonymous Mário-Oeiras said…

    Entretanto, espreitei a "Abolha"...

    "Foi um jogo de loucos"
    ...qual? o Barça-Arsenal? Pois foi. Aquele Messi é espectacular...espera...afinal este título é sobre o jogo...na Figueira da Foz!!!
    (já não bastava a "reviravolta épica" e a "Alma de Campeão", publicada na 3ª Feira...desde que estou a contar vão na 10ª capa consecutiva pintada de vermelho!)

     
  • At 7/4/10 10:24, Anonymous Nelson Santos said…

    Ainda não me pronunciei sobre o novo treinador, apenas sobre Carvalhal mas:

    "Bastará uma sequência de maus resultados para tudo de novo se equacionar."

    E isto não era válido para Carvalhal, Verdão? Às vezes parece que não "nos" conheces!

     
  • At 7/4/10 10:42, Blogger Hugo Malcato said…

    Nelson, pouco mais a dizer... Ponto final - Parágrafo!

     
  • At 7/4/10 11:23, Blogger Mike Blitz said…

    Nelson

    Concordo em absoluto com a tua analise. Mas antes de um bom treinador precisamos de uma estrutura capaz....

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 7/4/10 11:56, Anonymous Nelson Santos said…

    Miguel, claro.
    Se tiver tempo (tá difícil, muito trabalho) sai hoje a parte do texto com as minhas opiniões sobre a vinda de um novo treinador que incluem um pouco disso. Este ponto era mesmo resumido a Carlos Carvalhal e já ia tão extenso que preferi cortar as ideias por vários posts, de modo a não fazer testamentos ainda mais confusos e chatos.

     
  • At 7/4/10 17:52, Blogger Mike Blitz said…

    Posts biblicos é cmg Nelson....LOL

    Abraço

    SL

    Miguel Damas

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home