"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, junho 19, 2018

Até dia 23 vai ser um fartote


Posso estar enganado mas quero crer que até dia 23 - data da assembleia destitutiva - vai ser um desfile de contratações e rumores de chegada de novos jogadores.

Nuno M Almeida

segunda-feira, junho 18, 2018

O Grupo Cofina é faccioso? Nãoooooooo!


Eis o belo e faccioso cartão de visita produzido por publicações do grupo Cofina. Desde sempre a espalhar veneno.

Também me posso pôr aqui a delirar e afirmar que sei por portas e travessas que Rui Vitória tem duas unhas encravadas, que sofre de um terrível mau hálito matinal e que usa e abusa de flatulência...

Nuno M Almeida 



Comissão de Gestão

Causa-me uma certa confusão ver na Comissão de Gestão recentemente nomeada, elementos que até há bem pouco tempo estavam ao lado de Bruno Carvalho, entre os quais, o líder da dita - Artur Torres Pereira, ou António Rebelo, ex-vice Presidente.

Fazem-me lembrar aquela malta que gosta de ter o pé em cada um dos lados do tabuleiro.

Uma vez mais Jaime Marta Soares não esteve nada bem. Aliás, quando ‘brigada do reumático’, aventais maçónicos e lutas intestinas no Sporting se misturam só pode mesmo resultar numa estranha caldeirada.

Espero sinceramente que o meu centenário Sporting consiga resistir a tudo isto!

Nuno M Almeida 

Foi o que se pôde arranjar...


Nuno M Almeida

domingo, junho 17, 2018

Completamente de acordo!


Completamente de acordo com Frederico Varandas. Há vários dias aqui digo que Bruno Carvalho se deve demitir - não precisando de esperar pela assembleia geral do próximo dia 23 para ser eventualmente destituído - e que subsequentemente se deve recandidatar num próximo acto eleitoral. Só assim voltará a haver alguma paz no clube.

Que seja homenzinho, que mostre que não está agarrado à cadeira do poder e se está tão seguro do apoio por parte dos sócios, pois então que avance para o plebiscito nas urnas. Quem não deve, não teme!

Nuno M Almeida 

E o futebol?

Vejo por estes dias imensa propaganda aos feitos nas modalidades, consequência dos títulos que vamos acumulando. No entanto, talvez seja também aconselhável não nos esquecermos que jamais se gastou tanto nas ditas como agora. Como exemplo, recordo que Nelson Évora aufere mensalmente no Sporting cerca de 50 mil euros, ordenado típico de futebolista.

O que falta também referir no meio de toda essa propaganda é que no coração do clube, entenda-se o futebol profissional, gastámos como nunca e ganhámos uma mísera Taça da liga.

Comparemos o que fizeram Leonardo Jardim ou Marco Silva, ambos com orçamentos a rondar os 25 milhões, com aquilo que conquistámos nestas últimas épocas - a gastar acima dos 80 milhões - e facilmente constatamos a ‘eficácia’ e a competência levadas a cabo pela administração da SAD. Quem a lidera?

Nestas três últimas épocas tivemos trinta e três jogadores estrangeiros contratados, alguns deles por valores bem elevados, como os oito milhões dados pelo ‘flop’ Alan Ruiz. E também ainda não me esqueci de Meli, Douglas, Doumbia, Castaignos, Barcos, entre outros mega ‘craques’ que tanto e tanto deram ao nosso clube. Ao invés, apenas três jogadores da academia aproveitados na equipa principal: Gelson, Podence e Palhinha.

Portanto, pergunto: quem deverá agora responder perante esta surreal política desportiva num clube conhecido por ser um formador por excelência? A menos que esteja tudo bem e tenhamos definitivamente optado por ser apenas um clube de modalidades - como o ABC de Braga ou o Óquei de Barcelos - e tenhamos colocado definitivamente na gaveta o futebol profissional!

Com festas e bolos se enganam os tolos...

Nuno M Almeida 

Estas são as regras



Aos apoiantes do querido Grande Líder, com toda a estima e amizade, recomendo que vão debitar insultos e grunhidos, ou para uns belos divãs de um qualquer psicanalista ou então para onde vos der mais jeito.

É que estou fartinho de vos aturar enquanto assisto ao estado calamitoso em que Grande Líder que vocês tanto idolatram está a colocar o meu clube. Talvez fosse mais saudável e inteligente serem mais adeptos do Sporting Clube de Portugal e menos do Bruno Carvalho Futebol Clube.

Portanto, façam-me lá o encarecido favor de despoluir este espaço, até porque já cansa ter que andar constantemente a apagar comentários insultuosos de gentinha básica que mal se sabe exprimir. Se calhar, pelo vosso perfil e vocabulário até se ‘encaixariam’ melhor no noutro lado da segunda circular, onde seguramente seriam bem mais felizes estando entre os vossos pares.

É que entre aturar (c)roquettes saudosistas de um passado de má memória e brunistas de estilo venezuelano venha o diabo e escolha.

Nuno M Almeida

Oportunismo


Nuno M Almeida 

sábado, junho 16, 2018

Gabo a pachorra de alguns jornalistas...


Para fazer estas figurinhas ridículas, desconversar com os jornalistas e ainda ter uns laivos mal amanhados de humorista falhado, mais vale ficar em casa... e de preferência, caladinho!

“Eu agradeço-lhe imenso essa pergunta (...) bla bla bla”

Nuno M Almeida 

sexta-feira, junho 15, 2018

Génio! 🙏🏻


Nuno M Almeida

Já começa a ser patológico


A nossa seleção nacional, campeã da Europa, começa hoje a competir no Campeonato do Mundo, defrontando uma das melhores seleções do mundo.

E mesmo assim só vejo na televisão programas sobre a situação do Sporting numa lógica de blah blah blah...

Eu sei que somos uma grande instituição deste país mas quando é demais é porque começa a assumir foros de patologia de obsessão compulsiva.

Nuno M Almeida 

A minha vénia


Nenhum deles português, nenhum deles formado no Sporting, nenhum deles com muitos anos de clube, mas a verdade é que, com mais ou menos fundamentos para accionarem um pedido de rescisão unilateral, nenhum deles o fez.

Fica assim marcada uma clara diferença de comportamento, de atitude e de respeito para com o clube e para com os adeptos, quando comparado com outros futebolistas...

Note-se que com isto estou longe de pretender branquear, quer as bárbaras agressões levadas a cabo na academia quer os dislates de Bruno Carvalho. Fico é agradavelmente surpreendido com a atitude destes atletas e terrivelmente decepcionado com a de outros.

Nuno M Almeida

quinta-feira, junho 14, 2018

A formação a esfumar-se no plantel principal



Nuno M Almeida


Rostos de um Brunismo entusiasmado...


Como diria o outro - “o que passou-se?”

Nuno M Almeida

De rescisão em rescisão


Nuno M Almeida 

A única saída: eleições, já!

Continuamos a assistir diariamente a um arrastamento de uma situação que na minha opinião em nada beneficia o clube e que só o afunda cada vez mais na lama, tudo isso para gáudio dos nossos rivais.

Há umas semanas escrevia que factualmente não via motivos para Carvalho se demitir, pese embora nunca ter votado nele nem ser apreciador do estilo. E independentemente da polémica gerada no pós-jogo de Madrid.

Mas também, como nessa altura referi, a partir do momento em que ficasse provada a autoria material das agressões em Alcochete - o que não aconteceu - ou quando entrassem nos serviços administrativos pedidos de rescisão unilateral por parte dos nossos futebolistas, seria então exigível a demissão em bloco do actual conselho directivo. E porquê? Porque o líder máximo não soube acautelar a segurança dos nossos futebolistas profissionais, dando azo a que estes e os seus representantes legais pudessem legitimar e fundamentar essas rescisões.

Ora, com esses pedidos de rescisão em curso, com uma evidente cisão no corpo de accionistas da SAD, aliada a uma inegável e crescente divisão na massa associativa, nesta fase só posso mesmo defender que o actual conselho directivo se demita - algo que já deveria ter acontecido - e que se avance rapidamente para eleições. E Carvalho que legitimamente concorra!


É fundamental e imperioso que neste turbilhão de querelas jurídicas e estatutárias haja uma rápida clarificação, dando novamente palavra aos únicos donos do Sporting: os sócios!

O tempo urge, a nova época está à porta, pelo que é suicidário manter-se este impasse. 

Com golpismos ou sem golpismos - sejam eles da Holdimo, de Marta Soares ou de Ricciardi - só com eleições se calarão as vozes e a nova liderança ficará legitimada. E se os sócios entenderem, na sua maioria, que deva ser Carvalho o próximo presidente, pois assim seja!

Nuno M Almeida

Em que ficamos?

Então as rescisões não são ilegais? Não se vai rasgar os pedidos de desvinculação e ficar tudo na mesma?

É que leio a nota de imprensa passada por Fernando Correia em nome da direção e no plantel lá mencionado não vejo ninguém da espinha dorsal.

Já para não dizer que com este quadro de jogadores nem o quinto lugar conseguiriamos ambicionar...


Nuno M Almeida


A brincar com o fogo


Numa altura em que os jogadores mais valiosos rescindem com o Sporting e em que os abutres de Carnide espreitam, nada como também hostilizar o FC Porto. Malta inteligente...

Nuno M Almeida





quarta-feira, junho 13, 2018

Tenho-me lembrado tanto dele...


Nuno M Almeida 



Judas


Mas onde é que esta personagem foi ‘pescada’? 

Mais uma fulana a quem no final disto tudo serão pedidas sérias responsabilidades pelo estado em que o actual conselho directivo vai deixar o clube!

Facto: o Sporting foi capturado e está refém de um grupo de gente que se recusa a assumir responsabilidades e a dar voz aos verdadeiros donos do clube - os sócios!

Nuno M Almeida 

Como um baralho de cartas...




Nuno M Almeida 

terça-feira, junho 12, 2018

Porquê, Bruno?


Godinho Lopes deixou o clube num estado calamitoso, culminando um trajecto rumo ao abismo com assinatura (c)roquettista.
Bruno Carvalho reergueu o Sporting.
Voltámos a ter um pavilhão, sem dúvida o mais bonito e funcional do país.
Voltámos a ganhar campeonatos e taças europeias nas modalidades: hóquei, andebol, voleibol...
O número de sócios aumentou.
As vendas de gameboxes dispararam.
As assistências no estádio aumentaram.
Os sportinguistas reconciliaram-se com o clube e voltaram a ter orgulho no Sporting.
Voltámos a estar regularmente na Champions.
Regressámos aos tempos de grandes planteis, recheados de bons jogadores.
Voltámos a lutar pelo título, ombreando até às últimas jornadas com Benfica e Porto.
Passámos a ter grandes treinadores em contraste com os tempos de Vercauteren ou Paulo Sérgio.
Recuperámos uma voz forte e activa na denúncia do polvo que manda no futebol.
Pela primeira vez conseguimos vender de forma consistente passes de jogadores por muitos milhões de euros.
Angariámos também patrocínios valiosos.

Por tudo isto, pergunto-te, Bruno Carvalho:

Qual a lógica de tamanho harakiri? Por que razão se deitou tão facilmente por terra tanto trabalho competentemente bem feito? Porquê?

E não me venham falar de teorias da conspiração de que tudo isto são apenas manobras de sabotagem por parte da Holdimo, de Ricciardi, de Rogério Alves ou de empresários menos escrupulosos.

Bruno Carvalho cometeu demasiados erros, não soube gerir com pinças o coração do clube - o futebol profissional - desencadeando uma revolta colectiva e criando uma divisão insanável no seio da massa associativa, deixando-se inebriar pelo poder e pela sedução de um autoritarismo despropositado e anacrónico.

Por tudo isto, e porque teima em não se demitir, reitero a pergunta: porquê tudo isto, Bruno?


Nuno M Almeida 


Qual é o objectivo?



Será que é desta forma bacoca e juvenil que o senhor presidente pretende demonstrar à saciedade que se preocupou com os jogadores após as agressões de Alcochete?

Volto a dizer: tendo acicatado ou não as claques contra os futebolistas, tendo orquestrado ou não o ataque, há pelo menos um facto inegável: enquanto líder máximo do clube, Carvalho deveria ter acautelado num momento atribulado e inflamado a segurança do seu quadro de futebolistas profissionais no local de trabalho.

Não o tendo obviamente feito, foi, no mínimo, incompetente e laxista. Ele e o seu braço direito, o jovem Geraldes. É que este assistiu em pleno aeroporto do Funchal à altercação entre Mendes e alguns dos nossos futebolistas, e seguramentre ouviu ameaças deixadas no ar...

Com festas e bolos se enganam os tolos...


Nuno M Almeida



“Parecia que estava a gozar...”



Bruno Fernandes:

A verdade é que tememos todos pela nossa vida. A partir de determinada altura, o descontrolo era tal que senti que podia não sair dali com vida!”

 “Ainda hoje acordo de noite, em sobressalto, com as imagens de terror que retive e que revejo e não consigo pensar em voltar àquele local.”

 “Acordo banhado em suor e com a sensação física, até de dor, que estou a levar chapadas.”

O jogador considera “chocantes” as palavras do presidente do Sporting, proferidas após as agressões em Alcochete, referindo que o líder do clube leonino parecia estar a “gozar com o sucedido”, quando disse: “Foi mau, foi chato ver as famílias ligarem preocupadas”.

Nuno M Almeida 

Até quando?

Não temos equipa técnica.
Não temos os jogadores mais valiosos do plantel.
Não temos corpo clínico.
Mas temos Presidente!

O que seríamos nós sem Bruno Carvalho, o homem que está levianamente a levar o Sporting para o abismo e a deitar por terra tudo aquilo de bom que antes conseguiu fazer.

Espero que não, mas diria que o maior tremor de terra será mesmo ver Gelson e Bruno Fernandes rumarem à Luz. 

Se tal acontecer, não só Bruno conseguiu de uma penada implodir com a nossa casa como em paralelo fortalecer o rival que ele pretensamente tanto odeia. 

E digo pretensamente, porque parece que, de há uns tempos para cá, não há maior aliado do estado lampiânico do que o (ainda) nosso presidente!

Nuno M Almeida

segunda-feira, junho 11, 2018

O titanic afunda-se, a orquestra toca


Nuno M Almeida 

Quo vadis, Sporting??!!

Só falta mesmo vermos sportinguistas pedirem a suspensão unilateral da sua condição de adeptos e sócios para termos a cereja no topo do bolo...

Nuno M Almeida 

Rir... para não chorar!

Plantel 2018/2019 do Sporting Clube de Portugal 


Há umas semanas deixei aqui um singelo apelo para os jogadores não tomarem a drástica opção da rescisão unilateral. Pelo clube e pelos adeptos.

Portanto, até dando de barato que haja aqui grande dose de oportunismo de jogadores e empresários, para além de manobras por parte da oposição à actual direção, não posso no entanto deixar de perguntar: quem é que colocou o clube a jeito destas manobras? Quem é que acendeu o rastilho de algo que pode atingir proporções desastrosamente gigantescas para o Sporting?

Nuno M Almeida 


E assim vai o Sporting...


Nuno M Almeida

Mais três!


Nuno M Almeida