"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sexta-feira, fevereiro 23, 2018

É a comunicação social que temos

Comunicado oficial do Sporting Clube de Portugal 



Parece que as revelações ontem feitas na Sporting TV por José Ribeiro, ex-editor do jornal Record, causaram comichão a muita gente. 

É que ficámos ainda mais esclarecidos, através de alguém que conhece bem as redações dos jornais desportivos deste país, como a comunicação social está vergonhosa e cobardemente manietada e manipulada por interesses sinistros aos quais não interessa um Sporting forte e independente.

Não sou é ingénuo como alguns em achar que esses interesses assentam apenas em gentalha das bandas de Carnide. Infelizmente também há pseudo-sportinguistas e sportinguistas aziados de pacotilha a alimentar esse sistema nojento e execrável!

No que a mim diz respeito nem mais um cêntimo para Bola’s, Record’s e Jogo’s!


Nuno M Almeida 



Venham os checos!

O Viktoria Plzen é o próximo adversário do Sporting nos oitavos de final da Liga Europa. Mais um adversário - em teoria - bastante acessível.




Nuno M Almeida

quinta-feira, fevereiro 22, 2018

Tranquilamente seguimos em frente



Com várias mexidas na equipa - opção perfeitamente lógica de Jesus - com momentos de jogo em ritmo de treino, com alguma displicência à mistura fruto da vantagem precoce, uma eliminatória ganha com tranquilidade. 

Nota de destaque para o nosso segundo golo, uma obra prima de Bruno Fernandes. Mais um.

Venha agora o próximo adversário nos oitavos!

Nuno M Almeida 

Eles andam num frenesim doido!














Constou-me que a 'betaria' e os croquetes - a autodenominada elite 'nobre' do Sporting - anda num desassossego louco desde o último sábado.

Pelo que soube, houve uma intensificação inusitada de reuniões da 'nata' do clube - a tal que se viu arredada dos corredores do poder de Alvalade nestes últimos anos - e entre estes e jornalistas 'amiguchos' dos ditos. Os telefones deles não têm sossego por estes dias. Mais conspirações e tramas na calha.

O conselho que dou a essa gentalha é apenas este: comprem Kompensan, tomem Rennie ou o raio que vos parta, deixem é o Sporting Clube de Portugal em paz!

Duvido é que infelizmente o façam, até porque o vosso ódio e ressabiamento é bem maior que o amor que dizem ter ao clube!

Nuno M Almeida

Dois pesos, duas medidas!



Começa infelizmente a concretizar-se o receio que sinto cada vez que vejo o nosso clube estabelecer alianças estratégicas com outro rival.

É que raramente - ou mesmo nunca! -  saímos beneficiados por nos juntarmos a um deles na denúncia das malfeitorias levadas a cabo pelo outro.

Para ilustrar este meu receio basta aludir a estes dois exemplos da ‘incompetência’ do VAR:  termos um golo perfeitamente limpo anulado frente ao Feirense, com o resultado 0-0, enquanto ontem o golo que deu o 2-1 ao Porto resulta de um golo em escandaloso fora-de-jogo, seguramente até avistado da Torre dos Clérigos.

Portanto, está evidente aos olhos de todos para onde a coisa vai pender este ano. Resta-nos assim dar em campo o dobro daquilo que normalmente deveríamos dar para ganhar jogos. Não temos mesmo outra alternativa! 

Nuno M Almeida 

quarta-feira, fevereiro 21, 2018

Casillas, venha daí um tweet!



Nuno M Almeida 

Tão dóceis...



Nuno M Almeida 

Eu bem tento ter fé...



Debaixo da severa tempestade provocada pelo apelo de boicote a televisões e jornais feito por Bruno Carvalho, no passado sábado, e das tumultuosas reações de umas quantas virgens, umas mais ofendidas que outras, eu pecador me confesso.

É que ainda sou daqueles que acreditam no bom jornalismo e na existência de quem honre e dignifique essa profissão, pilar essencial numa sociedade livre e democrática, sobretudo quando essa profissão é exercida com ética e isenção.

O problema é que depois vemos estes execráveis exemplos dos Nunos Farinhas desta vida, os quais inexoravelmente abalam a nossa fé na existência do bom jornalismo...

Nuno M Almeida

Os autoproclamados reservas morais...



Confesso que nunca gostei de eminências pardas ou de personagens que se autoelegem reservas morais, seja daquilo que for.

E muito menos gosto de quem consiga estar sempre com Deus e com o diabo, conforme as suas conveniências.

Também não gosto de quem em público anuncia não andar a planear candidaturas, mas que em privado tem outro discurso completamente diferente e que persiste em arregimentar os seus fieis apóstolos.

Não gosto de quem esteve ao lado de presidências que encetaram gestões desastrosas e que agora assobia para o lado, tentando passar pelo intervalo da chuva.

Não gosto de pessoas demasiado palavrosas que gostam de enlear os mais incautos através da sua evidente verborragia e retórica, visando ocultar dos demais a sua verdadeira essência e intenção.

É uma questão de estilo e de caráter, acrescento eu. Mas não gosto. De todo!

Nuno M Almeida 

terça-feira, fevereiro 20, 2018

Cuidado com os equívocos!



Caro Sr. David Dinis e demais opinadeiros,

Num Estado de Direito todos têm espaço legítimo à opinião e à formulação da crítica, mas faça o favor de não denegrir uma instituição centenária e um dos baluartes desportivos deste maravilhoso país.

Pode não gostar de Bruno Carvalho, pode até achar que há práticas dignas de Coreia do Norte pelas bandas de Alvalade, mas não insulte o Sporting.

É que sabe uma coisa? Os jogadores passam, os treinadores passam, os dirigentes passam, os presidentes vêm e vão, mas o Sporting Clube de Portugal é e sempre será eterno. E jamais deverá ser confundido com o seu líder. Seja ele qual for.

Por último, faça também o favor de não se esquecer do seguinte: não são os clubes que mandam nos sócios ou que decretam pensamentos únicos. Os sócios é que mandam nos clubes. Hoje e sempre!

Nuno M Almeida

Escandalizados vs. Amordaçados



Tendo uma grande simpatia pelo Belenenses, clube da minha cidade, gostaria muito de ter visto Rui Pedro Soares (presidente da SAD) ou até Patrick Morais de Carvalho (presidente do clube) espernearem e espumarem de indignação após o último Belenenses-Benfica. O tal dos sete minutos e tal de descontos.

É que não posso deixar de comparar posturas de responsáveis de outros clubes quando defrontam o SLB e perdem pontos graças ao artista de apito na boca com aquilo que ontem vimos por parte do presidente do Tondela - Gilberto Coimbra - segundo consta benfiquista indefectível. 

Terá a ver com generosos empréstimos financeiros? Ou com jogadores emprestados? Ou quiçá com a consciência que certos clubes têm do poder exercido pelo polvo encarnado nos bastidores do futebol português? Comem e calam?




Nuno M Almeida 

Regra de ouro
















Nuno M Almeida

segunda-feira, fevereiro 19, 2018

A memória é curta, não é?



Nuno M Almeida 

Pouca eficácia, muito coração!



Tondela, 1 - Sporting, 2

Jogar com dez grande parte do segundo tempo não justifica tudo. 

Em vez de entrarmos em campo com vontade de comermos a relva e atirarmos o adversário às cordas, ultimamente deixamo-nos cair em desvantagem. E parece que só depois disso nos lançamos ao jogo. Mas com pouca eficácia ofensiva. Só mesmo através de um milagre, como o de Coates - hoje em Tondela - conseguimos garantir os três pontos.

Se esta é a postura de quem quer ser campeão duvido mesmo muito. É nestes campos e nestes jogos que se perdem ou ganham campeonatos. E daqui a duas jornadas deslocação ao Dragão. Não podemos perder pontos até lá.

Exige-se mais garra, mais fibra, mais vontade de sermos campeões!

Facto positivo da noite: os nossos jogadores não terem desistido e terem lutado até ao último segundo!

Nuno M Almeida 

Mudemos o foco!


E que tal voltarmos a colocar o foco da discussão e do debate público naquilo que interessa ser investigado e punido?

Nuno M Almeida 

domingo, fevereiro 18, 2018

Atletismo soma e segue!



As nossas leoas são campeãs nacionais de pista coberta, enquanto os leões lograram o segundo lugar.

Mais um título para o nosso fantástico atletismo!

Parabéns!

Nuno M Almeida 

Compreendo a intenção, mas...

Percebi perfeitamente o objectivo e a lógica daquilo que Bruno Carvalho ontem disse, no encerramento da assembleia-geral, nomeadamente no que concerne à comunicação social.

Aliás, foi esta que também ontem acabou paradoxalmente por lhe dar razão ao escalpelizar em programas televisivos de debate apenas esse discurso e a afronta aos órgãos informativos. 

Ou seja, de um dia de puro sportinguismo e de enorme demonstração de amor ao clube por parte da massa associativa, mais uma vez as televisões apenas ‘pegaram’ naquilo que pode ser mais criticável ou que nos pode fragilizar perante a opinião pública. E logo com a cereja no topo do bolo: cartilheiros como André Ventura a assumirem uma postura de virgens ofendidas face à crítica do nosso presidente. Ou então, a rábula de Carlos Severino discutida até ao mais ínfimo pormenor.

Portanto, sem alinhar em carneirismos ou mesmo em atitudes de agressividade para com os jornalistas - pese embora saber que muitos não dignificam a classe - compreendo a insatisfação e a recomendação de Bruno Carvalho.

No entanto, em relação ao objecto da imagem ainda sou eu que decido o que vejo e quando. Pelo menos enquanto achar que tenho a capacidade de separar o trigo do joio e de conseguir discernir atoardas concertadas contra o nosso Sporting. É que, confesso, ainda me dá um certo gozo sádico ver a figura ridícula de verdadeiros papagaios amestrados que muitos cartilheiros conseguem fazer.




Nuno M Almeida

sábado, fevereiro 17, 2018

Ganhou o... Sporting!



Ponto 1 - 87,3%
Ponto 2 - 87,8%
Ponto 3 - 89,5%

17 de fevereiro: mais um dia e uma jornada históricos para o Sporting Clube de Portugal. Uma Assembleia Geral onde se discutia e decidia o futuro imediato do clube e o plebiscito da liderança de Bruno Carvalho.

Enorme afluência, muita dinâmica e grande vivacidade demonstrada pelos associados, deixando evidente ao país desportivo que continuamos a ser um emblema único. Volto a perguntar: estando tantos anos sem lograrem o título de campeões nacionais no futebol sénior conseguiriam eles ter esta demonstração de clubismo? Duvido. Sinceramente duvido muito. É isso que nos distingue!

Foi hoje dado um indiscutível voto de confiança a Bruno Carvalho e à sua equipa, e quanto a mim, de modo absolutamente justo. Perfeitamente merecido.

Rendi-me desde a primeira hora a Carvalho? Não, de todo!

Votei em Carvalho? Não. 

Aliás, nos dois últimos actos eleitorais fiz questão de me abster, eu que sempre defendi uma terceira via, algo que se diferenciasse da abjecta linha (c)roquettista ou daquilo que para mim era uma liderança assente num estilo demasiado populista e belicoso.

Mas também sempre gostei de ser racional e minimamente objectivo nas minhas análises. E se houve algo que consubstanciou o reconhecimento que faço do bom trabalho desenvolvido pelo actual presidente nestes últimos cinco anos foi precisamente saber diferenciar a análise fria dos números (e da performance desportiva) do estilo. O conteúdo da forma. E aí tive obviamente que me render à evidência. O homem recuperou o clube e devolveu-nos o orgulho em sermos sportinguistas. E isso é inegável e inalienável!

Por último: há muito me desagradava a ladainha gratuita e estafada contra Carvalho por parte de betos, croquetes e afins com os quais me tenho cruzado: o homem era toxicopendente, angariava comissões para os seus bolsos, tratava os funcionários a chicote, tinha anos antes tentado sacar dinheiro ao clube ao registar a marca ‘Sporting Centenário’, tendo eu depois constatado que tudo isso eram rasteiras e ignóbeis calúnias e difamações. 

Outra coisa que verdadeiramente me enojou foi ver sportinguistas com relevo na nossa sociedade, muitos da linhagem roquettista, nas bancadas do Jamor, bem perto de mim, na final de 2015, mais preocupados e focados em atacar e criticar Carvalho - o qual simplesmente se limitava nesse dia a festejar a conquista da taça - do que em se juntarem à celebração colectiva. Execrável!

Posto isto, faço sinceros votos que a partir de hoje o nosso clube ganhe finalmente alguma paz e tranquilidade, mesmo sabendo que instabilidade e conspiração fazem infelizmente parte do nosso ADN. Vicissitudes típicas de quem tem na sua génese demasiada fidalguia...

Por último, respondendo a certas insinuações: este blogue criado há quase década e meia não é nem nunca foi um espaço de propaganda de ninguém, a não ser do Sporting Clube de Portugal. Isso é facilmente atestado pela quantidade de cronistas que por aqui passaram, oriundos das mais variadas tendências, até voltar a ser aquilo que actualmente é - um espaço unipessoal do mero adepto, associado, accionista da SAD, detentor de gamebox e doador da Missão Pavilhão, Nuno Moreira de Almeida. Nada mais do que isso!

Agora toca a trabalhar em prol do clube!
Viva o Sporting! Hoje e sempre!

Nuno M Almeida 

Reconhecimento internacional...

... de uma academia verdadeiramente de excelência!




Nuno M Almeida

sexta-feira, fevereiro 16, 2018

Se dúvidas tivesse...




Estou cada vez mais convencido da competência da presidência de Bruno Carvalho quando oiço no dia-a-dia tantos adeptos de clubes rivais preocupados com a Assembleia Geral de amanhã e tão empenhados em que o homem saia do clube!

Até há cinco, seis anos nem sequer se lembravam que nós existíamos...

Nuno M Almeida