"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, outubro 23, 2018

Dilema de um adepto sportinguista









Após um Verão demasiado quente que representou uma página muito negra na história do clube, com instabilidade e indefinição na construção de um plantel e com eleições para os orgãos sociais, os factos são estes :

1. Estamos em competição na Taça da Liga,
2. na Taça de Portugal seguimos em frente,
3. no campeonato estamos a 4 pontos dos líderes,
4. na Liga Europa posicionamo-nos no segundo lugar, em vésperas de defrontar o primeiro classificado.

Mau? Não, de todo!

Mas...

Chegamos a esta altura - 3 meses após o arranque da temporada - e continuamos a não ver um fio de jogo ou uma ideia concreta a nível táctico.

Semana após semana a qualidade exibicional vem caindo, os jogos mal conseguidos vão-se sucedendo, há exibições verdadeiramente inenarráveis - Portimão, Alverca, Poltava - pelo que sportinguista que se preze não pode neste momento atender apenas a factos.

Há indícios muito sérios e preocupantes, sobretudo agora que a competição vai apertar, que a equipa não está à altura de enfrentar os desafios que se avizinham.

A palavra agora ao senhor presidente - demasiado low profile - e aos novos responsáveis pelo futebol leonino. Seguramente saberão melhor qual o verdadeiro diagnóstico e as medidas mais adequadas a tomar. Em particular o primeiro, decerto habituado a fazer diagnósticos e a prescrever as panaceias correctas!


Nuno M Almeida

Pura classe...

Fonte: OneFootball


Nuno M Almeida 

domingo, outubro 21, 2018

Em casa onde não há pão...


Nuno M Almeida 

Yo no creo en brujas...

Nunca fiz parte de um balneário de alta competição, ao contrário de Pedro Guerra no seu gigante Damaiense, mas cada vez acredito menos na coincidência de que, após o castigo a Nani, a qualidade exibicional da equipa caiu a pique.

Um passo inevitável para se 'perder' um balneário e um grupo de trabalho é aplicar um castigo desproporcionado a um dos seus líderes.

O treinador pode ter muito poder, ser uma figura de referência num grupo de trabalho, mas quem verdadeiramente comanda  e influencia um grupo de jogadores são os seus capitães. É dos livros!

Já antes o escrevi: Nani não esteve bem, mas uma reprimenda e um castigo pecuniário teriam sido suficientes. Jamais uma reprimenda pública. Creio que se exagerou. Peseiro foi do 8 ao 80, ele que sempre havia sido visto como um disciplinador mole. Tentou contrariar essa imagem. Creio que foi contraproducente. 

O futuro o dirá! 

Nuno M Almeida 

quarta-feira, outubro 17, 2018

Pertinente!




Importando saber quem ‘secou’ a academia de Alcochete - e com que motivação - mais prioritário é agora apanhar os cacos de uma estratégia suicida e irresponsável, e revitalizar aquela que já foi uma das melhores e mais frutíferas academias de futebol da Europa!

Desinvestir nos quadros humanos que tão bom trabalho desenvolviam e não investir na melhoria de infraestruturas com evidentes limitações, sobretudo em prol da contratação de Meli’s, Petrovic’s, Douglas, Alan Ruizes e outros pernas de pau, deveria merecer - no mínimo - a expulsão por crimes de lesa-clube!

Nuno M Almeida

sexta-feira, outubro 12, 2018

Contas 2017/1018



Nuno M Almeida 

quinta-feira, outubro 11, 2018

The Alcochete gate


Nuno M Almeida

quarta-feira, outubro 10, 2018

Y porque no te callas?


Alguém que faça o caridoso favor de lembrar a este personagem que as eleições no Sporting ocorreram há apenas um mês.

É bom que o senhor em causa se recorde que nem sequer foi o segundo candidato mais votado.

Portanto, deixe-se de tretas, faça-nos o favor de se remeter ao silêncio conjuntamente com o seu amigo Bruno, e deixe trabalhar quem foi eleito. Com tempo e serenidade!

Com sportinguistas destes não há, de facto, necessidade de termos os clubes rivais a tentarem rasteirar-nos.

Nuno M Almeida

Taça de Portugal


Nuno M Almeida 

Aperta-se o cerco




Nuno M Almeida

terça-feira, outubro 09, 2018

Coincidências...



Pode ser coincidência - yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay - mas desde que houve eleições em Alvalade, tem havido um ressurgimento inusitado de Godinho Lopes.

Exemplo de hoje: publicação de duas entrevistas, uma no Record e outra na Bola.

Agências de comunicação no seu melhor...

Nuno M Almeida

Onde pára o milhão?


Nuno M Almeida

segunda-feira, outubro 08, 2018

O habitual



Já devíamos estar habituados que num clube como o nosso há sempre alguém avidamente à espera de insucessos para logo pôr tudo em causa e reivindicar regressos ‘sebastiânicos’...

Autofagia e problemas de memória, os eternos males da nação leonina.

Nuno M Almeida

Uma questão de...’motivação’


Um valente bocejo de Battaglia, ontem, antes do jogo com o Portimonense se iniciar, é bem o espelho do tipo de entusiasmo, motivação e concentração competitiva que reinam na nossa equipa.

Nuno M Almeida

domingo, outubro 07, 2018

O Sporting 2018/2019...

Eis o Sporting 2018/2019:

Pré-época construída aos solavancos.
Incerteza até tarde sobre entradas e saídas.
Jogadores que chegaram a conta-gotas.
Plantel desequilibrado.
Poucas soluções no ataque. 
Zero alternativas a Bas Dost.
Treinador que foi o ‘que se pôde arranjar’.
Estrutura de futebol acabada de chegar, após eleições em Setembro.
Caso Nani tratado, quanto a mim, com ‘barulho’ a mais, sabendo-se o peso do capitão no balneário.

Esperavam milagres? Em alta competição? Eu não!

Nuno M Almeida

Nem sempre há milagres como em Poltava


Portimonense, 4 - Sporting, 2

quinta-feira, outubro 04, 2018

Noventa minutos a dormir...


Vorskla, 1 - Sporting, 2

Ridículo!



O Conselho de Disciplina da Federação puniu o Sporting com o pagamento de uma multa no valor de 479 euros por causa do comportamento do 'Jubas' no último jogo em Alvalade.


Segundo os iluminados que elaboraram o relatório "no final do jogo a mascote do Sporting, aquando o direto do superflash, entrou no relvado, colocou-se primeiro atrás do backdrop, depois na frente e abraçou o jogador do Sporting na entrevista, perturbando a normal realização da superflash". 


Uma atitude grave, ofensiva, lesiva do futebol e que, na minha modesta opinião, até merecia uma pena de prisão para o Jubas! Cinco anos de pena. No mínimo!


É que bom, bom, é ter grupos de adeptos organizados...


Nuno M Almeida