"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quinta-feira, julho 19, 2018

Benedito formalizado enquanto candidato


João Benedito:

"Lideraremos pelo exemplo, pela raça, pela alma e pelos valores do nosso clube. 

Se alguém tem dúvidas sobre a manutenção do que é acertado, connosco podem ter a certeza que o que está bem não será alterado. 

Vamos manter a aposta vencedora nas madalidades, a manutenção da SAD pelo clube, o crescimento da militância, a introdução da tecnologia no futebol e a luta pela verdade desportiva.

Queremos um Sporting independente, com controlo maioritário da SAD e tudo faremos para recuperar o que for viável. Um Sporting que se lance no futuro, com ideias, projeto, sem sportiguistas mais notáveis que outros. Que vote a encher os sportinguistas de orgulho e muitas vitórias."

Nuno M Almeida 

Ao que isto chegou...

Comecei a viver com fervor e entusiasmo nos anos 70 o meu sportinguismo. O mesmo sportinguismo indefectível que ainda hoje vivo e respiro.

Enquanto sportinguista vi o meu clube passar por situações difíceis, mesmo com grandes homens ao leme, como o saudoso presidente João Rocha.

Mas nunca, jamais, em tempo algum, imaginei que o clube do meu coração pudesse descer tão baixo e ter gente tão rasca e rasteira a falar em seu nome e a encher a boca com essa maravilhosa e honrada instituição centenária.

Não sei quem abriu a porta a personagens tão pouco recomendáveis mas talvez seja altura de mostrar inequivocamente a toda essa gentalha a porta de saída!

Somos o Sporting, não somos a sociedade filarmónica de ‘trás do sol posto’ ou um clubezito de bairro. Sem desprimor por colectividades mais humildes e modestas.

Só que não podemos nem devemos pactuar com comportamentos menos lícitos ou com néscios que apenas usam o Sporting em proveito próprio, sem pingo de escrúpulos!

Nuno M Almeida

quarta-feira, julho 18, 2018

Momento Monty Python



Nuno M Almeida

“Raça e Futuro”

Apresentação da candidatura de João Benedito:

Quinta-feira, às 12h30 - Avenida Frei Miguel Contreiras, n.º 52, em Lisboa.


Nuno M Almeida


No país do 'deita abaixo'...






No país do deita abaixo, da invejazinha, da intriga, do anonimato cobarde e do insulto fácil, o nosso clube não poderia de facto destoar. Mentes pequeninas.

Basta ler os comentários diariamente deixados neste blogue, navegar pelas redes sociais ou visitar as versões online dos jornais desportivos para ler o desfile de disparates e calúnias que por aí proliferam.

O Benedito é um encostado dissimulado, o Varandas é um abutre venenoso traidor, o Dias Ferreira etc e tal... ou seja, neste clube ninguém tem valor, sendo tudo uma cambada de oportunistas que apenas visam servir-se do Sporting.

Pois bem, reiterando a minha opinião de que a pulverização de candidaturas - embora seja um sinal de vitalidade - poderá ser prejudicial porque deixará espaço de manobra e demasiada expressão eleitoral à oposição que resulte das próximas eleições, também serei o primeiro a aplaudir TODOS os meus consócios que decidam saír da sua zona de conforto e assim formalizarem candidaturas.

É que enquanto uns quantos trolls frustrados, recalcados e ressabiados sem pingo de talento ou valor apenas se dedicam a destilar fel, outros, bem ou mal, tentam encontrar soluções para o clube e assegurar um futuro mais estável para o Sporting. Sobretudo depois da tempestade de insensatez e loucura que assolou Alvalade!

Mas é assim a vida: enquanto uns constroem, outros vilipendiam e tentam deitar abaixo. Não há nada a fazer a não ser conviver com esta gentalha rasca e pequenina. Demasiado pequenina.

Nuno M Almeida

Seriam dois excelentes reforços!

Muito provavelmente é mera especulação jornalística, tão típica da silly season, mas a concretizar-se, seriam dois excelentes reforços!

Duvido é que tal venha a acontecer porque não creio que Slimani e Javi Garcia - este já antes havia recusado o Sporting - deixem duas ligas tão competitivas para jogarem em Portugal...


Nuno M Almeida


terça-feira, julho 17, 2018

Benedito deve avançar


Se se concretizar esta semana a formalização da candidatura de João Benedito, para mim isso será uma excelente notícia.

Há muito digo que Benedito pode perfeitamente personificar a terceira via que também há muito reivindico.

Uma alternativa que corte com o (c)roquettismo dos sportinguistas que teimam na prevalência de uma linhagem que se julga ser dona do clube e legítima herdeira do Sporting do Visconde de Alvalade.

Uma alternativa que também rompa com uma linha populista, fundada num estilo de liderança demasiado centrado no líder, caracterizado por um discurso beligerante e trauliteiro. Como até há pouco tempo tivemos...

João Benedito é um indivíduo com formação académica em Gestão, tem uma enorme experiência desportiva, conhecendo perfeitamente todas as variáveis que mexem com a dinâmica de um grupo de trabalho, foi ainda funcionário do clube e é muito bem visto em vários sectores leoninos.

A tudo isso junta um enorme sportinguismo, uma personalidade conciliadora e um estilo sóbrio e equilibrado.

Resta saber se avança. Com que equipa e com que programa.

Não se me afigurando saudável a pulverização de candidaturas - embora alguns aludam a dinâmica e vivacidade do clube para justificar tantos candidatos - diria que o ideal seria termos poucos contendores, mas com alternativas sólidas e verdadeiramente enquadráveis na nossa actual realidade.

Com muitos candidatos a apresentarem-se a sufrágio, será pouco expectável que o vencedor angarie uma percentagem de votos avassaladora. Ora, isso deixará espaço de manobra e demasiada expressão eleitoral a uma oposição que resulte das próximas eleições. E se há coisa de que o Sporting urgentemente necessita é de coesão, união e de verdadeiros pactos de regime. Não de mais divisões e guerras de capelinhas.

Nuno M Almeida


segunda-feira, julho 16, 2018

Ping pong... das comadres



Nuno M Almeida

Mais alguns sinais interessantes


Lausanne, 1 - Sporting, 4

Nuno M Almeida

Seja presidente quem for...

... o Sporting é dos sócios e para os sócios!

Já cá ‘cantam’ as gameboxes para a nova época.

Não há polémica, crise institucional ou desportiva, desfalque no plantel, CM TV ou presidente que esmoreça nesta família a fé e a crença leonina!


Nuno M Almeida 


domingo, julho 15, 2018

Tudo menos isso!


Nuno M Almeida 

O próximo Bettencourt?


Em 2009, José Eduardo Bettencourt era visto como o candidato do chamado sportinguismo ‘tradicional’, na altura concorrendo contra Paulo Cristovão, um candidato de uma linha mais populista.

José Eduardo Bettencourt era apoiado pelos chamados notáveis do clube, pela linhagem dos apelidos sonantes, por tudo o que era ala (c)roquettista e ainda pela banca. Banca na qual havia trabalhado até ser eleito e à qual voltou após sair do Sporting.

Adicionalmente, era valorizado porque já tinha exercido funções no clube, nomeadamente no departamento de futebol, no qual - a par de Miguel Ribeiro Telles - tinha sido campeão nacional e beneficiava de uma pretensa boa relação com os jogadores.

Quando foi eleito presidente revelou-se um deserto de ideias, um completo fracasso na gestão do futebol - “Paulo Bento forever”, Paulo Sérgio, Costinha... - e um líder sem força para mudar o que quer que fosse dentro do clube. 

Pese embora tudo isso, Eduardo Bettencourt era na altura o presidente da SAD do Sporting mais bem pago de sempre. A comissão de vencimentos liderada pelo antecessor Soares Franco havia proposto um ordenado de 300 mil euros brutos, por ano, o que dava 21,4 mil euros por mês durante 14 meses. Resultados desportivos... zero.

Recordo-me também daquele patético dia em que pomposamente chamou a Alvalade os jornalistas, no âmbito de uma reunião informal, para lhes anunciar e apresentar... a sua nova conta no twitter.

Este foi o homem no qual que votei, voto do qual mais tarde bem me arrependi. 

Mas como está actualmente em curso outra candidatura que muito me faz recordar Bettencourt, seguramente tentarei evitar cometer pela segunda vez o mesmo erro!

Nuno M Almeida

sábado, julho 14, 2018

Uma grande salada... de honra



Comissão de honra? O que é isso? Uma estafada fogueira de vaidades? Uma forma de apresentar uma lista que seja um misto de sportinguistas conhecidos, de oportunistas inúteis que se posicionam consonante o vento, de malta de várias tendências no sentido de tentar oferecer alguma credibilidade e abrangência à candidatura? Ou uma mera estratégia comunicacional do ‘guru’ Luís Paixão Martins?

Seja qual for o objectivo, mais ou menos bem intencionado, rejeito completamente esta tendência ou ideia que alguns persistem em ter - já com o anterior presidente aconteceu o mesmo - de criarem grupos de pretensos notáveis, de gente à qual se tenta colar uma imagem de nata do Sporting, le crème de la crème.

É que na verdade nenhum destes sportinguistas é mais importante ou tem mais valor do que qualquer um dos restantes 170.000 sócios. Aliás, um dos problemas crónicos deste clube assenta sempre nestes notáveis de pacotilha que apenas procuram fogueiras de vaidades e estatutos da treta, porque quando toca a trabalhar e arregaçar as mangas em prol do clube... nunca se vêem. Esfumam-se. Desaparecem.

Nesta miscelânea que é esta tal comissão de honra vejo gentinha ligada ao (c)roquettismo, cataventos que já estiveram nas listas de Madeira Rodrigues, ex-acérrimos defensores de Bruno Carvalho, ‘gestores’ e mais ‘gestores’, entre outros camaleões que se posicionam conforme as conveniências em função do vento de poder que em determinado momento sopra.

Este é e sempre será o pior legado no meio de tudo aquilo que de bom o ADN fundador do Visconde de Alvalade aportou ao Sporting: a (in)útil elite...

E pelos vistos Varandas também vai por aí. 

Nuno M Almeida

Sinais interessantes


Sporting, 1 - Nice, 0

Neste jogo com o Nice, uma das principais equipas da última liga francesa - agora treinada pela lenda Patrick Vieira - sinais interessantes deixados pelo Sporting.

Maior entrosamento, melhor ligação entre sectores, boas recuperações de bola, pressão alta e transições rápidas. Sobretudo na segunda parte.

Como é evidente há muito a melhorar num plantel profundamente remodelado, mas a cada jogo será evidente a melhoria, tanto a nível individual como colectivamente, em função de mais e melhor ritmo acumulado.

Tenho gostado em particular de Viviano, Matheus Pereira, Raphinha e Jovane. Boas indicações.

Nuno M Almeida 



Mudam-se os tempos...


Quando até a ex-presidente da ex-comissão ‘qualquer coisa não sei quantas’ criada pelo Bruno Miguel lhe retira apoio, algo está mesmo para acontecer.

Ó Elsa, conta lá ao pessoal: o que é que tu sabes? O que é que aí vem?

Só os burros é que não mudam de opinião, mas parece que se mudam os tempos, se mudam as vontades...

Nuno M Almeida 

Será?


Nuno M Almeida

sexta-feira, julho 13, 2018

Rogério Alves, porquê?



Não sendo particular admirador de Rogério Alves, pelo contrário, não entendo porque há-de o mesmo ser considerado um grande trunfo na lista de Frederico Varandas e de repente ter sido promovido a grande figura consensual da nação leonina.

Qual o grande currículo de Alves ao serviço do Sporting? Ter sido presidente da Mesa da Assembleia-Geral de Godinho Lopes? Como Eduardo Barroso? Como Dias Ferreira? Como Marta Soares?

Ou ter sido o prolixo advogado de Jorge Jesus, Álvaro Sobrinho e de Paulo Pereira Cristovão?

De facto, saber gerir a imagem, em particular junto da comunicação social, mantendo estreitas relações com jornalistas, faz milagres...

Nuno M Almeida 

William a caminho do Bétis

Entre andarmos anos e anos enredados com processos em tribunal - mesmo com fortes possibilidades de ganharmos - ou resolver a bem as transferências dos jogadores que não querem voltar a Alvalade e ainda encaixarmos uns necessários milhões, diria que a opção mais sensata será óbvia... pelo menos para a maioria dos sportinguistas...


Nuno M Almeida 


quinta-feira, julho 12, 2018

Derrota em terras suíças


Depois de uma expressiva vitória por 6-0 frente a uma equipa regional - Lancy - derrota há pouco frente ao Neuchatel Xamax, por 2-1.

Claro que agora virão os arautos da desgraça dizer que estamos prestes a descer de divisão, que esta comissão de Gestão é uma comissão liquidatária, que se anuncia o caos e que esta será a primeira de muitas derrotas.

Jogo importante para que os novos elementos se integrem e se adaptem a um plantel também ele em reconstrução. Nesta altura os resultados valem o que valem.

Gostei de algumas boas indicações dos novos reforços, nomeadamente de Viviano na baliza, tendo tido algumas boas intervenções a evitar golos de uma equipa mais avançada na preparação.

Mas obviamente ainda falta muito para um Sporting reconstruído de qualidade e para que a equipa esteja pronta para os desafios da época oficial que se vai iniciar.

Mais jogadores chegarão, outros serão dispensados, pelo que ainda é absolutamente prematuro fazer grandes análises.

Nota final de destaque para o apoio dos sportinguista presentes no jogo de hoje, por terras suíças.

Nuno M Almeida 

Candidaturas siamesas


Nuno M Almeida 

quarta-feira, julho 11, 2018

Deixem-no concorrer!


Faço sinceros votos para que Bruno Miguel - que há pouco começou a apresentar a sua candidatura - possa ir a eleições para que seja copiosamente derrotado e de uma vez por todas se acabe com o mito!

O pior que se poderia fazer seria inibir este personagem de se candidatar, correndo-se dessa forma o risco de pairar sempre no ar a ideia de que outro ganhou, apenas e só, porque este foi impedido de se apresentar a votos.

Que os sócios votem, que lhe ofereçam uma derrota inequivocamente histórica e que de uma vez por todas deixe o Sporting em paz!

Nuno M Almeida 



O regresso de um dos filhos pródigos


Com 31 anos, ainda com bastante para dar e com larga experiência internacional em bons clubes - inclusivamente com uma Champions no currículo - Nani poderá ser uma enorme mais-valia numa época de reconstrução.

Num plantel onde seguramente haverá um misto de jogadores traquejados e de futebolistas vindos da academia, Nani será um elemento-chave ao transmitir a sua experiência aos mais jovens, devendo também assumir-se como uma das vozes de comando no balneário e no campo.

Nuno M Almeida 

Das duas uma!


É oficial: Carlos Vieira avança com uma candidatura à liderança do Sporting.

Das duas uma: ou é uma lista marioneta de Bruno Miguel, ou então é uma candidatura dissidente do brunismo, já que conta com nomes como Rui Caeiro, Luis Roque ou Quintela. Em ambos os casos, acautelando já a possibilidade do ex-líder ser formal e estatutariamente impedido de avançar.

Quer seja uma coisa, quer seja outra, espero que esta lista seja clara e inequivocamente derrotada no próximo acto eleitoral!

É que os sportinguistas não se podem esquecer do que Bruno Miguel fez nas últimas semanas da sua presidência, e muito menos esquecerem-se de quem esteve com ele!



Nuno M Almeida 

Quem com ferro fere...


De vez em quando aparecem no nosso clube umas personagens estranhas e bizarras alapadas  a quem detém o poder, personagens essas de quem nunca ninguém havia ouvido falar ou em relação às quais nem se conhecia grande militância sportinguista.

Esta tal de Elsa Judas é uma delas, tendo começado por ser conhecida no universo leonino ao ser presença assídua na Sporting TV, constantemente a cantar loas ao ex-presidente, num estilo comum a ambos - trauliteiro e provocador.

Mas o maior destaque que acabou por ter foi na fase final do brunismo, enquanto presidente nomeada de uma coisa que nunca se percebeu muito bem o que era, uma tal de comissão transitória criada pelo grande líder.

Como foi tudo mau demais, a dita personagem - que andou a brincar às comissões e às assembleias virtuais - vai ser agora alvo de processo disciplinar.

Acrescente-se que essa personagem, segundo avança a comunicação social, nem sequer pagava quotas desde 2009, tendo apenas regularizado o pagamento das mesmas às 23h59 do passado dia 31 de Maio, vésperas de ser nomeada por Carvalho para aquela coisa chamada comissão não sei quantas. Uma sportinguista de pacotilha, portanto.

Mais uma que vai ficar na memória colectiva leonina pelos piores motivos...

Nuno M Almeida 

terça-feira, julho 10, 2018

Venham mais uns milhõezinhos!


Cristiano Ronaldo confirmado na Juventus!

Ao abrigo dos direitos de formação e do mecanismo de solidariedade lá virão mais uns milhões para os nossos cofres. Em concreto, dois milhões e meio.

O abono de família do Real Madrid muda-se assim de armas e bagagens para Turim e contribui com mais uma simpática verbazinha para o clube que o formou.

Daqui a quatro anos cá te esperamos para a tua época de despedida com o leão ao peito...

Nuno M Almeida 

A minha vénia, Bruno!



“O contrato foi melhorado pelo meu empresário, mas rejeitado por mim. Obviamente que o meu empresário fez o trabalho dele, mas disse-lhe que voltava com as mesmas condições, senão preferia sair. 
Voltei ao Sporting porque quis, porque sei que o projeto é bom, quero lutar por títulos, é disso que eu vivo. 
Não houve qualquer melhoria de contrato, nem teria de haver da minha parte. Só se o Sporting assim o achasse. 
Se o futuro presidente disser que me quer melhorar o contrato, aí sim; agora não. Não fiz qualquer tipo de chantagem para voltar ao Sporting".

Bruno Fernandes 


Espero que alguns dos dissidentes formados na nossa casa ponham os olhos neste exemplo de Bruno Fernandes.

Se já era fã deste jogador desde os seus tempos de futebol italiano, hoje ainda mais admirador fiquei deste rapaz!

Ao ter decidido continuar de leão ao peito, não só ajuda o Sporting a legitimar juridicamente a posição do clube neste imbróglio das rescisões, como mostra que acredita no novo projecto desportivo e que está grato aos adeptos que o apoiaram,

Para mim, sem sombra de dúvida, merece fazer parte do lote de capitães nesta nova época que agora se inicia.

Nuno M Almeida 

Boa, Bruno! Boa, Sousa Cintra!


Muito bem, Bruno!

Tenhas o ordenado inalterado, duplicado, triplicado ou quadruplicado, eu aplaudo-te. Nem que seja o único sportinguista a fazê-lo, mas eu aplaudo-te!

Ao contrário de outros formados no clube, tu ficas. Sejas qual for a motivação, tu ficas!

Parabéns, Sousa Cintra! Também neste caso, nem que seja o único sportinguista a fazê-lo, eu dou-lhe os parabéns presidente!

Bom trabalho! Este adepto, sócio, detentor de gamebox e acionista da SAD agradece!

Nuno M Almeida

Perde-se o poder, perde-se influência

Quando até Judas lhe vira as costas...


Voltando a temas mais terrestres e menos celestiais, aqui está algo que há algum tempo seria uma má notícia mas que agora até se aceita, dadas as circunstâncias entretanto criadas.

Quinze milhões por Gelson seguramente darão imenso jeito face a necessidades prementes de tesouraria, reforçamos ainda o plantel com um guarda-redes português com bastante potencial - na época passada vi vários jogos no Restelo e comprovei a sua qualidade - e obtemos Vietto por empréstimo, jogador que nos poderá ser bastante útil.

Má notícia será a possível ida de Rafael Leão para Dortmund sem qualquer compensação para os nossos cofres. Mas pelo menos também será mais um que não irá para o bairro onde se anunciam ‘loucuras’...


Nuno M Almeida 




segunda-feira, julho 09, 2018

De detido em detido...

... até?



Nuno M Almeida 

O nosso eterno presidente


9 de Julho de 1930: há exatamente 88 anos nascia João Rocha, o presidente que marcou a história do nosso clube, um acérrimo defensor de um Sporting eclético, vitorioso e pujante. 

O timoneiro do Sporting com o qual iniciei a minha vivência e fervor clubístico.

Um líder ímpar e um nome eterno na história centenária do Sporting Clube de Portugal!

Nuno M Almeida

(C)roquette

Personagem com curso tirado numa faculdade ‘duvidosa’ mas que obviamente necessita da licenciatura para se poder gabar do seu título de ‘dr’, mesmo que o seu percurso profissional apresente um trajecto ziguezagueante e inconsistente.

Indivíduo que vive de amiguismos, de cunhas e de alusões a amigos com apelidos pomposos para poder ter algum protagonismo social e um mínimo de importância no seu círculo de conhecimentos.

Pessoa que consoante o vento procura estar sempre perto daqueles que lhe podem proporcionar um quinhãozito de poder por forma a sentir alguma importância, sabendo que no fundo é um incompetente sem particular capacidade para fazer o que quer que seja.

Senhoras e senhores, eis o perfil típico dos apóstolos e seguidores do (c)roquettismo, aquela linhagem intragável que procura capturar novamente o poder em Alvalade, aproveitando o caos deixado pelos dislates e pelo caciquismo da era brunista.

É que, pese embora os sportinguistas tenham rejeitado o brunismo, isso não significa o nosso desejo de nocivos regressos ao passado. Pelo contrário!

Começa a ser demasiado evidente a reaparição na comunicação social e a tentativa de recuperação e reabilitação da imagem de personagens ligadas a períodos negros do (c)roquettismo. 

Convém por isso termos memória e não cometermos novamente os mesmos erros. Por mais competentes que as agências de comunicação ao serviço dos ditos possam ser!

Nuno M Almeida 


Alguém duvida?


Aos arautos da desgraça e a todos aqueles que apenas insistem em ver negro, pergunto se com jogadores como André Moreira, Viviano, Bruno Gaspar, Ristovski, Piccini, Coates, Mathieu, Marcelo, Bruno Fernandes, Nani, Vietto, Matheus Pereira, Palhinha, Francisco Geraldes, Montero e mais uns dois ou três reforços de qualidade - Slimani? - não teremos plantel com qualidade suficiente para lutar pelo título?

Nuno M Almeida

E não me avisaram?

Caros Bruno e Quintela, meio milhão por ano? E eu aqui com um blogue tão baratinho? Podiam ter-me pedido que eu até faria desconto...

Perfis falsos era aos magotes, tanto a comentar nas blogosfera quanto no Facebook, quer a exaltarem os feitos de sua Exa. quer a insultarem quem ousava criticar o ex-presidente. 

De repente, após o dia da destituição, esfumaram-se...


Nuno M Almeida 


domingo, julho 08, 2018

Este fica!


Do grupo de jogadores que apresentaram o pedido de rescisão, sabe-se agora que Bruno Fernandes vai ficar no plantel.

Sem hesitação digo que era o jogador que mais pena tinha de ver saír de todo aquele grupo de ‘foragidos’. Por isso, fico muito satisfeito com esta notícia. 

Há muito aprecio as suas qualidades, ainda nos tempos de Udinese e Sampdoria, e ter sido eleito o melhor jogador da liga passada não foi seguramente obra do acaso.

Vai receber dois milhões por época? Não me choca. É merecido! Não apareceu um grande europeu? Não sei, nem me interessa!

Quanto a alguns que rescindiram, que se dizem leões e que Alvalade é a sua casa... nem sequer os vou adjetivar.

Por último, uma derrota de pré-época para os abutres de Carnide que tentaram a todo o custo desviar o craque para lá. Ficam a chuchar no dedo!



Nuno M Almeida



Tenho pena...


Pelo que me foi dito, João Benedito foi convencido por Rogério Alves a não avançar por esta altura com uma candidatura à presidência.

Segundo consta, o candidato a presidente da mesa da assembleia geral pela lista de Varandas aludiu à necessidade de convergência, pelo que o avanço de Benedito poderia dividir demasiado os votos.

Outro argumento apresentado ao nosso ex-capitão de futsal foi o de que a hora dele chegará, mas não agora.

Tenho pena, até porque há bastante tempo defendo que João Benedito poderá personificar a terceira via de que na minha opinião o clube necessita.

Enquanto se lê que personagens como Carvalho, Vieira ou Caeiro poderão avançar, um nome válido como Benedito ficará na reserva para mais tarde. Enfim...

Nuno M Almeida 

sexta-feira, julho 06, 2018

Liga 2018/2019

Primeira jornada:
Moreirense - fora

(...)

Terceira jornada:
Benfica - fora

(...)

Décima sétima jornada:
FC Porto - casa


Nuno M Almeida 

Eu sou do Sporting Clube de Portugal!

Enquanto algums teimam em andar entretidos em guerras e guerrinhas de tendências, capelas e capelinhas, de tachos e tachinhos, de estatutos e estatutinhos, eu prefiro continuar focado em ser única e somente adepto do Sporting Clube de Portugal.

Nunca fui, não sou e jamais serei adepto do José Roquete Clube de Portugal, do Dias da Cunha Clube de Portugal, do Bruno Carvalho Clube de Portugal ou de outra coisa qualquer.

E muito menos andarei encostado a candidatos em busca de um lugarzinho numa lista para ostentar estatuto junto dos amigos ou para ver se isso me abre portas a nível profissional. Como alguns inúteis fazem...

Por isso mesmo, prioridade total a renovar as gameboxes cá de casa, a manter as quotas da família em dia e a encomendar as novas camisolas.

Aqui não se valoriza se o Sporting foi tomado de assalto pela maçonaria, se onde antes havia opus dei agora existem aventais ou outra porcaria qualquer.

Nesta família leonina privilegia-se o Sporting, a condição de adepto e sócio de bancada e o apoio aos jogadores e treinadores que no momento representarem o Sporting. Nada mais!

É que tudo o resto será conversa da treta e divisionismo rasca contraproducente!

Deixem-se de discussões parvas e ajudem o clube! Renovem as vossas gameboxes! Sejam sportinguistas... incondicionalmente!





Nuno M Almeida 

Sai Gelson, entra Nani?


Nuno M Almeida 

quinta-feira, julho 05, 2018

“Bruneco”

Ser apelidado de ‘bruneco’ por criticar o aparecimento de um candidato que representa a ala (c)roquettista é qualquer coisa de surreal.

Fico então a saber que sou um bruneco por ter ousado elogiar aquilo que de bom Bruno Miguel fez antes de decidir ser um incendiário e por considerar Madeira Rodrigues um candidato (c)roquette.

É o que eu digo: muitos sportinguistas vivem na realidade bidimensional do 8 ou do 80. Vivem no maniqueísmo do preto ou do branco. Não aceitam nem admitem qualquer outra cor.

É mesmo uma causa perdida. É que qualquer explicação - mesmo que em forma de desenho - jamais será eficaz junto de quem não quer ou não consegue perceber!

Néscios existem em todos os clubes. O nosso não poderia ser excepção.

Nuno M Almeida

“Sou e sempre serei um Leão!”


Suportei e vivi muitas situações menos positivas, para poder representar o meu clube, dando sempre o máximo de mim e sendo soberana, a minha vontade de honrar a camisola que vestia desde os meus 12 anos.

(…) 

Os motivos que me levaram a sair são hoje conhecidos por todos vós... São de conhecimento público... as causas descritas na minha rescisão. Nunca faltei ao respeito a ninguém nem nunca o irei fazer, pois o meu silêncio até hoje, foi exclusivamente por respeito a todos!

(...)

 Até ao momento da minha rescisão, tinha-se tornado insustentável a minha continuidade, por comprometer a minha produtividade profissional perante o meu clube, e por essa razão, não estariam jamais, reunidas as condições para exercer a minha atividade profissional no Sporting.

(...)

 Respeito e vou sempre respeitar todas as opiniões por parte dos adeptos, agradecendo todo o apoio que me deram ao longo de todos estes anos... e vou continuar a acompanhar de perto e com o coração, este meu grande clube. Após todos estes anos, esta não era a forma que imaginava de me despedir do meu clube e de todos vós, mas espero que guardem convosco aquilo que sinto!!! Que sou e sempre serei um leão!”


Rui Patrício 


Nuno M Almeida


Até podias trazer Guardiola ou Mourinho...


Caro Pedro Madeira Rodrigues, como qualquer sócio com a sua filiação regularizada, tens todo o direito de te candidatar.

Mas o que também te digo é que essa conversa da promessa de treinador foi chão que já deu uvas. Isso era antigamente, quando se anunciavam cabeças-de-cartaz para aliciar os sócios.

Meu caro, na minha modesta opinião até podias anunciar Guardiola ou Mourinho, que serias igualmente cilindrado nas urnas!

Os sócios mostraram claramente no Altice Arena que não querem Bruno Carvalho, da mesma forma que nas últimas eleições deixaram cabalmente demonstrado que não querem regressos ao passado. 

E tu, caro Madeira Rodrigues, tu representas tudo aquilo que é o (c)roquettismo no Sporting. Não só pelas ideias que tens para o clube, como pela equipa que na altura constituiste para te acompanhar e que seguramente não será muito diferente da que aí vem. Um exército de (c)roquettes? Não, obrigado!

Nuno M Almeida

quarta-feira, julho 04, 2018

Se não tivesse faltado bom senso...


Hoje, alguns jornais do costume batem na tecla de uma dívida de 40 milhões a fornecedores. Ora, sendo um número bem grande e bem redondo não é nada de transcendente em grandes clubes de futebol. Nenhum paga a pronto!

Seguramente que o anterior presidente contaria com o encaixe da venda de jogadores como Rui Patrício, Gelson ou William para saldar essa dívida e ainda sobrarem uns quantos milhões. Nada de mais. Todos os anos os grandes de Portugal encetam grandes vendas para poderem fazer face a esse tipo de dívidas.

Onde o anterior presidente estragou tudo foi na gestão de recursos humanos, ao criar um conflito insanável com esses e outros atletas. E ao fazê-lo propiciou o imbróglio das rescisões que todos sabemos, pondo em risco - pelo menos a curto e médio prazo - o encaixe de que necessitamos. Muito pouco inteligente e um erro estratégico absurdo!

Esperemos agora que com novos protagonistas se consiga reverter a situação e compôr as coisas. Creio que com bom senso - algo que o anterior presidente desconhecia - e diálogo, tal se conseguirá.

O que se pode questionar é a ‘suposta’ verba de 30 milhões transferida da SAD para as modalidades. Então não era suficiente financiar as ditas com as quotas dos sócios? Isso sim, é para mim bem preocupante!

Que a auditoria às contas agora iniciada clarifique tudo!

Nuno M Almeida

domingo, julho 01, 2018

Em casa onde não há pão...

... todos ralham e ninguém tem razão!

Enquanto se aproveitar todo e qualquer assunto, ou toda e qualquer decisão, para se fazer uma enorme gritaria e apelar ao Brunismo Clube de Portugal ou para fazer a apologia do Anti-Brunismo Clube de Portugal, estaremos mal.

Mas se muitos continuam a acreditar que essa é melhor estratégia para defender os superiores interesses do Sporting Clube de Portugal, pois continuem entretidos nesses cultos de personalidade, que união e coesão serão sempre umas quimeras pelas bandas de Alvalade. 

É que a alguns interessa agora a política da terra queimada: quanto pior, melhor para eles. Mais se sublimará assim o mito e a figura do homem providencial, algo que tanto agrada a tantos sportinguistas, sempre ávidos de figuras tutelares.

Os nossos rivais agradecem...

Vou agora de férias... de Sporting... e de novelas de duvidosa qualidade.

Fiquem bem, seguramente entretidos em guerras de alecrim e manjerona que tanto apreciam!



Por último, em dia de aniversário, uma forte saudação ao Sporting Clube de Portugal: 112 anos de esforço, dedicação, devoção e glória!




Nuno M Almeida