"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, janeiro 16, 2017

Liderança com chicote



Sacudir a água do capote,
Ir ao balneário insultar os jogadores logo após um mau resultado,
Tomar decisões de política desportiva imediatamente após um empate em Chaves,
Confrontar os jogadores, alijando as suas próprias responsabilidades e as do treinador por si escolhido...

Eis exemplos daquilo que um presidente de uma grande instituição não deve fazer. Jamais prescindindo do seu poder e dos direitos que a sua liderança, sufragada e legitimada pelos sócios, lhe confere, a serenidade, lucidez e objetividade devem ser, sobretudo nos maus momentos, as características que pautem a sua atuação.

O presidente que se confunde com o adepto pode ser um conceito que agrade ao adepto comum, às massas que se agregam em claques ou aos frequentadores dos núcleos, mas não é algo que se coadune com a liderança máxima de uma grande instituição, algo que seguramente o Sr. Carvalho aprendeu na Universidade Lusíada.

João Rocha foi, é e será sempre um dos melhores exemplos no universo leonino de um grande presidente a que alguns podem aspirar mas a cujo patamar jamais chegarão.


Nuno M Almeida
    Sangue LEONINO


27 comentários:

  • At 16/1/17 09:21, Anonymous Anónimo said…

    Nuno prepara-te para os insultos dos brunecos e das saraivadas!

     
  • At 16/1/17 09:57, Anonymous Anónimo said…

    Para isso era preciso perceber alguma coisa de gestão de recursos humanos. Nomeadamente no futebol. O que também é válido para o treinador, como se tem visto ao longo da carreira. E que desta feita nem estava presente. O que ainda torna tudo mais grave no seio do balneário.

     
  • At 16/1/17 10:05, Anonymous Anónimo said…

    Às vezes dá ideia que ainda não se percebeu muito bem de material que é feito BdC. Que ás tantas toda a sua vida até presidente do SCP só aconteceu por acaso. O importante agora é que não o deixem cair. Segundo o próprio claro.

     
  • At 16/1/17 10:51, Anonymous Anónimo said…

    Para o Adrien e o William se terem prestado àquele papel foi porque lhes foi assegurada a saída já. De certeza! Se fosse a eles nunca confiando...

     
  • At 16/1/17 11:09, Anonymous Anónimo said…

    Para mim um presidente do SCP que leva a namorada para o mesmo hotel do estágio da equipa de futebol merece-me sempre muito respeito. Vejam lá se o Jesus não seguiu logo directo para o hotel no domingo à noite. E patrão fora do balneário...

     
  • At 16/1/17 11:16, Anonymous Anónimo said…

    Nuno,

    Que tal o sol ai pelo Barbas?

     
  • At 16/1/17 11:40, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Ah ah para a matilha do Sr. Carvalho quem não alinha na cartilha é lampião. Argumentário caduco e bafiento. Mas por acaso recomendo o arroz de marisco no Barbas. Muito bom!

     
  • At 16/1/17 11:47, Anonymous Anónimo said…

    Não estou à espera que aproves o comentário que é o que habitualmente fazes tu e os teus que são muito dados às aparências e aos valores [bancários?] quando não tem resposta e lidam mal com opiniões discordantes mas diz-me cá;

    - Que sentido faz falar no João Rocha?

    - Que sentido faz falar em alguém que deixou de ser presidente à mais de 30 anos?

    - Que sentido faz falar em alguém em que foi presidente numa era em que o mundo do futebol era completamente diferente e muito mais simples?

    - Que sentido faz estares cínica e hipocritamente a usares o João Rocha quando apoias-te (e ainda apoias) gente com uma visão e intenções radicalmente diferente para o clube?

    - E já agora, sabes em que estado o João Rocha deixou o Sporting ou também és daqueles que acredita que foi o Jorge Gonçalves que de um momento para o outro criou os famosos problemas financeiros que haviam na altura?

     
  • At 16/1/17 11:52, Anonymous Anónimo said…

    "- Que sentido faz estares cínica e hipocritamente a usares o João Rocha quando apoias-te (e ainda apoias) gente com uma visão e intenções radicalmente diferente para o clube?"

    QUEM, CARO ANÓNIMO???? Mas por acaso já expressei aqui o apoio a alguém?

    João Rocha é e será por muito tempo o meu referencial de presidente, porque fez obra, porque jamais negligenciou o ecletismo que tantas alegrias no deu e com que tantos agora enchem a boca, e porque foi sob a presidência dele que aprendi a vivenciar o meu sportiguismo na década de 70. E tinha, entre outras, uma grande qualidade: não se arvorava em 'dono' do clube e não caía em tiques de déspota!



    Nuno M Almeida

     
  • At 16/1/17 11:56, Anonymous Anónimo said…

    Quanto a valores (bancários), e relativos ao Sporting, os únicos que conheço são aqueles que me debitam relativos a quotas, a gameboxes ou a comissões de guarda de acções da Sporting SAD. Nunca ganhei um cêntimo com o clube mas já gastei muito com ele. Se calhar, ao contrário de outros...

    Nuno M Almeida

     
  • At 16/1/17 12:00, Anonymous Anónimo said…

    Mas é mentira que o almoço foi no Barbas? É tão mentira o almoço ter sido lá quanto ser mentira aquela aquela velharia estar-se a marimbar para os resultados desportivos e financeiros e estar mais interessada no almoço 'grátis' e outras cortesias a que estavam habituados mas que perderam.

    Arroz de Marisco? Desconfio que o teu favorito deve ser mais cataplana de croquette. Sportinguista que se preze encara sítios como o do Barbas dos locais mais insalubres da humanidade. Mas entendo que convivas bem com esse ambiente.

     
  • At 16/1/17 12:05, Anonymous Anónimo said…

    "QUEM, CARO ANÓNIMO????"

    Mas sou eu que estou a inventar ou tu mesmo assumiste aqui por várias vezes que votaste no Soares Franco, Bettencourt e Godinho???

    E esses eram ou não eram gente com uma visão e objectivos radicalmente diferente para o clube daqueles que tinha o João Rocha??

     
  • At 16/1/17 12:05, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Almoço? Barbas? Nao sei que filme é esse até porque não ando a brincar a apoios a candidatos ou a eleições. E ha anos que nao vou ao Barbas.
    Meu caro, fico-me por aqui porque quem tem que ser escrutinado não sou eu, um mero socio anónimo. E quando se entra em delírios conspirativos é mesmo altura de ficar por aqui.

     
  • At 16/1/17 12:09, Anonymous Anónimo said…

    Portanto para ti, a fotografia do almoço no Barbas é um delirio conspirativo.
    É uma forma de ver as coisas. Outra forma por exemplo é que o Severino comprou o apoio de alguns associados que se vendem por um almoço.

     
  • At 16/1/17 12:12, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Andas desatento. Desses três apenas votei no godinho, voto do qual aqui ja várias vezes me arrependi. Mas creio nao ter ganho apenas com o meu voto, certo? Muitos dos agora brunecos votaram também no Godinho. E apesar de ter expresso apoio a bettencourt, também como aqui referi, nao votei nele porque nao estava em Portugal. Reiterando que nao estou em escrutínio e por aqui me fico, apenas termino dizendo que o voto mais convicto que ate hoje depositei foi em Sousa Cintra, homem a quem muito devemos!

     
  • At 16/1/17 12:14, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Eu quero lá saber onde é que o Severino e o Madeira Rodrigues, e respectivos apiantes, almoçam! Se são esses as alternativas a BC mal andamos nós!

     
  • At 16/1/17 12:16, Anonymous Fernando coimbra said…

    Se o único argumento contra o conteúdo do artigo é chamar "croquete" ao autor e embirrar com o restaurante do barbas... então está tudo dito. Já se chegou à fase da cegueira.

    Mesmo aqueles que votaram em BdC, nas últimas eleições fui um deles, têm de ter a clarividência de julgar o bom e o mau. O que está a acontecer depois da saída de Marco Silva é simplesmente mau. O que aconteceu no pós Chaves já passa para um nível de estupidez.

    Quanto aos brunecos e aos croquetes... bom proveito com a vossa guerra. O clube aguarda pelo fim desta vossa brincadeira.

     
  • At 16/1/17 12:26, Anonymous Anónimo said…

    Como o blackout não funcionou declaramos o estado de emergência. Já só falta o estado de sítio e o recolher obrigatório. E ainda acham que o devemos ajudar a acabar o mandato com alguma dignidade? Qual dignidade? Da Tasca?

     
  • At 16/1/17 12:40, Blogger João Pedro said…

    "O que está a acontecer depois da saída de Marco Silva é simplesmente mau".

    Se e o Sporting na época seguinte ter feito uma pontuação histórica de 86 pontos (e só não ter sido campeão graças aos jogos da mala) é mau, não sei o que foi em todos os anos anteriores.

    Blackout? Há uns anos atrás havia mas era dirigido aos sócios, assim uma espécie de blackout p'ra dentro.

     
  • At 16/1/17 12:47, Anonymous Anónimo said…

    E quando tudo parece perdido, estado de emergência e André Geraldes novo director desportivo. Com passagens pelo Real e Barcelona. E provavelmente mais alguma claque. Já só falta o Mustafá como presidente. E ninguém diz nada? E onde é que está um verdadeiro representante dos sócios, um PMAG decente para pôr termo a esta pouca vergonha em que se tornou o SCP de uma vez por todas e já? Devem estar à espera da eliminação da Taça de Portugal. Só pode! E depois ninguém apoiou o Babalu e é vê-los fugir a todos.

     
  • At 16/1/17 13:05, Anonymous Anónimo said…

    ó Nuno, ires ao Barbas já é mau, agora deixares a lampionagem vir aqui conspurcar ainda consegue ser mais grave.

     
  • At 16/1/17 15:36, Anonymous Anónimo said…

    Olha que entre o Geraldes e a Ornelas não sei qual é que dava um DD melhor. Provavelmente nenhum. Mas a Ornelas sempre esteve mais entrosada com os jogadores nos últimos dias. Isto só com o Babalu.

     
  • At 16/1/17 15:46, Anonymous Fernando coimbra said…

    "Se e o Sporting na época seguinte ter feito uma pontuação histórica de 86 pontos (e só não ter sido campeão graças aos jogos da mala) é mau, não sei o que foi em todos os anos anteriores."

    As pontuações são históricas quando se traduzem em titulos. As restantes são apenas lembradas em livros e sites de estatísticas. Para além disso, vamos comparar os meios que Marco Silva e JJ tiveram para o desempenho das suas funções.

     
  • At 16/1/17 15:52, Anonymous Jonhy Green said…

    Primeiro uma declaração de interesse: votei Bruno de Carvalho por duas vezes e voltarei a fazê-lo em Março. O mesmo para mim representa um certo estilo de «Presidencialismo» fundamental para um clube de futebol como o Sporting. Basta relembrar a dispersão de poderes existente até há uma presidência atrás, e a incógnita que era perceber quem de facto mandava no clube. Isso acabou, e penso que é a maior virtude deste mandato. Sem essa centralização dificilmente teria sido possível por exemplo a brilhante reconstrução financeira do clube.
    Passe esta declaração caímos na presente situação e a indigesta performance de Chaves, que acaba por traduzir com mais apito ou menos apito (e isso tem o seu peso, não nego) a clara incapacidade de termos aproveitado uma oportunidade que fosse para alcançarmos a liderança, ou cimentarmos a mesma.
    Ora se o plantel pode ser alvo de reparos e indignação por parte de alguns, pessoalmente não deixo de ver como responsável primeiro Jorge Jesus.

    Esquecendo a preparação da época, contratações ou o que for que lhe queiram atribuir, Jorge Jesus representa um erro de casting neste projeto de Sporting que tão bem nasceu há três épocas atrás. E por erro de Casting não estou a pôr em causa as suas qualidades e conhecimentos técnicos e táticos. Não estou sequer a equacionar o seu valor como bom treinador que de certeza será. Estou sim a defender a teoria que a contratação do mesmo não encaixava minimamente na mentalidade com que se queira fazer nascer e perdurar o novo Sporting.
    Se, como sempre se gritou aos 4 ventos, pretendíamos uma mudança de paradigma no futebol português, uma rutura com o «status quo» instituído, o fim do «sistema» entre tantas coisas, a contratação de um JJ veio contrariar em absoluto o caminho para o qual se pretendia ir. Mais que não fosse o mesmo chegava de um clube que ganhava como sabemos, e que representava em antítese tudo o que defendíamos como podre. JJ por mais sportinguismo que lhe corra nas veias, trazia com ele o pecado original e uma forma de estar no futebol que nada tinha a ver com o ADN do clube naquela altura, que encantou e trouxe de volta muitos adeptos de novo à paixão pelo clube.
    Caberá ao Presidente reflectir sobre isso e fazer o balanço da exigência como prometeu a todos fazer a cada época que passa. Se na ausência de «fato e gravata» encontrou-se forma de romper com Marco Silva, não devem sobrar argumentos para fazer o mesmo com JJ. E para os defensores do «não há melhor que JJ para o Sporting»…desculpem… Não só não acredito em «últimas coca-colas no deserto», como sei que por exemplo o Bielsa está livre.
    Saudações Leoninas a todos

     
  • At 16/1/17 18:18, Anonymous Fernando coimbra said…

    Johny Green,

    O que mais me custa é que os mesmos que diziam que JJ era um produto da "indústria" benfiquista, são agora os mesmos que o defendem, só porque acham que BdC nunca erra ou que isso o melindra.

    É preciso separar as águas. O Sporting está acima de todos. E seguramente que JJ está, ou deveria estar, abaixo do Presidente.

     
  • At 16/1/17 22:05, Anonymous Anónimo said…

    BdC pode ter muitos defeitos e errar, mas quem nao erra? Nao tenhamos memoria curta, foi dele: 1 Restruturacao financeira , tinhamos ordenados em atraso. 2 Construcao do novo pavilhao 3 Devolucao do clube aos socios e orgulho sportinguista Que fizerem os anteriores todos juntos anos seguidos?...

     
  • At 16/1/17 22:06, Anonymous Anónimo said…

    BdC pode ter muitos defeitos e errar, mas quem nao erra? Nao tenhamos memoria curta, foi dele: 1 Restruturacao financeira , tinhamos ordenados em atraso. 2 Construcao do novo pavilhao 3 Devolucao do clube aos socios e orgulho sportinguista Que fizerem os anteriores todos juntos anos seguidos?...

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home