"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sábado, janeiro 30, 2016

Um Carrillo vai, um Gelson vem

É inegável que Carrillo é um bom jogador.
Não é um jogador regular mas pode ser que o venha a ser no futuro, e aí poderá vir a ser um jogador de topo.
Infelizmente quer mais dinheiro que aquele que o Sporting pode dar, e neste momento 2.5M€ por época é algo que o Sporting não pode oferecer a nenhum jogador.
Isto para não falar nos prémios de assinatura que o seu agente quererá certamente vir a receber neste momento.

Tal como JJ disse ontem na conferência de imprensa, Carrillo fez a sua opção e é livre de a fazer.

Não peçam é à Direcção do Sporting para cometer loucuras para segurar jogadores apenas para não irem para os rivais.

Para loucuras já chegam aquelas que os nossos rivais fazem mas que curiosamente não aparecem em nenhuma capa de jornal, como a contratação de um tal de Taarabt, que todos sabiam ser um flop, e pelo qual vão desembolsar 11.6M€ até 2019/20.
Fora o dinheiro que já deram no momento da assinatura (~2.9M€), o nosso rival desembolsará qualquer coisa como 14.5M€ para ter o Tábarato a jogar...pela equipa B.

É de números destes que falamos quando se pensa em Carrillo a renovar pelo Sporting.

Por muito que Jorge Jesus apareça nas conferências de imprensa a desmentir o interesse, por exemplo, num Pato ou num Damião, os adeptos parecem continuar a não perceber que o Sporting joga numa outra divisão, inferior, no que concerne a salários, prémios, assinaturas, etc,.

E é disso que se fala quando analisamos qualquer um dos jogadores que nos têm fugido nos últimos tempos, a nossa falta de capacidade para chegar e pagar aquilo que os clubes e empresários querem.
Outros, Benfica e Porto, têm essa capacidade, ou aparentam ter...
Com que custos para o futuro desses clubes, logo se verá.
O Sporting, simplesmente não tem.

Com o tempo poderemos vir a equilibrar a nossa capacidade financeira para ir ao mercado e contratar nas mesmas condições que os nossos rivais.
Até que isso aconteça, casos como o de Carrillo, Danilo e outros poderão continuar a ser notícia.

Dar demasiado valor a Carrillo é desvalorizar o facto de, para o seu lugar, ter aparecido mais um miúdo da nossa formação de nome Gelson Martins, que com apenas 20 anos revela muito mais potencial que a Culebra tinha na sua idade.

E estando nas mãos de JJ, todos sabemos que continuará a evoluir para se vir a tornar mais uma das nossas joias da coroa.

Esta noite, em Alvalade, Gelson terá mais uma vez oportunidade de mostrar o seu valor e resolver jogos como o que vamos ter frente à Académica.

Para hoje, espero um estádio com mais de 45.000 sportinguistas a puxar pelo leão e a mostrar a todos os que nos atacam (e são tantos neste momento), como estamos unidos em torno do objectivo de ser campeões nacionais.

SL
José