"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, setembro 12, 2006

Noite épica



Sporting, 1 - Inter de Milão, 0

Nota prévia: de facto, o ambiente das grandes noites da Champions League encaixa que nem uma luva em Alvalade. Depois de vivenciar este Sporting-Inter tenho que afirmar que temos que ser presença assídua nesta competição.

Quanto ao jogo: que espectáculo! Dominámos do primeiro ao último minuto aquele que José Mourinho diz ser o principal candidato a ganhar o troféu, embora eu sinceramente não concorde, mas...

Muita humildade, grande entrega ao jogo, entreajuda, espírito de sacrifício, todos estes ingredientes levaram uma equipa - hoje no onze inicial com cinco jovens formados na nossa Academia! - desfalcada de Carlos Paredes, Custódio, Farnerud e Carlos Martins, a chegar a um justíssimo triunfo inédito perante o campeão italiano.

Todo esse sangue novo, humilde, irreverente e trabalhador, fez com que Ibrahimovic, Crespo, Adriano, Vieira, Toldo ou Figo, nada fizessem de relevante, nunca colocando verdadeiramente em perigo a baliza do "capitão" Ricardo.



Destaco o golaço de Marco Caneira, aos 64 minutos, num espectacular remate de fora da área, deixando Toldo estupefacto! De se lhe tirar o chapéu!

Frente a um conjunto que fecha exemplarmente todos os espaços, à italiana, a excelente organização defensiva leonina, a ligação eficaz entre sectores e a disciplina táctica evidenciada pelos nossos jogadores, foi suficiente para nos dar vantagem. Uma palavra ainda para a competente "mãozinha" de Paulo Bento: esteve muito bem a preparar e a motivar os seus jogadores, e a gerir o jogo.

Temos mesmo equipa!



Já agora: no outro jogo do nosso Grupo B, o Bayern Munique goleou o Spartak Moscovo por 4-0.

Ficha técnica:

Árbitro: Alain Hamer, Luxemburgo

Equipas:

Sporting: Ricardo, Abel, Tonel, Polga, Caneira, Miguel Veloso, Nani (Tello, 82), Romagnoli (Alecsandro, 65), João Moutinho, Yannick Djaló e Liedson.

Inter: Toldo, Maicon, Córdoba, Samuel, Grosso (Zanetti, 79), Dacourt, Vieira, Stankovic, Luís Figo (Gonzalez, 65), Ibrahimovic e Adriano (Hernan Crespo, 71).

Ao intervalo: 0-0

Marcador: Caneira, 64 minutos

Acção disciplinar: cartão amarelo para Liedson (16), João Moutinho (21), Córdoba (27), Toldo (32) e Vieira (44 e 69)). Cartão vermelho por acumulação para para Vieira (69).

Fim da partida: 1-0


Leonino