"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, fevereiro 18, 2019

Quem diria, Sr. Keizer...



Quem diria que um treinador que até agora poucas ideias tinha mostrado, incorrendo até numa certa rigidez táctica, e que teimava em ser presa fácil da sagacidade dos treinadores nacionais, seria capaz de dar uma lição táctica ao Braga?

Apostou num 3 x 4 x 3, com Ilori no lado direito de Coates e Borja à esquerda, dando projeção a Ristovski e a Acuña pelos corretores, anulando a capacidade ofensiva do Braga, nunca se tendo visto Paulinho ou Dyego Sousa.

No miolo, Wendel, apoiado por Gudelj, teve liberdade para organizar jogo, permitindo a Bruno Fernandes jogar mais adiantado e mudar constantemente de flanco, baralhando os defesas bracarenses.

Até Bas Dost já mostrou outro rendimento, tendo vários colegas atrás a apoiá-lo, como o rápido Diaby.

É este o caminho: flexibilidade táctica e capacidade de estudo dos adversários, permitindo adoptar a melhor estratégia para cada jogo.

Nuno M Almeida