"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quinta-feira, janeiro 14, 2021

Até que enfim!

Desde Marcel Keizer que o Sporting não tinha um treinador principal com as credenciais exigidas.

Agora que há uma nova normativa que permite a um treinador inscrito no curso de grau IV ser automaticamente considerado como técnico principal - desde que termine o curso em seis meses - vamos finalmente ter Rúben Amorim a dar instruções sem máscara e a dar entrevistas na “flash”.

Independentemente das regras serem passíveis de critica e contestação, até porque a competência é que importa, um clube como o Sporting merece um treinador principal “sem amarras”. Ponto final.