"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

domingo, agosto 23, 2015

Um problema de vontade mas também um problema à direita

Poderia começar por olhar para o jogo de ontem escalpelizando a arbitragem manhosa, mais uma, que aconteceu em Alvalade, mas acho que isso está muito bem analisado pelo Trovador de Bancada no blogue A bola não tem pulmão:
http://abolanaotempulmao.blogspot.pt/2015/08/sporting-1-1-pacos-arbitragem-video.html.

O Sporting fez um jogo fraco mas que deveria ser o suficiente para vencer a partida.
Já sabemos que por força dos manhosos do apito vamos ter de ser sempre bem superiores aos nossos adversários se queremos ser campeões. Exige-se assim concentração e raça aos jogadores do Sporting, algo que estranhamente não apareceu em grande parte do jogo e que no caso de alguns jogadores simplesmente não existiu (Montero foi exemplo flagrante).

Para quarta esperamos todos algo de completamente diferente caros jogadores e treinadores do Sporting....acho que nem seria necessário dizer isto...

Para lá da falta de concentração e raça de boa parte da equipa, outra situação é por demais evidente e que se prende com o facto de não termos defesa direito, ou pelo menos parece que estar lá ou não estar é indiferente...
Se no jogo com o CSKA esse problema já fora evidente frente a Musa e Doumbia, especialmente o primeiro, ontem, frente a jogadores de um nível inferior como Roniel e Cícero, o problema agudizou-se.
Mas se do lado defensivo o "Ai Jesus" é constante, do ponto de vista ofensivo a coisa não é melhor e raramente vemos JP a subir pelo seu flanco tais as limitações que mostra neste momento.

Nesta fase, Esgaio já justifica plenamente a entrada na equipa e até dia 31 temos necessariamente de encontrar outra opção no mercado que nos permita dar à equipa a necessária solidez defensiva para os objectivos desta época.

Referência para a festa curta dos nossos adversários, que felizmente nos pouparam os ouvidos, especialmente esta noite.
Continuo a olhar para os treinadores dos nossos adversários e a ver dois verdadeiros cepos à frente de planteis de milhões.

SL
José