"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, dezembro 08, 2009

Crónica de uma ida a Setubal.



Esta historia começa com o escriba a fazer um desvio tremendo para fugir à ponte 25 de Abril. Como distraido que é , foi parar quase a Sacavem para poder apanhar a ponte Vasco da Gama. Enfim como é avesso aos GPS é nisto que dá. Para a próxima vou para Setubal pelo caminho que sei melhor e prontos....

Ultrapassado este obstaculo lá cheguei eu e a esposa a Setubal e ao seu "magnifico" estádio.

Arrumado o carro bem junto ao mesmo partimos para o encontro do Juveneno...cof cof perdão , ao encontro do Juvenal Carvalho e do Alexandre AKA Guardador de Porcos.

A tertulia decorreu a boa maneira do antigamente. Junto as roulottes com o escriba a comer de novo 20 anos depois um belo do "coirato" com bifana (ao contrario de outros meninos que se atiraram aos Burguers....essa coisa de capitalistas....)

Adiante. Enchido o estômago e aconchegado com 2 minis lá nos metemos na fila para o estádio onde apôs ter sido revistado apanho o revês de não poder entrar com a câmera ..... Lá expliquei ao intendente que em Alvalade não colocaram nunca entraves mas apesar de ter sido extremamente simpatico foi intransigente e lá tive eu que deixar a famosa câmera no carro e ficar impedido de fazer apenas uma reportagem fotográfica.

O estádio é praticamente uma miniatura do nosso. Alias vista a superior cá de fora faz lembrar o nosso saudoso José de Alvalade mas em ponto pequeno. Não compreendo é como numa bancada daquelas . Sem resguardo e com bancos completamente improprios para consumo seja possivel cobrarem 15 euros para se ver ( e as vezes nem isso) futebol....

Começou o jogo e a supresa agradavel do Sporting querer assumir o jogo e rapidamente chegar ao golo numa fabulosa abertura de Matias Fernandez e de uma não menos conclusão.

Foram 20-25 minutos bem agradaveis (enquanto durou Izma a todo o gaz) com constantes trocas de bola mas com um senão. A incapacidade de Caneira de acompanhar o ataque e criar desiquilibrios fazia com que o futebol leonino se "inclina-se" quase todo pela direita onde Abel , Izma , Matias e muitas vezes Liedson descaiam e trocavam quase a seu bel prazer.

Nota-se ainda pouca confiança neste futebol. Ao ver de trás da baliza dá ideia que ainda estão numa fase inicial de aprendizagem de outro tipo de processos mas nesses 20-25 minutos houve movimento e acutilância (tirando a incapacidade de remate espontâneo)

Alias pelo jogo dentro houve varias jogadas em que os jogadores leoninos não arriscam o remate quando o podem fazer em boas condições.

O resto da primeira parte foi jogado cada vez mais a passo e com o Vitória a tentar ser atrevido e a ter 2 oportunidades devido a esse recuo e inexplicavel baixar de rotação. Louve-se a excelente defesa de Rui Patricio numa jogada que desde a bancada parecia que o nosso keeper foi pouco expedito a sair-se. No visionamento do resumo do jogo fiquei com a sensação que talvez pudesse ter sido mais decidido mas é notoria a falta de confiança que Patricio têm para se sair dos postes.
Em todo o caso fez uma grande defesa e o problema foi resolvido.

A 2 parte trouxe-nos um Sporting mais previsivel e mais lento. Há 2 aspectos que me fazem confusão. O primeiro é Pereirinha. Um jogador com aquela velocidade é tão pouco atrevido e incapaz de criar desiquilibrios porquê? Porque é que ao contrario de Izma que se encosta na linha para abrir espaços e que se desmarca sempre em diagonal , Pereirinha fica-se sempre demasiado estatico e completamente avesso a assumir o jogo.... O porquê disso não sei mas que desde a bancada torna-se exasperante ver o 25 jogar..... Nem sei como é possivel falhar um golo daqueles. Que foi aquilo? Enfim....

Outro aspecto é o alheamento , não sei se de proposito ou não , de passes para Matias Fernandez. É claramente um jogador que desiquilibra e que decide normalmente bem. Não percebo porque a equipa a partir de um certo momento deixa de jogar para ele!

No resto é uma equipa ainda demasiado toldada de falta de confiança. Amiude os nossos centrais falham alivios porque não têm a certeza de "lhe dar em cheio".

Veloso e Moutinho são claramente os jogadores mais regulares durante os 90 minutos embora eu não goste de ver Veloso na esquerda apesar do seu excelente pé esquerdo. Falta-lhe explosão e com Caneira nas costas torna-se uma ala muito lenta. Moutinho jogou quase sempre bem e rapido. Está completamente diferente. Muito mais solto mas denota uma incapacidade de remate de longa distancia que muita falta nos faz. Só tentando é que se faz golo!

Não gostei de Adrien. É bom jogador mas comete demasiados erros. Principalmente os passes lateralizados ..... para o meio! E depois uma incapacidade de lutar pelas bolas aereas preocupando-se demasiado com o corpo a corpo com o adversario.

O Sporting denota uma evolução de processos no seu estilo de jogo e sobretudo uma preocupação em jogar perto de Liedson que ontem voltou a desiquilibrar. Apesar das criticas e de ser notorio a sua má forma , Liedson é de longe o nosso melhor ponta de lança. E para alêm dos golos e de realmente ter tido algumas más decisões (está muito lento a pensar) é um jogador que dá tudo , não dá uma bola por perdida e ainda assiste colegas ou abre espaços para outros com as suas desmarcações. É facil apontar-lhe o dedo pois é um jogador sempre em foco.
Mas é preferivel um Liedson só e em má forma que um Postiga e Saleiro juntos....

Isto é claro a minha opinião e não é mais que isso. Não quero encetar discussões que não leva a nada. O futebol é passivel de muitas opiniões e sobretudo de imensas tacticas. É isso que o torna tão fascinante.

Depois do jogo e com calma. Analisando friamente , é notorio que tendo pouco dinheiro o SCP não pode fazer muitas compras. Eu optava claramente por um lateral e extremo esquerdo e um central alto e possante. No resto alguns ajustes com juniores dispensando ou fazendo rodar alguns dos menos utilizados deste plantel. Quando falo dispensar , falo sobretudo em vender. Há jogadores em baixa mas que têm mercado nos países de origem. Falo sobretudo de Pedro Silva e de Grimi mas tambem de André Marques e Saleiro.

Apesar de não ter sido um jogo muito conseguido o mais importante foi obtido. Os 3 pontos já cá cantam e no sábado mais 3 se juntarão ( obrigado Pai da Leoa) a estes.

Ultima nota para a fantastica defesa de Rui Patricio na segunda parte. Estava no enfiamento da jogada e foi uma defesa digna dos melhores guarda redes da nossa historia. Foi felino e elástico. Grande defesa!

SL

Miguel Damas