"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quarta-feira, julho 05, 2017

Muda o paradigma



Realizar mais-valias, vendendo as jóias formadas na academia por vários milhões, investindo depois em jogadores experientes, aparentemente de qualidade, com provas dadas e que sejam de facto reforços para o plantel.

Não me parece uma estratégia errada, até porque sabemos que os jovens talentosos formados em Portugal mais cedo ou mais tarde terão que saír, não só para que os clubes formadores possam obter retorno económico e financeiro da sua formação, mas também para que a carreira destes evolua e não permaneçam contrariados em Portugal. Com a imensa discrepância de receitas e de 'força' orçamental da liga portuguesa face às mais poderosas da Europa nem temos outra hipótese. A solução será mesmo formar baratinho e vender bem caro. Assim como ter um scouting de qualidade que descubra futebolistas baratinhos com potencial tremendo de valorização (Slimani...).

Com a chegada de Coentrão, André Pinto, Mathieu (?), Acuña (?), Piccini, Doumbia, Mattheus, Battaglia e Bruno Fernandes (jogador no qual deposito grandes esperanças), estamos a falar de atletas com provas dadas, nalguns casos já com experiência de liga portuguesa - uma mais-valia -  e sobretudo uma lógica de reforço do plantel diferente de há um ano (Douglas, Meli, Petrovic, Campbell, Elias, Castaignos...). Esperemos é que de facto todos estes nomes agora chegados ao clube produzam futebol ao mais alto nível e que esta estratégia - aparentemente avisada, judiciosa e correcta - nos traga as alegrias que todos merecemos!

Até lá é esperar que venham mais reforços de qualidade, que a bola comece a rolar e que o Sporting comece a ganhar!

Nuno M Almeida