SANGUE LEONINO

"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

domingo, março 31, 2019

O fatalismo leonino

Os dramas do Sporting parecem assumir um carácter cíclico do qual, década após década, não nos conseguimos mesmo libertar.

 

Não querendo voltar a remexer num passado recente, a verdade é que as aclamações e unanimidades a que todos assistimos nos últimos anos, redundaram numa situação económico-financeira e desportiva muito complicada.

 

A unanimidade na era Carvalho, na qual as vozes dissonantes eram pura e simplesmente aniquiladas ou apelidadas de maus sportinguistas, deu lugar a uma clivagem no universo leonino absolutamente insanável no curto e médio prazo. Insuportável mesmo.

 

O drama do Sporting tem assentado sobretudo na sua deriva em constantes ziguezagues, cavando a cada época um fosso maior em relação aos principais rivais.

 

Enquanto isso, o Braga vai paralela e paulatinamente consolidando o seu caminho, roendo os calcanhares do leão.

 

Desportivamente é este o principal problema do Sporting! Quatro títulos de campeão nacional de futebol nos últimos quarenta anos. Sintomático!

 

A nível económico-financeiro o clube debate-se com uma situação asfixiante, graves problemas de tesouraria, acumulação de dívidas a fornecedores e a outros emblemas, tendo recentemente corrido também o risco de ver a UEFA proibir a inscrição de jogadores à luz do fair play financeiro.

 

Soluções? Seguramente não cair na tentação fácil de antecipar receitas, evitar viver no presente com o dinheiro do futuro, naquela lógica habitual de “quem vier que feche a porta”.

 

Temos que humildemente seguir o exemplo recente do FC Porto e adoptar uma política orçamental de rigor, paralelamente assumindo uma gestão desportiva assente na formação e nos jogadores emprestados.

 

Qual é então o drama? O drama é ter-se alienado a qualidade da formação leonina, descurado a academia, não tendo nós agora o filão abundante de outrora. Erros cometidos em catadupa que culminam no presente num espaço de manobra muito mais apertado.

 

Ao invés, gastaram-se balúrdios em contratações de jogadores estrangeiros que não redundaram em qualquer mais-valia desportiva ou económica - Alan Ruiz, Meli, Douglas, Misic, Castaignos... - e em questionáveis parcerias com Batuques e afins.

 

Apesar de tudo há esperança, ou não fosse esta verde. É que se com pouco, e em muito pouco tempo, outros conseguiram voltar a ser campeões, ser presença assídua na Champions, aumentar receitas e voltar aos lucros, porque razão um clube centenário, com milhões de adeptos, uma imensa massa social de apoio e uma história riquíssima, não o conseguirá também?

 

Haja competência na gestão económico-financeira e na gestão desportiva, e sobretudo não se aproveite tudo isto para justificar - numa ‘cínica’ manobra de desespero - uma eventual perda da maioria do capital da SAD.

 

Haja também união, paz e serenidade para se voltar a reerguer definitivamente o Sporting, e, de uma vez por todas, se acabar com estes frequentes ciclos nefastos que tantos danos têm causado ao clube. Um pacto de regime? E porque não?

 

Leais? Sim, claro! Mas apenas e só ao Sporting Clube de Portugal!

 

Para já temos uma taça da liga no museu, a segunda nas duas últimas épocas, estamos no terceiro lugar no campeonato e daqui a três dias podemos garantir a segunda presença consecutiva na final da taça, se eliminarmos o velho rival.

 

Descontando as exibições demasiado cinzentas e nada convincentes, e uma produtividade titubeante, diria assim que para já o saldo é positivo, sobretudo tendo em conta tudo aquilo que antecedeu a preparação desta época futebolística.


Acho que Varandas tem estaleca para ser presidente do Sporting? Não! Gosto de ver Keizer a liderar a equipa de futebol? Também não! Mas como neste momento são eles que lideram respectivamente o clube e a equipa só me resta apoiar!


Acima de tudo e todos estará sempre o Sporting Clube de Portugal!

3 comentários:

  • 31/3/19 12:43, Anonymous Anónimo escreveu…

    Regressaste! Até que enfim! E com um bom texto!

     
  • 31/3/19 12:46, Anonymous Anónimo escreveu…

    Tudo isso de recuperar financeiramente o clube em tempo record, fazer voltar os emprestados e ganhar-se logo até que era possivel...se não vivesemos em Portugal e num sistema corrupto, onde há Padres, Missas, Toupeiras, jogadores aliciados...e tudo isso fica impune, Em Portugal a justiça é cega! Os pobres serão sempre pobres, e os donos disto tudo serão cada vez mais ricos...Tristemente! Até um dia..........

     
  • 1/4/19 00:06, Anonymous Anónimo escreveu…

    TUDO muito estranho neste renovado SPORTING
    Muito TRISTE

    NB: Já agora benvindo com Blog..passaram-se coisas muito interessantes na tua ausência de opinião neste renovado SPORTING a última então sobre Gelson e Hipotética perda da SAD , mas ok vai tudo bem saúde e ninguém se aleije

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home