"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quarta-feira, setembro 17, 2008

Barcelona, 3 - Sporting, 1



O Sporting foi esta noite derrotado em Camp Nou pelo Barcelona por três bolas a uma, na primeira jornada da Liga dos Campeões, obtendo um resultado que apesar de não se estranhar face ao poderio do adversário, deixa uma sensação desconfortável pois fica claro que o Sporting tem equipa para fazer mais e melhor, mesmo jogando em Camp Nou.

Penso que na primeira parte foi concedido demasiado espaço aos jogadores do Barça - que se são perigosos sem espaço - com espaço ainda mais estragos poderão causar, sendo disso exemplo o primeiro golo do Barcelona em que Márquez salta à vontade para marcar. A falta de agressividade contra este tipo de equipas paga-se caro, pois deixando-se jogar um adversário com jogadores do nível dos do Barcelona é meio caminho andado para um mau resultado.

Na 2ª parte e com o Sporting a tentar melhorar o resultado, quer-me parecer que o factor do poder catalão "pesou" em quem tem o poder de julgar os lances, pois não me pareceu falta para grande penalidade, convertida por Eto'o, o que deixou o Barça em posição mais confortável em termos de resultado. Mas, o Sporting reagiu bem, com um golo imperial de Tonel numa boa assistência de Miguel Veloso. Quando deveríamos intensificar a pressão sobre o Barcelona, verificou-se que o adversário no contra-golpe marcou e acabou com o jogo, num lance em que Anderson Polga não cortou em zona central defensiva, e Xavi marcou.

É um resultado que não escandaliza, é um resultado que nada hipoteca. Será importante vencer o Basileia em nossa casa, e com uma "casa nossa", com um apoio sportinguista como hoje existiu!


1.ª jornada do Grupo C

Estádio: Camp Nou, em Barcelona

Árbitro: Laurent Duhamel (França)

BARCELONA: Valdés; Daniel Alves, Puyol (Sylvinho, 88 m), Márquez e Piqué; Keita, Xavi e Iniesta; Messi, Eto'o (Touré, 65 m) e Thierry Henry (Pedro Rodríguez, 75 m)

Treinador: Pep Guardiola

Suplentes não utilizados: Pinto, Cáceres, Bojan e Gudjohnsen

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Piqué (69 m).

Golos: Rafael Márquez (21 m), Eto'o (62 m g.p.) e Xavi (87 m).

SPORTING: Rui Patrício; Abel, Tonel, Anderson Polga e Marco Caneira (Pereirinha, 79 m); João Moutinho, Fábio Rochemback, Izmailov e Romagnoli (Miguel Veloso, 64 m); Derlei e Yannick (Hélder Postiga, 62 m).

Treinador: Paulo Bento

Suplentes não utilizados: Tiago, Pedro Silva, Adrien e Rodrigo Tiuí

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Rochemback (85 m).

Golo: Tonel (71 m).

Lion King