"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sábado, maio 31, 2014

As contas leoninas

"A Sporting, SAD comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) o relatório e contas relativo ao terceiro trimestre de 2013/14, apresentando um resultado positivo de 720 mil euros, em oposição aos 29,760 milhões negativos registados em idêntico período no exercício anterior."



Para as contas positivas do 3º trimestre continuam a contribuir decisivamente as vendas de Bruma e Ilori, que permitiram até alguma folga à Direcção para ir ao mercado de Inverno reforçar-se.

Outras medidas contribuem para o regresso aos números positivos como por exemplo a redução de custos com pessoal (aprox. menos 10M€), mesmo que para tal tenha sido necessária a saída de alguns colaboradores do clube.
Custa que assim seja e que tenham de ser também estes a pagar pelos erros das anteriores direcções.

Tendo esta sido mais uma época sem Champions que se sabe valer um montante mínimo de 9M€, e até mesmo sem Liga Europa, os resultados são sem dúvida meritórios.

Gostaria no entanto de ver esclarecida a questão da totalidade do passivo do universo Sporting (SAD, empresas e clube), sobretudo a tal questão dos 300M€ de reserva colocados pelos auditores.
Olhando para os números verdadeiramente conhecidos, o passivo do clube atinge agora os 264M€.
Tudo o resto que resultará da reestruturação financeira se mantém ainda envolvido em muitas dúvidas e apenas os resultados da auditoria permitirão apurar o passivo total.

Também aí poderemos avaliar qual dos clubes de Lisboa terá mais passivo, de qualquer forma não deixa de ser curioso que ninguém do Sporting precise de ir buscar as contas dos outros clubes para justificar os buracos nas suas contas...

SL
José
    Sangue LEONINO


8 comentários:

  • At 31/5/14 17:21, Anonymous Anónimo said…

    Pois, mas mesmo assim conseguiram aumentar o passivo.E isso não o salientas tu!

    É só rir com estas explicações viciadas.

    Voltou-se ao tempo dos croquetes...

     
  • At 31/5/14 19:29, Blogger Sporting até morrer said…

    Além de croquete, és imbecil...

    O aumento do passivo em 6M€ provém da reestruturação financeira aprovada em AG.

    Se os resultados não são melhores, tens de agradecer ao teu querido amigo Godinho que deixou a esta Direcção um sem fim de problemas para resolver e que mesmo assim foram resolvidos e com resultados positivos!

    O mesmo Godinho que deixou como presente para esta Direcção um PER em vez de uma reestruturação financeira.

    O mesmo Godinho que aumentou o passivo em mais de 100M€ (do que se sabe...) para alcançar um vergonhoso 7º lugar e deixar-nos fora das competições europeias ao fim de quase 40 anos de participação initerrupta.

    Olha, um conselho, vai ver o jogo de futsal do Sporting contra o Braga e dá graças por BdC ter pegado no clube antes de o teu amado Godo ter decretado o fim das modalidades conforme foi sugerido pelo BES a BdC antes de este lhes impor a reestruturação financeira.

     
  • At 31/5/14 19:57, Blogger Relva said…

    Mais nada Sporting ate´morrer.

     
  • At 31/5/14 22:53, Anonymous Vasco said…

    Ó anónimo, nem vou perder o meu precioso tempo a explicar-te aquilo que os teus poucos neurónios nunca perceberiam. Um conselho: e que tal ires plantar batatas?

     
  • At 2/6/14 00:14, Anonymous Tywin Lannister said…

    Se nos lembrarmos da última vez que o Sporting foi campeão, em 2001/02, 4 anos depois da primeira participação do Sporting na Liga dos Campeões em 1997/98, os R&C da altura diziam o seguinte:

    31 JUL 2002 / 31 JUL 2001
    Proveitos: €38,167 M. / €33,186 M.;
    Dos quais:
    Mais-valias em transferências: €13,413 M. / €5,514 M.;
    Bilheteira: €5,589 M. / €3,092 M.;
    Bilhetes de época: €2,675 M. / €2,612 M.;
    Direitos televisivos: €7,073 M. / €5,489 M.;
    Quotizações: €3,590 M. / €3,004 M.;
    €7,993 M. em receitas da UEFA CL em 2000/01;
    Sem mais-valias em transferências: €24,754 M. / €27,672 M.;
    Custos com o Pessoal: -€28,419 M. / -€25,523 M;
    Total de Custos: -€60,882 M. / -€54,632 M.;
    Resultado Líquido: -€22,715 M. / -€21,445 M.;


    Após a terceira participação do Sporting na UEFA CL, estes foram os resultados:

    30 JUN 2007 / 30 JUN 2006
    Proveitos: €65,498 M. / €40,213 M.;
    Dos quais:
    Mais-valias em transferências: €25,456 M. / €6,335 M.;
    Bilheteira: €3,470 M. / €4,070 M.
    Bilhetes de época: €7,860 M. / €5,862 M.;
    Direitos televisivos: €8,992 M. /€8,106 M.;
    Quotizações: €4,098 M. / €3,788 M.;
    Participação em competições europeias: €6,618 M. / €4,503 M.;
    Sem mais-valias em transferências: €40,042 M. / €33,878 M.;
    Custos com o Pessoal: -€21,666 M. / -€17,482 M;
    Total de Custos: -€51,018 M. / -€39,990 M;
    Resultado Líquido: +€14,480 M. / +€0,313 M.;


    As receitas de bilheteira, em especial no que aos bilhetes de época diz respeito aumentaram bastante, assim como os direitos televisivos (não tanto), já o aumento das quotizações não foi significativo.

    Ainda assim, na temporada seguinte (2007/2008), as receitas excluindo proveitos com transacções de passes de jogadores foram de €45,461 M. contra €45,306M. em custos operacionais excluindo custos com transacções de passes de jogadores, o que deu origem a mais um exercício ligeiramente positivo.


    Após a quinta participação do Sporting na UEFA CL, estes foram os resultados:

    30 JUN 2009 / 30 JUN 2008
    Proveitos sem mais-valias em transferências: €46,822 M. / €45,461 M.;
    Mais-valias em transferências: €0,597 M. / €2,488 M.;
    Bilheteira e Bilhetes de época: €10,201 M. / €12,505 M.;
    Direitos televisivos: €10,775 M. /€11,273 M.;
    Quotizações: €4,432 M. / €3,976 M.;
    Participação em competições europeias: €10,000 M. / €7,201 M.;
    Custos com o Pessoal: -€23,731 M. / -€19,863 M;
    Total de Custos: -€44,065 M. / -€38,335 M;
    Resultado Líquido: -€13,349 M. / +€0,597 M.;


    Olhando para as contas dos primeiros três trimestres de 2013/14, vemos que em termos de receitas sem mais-valias em transferências, não chega a €25M., e tendo em conta que de facto, a temporada terminou a meio de Maio, se tivermos €30M. em receitas sem contar com mais-valias em transferências no final do ano, já será bem bom (€32M. na última época).

    Enquanto que os custos e perdas operacionais excluindo transações de passes de jogadores poderão chegar aos -€45M. no final da temporada, se não forem mais, sobram as amortizações do plantel (-€8M.) e os custos financeiros (-€4M.). Se as vendas de Tiago Ilori e Bruma, no papel, permitem compensar as amortizações e perdas de imparidade do plantel e os gastos e perdas financeiros, ainda assim, mesmo somando a "venda" de Leonardo Jardim, tal não chega para cobrir os gastos operacionais, sendo que os custos com o pessoal deverão cifrar-se no final da época por volta dos -€30M.

    Não admira pois que haja quem queira regressar aos valores praticados por Filipe Soares Franco e ter gastos com o pessoal na ordem dos -€20M. apenas. Se em tudo o resto se gastar em igual medida, a coisa só se compõe com regulares presenças na fase de grupos da Liga dos Campeões (€10M., por baixo), direitos televisivos e receitas de bilheteira na casa dos €12M. cada, mais uns €11M. em demais proveitos. O que até poderá dar lucros regulares de €5M., excluindo mais-valias em transferências.

    E assim, quem sabe, chegar a 2025, e ter dinheiro para pagar as VMOC.

    Tudo muito bonito no papel. Veremos se a coisa resulta na prática.

     
  • At 2/6/14 23:00, Anonymous Anónimo said…

    Grave é a noticia do expresso de que a divida do clube são 577M€.
    200M€ do clube + 300 M€ das empresas do grupo.
    Foi criminoso o que as anteriores direcções fizeram ao clube.

     
  • At 2/6/14 23:14, Blogger King Lion said…

    Sem dúvida que a ser verdade é uma situação impensável.Mas também grave é os filhos da puta dos auditores andarem a passar informação que é sigilosa.Andamos a saber as meias verdades pelos lampiões que tem bufos em tudo que é lugar.

     
  • At 3/6/14 06:37, Blogger José Duarte said…

    As recentes informações da reserva de 300 milhões, nada têm a ver com a Auditoria que está a decorrer. Essas informações estão no relatório e contas do clube, referentes ao exercício de 2012/2013, é um relatório público e disponibilizado no site do Sporting. Mas esses milhões não são passivo escondido.

    Essa reserva apenas têm que ver com a maneira de apresentação das contas, já que dizem respeito a operações internas do Grupo Sporting, e por isso não aumentam em nada o passivo total do Grupo Sporting.
    Logo que a reestruturação financeira esteja concluída, será possível apresentar contas consolidadas, e tudo ficará definitivamente esclarecido.

    O problema surgiu pela mão do presidente do benfica e sua trupe de paus mandados e escribas nos mais variados jornais.
    Resolveram lançar esta confusão para desviar atenções e atacar o Sporting.
    Todos sabemos que o benfica é o clube com maior passivo, mas agora de repente, 90% dos benfiquistas, já pensam erradamente que afinal é o Sporting que tem maior passivo.
    Além disso, a ideia deles passa também por tentar convencer as pessoas que o Sporting irá beneficiar de um perdão de dívida, para que eles possam depois ter argumentos do seu lado para eles sim pedirem um perdão de dívida aos credores.

    A seu tempo tudo ficará esclarecido.

    Para se compreender melhor tudo aquilo que se passa, podem ler este texto de outro blog, porque sinceramente não vale a pena eu estar a repetir o que já está aí explicado: http://oartistadodia.blogspot.pt/2014/06/o-passivo-do-sporting.html

    SL

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home