"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quarta-feira, julho 23, 2014

Os empréstimos obrigacionistas pagam-se bem caro

Foi ontem divulgado no Diário Económico uma notícia sobre a situação delicada em que o Benfica se encontra por força dos sucessivos empréstimos obrigacionistas e que explica em grande parte a razão da sangria que o plantel de luxo tem sofrido.

O principal credor da SAD benfiquista é o Espírito Santo Liquidez, que com certeza exigirá até final do ano que o dinheirinho lhe seja devolvido dado o turbilhão em que se encontra todo o Grupo Espírito Santo.

A exposição do GES a todo o mundo futebolístico, e em especial aos 3 grandes, é demasiado elevada.
No caso do Sporting já se viram em 2013 os resultados desta ligação, sendo impostas ao clube elevadas restrições e orçamentos limitados para cumprir.

A choradeira de Vieira na célebre entrevista na RTP era só o prenuncio do que hoje acontece para as bandas da Luz.
A ordem é VENDER, VENDER, VENDER!


"O Espírito Santo Liquidez é um dos maiores credores da Benfica SAD. Este fundo, que gere 1,05 mil milhões de euros, tem 67,7 milhões de euros aplicados em duas linhas de obrigações da Benfica SAD, que atingem a maturidade em Outubro e Dezembro deste ano. Na linha que vence daqui a três meses, o fundo tem uma posição de 17,7 milhões. Na obrigação que vence no final do ano, a posição é de 50 milhões de euros, segundos dados disponibilizados pela CMVM referentes a final de Junho.

Estas duas linhas de obrigações foram emitidas pela Benfica SAD por colocação privada. O ES Liquidez detém a totalidade da linha de obrigações que vence em Dezembro e tem cerca de metade da emissão que atinge a maturidade em Outubro deste ano. No total, o fundo tem 6,5% do seu património aplicado nestes dois instrumentos de dívida...

O investimento do ES Liquidez em obrigações da Benfica SAD é mais um dos exemplos de como o BES assumiu o papel de principal financiador não só da SAD encarnada, mas também das SAD do Sporting e do Porto. Recentemente, o professor de economia do ISEG, António Samagaio, revelou ao Diário Económico uma estimativa que apontava que a exposição do Grupo BES à SAD dos três grandes rondasse 215 milhões de euros, com base nos últimos relatórios anuais divulgados pelas SAD, referentes a Junho de 2013. "É um facto bem elucidativo da necessidade em manter o suporte financeiro do Grupo BES para que as três SAD possam continuar as suas operações", comentou.
O Diário Económico questionou a SAD do Benfica sobre como prevê amortizar aquelas obrigações: se tem linhas de crédito asseguradas, acordo para fazer o ‘rollover' ou se terá de realizar mais-valias com passes de jogadores. Mas não obteve resposta até ao fecho desta edição.
A SAD dos encarnados tem estado activa no mercado de transferências. Dos negócios comunicados à CMVM, o clube encaixou 30,9 milhões de euros com a venda dos direitos económicos que detinha de Garay, Markovic e Oblak. Relativamente a compras, e apesar de alguns reforços, nenhuma aquisição foi comunicada ao regulador."


Relativamente aos do Norte, quando se esperava que seguissem igual caminho, eis que resolvem dar o passo em frente, numa espécie de aposta de todas a fichas como fez Godinho Lopes em 2011 com os resultados e consequências que todos conhecemos.

Aguardo com curiosidade as verdadeiras consequências de compras de jogadores tipo Adrián, Brahimi, Indi e os empréstimos de 1 ano de outras vedetas pagas a peso de ouro, para ver como sai o FêCêPê desta época...

SL
José
    Sangue LEONINO


15 comentários:

  • At 23/7/14 09:12, Anonymous Anónimo said…

    José, permite-me um conselho: faz posts sobre o Sporting, não dês tempo de antena a clubes que não interessam nem ao menino Jesus, amigo.

    Já agora, em relação ao Porto discordo da tua opinião, pois o Porto é dos 3 grandes o clube com menos passivo e se por exemplo vender o Mangala por 40 milhões de euros consegue sustentar todo o investimento feito nas aquisições para esta época e ainda lhe sobra dinheiro.

    Lion King

     
  • At 23/7/14 09:26, Anonymous Anónimo said…

    Relativamente ao porto, concordo com as apreciações de que quer a todo o custo ganhar o campeonato por duas coisas: evitar que o Sporting volte a ser campeão ao fim de 13 anos e, se calhar mais importante, impedir que o beifica ganhe o bi-campeonato, algo que já não acontece desde 1984. Uma vitória de Sporting ou Benfica na liga de 2014/15 seria altamente desestabilizador para o porto, porque ficaria instalada, e quem sabe comprovada, a ideia do fim da hegemonia desse clube e isso teria consequências directivas graves.

    Todavia, apesar da aposta portista poder ter mais êxito do que a de GL, por razões internas e externas, esse tipo de movimentações contêm riscos muito mais acentuados hoje em dia, devido à situação financeira dos clubes, da banca "nacional" e às movimentações na UEFA. O beifica ganhou tudo o que havia para ganhar em Portugal esta época e está a ter de desmantelar a equipa na mesma, porque a sua participação na Liga dos Campeões foi um desastre, e a Liga Europa são "migalhas" em comparação. Beifica e porto têm orçamentos sobredimensionados para a realidade do futebol português e quando não conseguem uma boa campanha europeia, gera-se um desiquilíbrio nas contas que só pode ser colmatado com receitas extraordinárias da venda de jogadores. Se o desiquilíbrio persistir por mais de uma época, com maus resultados e desvalorização do plantel, entra-se num ciclo muito difícil obrigando a apertar o cinto e perder a competitividade, que foi o que aconteceu ao Sporting. O beifica e o porto têm conseguido evitar isso através das manobras nos bastidores do futebol (arbitragens, FPF, LPFP) que lhes permitem ganhar mais jogos do que os deviam e mereciam, e através do recurso aos fundos e branqueamento de capitais.

     
  • At 23/7/14 09:39, Blogger fartinho deles!!! said…

    Acho que sim, devemos expor as finanças seja de quem for, pois já que fazem connosco assim pagamos da mesma moeda.

     
  • At 23/7/14 09:57, Blogger Sporting até morrer said…

    Lion King

    Darei atenção ao clube vermelho tal como darei aos azuis, sempre que isso nos permita ajudar a perceber que não é só o Sporting que está mal quando falamos de finanças.

    Sobre o Porto, lá temos de voltar à questão tão badalada das contas consolidadas.
    Tens ideia dos passivos das diversas empresas na órbita da SAD portista?
    Desconhecidas.

    As contas do ano que agora vão terminar indiciam 40M de prejuízo só na SAD.
    Com tal volume de investimento e sem garantias de mais vendas milionárias de futuro, aconselhava-se evitar apostas de risco.
    Vamos ver como corre.

    Sobre os 40M pelo Mangala, aguardo para ver quanto desse valor entra realmente nos cofres portistas.

    Os empréstimos obrigacionistas do Porto também terão que ser pagos ao BES e outros, tal como as suas elevadas rendibilidades.
    Mas cá estaremos no final da época para avaliar se as decisões de Pinto da Costa foram boas ou más.
    A mim parece-me uma decisão de risco igual à do Sporting de Godinho Lopes.

    SL
    José

     
  • At 23/7/14 10:04, Anonymous Anónimo said…

    ui que a coisa está preta hihihihihihi

     
  • At 23/7/14 10:12, Anonymous Anónimo said…

    Caro José, em relação às finanças dos 3 grandes todos estão mal, isso toda a gente sabe, é um problema geral no futebol português a situação financeira dos mesmos. Só acho desnecessário estar a dar tempo de antena a outros clubes quando há tanto por fazer, por trabalhar e por dinamizar no Sporting, e com enfoque no passivo do clube que é muito elevado.

    Aquilo que referi em relação ao Porto é que basta uma venda elevada por exemplo se Mangala segundo o que se fala saír por 40 milhões, esse dinheiro cobre todo o investimento que eles realizaram até agora em contratações. É um acto de gestão simples e certeiro em termos do deve e haver entre vendas e contratações e não agrava o passivo. Eu também não gosto desse clube dos andrades, mas sei reconhecer que eles sabem vender bem os seus jogadores, pois penso que há um ano atrás saíu uma notícia que eles eram o clube no Mundo que mais lucro tinha tido em vendas nos últimos anos e isto não acontece por acaso.

    Lion King

     
  • At 23/7/14 11:23, Anonymous Anónimo said…

    O fcp só tem 56.5 % do Mangala.. Por isso, se vender por 40 M€ recebe 22 M€...

     
  • At 23/7/14 12:11, Blogger Liondamaia said…

    Lion King, segundo um estudo do DN, publicado este domingo, o focuporto detém apenas 16,7% dos direitos económicos de Mangala (a Robi Plus, com 50% e a Doyen, com 33,3%, são os restantes parceiros)
    http://anortedealvalade.blogspot.pt/2014/07/dossier-os-fundos-no-futebol-o-que-ja.html

    O focuporto está encavado e encravado pelo recurso sistemático a empresários e a fundos, o que explica os sucessivos Resultados negativos apesar das milionárias vendas que tem feito -o dinheiro não se esfuma, para algum lado teria que ir, não é?
    A situação no galinheiro ainda não é idêntica porque o galo lá do sítio contou sempre com o milho do BES. Agora, ou vende a quem der mais (olhó Cardozo, que o ano passado teve uma oferta recusada de 10 M€ e, este ano, já aceitam 5...) ou tem que se virar para os fundos, tal como aqui os drampiões.
    Uns e outros têm trunfos fortíssimos: as ajudas externas, de árbitros e daquelas comissões disciplinares, de justiça, etc, em que o Sporting não é tido nem achado.
    E quer apostar que, nesta salgalhada da Liga e da reunião de ontem dos clubes, lã-piursos e fruteiros vão estar unidos, como sempre, para deixarem o Sporting fora de zonas (importantes) de intervenção?
    Olhe, segundo a imprensa de hoje, o mais interventivo foi o chefe vermelhusco que, ao que parece, quer liderar o processo. Pudera!
    SL

     
  • At 23/7/14 13:02, Anonymous Anónimo said…

    Liondamaia, não sabia que eles tinham um percentagem do passe tão baixa em relação ao Mangala. Obrigado pelo esclarecimento. Mesmo assim, com a venda do Fernando por 15 milhões de euros + a possível venda do Mangala e quiçá do Jackson Martínez conseguirão facilmente cobrir o investimento realizado nas contratações, apesar da possível saída do Jackson ser uma perda desportiva enorme, mas possível de ser colmatada com uma contratação em função do restante dinheiro que sobrar dessa possível venda.

    Lion King

     
  • At 23/7/14 13:03, Anonymous Anónimo said…

    Grande buracão em Carnide

     
  • At 23/7/14 15:26, Blogger King Lion said…

    Já ontem tinha lido a situação do Benfica no Diário Económico e também há mais de uma semana li que o Porto nos últimos tempos foi a equipa que mais se apoiou no BES num valor a rondar os 30 milhões de euros.

    Segundo as minhas informações o Porto só detém 56.67 % dos direitos económicos do Mangala por força da venda de 33,33 à Doyen Sports Investments.Sendo assim falar que os 40 milhões de euros da sua venda equilibram as contas é pura mentira.

    Por fim a contratação do Eliseu pelo Fifica.Uma grande contratação do Fifica para a secção de Zumba.

     
  • At 23/7/14 19:37, Blogger King Lion said…

    Andam 10% a voar ...mas parecem que já tem dono numa futura venda de Mangala !...

     
  • At 7/8/14 20:50, Anonymous Anónimo said…

    os legionarios ainda vão chorar lagrimas de sangue ,pois são mesmo uns caes q nem o dono conhe-sem

     
  • At 7/8/14 20:51, Anonymous Anónimo said…

    A maior parte do Passivo das empresas dos viscondes falidos e a grunhir dos outros.

    SAD (258,9M€)

    Sporting Património e Marketing, SA (165,9M€)

    Sporting SGPS (152,7M€)

    so calotes dssss

     
  • At 7/8/14 20:52, Anonymous Anónimo said…

    isto no campo pequeno fora os gamanços no BES tempo...q os lagartos vão imigrar

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home