"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, outubro 24, 2016

Próximos da tolerância zero!



Ainda Jorge Jesus treinava equipas que não lutavam pelo título e já eu aqui defendia que deveria ser contratado pelo nosso clube. Em concreto, treinava Jesus o Belenenses, equipa formatada para lutar pela subida de divisão - na altura 'abençoada' por um processo administrativo que a manteve na primeira  liga - e conseguiu ter o enorme mérito de chegar à final da Taça e apurar o clube do Restelo para as competições europeias. Portanto, dúvidas dissipadas sobre aquilo que achava e acho das suas qualidades enquanto treinador.

Ao que torcia o nariz, e ainda hoje o faço, é ao seu perfil humano, à sua qualidade enquanto líder motivador e à forma como age, fala e se comporta perante os seus pares. Jesus poderia perfeitamente ter chegado a Alvalade e publicamente ignorado os ataques ressabiados, típicos de 'mulher enganada ou trocada', vindos da Luz. Ao invés, optou por um ataque sem limites a Rui Vitória, encaixando este em silêncio todas essas atoardas. A cada vitória leonina, quer Jesus quer Carvalho desferiam disparos e  ostentavam uma bazófia e uma gabarolice parolas, provavelmente iludidos pela conquista da Supertaça. Errado! Aliás, estratégia erradíssima e muito pouco avisada, como infelizmente a nação leonina constatou no final da temporada.

Mandava a sensatez e o bom senso que desenvolvêssemos em silêncio e na pacatez de Alcochete o nosso trabalho, longe de holofotes, de provocações e de climas de guerrilha, que em regra acabam por ser contraproducentes. Infelizmente Jesus optou pela outra via, A do confronto, da provocação e da guerra sem tréguas. Era o cérebro, o Ferrari, toda uma panóplia de palermices que a cada conferência de imprensa jorravam da sua boca. No final teve que engolir tudo. Como geralmente acontece quando se festeja e se canta de galo precocemente.

Esta época, e ao fim de muitos anos, a par de Paulo Bento tornou-se o primeiro treinador a beneficiar do crédito da continuidade, pese embora não ter ganho nada de relevante. Para além disso, conseguiu que Bruno Carvalho abrisse ainda mais os cordões à bolsa e lhe aumentasse o já chorudíssimo salário para evitar a fuga para o falido FC Porto.
E o que temos visto? Um Jorge Jesus teimoso na rotação de jogadores pelo onze titular, novamente incapaz de gerir exigências de competições paralelas (Liga, Champions...) e a cada nova crítica a não ter a humildade de arrepiar caminho e dar o braço a torcer. Pelo contrário, insiste na soberba e num egocentrismo insuportável. Para além disso parece longínquo aquele toque de Midas de quem extraía o máximo dos seus atletas:
Onde anda Jefferson?
Onde pára o Markovic que com ele brilhou em Carnide?
Que se passa com um William Carvalho demasiado lento e complicativo?
Onde está o Bryan Ruiz afirmativo da época passada?
Porque razão a cada jogo há mexidas nos laterais?
Porque persiste Elias, natural substituto de Adrien (Deus nos livre!), em manter-se no ritmo de jogo do campeonato brasileiro, sem que Jesus o corrija?
Qual a razão para que Bruno César não seja mais vezes titular?
Não merecerá Campbell a titularidade, ao lado de Bas Dost, em vez de um tal de André?

Com excepção do esplendor exibicional de Gelson, tem sido um autêntico deserto de ideias, de consistência, de incompetência competitiva e de uma incompreensível onda de indefinições.

Em Outubro, e descontando o azar do grupo da Champions que em sorte nos calhou. registamos já uma derrota em Vila do Conde, um empate inacreditável em Guimarães e a perda inconcebível de dois pontos caseiros perante o Tondela. Tudo isto, depois de uma propagandeada e tão elogiada estratégia de contratações de Agosto... a qual no entanto nos atira para uma distância de cinco pontos da liderança, para uma quase certa eliminação da Liga milionaria e para uma sequência de exibições crescentemente cinzentas, cenário que nem o mais pessimista adepto leonino seguramente perspectivaria

Posto tudo isto, pergunto então a Bruno Carvalho onde está o artista especializado em criar obras primas, o homem que à boca cheia afirma que as suas equipas terão sempre a obrigação de serem as melhores em campo e o treinador ao qual foram dadas condições de trabalho e remuneratórias como há muito nenhum outro tivera em Alvalade?

Carvalho legitimamente apostou num treinador com provas dadas no futebol português - e mais em concreto na Luz, mesmo sabendo-se que nos dias actuais quem se senta no banco de Carnide tem a vida 'facilitada' por factores externos ao rectângulo de jogo. Por isso mesmo, para o bem e para o mal, estarão ambos associados, quer em cenário de derrota ou de vitória. Espero sinceramente que seja o segundo a ocorrer porque prezo o meu clube, porque vivencio o sportinguismo há muitas décadas e porque, gostando mais ou menos da personalidade de quem lidera ou representa o Sporting, desejo sempre o melhor a quem quer que ostente o símbolo do leão.

No entanto, e porque a massa associativa tem sido inexcedível na sua abnegação, no seu apoio e no crédito dado, quer à actual direcção quer ao treinador, julgo que tudo tem um limite, pelo que a partir de agora estamos muito próximos de um contexto de tolerância zero!

Não há donos do clube, os presidentes, os treinadores e o jogadores passaram, passam e passarão, mas o Sporting será eterno e os seus sócios serão sempre soberanos e detentores da palavra final sobre quem pretendem ver a liderar os destinos do clube, pelo que nos cumpre exigir resultados, porque não voltamos as costas e porque dizemos sempre presente quando nos é pedida a nossa contribuição: quotas em dia, aquisição de gameboxes, presença massiva em Alvalade no apoio à equipa, deslocação ao terreno dos adversários, contribuição extraordinária para a construção do pavilhão...

Por tudo isto, acima de tudo e todos, deverão estar sempre os supremos interesses do Sporting Clube de Portugal!

Nuno M Almeida
    Sangue LEONINO


18 comentários:

  • At 24/10/16 16:11, Blogger David Carlos Gomes da Costa said…

    Caro Nuno

    Quem optou e tem mantido uma contante insistencia na soberba e num egocentrismo insuportável, é o presidente Bruno de Carvalho.
    Jesus, por vezes, acompanhou-o no registo, nomeadamente quando estáva na mó de cima.
    Onde anda Jefferson? Jesus embirrou com ele. Nunca me esqueci da ostracização a que sujeitou Capdevila, campeão do Mundo, aposta de Vieira Rui Costa, em Emerson, no qual apostou insistentemente, acbando por queimar o jogador, sobre o qual os sócios deixaram de assobiar, porque já tinham pena do rapaz e das suas limitaçãoes.
    Markovic jogou normalmente na extrema direita e as adaptções tentadas como 2º avançado nunca resultaram.
    O william Carvalho lento é algo que sempre achei, e que o impede de ser um excelente jogador. Essa sua insuficiência foi sempore colmatada e disfarçada pela presença e fabuloso trabalho de Arien, um autentico Box to Box.
    Elias o tipico jogador brasileiro que jesus adora, como Talisca,Airton Alan Kardec, Éder
    Luís e Filipe Bastos... que não vingaram no Benfica, ainda dou o beneficio da duvida ao Talica, acho que tem potencial.
    Tudo o resto é mais do mesmo
    Muita paciencia tiveram Rui Costa e Luís Filipe Vieira para aturar o egocentrismo de Jesus.
    No Benfica trabalha-se em equpa e se preguntares à estrutura Do Presidente ao Roupeiro e a dois dos Homens, com responsabilidades, e dos que mais precebem de futebol Rui Costa e Nuno Gomes, todos te dirão: excelente treinador, como pessoa feitio terrivel, é preciso umA PACIENCIA DE JÓ PARA O ATURAR.

    Saudações desportivas,

     
  • At 24/10/16 16:33, Anonymous Anónimo said…

    JJ é um bluff

     
  • At 24/10/16 16:48, Blogger King Lion said…

    Nuno,

    Concordo em muito do que diz mas não quer o regresso do Godinho pois não,acho que dá para perceber a diferença deste Sporting em todas as modalidades e Sporting de um passado muito recente.

    Estou a falar de um Sporting falido,resignado,derrotado,gozado por tudo que é cão e gato.Bruno de Carvalho não faz tudo bem mas tem feito um trabalho meritório nestes anos de presidência, e mais tudo o que faz é em prol do Sporting,é um sportinguista como qualquer um de nós.Mais do que ninguém ele quer o sucesso do nosso clube.

    Em relação ao JJ aí sim concordo em quase tudo o que escreve sobre ele.Falar menos e trabalhar mais e melhor é um grande conselho para ele.


     
  • At 24/10/16 17:15, Blogger Bruno said…

    Mas qual colinho , vocês so veem colinho por isso nao ganham nada, em vez de darem merito e quererem superar , acham que é tudo colinho , vai ler a liga real do lagarto rui Santos a epoca passada e depois ve a desta epoca , para veres que essa do colinho é apenas uma falta d seriedade fácil de atirar para desculpar os erros e as falhas do teu clube. E eu quero que continuem sempre achar que é colinho e que sao os árbitros e o sol e achuva e o Diabo , como o Dolbeth diz, porque enquanto andarem nisto , nao veem onde está o problema, e essa do benfica ter começado a epoca passada é para rir nao ? .. o Jj quando ganhou a supertaça nao mostrou respeito pelos jogadores que treinou nem pelo clube e já antes vinha dizer que era o cérebro , e antes tinha dito que ninguem no benfica percebia de futebol , so o Rui Costa, e isto é começar o benfica? Voces curem-se

     
  • At 24/10/16 17:21, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Meu caro King Lion, se há coisa que não sou é maniqueísta, portanto para mim não há apenas branco ou preto. E prezo o sistema democrático onde há espaço para crítica e opinião sem que isso signifique necessariamente saudosismo e suspiro pelo regresso ao passado.

     
  • At 24/10/16 19:38, Blogger ana said…

    Quando o Jesus veio para o Sporting, fui uma das muitas (algumas, vá) que não ficou nada satisfeita. Na altura, disse que só acreditava que ganhássemos alguma coisa se trouxesse a estrutura com ele. E isto não é um elogio à estrutura, bem pelo contrário, é puro sarcasmo, cinismo, porque aquela estrutura não ganha pela competência mas pela trafulhice. Sabemos como o Jesus ganhou títulos no Benfica. Dizíamo-lo na altura, e sempre me meteu espécie este endeusamento do senhor. Quando ele treinava em tons de vermelho, tinha sempre uma mãozinha, uns ombros, uns braços, que o amparavam. Nem precisamos ir mais longe. Compare-se os jogos Guimarães-Benfica da época passada e Guimarães-Sporting há um par de semanas. Sabemos a vergonha que foi então, em que o Benfica não podia perder mais pontos, e veja-se o que aconteceu com o Sporting, em que o segundo golo do Vitória nasce de uma falta não assinalada sobre o Gelson Martins, e o terceiro, mesmo nas barbas do senhor "juiz". Se não há campeonato ganho pelo Benfica que não tenha "alcunha" (colinho, túneis, estoril gate), porque é que damos agora tanto crédito ao Jorge Jesus?

    Só lhe tenho alguma simpatia por vê-lo tão acossado. Não gosto de acossamentos. Nem aos meus nem a quem não me é nada. E só por isso até quero que o homem se mantenha por cá, ganhe (mas vai ter de fazer melhor, muito melhor) e me cale, porque para o conseguir tem de se superar, porque ajudas não vai ter de ninguém. Bem pelo contrário. Há muita gente que não lhe perdoa ter saído do Benfica para o Sporting. Vemos isso nos programas dos comentadeiros, vemos isso numa grande franja dos jornalistas. Diz que há 14 milhões de benfiquistas no mundo, 6 milhões deles em Portugal. Infelizmente, o povo tuga é vingativo, rancoroso. E os jornalistas não são exceção. Os mesmos que há dois anos o idolatravam e relevavam muitas das bacoradas que dizia e fazia, são os mesmos que esmiuçam tudo para encontrar assunto e criticar o homem por ser quem sempre foi.

    Ainda para mais, o Sporting deixou de ser um "clube simpático, de tradição, que faz falta ao futebol português". Tudo o que não é VERDE E BRANCO está contra nós e lixa-nos da maneira que pode, quando pode. Mas o tema não é esse.

    Para acabar, Leonino, sejamos justos: quem começou a guerra foi o Benfica, o Jesus "atacou" o Vitória, mas o "sonso" (é isso que acho que ele é, um sonsinho de falinhas mansas) também deu as suas bicadas. E não foi em resposta a nada. Aliás, se bem me lembro, a primeira picardia até partiu dele, quando disse que ia apresentar uma equipa a jogar contra onze jogadores na Supertaça. Como a perdeu, baixou a bolinha. Já me tenho perguntado como teria sido se a tem ganho. Até nisso teve sorte (isso e o Luisão ter-se lesionado, Mateus me perdoe). Passou a ser o coitadinho que era maltratado e desrespeitado pelo malvado do colega de profissão Jesus, e todos se uniram, jogadores e direção, para conquistarem o campeonato, diz-se. Enfim, como o Jesus não soube (nem nunca vai aprender) a falar apenas daquilo que interessa... deu novela para o ano todo.

    Falando apenas de bola... ele que faça o que quiser na frente e na defesa, mas o meio-campo foi a chave do sucesso no ano passado e está a ser o calcanhar de aquiles neste. O Adrien FAZ TODA A DIFERENÇA, SIM. Não tem substituto à altura. Esqueçam o Elias em termos defensivos. E o William não chega para tudo.

     
  • At 24/10/16 20:36, Blogger Sporting até Morrer said…

    Nuno,

    Jesus tem de arrepiar caminho rapidamente e colocar a equipa a jogar com motivação e garra pois o que se tem visto neste início de campeonato está ao nível do pior dos últimos anos.

    O salário que aufere no Sporting e o investimento feito pelo clube para garantir as contratações que escolheu exigem muito mais do que aquilo que nos tem sido dado a ver.

    Mais uma vez, não vejo nenhum sportinguista exigir o despedimento de Jesus neste momento, querem isso sim um outro nível de exigência e de entrega por parte de jogadores e equipa técnica e...menos bazófia como bem referes.

    Por fim, Bruno de Carvalho e a sua dependência de Jesus.
    Um presidente idolatrar publicamente um treinador é algo que não compreendo e que nao desejo ver no Sporting.
    Já me bastou o Paulo Bento forever.

    Jesus será treinador do Sporting enquanto os resultados e exibições assim o definirem.
    Se Jesus não ganhar nada esta época e, sobretudo, se o futebol praticado não melhorar, no final da época terá de haver entendimento relativo à sua saída.
    Bruno de Carvalho ficará associado aos bons e aos maus desempenhos de Jesus mas dificilmente alguém exigirá a sua saída pois é reconhecimento geral o bom trabalho feito pela actual Direcção.

    Quem não gosta de Bruno de Carvalho e pretende a sua saída, terá uma boa oportunidade de mostrar a cara e apresentar as suas ideias para o clube nas próximas eleições.

    Duvido que tal aconteça...

     
  • At 24/10/16 21:10, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Ana, essa triste afirmação do Rui Vitória foi antes do jogo do campeonato em que ganhámos 3-0, e não antes da supertaça. Provavelmente o nosso azar, e a propósito de supertaça, foi paradoxalmente a termos ganho. Porque não enveredaríamos a partir daí na farolice e seguramente com mais humildade e discrição teríamos obtido melhores resultados no final da temporada.

     
  • At 24/10/16 21:13, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Sporting até morrer, Bruno Carvalho é que se está a 'colar' demasiado a JJ, com todos os riscos que essa estratégia encerra.

     
  • At 24/10/16 21:39, Blogger ana said…

    Estava convencida de que tinha sido aquando da supertaça, mas ok. Não foi muito depois, e o resultado foi ainda pior. Acalmou. Tanto que o outro lhe atirou o piropo do "saiu da toca", precisamente quando a "fortuna" lhe começou a sorrir. Sonso, é o que eu digo que o senhor é. Ainda aqui há dias também mandou uma "indireta" ao Jesus, que não lhe respondeu. Pelo menos, não tenho conhecimento de que o tenha feito. Mas eu tenho andado um bocado arredada das tricas futeboleiras. Não sei se ficou sem resposta...

    Uma coisa te (re)digo: prefiro desbocados a sonsos... ;)

     
  • At 24/10/16 21:48, Blogger ana said…

    Quanto ao Bruno de Carvalho, de acordo: põe o Jesus num patamar muito acima do que ele realmente ocupa no Sporting. No resto, está mais calmo, mas, a espaços, ainda tem umas recaídas ruidosas. Isto de ir a uma conferência de imprensa falar sobre um comunicado do Benfica não lembra a ninguém. Mas há melhoras... Trabalhinho. Isso é que é preciso, e não se tem saído mal em muitos aspetos. A falar, que seja por motivos de força maior. E o Benfica não o é. Para mim, pelo menos. Mas não é só ele. Há muito sportinguista a dar ao clube de Carnide a importância que não tem. Claques incluídas, que até lhe dedicam um cântico. É, de resto, a única altura em que não canto com eles quando vou à bola. A sério... deixem-se disso... Temos tanta coisa boa que os outros não têm a capacidade para criar e tentam imitar... Mal! Plágio de má qualidade. Muita. Inguenorem-nos, pazes!

     
  • At 25/10/16 08:04, Blogger Jasil said…

    David Carlos Gomes da Costa: Vai mandar bitaites para o teu Carnide. Falas demasiado nos teus ex-jogadores, Vieira R. Costa e quejandos. Desaparece. Um alerta aos sportinguistas. Não poderemos abrir brechas. Até aqui éramos atacados, vide campanhas dos paineleiros, espero que não passemos de temidos a coitadinhos. Estamos mal, correto, mas não permitamos infiltrações de outros que só querem o mal do n/ clube.Sejamos inteligentes. Nada está perdido, apoiemos. Não façamos o jogo dos n/ inimigos como alguns têm feito. Não sejamos ingénuos. Temos que continuar a ser temidos...
    SL

     
  • At 25/10/16 08:04, Blogger Jasil said…

    David Carlos Gomes da Costa: Vai mandar bitaites para o teu Carnide. Falas demasiado nos teus ex-jogadores, Vieira R. Costa e quejandos. Desaparece. Um alerta aos sportinguistas. Não poderemos abrir brechas. Até aqui éramos atacados, vide campanhas dos paineleiros, espero que não passemos de temidos a coitadinhos. Estamos mal, correto, mas não permitamos infiltrações de outros que só querem o mal do n/ clube.Sejamos inteligentes. Nada está perdido, apoiemos. Não façamos o jogo dos n/ inimigos como alguns têm feito. Não sejamos ingénuos. Temos que continuar a ser temidos...
    SL

     
  • At 25/10/16 09:19, Anonymous Anónimo said…

    Sonsa é a tua prima

     
  • At 25/10/16 09:36, Anonymous Anónimo said…

    Temos o melhor Presidente dos ultimos anos.Temos um grande treinador e estou a vontade para dizer isto porque por mim desde o Limpinho ,Limpinho nunca tinha posto os pes no Sporting,temos grandes jogadores que ainda vao mostrar o que valem,temos uma grande estrutura,temos uma massa adepta como ha poucas,resumindo e concluindo temos tudo para que o que esta a comecar mal venha a acabar muito bem.Por isso a Lampionagem que anda toda cagada de vaidade e passa a vida a insultar Bruno de Carvalho e Jorge Jesus que vao um pouco mais devagar pois como diz o velho ditado:O ultimo a rir e o que ri melhor.Quanto ao J.J ser como e,como pessoa ate me parece normal,pois de quem passou seis ano na escola de carnide nao se pode esperar mais.Sporting sempre.....

     
  • At 25/10/16 11:56, Anonymous Anónimo said…

    "Por isso a Lampionagem que anda toda cagada de vaidade e passa a vida a insultar Bruno de Carvalho e Jorge Jesus que vao um pouco mais devagar pois como diz o velho ditado:O ultimo a rir e o que ri melhor."

    Tens que mudar de canal, parece que aí dá tudo ao contrário. Então essa do quem ri por último... Por isso é que o actual campeão nacional é o SCP.

     
  • At 25/10/16 16:30, Anonymous Anónimo said…

    Os adversários têm que dar mais luta.

    Olhem bem para cima...

     
  • At 28/10/16 21:53, Blogger Dillon & Clarence said…

    A ver o jogo na madeira só ao fim de 30 minutos percebi que Markovic estava a jogar (porque a tv mostrou um grande plano dele). Desculpem lá é preciso algum curso ou mestrado em taticas pra concluir que jogamos com 10 e o desgraçado do holandes completamente isolado la na frente?

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home