"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, maio 04, 2010

Rodar a cadeira



A era Roquette trouxe coisas boas. Sonhos, promessas, esperança num clube pujante cuja sustentabilidade financeira não mais dependesse da bola na trave, era o profissionalismo que chegava. Mais tarde vieram as coisas menos boas, pesadelos, desilusões, dívidas sistémicas, buracos de tesouraria escondidos sob o manto de reestruturações... era a incompetência que se espalhava.

Ou espalha?

http://www.sporting.pt/Info/Noticias/noticiasgerais_clubecomunicado_040510_62111.asp

Não é de agora que no Sporting quando não se presta num lado, vai-se não prestar para outro, importante é que fique. A razão é simples. O montante auferido por quem não presta, somado aos anos de casa a fazer asneira, dá direito a um valor de indemnização que, à falta de acordo, é melhor que não saia. Roda-se a cadeira, cruza-se os dedos e reza-se para que funcione.

Até quando?
Ninguém sabe.

Abraço de Leão,
Verdão.