SANGUE LEONINO

"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

segunda-feira, dezembro 13, 2010

O caminho que não seguimos....



A esta hora está o leitor a perguntar-se, "porquê este vídeo do Barcelona-Real Madrid?"
Atentem na ficha de jogo. No onze titular encontram-se 7 jogadores da cantera Blaugrana. No banco estão ainda mais 3 , sendo que 2 deles acabam ainda por entrar no jogo. Não pense o leitor que quero comparar o Barça ao Sporting. Quero comparar isso a possibilidade do SCP poder fazer o mesmo. E sinceramente era possível. Seria no entanto necessário trabalhar de outra maneira.

Comecemos pelas camadas jovens e tendo em conta que no Barcelona todos os escalões jogam no mesmo sistema tactico. Quem são os treinadores? Por exemplo os treinadores dos Juvenis A e os treinadores dos Juvenis B são respectivamente Oscar Garcia e Sergi Barjuan. Ambos jogadores consagrados de um passado recente, da historia recente, capazes de ensinar aos miudos aquilo que é o Barcelona. Em contraponto e sem querer beliscar a capacidade e profissionalismo dos professores-treinadores em Alcochete que peso historico têm eles no Sporting? Sei que lá trabalham Fernando Mendes ou Mario Lino mas esses sobretudo são jogadores que dizem algo a outra faixa étaria!!

Seria necessário ir buscar treinadores que tenham a ver com o passado recente do SCP, jogadores que possam mostrar aos miudos o que é sentir a camisola. Lembro-me de um Beto, um Rui Jorge e sim um Pedro Barbosa, já não falando de um Oceano ou mesmo um Balakov. Seria importante que as figuras leoninas de um passado recente estivessem junto dos miudos, para passar-lhes mistica e ensinamento. Nem vou falar de faltas de manhas que em cada jogo observo nos jogadores por nós formados. Não querendo de todo "ofender" os treinadores-professores julgo que aquilo que lhes sobra em trabalho teorico falta-lhe em conhecimento de jogo jogado.....

Depois peguemos na politica de contratações feita pelo Barcelona em contraponto com a do SCP.
O Barcelona contrata para a sua equipa senior jogadores que vão de certeza fazer a diferença e sobretudo acrescentar valor aos que já lá andam. Este ano as 3 contratações feitas pelo Barcelona foram Adriano, Villa e Mascherano. Villa é o único que joga a titular mas os outros são jogadores de valor inquestionavel. O problema talvez seja quem têm que tirar o lugar....Não será fácil tirar o lugar aquele tridente do meio campo Blaugrana mesmo sendo titular da selecção Argentina...

Em contraponto com o SCP temos este jogo, Sporting CP 1 Rio Ave 0.

De inicio o SCP entrou com 11 Portugueses , sendo que 2 deles são 2 luso brasileiros. Sendo que desses 11, 3 são oriundos da cantera. No banco tinhamos , nada mais nada menos que 5 estrangeiros e mais 2 jogadores da cantera (vou considerar Tiago da cantera).
É aqui que toda a base de construção do SCP falha!! Um jogador estrangeiro acarreta, dinheiro gasto e normalmente um ordenado superior aos jogadores por nós formados. Nada contra isso, mas têm que ser jogadores de excepção, jogadores que sejam um valor acrescentado e que façam crescer os "miudos".

Julgo que temos desperdiçado muita matéria prima por uma má politica de contratações. O SCP não pode ter no banco 5 estrangeiros.... Qualquer jogador que venha para Alvalade têm que ser titular de caras ou então um jovem valor margem de progressão. No entanto não é isso que temos assistido nos ultimos 5-6 anos em Alvalade.

Normalmente temos comprado "refugo" escudados sempre na maxima que não há dinheiro...No entanto todos os estrangeiros juntos valem mais ou menos 30M de euros mais os chorudos ordenados que auferem.

Seria preferivel ter apenas 3-4 jogadores vindos de fora mas que fossem de caras valor acrescentado e fazer crescer os nossos miudos que para alem de serem asfixiados, acabam por se perder ou como no caso de Varela , num rival....

Fazer melhor, bastante melhor, é possivel....no entanto há certos "Status Quo" que só servem meia duzia mas acima de tudo não serve o SCP. As noticias que vamos ouvindo desde a Academia são preocupantes. A conivencia com certos empresarios que andam positivamente a "caça" em territorio que devia ser "protegido" é apenas uma das muitas falhas do sistema leonino. Se queremos ser fortes lá fora vamos ter que primeiro arrumar a casa. Sobretudo no nosso Holy-Graal , a Academia.

Porque é contra-natura que desde que temos a Academia tenhamos aproveitado menos jogadores do que quando tudo era feito ali em Alvalade e sem o minimo de condições!!! Como é possivel que nos tenhamos expandido com escolinhas de futebol para todo o Portugal e que em contra-ponto a qualidade e quantidade de jogadores aproveitados tenha diminuido?

Espero que este post quase biblico possa lançar uma discussão sobre o futebol leonino. Acima de sucessões e linhagens interessa-me muito mais que o futebol Leonino tenha sucesso!! E não vai ser conseguido a trabalhar como temos até aqui. Sobretudo quando quem trabalha a matéria prima não tiver a grandeza e capacidade dignas do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

SL

Miguel Damas

41 comentários:

  • 13/12/10 18:41, Anonymous Anónimo escreveu…

    Miguel

    muitas vezes não estamos de acordo, mas quanto a este teu post 100% de acordo ! Infelizmente a era Paulo Bento foi uma desgraça para a formação. Poderá parecer estranha esta afirmação, quando viamos na equipa, Veloso, Dhaló, Moutinho, Pereirinha, Carriço, Adrien, Saleiro, mas essa é a verdade. Com PB só os que foram treinados por ele nos juniores foram opção. Todos os outros nunca foram opção. E ainda se deu ao luxo de dispensar e rejeitar tantos outros que mais tarde ou mais cedo estarão nos grandes, ou já estão ... Rafa, Carlos Martins, Varela, Diogo Viana, Januário, Marco Matias, Tiago Pinto, Celestino, etc ...

    E pior que isso não houve durante 4 anos uma politica de integração dos juniores ou recem seniores na equipa ...

    O caminho da formação nunca será tipicamente o que aconteceu com Ronaldo, Quaresma ou Hugo Viana. E assim se estragou um jogador como Pereirinha ou Adrien, que não tiveram espaço para crescer longe da prssão de Alvalade que poucos miúdos podem, devem ou sabem suportar.

    O caminho mais correcto é o caminho que seguiu por exemplo o André Santos ou Carriço. Começam por baixo, 2ª Divisão ou Liga de Honra ou campeonatos inferiores ao português e vão subindo patamares conforme a sua evolução. É com um imenso agrado que vejo os 3 miudos na Bélgica, onde são figuras de proa de uma equipa de meio de tabela, como Carriço o foi no Chipre, que vejo o Wilson no beira Mar, etc ... esse é o caminho ! jogar para crescer. Porque os predestinados que podem pegar de estaca na equipa senior desde logo são poucos.

    Quem sabe para o ano possamos contar nas fileiras da equipa principal com Renato Neto, João Gonçalves, Nuno Reis, Willliam Owusu, Wilson Eduardo e um novo Adrien, rodados e mais aptos a darem o seu real contributo ao clube. Assim se faz formação e não numa perspectiva de "ou pega logo ou não presta"

     
  • 13/12/10 18:47, Blogger Mike Blitz escreveu…

    Quem sabe para o ano possamos contar nas fileiras da equipa principal com Renato Neto, João Gonçalves, Nuno Reis, Willliam Owusu, Wilson Eduardo e um novo Adrien, rodados e mais aptos a darem o seu real contributo ao clube. Assim se faz formação e não numa perspectiva de "ou pega logo ou não presta"

    Sem duvida, esqueces-te do Cedric que tem Abel a sua frente....o caminho é esse ou então de fazer como faz o Barcelona...vão tendo minutos para crescer ou jogam nas taças ditas menores...ora a estrutura em Alvalade têm sido baseada por baixo que temos nesses jogos normalmente as melhores equipas....asfixiando possiveis minutos a miudos ....

    Sei que a nivel de estrutura temos ideias muito diferentes.. sobretudo a nivel de pessoas e nomes, mas no futebol tenho concordado muito mais vezes que discordado contigo.

    Obrigado pelo apoio neste post!

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 19:04, Anonymous Anónimo escreveu…

    Em teoria estou de acordo, mas nao acho realistico o que escreves...

    Que nos temos todas as condicoes para formar jogadores de grande qualidade, claro que sim, mas nao temos capacidade para os manter da mesma forma que o Barcelona faz.
    Nem sequer comparo o que os clubes podem pagar aos jogadores, basta ver a carga fiscal dos dois paises para peceber isso...

    Sobre a formcao, agora falamos do Barcelona, antes falamos do Ajax etc..
    O que esta a acontecer agora no Barcelona e o resultado de uma estrategia idealizada por Johan cruyff que comeca a dar frutos, demorou anos a acontecer. Ate dar frutos os catalaes investiram milhoes em contratacoes para serem competitivos. Ainda me lembro de um passado recente em que o Barcelona tinha 50% da selecao holandesa...
    Pegando no Ajax, repara o que aconteceu, formou grandes equipas, mas actualmente nao consegue fazer o mesmo...
    Tudo tem o seu ciclo!!!!

    Que podemos melhorar, sem duvida, ha muita coisa que me parece errado na academia.
    Do que escreves, concordo plenamente em incutir Sportinguismo aos miudos. Que a melhor forma de o fazer e atraves de recentes glorias os acompanharem...

    As nossas contratacoes tambem sao feitas na base de lucros,
    o que me parece errado.
    A nossa equipa e uma especie de academia para seniores, vamos buscar jogadores com margem de progresao, sem creditos formados, com o intuito de realizarmos algum lucro na venda!!!
    Aqui estou de acordo contigo, contratar so pela certa e jogadores que entrem de caras no 11, isto tras beneficios deportivos e ajuda muito a completar a formacao Leonina.

    Saudacoes leoninas
    PauloLionheart

     
  • 13/12/10 19:25, Blogger (: ZenMan :) - Vítor Araújo escreveu…

    Adorei o Post,

    Revejo-me nele, e penso que o que o Damas quer realmente dizer com ele, é que é possível não ludibriar os adeptos com promessas vãs, desde que o projecto esteja bem definido para o Futebol e que o seu crescimento seja sustentado sempre nas mesmas politicas:

    Gastar dinheiro que se gaste para manter os grandes valores, e que se contrate 1 ou 2 jogadores ano, de valor inequívoco, que tragam a experiência necessária para que outros expludam, como já tivemos casos no passado, e não foram assim tão poucos, sendo o maior problema ocorrido, que não teriam capacidades de os manter, devido aos custos e perdas desnecessárias de orçamento em jogadores de qualidade dúbia e muitas das vezes com ordenados que não compatíveis com a qualidade dos mesmos!

    Sou pessoa para ver um projecto desses crescer de óptimo grado, apoiando essas mesmas decisões, desde que a direcção fosse honesta com os adeptos e sócios, e os mantive-se ao corrente de todos os destinos do clube, e/ou projectos futuros.

    Um SPORTING unido é sem sombra de duvidas, uma grande potencia, e faríamos mais num curto prazo de tempo, do que temos feito nestes consecutivos anos de tiros nos pés e projectos desportivos ao ACASO..

    SL e um forte abraço Damas, muito bom Post :)

     
  • 13/12/10 19:31, Blogger Mike Blitz escreveu…

    Que nos temos todas as condicoes para formar jogadores de grande qualidade, claro que sim, mas nao temos capacidade para os manter da mesma forma que o Barcelona faz.

    Paulo

    O problema não passa por ai. Alias teremos que ser inteligente e saber vender. Montinho pelo Everton, Veloso sondado varias vezes e mesmo Yannick teve uma oferta por 15M (?) do VillaReal...Não vendemos....ficamos refens desses jogadores e acabamos por vender muito abaixo dos valores na altura oferecidos e no caso de Montinho acabou num concorrente directo. Mas estes erros não são de agora....Custodio teve uma oferta de 7M de uma equipa turca....recusamos e acabou por sair por 2M (?), ou Douala que era pretendido por equipas francesas que ofereciam 5M (?) e acabou por sair a custo zero (?) ou Romagnoli que era pretendido por equipas argentinas....não foi vendido, renovaram o contrato para 6 meses depois darem-lhe o passe na mão??!!!!!

    Se tivesse havido saber....teria havido dinheiro para reforçar a equipa com os tais jogadores de excepção, abater a divida e incorporar mais miudos.....

    Tenho por isso discordar contigo. Não tem havido é saber trabalhar, pois basta atentar desde que fomos campeões pela ultima vez....o desinvestir começou logo no ano a seguir e tem sido apanagio até aqui. E desengane-se quem acha que é por falta de dinheiro....pois no ano a seguir a venda de Nani e a saida de Tello, jogadores a entrar foi o que não faltou....Stoi, Vuk , Izma , Gladstone, Purovic, Celsinho e aquele defesa checo com nome esquisito.....

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 19:38, Blogger Mike Blitz escreveu…

    Zen

    Os debates que já tivemos sobre estas ideias....

    Obrigado pelo apoio!!!

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 19:59, Blogger Riga/V-1-Boy escreveu…

    damas

    o que eu vinha dizer, quem comentou antes já o disse,mas podia pegar nesse exemplo do barça( e mesmo o que acontece no ajax, que acredito que devia ser mesmo o exemplo a "copiar", por ser algo mais proximo do que podemos fazer).

    ter em toda a formaçao o mesmo esquema tactico e assim ( tal como no barça), quando os jogadores chegam´á equipa principla já sabem como jogar e integram-se mais facilmente.

    quando falo em ajax tem a ver com os jogadores apareceram, darem nas vistas e quando se tiver oportunidade de fazer uma mais valia financeira, vender, até porque sabemos que exsite sempre alguem na formaçao que o pode substituir.

    eu nem falaria em estrangeiros/ portugueses , mas em temros de jogadores experientes/formaçao, seria bom ter uma racio de 60/40, mas por exemplo 1 jogador , fazer, 1 ou 2 anos de senior a rodar, em equipas em que fosse realmente testado, ou seja equipas do meio da tabela para baixo, onde o jogador fosse uma mais valia( e por exemplo so defesas aprenderiam a ter mais trabalho, e os avançados a ter que se desenrascar sozinhos, algo que nos juniores nao acontece) na primeira epoca,e numa segunda, caso nao ficassem no plantel, rodarem numa equipa com um pouco mais de ambiçoes( á semelhança do que aconteceu ao andre santos).


    mas para isso seria preciso 2 ou 3 pessoas:

    1 treinador que tivesse essa filosofia, um director de futebol( que podria ser ou nao tb director desportivo) que acompanha-se os jogadores e ajuda-se um pouco o treinador a encontrar soloçoes alternativas

     
  • 13/12/10 20:05, Blogger JPDB escreveu…

    Concordo na generalidade com o post.
    Mas gostava de acrescentar algo. O Barcelona para aproveitar tão bem os jogadores da cantera faz algo muito importante que é, ter uma equipa B. Consigo perceber que haja alguma politica de empréstimos mas, acho essencial que o Sporting crie uma equipa B. Esta equipa B é essencial para a transição entre juniores e seniores, para dar a intensidade competitiva que os juniores ainda não possuem. Para suprimir as lacunas formativas que cada jovem pode ter, por exemplo, um jogador que chegue ao Sporting junior não possui a mesma formação que um miúdo que chegue ao Sporting nos iniciados. Além disso, tendo o Sporting óptimas condições de treino em Alcochete, com óptimos profissionais, não faz sentido atirar um junior sem intensidade competitiva dos campeonatos profissionais, para um clube qualquer, com relvados lastimáveis ou com treinadores limitadíssimos.
    Após uma evolução na equipa B, penso que um empréstimo a uma equipa (preferencialmente estrangeira) de meio-de-tabela, podia ser proveitoso. Dava ao jovem outras interpretações do futebol, mais maturidade psicológica, podia servir para adquirir ritmo caso o seu lugar na equipa principal do Sporting fosse ocupado por alguém muito competente e não pudesse jogar muito. Além do mais, caso os jogadores emprestados fossem bons, ajudava a espalhar a marca Sporting por outros campeonatos com outros recursos financeiros...

    Espero ter contribuído

     
  • 13/12/10 20:25, Blogger Riga/V-1-Boy escreveu…

    jpdb

    o problema das equipas b em portugal é que não podem passar da 2º divisao, e se as coisas correrem bem e estiverem em posiçao de lutar para subir, chegam a um ponto da epoca que têm que tirar o pé

    em espanha as equipas b so nao podem jogar na 1º divisao e taça, o barça b neste momento está em 4º lugar na liga adelante( 2ª divisao), e em espanha eles nao tiram o pé se tiverem em lugar de subida depois é como se nao estivessem lá e nao contam, cá com as 3 divisoes na 2ª divisao e o só subir 1 de cada zonaseria mais complicado, e as equipas b cá servem apenas para dar rodagem aos miudos e aos menos utilizados na equipa principal e neste momemto só existe o maritimo b

     
  • 13/12/10 20:46, Blogger Mike Blitz escreveu…

    Riga

    Tens toda a razão mas julgo que o JPDB tb.

    Seria necessario a equipa B mas como tu bem dizes a competição numa 2B não é o mesmo que a vitalis. Não sei como está neste momento estruturado as leis para uma equipa Satelite, mas talvez fosse a maneira de ludibriar a lei e manter os miudos numa competição maior que a 2B. Contactar um clube que não pretende-se subir ao escalão maior. Mas em todo o caso talvez fosse necessario rever as leis que confinam as equipas B na 2B...

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 20:46, Blogger JPDB escreveu…

    Riga/V-1-Boy,

    Não vejo o principal objectivo da equipa B como vencer campeonatos. O importante é fornecer aos jogadores a intensidade competitiva dos campeonatos seniores e preencher lacunas que tenham da formação. Serviria também para fornecer alguns jogadores ao plantel principal que, assim, mantinham ritmo competitivo. Por exemplo, o 3º GR, o 4º defesa-central, etc, e assim se poupavam uns euros em Hildebrands e Nunos Coelhos...

    O ritmo competitivo entre a IIªB e a II Liga não é muito relevante, mas em ambos os casos, a intensidade é muito mais elevada que nos campeonatos juniores. O importante é ter um projecto competente e sério. O objectivo final da equipa B não é vencer, é antes, fornecer meios para a equipa principal ser vencedora a baixo custo...

     
  • 13/12/10 20:51, Blogger Fanas escreveu…

    Concordo grosso modo com as ideias aqui explanadas embora tenha consciência que é sempre mais fácil teorizar do que levá-lo á prática. E temos um adversário de peso , que é a habitual pré-disposição dos nossos adeptos para assobiar e vaiar os nossos jogadores mais jovens.Rui Patricio é um exemplo disso.Qualquer estrangeiro mesmo de 2ª categoria merece-nos sempre mais crédito e paciência e isso tem de acabar.

    SL

     
  • 13/12/10 20:53, Blogger Mike Blitz escreveu…

    Mas neste momento até há o campeonato dito de "reservas" a dita liga inverno ou qq coisa. O ano passado vi o jogo na amoreira contra o estoril....o treinador passou o tempo mais preocupado a ofender e a reclamar com o arbitro que era uma mulher que repreender ou rectificar os numerosos erros cometidos pelos seus jogadores....

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 20:54, Blogger Mike Blitz escreveu…

    Fanas

    Julgo que se for esse o caminho a seguir e for explicado aos socios, haverá uma maior compreensão do que se andarmos a prometer titulos na actual conjectura....cria ansiedade nos nossos jogadores e ilusão nos socios e desaba tudo ao primeiro resultado negativo.

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 20:55, Blogger (: ZenMan :) - Vítor Araújo escreveu…

    Fanas,

    No estado em que se baseia a politica para o futebol actual, até assobio outros tantos jovens, não só o Patricio, o que aqui se tenta dizer é que existem outras maneiras de potencializar as qualidades cruas dos jovens atletas da cantera...

     
  • 13/12/10 21:02, Blogger Fanas escreveu…

    ZenMan

    Lamento não o perceber mas se conhece tão bem os responsáveis como se depreende dos seus comentários porquê assobiar os jogadores ?



    Miguel

    De acordo , esse era um trabalho paralelo que tinha de ser feito
    também.

     
  • 13/12/10 21:03, Blogger JPDB escreveu…

    Miguel Damas,

    Esse campeonato, ou liga intercalar, ou o que quiserem chamar, são à volta de 10 jogos (no máximo 15) por época. Isso até pode servir para entreter (pouco) os menos utilizados dos plantéis principais, mas jogar uma vez por mês não serve de grande coisa para formar jogadores.

    Neste momento parece-me importantíssimo que o Sporting crie uma equipa B, antes que por força, da tempestade que se viverá no período antes e depois da queda do JEB & Co., se destrua uma série de jogadores de bom nível que estão nos juniores e nos juvenis...

     
  • 13/12/10 21:09, Blogger Mike Blitz escreveu…

    JPDB

    Concordo plenamente. Com um treinador tipo Rui Jorge por exemplo. Ex-Jogador e bom treinador ou mesmo Filipe. Mas urge encontrar essa ponte. Realmente o Barça nem empresta jogadores julgo eu...

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 21:15, Blogger The Cure escreveu…

    Damas

    bom post, e concordo com o que a maioria disse. Apenas discordo em relação a formação. (desculpa se entendi errado)
    realmente é cada vez mais díficil segurar as nossas "jóias". Problema que o Barça não tem. Logo acho um pouco difícil teres no onze, sete ou oito jogadores da formação. (de grande qualidade atenção)Porque como sabes os bons jogadores nao ficam por terras lusitanas muito tempo.

    Vítor, por falar em política de contratações, sabes dizer-me porque contratamos o jogador Tales?

    nunca joga, nem sequer é convocado. Cada vez percebo menos certo tipo de contrataç]oes.

    em relação as equipas B, isso não foi ja tentado pelos 3 grandes?

    The LC

    abraço

     
  • 13/12/10 21:16, Blogger JPDB escreveu…

    Miguel Damas,

    O treinador tem de ser bom e, se estiver "dentro de casa", tanto melhor. Importante é que faça crescer os jogadores. Da mesma maneira que depois será importantíssimo ter um treinador principal que se saiba articular com esta "atitude" de bom futebol e crescimento de jogadores.
    Algo muito diferente do que faz o Paulo Sérgio (e treinadores semelhantes). O único jogador que vimos jogar "melhor" com o cromo do Paulo Sérgio foi o Hélder Postiga e, ainda assim, estava ele no seu melhor momento e, o Paulo Sérgio conseguiu estragar tudo encostando-o numa faixa...

     
  • 13/12/10 21:21, Blogger Ricardo escreveu…

    Não é possível pensar em fazer no Sporting o que o Barcelona faz por três motivos muito simples: poderio financeiro e, consequentemente, capacidade para preservar em casa os maiores valores; o terceiro, e que é fundamental, é o de que em Barcelona existe há muitos anos uma forma de jogar específica. Não é só em termos tácticos, é uma filosofia reinante que perpassa por toda La Masia e que tem o seu desaguar, filtrando e filtrando a qualidade desde miúdos, na equipa principal. Nenhum clube no Mundo consegue igualar estas condições - princípios bem definidos de qual a idiossincrasia futebolística há várias anos com poderio financeiro.

    O Sporting, sempre que despontar um verdadeiro valor (como aconteceu já por várias vezes), mantém-se na equipa principal 1, 2, no máximo 3 anos (Moutinho foi a excepção e ainda assim sabemos todos como acabou a novela). O que o Sporting podia (e devia) fazer era aproximar-se mais da filosofia do Ajax dos anos 80 e 90: formar uma geração que, no seu ponto mais alto, conquistasse títulos europeus e campeonatos nacionais e depois vendê-los e começar de novo. Mas para isso teria de ter uma Academia na sua maior pujança, como teve nos últimos 20 anos e - parece-me - está a decair.

    Mas numa coisa concordo: a estratégia e aproveitamento dos bons valores que saíram de Alcochete tem sido absurdamente negativa para o clube. Ou os jogadores mantêm-se mas não evoluem tudo o que podiam ter evoluído (Moutinho, Pereirinha, Veloso, Carriço, Adrien), devido ao facto de a equipa principal não ter a qualidade suficiente para que eles atinjam o apogeu do seu crescimento ou são vendidos, dando o melhor de si fora do clube (Ronaldo e Nani, os maiores exemplos mas também Simão, Quaresma, Martins, etc).

    O Sporting tem capacidades (porque tem infraestruturas e know-how)para gerar um projecto de sucesso baseado numa mescla de jogadores da formação com compras bem feitas no mercado de jogadores experimentados mas para isso é preciso ter gente competente na Direcção. Coisa que neste momento não tem. Pelo contrário.

     
  • 13/12/10 21:22, Blogger Mike Blitz escreveu…

    Alf AKA The Cure

    Num dos comentarios acho que respondi a isso. Nem todos serão vendidos ou "desejados" na mesma altura. Mas quando essa altura chegar há que saber vender e re-investir esse dinheiro e fazer subir outros jogadores. É certo que o Barcelona não vende as suas joias. Mas julgo que é possivel ter um modelo aproximado a eles mesmo vendendo um ou dois jogadores por ano, porque um ou dois não obriga a uma grande alteração de estrutura. Podendo haver a subida de outro jogador da cantera ou se for necessario ir ao mercado colmatar essa perda. É tudo um carrocel, apenas é preciso meter-lo a "trabalhar".

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 21:24, Blogger JPDB escreveu…

    The Cure,

    O problema foi que as equipas B foram tentadas com base em premissas erradas, e depois percebeu-se que estar a pagar uma equipa B, para descer de divisão, era muito caro.

    Aqui falamos das equipas B, como parte da formação, e como recurso a ser explorado para ir buscar jogadores para o plantel, com um custo muito inferior quando comparado a ir comprar e, com muito maior possibilidade de obter receitas através das vendas, do que contratando "velhotes"...

     
  • 13/12/10 21:31, Blogger The Cure escreveu…

    Damas & JPDB

    obrigado pelas vossas respostas.

    eu tinha uma vaga ideia dessas equipas B, JPDB. Não me recordava era como tinham terminado. Fiquei agora elucidado.

     
  • 13/12/10 21:50, Blogger 10A escreveu…

    M. Damas,
    Concordo a 100%. Permito-me apenas apontar três notas:
    - Em face do modelo de jogo dos escalões de formação, este deveria estender-se até à equipa principal, não de uma forma inflexível, mas preferencial;
    - A própria escolha do treinador tinha de ter como condição o respeito, ainda que parcial, por esse modelo de jogo; finalmente,
    - Impõe-se transparência na estrutura: todos ouvimos rumores e estórias relativamente a preços de jogadores artificialmente inflacionados, compensações a "colaboradores", etc. o clube tem de ser livre de influências excessivas por parte dos empresários e dos seus "associados".
    Saudações Leoninas

     
  • 13/12/10 22:01, Blogger Mike Blitz escreveu…

    10A

    Apontas bem esse facto do modelo de jogo. Sem querer omiti isso ao falar apenas no modelo do Barcelona. Sim concordo que é preciso jogar tambem no mesmo modelo que as camadas jovens. Por isso urge encontrar um treinador que tanha como preferencial o 4-3-3 e que tenha capacidade de apostar e fazer crescer os jovens que vão surgindo das nossas camadas jovens.

    O meu interesse neste post é lançar o debate e que o leitor acrescente tambem as suas ideias. Julgo que este modelo é tanto possivel como ideal as nossas necessidades, isto claro com as devidas alterações e distancias em relação ao Barcelona.

    SL

    Miguel Damas

     
  • 13/12/10 22:22, Blogger Algoncalves escreveu…

    Só um off-topic...

    Zen lembras-te quando falei no Dedé?

    Melhor central do brasileirão, e esta hein?

    E eu não sou olheiro...Agora se quiserem o jogador já é tarde, parece que vai para o São Paulo e depois de lá chegar só grandes europeus o tiram de lá...

    Jonas, melhor marcador do brasileirão...acabou de renovar com o Grémio, era jogador livre. 2 belos jogadores que na academia é difícil arranjar nessas posições.

    De resto, completamente de acordo com o Damas. E ainda acrescento, alguém ja foi ver o organograma do Barcelona? Só para terem uma ideia os directores e responsáveis técnicos do futebol profissional e de formação são o Zubizarreta e o Amor, respectivamente, interessante como há glórias em tudo que é canto no clube, para não dizer no tecnico principal que é o Guardiola e o Luis Enrique que treina o Barcelona B.

    No Sporting não há grande interesse em fazer isso, sempre foi assim desde que me lembro. Quando temos uma quantidade de mão de obra de qualidade...Manuel Fernandes, Litos, Carlos Xavier, Paulo Torres, Rui Jorge, Sá Pinto. Lima, Beto, etc.

    Em relação a isso lembro-me do Beto numa entrevista dizer que gostaria de voltar ao Sporting para ser director das camadas jovens, nem pedia muito, porque normalmente estes jogadores querem logo ser director desportivo, mas ele dizia que preferia tratar com os jovens...eu pergunto: - porque não aproveitamos isto? Aposto que formaríamos jogadores com mais respeito pelo clube, e tenho a certeza que os adeptos saberiam reconhecer isto e estariam muito mais perto do clube.

    Perdoaríamos muito mais facilmente o Manuel Fernandes que o Costinha.

    Mais um nome, Pedro Venâncio.

    SL

    André Gonçalves

     
  • 13/12/10 22:47, Blogger Antonio escreveu…

    Em relação ao modelo de jogo....
    Todas as academias devem seguir o modelo de treino e jogo que o SCP utiliza em Alcochete.
    O problema é que as academias, funcionam num genero de franchising e por vezes esquecem-se dessas obrigações por causa dos resultados, pois têm beneficios se forem campeões regionais e estas duas situações colidem.
    O meu filho treinou durante dois anosna academia de Faro, 3 para 3 em metade dum campo de 7 (modelo do SCP para o escalão Benjamim C e B, utilizo a denominação actual).
    O problema era a competição, os putos entravam num campo de 7 habituados a treinar num quarto do campo de 7 e nem sabiam estar no campo e ganhar era complicado.
    Solução, alternar o modelo do SCP com o treino em campo inteiro e os resultados apareceram.
    A dificuldade é convencer os papás que pagam BEM para os miudos treinarem na academia do SCP e depois os putos andam 2 ou 3 anos a perder muitas vezes e mudam logo os putos para o Olhanense, Louletano, etc.
    O facto das academias nao serem do SCP, mas um negocio que tem de ser rentável, gera muitas situações que nos impedem de no futuro aproveitar os milhares de putos que andam por Portugal, com a nossa camisola a jogar nas camadas jovens
    O lampioes para evitar este de situações, têm o modelo muito mais autonomo com a gerações de génios, no algarve criaram uma escola em Paderne que é deles, pagam tudo e têm super-equipas e monitorizam diariamente os miudos.

    Para terminar, falo na questão da monitorização dos miudos.
    Um puto que jogou no ano passado com o meu filho (nascidos em 2000), foi em Junho ou Julho à academia em Alcochete fazer um treino, dos 60 miudos, foram convidados a representar o SCP 3 , este puto de Faro, um da academia do montinho de merda e um puto do Norte.
    Quando um dos responsaveis das camadas, foi à procura dos relatórios de monitorização do puto de Faro, não encontraram nenhum.
    Atendendo á idade, o miudo ficaria ligado ao SCP, mas jogaria na academia de Faro, o pai não quis e lá foi para outro lado.

    Penso que antes do modelo de jogo, tem de ser repensado o modelo de funcionamento das academia que usam o nosso nome.

    Quanto ao resto, concordo genéricamente com as ideis de diversos posts.

    SL

     
  • 13/12/10 23:10, Blogger 10A escreveu…

    A. Gonçalves,
    O problema é que desses nomes poucos se dão de perto com a malta do "c_roquette & batatinha". E se mesmo assim vierem a fazer parte da estrutura o mais provável é serem abandonados à sua sorte caso as coisas não lhe corram bem logo à primeira, ou levarem facadas nas costas como aconteceu com o 'Manel' Fernandes da última vez que lá passou. Os senadores não perdoam...

     
  • 13/12/10 23:29, Blogger RFM escreveu…

    Pensem e podem espernear pra aí todos que com as referências que a Academia nos deu como exemplo de Ronaldo etc. Tinhamos tudo para atrair tudo e todos.
    Mas com esta familia (roquetista)NUNCA vamos a lado nenhum.
    Cada um pense como quiser.
    O fdp do Velho dos Olhos rebelgados disse um dia na RTP-numa entrevista a Judite Sousa que só havia lugar em Portugal para 2-Clubes grandes no Futebol. O fdp quer ter razão

     
  • 14/12/10 01:19, Blogger 8 escreveu…

    Miguel

    Muita coisa correcta no teu post. Deixo-te aqui mais uns tópicos:

    Nos últimos anos quantas das promessas vindas da Academia evoluíram (melhoraram técnica e tacticamente) na 1ª equipa leonina? Treinadores competentes são fundamentais, no crescimento dos jogadores na passagem de juniores a seniores. E os últimos treinadores do Sporting…

    Os meninos de Alcochete são “cultivados” com demasiados privilégios: Ou são foras-de-série ou só lhes fará bem passarem por clubes secundários com muitas limitações de estruturas e apoio, ou por clubes estrangeiros, onde se tratem os jogadores com outra filosofia, para aprenderem a dar valor a tudo o que o Sporting lhes deu, e quando voltarem sentirem que têm de dar o máximo para poderem singrar no futebol.

    Os Ronaldos e os Nanis teremos que os deixar sair, assim que apareça um dos ricos que pague o seu devido valor, mas montinhos, Velosos, e outros assim têm que perceber que só depois de crescerem o suficiente é que sairão, por, então, valerem muito mais, quer para eles quer para o Clube. E um bom exemplo para lhes abrir os olhos é falar-lhes de Hugo Viana. Geriu a sua carreira sempre com base "no quem dá mais" e vai-se perdendo aos poucos.

    Para acabar, estou com quase todos: estrutura feita com Leões com curriculum e prestigio. Fernando Mendes e Mário Lino, grandes senhores e grandes Sportinguistas, estão muito bem na estrutura do futebol do Sporting, mas foram ídolos nos anos 60. Mas onde estão os grandes ídolos Sportinguistas dos anos 70, 80 e 90 e que são necessários na Academia para fazerem passar a mística Leonina?

     
  • 14/12/10 01:39, Anonymous Anónimo escreveu…

    só um pequenino pormenor: qualquer junior do barcelona por muito craque que seja ou se sinta como tal não recusa jogar 1, 2, 3 ou mais anos na 2ª ou 3ª divisão espanhola, até ser chamado para a 1ªa equipa e mesmo assim andar por lá a aquecer o banco e a aprender como se joga, veja-se o kircik (não sei se é assim que se escreve). pelo nosso lado, qualquer suplentezeco nos juniores quer logo assinar contrato com lugar assegurado na equipa principal e bilhete de avião pago para o 1º clube estrangeiro que apareça. É também um problema de mentalidade dos jogadores.

    agora estes 5-0, porra! há 10 anos que esperei por este jogo. o grande mou amou... chou!

     
  • 14/12/10 01:50, Blogger Verdao4958 escreveu…

    Este blog tem coisas engraçadas. Aqui há semanas li um comentário de não me lembro quem que dizia +- que o Sporting devia fazer como o Ajax. Jogar 3 ou 4 anos com o pessoal da formação, não importando se ficava em 1º ou 10º, equilibrar as finanças e depois apostar novamente em alguns jogadores de nomeada e vir lutar então sim pelo 1º lugar. Quase que foi lapidado pelos outros comentadores...
    Agora o Mike Damas realça o facto do Barça ter meia equipa da formação e sugere o mesmo para o Sporting e toda a gente aplaude. Qual a diferença? Só que neste momento o barcelona é uma equipa consolidada com meia dúzia de jogadores de topo e o ajax estava como o Sporting... nas lonas. Contudo esta é uma opção que eu apoio, mas que não será, por certo, apoiada por muitos outros sportinguistas que só pensam em ganhar a liga.

     
  • 14/12/10 01:55, Blogger Verdao4958 escreveu…

    Hoje por acaso jantei no mesmo sítio que o nosso antigo presidente Sousa Cintra. Estive uns minutitos a falar com ele que está tão desencantado com a actual crise do Sporting como nós... não seria de mudar o candidato da '''oposição''' e apresentar o homem à votação???

     
  • 14/12/10 08:00, Blogger (: ZenMan :) - Vítor Araújo escreveu…

    André G.,

    Nem me digas nada, lol DéDé JOGA!

    SL

     
  • 14/12/10 08:51, Blogger Riga/V-1-Boy escreveu…

    damas

    quanto ás euipas satelite, acho que funciona da mesma maneira, só as podes ter da liga orangina para baixo, como o braga tem o vizela( que mesmo assim joga para subir9 e o paços o rebordosa

     
  • 14/12/10 12:33, Blogger Relva escreveu…

    Para ter os resultados que se tem, pelo menos que fosse com os meninos, pelo menos teriam desculpa, agora com velhos e churudos ordenados, qual a desculpa?
    Ó maniche, vai para o c****.

     
  • 14/12/10 16:35, Blogger Verdão escreveu…

    Grande Damas,
    Um pouco atrasado mas ainda a tempo de dizer que não podia concordar mais. Só se pode contratar para fazer a diferença e esses têm que ter valor inquestionável. O exemplo perfeito foi a aquisição de Grimi que tanto me insurgi, gastar 4 M€ naquele atleta foi um perfeito devaneio mas se fosse o único caso estavamos nós bem.
    Abraço de Leão.

     
  • 15/12/10 11:32, Blogger David Duarte escreveu…

    é pura e simplesmente impossivel o Sporting fazer a mesma coisa porque mesmo os clubes que apostam na formação têm de ter um grande poder financeiro.

    Na Europa existem talvez 3 clubes cuja alma (digamos assim) encontra-se na formação: Sporting, Ajax e Barcelona (hão-de haver mais claro està). Ora veja-se como està o Sporting e como se encontra o Ajax. Sem poder financeiro nao se conseguem recolher os frutos da formação. Portugal e Holanda tornaram-se dois paises exportadores e, neste sentido, sem uma real possibilidade de ganhar desportivamente com os jogadores vindos da formação pois eles partem.

    Imaginem so o que seria o Sporting se tivesse o poder financeiro do Barcelona (que por apenas esta razão consegue manter os jogadores que forma)? Patricio, Carriço, Veloso, Moutinho, Nani, Quaresma, Simão, Ronaldo e ainda poderia juntar alguns que se tivessem ficado em vez de sair e estragar uma grande carreira seriam bem melhores como o Hugo Viana.

     
  • 15/12/10 13:44, Blogger Mike Blitz escreveu…

    David Duarte

    Não é impossivel. Não é fazer igual ao Barça mas sim parecido. E isso é possivel....

    SL

    Miguel Damas

     
  • 16/12/10 18:57, Blogger FADO - História De Um Povo escreveu…

    Concordo com a visão sem duvida nenhuma , quem não admira a gestão e o rigor do Barça , considero que é possível ter o mesmo método em Alvalade , aliás , sempre pensei que fosse o caminho indicado para o Sporting . Queria também deixar a minha opinião a par da visão do Miguel que é do Ajax de 1995 ... Formado só com jogadores da cantera , com todo o esplendor e glória que tiveram , quando chegou a altura de os vender foram muitos milhões a encaixar na sua contabilidade.

    Sim Miguel , é possível seguir esse caminho , e parece-me ser o correcto para o Sporting voltar com toda a sua força .

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home