SANGUE LEONINO

"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

quarta-feira, maio 09, 2018

Para quando a mudança de estádio?



Acabo de saber que esgotaram os bilhetes para a final da Taça, no Jamor, frente ao Aves.

Não é pelo facto de, pela primeira vez, não conseguir bilhete que o digo, até porque é algo que há muito reitero, mas num futebol moderno para quando uma final num estádio com maior capacidade e melhores condições?

Compreendo a iconografia do Jamor, a tradição, a simbologia, mas caramba, com tantos estádios com tão boas condições, efeito do Euro 2004, teremos sempre que nos contentar com tão poucos bilhetes?

Quanto ao critério adoptado pelo clube, não o questiono. Pode não ser o melhor mas é um caminho possível e legítimo. Apenas pergunto: um adepto que hipoteticamente não tenha gamebox e por acaso tenha estado em todos os jogos da Taça a apoiar a equipa merece estar fora do critério de compra? Ou adeptos sportinguistas residentes no estrangeiro? Fica a questão... 

Por último: quantos bilhetes são disponibilizados às claques? Há quantos anos os seus membros têm gamebox?

Nuno M Almeida

5 comentários:

  • 9/5/18 21:45, Anonymous Anónimo escreveu…

    Uma palhaçada!
    A mafia das claques recebe os que quiser!

     
  • 9/5/18 22:49, Blogger Sporting até morrer escreveu…

    Nuno,

    Como curiosidade, refira-se que o estádio do Jamor é o quarto estádio com maior capacidade em Portugal (37.593 lugares), só ultrapassado pelos estádios dos 3 grandes:
    Logo, só mesmo jogando num desses estádios é que haveria mais lugares e sabemos bem que não seria fácil isso acontecer pelas mais variadas razões.

    Pela importância que a Taça de Portugal assume e estando sempre garantida a lotação esgotada, era hora da rica lucrativa FPF começar a pensar em melhorar e ampliar este estádio (mesmo que seja apenas utilizados duas vezes ao ano).
    Sendo esta a casa das selecções, não deixa de ser curioso que a FPF prefira continuar a encher os bolsos dos lampiões com jogos consecutivos da selecção portuguesa na Luz...

    A falta de bilhetes é recorrente sempre que um grande atinge a final (o que acontece quase sempre) e na minha opinião era hora de alguém dar um murro na mesa e proibir-se a FPF de ficar com bilhetes e andar a efectuar vendas fictícias de bilhetes online.
    Todos sabem que a maioria é desviada para vendas de candonga, familiares, amigos e outros negócios escuros de venda de bilhetes.

    Um jogo que devia ser uma festa para os adeptos dos dois clubes, Aves e Sporting, acaba por ser um jogo para muita gente que nem sabe sequer o que é uma bola de futebol...

    SL

     
  • 10/5/18 07:48, Anonymous Anónimo escreveu…

    Os “amigos” é que vão à bola

     
  • 10/5/18 07:50, Blogger Nuno M. Almeida escreveu…

    Caro Sporting Até Morrer, em espanha vemos finais com Barça ou real nos estádios dos rivais, como por exemplo, Valência ou Atlético Madrid.

    Quanto ao resto, completamente de acordo contigo. A endinheirada FPF bem que podia remodelar o estádio.

     
  • 10/5/18 08:24, Blogger Sporting até morrer escreveu…

    Resta saber se os clubes que jogam a final teriam intenção de jogar nos dois estádios possíveis de utilizar dado que Alvalade não seria opção para este final (certamente seria vetado pelo Aves).

    No actual estado do futebol português, o benfic@, certamente diria não.
    O Dragão tenho dúvidas que fosse uma opção para o Sporting só para ter mais uns (poucos) milhares de bilhetes.

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home