"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, junho 08, 2009

A nova era!
























Esta foi a primeira grande entrevista de José Eduardo Bettencourt como presidente do Sporting Clube de Portugal e pode ser lida no Diário de Noticias de ontem.
A entrevista é bastante extensa e aborda vários temas, assim vou destacar algumas frases mais significativas. Aconselho a leitura na sua totalidade para tal deixo um link em cima.


Vitória nas eleições:

“…acho que é uma vitória de alguém que traz essa paixão da bancada e que, ao mesmo tempo, tem a responsabilidade de ter que ter um equilíbrio, justamente, entre essa paixão, e os pés na terra. Porque, como eu dizia ontem também, o clube de facto é dos sócios, e, quando as coisas não são nossas, temos de ter cuidados redobrados naquilo que fazemos e na forma como agimos.”

Factor de União:

“Tinha um sonho, porque achava que podia unir a família sportinguista. Era algo que sentia no meu íntimo, pelo contacto com as pessoas, se calhar por alguma polivalência até da minha parte, porque conseguia falar bem com os da bancada, com os tecnocratas, com os do Norte, com os do Sul…”

Continuador ou não:

“Sou um continuador das coisas que acho que estão bem feitas e um disruptor das que acho menos bem feitas. Faço uma escolha de amor e por um ideal. E isso tem de ter também uma correspondência naquilo que vou fazer ou na forma como vou exigir das pessoas que trabalharem comigo.”

Modelo Organizativo:

“Creio que no Sporting houve claramente dificuldades, perderam-se energias e um bocadinho esta ligação ao clube, fruto de alguma complexidade na forma como o modelo... e daí que tenha sido um dos meus cavalos-de-batalha simplificar o modelo organizativo, que não se pode dissociar do modelo de governo e do próprio modelo societário.”

Reestruturação Financeira:

“Penso que a única diferença é que o trabalho com este tema não pode ocupar tanto espaço na comunicação social... acho que esse tema ganhou um espaço demasiado no caso do Sporting, quando a situação não é assim tão exclusiva nem tão especial.”

Marca Sporting:

“ …vou pedir também às pessoas que trabalham mais directamente com o futebol, que sejam os primeiros a ajudar-me numa valorização da marca, no aumento da relação afectiva com os sócios. Ou seja, atletas de futebol têm de ser os primeiros vendedores da marca Sporting; temos já um documento preliminar, justamente, para os envolver muito mais na dinâmica, no aumento da relação afectiva com os sócios, na venda da marca, que é fundamental.”

Futebol e Sócios:

“Primeiro, futebol e sócios, com a cabeça e com os pés na terra para não se criarem expectativas e demagogias.”

Dossiê Liedson:

“Era bom que estivesse resolvido, esta direcção merecia ter ficado com o tema, mas é talvez a primeira prioridade.”

Dossiê Aquisições:

“Há muita observação, há muitos jogadores vistos, há pouco dinheiro. E, portanto, tudo tem de ser feito de uma forma muito selectiva. Em termos de equilíbrio entre jogadores emprestados, etc., acho que é recomendável que não abusemos.”

Títulos:

“Agora se formos capazes de retocar em dois ou três sítios os níveis competitivos, creio que com a vontade, com a mística e com este sentido de responsabilidade haverá ambição e condições para ganhar um título, como todos queremos e precisamos.”

Segundos lugares:

“Não, não há nada como ganhar! Por exemplo, sei o que é ganhar um campeonato e sei que depois de ganhar as pessoas desculpam a eventual não repetição. Mas trocava os segundos lugares pelos terceiros que eu tive a seguir, claramente.”

Luís Filipe Vieira e Pinto da Costa:

“Luís Filipe Vieira, conheci-o profissionalmente. Pinto da Costa, conheci-o de ver na televisão e dos livros, é uma figura que tem muitos aspectos positivos, outros negativos, mas que é uma pessoa com quem tenho relações cordiais. Tivemos uma ou outra altercação, que é pública…”

PS: José Eduardo Bettencourt será o entrevistado do programa desportivo “Grandes Adeptos” que passa na Antena 1 às 19h 15m.


Verde CDV