"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Nó Cego

A situação do Sporting é gravíssima!
Vieram uns senhores há alguns anos, arvoraram-se em "gestores", em iluminados, em muito arrogantemente superiores a todos os outros. Então urdiram um plano, o Projecto Roquette. Daqui acenaram que o património dos terrenos adjacentes ao Estádio, até lá "inerte", iria ser valorizado e rentabilizado de tal forma que o Sporting passaria a viver num tal desafogo financeiro que seria um dos grandes da Europa, ganharia 3 campeonatos a cada 5 anos e não mais dependeria apenas das receitas do futebol e das contingências da bola entrar ou não na baliza. Do passivo nem se falou pois era diminuto.
Nunca ninguém os tinha visto num jogo fora de Alvalade. Nos jogos em casa às vezes; nos camarotes, claro, a cirandar por entre a "finança" e os ministros- lobi "oblige". Mas os Sportinguistas acreditaram nos sabichões e deram o seu apoio. Passaram entretanto X reestrurações, Y aberturas e fechos de Empresas ( do Grupo Sporting?), Z contratações de super(?) gestores pagos chorudamente, K despedimentos com vultosas indemnizações; para logo haver novas reestruturações. Pintaram a manta, enfim! E o Passivo crescia, crescia. Agora sim, já havia passivo. E os Sportinguistas disseram "amén".
E veio Franco. Pensou, propôs e conseguiu aprovar uma proposta inacreditável de venda do Património. Para além de tudo provocou uma tal fractura na massa associativa que ainda se mantém. Mas os Sportinguistas numa larga maioria aprovaram. O Sporting debilitado e enfraquecido foi sobrevivendo.
Então chegou nova liderança (?). Era mais do mesmo. Mas os Sportinguistas não querem saber. Sim senhor, toma lá 90%. E ficou o Sporting com um "mando", com uma chefia, imatura, incompetente, "arrapazada" e às vezes delirante.
E aí está o Sporting.... exangue. Num estado pré-comatoso.
Quem são os responsáveis? OS SPORTINGUISTAS! Quando podem optar, escolher, vão pelo pior caminho. Tem sido assim. Temos de encarar os factos; a verdade "nua e crua".
E se amanhã tiverem, outra vez, que optar? Que escolherão? Há garantias de visão e clarividência?
Estamos num "nó cego"! Teremos de descer ainda mais para estarmos no ponto certo de mudar. Mas se recuarmos ainda mais poderemos ainda ressurgir?
Estamos num "nó cego".
Quem salvará o Sporting?

Gabriel Almeida