"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, dezembro 21, 2015

Natal amargo

É saudável enfrentar poderes instalados, colocar em causa quem confortavelmente suga de forma parasita até ao tutano o futebol, mas para isso também é necessário ser-se inteligente a fazer as coisas, sobretudo de um modo sóbrio, discreto e fundamentado, e não de forma espalhafatosa e histriónica.

É que no final do dia quem acaba sempre por pagar a factura - one way or the other - é o clube e os seus sócios!

A coragem, os sinais de vida e o respeito afirmam-se e consolidam-se alcançando com frieza e eficácia os objectivos a que nos propomos, seja em campo, seja nas instâncias que regulam o futebol, seja nos tribunais, e não na praça pública, nos jornais ou nos canais televisivos! Sound bites podem ser apelativos às massas, empolgar o mais fanático dos adeptos, mas geralmente geram um retorno igual a zero.

Chegar à cidade pensando que se é o novo xerife que todos temem à força dos décibeis dos seus tiros, convicto de que todos os outros que já antes por lá andavam são meros figurantes que passam a vida a dormir é de uma ingenuidade demasiado perigosa!

Nenhum líder o deveria ser sem antes ler este livro:


Quando capaz, finja ser incapaz; quando pronto, finja estar despreparado; quando próximo, finja estar longe; quando longe, façam acreditar que está próximo.



 Nuno M Almeida
    Sangue LEONINO


6 comentários:

  • At 21/12/15 15:28, Anonymous Anónimo said…

    Nuno, parece-me ser um título demasiado forte falar em Natal amargo pois o Sporting tem tido uma época bem conseguida até agora, especialmente no aspecto desportivo. Em relação a Bruno de Carvalho, é necessário perceber a mudança de paradigma que existe em Alvalade actualmente, pois este presidente entrou com o objectivo de cortar com o passado recente e parece-me que até agora tem feito um trabalho deveras positivo. Acho que o problema de certos sportinguistas é não perceberem o que se passa no clube, se aprofundarem esse aspecto rapidamente ficarão com uma ideia diferente da que têm, embora neste aspecto concorde com o interior do post, ou seja, se calhar o líder não tem sabido passar bem o que interessa da sua mensagem e tem perdido algum tempo com coisas esteréis. Em vez de teclar tanto no facebook que o Sporting tem sido prejudicado no passado mais recente seria mais avisado encontrar uma estratégia que vise que o clube deixe de ser prejudicado. Não é fazendo sound-bytes constantes que isso se resolve, pois já antes dele chegar à cadeira presidencial isso acontecia e mesmo com a tentativa dos seus antecessores de credibilizar o futebol, o resultado tem sido o mesmo.

    Lion King

     
  • At 21/12/15 16:31, Anonymous Anónimo said…

    "este presidente entrou com o objectivo de cortar com o passado recente e parece-me que até agora tem feito um trabalho deveras positivo" Ele o Zé Maria.

    E o que é que a guerra AC tem a ver com o SCP ou com lideranças? Está na moda não é? Também o Bruno.

     
  • At 21/12/15 21:06, Blogger fanático said…

    Também perdemos com a doyen... no tribunal. O Sporting tem que pagar uma pipa de massa. Estou assustado:(

    fanático

     
  • At 21/12/15 22:43, Anonymous Pôncio said…

    Tem piada (sem ter piada nenhuma), mas o texto que fez podia perfeitamente ser sobre outra "figura" do futebol português, de nome Vale e Azevedo...

     
  • At 21/12/15 23:00, Blogger Sporting até morrer said…

    Ao que parece, o Sporting terá que pagar à Doyen se não recorrer.

    Recorrendo, o caso passará para os tribunais civis e será aí analisado novamente todo o processo, que não demorará menos de 6 meses.

    Aguardemos pelas cenas dos próximos capítulos antes de começar já a deitar a toalha ao chão.

    Esta Direcção, com Bruno de Carvalho à cabeça, defendeu e bem o Sporting neste processo.
    Relembre-se que se trata de um jogador que foi valorizado pelo Sporting, que pagou os seus ordenados e que não tinha necessidade de o vender.

    No final, é a Doyen que que fica com 75% da venda, num processo em que pressionaram jogador e clube para que o negócio se concretizasse.

    Já agora, o que o TAS condenou o Sporting e pagar é o mesmo valor que o Sporting teria que dar à Doyen no momento da venda do jogador (retirando juris).

    Entretanto, já passou mais de um ano e o dinheiro está nos cofres do clube, tendo sido possível dar início à construção do tão desejado pavilhão.

    Deixemos o processo continuar nos tribunais e o tempo esgotar-se. Até lá, encontre-se solução para pagar esta valor se a decisão se mantiver desfavorável.

    SL

     
  • At 22/12/15 09:04, Anonymous Anónimo said…

    Anda tanta gente preocupada com esta decisao desfavoravel ao Sporting.Sinceramente nao vejo motivos para tanta preocupacao,pois quando se vai para Tribunal ja se sabe que se pode perder.Quem luta pode perder quem abdica ja perdeu.Forca Bruno

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home