"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, março 07, 2017

Números e factos

A 10 jornadas do final do campeonato:

2015/16 - primeiro lugar 59 pontos
2016/17 - terceiro lugar 48 pontos

Massa salarial primeiros 6 meses:

2015/16 - 23,5 milhões de euros
2016/17 - 31,6

Nuno M Almeida
    Sangue LEONINO


25 comentários:

  • At 7/3/17 19:47, Anonymous Anónimo said…

    Leonino, dar carta branca ao cérebro dá nisso.

     
  • At 8/3/17 07:55, Anonymous Leão atento said…

    Sr. Nuno Almeida, mais una vez lhe peço que deixe o SCP em paz, uma vez que nem sequer deu a cara em ir votar.Também lhe queria dizer que não seja cobarde e publique o que lhe estou a dizer, não faça como das outras vezes que quando o assunto não lhe interessa não se publica.

     
  • At 8/3/17 08:27, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Leão atento nao gosta do que lê desampare a loja!

     
  • At 8/3/17 08:31, Anonymous Anónimo said…

    Sugestões?

     
  • At 8/3/17 08:31, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Tenho que aturar cretinices de virem aqui dizer que faço mal ao Sporting. Deve estar a confundir-me com o seu grande líder. Abra a pestana!

     
  • At 8/3/17 08:33, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Sugestões? Deixar de estoirar dinheiro em pernas de pau - Petrovic, Meli, André, Elias, Douglas... - e se necessário mudar de treinador. Um nome? Rui Jorge!

     
  • At 8/3/17 08:35, Anonymous Anónimo said…

    Fdx Leonino ç, gabo a tua pachorra. Manda o leão (des)atento pró caralho! Carneiros brunecos!

    MR Lourenço

     
  • At 8/3/17 08:39, Anonymous Verdão said…

    Amigo Nuno vozes de burro não chegam ao céu.
    Eu tenho-o como um sportinguista con mérito e prezo muito aqui vir ler o que escreve.
    Não ligue a provocações.

     
  • At 8/3/17 08:44, Anonymous Anónimo said…

    Acho que Jesus deve ter uma segunda oportunidade e vermos se concorda em apostar na formação.
    Eu sei que as comissões são uma coisa apelativa mas o Presidente que o ponha no lugar.
    Se não concordar então esse nome, Rui Jorge, seria uma boa opção.

     
  • At 8/3/17 09:36, Blogger Pedro said…

    Vamos a factos.
    Quem era presidente no Sporting a época passada?
    Quem era o Treinador a época passada em que estávamos em primeiro?
    Será que as saídas de JM e Slimani fizeram a equipa perder assim tanta qualidade?

    Acho extremamente importante, sem qualquer ironia este tipo de avaliação. Simples e objectiva e a Justificação de a equipa quebrou quando foi roubada contra o benfas a mim não pega. Tem de haver capacidade do treinador para contornar a situação, onde é que já se viu um jogo ser desculpa da época toda. A verdade é que se tivéssemos a jogar ao nível da época passada, se fizesse-mos os mesmo pontos, ou até menos, se calhar eramos campeões.

    Agora também não acho que a estratégia da vassoura seja a indicada. Existe competência assim como existem falhas, é preciso identificá-las e colmatar essas falhas e dar seguimento ao trabalho, infelizmente não me parece que haja humildade para perceber quais foram as verdadeiras falhas.

     
  • At 8/3/17 10:11, Blogger Johnny said…

    Nuno, toda gente tem direito de uma opinião e está livre para expressar lo. Mas também tenho o direito de não concordar e expressar lo...
    Já deu para perceber que não é apoiante do BdC mas peço desculpa mas PMR também não é solução.
    Aumentamos a nossa folha salarial...sim é verdade, mas é um risco se corre quando estás a tentar erguir um clube das cinzas para lutar por equal contra os nossos rivais. Esta foi a primeira epoca em que o risco falhou redondamente(na minha otica, pk os croquetes todos enterraram SCP) e já estamos a tentar correr com um Presidente que lutou mais por SCP nos ultimos 4 anos que qualquer Presidente fez nos ultimos 20 anos.
    O mal dos adeptos do Sporting é este...é a frustração do insucesso. O meu filho que é um adepto/socio fanatico do Sporting (eu também sou) continua gritar e apoiar a equipa...nos maus momentos e nas vitorias...
    Esta epoca ja deu para perceber está perdido e temos de apoiar para a proxima seja melhor.
    Bom dia a todos e VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

     
  • At 8/3/17 10:35, Blogger Daniel said…

    Caro Sr. Almeida e Pedro,

    Uma das falhas deste ano na minha opinião:

    Contexto:
    Portugal campeão Europeu. Finalmente a concretização do Atleta Português.

    Montra Europeia:
    Muito apelativa tendo em conta o ano extraordinário de Portugal e dos atletas Portugueses. Muito importante para os clubes/jogadores campeões continuarem na montra a espalhar classe.

    SCP:
    Clube mais representado na selecção POrtuguesa Campeã.
    Escola de Formação a melhor da Europa.

    Realidade:
    Altos Jogos contra equipas como o Real ou Dortmund (independentemente do resultado) mas o jogo que valia mais. O jogo que contava para alcançar um objectivo:
    - Económico-desportivo da SAD!!

    O jogo que era preciso ganhar (e era possível), não foi ganho.

    Jesus veio ANTES dizer que a cabeça do atleta tinha sido preparada para este encontro tipo 90 % de concentração (O jogo do benfica a chegar 3 dias depois. UM jogo que vale 3 pontos e não 1 Objectivo da SAD, não esqueçamos).

    Não foi alcançado e 3 dias depois chega o Jogo da Luz. Mais uma vez, independentemente do resultado, no final do encontro foi o próprio Jesus a usar a palavra 'crise'. 'Mini crise'. E muito ao jeito do Jesus, toca a chamar a crise com um nome que não ele.
    CRISE?? A 2 pontos do Benfica antes do Jogo. SCP ficou a 5 pontos depois, mas Crise?? 5 pontos? Em Dezembro?? Com um treinador (de dois a actuar em PT) que chega aos 80 pontos..

    Resultado: Os 2 jogos seguintes marcaram muito a actual classificação e agora a questão é:

    SLB - Jogo que para o Jesus marca a crise (Não 3 dias antes em Varsóvia vá-se lá a saber (muito bem, diga-se) porquê, conhecendo o Jesus.
    - Vale 3 pontos. Super crise!!!

    Sr. Pedro: Aqui concordo plenamente consigo. A justificação da quebra no jogo contra o Benfica é pobre e não pega.

    Légia - Valia o apuramento para a liga Europa. Montra Europeia.
    - Vale um objectivo da SAD
    - 3 dias antes do jogo da Luz.
    'Tássss bem'!!!! ????????


    Resultado:
    Não há guito para a massa salarial, o Atleta campeão (+ atletas da formação) e a sua sobrevalorização extraordinária neste ano de campeões Europeus desvanece-se e 4 meses depois estão a despachar quase tudo o que compraram
    no Verão.

    Não há de facto uma estrutura como Jesus se refere.. Como pode haver se apenas um jogo leva a despachar as contratações de 4 meses antes..

    Enfim. Se há alguém, em tooooodo o Universo Leonino, em que ser gamado contra o Benfica foi a melhor coisa que lhe podia acontecer. Se há UM funcionário (o mais bem pago deles todos) que não podia ter melhor 'sorte' com a derrota na Luz, isso não há dúvidas em afirmar que há, pelo menos UM, que foi de facto o melhor que podia acontecer. (Culpa os outros, ao mesmo tempo que sai de uma competição, porque o Jesus, mais que 1 competição por época não gosta muito.. Areia mais areia para os olhos.

    SD

     
  • At 8/3/17 11:40, Blogger Pedro said…

    Estou completamente de acordo que o jogo com os Polacos foi sem dúvida nenhuma o maior falhanço que se pode apontar à equipa, pela falta de futebol dos polacos e pelo que representou. A verdade é que a equipa podia ter feito muito mais e foi um jogo muito fraquinho.

    Acresce que regra geral concordo com o que escreve. Não sei se está relacionado ou não, mas a saída de Evandro Mota (como consultor motivacional) é um dos elementos diferentes do ano passado, Slimani também dava um espirito lutador à equipa que se vê pouco por ai.

    Também aponto outro erro ao Jesus, apostar sempre nos mesmos, naqueles que em teoria lhe dão as garantias de fazerem o que ele pretende no sistema dele. Prefere apostar na superação física do seu núcleo preferido do que promover a competitividade e premiar (isto não sei porque não vejo os treinos, mas deduzo) quem se esforça todos os dias nos treinos na esperança de ter uma oportunidade.

    Se neste ultimo parágrafo acho que é difícil a direção poder fazer alguma coisa, apesar de dever identificar essa situação e transmitir ao treinador, já na questão da motivação da equipa, se for preciso, que se arranje uma equipa interna motivacional, com psicólogos ou o diabo à quatro. A verdade é que a equipa tem estado a jogar com um espírito diferente do da época passada, e a questão de não se estar a lutar pelo título é, ou deveria ser irrelevante, porque estamos no Sporting.

    Claro que também não vou na demagogia barata de que JJ, já não serve. Apesar de ser essa a regra no futebol, quem está habituado a trabalhar a nível da organização sabe que estar sempre a trocar não é benéfico, o importante é fazer-se as devidas análises, identificar o que está mal, tentar arranjar soluções, avaliar estas soluções e recomeçar o circulo outra vez.

    A nível técnico, apesar de não ter conhecimentos suficientes para poder avaliar, julgo que JJ é a pessoa certa, se calhar precisa de um auxilio na questão da motivação e gestão do grupo de trabalho. Esta é a minha opinião final.

    Saudações Sportinguistas e esperemos que com Jesus, ou sem Jesus estejamos a festejar o titulo num dos próximos anos e que tudo isto não passe de Areia mais areia para os olhos ;)

     
  • At 8/3/17 15:36, Blogger Daniel said…

    Pedro,

    Não sei que reacção vai causar revelar que sou simpatizante do SLB. Mas tive o Jesus 6 épocas (A nação benfiquista já o queria fora um ano antes), e apesar de lhe reconhecer mérito enquanto esteve no Benfica (bastante porque eu, em particular, não sou ingrato), a postura, o discurso, a teimosia e, aquilo que acho ser a mudança de paradigma no SLB (apostar na formação), tornou-o na pessoa menos indicada para treinar o SLB nesta fase. Porque para ele apostar em putos... Não preciso de lhe dizer nada né, Pedro?

    Aqui eu estou novamente consigo. Jesus não passou a ser mau treinador porque mudou para o clube do Coração. Concordo porque até ele chegar ao SLB, eram 2 treinadores ao ano. Instabilidade total.

    O que me parece Pedro, é a incapacidade do Jesus em entender e aceitar O SCP como ele é. Quer dizer, são clubes de futebol sim, mas a identidade é tão diferente. A comunicação dele para o adepto do SCP depois dos jogos, o adepto que ama os putos, que não aceita criticas seja de quem for porque aceitam e entendem os custos de formar 1 profissional, é do mais chocante que há. Mas ele não parece convencido. Não parece que seja capaz de sair do guião que ele escreveu. Prefere a total repetição de movimentos, em detretimento de algo mais espontâneo do jogador em Campo. (deixá-lo chegar ao mesmo resultado mas com mais argumentos a apresentar. A creatividade!). Em deixar alguma liberdade ao jogador em encontrar outras soluções, porque é ele que está a jogar, e não o treinador..

    Apesar de não ser leão, irrita-me, porque 9 JOGADORES CAMPEÕES da europa por Portugal são da escola do SCP (a melhor da europa ainda por cima!!)!!!! Irritam-me desculpas da tanga, de quem nem sequer quer tentar!!

    Enfim. Lamento o desabafo, até porque não pertenço á 'casa', mas quem se dedica a encontrar desculpas, não está propriamente focado em encontrar soluções. E gosto futebol demasiado para ignorar o que se passa nos outros clubes (apesar de noutros clubes apenas discutir futebol, táctica e os atletas, quando é possível..)

    Acho que livrarem-se do homem só por causa desta época.. Mais uma vez Pedro, concordo consigo. Se é a pessoa certa para o seu clibe, não sei, e não mando posta de pescada. Mas o mudar por mudar, sei que é mau para o clube.

    SD

     
  • At 8/3/17 17:17, Anonymous Anónimo said…

    Sugestão aos brunecos zéeduardistas que por aqui param: façam uma vaquinha para ajudar o empresário croqueteiro a pagar a indemnização de 10000€ ao Marco Silva. Vocês que sabem o que são os "valores sportinguistas" que o Marco Silva "não possuía"...

    Vá, ajudem-se, os amigos são para estas horas. Ou vão deixar o empresário croqueteiro sozinho a pagar a factura?

    Tantos cérebros naquela casa.

     
  • At 8/3/17 17:33, Blogger Pedro said…

    Caro Daniel, na medida do possível tento não catalogar as pessoas pelos seus gostos pessoais e primeiras impressões.

    Contudo, posso lhe dizer que sempre que falo de futebol com amigos benfiquistas (estou a fazer o esforço por manter o nível) é com muitas pinças, ou simplesmente evito, porque simplesmente a lavagem cerebral é de tal ordem que os argumentos são exatamente iguais aos blogues (sei isto porque de há algum tempo para cá que vou ver como as coisas se passam do outro lado, até para confrontar a informação que é passada deste lado) NP - Estou me a referir principalmente ao blog NGB que vou seguindo. Felizmente para os Sportinguistas existem do nosso lado excelente material que permite termos uma visão bastante diferente e nem sempre estou de acordo com algumas coisas.

    Voltando ao tema, que julgo que teremos mais pontos interessantes para manter esta troca de ideias e ficar dentro do que eu chamaria uma normal troca de impressões entre adeptos rivais.

    No Sporting existe uma grande diferença do Benfica (até leva maiúscula, para ver o meu esforço) o Presidente percebe de futebol (estou a referir-me apenas à parte técnica/tática dentro do campo e não à parte de gestão do clube) que apesar de tudo dará melhores ferramentas ao Presidente para confrontar o treinado. Até admito que muito provavelmente LFV dava completa liberdade ao treinador, no Sporting não consigo perceber porque pelas notícias inflamatórias constantes parece que JJ e BdC passam a vida ás turras, depois também existe um trabalho de mostrar aos sócios que essas notícias são todas uma grande aldrabice. O que sei (minha convicção) é que BdC não tem perfil para ignorar alguns destes detalhes se acha que vai contra os interesses do clube, doa a quem doer.

    Depois também é preciso suportar algumas afirmações com dados e a verdade é que no Sporting, esta época, temos por exemplo Gelson, Esgaio que até entrou no ultimo jogo, Ruben Semedo. Claro que podia ter sido feito uma aposta mais forte, por exemplo um Daniel Podence, podia ter entrado no ultimo jogo em vez de um Campbell.

    Existe ainda um dado importante, que este ano de eleições até admito que tivesse havido maior ambição para sermos campeões, se calhar por isso é que estivámos um bocado mais o orçamento, ou se calhar começa a haver margem para isso... não sei, estas coisas acho que só mesmo quem está dentro é que saberá na integra.

    Por fim, como já tinha dito, acho que se deve continuar com Jesus mas que a aposta na prata da casa tem de ser mais potencializada, permitir que a irreverência da juventude seja inserida num contexto competitivo de forma a adicionar valor, assumir os riscos de forma consciente, dar mais rotatividade e mais competição interna.

    Tive um treinador, que regra geral fazia sempre as substituições. Primeiro ano de seniores (ainda tinha idade de junior) ainda entrei algumas vezes no final das partidas, fiz algumas asneiras mas também dava tudo o que tinha. São estas pequenas coisas que JJ podia mudar, ele só se foca no jogo, resultado, se um jogador não vai acrescentar nada não tem interesse em coloca-lo em campo, quando deveria de ser o primeiro em tentar encontrar momentos para dar minutos aos jovens.

    Bom já chega. Saudações desportivas! :)

     
  • At 8/3/17 20:53, Blogger T W said…

    " Deixar de estoirar dinheiro em pernas de pau - Petrovic, Meli, André, Elias, Douglas... - e se necessário mudar de treinador. Um nome? Rui Jorge!"

    Até a 2 meses também estava aí o A.Ruiz. Saiu porquê?
    Totobola à segunda feira também eu acerto.

    Já agora uma pergunta. Que provas deu o R.Jorge no futebol a sério?

     
  • At 9/3/17 07:19, Blogger Jasil said…

    Eis os desestabilizadores habituais: internos (lamentável) e externos com a estratégia estudada de criar instabilidade. Não sei quem deva criticar e abominar mais. Talvez os críticos destrutivos internos, pela acefalia, cretinice, estupidez demonstrada. Os maus ou pseudo sportinguistas que dão azo a este tipo de discussão e criam terreno fértil para os Guerras, Venturas e os Rui Silvas proliferaram e continuarem com as campanhas difamatórias, devem ser desmascarados e se possível banidos. estes são os piores pois vestem a pele de cordeiros e têm um objetivo, minar a paz e clima do SCP. Há que abominar este tipo de parasitas e pseudo sportinguistas. Os outros fazem o seu papel...Nuno M. Almeida, por verdadeiro sportinguista não se preste a isto...Não proporcione terreno fértil a estes comensalistas, não proporcione condições para estas criticas destrutivas que não beneficiam o n/ clube.
    SL

     
  • At 9/3/17 14:47, Anonymous Anónimo said…

    Ao Jasil,

    Então diga lá o que é que beneficia o clube... apoiar mesmo quando não se concorda?

     
  • At 9/3/17 16:27, Anonymous Anónimo said…

    parabens a todos a censura entrou neste programa, volta salazar está perdoado.

     
  • At 9/3/17 16:29, Blogger Nuno M. Almeida said…

    Mas qual censura??? Delírios. Censura foi o BC andar a processar e expulsar sócios!

     
  • At 9/3/17 16:58, Blogger Daniel said…

    Pedro,

    Tendo em conta os ânimos, é também com pinças que abordo temas futebolísticos variados com adeptos rivais (E porque não dizê-lo, ocasionais adeptos do meu próprio clube. Porque só porque são do SLB, isso não me diz rigorasamente nada, excepto ao longo de 90 minutos onde há uma espécie de comunhão e onde tento limitar o meu interesse no futebol. O jogo jogado).

    Aprecio o esforço e a intenção das suas pinças, uma vez que reconheço o quão raro é hoje em dia um pouco de elevação. É bom saber que dá para conversar acerca de temas que gostamos (independemente de onde as posições sobre os temas recaem) com outros que pensam diferente.

    Quanto ao tema:

    Relativamente á escolha em específico de alguns jogadores em detretimento de outros, gosto de acreditar (sou um pouco naive nesse aspecto) que a escolha do Campbell, por exemplo (usando o seu exemplo), se prende ou poderá prender com a necessidade futura de o 'despachar', porque agora o lugar é dos meninos. Não me refiro ao Campbell em particular, mas ás decisões, em geral, tomadas pelo Jorge Jesus esta época com alguns jogadores.

    No fundo Predro, tendo em conta a época actual, pergunto-me se deixar esses jogadores menos apreciados no banco ou na bancada e deixar os putos jogar não é, simplesmente, criar um problema futuro porque poderá ser difícil a sua colocação noutros clubes. Esta dificuldade é uma que não reconheço tanto com a prata da Casa Sportinguista (mas não sei o suficiente para o afirmar taxativamente). Há procura no atleta formado no SCP.

    'Até admito que muito provavelmente LFV dava completa liberdade ao treinador, no Sporting não consigo perceber porque pelas notícias inflamatórias constantes parece que JJ e BdC ..'

    A minha opinião é que o LFV tem na estrutura de futebol a sua 'liberdade e confiança no treinador'. A ideia de que o Jesus era a estrutura do SLB é mito, na minha opinião.
    Repare que em 2009/2010 O SLB desfere um ataque brutal em diversas frentes. (coordenação!!)
    Acabou-se a parasitagem do Rei da Lama lá de cima do Norte com a Olivedesportos a gamar á fartazana e injectar nos meninos que nunca souberam jogar á bola o nosso guito - BTV. Queixa nos mais variados órgãos sociais (desportivos e outros) acerca do comportamento do FCP e das malhas que eles criaram. Etc.. Jorge Jesus é o novo treinador, and so on..

    Um golpe destes, no mesmo ano em que fomos buscar o JJ, mostra, na minha opinião, uma estrutura profissional altamente organizada. Excepto a bola (um desastre). É mais por aqui que acho que o JJ foi contratado. Não para criar uma estrutura que já existia (Rui Costa provou ter mão com quique e 1 época de Jesus) mas para a organizar em torno de algo. E com JJ é o culto da vitória. 6 anos com este culto. (Estrutura é uma coisa. Organização da mesma é outra)

    Outra prova, pequena eu sei, é o facto de, á imagem do JJ na segunda época no Sporting, também a 'ressaca de JJ' no SLB se fez sentir na sua segunda época. Não vendemos á pressa em Janeiro tudo o que se foi buscar 4 meses antes. Enfim. Detalhes.

    Tamém não sei se não é mais areia para cima porque, quer dizer, o JJ não tem espinha? Precisa de 7 M ao ano para viver e comer? Vai perder a hipótese de treinar um outro clube? Não faz sentido. Não gosta, faz como os outros. Baza!

    Por fim, quanto aos custos desta época. Ano de eleições é, por norma, um ano de alguns excessos. Talvez tenha sido por aí o incremento de custos, como refere. Não sei.. Mas aumentar a massa salarial e criar um problema futuro (repare que a discussão actal é se se pode, faz favor com licença, despedir um - UM - funcionário com base não no gosto ou nos resultados dele mas no guito que o clube terá ou não).

    Enfim, chega. Espero que tenha reparado nas pinças deste lado. E no fundo no fundo, queremos é a bola a rolar e tudo o resto são pevides e tremoços. Etão quando os rivais históricos se encontram. Yeah eh!!!

    SD

     
  • At 9/3/17 18:22, Blogger Jasil said…

    Ao Anónimo das 14:47: Permita-me responder, partindo do princípio que estou a trocar ideias com um associado ou mero adepto do SCP.

    Certamente que não são as críticas destrutivas, infundadas, malévolas que vão contribuir para melhor algo que, reconhecemos, pode não estar totalmente bem. O que se reprova é a postura de alguns ( pseudo ?) sportinguistas que propiciam, de forma inconsciente, o aproveitamento dos n/ rivais reforçando os ataques vis ao n/ clube. Veja que defendo o clube, pois qt ao presidente, certamente que saberá defender-se, nem fui mandatado para ser seu defensor oficioso. Já basta os ataques externos de que somos alvo constantemente e continuadamente nos MCS por parte dos paineleiros profissionais que gratuitamente e a mando de alguém denigrem o n/ clube. Não acha que sendo nós sportinguistas e presumindo que o Sr. também deve ser, nos compete defender intransigentemente o n/ clube? Por uma questão moral devemos fazê-lo, nem que seja para que os n/ inimigos não sintam que pode haver divisionismo no seio do n/ clube.
    Infelizmente, apercebo-me que alguns pelo seu ego, preferem defender tomadas de posição individuais, mesmo que sejam em detrimento dos superiorers interesses do coletivo (clube), independentemente das mesmas serem prejudiciais ao n/ clube. Eu não sou assim. Defendo o clube contra tudo e contra todos, independentemente de, por vezes não gostar de certas posturas e decisões dos n/ dirigentes e equipa técnica. Tudo o que é interno deve ser tratado no local próprio ( AG, exposições para quem de direito) não dando azo a que sejamos alvo de chacota...Para isso eu não contribuo.
    SL

     
  • At 10/3/17 10:36, Blogger Pedro said…

    Caro Daniel,

    Acho que é sempre positivo as pessoas saberem estar em sociedade e infelizmente isso muitas vezes falta por todo o lado. É importante ter a sensibilidade de adaptar a mensagem ao receptor sem contudo mudar a sua perspectiva das coisas.

    O Meu problema com Campbell, que nem desgosto particularmente, prende-se que ele nem é nosso, e ao que parece não vamos accionar a clausula de 10M. A Unica justificação possível que encontro é que no contexto do jogo, esta solução dava mais garantias ao JJ e são estas situações que acho que JJ devia de correr um risco maior. Porque também acredito que o eventual risco de colocar um jovem menos experiente, também é compensado com a sua entrega. Não digo com isto que se deva entregar os lugares de mão beijada, mas sim dar muito mais oportunidades, usar mais as substituições porque se o jovem não ganha experiência em campo evolui mais devagar.

    Quanto à eventual pressão de colocar jogadores a jogar para se mostrarem na montra, julgo que não é por ai, não no Sporting. É minha convicção que JJ é obstinado com o que lhe dá o melhor resultado no momento.

    Até dou um exemplo disso, Carlos Mané, que na ideia de Jesus dava pouco ao modelo que ele pretendia, e quase nunca jogou. Vai para a Alemanha e agora fala-se que o Estugarda estará disposto a dar 15M por ele (Está na segunda divisão em primeiro).

    O que refere mais a baixo, da possibilidade de deixar jogadores experientes no banco é sim um grande problema. Talvez o maior problema numa equipa de futebol é a gestão de um plantel, jogadores mais velhos e mais experientes criam mais instabilidade dentro do grupo se não jogarem, enquanto os mais novos, regra geral, vivem melhor com essa situação aliado a que é muito mais difícil recuperar um jogador experiente que perdeu o ritmo competitivo do que um jovem. Mas tudo isto é gerido com uma boa comunicação dentro do balneário. A este nível, não sei se será da mesma forma que a minha memória me suporta esta opinião. Mas homens são homens, quer joguem nos melhores campeonatos ou amadoramente.

    Estarei de acordo com "Jesus era a estrutura do SLB é mito", até porque estrutura como referiu é muito mais vasto. Em tempos um amigo meu benfiquista falou-me maravilhas tanto do benfica lab, como do departamento médico do benfica (na altura de aimar) de quanto tinham investido neste departamento. Recentemente tenho visto criticas a este departamento, não sei o que se passa, nem se mudou alguma coisa. Contudo a verdade é que Rui Costa saiu um bocado de cena com a entrada de JJ e normalmente aparece mais é quando as coisas estão a correr pior.

    Quanto aos ordenados, na minha modesta opinião acho que isso devia de ser uma coisa revista por toda a sociedade e com regras mais apertadas com regulamentação. Até lá enquanto as regras foram ditadas pelo mercado é o que é.

    Quanto ao resto, acho que as coisas não são assim tão simples. Primeiro porque já desde o tempo em que estava a treinar o benfica JJ era reconhecido como um grande treinador, por pessoas que percebem de futebol (não me refiro aos comentadores), por exemplo o Blog Lateral Esquerdo. Bem fico por aqui, para não entrar por outros campos.

    O tempo será o melhor juiz do quão alto, ou não, é o salário do JJ.

    Concordo consigo que o que nós queremos é grandes jogos.

    Já agora uma pergunta, o que acha da distribuição dos direitos televisivos com um modelo mais parecido com a Liga Inglesa (com algumas diferenças e adaptações ao mercado nacional?) Para mim este assunto, para bem do futebol português, para sairmos do marasmo de termos apenas 3,5 equipas em Portugal é um primeiro grande passo. Mesmo que no caso do Sporting signifique menos receitas.

    Saudações desportivas.

     
  • At 14/3/17 23:38, Blogger Gabriel said…

    Um bom artigo para nos fazer refletir.
    Gabriel Almeida

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home