"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, dezembro 10, 2018

Assim não temos nada para falar...














Então não é que agora deu ao Sporting para ganhar consecutivamente uma série interessante de jogos, para fazer boas exibições e para marcar imensos golos???????

Bolas, assim é chato. É que agora não temos nada para falar nem para comentar, porque no fundo o que malta gosta é de polémica, escárnio e maledicência...


Nuno M Almeida

domingo, dezembro 09, 2018

Continua a saga goleadora



Sporting, 4 - Desp. Aves, 1

Reencontro com o adversário da final do Jamor e estreia de Keizer em Alvalade.

Apesar de termos estado em desvantagem, e com o Aves a dar boa réplica, fomos capazes de virar o jogo mediante uma boa decisão do árbitro: grande penalidade bem assinalada. Nenhuma dúvida.

O golo de Nani, misto de sorte e golaço, veio dar a justa vantagem ao intervalo, pese embora as dificuldades sentidas.

No segundo tempo a fórmula Keizeriana continuou a dar frutos: pressão sobre o adversário, recuperação de bola, transições rápidas e poucos toques até chegarmos à baliza adversária. Simples, prático e eficaz.

Mesmo com um elemento a menos - expulsão de Acuña - a equipa soube gerir bem o ritmo e os momentos de jogo, nunca permitindo ao adversário grande reação que possibilitasse encurtar distâncias.

Respira-se por estes dias um futebol positivo pelas bandas de Alvalade!

Nuno M Almeida




sexta-feira, dezembro 07, 2018

A caminho de Alvalade?



Eustáquio (Chaves), Tette (Lyon), Muriel (Belenenses) e Geraldes (Eintracht).

Creio no entanto que continuará a faltar uma opção forte para o ataque, não só porque a dependência de Bas Dost é enorme, mas também porque se fala da saída de Montero em Janeiro.

Nuno M Almeida 

Há azias incuráveis...


Nuno M Almeida

terça-feira, dezembro 04, 2018

A fórmula de Keizer



Qualidade de jogo com a posse de bola.
Rápida e agressiva reação à perda de bola.
Rápida geração de situações de vantagem numérica.
Gestão exímia dos momentos de jogo, incluindo em posse de bola ou  em lances de bola parada.
Jogo interior.
Criação constante de linhas de passe ao portador da bola.
Chegada à zona de finalização com vários jogadores.

Estes são os ingredientes da fórmula Keizer, até agora perfeitamente apreendida e assimilada pelos jogadores. 

Resta saber se a disponibilidade fisica se vai manter e se a equipa será competente a contornar as dificuldades que os adversários vão ‘inventar’ para parar esta fórmula. Esperemos que sim.

So far, so good!


Nuno M Almeida

segunda-feira, dezembro 03, 2018

Prova superada!



Rio Ave, 1 - Sporting, 3

Ao terceiro jogo de Keizer, e perante o mais difícil dos três adversários - pelo menos em teoria - aprovação colectiva com distinção.

Mais uma vez o Sporting mostrou um futebol mais vistoso, com rápidas recuperações de bola, boas combinações atacantes e maior potenciação da qualidade técnica da equipa.

Nota-se que a equipa vai tendo cada vez mais fio de jogo, maior entrosamento e uma considerável dinâmica colectiva.

Enorme aplauso para o enorme golaço de Jovane Cabral. Grande execução técnica.

Seguimos em segundo lugar, e não fora uma arbitragem habilidosa ontem no Bessa, estaríamos agora no primeiro lugar.




Uma nota de destaque para estas declarações de Fábio Coentrão após o jogo:

“Posso dizer de boca cheia, com orgulho, o meu clube é o Sporting, quando deixar o futebol vou continuar a seguir o Sporting. Sou adepto do Sporting e quero que o Sporting ganhe!”


Nuno M Almeida

Colinho azul e branco



Enquanto tantos sportinguistas andam entretidos em guerras civis e muito apostados em apontarem o dedo uns aos outros, com insultos e outros mimos, os nossos adversários lá vão fazendo pela vida, com meios mais ou menos sub-reptícios.

Antes era o andor encarnado, agora também nos temos que preocupar com o colinho azul e branco. Nem com VAR...

Quando o próprio jornal O JOGO traz na sua capa este veredicto sobre a arbitragem de ontem no Bessa, onde uma grande penalidade escamoteada aos axadrezados e um golo no último minuto dos descontos deram mais três pontos aos comandados do irado Sérgio Conceição, então estamos conversados sobre tretas de verdade desportiva e sobre benefícios de alianças a norte...

Mas o que importa mesmo é continuarmo-nos a insultar e a achincalhar uns aos outros.

Nuno M Almeida

15 de dezembro!



Nuno M Almeida

domingo, dezembro 02, 2018

Pura classe...

"A credibilidade de um drogado alcoólico..."

Aproveito esta 'imaculada' declaração para reiterar com profundo lamento que o tipo de discurso reinante na nação leonina roça um incurável e confrangedor rasteirismo, desprovido de qualquer conteúdo ou interesse.

Ainda quanto à afirmação acima mencionada, e vá-se lá saber porquê, traz-me à memória um ditado português - "diz o roto ao nú..."

E pronto, é esta a nova realidade argumentativa sportinguista: ver quem consegue ser mais néscio, rasca e trauliteiro.

Se é este o tipo de clube que querem pois que vos faça bom proveito, desfrutem desta maravilhosa guerra civil, esfolem-se, matem-se e aproveitem ainda a mesma para deitar cá para fora todas as vossas frustrações, recalcamento e ressabiamentos. É que sempre fica mais barato que uma sessão de sofá num qualquer psicanalista.

Vamos ver é que Sporting restará depois de toda esta acefalia autofágica...

Nuno M Almeida

Sejam coerentes!

Se o actual presidente é um traidor,
Se os jogadores são uns mercenários,
Se tudo isto foi uma megaconspiração para depôr o ex-presidente,
Se alguns teimam em dizer que "o Sporting acabou",

...então fico sempre na dúvida se essas viúvas saudosistas de Bruno Carvalho - algumas com elevada dose de acefalia - ainda se sentem sportinguistas e se ainda apoiam e pagam quotas.

É que qualquer pessoa de carácter, ou pelo menos com um pingo de coerência que diz que o seu clube acabou, e que o mesmo é agora um antro de traidores e conspiradores, o mínimo que faria seria ir pregar para outra freguesia...

Nota: valentões anónimos, sempre muito corajosos atrás de um teclado, e com uma incontrolável atração por este blogue, continuem lá a insultar e a debitar disparates, como escape das vossas vidinhas insignificantes e frustradas. Ficam é a falar sozinhos. É que jamais devemos discutir com um idiota porque vai arrastar-nos ao nível dele e derrotar-nos em experiência... 

Nuno M Almeida

"Como é que se pode não adorar o Sporting?"



"Não há só um momento que possa escolher. É sempre um prazer jogar pelo Sporting, seja em casa ou fora, pois muitos adeptos viajam para assistir aos jogos. É das coisas que gosto mais. 

Agora vamos a Vila do Conde, que fica a três horas de carro, e estou certo que vão estar muitos adeptos do Sporting. Quando chegamos de autocarro e vimos os adeptos ficamos orgulhosos por jogar no Sporting e o que queremos é tocar na bola.

Adoro estar aqui, a minha família também. Como é que se pode não adorar um clube como o Sporting?"

Bas Dost, prestes a completar 100 jogos pelo Sporting.


Nuno M Almeida

sábado, dezembro 01, 2018

Xô, melgas!

Mas não há forma desta gente deixar o clube em paz e perceber que a maioria da nação leonina quis virar definitivamente página? 


Nuno M Almeida

sexta-feira, novembro 30, 2018

Calhou-nos o Rio Ave


Nuno M Almeida

Hoje é dia de assembleia geral



Hoje à noite, pelas 20 horas, terá lugar mais uma assembleia geral, no Edifício Multidesportivo de Alvalade.

Votar-se-á a proposta de orçamento para a época 2018/2019, a qual em traços gerais prevê rendimentos e ganhos de 24,26 milhões de euros. Em detalhe:

- Receitas de 9,7 milhões de euros resultantes de quotas e outras contribuições.

- Receitas de 5,6 milhões de euros em utilização de espaços, nomeadamente rendas e concessões.

- Receitas de 2,5 milhões de publicidade e patrocínios.

- Gastos e perdas de 24,2 milhões, incluindo 8,9 milhões em honorários e 1,3 milhões em gastos com pessoal.

- Resultado líquido estimado assim em 60 mil euros.


Nuno M Almeida



Veja-se a diferença


Veja-se  a diferença entre o destaque dado por um jornal e pelo outro a uma das mais dilatadas vitórias leoninas no estrangeiro em provas europeias.

Não só prestigiámos a instituição como o futebol nacional, mas no caso de um órgão (não) oficial de um emblema nosso rival o que interessa mesmo é dar total destaque às inspirações divinas do presidente de um clube que esta semana perdeu ‘apenas’ por 5-1 na Alemanha.
 
Vá lá que já nem sequer fazem um esforço para disfarçar ao que vêm...

Nuno M Almeida 

quinta-feira, novembro 29, 2018

Apuramento selado com categoria



Qarabag, 1 - Sporting, 6


Com várias baixas na deslocação ao Azerbeijão uma boa entrada em jogo do Sporting, a chegar rapidamente à vantagem e a demonstrar que queria conquistar rapidamente o apuramento.


Pese embora o golo do empate por parte do Qarabag, a resposta da equipa foi muito positiva, continuando a jogar com serenidade, boa coordenação entre sectores e simplicidade de processos, mantendo sempre o controlo.


O segundo e terceiros golos, este resultante de uma excelente jogada colectiva exemplarmente finalizada por Nani, coroaram uma boa primeira parte.


Gudelj e Wendel parecem outros jogadores, oferecendo outro envolvimento e compromisso à equipa. Se este já é efeito da chegada do novo técnico, então Keizer promete, nomeadamente na extração de todo o potencial de vários jogadores que até agora pouco tinham mostrado.

 

No segundo tempo, com uma toada mais morna, mas sem deixarmos de ter o controlo do jogo, foi com naturalidade que Diaby fez o quarto golo. 


Foi também com facilidade que chegou o quinto, mais um com assinatura de Bruno Fernandes. Diaby fez o sexto, bisando na partida, tal como haviam conseguido Bruno Fernandes e Dost.

 

Nota positiva também para a estreia de Thierry Correia.

 

Uma exibição bem agradável no reduto do clube que domina no futebol do Azerbeijão e que costuma andar na Champions, um apuramento garantido com classe e ainda uma belíssima injeção de confiança para a difícil deslocação a Vila do Conde. 


Por último: quem sabe se daqui a exatamente seis meses não estaremos de volta a este belíssimo estádio olímpico de Baku...

 


Nuno M Almeida

Há 38 anos...


Em 29 de novembro de 1980 era inaugurada no nosso velhinho José Alvalade a primeira LOJA VERDE, confirmando-se também nessa época o pioneirismo do nosso clube, já que fomos os primeiros a adoptar tal conceito.

Entre variadíssimos artigos de merchandising comprados nas lojas oficiais de Alvalade, nomeadamente por baixo da bancada central, recordar-me-ei para sempre, com particular carinho, da camisola oficial da época 1999/2000, com o intuito de uns dias mais tarde celebrar o fim do terrível jejum de 18 anos!

Nuno M Almeida

Morder a língua

Se se concretizar o regresso de Jorge Jesus a Carnide apetece-me citar a máxima de Pimenta Machado, e ao mesmo tempo dizer que no futebol nacional não há memória, e muito menos dignidade.

Também me apetece perguntar o que se diria do Sporting se tivéssemos feito a um técnico o que os de Carnide têm feito ao seu actual treinador: humilhá-lo, passar-lhe informação errada para se ridicularizar em conferências de imprensa, ver o seu presidente a namorar despudoradamente Jesus e em paralelo deixar sadicamente Rui Vitória queimar-se em lume brando.

Aguardo assim, paciente e serenamente, para ver o que dirá agora o senhor presidente da associação nacional de treinadores, bem como todos os paineleiros encartilhados que antes crucificaram Jesus e que em breve lhe terão que beijar os pés.

O meu palpite, caso não haja ressurreição de Jesus na Luz? Abel Ferreira!






Nuno M Almeida 


segunda-feira, novembro 26, 2018

Possíveis mudanças em Janeiro


Nuno M Almeida

domingo, novembro 25, 2018

Hóquei: triunfo e liderança

O Sporting recebeu e bateu esta tarde o FC Porto por 5-3, num jogo emocionante entre duas das grandes equipas do campeonato. 

Com este triunfo o Sporting lidera agora o campeonato, com dois pontos de vantagem em relação ao Óquei de Barcelos. 

Má notícia para os arautos da desgraça. Então não é que as nossas modalidades continuam a dar cartas? 

Depois de uma épica jornada do nosso andebol, uma prova de força do nosso hóquei, a calar as vozes que diziam que só sob outra presidência é que se obtinham bons resultados. 

Sigaaaaaaa! 


Nuno M Almeida 

sábado, novembro 24, 2018

Missão cumprida

L. Vildemoinhos, 1 - Sporting, 4

Missão cumprida em Viseu, seguindo o Sporting em frente na Taça. 

Pese embora uma primeira parte cinzenta, com um empate ao intervalo que premiava os viseenses, o Sporting dominou naturalmente todo o jogo. 

No segundo tempo, um golo brilhante de Bruno Fernandes desbloqueou as redes do adversário, tendo sido com naturalidade que vieram mais dois golos para coroar uma segunda parte mais confortável. 

Para a história e para as estatísticas fica um triunfo por 4-1 na estreia oficial de Marcel Keizer. 


Nuno M Almeida

????????

Nuno M Almeida 

sexta-feira, novembro 23, 2018

26,1 milhões...




Nuno M Almeida

quinta-feira, novembro 22, 2018

O que dizem agora os arautos da desgraça?

A Sporting SAD - em comunicado enviado à CMVM - anunciou hoje ter garantido a susbcrição de 26,1 milhões de euros da oferta lançada para o Empréstimo Obrigacionista.

Apetece-me agora perguntar onde andarão e o que dirão os arautos da desgraça que afirmavam que este Sporting era um clube descredibilizado, moribundo e falido, e que não oferecia um mínimo de garantia a nenhum investidor, pelo que poucos seriam os interessados em subscrever as nossas obrigações.

Claramente desvalorizaram o amor que a nação leonina nutre pelo seu emblema e subvalorizaram a grandeza e a credibilidade do Sporting.

Eu sei que é fácil bater no Sporting, mas reitero a pergunta: o que dizem agora os arautos da desgraça, nos quais incluo alguns sportinguistas da treta que andam para aí a dizer que o Sporting morreu? Kompensan trata!

Nuno M Almeida

Dezanove milhões encaixados




O Sporting encaixou até ontem 18,9 milhões de euros com a subscrição obrigacionista, verba bastante acima do mínimo de 15 milhões.

Pode ter sido distração minha, mas não ouvi - e gostaria de ter ouvido - os candidatos derrotados nas eleições de Setembro a afirmarem que também tinham aderido à subscrição e a convidarem outros sportinguistas a fazê-lo. Em particular, gostaria de ter visto Ricciardi a apelar ao apoio ao Sporting, via subscrição de obrigações. 

Seria um sinal de união numa altura em que o clube se encontra mais dividido do que nunca. Aliás, basta atentar no 'calibre' de comentários que se deixam a coberto de anonimato nas redes sociais. O Sporting está manifestamente pejado de valentões e acéfalos adeptos anónimos que aproveitam os teclados para destilarem todo o seu fel, decorrente das suas vidinhas frustradas e sem sentido.

Tenho pena porque o clube não tem de facto culpa de alguma gentalha que se move no seio da sua massa adepta. É apenas um triste 'sinal dos tempos' de algo mais grave e profundo que grassa na sociedade...

Nuno M Almeida

Mulher de armas!


Pelos vistos há uma senhora Procuradora chamada Cândida Vilar que consegue aquilo que nem presidentes de clube, de federação ou de liga têm conseguido: pôr na ordem uns quantos arruaceiros que se acham mais do que aquilo que são.

Pelas gravações audio que andam para aí a ser divulgadas esta senhora tem a coragem de dizer a uma certa gentalha aquilo que são e qual a real importância que têm: nenhuma!

Diria mesmo que esta senhora é daquelas que não vai desistir enquanto não forem devidamente punidos os energúmenos que pensam que podem fazer tudo e ditar regras no futebol português, fazendo as direções de clube ajoelharem-se perante eles.

Bravo, senhora Procuradora!

Nuno M Almeida

quarta-feira, novembro 21, 2018

Pelos vistos as ameaças vieram para ficar

“Vais ter de ter cuidado com as tuas costas”


“Não ganhem (ao Arsenal), não... e vão ver o que vos vai acontecer”


A ser verdade que Frederico Varandas reproduziu estas declarações no DIAP, em função de ameaças que o próprio, o seu segurança e os jogadores têm recebido, pelos vistos alguns energúmenos nada aprenderam com o episódio de Alcochete. 


Não me espanta, sobretudo vindo de malta acéfala, mas lamento, porque este não é de todo o meu Sporting!


Está visto que a cultura rasteira da ameaça e da grunhice veio mesmo para ficar.


Nuno M Almeida

terça-feira, novembro 20, 2018

Patrício e William subscritores

Chamem-lhes traidores, mercenários ou oportunistas, a verdade é que os dois ex-capitães não esquecem o clube de origem, tendo também subscrito e apelado à subscrição de obrigações.

Podiam ter-se estado nas tintas, marimbado para o clube que os formou, mas pese embora as suas saídas tumultuosas de Alvalade, deram agora um bom exemplo.

Resta saber se muitos dos ‘grandes’ sportinguistas que virão seguramente bater nos dois ex-craques leoninos seguirão o seu exemplo e abrirão os cordões à bolsa para ajudar o clube ou se apenas se limitarão a retórica da treta.

Venha daí esse bota abaixo!


Nuno M Almeida


segunda-feira, novembro 19, 2018

Os tentáculos do polvo encarnado



Até a PSP????????


Nuno M Almeida

Tão simples quanto isto

Tão simples quanto isto: Frederico Varandas é o meu presidente. Apoiei e fiz campanha por João Benedito. E voltaria a fazer. Mas neste momento o presidente é outro. E terá o meu apoio enquanto adepto, sócio e accionista da SAD. Assim deliberou a maioria de votos da massa associativa. Mas em momento algum abdicarei do meu direito à crítica construtiva.

Quanto a Bruno Carvalho, nada mais é agora do que um ex-presidente a contas com a justiça e líder quase espiritual de uma fação saudosista. Nunca votei nele, mas nunca deixei de reconhecer as coisas boas que fez enquanto presidente. Teve a nação leonina a seus pés, deixou-se inebriar pelo poder, entrando numa espiral de desvario. Paciência.

Quem quiser entender isto, pois que entenda. Quem não quiser, pois que não o faça. É que havendo um óbvio processo de estupidificação do povo em curso é natural que parte da massa adepta do Sporting também seja atingida pelo mesmo.

NOTA: acabou-se a tolerância para insultos, trocas de acusações ou comentários revanchistas que nada acrescentam à discussão. 
A partir de agora, neste blogue vigora a política da tolerância zero. 
Quem gostar, gosta. 
Quem não gostar, a porta da rua é a serventia da casa. 
Boa viagem!

Nuno Almeida