"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sábado, janeiro 16, 2021

Craque!

Bruno Fernandes merecidamente destacado no prestigiado New York Times.





Vá lá...

Vá lá que numa jornada onde não fizemos aquilo que era nossa obrigação - ganhar pontos aos rivais e aproveitar o clássico do dragão - não só conseguimos manter a distância em relação aos dois outros grandes, como ainda vamos ganhar um pontinho ao pretendente a grande...




sexta-feira, janeiro 15, 2021

Balão está a perder gás...



Sporting, 1 - Rio Ave, 1

Independentemente das ausências dos infectados Neto, Sporar e Mendes, e ainda de Feddal, a verdade é que hoje se viu um Sporting a perder gás, sobretudo na segunda parte.

Quando o Rio Ave passou a jogar mais organizado e mais ambicioso no ataque começaram as dificuldades para um sector defensivo remendado, com Borja e Quaresma a não darem conta do recado.

O golo do Rio Ave, numa triangulação made in Alvalade, com Mané, Geraldes e Dala a trocarem as voltas aos nossos defesas, deixou evidentes as deficiências defensivas leoninas.

Apesar do Sporting se ter balanceado para o ataque, numa procura desenfreada do golo da vitória, raramente conseguiu furar a muralha defensiva vilacondense e criar perigo para a baliza adversária.

Em jogos caseiros onde assumimos a iniciativa e em que necessitamos de golo, parece-me que Tiago Tomás é demasiado curto. Espero que o mercado de Inverno traga imperiosas novidades de qualidade para o ataque.

Por último, ficou uma grande penalidade por assinalar a nosso favor, quando Coentrão ao minuto 85 empurrou Coates na área. Claríssima! 

Espero agora que a equipa se recomponha rapidamente deste dissabor para que terça-feira esteja em condições de bater o FC Porto. Chegar à final e ganhar a Taça da Liga pode ser um excelente tónico para um resto de temporada de sucesso!

quinta-feira, janeiro 14, 2021

Até que enfim!

Desde Marcel Keizer que o Sporting não tinha um treinador principal com as credenciais exigidas.

Agora que há uma nova normativa que permite a um treinador inscrito no curso de grau IV ser automaticamente considerado como técnico principal - desde que termine o curso em seis meses - vamos finalmente ter Rúben Amorim a dar instruções sem máscara e a dar entrevistas na “flash”.

Independentemente das regras serem passíveis de critica e contestação, até porque a competência é que importa, um clube como o Sporting merece um treinador principal “sem amarras”. Ponto final.




quarta-feira, janeiro 13, 2021

Não haveria alternativa?



Custa-me muito ler estas notícias, mesmo sabendo-se que vivemos um tempo estranho, mas - retórica e populismo à parte - será que a Direção não poderia dar um exemplo de solidariedade e cidadania, emagrecendo os seus rendimentos, por forma a poder manter estes 20 postos de trabalho?

segunda-feira, janeiro 11, 2021

Bye, bye, Jamor



Marítimo, 2 - Sporting, 0

Não percebo nada de futebol, sou um mero treinador de bancada, não tenho contacto diário com a equipa nem um centésimo da informação de que Amorim dispõe, como sejam dados concretos sobre o desgaste físico de elementos cruciais do plantel, após o jogo da Choupana.

Posto isto, e sabendo que no futebol se perde, empata ou ganha, há uma coisa que não entendo: porque raio mexeu hoje tanto na equipa o treinador? Porquê tanta rotação?

Sem Adan, Porro, Coates, João Mário, Pedro Gonçalves e Sporar, foi por demais evidente a falta de qualidade do nosso jogo e o bocejo que produzimos ao longo dos noventa minutos.

Temos um plantel vasto e com qualidade em abundância, que nos permita mexer tanto no onze titular e abdicar de uma prova que tanto nos diz? Diria que não. Mas que raio percebo eu de futebol?

Como diria o outro: agora é não desanimar, levantar a cabeça e pensar já no próximo jogo do campeonato e a seguir na meia-final da taça da liga.

Será?



domingo, janeiro 10, 2021

Basquetebol: líder passeia classe!

No último jogo da primeira volta da liga, o Sporting bateu a Oliveirense por 85-78, garantindo uma liderança imaculada sem derrotas!




sexta-feira, janeiro 08, 2021

Triunfo do carácter



Nacional, 0 - Sporting, 2

 

Deslocação a um terreno complicado, com o relvado em mau estado, empapado, agravado por chuva forte e com um adversário quezilento, a jogar durinho.

 

Até metade da primeira parte a toada foi sempre muito equilibrada, mas a partir daí a superioridade leonina foi evidente, coroada com o golo de Nuno Santos, após brilhante assistência de Pedro Gonçalves, o tal que quando não marca assiste.

 

Nos primeiros 45 minutos gostei da garra, do empenho e da solidez colectiva da nossa equipa, destacando Palhinha, Nuno Santos e Pedro Gonçalves. Excelentes exibições. A equipa adaptou-se bem às condições adversas, não adornando, mas antes procurando jogar simples e eficaz.

 

Na segunda parte o Sporting foi exímio a gerir a vantagem, com um terreno ainda mais pesado e com chuva forte, não tendo o Nacional conseguido praticamente nenhuma oportunidade de golo, oferecendo a Adan 45 minutos tranquilos. O golo de Jovane foi a cereja no topo do bolo.

 

Triunfo num terreno muito difícil, dentro de um contexto meteorológico terrível, dando a nossa equipa mais uma prova de grande carácter, ambição e espírito de sacrifício.

quinta-feira, janeiro 07, 2021

Que descanse em paz!



Alex Apolinário

quarta-feira, janeiro 06, 2021

Temos goleador!


 
Fonte: A BOLA 

segunda-feira, janeiro 04, 2021

Preparemo-nos!



Em face desta tabela é bom que nos comecemos a preparar para mais arbitragens ao estilo daquela que nos “ofereceram” em Famalicão.

Com as equipas de “milhões” a tropeçarem não tenho dúvida que vão voltar as nomeações de Godinhos e afins...

domingo, janeiro 03, 2021

Ânimo!



Uma palavra de solidariedade e de votos de rápida recuperação ao jovem bracarense Diogo Casemiro, que vai agora travar a luta mais importante da sua vida.

Não seria melhor alternativa?



Quando leio que Ruben Amorim não desiste de contratar Paulinho, avançado pelo qual o Braga pede uma brutalidade de dinheiro, pergunto-me se Rodrigo Pinho, do Marítimo, não seria melhor alternativa, não só a nível de verbas a dispender, como também como forma de não reforçar um Braga que teima em se pôr em bicos-de-pés e que luta por idênticos objetivos desportivos.

Sendo jogadores praticamente da mesma idade, ambos com experiência da nossa primeira liga e com idêntica garantia de retorno desportivo, preferiria sinceramente negociar com o Marítimo, e em paralelo deixar Salvador a falar sozinho...

Já é tempo, não?



Atendendo ao facciosismo militante e reiterado com que esta pseudo-treinadora-scouter-comentadora faz as análises e comentários durante os jogos do nosso Sporting, diria que se calhar já era o momento da Sport TV alterar as suas escolhas....

sábado, janeiro 02, 2021

Surpresa? Para mim não!



Pedro Porro tem sido indiscutivelmente um dos melhores jogadores leoninos nesta temporada, tendo hoje voltado a fazer um jogão.

Para muitos é uma surpresa. Para mim não. Há dois anos que conheço Porro, sobretudo dos jogos da liga espanhola, tendo há duas épocas - no Girona - e apenas com 18 anos, feito uma grande temporada. E só não foi mais valorizado pelo excelente desempenho feito ao serviço do Girona, porque entretanto os catalães foram despromovidos.

Na época passada voltou a ser um jogador muito regular e fiável ao serviço do Valhadolid, e uma vez mais na exigente liga espanhola.

Aliás, quer o Manchester City, quer Pep Guardiola não costumam dormir em serviço, não sendo por isso obra do acaso que Porro tenha ligação aos ingleses.

Um lateral direito moderno, que sobe bem, que recupera rápido, que tem disciplina tática e excelente sentido posicional, que sabe ser agressivo e que disputa cada jogada como se fosse a mais decisiva do jogo.

Era impossível começar melhor!



Sporting, 2 -  SC Braga, 0

 

Ano novo, duelo entre o primeiro e o quarto classificado, ambos candidatos - no mínimo - ao pódio, e jogo entre as duas equipas que actualmente melhor jogam em Portugal.

 

O Sporting entrou bem, a jogar rápido e a entrar com facilidade na área adversária, com bom envolvimento ofensivo e velocidade nas desmarcações.

 

Aos 7 minutos ficou-me na retina um lance duvidoso na área bracarense, com Rolando a empurrar Feddal pelas costas. Fábio Veríssimo nada assinalou. Duvidoso, no mínimo.

 

Um Sporting pressionante, a não deixar o Braga sair do seu meio-campo nem aproveitar o lançamento de bolas nas costas do nosso sector defensivo.

 

Grande intervenção de Adan aos 32 minutos a negar com classe o golo num chapéu feito por Ricardo Horta, numa jogada onde a defesa leonina não esteve bem.

 

Nos minutos seguintes a esse lance o Braga esteve sempre mais perto do golo, bola no poste incluída, com a defesa do Sporting a passar por dificuldades nas marcações, bem como a travar a organização ofensiva adversária ou o momento do remate bracarense.

 

Quase a terminar a primeira parte mais um lance duvidoso na área adversária, parecendo que Raul Silva dá um toque no pé de Tiago Tomás.

 

Início da segunda parte com Paulinho a marcar,  mas golo invalidado por fora-de-jogo. Ficou assim um sério aviso para mais um desacerto defensivo leonino.

 

Aos 53 apareceu o primeiro golo, pelo inevitável Pedro Gonçalves, na sequência de uma boa movimentação de Nuno Santos.

 

Aos 62 minutos mais uma fenomenal defesa de Adan, e novamente a negar o golo a Ricardo Horta.

 

Aos 77, investida de Sporar pela esquerda, a rematar, com Matheus Nunes a aproveitar, na recarga, uma defesa incompleta do guarda-redes bracarense.

 

No segundo tempo um Sporting mais rigoroso nas tarefas defensivas, bem melhor do que no primeiro tempo, e rápido a lançar o ataque, com Pedro Porro e Sporar em destaque.

 

Era impossível começar melhor este ano novo; quinta vitória consecutiva, triunfo sobre um candidato ao pódio na liga - agora com oito pontos de vantagem- manutenção de uma folha sem derrotas e liderança consolidada.

 

Venha agora o Nacional!

quinta-feira, dezembro 31, 2020

Feliz 2021!

Que o ano que se avizinha seja bem melhor que este que agora termina - e que não vai deixar saudades - que possamos voltar a ver no estádio os jogos do nosso clube e que seja também o fim de um amargo jejum de 18 anos!

Bom ano para toda a nação leonina!




domingo, dezembro 27, 2020

Exibição cinzenta garante três pontos



Belenenses SAD, 1 - Sporting, 2

Sem Feddal na defesa, e sim com Gonçalo Inácio - puto com muito futuro - fica o registo de uma exibição leonina pouco inspirada, com muito desacerto defensivo, que só não foi pior porque o Belenenses pecou muito na eficácia, sobretudo no momento de finalizar.

O que importa é que fechamos o ano na liderança e garantimos três pontos num jogo em que melhor do que a exibição foi mesmo o resultado.

Para o ano há mais!

sábado, dezembro 26, 2020

Muito bem!



quinta-feira, dezembro 24, 2020

Reforço para o ataque?



Roman Yaremchuk, avançado ucraniano dos belgas do Gent, pode estar a caminho do Sporting.

quarta-feira, dezembro 23, 2020

Tem razão!

Não, a melhor equipa a jogar futebol em Portugal não é o Braga. É o Sporting!

Mas sim, tem razão. Só há três “Grandes” no futebol português: Sporting, Porto e Braga.

Depois anda para aí outro emblema, mas esse é apenas grande no campeonato das investigações da PJ! 



Merecidíssimo!



Nuno Mendes renovou pelo Sporting até 2025, não só com melhores condições salariais, mas também com uma adequada cláusula de rescisão de 70 milhões.

Sem dúvida um prémio merecidíssimo para um jogador com um potencial tremendo, ele que chegou ao Sporting com 9 anos e que ainda apenas tem 18 aninhos, mas que deixa a cada jogo um futebol já muito adulto, e que seguramente brilhará nos grandes palcos futebolísticos mundiais.

Quero mesmo crer que se este rapaz não se perder - ele que parece ter uma cabeça com muita maturidade - será dentro de poucos anos o grande lateral esquerdo do futebol mundial.

segunda-feira, dezembro 21, 2020

Sorteio da Final Four

Jogos hoje ditados pelo sorteio, relativos às meias-finais da Final Four da Taça da Liga, e que se realizarão em Leiria:

19 de janeiro

Sporting - FC Porto  

20 de janeiro 

SC Braga - Benfica 

Final a realizar no dia 23 de janeiro.



domingo, dezembro 20, 2020

Quando um benfiquista o diz...

A todos os “comentadeiros e paineleiros” que tão prontamente vieram a terreiro dizer que ontem o Sporting foi favorecido, já que Defendi não fez falta na área, aqui fica a análise na BOLA de um ex-árbitro (Duarte Gomes), e que ainda por cima, segundo me dizem, tem simpatia pelas cores de Carnide.

É caso para dizer: mesmo que o guarda-redes não tenha cometido falta, houve outra na mesma jogada que ficou por assinalar. Deus - e Carlos Narciso - escreveram, portanto, direito por linhas tortas.




sábado, dezembro 19, 2020

“Que seja um bom natal para todos nós”



O autocarro algarvio dificultou-nos a vida...



Sporting, 1 - Farense, 0

 

Recepção ao Sporting algarvio com o objectivo de conquistar três pontos, manter a liderança e alcançar o recorde de dez jogos seguidos a marcar dois ou mais golos no campeonato.

 

Com Nuno Mendes no onze titular e com Tiago Tomás lá na frente, o Sporting entrou a tentar dominar o jogo e a chegar ao golo, mas os algarvios estancavam bem as iniciativas ofensivas leoninas, tentando capitalizar a velocidade de Ryan Gauld para aproveitar o momentâneo desequilíbrio defensivo leonino.

 

Tiago Tomás sozinho na frente, como única referência na área, era manifestamente insuficiente, dado o sobrepovoamento de jogadores adversários no último reduto farense. Mesmo com Pedro Gonçalves e Nuno Santos a tentarem entrar rápido, a estratégia de Amorim não surtia efeito.

 

Nulo ao intervalo a penalizar a ineficácia do Sporting e a premiar a boa organização defensiva algarvia.

 

Sem alterações na equipa na entrada para o segundo tempo, o Sporting entrou em jogo imprimindo maior velocidade às suas ações ofensivas, tentando desmontar a solidez, as marcações e o posicionamento defensivo do adversário.

 

Aos 56 minutos entrou Tabata, ele que havia marcado nos dois últimos jogos, saindo Nuno Mendes, claramente ainda não recuperado a 100%.

 

Mais mexidas aos 80 minutos, com Amorim a pôr em campo Sporar e Plata, tentando dar maior amplitude ao ataque. Tardio, na minha opinião.

 

Aos 88 minutos, Defendi falha o timing de saída e dá um soco na cabeça de Feddal, assinalando André Narciso grande penalidade. Sporar concretizou superiormente,, dando-nos o golinho porque tanto ansiávamos.


Triunfo justíssimo, mas muito suado e sofrido.

Basquetebol: Sporting soma e segue!



Deslocação do líder Sporting ao distrito de Aveiro, para defrontar o Esgueira, conseguindo um confortável triunfo assente em treze pontos de vantagem, mantendo a liderança do campeonato.

quinta-feira, dezembro 17, 2020

Concordo...



quarta-feira, dezembro 16, 2020

Sorteio da Taça de Portugal

Marítimo ou Salgueiros - Sporting

Jogo dos oitavos de final, a disputar entre 12 e 14 de Janeiro.



terça-feira, dezembro 15, 2020

Triunfo tranquilo perante um bom Mafra



Sporting, 2 - Mafra, 0

 

Jogo da taça da liga frente a uma das melhores equipas da segunda liga, um conjunto organizado e bem treinado.

 

Com várias mexidas no onze titular e também com o regresso do castigado Pedro Gonçalves, o Sporting teve muitas dificuldades na primeira parte.

 

Pouca velocidade no jogo a esbarrar na boa organização defensiva mafrense, com os visitantes a tentarem espreitar o contra-ataque.

 

No segundo tempo a equipa veio com mais velocidade, maior acutilância e outra vontade de chegar à vantagem.

 

Os golos surgiram naturalmente, primeiro com Sporar e a seguir com Tabata, dando confortável vantagem no marcador.

 

Aos 74 minutos Rúben Amorim decidiu mexer na equipa e descansar alguns jogadores, visando o próximo jogo, contra o Farense. Tacticamente pouco mudou.

 

Até final, gestão tranquila da vantagem, ainda com alguns bons pormenores, não dando quaisquer veleidades ao adversário.

Discurso sensato de Rúben Amorim



segunda-feira, dezembro 14, 2020

O nosso capitão imortalizado!

Justíssima homenagem ao nosso Manel, velho capitão e para sempre herói dos célebres 7-1.




14 de Dezembro de 1986


domingo, dezembro 13, 2020

Basquetebol: vitória no dérbi eterno



Sporting, 67 - Benfica, 63

Recepção ao eterno rival, num jogo muito bem disputado e com equilíbrio até final.

Apenas nos momentos finais ficou definido o justo vencedor deste embate, com o Sporting a ser mais forte.

Nota de destaque para Travante Williams, o qual fez 23 pontos, ajudando assim a garantir a liderança isolada na Liga Placard.

sábado, dezembro 12, 2020

O que realmente importa...

Já um vez aqui o escrevi e volto a reforçá-lo: não gosto do presidente Varandas, mas gosto incomensuravelmente muito mais do Sporting.

Posto isto, é importante que percebamos o que realmente importa e qual deverá ser a prioridade leonina no actual momento.

Sabendo-se que os presidentes passam e o clube fica, o importante é apoiarmos a instituição, darmos todo o apoio possível aos nossos rapazes nesta realidade condicionada e mantermo-nos unidos para neutralizar as investidas de quem nos quer fazer mal, seja a partir do exterior, seja internamente. Como há uma semana se viu em Famalicão.

Há muito refiro que a última cartada de Varandas foi a contratação de Ruben Amorim, que o futuro do primeiro na presidência depende do sucesso do segundo, pelo que depois de todas as asneiras feitas na época passada, não há mesmo mais margem para erro.

O facto é que numa altura em que a direção fez o que devia - contratar cirurgicamente e com critério, reforçando o plantel com pés e cabeça - em que o treinador está a mostrar competência e os jogadores a darem tudo para ganharem jogo a jogo, criando um grupo de trabalho unido e coeso, nós adeptos só temos que apoiar e dar resguardo aos nossos profissionais.


#OndeVaiUmVãoTodos




O esclarecimento de Mustafá

Espero sinceramente que, numa altura em que a equipa principal de futebol respira saúde, que os adeptos voltaram a ter ânimo e a sentir orgulho no seu clube, não haja manobras menos recomendáveis para minarem o nosso caminho e abrirem as portas a falsos profetas.

É que a nação leonina estará atenta e não deixará de condenar e colocar à margem quem nos fizer mal. Como já antes aconteceu e como seguramente acontecerá, se tal se revelar novamente necessário.

Fica então o esclarecimento  de Mustafá face a uma notícia hoje publicada pelo Record:




Tenham mas é juízo!



Umas das coisas boas que consigo apontar à presidência de Varandas foi ter posto no seu devido lugar estas claques que gostam de extravasar a sua função, que deve ser simplesmente apoiar a equipa. Nada mais!

Depois da borrada de Alcochete é bom que metam a viola no saco e se deixem de ameaças veladas.

É que já ninguém tem pachorra para esta cambada! 

sexta-feira, dezembro 11, 2020

Em frente na Taça!



Sporting, 3 -  FC Paços Ferreira, 0

 

Grande entrada em jogo do Sporting frente ao Paços dos meus amigos Paulo Meneses e Carlos Carneiro. Gente boa!

 

Duas equipas que jogam o jogo pelo jogo, que prepararam muito bem esta temporada e que têm aliado a bons resultados, exibições muito positivas.

 

Com Tabata no onze titular o Sporting procurou desde o início o golo, querendo deixar um grito de revolta perante a injustiça de Famalicão.

 

Com dois golaços - um do puto Tomás e outro de Tabata - chegámos ao intervalo com uma confortável vantagem, frente a uma das equipas-surpresa da temporada.

 

Espírito de equipa, excelente sentido posicional, rápida resposta à perda de bola, interligação competente entre sectores, rapidez na construção do ataque, com estes ingredientes fomos construindo uma justíssima vantagem.

 

Na segunda parte, pese embora a boa entrada do Paços, tivemos o jogo sempre controlado, coroando o maior domínio leonino, com um golaço de cabeça de Palhinha - que senhor jogador! - aos 64 minutos.

 

Em frente! Venha o próximo!

 

Nota final e um aplauso para a manifestação de apoio à equipa, antes do jogo.

 

#OndeVaiUmVãoTodos

E é isto!