"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quinta-feira, abril 18, 2019

Sempre a apoiar os portugueses!



Parabéns... Gonçalo Paciência!

Digam o que disserem...



Digam o que disserem a verdade é que se o Sporting terminar o campeonato no terceiro lugar e acabar por conquistar a Taça de Portugal, a juntar à Taça da Liga, será uma época positiva.

Dir-me-ão que o terceiro lugar é curto e pouco ambicioso para um clube tão grande como o Sporting. Em teoria, sim. Na prática, não. 

Importa contextualizar as temporadas para sermos verdadeiramente honestos nas análises que fazemos. E todos sabemos que o Sporting viveu meses terríveis, talvez os piores da sua história, a antecederem a corrente época.

Um plantel esfrangalhado, adeptos descrentes, sócios divididos em clima de pré-guerra civil, bagunça administrativa e uma comissão de gestão a liderar o clube.

Portanto, reitero, digam o que disserem, para mim, adepto e sócio do clube, e accionista da SAD, ficarei satisfeito com aquilo que se fez esta temporada!

quarta-feira, abril 17, 2019

Regras são regras!

Neste espaço são se admitem comentários injuriosos, calúnias ou insinuações, pelo que sendo estas as regras da casa certos comentários continuarão a não ser publicados.

O único propósito deste espaço é debater de modo elevado e saudável a vida do nosso clube, tudo aquilo que se relacione com o Sporting Clube de Portugal, mas sem enveredar pelo insulto fácil ou pela adjectivação abjecta.

Quem não gostar terá bom remédio: é que a porta da rua continua a ser a serventia da casa!

terça-feira, abril 16, 2019

Ajax









A prova de que nem sempre os grandes orçamentos, as grandes estrelas e as influências nos bastidores ganham!

Havendo ambição, um verdadeiro espírito de equipa, grande capacidade de trabalho e uma liderança sagaz competente, até os teoricamente mais fortes podem ser derrubados!

Fica o exemplo para os mais fatalistas...

16 de abril de 2008


sábado, abril 13, 2019

Mais três pontos!



Desportivo Aves, 1 - Sporting, 3

As exibições podem não ser as mais convincentes mas de Vila das Aves vêm mais três pontos e mais um triunfo consecutivo, no fundo aquilo que qualquer sportinguista genuíno e verdadeiro deseja. Mesmo que este ciclo vitorioso possa causar azia a alguns...

quarta-feira, abril 10, 2019

Auditoria



A empresa YoungNetwork, de João Duarte, Ana Leal e Guadalupe Monfreitas, faturou, entre os anos de 2015 e 2018, quase dois milhões de euros à Sporting SAD, para gerir a máquina de comunicação da presidência de Bruno de Carvalho nas redes sociais. 

Isto embora, no contrato, também se possam ler rubricas com outros itens, como "comunicação estratégica", "Jornal SCP, Sporting.pt e Sporting TV", que já contavam com equipas próprias do clube. 

Na auditoria às contas do Sporting, que Record revela esta quarta-feira, são especificados os valores pagos ano a ano. Entre 2015 e 2018, o total faturado foi de 1,975 milhões de euros, sendo que o ano em que esse valor foi mais alto foi o último: 571.250 euros.


Pegando neste exemplo que o jornal Record hoje menciona, e caso seja verdade, vendo tanta massa desbaratada para se ter tido uma política de comunicação tão desastrosa, quase apetece processar essa tal YoungNetwork pela bela porcaria feita...

Este Sporting de Bruno Carvalho faz-me lembrar tantas câmaras municipais e tantas juntas de freguesia deste país. Com tantos funcionários disponíveis e a coçarem micoses ainda têm de recorrer a empresas de 'amigos', pagando umas verbas muito simpáticas, para estes fazerem aquilo que os quadros das autarquias são pagos para fazer...

terça-feira, abril 09, 2019

O desestabilizador-mor



“Já acordou para vir pedir desculpa?

Um potencial futuro deputado veio ontem a público com mais uma grave mentira. 
Não é a primeira; não será a última, certamente. Sempre num registo de final épico, enchendo o ego com a última palavra, para não dar azo ao contraditório, deixou no ar da noite outra das suas habituais insinuações. “Disseram-me. Contaram-me!”.

Nunca o Dr. Frederico Varandas enviou qualquer SMS ou Whatsapp a algum jogador para rescindir contrato com o Sporting Clube de Portugal.

A única conversa de Whatsapp que foi, de facto, anexada ao processo que corre no TAD, em Dezembro 2018, é a da vontade do jogador Rafael Leão em regressar ao Sporting Clube de Portugal: “É o que eu mais quero!”

Vá lá perguntar à sua fonte “fidedigna” se isto não é verdade? Olhe que a sua insinuação pode cair em desventura.

Todos os dias ensinamos às nossas crianças: as desculpas evitam-se. Mas, quando são prometidas, pedem-se. Portanto, aguardamos ansiosamente o seu pedido de desculpas.

Chega desta moda de dizer “que me disseram”, como se fossem verdades absolutas e incontestáveis. Chega destas tentativas de puxar para o seu próprio lodo instituições e pessoas íntegras.

Chega!"

Rui Pedro Mendonça (director de comunicação do Sporting)

domingo, abril 07, 2019

Isolados no terceiro lugar!



Sporting, 3 - Rio Ave, 0

sábado, abril 06, 2019

Voleibol: primeira vitória na final



Fim-de-semana muito positivo para o nosso voleibol. No primeiro jogo da final do campeonato - frente ao Benfica - triunfo por 3-0.

Vitória absolutamente justa da melhor equipa que deixou sinais inequívocos de que pode renovar o título de campeã nacional.

Os dois próximos jogos disputam-se agora no pavilhão da Luz.

Hóquei em patins: estamos na final four!



Ao batermos há pouco em Alvalade os italianos do Lodi por 8-2, garantimos automaticamente presença na final four da liga europeia. Mais um feito internacional para as nossas modalidades!

sexta-feira, abril 05, 2019

Fala quem sabe!



Neste momento o meu foco está no Sporting. Nunca escondi que o meu sonho seria um dia jogar nos grandes clubes e nas melhores competições, nos melhores campeonatos europeus. 

Mas, neste momento, eu já estou num grande europeu e quero dar tudo aquilo que tenho enquanto aqui estiver. 

E, até ao dia de ir embora, estarei aqui de bom grado e a dar tudo o que tenho pelo Sporting”

Bruno Fernandes

quinta-feira, abril 04, 2019

Aproveite-se este momento!



Reitero o que ontem escrevi, ainda nas bancadas de Alvalade, logo após o triunfo sobre o velho rival: quatro presenças em finais das tacas da liga e de Portugal, nas duas últimas épocas, é digno do maior registo ou sublinhado. Fosse com outros clubes e este feito seria um foguetório de dimensões estratosféricas.

A verdade é que após um dos períodos mais negros da nossa história, com uma pré-época inenarrável e com uma comissão de gestão a remendar um plantel, com mais ou menos competência, estamos em terceiro lugar no campeonato, conquistámos a taça da liga e garantimos presença no Jamor. E fomos ainda eliminados da liga Europa por um tal de Villarreal, o tal que ainda há poucos dias quase derrotou uma das melhores equipas do planeta.

Eu sei que há jogadores de qualidade duvidosa no plantel, os desequilíbrios são grandes, dependemos de alguns craques - como Bruno Fernandes - as exibições são pouco convincentes e o treinador, pelo menos a mim, teima em não convencer.

Mas a verdade é esta: atendendo a tudo o que temos vivido e tendo em conta a maior divisão ou clivagem no seio da massa adepta que até hoje registámos na nossa história, o saldo até agora só pode ser positivo.

Espero sinceramente que o triunfo de ontem sirva para acabar com todas estas divisões e com o clima de ódio verdadeiramente insuportável entre adeptos, e que finamente possamos começar novamente a remar todos juntos para o mesmo lado.

É que continuo sem entender como há sportinguistas mais adeptos do presidente A ou B, do que do próprio Sporting Clube de Portugal. 

Houve no passado recente da nossa história presidentes com os quais de todo me identificava - Dias da Cunha, Godinho Lopes, Bruno Carvalho, se calhar até Frederico Varandas - mas jamais, em tempo algum, desejei derrotas para o meu clube como meio de fragilização dos líderes da instituição. 

Reitero: leal, sempre, mas apenas e só ao Sporting Clube de Portugal!




Quando é a própria BOLA a escrevê-lo...



Até as bancas de jornais estão mais bonitas!



quarta-feira, abril 03, 2019

Estamos no Jamor!



Quatro finais nos dois últimos anos, entre taça da liga e taça de Portugal, não está nada mal!

Parabéns a todos os leões que estiveram hoje em Alvalade. Fomos 34 mil mas fomos todos grandes leões!

Estamos vivos e bem vivos!

Nuno M Almeida

domingo, março 31, 2019

Futsal: mais uma taça para o museu!



Final da Taça de Portugal

Sporting, 5 - Benfica, 5 (3-2 nos penáltis)

O fatalismo leonino

Os dramas do Sporting parecem assumir um carácter cíclico do qual, década após década, não nos conseguimos mesmo libertar.

 

Não querendo voltar a remexer num passado recente, a verdade é que as aclamações e unanimidades a que todos assistimos nos últimos anos, redundaram numa situação económico-financeira e desportiva muito complicada.

 

A unanimidade na era Carvalho, na qual as vozes dissonantes eram pura e simplesmente aniquiladas ou apelidadas de maus sportinguistas, deu lugar a uma clivagem no universo leonino absolutamente insanável no curto e médio prazo. Insuportável mesmo.

 

O drama do Sporting tem assentado sobretudo na sua deriva em constantes ziguezagues, cavando a cada época um fosso maior em relação aos principais rivais.

 

Enquanto isso, o Braga vai paralela e paulatinamente consolidando o seu caminho, roendo os calcanhares do leão.

 

Desportivamente é este o principal problema do Sporting! Quatro títulos de campeão nacional de futebol nos últimos quarenta anos. Sintomático!

 

A nível económico-financeiro o clube debate-se com uma situação asfixiante, graves problemas de tesouraria, acumulação de dívidas a fornecedores e a outros emblemas, tendo recentemente corrido também o risco de ver a UEFA proibir a inscrição de jogadores à luz do fair play financeiro.

 

Soluções? Seguramente não cair na tentação fácil de antecipar receitas, evitar viver no presente com o dinheiro do futuro, naquela lógica habitual de “quem vier que feche a porta”.

 

Temos que humildemente seguir o exemplo recente do FC Porto e adoptar uma política orçamental de rigor, paralelamente assumindo uma gestão desportiva assente na formação e nos jogadores emprestados.

 

Qual é então o drama? O drama é ter-se alienado a qualidade da formação leonina, descurado a academia, não tendo nós agora o filão abundante de outrora. Erros cometidos em catadupa que culminam no presente num espaço de manobra muito mais apertado.

 

Ao invés, gastaram-se balúrdios em contratações de jogadores estrangeiros que não redundaram em qualquer mais-valia desportiva ou económica - Alan Ruiz, Meli, Douglas, Misic, Castaignos... - e em questionáveis parcerias com Batuques e afins.

 

Apesar de tudo há esperança, ou não fosse esta verde. É que se com pouco, e em muito pouco tempo, outros conseguiram voltar a ser campeões, ser presença assídua na Champions, aumentar receitas e voltar aos lucros, porque razão um clube centenário, com milhões de adeptos, uma imensa massa social de apoio e uma história riquíssima, não o conseguirá também?

 

Haja competência na gestão económico-financeira e na gestão desportiva, e sobretudo não se aproveite tudo isto para justificar - numa ‘cínica’ manobra de desespero - uma eventual perda da maioria do capital da SAD.

 

Haja também união, paz e serenidade para se voltar a reerguer definitivamente o Sporting, e, de uma vez por todas, se acabar com estes frequentes ciclos nefastos que tantos danos têm causado ao clube. Um pacto de regime? E porque não?

 

Leais? Sim, claro! Mas apenas e só ao Sporting Clube de Portugal!

 

Para já temos uma taça da liga no museu, a segunda nas duas últimas épocas, estamos no terceiro lugar no campeonato e daqui a três dias podemos garantir a segunda presença consecutiva na final da taça, se eliminarmos o velho rival.

 

Descontando as exibições demasiado cinzentas e nada convincentes, e uma produtividade titubeante, diria assim que para já o saldo é positivo, sobretudo tendo em conta tudo aquilo que antecedeu a preparação desta época futebolística.


Acho que Varandas tem estaleca para ser presidente do Sporting? Não! Gosto de ver Keizer a liderar a equipa de futebol? Também não! Mas como neste momento são eles que lideram respectivamente o clube e a equipa só me resta apoiar!


Acima de tudo e todos estará sempre o Sporting Clube de Portugal!

sexta-feira, fevereiro 22, 2019

Tudo isto é triste, tudo isto é Sporting...



Dado que já não tenho idade nem pachorra para aturar certos sportinguistas e certas formas de viverem o seu sportinguismo, e porque tinha a ilusão de que os adeptos leoninos se diferenciavam pela positiva face aos demais - pura ilusão, mesmo! - vou-me remeter a uma interrupção temporária de carácter higiénico.

É que por mais tolerante que alguém tente ser não há mesmo pachorra possível para aturar tanta parvoíce, tanto ódio, tanta acrimónia e tanto pseudo-sportinguismo...

Nota: não será publicado qualquer comentário a esta publicação.


Nuno M Almeida

quinta-feira, fevereiro 21, 2019

Dois factores definiram esta eliminatória



Villarreal, 1 - Sporting, 1 (2-1 agregado)

Dois factores claramente definiram o desfecho desta eliminatória: a péssima exibição em Alvalade e a imerecida expulsão de Jefferson em Espanha, a qual desequilibrou a equipa e abanou a estratégia de Keizer para este jogo.

Para o ano há mais... como sempre. “Agora é levantar a cabeça” (onde é que eu já ouvi isto?) e pensar em conquistar a taça de Portugal e conseguir a melhor classificação possível no campeonato.

Nuno M Almeida

Prioritário!



A SAD do Sporting está a negociar com as entidades competentes a ampliação de Alcochete para um futuro próximo. Uma das apostas passa pela construção de mais três campos relvados e respetivas infraestruturas, no que a equipa de Frederico Varandas entende como dar prioridade à formação leonina, que o presidente entende necessitar de melhores condições de trabalho a médio prazo.

Ora aí está uma boa notícia! É imperioso que o Sporting revitalize a sua academia e volte a ser um clube com uma formação de excelência, não só a nível europeu como mundial. 

Deixámo-nos claramente ultrapassar pelo que, quanto mais rapidamente arrepiarmos caminho e voltarmos a dar prioridade à nossa formação, mais perto do sucesso voltaremos a estar e também de encaixar milhões com transferências.

Nuno M Almeida

quarta-feira, fevereiro 20, 2019

Interessante...

A propósito de contratações -  mais ou menos falhadas - reproduzo aqui um texto interessante que li na internet e que no fundo deixa evidente que ninguém tem grande credibilidade para apontar o dedo seja a quem for...

BRUNO DE CARVALHO

Doumbia = 7,5 milhões de euros (+ 6 milhões de ordenado por época).

Alan Ruiz = 9 milhões de euros (+ 2,2 milhões de ordenado por época).

Shikabala = 500 mil euros e vendido por 575 mil euros (+ ordenado entre os 500 mil euros/1 milhão por ano?).

Castaignos = 3 milhões de euros (+ 2 milhões de ordenado por época).

Misic = 3 milhões de euros.

Ryan Gauld = 2,5 milhões de euros.

Matheus Oliveira = 2 milhões de euros.

JOSÉ BETTENCOURT

Pongolle = 6,5 milhões de euros.
(Outros)

Se Bruno de Carvalho vendeu, e muito bem, por 70 milhões, João Mário e Slimani, vejam as contratações desastrosas no lado inverso. Muitos milhões ganhos mas mal investidos.

Godinho Lopes foi dos piores presidentes do Sporting a vários níveis, elevando grandemente o passivo do nosso clube. E todos nós fomos aos arames com a contratação do Pongolle por 6,5 milhões de euros por parte de Bettencourt. 

Mas o que dizer por exemplo das contratações de Doumbia por 7,5 milhões de euros ou Alan ruiz por 9 milhões de euros por parte de Bruno de Carvalho? Fora os ordenados.

Tudo isto para elucidar os Sportinguistas. Todos os presidentes tentaram fazer o seu melhor. E TODOS fizeram erros enormes, aumentando as dívidas do clube. 

O que não pode voltar a acontecer, nem os sócios do Sporting podem permitir tal coisa.

Nuno M Almeida

terça-feira, fevereiro 19, 2019

Sport TV rima com... BTV!

A propósito dos surreais comentários de Helena Costa no último Sporting-Braga, em que parecia que os bracarenses estavam a jogar contra uma equipa estrangeira e onde a mulher desesperava por golos dos minhotos - já nem tentam disfarçar! - apetece-me dizer que não há coincidências...













Imagens: FisgasTV

Nuno M Almeida

Uma vez maçã podre, para sempre maçã podre!



Mudar do Sporting para o Porto foi uma das melhores decisões que tomei” - João Moutinho

Mais um formado em Alvalade que - passados tantos anos - teima em cuspir no prato onde comeu. A seguir o mau exemplo do agora portista Quaresma ou do agora benfiquista Sabrosa.

Enfim...

Nuno M Almeida

segunda-feira, fevereiro 18, 2019

Boa sorte, Nani!



Nani merece todo o meu respeito pela carreira que tem feito, pelo que tem conquistado, pelos clubes por onde tem passado, daí que lhe deseje toda a sorte do mundo nesta nova aventura por terras norte-americanas, um pouco a soar a pré-reforma dourada.

A todos os que agora criticam a sua saída, seguramente muitos deles que também até há pouco assobiavam Nani, pergunto se o clube está numa situação que permita gastar 4 milhões por ano com um jogador? 

E já agora pergunto também se o rendimento desportivo de Nani nestes últimos 7 meses foi assim tão extraordinário para justificar tal esforço orçamental?

Claro que vai haver quem discorde porque parece que alguns só sabem criticar e pôr tudo em causa, desde que isso contribua para a desunião. O habitual...

Nuno M Almeida

Quem diria, Sr. Keizer...



Quem diria que um treinador que até agora poucas ideias tinha mostrado, incorrendo até numa certa rigidez táctica, e que teimava em ser presa fácil da sagacidade dos treinadores nacionais, seria capaz de dar uma lição táctica ao Braga?

Apostou num 3 x 4 x 3, com Ilori no lado direito de Coates e Borja à esquerda, dando projeção a Ristovski e a Acuña pelos corretores, anulando a capacidade ofensiva do Braga, nunca se tendo visto Paulinho ou Dyego Sousa.

No miolo, Wendel, apoiado por Gudelj, teve liberdade para organizar jogo, permitindo a Bruno Fernandes jogar mais adiantado e mudar constantemente de flanco, baralhando os defesas bracarenses.

Até Bas Dost já mostrou outro rendimento, tendo vários colegas atrás a apoiá-lo, como o rápido Diaby.

É este o caminho: flexibilidade táctica e capacidade de estudo dos adversários, permitindo adoptar a melhor estratégia para cada jogo.

Nuno M Almeida

domingo, fevereiro 17, 2019

Abel, gostaste?



Sporting, 3 -  Braga, 0

 

Antes de mais, devo confessar que este Sporting bipolar me tira do sério. Como é que os mesmos jogadores apáticos que perderam em casa há três dias com uns espanhóis mal amanhados, hoje derrotam sem contestação e mácula o Braga? Mesmo com alterações no onze depois do jogo com o Villarreal, a verdade é que a postura também foi outra.

 

Em momento algum da primeira parte o Braga conseguiu ser mais forte que o Sporting, pelo que o golaço de Bruno Fernandes - mais um belíssimo livre - conferiu plena justiça ao marcador.

 

Com Ilori e Coates à frente de Renan a darem solidez à equipa, e com Ristovski e Borja - bom reforço! - a fazerem bem os seus corredores, a nossa defesa não deu qualquer veleidade a Dyego Sousa ou Paulinho. Acuña e Diaby muito rápidos a chegar lá à frente.

 

Gudelj e Wendel no meio campo davam conta do recado, com o segundo em bom plano, aproveitando a liberdade que lhe era conferida. O brasileiro esteve em muito bom plano esta noite.

 

Na segunda parte o domínio leonino continuou, coroado com o segundo golo, assinado por Dost, a castigar grande penalidade sobre um supersónico Diaby.

 

O Braga tentou chegar com mais perigo à baliza de Renan, já com Wilson Eduardo em campo, mas o Sporting foi mantendo o seu acerto defensivo e aproveitando o maior balanceamento atacante dos visitantes.

 

Em mais um belo rasgo de Bruno Fernandes, num excelente trabalho onde ofereceu o golo a Dost, apareceu o nosso terceiro. Abel arriscou e... encaixou!

 

Vitória justa que apenas peca por escassa. Lindo era o Braga hoje regressar ao Minho com cinco ou seis no saco!


Nuno M Almeida 

Importa-se de repetir?


Será que quer dizer ‘vamos lutar por um bom resultado’ ou ‘vamos lutar pelo único resultado que nos interessa, a vitória’?

Alguém que por favor diga a este senhor que é treinador do Sporting Clube de Portugal, uma instituição centenária, um grande clube nacional e europeu, e não a xafarica da esquina!

Aliás, esta declaração está muito em linha com a do seu chefe, o qual muito recentemente afirmou que o plantel não tinha qualidade.

Diria assim que com Keizer e Varandas estamos mesmo na presença de dois grandes líderes motivacionais. Sorte a nossa...

Nuno M Almeida

sábado, fevereiro 16, 2019

Futsal: goleada das antigas!



Sporting, 6 - Benfica, 1


Nuno M Almeida

Regras da casa

Está mais que evidente que a memória é curta, portanto vejo-me obrigado a relembrar as regras da casa:

Estando activo o sistema de moderação de comentários NÃO serão portanto publicados ou tolerados comentários que  contenham linguagem imprópria ou ofensiva.

Uma coisa é ter-se uma determinada opinião, seja ela legitimamente igual ou contrária à dos outros, outra coisa bem diferente é utilizar-se linguagem ofensiva para expressar aquilo em que se acredita.

É que depois não venham cá outra vez com a conversa do lápis azul ou da censura. As regras aqui são estas. Na vossa casa farão como muito bem entenderem!

Nuno M Almeida

sexta-feira, fevereiro 15, 2019

Menos um...



Montero acaba de rescindir com o Sporting, numa altura em que já não podemos contratar e sabendo-se as opções curtas que temos para o ataque, ainda por cima com um Bas Dost em sub-rendimento.

Nuno M Almeida

Um tiro ao lado...



Marcel Keizer: um cada vez mais evidente tiro ao lado por parte de Frederico Varandas. 

Pese embora a alegada recomendação de Leonardo Jardim e a qualidade relativa do plantel, nada atenua ou justifica as exibições miseráveis e os péssimos resultados do Sporting - derrota atrás de derrota - a não ser a ineficácia e incompetência do treinador para gerir o plantel e pôr a equipa a jogar bom futebol.

Uma vitória nos últimos sete jogos, e em três deles sem sequer se conseguir marcar um golo. Nos últimos dez jogos, tantos golos marcados quanto os sofridos: treze!

Não gosto de mudanças constantes de treinador, até porque é sintoma de que não sabemos para onde queremos caminhar, mas é bem preferível chegar a tempo e estancar a hemorragia, do que deixar gangrenar.

Aguardemos assim pelos próximos episódios, até porque domingo há jogo com o Braga...

Nuno M Almeida

quinta-feira, fevereiro 14, 2019

Enfim...



Sporting, 0 - Villarreal, 1


Nuno M Almeida

terça-feira, fevereiro 12, 2019

Os números não mentem...

Não, senhor Keizer, infelizmente não está tudo bem...




Nuno M Almeida 

segunda-feira, fevereiro 11, 2019

Se a hipocrisia matasse...



Se há clube ou instituição hipócrita no nosso desporto é o SLB, o qual consegue a cada dia bater todos os recordes de cinismo e demagogia.

Nem sequer me vou deter no resultado do jogo de ontem porque não quero entrar por considerações que colocariam em causa a honestidade e o profissionalismo de quem veio da Madeira para disputar a dita partida.

O que me enoja é ver um clube arvorado em arauto do desportivismo e do fair play, a apelar ao respeito pelo adversário goleado, depois de ter autenticamente humilhado o Nacional da Madeira.

Em momento algum, Bruno Lage disse aos seus jogadores para desacelerarem ou para deixarem de massacrar o adversário, quando este estava completamente de rastos e estendido no tapete.

Não houve ontem pingo de respeito ou de dignidade em relação aos colegas de profissão, pelo que é, no mínimo, caricato ouvir as virgens ofendidas de Carnide a encarnarem o papel de Madre Teresa de Calcutá!

Nuno M Almeida

Bruno e mais dez


É cada vez mais inegável que Bruno Fernandes tem demasiado talento para a liga portuguesa. Muito pequenina para ele.

Num campeonato onde algumas equipas jogam ao nível de conjuntos amadores, cometendo erros inacreditáveis e sofrendo goleadas que já não se usam, Bruno Fernandes é o verdadeiro craque desta liga.

No caso do Sporting, jogo após jogo, é cada vez mais Bruno e mais 10. Nenhuma dúvida.

Como alguém hoje escreve: joga, faz jogar, marca e faz marcar!

Um enorme jogador!

Nuno M Almeida

domingo, fevereiro 10, 2019

Três pontos!



Feirense, 1 - Sporting, 3


Nuno M Almeida

Começou o circo...

Numa altura em que o Sporting necessita de arrumar a casa e de serenar os ânimos, apelando à união da família leonina, vai ser publicado um livro de um indivíduo que se diz sportinguista, visando apenas e só alimentar o seu ego, receber uns cobres e desestabilizar a instituição.

No que a mim diz respeito jamais comprarei tal coisa, escrita pelo benfiquista Luís Aguilar, até porque geralmente prefiro papel higiénico...



Nuno M Almeida 

Que descanse em paz



Fernando Peres, antiga glória leonina, faleceu este domingo no Hospital Egas Moniz, em Lisboa. 

Formado no Belenenses, foi no Sporting que chegou ao sucesso conquistando dois campeonatos (1965/66 e 1969/70), uma Taça de Honra (1965/66) e uma Taça de Portugal (1970/71). 

Foi ainda campeão brasileiro pelo Vasco da Gama, em 1974.

Que descanse em paz.


sábado, fevereiro 09, 2019

SUB-23: Braga derrotado em casa!



Braga, 0 - Sporting, 1

Em jogo disputado no Complexo Desportivo do Fão, o único golo da partida foi marcado ainda na primeira parte, por Pedro Mendes, através de uma grande penalidade, a castigar falta sobre Tomás Silva.

Nuno M Almeida