"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

domingo, março 13, 2011

A propósito de Fundos e Dívidas...

Respeitando a opinião do Via Verde expressa no post anterior, acho no entanto que se está a entrar num caminho perigoso. Telhados de vidro não faltarão certamente a qualquer dos candidatos (excepto provavelmente Abrantes Mendes) no que toca á sua vida extra-Sporting. E quando falo em telhados de vidro, estou a incluir no rol os boatos, as noticias semi verdadeiras e noticias verdadeiras mas descontextualizadas...

No que toca a Braz da Silva, afinal a causa principal do post publicado, gostava de lembrar que:

1) Braz da Silva desistiu porque alegadamente e segundo o próprio, estaria a ser ameaçado de corte de credito às suas empresas pelos Bancos. Que eu saiba, não é propriamente em Bruno de Carvalho que os Bancos jogam as suas fichas. Logo...

2) Acredito que tenham existido outras razões para a desistencia de Braz da Silva. Logo á partida a dificuldade em obter financiamento para o fundo (nem interessa aqui se os capitais eram angolanos, portugueses, russos ou chineses - aparentemente não existiam, pura e simplesmente...). Para além disso, consta que estavam preparados vários artigos para sair na imprensa sobre Braz da Silva E sobre alguns dos seus apoiantes. Que iam saír no fim de semana a seguir à desistencia. Por acaso é Bruno de Carvalho que tem atras de si uma poderosa agencia de comunicação? Por acaso era Bruno de Carvalho que á data mais temia Braz da Silva? A resposta a ambas as questões é obvia...

Quanto ao fundo de Bruno de Carvalho é espantoso todo o fluxo de noticias que tem saído da Imprensa quando ainda não foi feita qualquer divulgação pelo próprio sobre os financiadores (o que acontecerá apenas amanhã). E porque não aguardar por esse momento para tecer comentários? E porque é que Pedro Baltazar não nos fala também da sua operação de revenda de acções da SAD em vez de lançar este tipo de ataques que não lhe ficam nada bem?

Finalmente, a respeito das supostas dívidas das empresas de Bruno de Carvalho, a noticia é de péssimo gosto. Já nem vou falar dos quatro mil euros da Optimus (não deverá também 40 centimos á TMN?) mas, quanto ao resto, estamos a falar de supostas dívidas reclamadas por supostos credores, o que não quer dizer que as dividas sejam reconhecidas ou sequer devidas. Serão ou não, mas há todo um contexto que falta e que torna a noticia inoqua e canalha...

Quantas mais noticias vão aparecer deste género? Afinal, as agências de comunicação têm de justificar o bom dinheiro que lhes é pago, não é?

JG