"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

segunda-feira, outubro 19, 2009

A solução......

Após muito pensar. E de reler as palavras do nosso presidente , após muito matutar e ter lido as palavras do nosso treinador sobre o estado da relva e de ter visto que apenas 14 mil se deslocaram a Alvalade para ver o jogo do nosso Sporting cheguei à conclusão que o problema está no estádio e local de construção.
Porque há 15 ou 20 iluminados que fazem birras de histerismo lá no centro (palavras de JEB).

Como o Sportinguismo dos Açores é muito mais saudavel e o Presidente sente-se melhor fora acho que a solução passa pela demolição imediata do estadio e a compra de outros dois.

Um para as deslocações aos Arquipelagos dos Açores e a região Autonoma da Madeira seria o Titanic-XXI Alvalade sobre as ondas...
E para as deslocações no nosso continente para por exemplo jogarmos perante os Leirienses sem vergonha do Sporting seria o Roullote XXI Alvalade sobre rodas.

Assim seriamos sempre forasteiros , sem aquele problema horrivel de jogarmos perante o nosso habitual publico mas teriamos sempre garantido aqueles adeptos sem vergonha e que vivem de uma forma bem mais saudavel o clube.

Talvez a relva por ser exposta a outro tipo de sol aguenta-se bem melhor e não fosse um batatal que impede o nosso superior futebol de ser explanado em toda a largura do terreno.

Com o tempo e a presença dos ditos Sportinguistas saudaveis nos estadios rolantes e navegantes poderia-se criar um problema que depois teria que ser resolvido. A crescente insatisfação de quem se desloca para ver ao vivo o Sporting e apanha apenas uma amostra. No entanto como o treinador gosta do titanic e o presidente têm carta de pesados confio na capacidade dos dois para levar por esse portugal fora e por mares nunca antes navegados o Sportinguismo saudavel e algumas vitorias ocasionais com um pouco mais de treino.

Estou convicto que esta será mesmo a melhor opção para afastar de vez as ervas daninhas associativas que com as suas quotas massacram o clube com uma exigencia sem fim.

SL

Miguel Damas