"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

terça-feira, março 15, 2011

E no fundo será sempre a capacidade de prospecção ...

Para ter uma opinião mais real, porque já ouvi argumentos a favor e contra o fundo, resolvi fazer uma pequena análise no excel para ver quais das soluções ( Fundo vs Financiamento ) seria mais benéfica para o Sporting.

A conclusão a que cheguei é que um ou outro podem ser melhores, dependendo de uma série de variáveis, nomeadamente no que diz respeito à proporção do salário comparativamente ao valor de aquisição e à mais valia que gerará.

No Fundo, o Sporting irá receber 60% das mais valias que um jogador venha a provocar. Ou seja, se a  aquisição for de 1 milhão e for vendido ao fim de 2 anos por 5 milhões, imaginando um salário de 400 mil / ano, pelo fundo o Sporting ganharia 1,6M€ e sem fundo 3,2M€. No entanto, no caso de um mau negócio o fundo defende o Sporting, como podem ver nos quadros abaixo no caso de um jogador que seja vendido abaixo da compra. 

Em resumo, existe um risco, que tem a ver com o tempo que os jogadores ficam no Sporting. Quanto mais tempo pior retorno de investimento tem no fundo e por outro lado em situações como a assinalada a laranja, o fundo pode ter interesse em vender, porque faz mais valias, mas o Sporting não porque as mais valias não cobrem os custos de salários. E o que fazer nessa altura ? Comprar o jogador ao fundo ? 

Por outro lado o fundo é benéfico em situações que o jogador se revela um flop. Como podem ver nas linhas a verde claro.

Basicamente a questão então está na qualidade das contratações e no espaço de tempo que é preciso para valorizar  jogador para lhe criar uma mais valia notória. A pressão nesse sentido será muito maior com o fundo. 

O fundo tem outra vantagem que tem a ver com a não necessidade de recorrer a financiamento onerado com juros. Mas mais uma vez só uma análise concreta permitiria saber qual o ponto de equilibrio entre os juros suportados e a maior rentabilidade que o uso de capitais próprios gera. 

Deixo os quadros para que cada um analise como entender. Tentei encontrar um conjunto de posssibilidades abrangente e equilibrada para tentar comparar as duas soluções. Não defendo nem um nem o outro porque depende de variáveis, algumas impossíveis de calcular `priori ( tempo de permanência e preço de venda ) e outras não quantificáveis ( capacidade de prospecção de cada uma das alternativas ) . Resumindo, o fundo absorve risco nas más contratações, mas prejudica-nos com o tempo de permanência e come-nos mais valias. O financiamento obriga a juros e é menos benéfico em valorizações de jogadores a curto prazo, mas permite-nos a partir de determinado prazo ter maior retorno de investimento.  Por isso, a qualidade e capacidade de encontrar jogadores à beira da explosão de valor será decisiva.

No entanto uma das condições do fundo : "uma das condições inerentes à constituição do fundo de investimento é a de que os jogadores adquiridos têm de permanecer no Sporting no mínimo durante duas temporadas"  revela-se prejudicial, pois como podem observar, do 1 para os 2 anos de permanência o retorno de investimento do fundo degrada-se face ao financiamento ... 

Se alguém quiser o ficheiro para fazer as suas simulações ... é só pedir. ( e não tentem descobrir aqui algum ataque ao BC ! Estava mesmo curioso relativaemente a esta comparação ! Porque já ouvi argumentos sérios dos dois lados. E confirmo essa dualidade de opiniões. As duas soluções podem ser boas ou más conforme a sua aplicação prática

( ps ... são 4 da manhã ! se alguém encontrar alguma incongruência de dados desculpem ... é sono ! )
Ficam os exemplos :



Mário Rui Oliveira
    Sangue LEONINO


69 comentários:

  • At 15/3/11 07:40, Blogger fanático said…

    "Depois do anúncio do nome dos três investidores russos que estão na disposição de colocar dinheiro no fundo de 50 milhões que Bruno Carvalho promete disponibilizar caso se torne o próximo presidente do Sporting, os serviços de comunicação da candidatura do empresário deram a conhecer todos os pormenores desse fundo.

    Eis o teor do comunicado:

    "No seguimento da estratégia e timetable definidos para a evolução dos trabalhos por Bruno de Carvalho, desde o anúncio da candidatura à presidência do Sporting, vimos agora, e após anúncio dos investidores, realizada segunda-feira, numa unidade hoteleira de Moscovo, comunicar e explicar os contornos do Fundo 'Sporting Champions'.

    I. Formato legal: Fundo de Investimento Mobiliário Fechado;

    II. Objectivo: Reforço do plantel do SCP e gerar mais valias quando os jogadores se transferirem para outro clube;

    III. Nome: Sporting Champions;

    IV. Montante: 50 milhões de euros;

    V. Activos: jogadores do Sporting CP;

    VI. Mais valias: 60% Sporting (para compensar o suporte dos salários feito pelo clube) e 40% investidores;

    VII. Quem decide as contratações: O Sporting. O fundo, depois, vê se aceita o jogador ou não;

    VIII. Condições: os jogadores tem de ficar no Sporting no mínimo duas épocas e o Sporting tem sempre o direito de opção de compra do jogador ao fundo se assim o entender importante para o clube;

    IX. Sediação do fundo: Portugal.

    Modelo de negócio pretendido para o Sporting:

    A ideia última por detrás deste fundo consubstancia-se na possibilidade que o Sporting passará a ter de incorporar jogadores de topo no seu plantel, sem ter a necessidade de fazer o esforço financeiro no momento do investimento, sendo o mesmo suportado pelos investidores.

    Assim, o risco do investimento será suportado pelos investidores e as mais valias repartidas percentualmente conforme acordado (Sporting 60% - Investidores 40%).

    O que se pretende é atrair ao Sporting a possibilidade de valorizar a sua equipa, ser mais competitivo e voltar a ser um agregador de paixões e multidões, como sempre o foi ao longo da sua história centenária.

    O aumento da competitividade, a luta pelos títulos, os melhores espectáculos que se poderão oferecer, trarão consigo o potencial de negociação de melhores condições com patrocinadores, vendas de direitos televisivos, renegociação de condições com credores, entre outros acordos, sempre em benefício do Sporting.

    Assim, o Fundo 'Sporting Champions' tem como fim último o facto de ser uma das bases primordiais para implementar a estratégia que Bruno de Carvalho desenhou para o Sporting.

    Estratégia essa que se baseia em torno da mobilização e agregação dos sócios, que levem ao aumento da fidelização dos sócios, simpatizantes e adeptos, potenciando o aumento das quotizações e captação de novos sócios, ao incremento da venda de 'gameboxes' e bilhetes, numa politica de Estádio cheio, e à potenciação do aumento das vendas de merchadising do clube.

    Em fim pretende-se devolver o sonho, o espírito Sporting de 'Esforço, Dedicação, Devoção e Glória', e voltar ao rumo de conquistas e das vitórias que o clube sempre habituou os seus seguidores"

    Record

     
  • At 15/3/11 09:21, Blogger Mike Blitz said…

    Queria responder apenas ao iluminado José Alvalade.

    Gostaria que me dissesse onde é que eu disse que apoiava Bruno Carvalho? Que transcreva aqui uma linha que fosse a dar o meu apoio. Uma coisa que disse foi que nunca votaria Godinho Lopes e que tudo faria para que essa DINASTIA não se perpetuasse.

    Quanto ao revanchismo que fala é de rir. Que maior revanchismo tem sido estes ultimos 16 anos? Com decisões lesa Sporting sistematicas? Se há revanchismo é de uma dinastia e sempre a lesar o mesmo....SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

    No resto tem razão que seja o SCP o importante e não presidentes. Mas um SCP forte depende de um presidente e um conjunto de pessoas fortes e que queiram SERVIR o SCP e não o contrario.

    No resto e por até andar aqui de nick...ou então é um fantasma...dou-lhe a importancia devida....ou seja ZERO.
    Passe bem.

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 09:22, Blogger Mike Blitz said…

    MRO

    Não percebo nada de fundos, lol, aquilo que sei é que quem apoias afundou o SCP e por isso e apenas por isso não percebo a tua opção em votar nos mesmos de sempre, sendo esses os coveiros do SCP e sendo tu, nas tuas palavras um GRANDE SPORTINGUISTA. Não dá para perceber!!

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 09:35, Blogger Fanas said…

    Quero aqui saudar e elogiar o trabalho do MRO em prol do esclarecimento de todos nós.Dificilmente votarei no candidato dele Godinho Lopes , contudo tem sido aqui injustamente e ás vezes mal educadamente tratado em função da sua escolha , o que não me parece correcto.

    SL

     
  • At 15/3/11 09:51, Blogger Algoncalves said…

    MRO,

    Se estar 2 anos é mau, o que dirias se a obrigação seria só 1 ano, ia acontecer o que aconteceu ao benfas com Ramirez.

    E essa história de incluir nas contas do fundo os salários para mim não é justo, o que é justo é saber se a carga salarial vai aumentar ou não. O correcto é saber se no fim do ano a SAD fecha com prejuizo ou com lucro. A mim não me interessa muito que se agrave a massa salarial em mais 1 milhão ou 2 milhões se com as contratações conseguirmos aumentar a qualidade e trazer mais pessoas ao estádio, se com isso conseguir com isso aumentar as receitas em mais 4 ou 5 milhões já ficamos a ganhar. Se no fim de tudo ainda formos buscar mais dinheiro das mais valias do fundo é as receitas extra-ordinarias que nos pode trazer ainda mais qualidade.

    Numa coisa tens razão, no fundo o que importa é a prospecção. Mas a mim choca-me é que no caso do fundo elevas a fasquia para que se traga jogadores com retorno financeiro, e em relação ao Carlos Freitas para ti isso já não é importante. Porque o que o CF já provou é que não consegue trazer jogadores que se revelem mais valias. Com ele só se vende jogadores da formação, o resto passe na mão ou esperar pelo fim de contrato. Aqui devias ser tão exigente como tens sido com os outros candidatos, e se o fosses duvido que votasses no GL.

     
  • At 15/3/11 09:52, Blogger leão verde said…

    MRO, obrigado pela análise, que ilustra o comportamento de algumas variáveis.
    Mas olha, posso estar enganado, mas julgo que essa questão dos dois anos se destina a proteger o Sporting da "obrigação" de desfazer-se de um jogador que queira conservar (porque o fundo não pode impôr a sua venda ao fim de um ano). Imagino que um jogador que revele mais valias brutais ao fim de um ano (era bom, era) será sempre vendido. Há negócios irrecusáveis (e não, não estou a pensar na forma de negociar do Vito Corleone...).

     
  • At 15/3/11 10:09, Blogger Luís said…

    Bom post.

    Ajuda um bocado quem nada percebe destas coisas apesar de não dar grande importância a questão dos salarios, com fundo ou sem fundo sempre existirá.

    Para mim o positivo deste fundo não é só o obvio, a entrada de dinheiro.
    Olhando para este Srs. e vendo que ocupam lugares de peso no Desporto Russo penso logo na influência que podem ter nos futuros Arshavins deste negocio.

    Não penso que quem investe seja para perder dinheiro e como todos sabemos nada como algum poder e influência para desatar alguns imbroglios.

    Neste momento penso mesmo que podemos dar um passo muito importante na direcção que todos queremos, um Sporting muito melhor.

    MRO, obrigado pelo trabalho, aguardo o mesmo em relação as outras candidaturas e seus fundos ou investimento no futebol.

    S.C.P. SEMPRE
    Gnitrops

     
  • At 15/3/11 10:25, Blogger Mike Portugal said…

    MRO,

    Muito obrigado pelo trabalho que tiveste. Fiquei bastante elucidado com este post.

    Quanto à questão dos salários dos jogadores aqui levantada, o objectivo será sempre não elevar muito a nossa massa salarial. Não vamos estar a pagar €100mil/mês a todos os jogadores que contratarmos. O ideal será ir buscar um ou outro jogador por €5M na ordem dos €70mil/mês, um ou outro por €2M na ordem dos €40mil/mês e depois valoriza-los para tentar ao fim dos 2 anos, vende-los por €20M. Isto será o ideal, claro.

    Acho que a questão de recebermos menos quando transferirmos o jogador se dilui na outra questão que falaste de estarmos protegidos quando arranjarmos um flop (que irá acontecer). Por esta razão prefiro o fundo.

     
  • At 15/3/11 10:32, Blogger jvl said…

    MRO,

    Bom post.

    "Ou seja, se a aquisição for de 1 milhão e for vendido ao fim de 2 anos por 5 milhões, imaginando um salário de 400 mil / ano, pelo fundo o Sporting ganharia 1,6M€ e sem fundo 3,2M€."

    A questão aqui é: será que sem o fundo o SCP conseguiria ir buscar o jogador? É que realmente sem o fundo não iremos ficar com 100% das mais-valias de um jogador contratado mas para as obter, primeiro é preciso ir buscá-lo.

    Como já referido pelo próprio post e nos comentários subsequentes, há várias variáveis que se têm que considerar mas que neste momento não se podem quantificar ou descortinar, como o aumento de receita de bilheteira, merchandising, prémios nas competições europeias, etc. etc.

    Algoncalves,

    "Numa coisa tens razão, no fundo o que importa é a prospecção. Mas a mim choca-me é que no caso do fundo elevas a fasquia para que se traga jogadores com retorno financeiro, e em relação ao Carlos Freitas para ti isso já não é importante. Porque o que o CF já provou é que não consegue trazer jogadores que se revelem mais valias. Com ele só se vende jogadores da formação, o resto passe na mão ou esperar pelo fim de contrato. Aqui devias ser tão exigente como tens sido com os outros candidatos, e se o fosses duvido que votasses no GL."

    Totalmente de acordo. A bitola deveria ser elevada para todos os candidatos e não apenas para alguns. Godinho Lopes tem-se limitado a desfilar nomes e pouco mais. Dias Ferreira ao menos já tem acordo com um treinador.

     
  • At 15/3/11 10:41, Blogger The Cure said…

    MRO

    Obrigado pelo teu esforço.

    Permite-me este offtopic. Quando é que o Sporting fará um boicote a este pasquim de nome a bola

    Já todos sabemos que é o jornal oficial da lixeira. Mas bem que podia deixar o nosso nome de lado

    É que já roça o ridículo

     
  • At 15/3/11 11:02, Blogger Algoncalves said…

    Outra coisa que agora reparei, Nas contas sem o fundo tem de ser incluidas os valçores dos juros do financiamento feito a banca. Porque sendo o valor do passe comprado pelo Sporting esse dinheiro tem de aparecer em algum lado.

     
  • At 15/3/11 11:21, Blogger  said…

    Desculpem-me, mas esta explicação do fundo, apesar de correcta, é feita por alguém que está comprometida com o godinho lopes. Logo não vou acreditar da intenção "genuína" de querer "apenas explicar" esta solução de financiamento.

    Para mim, a principal questão é só uma: RISCO.

    Tendo em conta que a rentabilização de um jogador está dependente de uma série de variáveis incontroláveis (lesões, adaptação ao país, condição física, etc.) o que interessa saber é quem suportará as perdas de mais valias em caso de não rentabilização. E para mim é óbvio. No caso do empréstimo bancário, é o Sporting. No caso do fundo, é partilhado. Porquê? Porque no empréstimo, o banco recuperará sempre o que emprestou+ juros. No fundo perdem todos os investidores na proporção do seu investimento e SEM JUROS.

    Volto a frisar aquilo que disse no post anterior. Pergunto ao MRO qual a sua definição de PARCEIRO. Eu vou dar a minha. Um parceiro é alguém que, investindo em conjunto comigo, ganha quando o investimento se rentabiliza e perde quando acontece o inverso.
    E mais. É alguém que, quando o negócio corre mal, está disposto a reinvestir para recuperar o que perdeu. Ou vender a sua parte para suavizar as perdas.

    Agora faço outra pergunta ao MRO: qual a sua definição de agiotagem? Eu vou dar a minha. É alguém que empresta (empresta visto do meu prisma e investe do prisma do agiota) dinheiro cobrando juros elevados. Não é sensível ao "chulado" (perdoem-me a expressão, mas parece-me a mais correcta) quando este não tem dinheiro. É o negócio dele e é legítimo como outro qualquer. Burro é quem pede o empréstimo.

    Se não entenderem o que eu disse, usem a memória. A agiotagem levou-nos a um passivo de 300M e um juro correspondente a mais ou menos 12M anuais. O agiota (BCP e BES) vai recuperar o seu "investimento" porque quando as obrigações se vencem nem que se tenha de dar o cu, tem de se pagar. E ainda vai ter lucros antecipados anualmente (juros). O "chulado" (Sporting) não rentabilizou o que pediu emprestado e suporta as perdas sozinho.

    Esta pergunta, agora, é para todos: que tipo de relação querem ter com um investidor? AGIOTAGEM ou PARCERIA?

     
  • At 15/3/11 11:26, Blogger Mário Rui Oliveira said…

    André

    Refiro no post que uma das desvantagens "Sem Fundo" é precisamente o custo do endividamento. Que como calculas não consigo incluir, porque não faço ideia da taxa de juro associada. Mas creio que poderiamos usar uma taxa de 6% ao ano, mas depois tinha de usar tb amortizações e nunca mais saia daqui.

    Quanto a outras variáveis como aumento de receitas indirectas pelo aumento de qualidade da equipa, estas serão tendencialmente semelhantes com uma ou outra solução.

    Quantos anos, o que aconteceu com o Ramires no Benfica foi um mal necessário. Se não fosse naquelas condições um jogador daquela qualidade jamais teria estado no Benfica.

    A questão dos 2 anos, percebo exactamente como para defender o clube, reduzindo a pressão para desfazer equipas. No entanto, é verdade para todas as partes ( e partindo do principio que o jogador n valorizava mais no segundo ano ) a venda rápida é mais lucrativa em terrmos de retorno do investimento.

    Quanto à exigência de trazer jogadores que gerem mais valias, estás enganado na posição que assumes para mim.

    Eu tb exijo qualidade ao Carlos Freitas. E sei que ele a pode trazer se tiver capacidade de investimento. O que não se pode é pedir a alguém que vá comprar um ponta de lança que faça a diferença a custo 0 ou por tostões ...

    No programa do GL, há um ponto que é importante ( e que creio que pela pressão de gerar mais valias o fundo tb deverá exigir ) que é uma politica de investimento em jogadores sub24.

    MAs André, não vejas este quadro como um apoio a GL, mas antes como uma ferramenta para quem tem menos noção das questões financeiras poder ter noção do que estamos a falar.

    Ter fundo ou não ter fundo ( desde que haja um financiamento ) per si, como fica para mim claro, da análise acima, não diz nada.

    Quanto a incluir os salários e prémios na análise, creio que é essencial para o cálculo do cash flow e resultados líquidos de cada uma das opções em cima da mesa.


    Miguel, terei todo o gosto em discutir contigo o porquê do meu apoio ao longo dos anos ao presidentes que por lá passaram. mas creio que este canal não é o ideal, porque é muito limitativo em termos de conversa. Um dia falamos ao vivo ! Abraço

     
  • At 15/3/11 11:39, Blogger Mário Rui Oliveira said…

    Sá, se é correcta ou não, o facto de apoiar ou não o GL é indiferente para o caso ... verdade ?

    Sim, a questão é risco e qualidade de jogadores.

    Se comprares bem é melhor o financiamento, se acertares umas e outras forem ao lado, dependerá dos valores de cada uma para ver qual o melhor, se escolheres tendencialmente mal, o fundo absorve algum do risco, mas pagas ordenados e não recebes nada na venda que ajude a amortizar essa perda.

    Chamar agiotas aos bancos é um erro de bloco de esquerda. E podes virar a análise !

    Imagina o caso do Di Maria. Quanto é que o Benfica perdeu por causa de o ter num fundo ? Comprou por 8, pagou metade do jogador, Terá pelo meio pago em 3 anos qualquer coisa como 4 milhões de euros em salários e prémios, Vendeu por 30, grosso modo. Resultado ... liquido a venda de Di Maria rendeu aos vermelhinhos cerca de 7 milhões ( o fundo do Benfica é diferente deste ) . Sem fundo teria rendido 18 milhões. Uma diferença de 11 milhões. Quem é o agiota nesta altura ? Num fundo como o do BC, o Sporting teria tido um resultado liquido de 9,2 milhões, contra uma possibildiade sem fundo de ter gerado os mesmos 18 milhões

    Sim o fundo diminui as perdas nos maus casos, mas penaliza muito os sucessos. Se acreditarmos que vamos ter mais sucessos, o fundo a bem da verdade até pode ser pior solução. Mas não se pode tirar conclusões totais, porque depende de muita coisa.

    No fim do dia, uma ou outra solução são interessantes. Haja é investimento de qualidade na equipa ( oq ue n tem havido )

     
  • At 15/3/11 12:07, Blogger LMGM said…

    MRO, bom trabalho nocturno :)!

    Só uma questão. Não me parece que o Sporting tenha dificuldades em adquirir jogadores por 1 milhão, nos últimos anos temos andado pelo mercado dos 3/4 milhões (em valores de aquisição).

    Onde não conseguimos entrar é no mercado dos 9/10 milhões, será para este mercado que o Fundo pode representar uma mais valia e neste mercado os salários serão necessariamente altos e para o Sporting ser ressarcido do seu papel de barriga de aluguer as mais valias deveriam ser muito altas.

    Mas não é isso que me preocupa, estou disposto a encarar os eventuais prejuizos vindos dos salários dos jogadores do Fundo como investimentos, se e só se eles ajudarem a rentabilizar aqueles que são o nosso verdadeiro ganha pão e tábua de salvação (os jogadores da formação).

    Caso este Fundo, ou outro qualquer, porque convém não esquecer que há várias candidaturas com esta solução, funcionar para comprar passes da formação do Sporting baratos comendo depois boa parte da mais valia gerada, já é um negócio com um risco mais elevado.

    Exemplo, vamos supor que o fundo compra no imediato o passe do Patricio por 4 milhões e posteriormente o Sporting o vende por 12 milhões. A mais valia gerada são 8 milhões, dos quais o Sporting recebe 60% 4,8 milhões. Perdemos no negócio, directamente 3,2 milhões.

    Resumindo, o cerne deste negócio será o valor pelo qual o Sporting vai vender os seus jogadores ao Fundo, se forem juniores a 8 milhões é optimo, se forem titulares a 4 milhões é péssimo, se esses titulares forem da nossa formação pior ainda.

    Se for o Evaldo por 2 milhões ou o Grimi por 6 milhões, é a árvore das Patacas!!!!

    Não conheço Presidente, empresário, director desportivo, treinador, Fundo aberto ou fechado que só saiba comprar craques! Todos sem excepção têm o seu rol de flops +/- caros para mostrar. As minhas bestas negras são o Kmet e o João Alves (VG), mas há muitos que nunca me passaria pela cabeça adquirir e já lá andaram com a minha camisola vestida (ex. Silva e Luis Loureiro) e outros que nunca entendi como não foram comprados de olhos fechados (ex. Pepe e Derlei).

    Não há nestas eleições soluções claras ou de escolha fácil, todas as listas têm méritos e deméritos, todas apresentam riscos a serem escolhidos pelos sócios. A decisão vai ser muito mais emocional do que racional. Qualquer opção é válida desde que bem implementada, desde que o resultado que promova seja positivo.

    Até ao dia 26 ainda vai correr muita tinta, venha ela!

     
  • At 15/3/11 12:20, Blogger Sporting até morrer said…

    Boas,

    Acho bem que não se eleve demasiado a fasquia com base naquilo que se poderá vir a adquirir ao abrigo do fundo.

    Quem investe no fundo tem também palavra decisiva na contratação de jogadores, e por outro lado não vamos ter Adebayours a caminho do Sporting pois os seus salários são bem elevados e incomportáveis na actual situação do Sporting

    As palavras de Inácio são bem nesse sentido:

    "Vai ter um fundo para contratar...
    - Os grandes jogadores encaixam sempre bem nas grandes equipas. Mas será que o Sporting está em condições de contratar um jogador que custa 3 milhões de euros limpos só de salários? Temos de ser muito engenhosos nas negociações, tentar trazer jogadores de grande valia mas com os pés bem assentes no chão. Mas acredito que é possível gastar o dinheiro que temos com qualidade. É nisso que estamos a trabalhar. O Sporting só pode recuperar se tiver uma grande equipa e um grande treinador."

    Este senhor cham-se Inácio, não se chama Jorge Gonçalves.

    SL
    José

     
  • At 15/3/11 12:42, Blogger Sporting até morrer said…

    Depois de BdC apresentar o seu fundo, quando é que vamos ouvir e ler as ideia dos outros candidatos?

    Até agora só vejo Baltazar a dizer que se for preciso mete 15 milhões (francamente dava jeito que os metesse na mesma depois das eleições realizadas, podendo por exemplo ser mais um a investir no Sporing, e certamente seria de um grande sportinguismo tal opção).

    De Dias Ferreira ouço um "logo se vê"...

    De Abrantes Mendes não ouvi nada de concreto ainda mas ontem no Solar do Norte, e já depois do BdC apresentar o seu Fundo, apareceu o seu n.º 2 a dizer:
    «O Sporting não é um albergue e não podemos, de forma alguma, ir atrás de um embuste com três russos a assinar um fundo. Este modelo não tem qualquer consistência e a proposta de Bruno de Carvalho é um perfeito embuste.»
    Em vez de falar dos outros, que tal falar do modelo de financiamento que propõe para o Sporting, já para 2011/12?

    E finalmente GL, vai-se financiar na Banca em mais 100M e desses utilizará 40M para aquisições.
    Com GL vamos ter um passivo a saltar dos 300 para 400M (ou mais, pois neste momento as contas do Sporting estão como as contas do país, uma incógnita).
    Vamos ter aumento nas prestações a pagar aos bancos.
    Vamos ter um aumento na massa salarial com jogadores a adquirir.

    Esta subida tem de ser compensada com resultados imediatos e acesso à Champions.

    Há aqui um risco elevadíssimo a meu ver, e muito menos descansado fico quando sei que alguns que estão na lista de GL são os responsáveis por decisões que nos levaram à penúria financeira.

    Convém mesmo começar a debater qual a melhor proposta para o Sporting na área financeira.
    Agora que sei o que vale a proposta de BdC quero também analisar o que valem as dos outros e dixarmo-nos de fantasias sobre lavagem de dinheiro.

    Quero propostas concretas e elwvação do debate mais uma vez!

    SL
    José

     
  • At 15/3/11 13:08, Blogger José Gil said…

    Caros Sportinguistas, se me deixarem gostaria de deixar aqui uma outra variável. O Tempo! Quanto tempo demora a realizar mais-valias? Ou seja, com financiamento o tempo é dinheiro, pois a cobrança de juros começa logo no primeiro dia. No fundo não será bem assim.

    Outra coisa importante é o actual plantel e a sua valorização. Não me custa acreditar que poucos interessarão ao Fundo, pela sua capacidade de valorização entenda-se. Este pode ser um contra do Fundo.

    Estou sem tempo para aprofundar a minha análise agora. Mais logo detalharei o que estou a dizer.

    SL

     
  • At 15/3/11 13:17, Blogger MFM said…

    Caro MRO

    Parece-me óbvio que o Fundo é claramente melhor que o Financiamento:

    Em primeiro lugar neste fundo se as coisas correrem mal ao Sporting tb correm mal ao fundo pois o investimento em jogadores é totalmente a cargo do dito fundo, enquanto no financiamento o banco ganha sempre os juros mesmo que o Sporting compre um jogador e este nada renda alem do custo do mesmo ainda temos de juntar os juros.

    E não tenhamos duvidas que na maioria dos casos é isto que acontece não temos uma varinha mágica para acertar nas contratações.

    Senão vejamos o nosso caso concreto, segundo os numeros apresentados pelo nosso consócio Paulo de Andrade ontém, gastámos nos ultimos 13 anos em aquisições 215 milhões de euros, e obtivemos das vendas dessas mesmas compras 60 milhões.

    Ou seja se fossemos financiados por fundos de investimento nestes ultimos tempos a teriamos poupado a módica quantia de 155 milhões de euros o que daria uma almofada em termos de salários anuais de mais de 10 milhões época. Já penseu nisto? quantos jogadores de qualidade poderiamos ter ao longo deste tempo? Ou alguem duvida que um acréscimo de 50% nos custos de ordenados nos terria dado uma equipa muitissimo mais forte?

    Parece-me clarissimo que um fundo assim é evidentemente melhor.

    E também é claro que um acréscimo de qualidadá trará acréscimo de bilheteira como já aqui foi dito. Já para não falar de tudo o resto. Não esqço uecer que só em bilhetes e cativos, passamos de 12/13 milhões para 8 milhões em 4 anos.

    Sejamos transparentes

    Sl
    Sporting Sempre

     
  • At 15/3/11 13:29, Blogger MFM said…

    Caro LMGM,

    Não me parece sequer que muitos dos nossos jogadores vão parar a esse fundo é um facto que a maioria dos principais já estão ao que tudo indica colocados no tal fundo do BES, iremos ver que percentagens foram alienadas.

    Isso que disse sobre Rui Patricio é verdade mas ai também não me parece que fossem vender o Rui Patricio por 4 milhões quando a sua cotação de mercado andará pelo dobro. e que poderá subir bastante caso se fixe como nº1 da selecção das quinas.

    Já em jovens com mt potencial saidos da formação defendo a venda do passe senão vejamos existem muitos que nunca chegam a explodir. poderiamos encaixar com alguns e com outros como é obvio perder um pouco mas isso é um risco. Vejamos os caos de Fábio Paim, Rabiu, Diogo Rosado eram foras de série, mas nunca chegaran a lado algum, (espero que Rosado ainda arrepie caminho!)
    Claro que tb surgem Nanis e Ronaldos, mas isso já é com um bom espaçamento.

    SL
    Sporting Sempre

     
  • At 15/3/11 13:54, Blogger Jose Alvalade said…

    Não, não sou nenhum fantasma, nem nenhum iluminado!!!
    Pelo menos ainda não dei por isso!!!
    Mas adiante...


    MRO,
    Ontem depois da tirada do velho camarada Alvaro Cunhal, não lhe dei resposta a uma das suas perguntas, pois já tinha ido para o vale dos lençois.

    As minhas dúvidas entroncam na brilhante dissertação aqui feita pelo LMGM.
    As dúvidas deles são precisamente as minhas. Pois com fundos de 50M e com equipas para ganhar tudo vamos deixar de nos preocupar com aquisições de 1 ou 2 Mihões. Vamos preocupar-nos com aquisições de 8 ou 10 Milhões; aliás como fazem os dois rivais. Ora para isso acontecer temos de aumentar em muito a massa salarial; vide o aumento com Despesas de Pessoal dos nossos rivais, e iremos ter jogadores a ganhar muito acima do nosso tecto, não na ordem de 500 mil Euros, mas na ordem de 2,5 ou 3 Milhões de Euros por ano ou mais. E isso preocupa-me de sobremaneira.
    Pois os 60% das mais valias podem não cobrir os montantes investidos nos ordenados. Por outro lado compreendo a clausula dos 2 anos de permanência, mas aqui pode haver um óbice ou seja se o jogador desvalorizar em muito do 1ª para o 2ºano; vide o caso do David Luiz, vendido por metade do valor de clausula. Neste caso o Fundo devia ser flexivel. Podemos exemplificar: O SCP é campeão na época 2011/2012 e os passes dos jogadores valorizam muito e depois na epoca seguinte ficamos em 4º lugar. Neste 2ºano vai haver uma desvalorização. Acho que estou a raciocinar correctamente ou então não li correctamente.

    Outra dúvida, tal como o LMGM, é o valor que o fundo atribui aos jogadores incluidos. Quem vai definir esses valores: O clube ou os promotores do fundo?


    O meu sentido de voto ainda não está definido e se assim continuar nem vou votar.
    As minhas questões vão muito mais além de fundos e jogadores e essas pouco ou nada foram afloradas.
    Percebo que o futebol(treinador, jogadores, fundo) interessem muito a muitos adeptos, mas um verdadeiro sportinguista tem de ver muito mais além e ter outras preocupações muito mais profundas.
    Não serão treinadores, jogadores e fundos que me farão depositar os meus votos num candidato.
    Se as eleições fossem hoje ninguem levaria os meus votos.
    Estranho muito a não inistência das diversas plateias por onde os candidatos passam em falar sobretudo da relação do SCP com os seus adeptos e sócios. Até parece que o clube é somente futebol e que todos nós somos meros espectadores que urge convencer a pagar o seu bilhete para ver a bola a rolar.
    Não sou tolo, para não perceber que dai poder vir a cura de todos os males, mas quem não quiser enchergar o clube a médio e longo prazo, só se vai preocupar com isso e mais nada.
    Agora tem de percber que o clube pode não ganhar sempre e até pode continuar a ter hiatos de vitórias no futebol.
    Assim preciso de um Presidente que me assegure que o clube não vai viver eternamente dependente de fundos e da banca. E que por outro lado saiba percber que se houver simbiose entre sócios e clube é sempre muito mais facil de ultrpassar os hiatos de jejum. Pois eu andei 17 anos a jejuar; e por sinal já tinha visto o Sporting ser campeão, e nunca perdi a fé e o clube mantinha-se vivo á custa dos sócios e adeptos espalhados por esse Portugal fora. Perguntem ao Sousa Cintra como se criava mistica sportinguista e como se abriram dezenas de Nucleos que depois converteram meros adeptos em sócios.
    O enfoque deveria estar também muito centrado nos Novos Estatutos e no papel do sócio e essa discussão premente está a passar literalmente ao lado desta campanha eleitoral...

     
  • At 15/3/11 14:23, Blogger MAC said…

    Mas há gente que mete em causa o fundo por causa dos ordenados dos jogadores? Mas está tudo parvo ou quê? Querem continuar com equipas de Cristianos é isso? LOL

    O Bruno, um mero candidato, consegue arranjar investidores para o Clube algo que estes iluminados gestores que andam a enterrar o Clube há anos não conseguiram em 15 anos, depois desta prova de competência a escolha é muito simples querem um Presidente que arranja dinheiro ou um que arrannja jogos All-Star? LOLOL

     
  • At 15/3/11 15:55, Blogger LMGM said…

    MAC, as várias candidaturas apresentam diferentes soluções para investir. A questão é que o problema do Sporting não é esse é de tesouraria onde há um défice de aproximadamente 10 milhões de euros todos os anos para resolver. Este défice é a verdadeira continuidade é ele que vai continuar quer seja eleito A, B ou C.

    O que nenhum candidato aflorou é como resolve esse défice se a bola bater na trave. Todos eles propõem ou têm soluções de dinheiro para comprar um Ferrari, mas não dizem como financiam o aumento do combustivel, um eventual furo, uma multa por excesso de velocidade e pior, ainda não acabaram de pagar o Porche que estamparam numa ribanceira.

    Cobrir as falhas de tesouraria sem uma conta corrente garantida pela banca, só com injecção de dinheiro feitas pelos sócios e sobre isso ainda só vi um disponivel, Pedro Baltazar e mesmo esse neste momento retirou a sua participação... Vai voltar? Ele diz que sim, mas ainda só o ouvi dizer que está disponivel para outro Fundo análogo a este.

    Se tudo correr bem, vendemos jogadores com mais valias, ninguém assobia, Alvalade canta e sorri, a tesouraria cumpre as suas obrigações.

    Quando corre mal... uns duvidam do Sportinguismo do Mike Damas, outros do MRO, outros do Leonino... e o passivo aumenta.

     
  • At 15/3/11 16:06, Blogger renato said…

    Todos sabem que sempre defendi o JEB e a continuidade..Mas cheguei a conclusão que estava errado e digo BASTA aos croquetes porque ..ESTOU FARTO de me prometerem uma grande equipa em troca de património e hoje nem grande equipa e nem património.. Estou farto de ver o meu estádio todo colorido quando as minhas cores são o verde e branco..Estou farto de andar a saltar entre areeiro, almada , inatel, torre da marinha , oeiras , loures tojal etc só porque os croquetes não me deram um pavilhão junto ao estádio..por isso digo BASTA de continuidade..Pior que esta merda que lá está não acredito e por isso quero uma revolução total..

     
  • At 15/3/11 16:09, Blogger MAC said…

    Compras bons jogadores, fazes uma boa equipa, enches o Estádio, vendes merchandising, aumentas os sócios, os patrocinadores e tens o teu problema de tesouraria resolvido! Agora gente que se mostra preocupada com o aumento dos salários? Então mas querem o quê afinal? E os jogadores que forem comprados a maioria deve ser jovem para o fundo vender, não devem tger grandes salários enquanto cá estão... E permite-me corrigir-te LMGM, até agora a única candidatura que apresentou soluções para investir foi o Bruno de Carvalho os outros não sei o que é que têm... e se quiseres o Pedro Baltazar, mas esse passa pelo fundo de 15 milhões do JEB que também está no programa do Bruno...

     
  • At 15/3/11 16:44, Blogger Mike Blitz said…

    É claro como a agua que o clube não é só futebol mas sem ele o clube definhará....

    Quanto aos fundos...Até agora todos os meus comentarios contra Godinho Lopes têm sido entendidos como pró-Bruno Carvalho. Ora eu nunca disse que votaria Bruno Carvalho, apenas faço a sua defesa por contraponto com um candidato que pertence claramente ao passado recente do clube mesmo que ele aponte que está há anos afastado ou mesmo que o seu unico argumento seja que esteve 4 anos no clube e bla bla bla e foi campeão e bla bla bla. Como se tivesse sido ele a ter progamado aquelas 2 variantes que nos deram 2 titulos....O despedimento de um treinador e a compra de um jogador....

    Acho que o maior problema do SCP nos ultimos anos têm sido sempre pensar-se demasiado na divida e nao ter se pensado em opções válidas para sair dela. As restruturações não foram mais que amenizar as coisas nos primeiros meses mas logo é necessario pensar noutra....ou então na venda de patrimonio...

    O grande obice tem sido INCOMPETENCIA e INCAPACIDADE. Pessoas ligadas a um negocio que nada tem a ver com futebol e que garantidamente não percebem nada dele. Tem faltado um investimento sério e um controle a nossa academia onde têm acontecido situações impensaveis. Digam-me como é possivel que um espaço de excepção tenha dado menos "produto" que os antigos pelados e quartos de baixo das bancadas? Digam-me?

    Há coisas que andamos a discutir aqui há anos e nada foi feito....era mais que logico que alguma vez o balao explodiria...

    Quanto aos fundos...eu simplesmente preferia que fosse estancado o "saque" que temos sofrido com a banca. Que trabalhassemos com aquilo que temos e recomeçassemos dai....mas com um treinador de top e com a dispensa\venda\colocação de jogadores pagos a peso de ouro mas que não têm uma prestação em conformidade com aquilo que lhes é pago.

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 17:46, Blogger MAC said…

    Como é que é Damas? Apoias o Baltazar? Ou é só a tua prima? =P

     
  • At 15/3/11 17:57, Blogger Edu said…

    http://www.sportingapoio.com/credibilidade-junto-a-banca-para-que-serve-por-ze-diogo-quintela/

     
  • At 15/3/11 19:18, Blogger Algoncalves said…

    http://darussia.blogspot.com/2011/03/factor-russo-na-eleicao-do-presidente.html

     
  • At 15/3/11 19:38, Blogger LionHeart (o autêntico) said…

    Este MAC, está visto, nunca geriu nada na vida.

    Não tem noção que cerca de 75% do orçamento de custos do futebol do Sporting é para pagar salários.

    Alguém conhece os valores reais? Eu conheço os valores reais. E os candidatos também.

    Na conta de exploração da SAD em 2009/2010, os custos valiam 40M.

    E desses temos:

    cerca de 25M em salários
    cerca de 5M em passes e direitos de imagem

    e apenas 10M em amortizações de jogadores adquiridos.

    Ou seja, independentemente de o dinheiro para investimento vir de um fundo ou de outro tipo de financiamento, é preciso pelo menos 30M de euros só para salários do plantel actual.

    Imaginem agora um plantel ao nível dos lamps e dos trips a custar 60M de euros por ano.

    ESTE É QUE É O VERDADEIRO PROBLEMA. E só GL falou dele.

    De que serve ter 50M para investir em jogadores se depois não há dinheiro para os salários.

    E há ainda outro problema: o défice anual de tesouraria é de 17M e não de 10M como já foi dito. E não esquecer que 30M de receitas da próxima época já foram antecipadas.

    Só GL é que se preocupou com este problema. BdC diz que isto não é um problema. Só pode ser por estar habituado a ter empresas insolventes. Quanto ao DF, nem sonha o que isto quer dizer. Ele que diz que primeiro é preciso sucesso e só depois investimento. Nunca se ouviu tamanho disparate.

    Agora quero ver como é que resolvem este problema sem a ajuda da banca. Só quem nunca teve de fazer pagamentos com as contas de uma empresa a zero é que pode achar que este tema é uma brincadeira.

    Santa ignorância.

    Mais responsabilidade, exige-se. Isto é o Sporting, não uma mercearia familiar.

     
  • At 15/3/11 19:50, Blogger Mike Blitz said…

    Mais responsabilidade, exige-se. Isto é o Sporting, não uma mercearia familiar.

    Engraçado é assim há 16 anos....Só agora é que se lembraram?

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 20:09, Blogger LionHeart (o autêntico) said…

    Miguel Damas:

    Antes tarde que nunca. É por isso que o Sporting está no estado em que está.

    É preciso investir para ganhar. É preciso dar melhores espectáculos para ter mais receitas. É preciso vender mais bilheteira, merchandising e televisão. É preciso trazer mais pessoas ao estádio. É preciso melhores jogadores. É preciso, acima de tudo, gastar melhor.

    Mas há alguém que não concorde com isto? Todos os candidatos, sejam GL, BdC, DF ou os outros sabem isto, dizem isto e tudo isto está escrito por todo lado. TODA A GENTE SABE DISTO. Alguém descobriu a pólvora agora? Está tudo doido?

    Não é aqui que está o problema.

    O problema é dizerem que a banca não é precisa para nada. Quem diz isto é COMPLETAMENTE LOUCO e levará qualquer organização à ruína em poucos dias.

     
  • At 15/3/11 20:09, Blogger Mike Blitz said…

    Mac

    É só a minha prima...

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 20:10, Blogger Mike Blitz said…

    LionHeart (o autêntico)

    Então vai de votar em quem nos meteu neste estado...é isso?

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 20:21, Blogger Hugo said…

    Boas , só queria agradeçer o exercicio de cidadania Sportinguista de todos e a saudável discussão que por aqui se vai fazendo a propósito de contas e outras coisas ;)
    Independentemente de escolhas eleitorais e do partido que cada um possa tomar, com as razões que certamente lhe assistirão, estes "debates finançeiros" do blogue, para alguém que não está muito por dentro da realidade das finanças do clube como é o meu caso, são bastante proveitosos.

    Estou bastante inclinado para a candidatura de BdC, pelo arrojo principalmente, mas ainda assim confesso que tenho um pouco de reçeio que algo de mau aconteça pois... o Sporting já penou tanto..

    fiquem bem e obrigado :)

     
  • At 15/3/11 20:25, Blogger Manuel said…

    Isto cheira-me a esturro.
    Primeiro Bruno de Carvalho faz declarações em que afirma que o Fundo é constituído por 60% de investimento directo do Sporting (30 milhões) e 40% de investimento por parte dos russos (20 milhões).
    Depois, talvez aconselhado por alguém, faz um comunicado a onde apenas fala das mais valias possivelmente geradas com uma divisão de 60 / 40, mas não esclarecendo nos 9 pontos do comunicado quem investe o quê.
    Os Fundos dos nossos rivais são totalmente diferentes deste Fundo russo, pois nesses fundos são os clubes que compram os passes dos atletas, alienando depois parte deles aos respectivos fundos, ficando sempre donos dos mesmos, sendo os atletas considerados “activos” do clube.
    Neste Fundo russo, o fundo é que compra os passes dos atletas, cedendo-os depois ao Sporting (barriga de aluguer?) que lhes vai pagar os salários que não devem ser pequenos se realmente forem jogadores de classe mundial como se faz querer.
    Sendo assim, eu pergunto: Quem vai negociar os contratos dos jogadores, o Sporting ou o Fundo? – Quem vai estabelecer os salários a pagar, o Sporting ou o Fundo? Quem estabelece validade dos contratos, cláusulas de rescisão, etc.? O Sporting vai deixar de ter “activos” (jogadores) no seu plantel, pois estes passam a pertencer ao Fundo? Como é que isto vai funcionar perante a CMVM? E os jogadores da Formação, também vão ser cedidos ao Fundo? Se sim, a que preço?
    Isto já me faz lembrar um célebre fundo (MSI) criado há uns anos por um russo e que tinha como fachada um iraniano (Kia qualquer coisa) e que encheu o Corinthians de cracks.
    O Corinthians na verdade foi campeão, mas passado um ano não havia dinheiro para os salários, os cracks saíram todos e o clube acabou por descer de divisão, tendo imensas dificuldades para se reerguer de novo.
    Na verdade, tenho muitas dúvidas sobre isto tudo, mas possivelmente sou eu que não percebo nada disto.
    S.L.

     
  • At 15/3/11 20:37, Blogger MAC said…

    Mas o que é que isso interessa Lionheart? Se o Sporting vai aumentar a qualidade do seu plantel para querer lutar pelo título é ÓBVIO que vai subir a carga salarial, e isso é um problema de todos os candidatos, o que se etá aqui a discutir é a capacidade de os trazer, algo que só o Bruno de Carvalho explicou aos sócios! Os outros nada dizem!! E o que é que interessa a Banca, para pagar os salários? Só se continuarmos na merda mesmo!! Se estes incapazes não conseguiram meter o Clube em situação decente mesmo depois de venderem tudo, fazerem todas as reestruturações que quiseram, então dêem lugar a outros!! Miseráveis!!

    Mas pronto se estão contentes fiquem lá com os Cristianos realmente os adeptos do Sporting têm o Clube que merecem!! Nojo!! Alguém traz dinheiro e ainda se fazem esquisitos! Não têm comida e ainda metem defeitos na que vos oferecem... DASS!!!

     
  • At 15/3/11 20:47, Blogger Mike Blitz said…

    LionHeart (o autêntico)

    Para entenderes aquilo que defendo vou dar a minha ideia.

    Parto do principio que afinal há dinheiro para acabar a época. Ainda não percebi se os tais 15M são realmente necessários, depois há um facto que me faz confusão e ninguem daqueles que defendem GL conseguem ver. Foi alienado dinheiro da proxima época. Ou seja anteciparam receitas pagas este ano e que servia para o proximo ano. Um acto de gestão louco e ainda dizem que Nobre Guedes é credivel....sintomatico...adiante....

    Aquilo que defendo é uma restruturação total do futebol leonino. Desde os miudos aos graudos é necessario novos treinadores e acabar com o estigma dos professorzinhos na academia. Os professores são para dar educação fisica....

    Eu apoio a contratação de um grande treinador, capaz de fazer trabalho de fundo e potenciar a materia prima vinda da academia, por isso ser necessario uma limpeza em Alcochete.

    Depois no plantel principal vendia 5-6 jogadores que não têm perfil para o nosso clube ou por ganharem demasiado para aquilo que fazem.

    Hildebrand
    Abel
    João Pereira
    Polga
    Evaldo
    Grimi
    Maniche
    Vuk
    Yannick
    Cristiano
    Postiga
    Saleiro

    Entre estes alguns haveria de dar dinheiro mas sobretudo ira aliviar as finanças do clube.
    Chamar todos os emprestados que fossem capazes de "aguentar" a pressão de jogar no SCP.
    Com o dinheiro feito e no alivio da tesouraria partiria-se para a compra de jogadores jovens com potencial e a partir de scouting e prospeção.

    Sei que com esta medida não seriamos campeões no proximo ano nem no outro. Mas prefiro um trabalho de fundo a fugas para a frente e um despesismo louco para tentar ser já campeão para o ano.

    Como socio e adepto prefiro 11 miudos a lutar pelo resultado que ver os sucessivos jogos a que temos assistido vergonhosamente.

    Sei que todas estas ideias não passam disso e até podem chamar-me lirico, no entanto preferia ter os pés assentes na terra e trabalhar com o que temos que ir fazer fundos ou emprestimos de 100M

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 20:52, Blogger LionHeart (o autêntico) said…

    "E o que é que interessa a Banca, para pagar os salários?"

    MAC, isto é para a gente rir, não é? É que a mim dá-me vontade de chorar, tamanha é a barbaridade.

    Deixa-me fazer-te um desenho: está a ver um indivíduo em coma, quase morto e ligado à máquina?

    O quase-morto é o Sporting. A máquina é a Banca. E o tubinho que liga o corpo à máquina é o Ricciardi.

    Explica lá isto ao teu candidato, para ver se no dia 27, caso ele ganhe (vade retro, cruzes satanás), não tens uma debandada do plantel miserável do Sporting por falta de pagamento dos salários.

    Uma coisa há que dizer: lá se iam os Cristianos, os Grimis e outros mongos que por lá andam. Só se for por isso...

     
  • At 15/3/11 20:57, Blogger MAC said…

    Então diz lá qual é a diferença dos candidatos nesses aspecto? LOL O que é que isso interessa? Não têm todos o mesmo problema dia 27?

     
  • At 15/3/11 21:02, Blogger Mike Blitz said…

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • At 15/3/11 21:04, Blogger LionHeart (o autêntico) said…

    Caro Miguel Damas - Mike Blitz,

    Gosto da tua argumentação. És um gajo de Sportinguismo inquestionável, com sangue quente como se impõe mas consegues ser racional.

    Concordo com tudo o que dizes.

    Só há um aspecto em que a tua argumentação está incorrecta: é que o "Nobre" Guedes (personagem por quem não nutro simpatia) não antecipou 30M de receitas por ser maluco ou incompetente.

    Fê-lo porque não havia nenhuma outra alternativa. Foi a única maneira de pagar os desmandos do maluco do JEB e das decisões absurdas que ele tomou. E se não fora o "Nobre" Guedes, o Sporting tinha passado por vergonhas nunca vistas desde o tempo do bigodes.

    Dito isto, eu também preferia que o "Nobre" Guedes não estivesse nesta lista.

    Mas deixa-me que te diga uma coisa: foi GL que alertou para os 30M já antecipados da próxima época. E foi BdC que disse que isso não tinha importância nenhuma.

    Só isto já me bastava para saber em quem vou votar. Mas GL tem um plano financeiro que só ele poderá apresentar ao público. Eu faço votos que o faça porque eu já o vi: é um misto de renegociação de dívida vencida, novos financiamentos e recuperação do fundo criado, acompanhado pelo desejo legítimo que as receitas subam pela melhoria do sucesso.

    Ter 50M para investir com um fundo de investidores russos é fantástico. Não o nego. Mas não chega. É preciso seriedade e consistência e essa não me pareça que o BdC a tenha.

    E dizer que é possível sobreviver sem a banca, seja ela o BES, o BCP, um banco chinês ou alemão só está ao alcance do delírio puro.

     
  • At 15/3/11 21:06, Blogger Mike Blitz said…

    MAs vcs partem sempre do principio que eu apoio BdC...irra....lol

    E não me digas que Ricciardi é o ressuscitador porque quase tenho uma apoplexia!!!

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 21:07, Blogger LionHeart (o autêntico) said…

    O Ricciardi não é o ressuscitador. É o suporte de vida.

    O ressuscitador têm de ser os Sportinguistas, sejam com que presidente for.

    Ganhe quem ganhar, no dia seguinte eu estarei no estádio, continuarei a pagar quotas e a renovar a minha game-box. Para mim o que conta é o Sporting e nunca o abandonarei, ao contrário dos que dizem que se ganhar este ou aquele nunca mais lá põem os pés.

     
  • At 15/3/11 21:10, Blogger MAC said…

    Mas os Bancos só falam com o Godinho? Outra vez o papão da credibilidade junto da Banca? LOL Ai o Bruno um gajo que não tem nenhum processo em tribunal tem que mostrar tudo tim tim por tim tim e ainda metem mais dúvidas e mais dúvidas, vejam lá se era mesmo pessoas secalhar eram bonecos... Agora um gajo com o passado do Godinho, absolvido pela juiza que declarou que tinha muitas dúvidas, com o historial no nosso Clube que se conhece sai da Somague para o Sporting onde anula o contacto e atribui uma choruda indemnização à Somague, esse não tem que mostrar nada temos que confiar no Lionheart porque diz este já viu o plano dele e é muito bom! LOLOLOL GANHEM VERGONHA!!!!

    E o Bruno diz que está tudo bem sim, porque com ele vai-se acabar com esta pouca vergonha do Sporting ser o único dos 3 grandes que vem para a praça pública queixar-se do passivo e dos juros! O Bruno não vai mais desvalorizar a marca Sporting! Vai lutar por ela!!

     
  • At 15/3/11 21:14, Blogger Mike Blitz said…

    LionHeart (o autêntico)

    Eu vejo Ricciardi como a droga...de algo que nos temos que livrar....

    SL

    Miguel Damas

     
  • At 15/3/11 21:59, Blogger Edu said…

    http://blogs.publico.pt/darussia/

     
  • At 15/3/11 22:21, Blogger King Lion said…

    Fundos para aqui,fundos para acolá, mas até não deixa de ter "piada" a palavra fundos porque é a palavra que melhor descreve o momento do Sporting,isto é, um clube completamente no fundo.

    Muito sinceramente,eu não posso ir votar a Lisboa,mas digo-vos que se pudesse ir votar teria muita dificuldade em escolher uma lista.Vejo muitas promessas,muito dinheiro,muitos fundos,mas não sei até que ponto são promessas demagógicas.

    Nos tempos em que estamos de crise geral,o estado comatoso das contas do clube,e aparecer dinheiro a torto e a direito faz-me desconfiar.Como se costuma dizer quando a esmola é grande o pobre desconfia.

    O meu desejo de limpeza e de mudança do clube faz-me inclinar para o Bruno Carvalho.Mas este fundo faz-me desconfiar e acho muito sinceramente que o Sporting para ser o grande Sporting precisa de mais de 10 milhões de contos.

    Depois temos o Godinho Lopes com o apoio de uma mistura de várias tendências do Sporting.Não sei até que ponto o garrote vai apertar o pescoço do Sporting se esta lista não ganhar.

    Baltazar um homem da SAD.Pelos vistos disponibiliza dinheiro da sua conta pessoal para o Sporting o que nos tempo que corre já é uma grande coisa,de qualquer das formas parece-me que este homem,sendo mais conhecedor de futebol do que o Bettencourt,tem uma grande dificuldade de exprimir as suas ideias e o seu projecto.Zico para treinador ?.Não me parece a melhor solução.

    Dias Ferreira com Futre é zero.

    Abrantes Mendes.Gostei dele no debate de qualquer das formas tem de ser mais concreto quanto à forma de resolver os problemas do Sporting.

    Hoje vi o Bayern-Inter,foi um grande espectáculo de futebol na medida em que houve um grande equilibrio e de resultado indefinido.Eu se fosse jogador de futebol do Sporting e depois do espectáculo vergonhoso que deram em Vila do Conde ia pensar que me tinha enganado na profissão...!

    Como é possivel haver tantos equívocos no futebol e ainda por cima chegarem ao Sporting....!

     
  • At 15/3/11 22:23, Blogger  said…

    Incrível o que tenho aqui lido...

    LionHeart:

    se pensas que só Godinho é que tem o "dom" de negociar com a banca, estás enganado.

    Como disse antes, a CONDIÇÃO PRÉVIA para apresentar uma candidatura deveria ser uma forma de financiamento DIFERENTE do empréstimo bancário. Porque pedir mais guita à banca e pagar juros toda a gente consegue, já que, como também já disse antes, trata-se de uma relação SPORTING-BES e SPORTING-BCP e não GODINHO LOPES-BES e GODINHO LOPES-BCP! É essa prepotência de acharem que só eles é que têm a ÚNICA solução para os problemas do clube que nos mata. É essa arrogância elitista que eu abomino. É contra isto que eu vou combater.

    Aparece um rapaz jovem, com dinâmica, bom discurso, corajoso, com um passado em claques, vindo das bases, presidente de uma fundação de solidariedade social, dirigente de uma modalidade do clube, arranja contactos que nunca ninguém sonhou em arranjar, cria um fundo só com vantagens para o clube, sabe mais do clube do que qualquer candidato (debate é prova disso), faz uma campanha exemplar sem insultos, aglutina jovens de forma invulgar...e é tratado com esta desconfiança? Até podem não votar nele, mas respeitem-no! Porque caso ele não seja eleito, amanhã vão chorar por alguém que tenha a capacidade que o BC tem. De começar uma campanha do zero e ser hoje apontado à vitória sem qualquer ajuda da CS e sem estar inserido no "meio podre" e com uma capacidade, repito, INVULGAR de aglutinar os jovens. Ou esqueceram-se que o futuro do clube está nos jovens? Será Godinho capaz de cativar jovens? Com o seu discurso virado para os mais velhos, com sms para os que têm mais votos, é assim que querem tornar o clube moderno e dinâmico? Com as mesmas pessoas?

    Sabem quantos jovens se farão sócios no dia a seguir à eleição do BC? É só acompanhar a sua página do facebook. Quase 7.000 pessoas que gostam. Nem todas serão sócios, mas se 10% forem adeptos APOSTO que se farão sócios. São 700 pessoas. 10%. Querem melhor capacidade aglutinadora? Quantos aglutinará godinho?

    Não vou falar de fundos, já que quem não quer entender não entende mesmo. Nem vou falar de futebol, já que cada um gostará dos seus nomes. Vou falar nos SÓCIOS. Há dúvidas de qual é a única candidatura que se preocupa realmente com os sócios? Querem um exemplo? Mandei um mail à pouco tempo ao BC a dar uma sugestão. Respondeu-me passados 2 dias. Mandei um mail a outros 2 candidatos e ainda hoje estou à espera. Mais. BC tem estado presente na sua sede de candidatura na Alvaláxia quase todos os dias para prestar esclarecimentos. Estiveram mais de 200 pessoas (na maioria jovens) na sua apresentação dos órgãos sociais.

    Enfim...são tantas as razões para votar em Bruno de Carvalho que só não vê quem não quer. Mas como estamos em democracia tenho de respeitar. Mas custa-me ver pessoas a apoiarem pessoas que lá andam à anos. Pior que isso, ver essas pessoas presentes nos piores resultados da história do clube. Mas continuam a ter apoio. Mais. apresentarem as mesmas soluções que nos levaram até aqui. Mas continuam a ter apoio. Dá-me vontade de dizer que é preciso o clube desaparecer para toda a gente abrir os olhos...

    Desculpem-me o desabafo...

     
  • At 15/3/11 22:24, Blogger Verdão said…

    "O problema é dizerem que a banca não é precisa para nada. Quem diz isto é COMPLETAMENTE LOUCO e levará qualquer organização à ruína em poucos dias."

    Amigo Lionheart (o autêntico), BC nunca afirmou não precisar da banca para nada, ele sabe tão bem como nós que seja qual for o candidato eleito vai ter sempre que lá ir se financiar.

    A grande diferença reside no montante.

    Godinho Lopes financia-se exclusivamente na banca através de avais pessoais, tem como principais consequências um incremento do passivo e o agravar do serviço da dívida.

    Bruno de Carvalho financia-se num fundo externo que não obriga ao incremento do serviço da dívida e, logicamente, negociará com a banca numa posição tanto mais forte quantos os investidores que angarie.

    Desta forma:

    - o modelo de Godinho Lopes preconiza um Sporting mais endividado, ou seja, continuar a apostar na mesma forma do que nos trouxe até aqui, de passivo cada vez mais elevado e onde a próxima reestruturação estará ao virar da esquina.

    - o modelo de Bruno de Carvalho quebra o paradigma de financiamento no clube recorrendo a investidores externos como principal fonte de liquidez. A banca porém desempenhará apenas o seu papel, não mais de gestora directa ou indirecta do clube, mas de parceira remunerada pela sua exposição.

    Independente do modelo que se preconize, a simples perspectiva de mudança permite o saldar de descontentamento que muitos adeptos têm com o passado recente.

    Insistir num modelo gasto e perdedor, independente da valia dos seus novos defensores, é o perpetuar da deserção que sangra no nosso clube.

    As pazes não serão feitas, os descontentes continuarão descontentes e o clube continuará a definhar.

    Creio que ninguém, em consciência de um tão simples facto, pode desejar ou mesmo ficar indiferente que tal suceda.

    Abraço de Leão.

     
  • At 15/3/11 22:34, Blogger RFM said…

    A situação do SPORTING Clube de Portugal espelha tudo e bem.
    Mapas?!..vejo todos os dias como vai e tem ido o meu SPORTING.
    Essa a que é essa

     
  • At 15/3/11 22:34, Blogger Verdão said…

    "Explica lá isto ao teu candidato, para ver se no dia 27, caso ele ganhe (vade retro, cruzes satanás), não tens uma debandada do plantel miserável do Sporting por falta de pagamento dos salários"

    Já agora Lionheart autêntico (preferia chamar-te pelo nome, amigo), já foi dada a garantia de que o pagamento do serviço da dívida e de SALÁRIOS está assegurado até ao final da época por via da última reestruturação financeira.

    Abraço de Leão.

     
  • At 15/3/11 22:41, Blogger bola-9 said…

    mai nada bruno.
    "Comigo no Sporting nenhum jogador usará botas vermelhas e se possível usarão todos botas verdes."

     
  • At 15/3/11 22:43, Blogger Felizberto Desgraçado said…

    Ainda bem que o primo vai escrevendo tudo o que é necessário e em que acredito:

    - Reestruturação do plantel, sem mais endividamento e apostando na capacidade da gestão (porque este é que é o grande problema de fundo), mesmo que isso nos limite competitivamente por 2/3 anos
    - Reavaliação de todos os processos na Academia, com treinadores de futebol e não teóricos da bola
    - Aposta em treinador conceituado e preparado (com perfil) para um trabalho destes
    - Pontapés na boca aos homens do BES, nas pessoas de Ricciardi e Nobre Guedes

    És grande primão!!!

     
  • At 15/3/11 22:44, Blogger RFM said…

    Destruiram (Dinastia)o Património na totalidade e agora discute-se o sexo dos anjos.
    O SPORTING bateu realmente no Fundo.
    Mas..oh MRO ainda continuas a acreditar no Pai Natal ou queres que aconteça ao Sporting o mesmo que aconteceu ao E. Amadora etc.
    Olha que nem sei como te explicar tamanha desgraça e tu a defender. És como o gajo do Titanic...

     
  • At 15/3/11 23:06, Blogger bola-9 said…

    um dia deste alguem perguntou por ele ja´era.
    http://www.ogol.com.br/jogador/rabiu/atual/ficha/0/default/43894

     
  • At 15/3/11 23:07, Blogger 7 a 1 said…

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • At 15/3/11 23:08, Blogger Mário Rui Oliveira said…

    RFM

    Eu acredito no Pai Natal.. Tu acreditas no Coelhinho da Páscoa !

    Tb acho piada ao que fala da agregação dos jovens , no interesse dos jovens, na presença dos jovens... Por momentos parecia que estava a falar do Papa

     
  • At 15/3/11 23:11, Blogger Virgílio said…

    MRO:

    Infelizmente não pude analisar o post como este mereceria. No entanto é bem visivel o trabalho (e o tempo) que este lhe consumiu. Só por isso é revelador de td o meu apreço. É notória a preocupação por uma ferramenta financeira (Fundo) que nos foi apresentada e que está aí para nossa análise. Escrutinar todas as suas virtudes e defeitos. Esta é a grande virtude, que tomara eu fosse seguida pelos outros candidatos... BdC prometeu e cumpriu. Tem-nos dado os dados para decidirmos. Não esconde o jogo. Os outros, que tb apresentam fundos, deveriam ter a mesma atitude. Dito isto, e depois de ler este post (sem analisar no entanto as tabelas por falta de disponibilidade), mais estranheza me causa algumas posições que toma de forma tão repentina, tão baseada em factores emocionais e/ou nomes do passado e cuja acção, qd bem escrutinada e analisada friamente, com base em números, como faz com BdC, facilmente concluiríamos que não servem...

    O post reflecte bem os riscos e as vantagens deste Fundo em termos financeiros, mas reflete pouco sobre as questões desportivas. Por exemplo, acho que este fundo pode permitir contratações a um nível que o SCP já não conseguiria chegar... Logo supõe-se que o nível da qualidade dos jogadores será tb mais elevada. Disso resultam maiores hipóteses de contruir um plantel mais rico, com mais opções válidas e consequentemente com maiores garantias de nos proporcionar sucesso no futebol.

    Os meus sinceros parabéns pelo post, pena que não actue sempre desta forma e relativamente com todos, da forma cretiriosa com que agiu.

    SL

     
  • At 15/3/11 23:34, Blogger Mário Rui Oliveira said…

    Virgilio

    Creio que ao comparar a solução Fundo com a solução sem fundo estou de certa forma também a checkar a alternativa, exactamente com o mesmo critério. O retorno do investimento e cash flow libertado.

    Eu poderia analisar aqui as contratações do Carlos Freitas. Tenho-as todas em Excel. Mas seria uma discussão muito menos pragmática.

    O que lhe posso dizer é que ao olhar para esse ficheiro, concluo, na minha visão, que quem acusa o CF de ter sido prejudicial para o Sporting está também a fazê-lo de forma muito mais emocional que racional.

    MAC

    nem todos podemos ter algum conhecimento de gestão e de análise de diversas vertentes. Terás outras. Mas como podes ver nos quadros, os salários não tem impactos semelhantes no fundo e sem fundo. No sem fundo estes podem ser mais prejudiciais. Podes ver isso no caso de um jogador que seja contratado por 6 milhões...

     
  • At 15/3/11 23:43, Blogger Verdão said…

    @ RFM
    Certinho como o destino.
    http://www.rr.pt/bolabranca_detalhe.aspx?fid=76&did=146577

    @ Mário
    Esqueci-me de te congratular pelo post, os meus parabéns.

    Abraço de Leão.

     
  • At 15/3/11 23:48, Blogger bola-9 said…

    alguem disse que o passos de ferreira ficou sem o meio campo para jogar com o benfas,olimpo,simao,e leao, pois e´sao todos profissionais mas quando toca au clube do seu coraçao.

    http://www.ogol.com.br/jogador/david_simao/2010_2011/ficha/140/default/56059

    http://www.ogol.com.br/treinador.php?id=488

    se o jogo com o beira mar estava perdido a gestao era feita nesse jogo e nao no jogo com o benfas,nao e´rui vitoria.

    verdade desportiva.

     
  • At 15/3/11 23:54, Blogger LionHeart (o autêntico) said…

    Ó meus amigos:

    Percebam uma coisa de uma vez por todas: o fundo não é uma má ideia. É até uma boa ideia. O problema é a falta de consistência para gerir aquilo que o fundo vai trazer: um plantel mais caro.

    Haja capacidade de investimento para elevar (substancialmente) a qualidade do plantel. ESTAMOS TODOS DE ACORDO.

    Se for com o fundo, há a vantagem de haver capacidade de investimento sem endividamento. E há a desvantagem de abdicar de uma parte significativa de futuras mais valias.

    Se for com dívida, há a desvantagem de aumentar o passivo bancário no curto prazo, mas há a vantagem de obter maiores mais valias no momento da venda e consequentemente reduzir mais depressa esse passivo.

    Ambos os modelos são válidos, têm vantagens e desvantagens. No fim tudo depende da qualidade da gestão.

    O problema é não estar preocupado com o dia seguinte. Não se pensar como se vai gerir e suportar o acréscimo da estrutura de custo. Não estou a dizer que não é possível fazê-lo. Estou apenas a dizer que essa tem também de ser uma preocupação forte. Ora o DF nem sabe do que estamos a falar e o BdC diz que isso não interessa. Isto para mim diz tudo da consistência dos candidatos.

    De resto, essa treta da conversa da continuidade é tudo tanga de quem não aceita uma opinião contrária. Como é a merda da conversa dos tachos que já enjoa. Se com GL nenhum membro é remunerado dizem que só querem é tacho. Mas com BdC que irá ser remunerado já ninguém fala em tacho. Então no que ficamos? Os que estão comigo são todos uns anjos e os que não concordam comigo são todos uns bandidos? É este Sporting que querem?

    Porra discutam ideias. Discutam competências. E depois escolham em quem votar de consciência. E quem ganhar será o meu presidente. Mas parem de uma vez por todas com essa merda de conversa dos malfeitores que já enjoa. Para mim são todos válidos, são todos Sportinguistas e eu vou votar em quem me parece ter o projecto mais consistente e não admito que me julguem por isso.

    Julguem-me antes por ficar em casa em dia de jogo ou por deixar que um lampião ou um corrupto goze com a nossa cara. Isso sim é motivo de vergonha.

     
  • At 15/3/11 23:54, Blogger Manuel said…

    Concordo que o SCP e os outros clubes e empresas precisem da banca. A questão que me assusta, não só na lista do GL como em todas, é a forma como se referem aos bancos, e a necessidade de pagarmos.
    Essa necessidade não está em causa, como é óbvio, mas o que me incomoda é a forma subserviente com que o SCP lida com a banca.
    Há uma coisa que todos têm de perceber, com o passivo gigantesco que o SCP tem, há muito tempo que deixamos de ser devedores e passamos a ser parceiros. É neste âmbito que qualquer presidente tem que negociar na banca, numa posição de igualdade e de exigência de melhores condições: redução da taxa de juro, alargamento prazo de pagamento, etc, qualquer coisa que ajude a aliviar a tesouraria do clube.
    É esta postura exigente, lutadora e nada subserviente à banca que eu quero para presidente do meu SCP, e aquele que mostrar estar mais próximo dela é que levará os meus votos. Coincidência ou talvez não, parece-me é que a banca já escolheu aqueles que se pudesse votaria!

     
  • At 15/3/11 23:56, Blogger LionHeart (o autêntico) said…

    By the way...

    MRO

    Parabéns pelo post e pela análise fundamentada.

     
  • At 16/3/11 00:23, Blogger Sporting até morrer said…

    Lionheart,

    Estás quase lá, faz-te bem sair do Fonte Segura e vir aqui conversar um pouco.
    Mudas o discurso pró-Lopes e ficas mais próximo da mudança.

    SL
    José

     
  • At 16/3/11 01:26, Blogger Sérgio said…

    MRO

    Então mas explica-me uma coisa, nessa opção sem fundo o dinheiro vem de onde? Mas isso não é a mesma maneira de gerir as coisas como nos últimos miseráveis anos tem sido e com os resultados que se conhecem?

    Mas é assim tão difícil perceber a diferença entre investimento e endividamento?

    E partes do príncipio que consegues fazer os mesmo negócios com e sem fundo? Pra mim isso é de uma ingenuidade brutal.

    Consegues ir a algum lado (banco) e investir em algo que te dê retorno de 40% ao fim do 2º ano? Diz-me que eu vou já lá.

    Esses russos (duvidosos ou mafiosos não sei? lá que deram a cara deram) estão a dar hipótese de o nosso clube crescer e claro com o objectivo de ganhar dinheiro, e muito. Mas se as coisas forem mal geridas o scp não lhes deve nada. Investimento = risco. Se correrem bem imagina, todos ganham.

    Se pedires há banca, vendas ou não, tens que pagar e com juros. Endividas-te e ficas com o risco todo nas costas.

    Depois o BcD nunca disse que a banca não interessava pra nada, bem pelo contrário, disse que a primeira coisa que ia fazer assim que fosse presidente era ir negociar a dívida com os bancos, coisa que ele neste momento não pode pois ainda não é presidente, é candidato. Como é que GL consegue negociar uma coisa com a qual ainda não tem nada a ver? Adorava saber.

    Mas agora dizes tu e outros: Então mas e os ordenados desses jogadores do fundo? Coitado do scp não vai ter que chegue para pagar e o diabo do fundo deu cabo de nós.

    Por favor, são 50 milhões, isso é o quê? Hoje em dia não compra nem metade de uma perna do Cristiano Ronaldo. Mas as pessoas pensam que com esse dinheiro vão buscar estrelas mundiais com ordenados milionários. Assentem os pés na terra. Esses jogadores nem querem vir para o scp pois somos de Portugal e não de Espanha, Inglaterra ou Itália. E depois ordenados tens em qualquer das condições, com ou sem fundo. E pra te tornares mais competitivo vais ter sempre que aumentar a carga salarial. Não vão por aí.

    Ou então estou enganado e na tua opção sem fundo o dinheiro aparece por magia, compras bem SEMPRE e vendes ainda melhor SEMPRE, e enquanto cá estão os jogadores ganham mais ou menos o ordenado mínimo + subsidio de alimentação.

    O fundo é uma pedra grande que se a conseguirmos meter a rolar pode ser bastante positivo. Tudo o resto, pintado da cor que quiserem é a continuação da mesma política medrosa de sempre, que tem como consequência a minimização da imagem do SCP.

    Saudações

    Maltez

     
  • At 16/3/11 01:43, Blogger Sérgio said…

    Antes de sair vou só deixar aqui uma questão, e como vejo que há aqui gente muito bem informada, digam-me?

    Será que não tem havido nos últimos anos uma espécie de fundo sem cara à volta do Sporting?

    É que sendo um clube de formação, com jogadores espalhados por sei lá quantos clubes mundo fora, não deveríamos ter muito mais € do que temos actualmente?

    Ou será que alguém vem influenciando vendas de milhares onde o clube poderia ganhar milhões?

    Alguém que saiba que me responda pois é uma suspeita que eu tenho.

    Já agora lionheart, acredito que sejas um autêntico apesar de não assinares mas diz-me, é pela remuneração que decides se é ou não tacho? É claro que há tachos.

    Os arrumadores de carros prestam serviço público mas não são remunerados pela câmara. Só que no final do dia levam umas moedinhas pra casa.

    Maltez

     
  • At 16/3/11 01:48, Blogger Sérgio said…

    Há aí um "há" em cima que era pra ser sem "h" mas paciência.

     

Enviar um comentário

Sangue LEONINO

<< Home